23 de set de 2016

CORINTHIANS 23/09/2016

Giovanni Augusto mantém otimismo no Timão e que time só pensa em jogar futebol
Meia diz que não vê "nada de mais" nos concorrentes ao G-4, diz que o time ainda vai brigar pelas primeiras colocações e minimiza chororo rival

Por Marcelo Braga


Giovanni Augusto Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians)


Titular da equipe novamente desde o meio de semana, Giovanni Augusto diz que faz parte do grupo de corinthianos que acredita em dias melhores pela frente. Para isso, porém, vencer no domingo é fundamental: o Timão é quinto com 41 pontos


– (Sou) Otimista. Não estamos vendo nada de mais nos outros times. Estamos muito perto (do G-4). No futebol tudo pode acontecer. Assim como tivemos queda de rendimento, outros times podem ter. Tem que ter confiança. Vamos brigar até o final – garantiu.

Após o Corinthians ter se classificado na Copa do Brasil passando pelo fluminenC, cujos diigentes e jogadores fizeram um grande chororô, Giovanni Augusto não se abala e só pensa no Corinthians

– Independentemente de qualquer coisa, temos que ter consciência de entrar no domingo para fazer um excelente jogo. Ainda temos chances no Brasileiro. Temos que deixar essa rivalidade, esse extracampo de guerra para eles, eles estão achando que é assim. Temos que ter tranquilidade para entrar com o pensamento de jogar futebol – afirmou ele
– Não vi nada de absurdo, todos gols estavam impedidos. No meu ponto de vista, não foi pênalti, lance normal de contato. Podemos lembrar o caso do Elias, que sofreu falta do Gum e ficou com fratura. Eles estão querendo criar um ambiente favorável (para eles) – opinou.



23/09/2016 18h16
Trio de garotos do time sub-20 inicia treino no Corinthians; meia trata lesão
Léo Jabá, Warian e Carlinhos fazem o primeiro treino com elenco desde a promoção definitiva. Rodrigo Figueiredo iniciou tratamento clínico com os médicos do profissional


Por Marcelo Braga

Dos quatro jogadores promovidos pelo Corinthians, três foram a campo nesta sexta-feira para a primeira atividade com os novos companheiros. Os atacantes Carlinhos, de 19 anos, e Léo Jabá, de 18, além do volante Warian, de 20, integraram o treino formado apenas por jogadores reservas, e depois treinaram finalizações.


Warian, Rodrigo Figueiredo, Léo Jabá e Carlinhos no CT do Timão (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

O meia Rodrigo Figueiredo, de 20 anos, também esteve no CT, mas para iniciar tratamento de uma lesão na coxa direita com o departamento profissional.

Nascido em Belém como Warian,  o meia Giovanni Augusto brincou em entrevista coletiva que o jovem volante passará a ser o seu protegido dentro do elenco.

Além do quarteto, mais seis jogadores que atuaram na base do clube e que já fazem parte do elenco há mais tempo treinaram no campo: os goleiros Matheus Vidotto e Caíque França, os zagueiros Pedro Henrique e Léo, o lateral-direito Léo Príncipe e o volante Marciel.

O time titular atualmente ainda conta com o lateral-esquerdo Guilherme Arana, com o zagueiro Yago, além do lateral-direito Fagner, de 27 anos, que nasceu no terrão, saiu e depois voltou ao clube.
O Corinthians volta a capo contra FluminenC na Arena Corinthians, domingo, às 16h (de Brasília)
Escalação provável: Cássio (Walter), Fagner, Yago, Balbuena e Guilherme Arana; Camacho; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Romero.
Desfalques: Léo Príncipe, Uendel, Guilherme, Bruno Paulo, Pedro Henrique, Danilo e Vilson
Pendurados: Balbuena, Vilson, Guilherme, Uendel, Pedro Henrique, Rodriguinho, Romero e Giovanni Augusto



CORINTHIANS DOMINGO
16h: Corinthians x Fluminense
Transmissão: TV Globo para todo o Brasil, exceto capital paulista, Presidente Prudente e Sergipe (com Luis Roberto, Juninho, Casagrande e Leonardo Gaciba), Premiere, Premiere HD e PFCI (com Jorge Vinicius e Ivan Andrade)


Corinthiano Giovanni Augusto pede confiança no Brasileirão e na Copa do Brasil: "Vamos brigar até o final"

Para meia do Corinthians, tudo pode acontecer no futebol, e os adversários podem ter uma queda de rendimento que ajude o Timão no Campeonato Brasileiro


18h45 23/09/2016 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agencia Corinthians




Titular na vitória e classificação do Corinthians sobre o Fluminense na última quarta-feira (21) pela Copa do Brasil, o meia atacante Giovanni Augusto demonstrou um discurso otimista após o treino realizado nesta sexta-feira (23) no CT Dr. Joaquim Grava. Em entrevista coletiva, o meia alvinegro se demonstrou confiante no potencial da equipe não só na competição mata-mata, em que o Timão está nas quartas de final, mas como também no Campeonato Brasileiro.

"Futebol, tudo pode acontecer. Assim como tivemos queda de rendimento, outros times podem ter. Tem de ter confiança. Vamos brigar até o final", afirmou Giovanni Augusto. "Tem de acreditar nos dois. Tem de ir degrau por degrau. Virar página da Copa do Braisl e pensar no Brasileirão. Podemos alcançar bons resultados", acrescentou.

Quinto colocado no Brasileirão com 41 pontos, o Corinthians enfrenta o Fluminense na Arena Corinthians neste domingo (25), às 16h, pela 27ª rodada da competição. Já na Copa do Brasil, sorteio realizado na manhã desta sexta (23) definiu que o Timão pegará o Cruzeiro nas quartas de final, com o jogo de ida já nesta quarta-feira (28) na Arena Corinthians, às 21h45. Giovanni Augusto comentou o futuro duelo.

"Jogo muito difícil. Cruzeiro tem história na Copa do Brasil. Fizemos jogo difícil com eles  [1 a 1 no Pacaembu pelo Brasileirão]. Vamos encontrar o caminho da vitória, estou confiante, vamos em busca da vitória", declarou o camisa 17 alvinegro.













Timão tem dúvida no gol e no ataque para domingo

Goleiro Cássio sofreu trauma no ombro esquerdo no jogo contra o Fluminense, quarta-feira, e não sabe se reencontrará a equipe carioca neste domingo. Gustavo e Romero disputam vaga

Treino do Corinthians nesta sexta-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Treino do Corinthians nesta sexta-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Treino do Corinthians nesta sexta-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Treino do Corinthians nesta sexta-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Treino do Corinthians nesta sexta-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Treino do Corinthians nesta sexta-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Treino do Corinthians nesta sexta-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Treino do Corinthians nesta sexta-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Treino do Corinthians nesta sexta-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Treino do Corinthians nesta sexta-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Corinthians tem dúvidas na escalação
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Corinthians tem dúvidas na escalação
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Corinthians tem dúvidas na escalação
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Corinthians tem dúvidas na escalação
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Corinthians tem dúvidas na escalação
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Corinthians tem dúvidas na escalação
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Corinthians tem dúvidas na escalação
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Corinthians tem dúvidas na escalação
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)


Bruno Cassucci
23/09/2016
17:49


O goleiro Cássio não treinou mais uma vez no Corinthians nesta sexta-feira e segue como dúvida para a partida de domingo, contra o Fluminense, na Arena, pelo Campeonato Brasileiro. O camisa 12, que sofreu um trauma no ombro esquerdo em partida contra o Tricolor carioca, na última quarta-feira, será reavaliado neste sábado e, se não tiver condições de atuar, será substituído por Walter.

Outra incógnita na equipe do técnico Fabio Carille está no ataque. Gustavo vinha sendo titular, mas não atuou na última quarta porque não pode defender o Timão na Copa do Brasil. Ele foi substituído pelo paraguaio Romero, que tem chance de ser mantido no time.

A dúvida acontece porque os titulares alvinegros não foram ao gramado novamente nesta sexta-feira. Em campo, Carille comandou um trabalho técnico de defesa contra ataque.

A atividade contou com novidades. O volante Warian e os atacantes Carlinhos e Léo Jabá, promovidos do sub-20, fizeram o primeiro treino entre os profissionais. O meia Rodrigo Figueiredo que também "subiu" da base se recupera de uma lesão muscular na coxa direita e ainda não foi ao gramado.

Bruno Paulo, Danilo, Guilherme, Uendel e Vilson seguem no departamento do Corinthians estão fora da partida contra o Fluminense. Os três últimos serão reavaliados nos próximos dias a fim de saber se terão condições de atuar na próxima quarta-feira, diante do Cruzeiro, pela Copa do Brasil.

O provável Timão para reencontrar o Fluminense é: Cássio (Walter), Fagner, Balbuena, Yago e Guilherme Arana; Camacho, Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Romero (Gustavo).






Giovanni Augusto confia no Timão e diz não ver 'nada de mais' nos rivais

Meia do Corinthians afirma que clube pode brigar no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. Ele também defende Fabio Carille e dispensa clima de guerra
O meia corinthiano Giovanni Augusto confia que a equipe pode reagir na competição. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o jogador mostrou confiança:

- Estou otimista. Não estamos vendo nada de mais dos outros times.  Estamos muito perto. Futebol tudo pode acontecer. Assim como tivemos queda de rendimento, outros times podem ter. Tem que ter confiança. Vamos brigar até o final - declarou.

O meia ainda disse que é preciso dar confiança e respaldo ao técnico interino Fabio Carille e ressaltou que não se importa em atuar pelo meio, tendo mais obrigação de ajudar na marcação.


- Independente de qualquer coisa, temos que ter consciência de entrar no domingo e fazer excelente jogo. Não podemos deixar criar um clima extra-campo de guerra. Temos que ter tranquilidade e ficar com o pensamento de jogar futebol - opinou.







Patrocínio 'terceirizado' faz Timão elevar receita em 33% e sonhar alto

Clube negociou espaço nas costas da camisa com o fundo Apollo Sports Capital por R$ 10 milhões. Timão acredita que pode quebrar paradigma e virar modelo no Brasil


Sem festejos de lançamento e nem sequer um anúncio oficial, o Corinthians estreou no último sábado, o patrocínio nas costas da camisa do Café Bom Dia. Por trás deste negócio está uma estratégia que faz o clube sonhar em quebrar paradigmas e garantiu R$ 10 milhões ao caixa alvinegro.

O acordo com a marca de café não foi fechado pelo Timão, que “terceirizou” o espaço no uniforme e outras propriedades, como placas de publicidade e redes sociais. Tais ativos foram adquiridos por três anos pela Apollo Sports Capital, fundo de investimentos brasileiro, mas que tem recursos do exterior.

Em resumo, a parceria funciona deste modo: o Corinthians garante os R$ 10 milhões e a Apollo comercializa os espaços da forma e pelo preço que quiser. E qual a vantagem? Para o clube, a garantia do valor. Para o fundo, a chance de ganhar mais do que o investido com uma estratégia ousada. A Apollo recebe não só para ceder as propriedades do Timão, mas também ganha bônus de resultados dos anunciantes. Por exemplo: se o Café Bom Dia aumentar seu faturamento e bater metas, a Apollo recebe um percentual.

Mas por que o próprio Corinthians não faz isso? Com a resposta, Gustavo Herbetta, superintendente de marketing do Corinthians:

– Não podemos negociar o espaço por 5, podendo chegar a 12, mas correndo o risco de não atingir esse número. Para nós, é mais vantajoso garantir 10. Além disso, o clube precisaria ter uma estrutura adequada para dar essa resposta. O Barcelona, que é um exemplo, tem 300 pessoas na equipe de marketing, enquanto o Corinthians, que é referência no Brasil, tem 20 – afirmou, aoLANCE!.

Tal modelo já é utilizado em outros países, como Estados Unidos, e o Timão acredita que pode torná-lo referência no futebol brasileiro. Independentemente disto, o acordo já é muito festejado no Parque São Jorge, pois garantiu aumento de 33% nas receitas em relação ao ano passado. Antes, o espaço nas costas da camisa era negociado juntamente com o patrocínio master. Já nesta temporada, a Caixa Econômico Federal seguiu pagando R$ 30 milhões pelo peito do uniforme alvinegro, mas permitiu o clube ganhar mais R$ 10 milhões com a parte traseira.

Do lado da Apollo, o clima também é de otimismo com a parceria.

– O risco do negócio é todo nosso, mas confiamos no sucesso. Oferecemos às empresas segurança jurídica, longevidade contratual mesmo com mudanças no comando do clube e estratégia de marketing sob medida – explicou Michael Gruen, diretor-presidente do grupo, ao LANCE!.

Nas próximas semanas as partes planejam anunciar a parceria e realizar uma grande ação promocional.

Bate-bola com Michael Gruen, diretor-presidente da Apollo Sports, ao LANCE:

O que a Apollo espera da parceria?
"Adiantamos capital, que pode ser investido e gerido pelo clube como ele achar melhor, e oferecendo aos patrocinadores uma segurança jurídica, longevidade contratual, estabilidade, algo que pode ser melhorado no futebol do Brasil"

Após mais de um ano conversando e prospectando o mercado, com a colaboração de várias pessoas envolvidas, achamos que temos a oportunidade melhorar a relação dos clubes e as comunidades esportivas com patrocinadores que formam este ciclo que alimenta o esporte. Viemos atuar como um investidor em propriedades esportivas, como neste contrato com o Corinthians, compartilhando o risco com o clube, adiantando capital, que pode ser investido e gerido pelo clube como ele achar melhor, e oferecendo aos patrocinadores uma segurança jurídica, longevidade contratual, estabilidade, algo que pode ser melhorado no futebol do Brasil.

Vocês já tem definidas as marcas que irão explorar as costas do uniforme ou ainda vão em busca delas?
Nós adquirimos a propriedade do Corinthians antes. Nossos contratos são todos de médio a longo prazo, é algo que transmitimos de benefícios aos patrocinadores. Dessa forma eliminamos o risco do clube, adiantamos os recursos, e depois temos que buscar a valoração da propriedade. Vale ressaltar que adquirimos não só o uniforme, mas outros canais de comunicação, como placas de publicidade, backdrop, redes sociais... São atuações mais amplas do que tem sido feito no Brasil, com planejamento mais estratégico para as marcas.

Mas por que as empresas vão negociar com a Apollo e não direto com o clube?
Uma das coisas principais é a segurança jurídica. Hoje no Brasil as gestões são um pouco mercuriais, existem problemas de performance dos clubes que afetam o relacionamento, e nós, por meio desses contratos longos, temos relacionamento mais forte com os clubes e transmitimos segurança jurídica para o patrocinador, que se sente mais seguro, sabendo que pode fazer uma campanha que vai durar vários anos. Outro cenário: hoje muitos clubes não querem negociar seis meses de patrocínio, uma participação fracionada. A gente tem essa possibilidade, ou mesmo de fazer só trabalho na mídia social ou camisa, temos flexibilidade.

Já para o clube...
A questão do risco. Uma vez com o dinheiro garantido, o clube tem grande benefício, pode fazer planejamento a médio e longo prazo.

Vocês podem negociar só o patrocínio da camisa com uma empresa e as demais propriedades com outras empresas?

Estamos abertos a conversar com a marca sobre uma propriedade só, mas hoje as empresas querem montar ações de conversão de vendas. Não adianta só para uma indústria, por exemplo, colocar o patrocínio na camisa. Ela não tem mais um efeito tangível disso, é claro que reforça marca, mas ela já tem isso consolidado. Hoje ela precisa se conectar à comunidade, oferecer produtos de interesse e a partir desse relacionamento fazer conversão de vendas.

Os clubes têm tido dificuldades para conseguir patrocínios. Por que a Apollo acredita que terá lucro nesta operação?
Tem aquela história: não adianta colocar o time com dez zagueiros, é preciso manter a marca conectada com o mercado, não adianta retrair e perder mercado na crise. As crises vêm e passam. Estamos tentando trazer um benefício e um pouco de fôlego aos clubes nessas crises. Certamente as coisas vão melhorar e as marcas têm que investir, manter mercado e ir para frente.

A Apollo é nacional?
A Apollo é uma empresa brasileira, mas houve aporte de um fundo, que captou investimento de brasileiros e estrangeiros, e esse fundo aporta dinheiro à Apollo. Temos que fazer investimentos razoáveis e prudentes usando esse capital do fundo, mas a empresa é brasileira. A constituição da empresa foi nos últimos meses, creio que quase seis meses dos trâmites legais, e estamos operando de forma mais ativa há dois meses.

Por que começar pelo Corinthians?
O Corinthians é um expoente, uma grande equipe, um clube com uma penetração imensa em todo o Brasil, graças ao profissionalismo da diretoria foi o que nos permitiu caminhar de forma mais ágil no contrato.

Haverá rodízio de marcas na camisa ou patrocínios pontuais?
"A gente quer montar algo coerente, de médio e longo prazo, não adianta a marca aparecer na camisa uma ou duas vezes"

A gente quer montar algo coerente, de médio e longo prazo, não adianta aparecer na camisa uma ou duas vezes. Provavelmente a maioria dos casos não teremos só o patrocínio, vamos trabalhar junto com o clube sobre a melhor maneira de apresentar a marca, trazer benefícios para as comunidades dos clubes, benefícios exclusivos para o torcedor. Apesar de termos flexibilidade, vamos ter coerência.

O Corinthians ganha bônus se atingir metas ou se classificar para torneios, como a Libertadores?
Existe um benefício para o clube se as metas forem alcançadas, é algo que vamos tentar trabalhar com os clubes. Eu não posso detalhar, mas se forem alcançadas certas metas o clube também se beneficia. Só posso dizer que se o clube for bem, temos benefícios que vamos compartilhar.

A Apollo pode negociar com marcas concorrentes dos patrocinadores do Corinthians?
Não, queremos proteger os outros patrocinadores do clube.

No site oficial, a Apollo diz que também participa de negociações por naming rights. Você pretendem entrar na negociação da Arena Corinthians?
Temos interesse, é um negócio maior, temos interesse em fazer parte da negociação no futuro. Por ora, nada ativamente em andamento... Corrigindo. "Nada em andamento" é falar de uma forma absoluta demais, a gente continua conversando, temos uma conversa aberta sobre outros potenciais negócios.




Após série da Netflix, filme também é gravado na Arena Corinthians

Longa-metragem 'Correndo Atrás' utilizou o estádio do Timão para rodar suas últimas sequências. Recentemente, local também foi palco de filmagens de '3%'

Ailton Graça, Juan Paiva e Helio de la Peña na Arena
(Foto: Reprodução)

Gravação de filme no prédio Oeste da Arena
(Foto: Reprodução)

Equipe de produção de 'Correndo Atrás'
(Foto: Reprodução)

Atores na arquibancada da Arena de Itaquera
(Foto: Reprodução)

Netflix também filmou na Arena Corinthians
(Foto: Reprodução/Instagram)




A Arena Corinthians mais uma vez serve como palco para filmagens. Depois de ser palco de filmagens da série "3%", da Netflix, agora o estádio do Timão recebe o longa-metragem "Correndo Atrás".

O filme, que conta com os atores Lázaro Ramos, Ailton Graça, Helio de la Peña, Tonico Pereira, entre outros, tem algumas de suas últimas sequências rodadas em Itaquera. As gravações ocorrem no prédio Oeste, o mais luxuoso do local.
A obra é dirigida pelo brasileiro Jeferson De e conta a história de Ventania, um homem que quer mudar de vida e encontra em Glanderson, um garoto prodígio no futebol, sua grande chance. Ela deve entrar em cartaz em 2017.

Locar a Arena para filmes, séries e outras produções televisivas e cinematográficas faz parte da estratégia do Corinthians para gerar receitas com o seu estádio. O clube busca cada vez mais explorar os espaços que tem em Itaquera, já agendou shows no local, e busca também abrigar convenções, seminários e outros eventos corporativos.


MEIA CORINTHIANO GIOVANNI AUGUSTO DIZ QUE ACREDITA NA BUSCA DO TÍTULO BRASILEIRO E COPA DO BRASIL PELO CORINTHIANS, POIS NÃO VE RIVAIS JOGANDO UM FUTEBOL TÃO ACIMA DO CORINTHIANS: "TODO MUNDO NO MESMO NIVEL, TEM QUE TER CONFIANÇA... GRUPO FOCA.. BRIGAR ATÉ O FINAL... DIZ QUE CÁSSIO E RODRIGUINHO FIZERAM TRABALHO DE RECUPERAÇÃO E DEVE ESTAR A DISPOSIÇÃO DOMINGO... TEM CONSCIÊNCIA DE QUE TEM AJUDAR NA MARCAÇÃO E NÃO VE DIFICULDADE EM ATUAR MAIS RECUADO... VE CHANCE DE TITULO NAS DUAS COMPETIÇÕES... IR DE DEGRAU EM DEGRAU... COM RELAÇÃO AO CONFRONTO DO CORINTHIANS CONTRA O CRUZEIRO PELA COPA DO BRASIL ESTÁ CONFIANTE PARA PASSAR DE FASE, ENCONTRANDO MELHOR FUTEBOL... DIZ QUE CONVERSA COM FABIO CARILE E FILOSOFIA PARECIDA COM TITE, CONFIANÇA NO TRABALHO, FOI IMPORTANTE PARA VENCER QUARTA E FUTURAMENTE.. QTO A ELE FICAR OU NÃO, GRUPO TEM QUE DAR FORÇA A FABIO NO MOMENTO E AGUARDAR DECISÃO DA DIRETORIA QTO AO FUTURO.... ACHA NORMAL RECLAMAÇÕES DE ARBITRAGEM E NÃO VIU ERROS ABSURDOS... DIZ QUE GOLS ANULADOS FORAM CORRETOS, IMPEDIDOS E PENALTIS NÃO EXISTIRAM.. VE RIVAL QUERENDO CRIAR AMBIENTE FAVORAVEL PRA ELES... CITA LANCE EM QUE ELIAS SE CONTUNDIU FEIO E PAROU POR 1 MES E NEM FALTA ARBITRO DEU,... DEIXA CLIMA DE GUERRA PARA RIVAL E QUE CORINTHIANS SÓ VAI JOGAR FUTEBOL"








CORINTHIANS REALIZA TREINO HOJE A TARDE ABERTO A IMPRENSA, DE NOVO APENAS COM QUEM NÃO ATUOU QUARTA EM CAMPO. TITULARES FICARAM FAZENDO TRABALHO DE RECUPERAÇÃO NA MUSCULAÇÃO, ENTRE ELES O GOLEIRO CÁSSIO, QUE TRATA DORES NO OMBRO, E É TRATADO COMO DÚVIDA PARA DOMINGO, GOLEIRO WÁLTER FICA DE SOBREAVISO E É OPÇÃO 17H. NO ATAQUE CENTROAVANTE GUSTAVO ESTÁ A DISPOSIÇÃO PARA O BRASILEIRO, MAS NÃO TEM VOLTA CONFIRMADA. ROMERO É OUTRA OPÇÃO. TECNICO FABIO CARILE DEVE DEFINIR ESCALAÇÃO DO CORINTHIANS AMANHÃ 17H






Corinthians inicia venda de ingressos para jogo de ida das quartas de final pela Copa do Brasil no Fiel Torcedor

Sócios do Fiel Torcedor terão descontos especiais para os setores Leste Superior e Oeste Superior

15h00 23/09/2016 - Agência Corinthians

Depois de passar pelo Fluminense nas oitavas de final, o Corinthians pegará o Cruzeiro nas quartas de final da Copa do Brasil. A Arena Corinthians será o palco do jogo de ida do confronto, nesta quarta-feira (28). Os ingressos para a partida entram à venda para os sócios do Fiel Torcedor às 16h.

Cumprindo a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), não serão comercializados ingressos para o setor Norte, mas os sócios do Fiel Torcedor poderão pagar o mesmo preço deste setor nos ingressos de Leste Superior (R$ 40). Os sócios do programa também terão um acréscimo de 10% no desconto de cada um dos planos para a compra de ingressos do setor Oeste Superior (quadro, abaixo).

Inicialmente, a compra dos ingressos será liberada para associados com 40 pontos ou mais, contabilizados até o dia 22 de setembro, dos planos Minha Vida e Minha História e sócios dos planos Meu Amor e Minha Nação com qualquer pontuação.

A prioridade será dada até as 19h desta sexta-feira (23). A partir desse horário, a venda será aberta a todos os sócios adimplentes. Cada jogo comprado dará um ponto ao associado.

Valor dos ingressos:
Setores disponíveis por plano

Minha Vida: Sul, Leste Inferior, Leste Superior e Oeste Superior

Minha História: Leste Inferior, Leste Superior, Oeste Superior e Oeste Inferior

Meu Amor: Leste Inferior, Leste Superior, Oeste Superior e Oeste Inferior


CORINTHIANS NÃO TERÁ RECÉM INTEGRADO AO S PROFISSIONAIS, JOVEM ATACANTE LÉO JABÁ, POR 4 RODADAS, POIS JOGADOR DE 18 ANOS FOI CONVOCADO PARA SELEÇÃO BRASILEIRA SUB 20 QUE DISPUTARÁ TORNEIO AMISTOSO ENTRE 12 E 16 DE OUTUBRO NO CHILE. FICA 4 RODADAS SEM ESTAR A DISPOSIÇÃO (ENTRE 28ª E 31ª). LÉO JABÁ TEVE ONTEM ANUNCIO DE SUA INTEGRAÇÃO AOS PROFISSIONAIS, AO LADO DO MEIA RODRIGO FIGUEIREDO, VOLANTE WARIAN E CENTROAVANTE CARLINHOS







O primeiro jogo do #Timão contra o Cruzeiro na Copa do Brasil será na @A_Corinthians, na próxima quarta. O segundo duelo acontece dia 19/10.

IDA (28/09)
. Corinthians x Cruzeiro

VOLTA (19/10)
. Cruzeiro x Corinthians








CORINTHIANS ENFRENTA cruzero PELAS QUARTAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL 2016

Corinthians enfrenta Cruzeiro pelas quartas da Copa do Brasil

O jogo acontecerá na Arena Corinthians, nesta quarta-feira


10h00 23/09/2016 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Nesta sexta-feira (23), a CBF definiu os confrontos das quartas de final da Copa do Brasil em sorteio. O Corinthians enfrentará o Cruzeiro por uma vaga nas semifinais da competição nacional.

Também por sorteio, foram definidos os mandos de campo dos confrontos. O jogo de ida será realizado na Arena Corinthians nesta quarta-feira (28). A partida de volta, com mando do Cruzeiro, acontecerá no dia 19 de outubro.

Para chegar às quartas de final, o Corinthians eliminou o Fluminense nas oitavas, com um empate por 1 a 1 em Mesquita-RJ e uma vitória por 1 a 0 na Arena Corinthians.

As informações sobre a venda de ingressos para o jogo de ida de quartas de final entre Corinthians e Cruzeiro na Arena Corinthians serão anunciadas em breve.




















23/09/2016 09h10

Corinthians diz ter pago R$ 50 mi em atrasados somente com o futebol
Direção calcula que gastou R$ 30 milhões só com direitos de imagens de jogadores e salários de treinadores. Presidente crê em redução de até R$ 140 mi no déficit


Por Carlos Augusto Ferrari
O presidente Roberto de Andrade diz que a prioridade do Corinthians neste momento é colocar as contas em dia.

O dirigente diz que conseguiu reduzir a dívida do clube em cerca de R$ 140 milhões. Nas contas da diretoria, R$ 50 milhões desse valor foram com atrasos no departamento de futebol profissional.

Boa parte do montante saiu para acertar os direitos de imagem do elenco campeão brasileiro no ano passado. O problema se tornou público depois de uma entrevista coletiva do meia Renato Augusto, no CT Joaquim Grava, e só teve fim em meados de outubro, já com a equipe na liderança do torneio nacional.

– Se eu estivesse pensando no meu mandato, eu estaria enchendo o time de grandes jogadores e estaria tirando os louros com títulos. Eu tenho responsabilidade com o clube, com o sócio, com o torcedor. Não pode gastar mais do que ganha, não tem fim isso. E uma hora nós tínhamos que fazer esse contraponto e buscar esse equilíbrio – afirmou o presidente Roberto de Andrade.


O Corinthians contabiliza também o pagamento de vencimentos atrasados a ex-treinadores, como Mano Menezes e Tite. O atual comandante da seleção brasileira ainda discute com a direção o recebimento pelo rompimento do último contrato. Somados, os acertos nos direitos de imagem dos jogadores e com os técnicos chega a R$ 30 milhões.

O Timão diz que gastou aproximadamente R$ 20 milhões apenas para pagar comissões de agentes em negociações de compra e venda de jogadores. Outros R$ 40 milhões saíram dos cofres para o pagamento de empréstimos bancários e com empresários. Além disso, a direção precisou fazer acordos para quitar dívidas com fornecedores do clube.

Com a venda de boa parte dos titulares do título brasileiro e alguns reservas, o Corinthians arrecadou R$ 117 milhões. O clube investiu R$ 65 milhões na contratação de atletas para formar o elenco atual, boa parte disso com pagamentos à vistas, como nos casos de Marquinhos Gabriel, Guilherme, Balbuena e Giovanni Augusto.

O Timão promete divulgar nos próximos meses um balancete com os números de receitas e despesas até agora em 2016.