17 de set de 2016

CORINTHIANS 17/09/2016


CORINTHIANS 5º COLOCADO COM 41 PONTOS



17/09/2016 21h53

Corinthians também pensa em 2017; Roger Machado e Eduardo Baptista cotados
Com a saída de Cristóvão, diretoria analisa nomes, mas só deverá fechar para a próxima temporada.

Por Marcelo Braga
Com a demissão de Cristóvão Borges e a efetivação de Fábio Carille no comando do Corinthians até o fim do ano, o presidente Roberto de Andrade e sua diretoria agora passam a avaliar o mercado para a contratação do seu futuro treinador. A tendência, como disse o dirigente em entrevista coletiva, é que o futuro contratado chegue apenas no fim do Brasileirão, quando o planejamento de contratações e dispensas para 2017 estiver pronto.


Roger Machado e Eduardo Baptista largam na frente como principais opções para o cargo. Disponível desde que deixou o Grêmio no meio de semana, Roger é bem visto pelos torcedores pelo bom trabalho que fez no Tricolor gaúcho no ano passado. Além disso, pesa a favor dele a identificação com Tite, técnico mais vitorioso da história do Corinthians, com quem Roger trabalhou no clube gaúcho como jogador.

Empresário de Roger, Leonardo Ferreira disse que não foi procurado pelo Timão nos últimos dias. E explicou que a preferência do treinador seria assumir um novo trabalho no fim do ano mesmo.


– A saída dele do Grêmio é recente. Nunca falamos com o Corinthians. Roger quer voltar a trabalhar no ano que vem, quer iniciar um trabalho – afirmou o agente.


Preferido do ex-presidente Andrés Sanchez, com quem trabalhou em 2007 no Timão como preparador físico, Eduardo Baptista é constantemente elogiado no Corinthians. Ele vem liderando a Ponte Preta em mais uma boa campanha no Brasileirão.


Em Campinas, comenta-se que ele já recebeu sinais de que estará no Parque São Jorge na próxima temporada. Nenhuma das partes confirma, porém. Ele comanda a Macaca neste domingo contra a Chapecoense, na Arena Condá.













CORINTHIANS x p
brasileiro 2016- 26ªrod
Local: Arena Corinthians
Data-Hora: 17/9/2016 - 16h 
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC) 
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Carlos Berkembrock (SC) 
Público/renda:40.173 TOTAL ( 39.879 pagantes 294 np)/R$ 2.344.829,00 
Cartões amarelos: Balbuena (COR), Thiago Santos, Moisés, Gabriel, Leandro Pereira (p) 
Cartões vermelhos: Léo Príncipe (30'/2ºT) 
Gols: Moisés (4'/1ºT) (0-1), Mina (31'/2ºT) (0-2) 

CORINTHIANS: 12-Cássio; 32-Léo Príncipe, 15-Vilson, 4-Balbuena e 13- Guilherme Arana; 16-Cristian (31-Marquinhos Gabriel, aos 15'/2ºT); 29-Camacho, 8-Marlone, 26-Rodriguinho e 30-Lucca (11-Romero, no intervalo); 9-Gustavo. Técnico: Cristóvão Borges. + 27-Walter, 1-Matheus Vidotto, 3-Yago, 14-Léo, 21-Jean, 5-Willians, 28-Isaac

p: 49-Jailson; 17Jean, 26Mina,3 E. Dracena e 6-Egídio; 18Gabriel (21Thiago S, int), 32Tchê Tchê e 28-Moisés; 7-Dudu (19R Marques, aos 25'/2ºT), 14-Erik e 30L Pereira (23Róger G, aos 34'/2ºT). Técnico: Cuca. + 25Vagner, 2Fabiano,31 Thiago Martins, 16Fabrício, 5Arouca, 15Allione, 10C Xavier, 37Vitinho, 8Barrios



Cristóvão Borges não é mais técnico do Corinthians
Fabio Carille assume o comando técnico alvinegro até o fim do ano

19h00 17/09/2016 - Agência Corinthians

Cristóvão Borges não é mais técnico do Corinthians. Fabio Carille assume o cargo de treinador do Timão até o fim da temporada.

"O que gosto de passar ao torcedor é que estamos sempre atentos. Queremos o melhor para o clube, se erramos de uma forma ou de outra, o reparo também é grande. Estamos vivos no Brasileiro e na Copa do Brasil. Se achamos que temos de fazer uma correção, vamos fazer", declarou o presidente Roberto de Andrade.





CORINTHIANS DEMITE TÉCNICO CRISTÓVÃO BORGES

Anúncio da demissão foi feita pelo presidente Roberto de Andrade. Auxiliar Fábio Carille assume a equipe

LANCE!

17 SET 2016 18h48 atualizado às 19h29

Cristóvão Borges não é mais técnico do Corinthians. Ele foi demitido neste sábado. O anúncio foi feito pelo presidente Roberto de Andrade após o Dérbi. O auxiliar-técnico Fábio Carille assumirá o comando do Timão até o final do ano e já dirigirá a equipe nesta quarta-feira, contra o Fluminense, na Arena Corinthians, em jogo pelas oitavas de final da Copa do Brasil.
O ex-treinador comandou o Timão em 18 jogos, período em que conquistou sete vitórias, seis derrotas e cinco empates, e sofreu muita pressão por parte da Fiel. Roberto de Andrade disse que a demissão de Cristóvão estava em pauta desde antes do Dérbi, embora o diretor adjunto de futebol, Eduardo Ferreira, tenha garantido a permanência do treinador na última quinta-feira.

- Cristóvão estava tendo dificuldade, a pressão aqui é grande, mexemos no time, as opções ficaram menores, mas não resolvemos as coisas em cinco minutos. Não posso antes de um clássico falar que o técnico vai embora, mas não significa que não estamos amadurecendo a ideia. Queremos o melhor para o clube, se erramos de uma forma ou de outra o reparo também é grande. Estamos vivos no Brasileiro e na Copa do Brasil. Se achamos que temos de fazer uma correção, vamos fazer - avaliou Roberto de Andrade.

O presidente também lamentou as oscilações da equipe com o comandante e avaliou que a demissão é uma "correção de curso" do Timão. Cristóvão deixa o Corinthians em quinto lugar na tabela do Brasileiro, com 41 pontos, uma posição abaixo da que a equipe estava quando ele assimiu.

- Cristóvão é um sujeito formidável, trabalhador, dedicado, mas o futebol vive de resultado. Não tem nada além de resultados. Vemos muitos times com padrão tático até ruim, desorganizados, mas que conseguem ter resultado positivo Não estamos conseguindo fazer isso, em algumas partidas a oscilação é muito grande. Em um jogo tem um tempo diferente do outro, difícil, a oscilação atrapalha bastante. Não dá para identificar por que está bom, por que está ruim. É difícil - avaliou Roberto.

- Apesar do placar adverso, o Corinthians não fez uma partida ruim, principalmente no primeiro tempo. Tomou um gol bobo, logicamente eu não resolvi em dois minutos a mudança. Mas quando temos na cabeça que precisamos consertar o curso, temos de tomar uma atitude, não tem jeito. Estamos fazendo uma correção. Na dúvida, vamos tratar de corrigir, pelo menos ficamos com a consciência mais tranquila de que fizemos o que tinha de ser feito - acrescentou o presidente.

Cristóvão Borges não durou mais de 20 partidas nos últimos três clubes que comandou.  O treinador sofreu com a perda de peças no Timão: além dos lesionados, como Danilo, foram vendidos Elias, André, Luciano e Bruno Henrique. Chegaram os volante Jean e o atacante Gustavo. Entre mudanças e pressão, o treinador não conseguiu dar um padrão de jogo ao Corinthians e acabou demitido.

Após anunciar o substituto, Roberto Andrade mostrou respaldo ao escolhido, exaltando que Fábio Carille está familiarizado com o elenco. O mandatário garantiu que a diretoria não irá atras de nenhum outro técnico até o fim da temporada.

- Trazer um treinador faltando dois meses e meio para o fim de temporada é um tempo muito curto para conhecer o elenco. Damos preferência ao Fábio por conhecer o elenco, o dia a dia. Isto facilita e em janeiro pensamos em outro treinador, sim. O elenco, este que tem aqui, é o que vamos terminar o ano, não tem como fazer mais contratações. Já estamos planejando para renovar em 2017 - encerrou o presidente.








FICHA TÉCNICA 
CORINTHIANS x p
Local: Arena Corinthians
Data-Hora: 17/9/2016 - 16h 
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC) 
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Carlos Berkembrock (SC) 
Público/renda: 39.879 pagantes/R$ 2.344.829,00 
Cartões amarelos: Balbuena (COR), Thiago Santos, Moisés, Gabriel, Leandro Pereira (p) 
Cartões vermelhos: Léo Príncipe (30'/2ºT) 
Gols: Moisés (4'/1ºT) (0-1), Mina (31'/2ºT) (0-2) 

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Vilson, Balbuena e Guilherme Arana; Cristian (Marquinhos Gabriel, aos 15'/2ºT); Marlone, Camacho, Rodriguinho e Lucca (Romero, no intervalo); Gustavo. Técnico: Cristóvão Borges. 


p: Jailson; Jean, Mina, Edu Dracena e Egídio; Gabriel (Thiago Santos, no intervalo), Tchê Tchê e Moisés; Dudu (Rafael Marques, aos 25'/2ºT), Erik e Leandro Pereira (Róger Guedes, aos 34'/2ºT). Técnico: Cuca.

Corinthians ‏@Corinthians  17 de set
Fim de jogo: Corinthians 0 x 2. Quarta, o Timão enfrenta o Fluminense pela Copa do Brasil na Arena Corinthians.
 Corinthians ‏@Corinthians  17 de set
Corinthians 0x2 

 Corinthians ‏@Corinthians  17 de set
Léo Príncipe expulso após tomar o segundo cartão amarelo.

 Corinthians ‏@Corinthians  17 de set
Pressão do #Timão!!!!
QUASE!!!!! Arana cruza e Gustavo desvia de cabeça. A bola passa perto do gol!

Marlone arrisca de fora da área e a bola passa ao lado do goleiro 

UUUUUUUUUUUUHHH!!! Camacho arrica da entrada da área e a bola desvia na zaga, indo para escanteio!

Bola rolando para o segundo tempo de Corinthians 0x1 Palmeiras.

#VaiCorinthians 

Substituição no Corinthians para a segunda etapa: sai Lucca para a entrada de Romero.
Fim de primeiro tempo na @A_Corinthians. Corinthians 0x1 

Assim como durante quase todo o primeiro tempo, #Timão fica com a bola e controla as ações do jogo.
Cristian invade a área pela direita e bate cruzado. No meio dela, porém, ninguem conseguiu chegar para completar pro gol.

Gustavo arrisca de fora da área e bola passa por cima do gol adversário.
 Corinthians ‏@Corinthians  17 de set
Corinthians toma a iniciativa do jogo e tenta encontrar espaços na defesa adversária.
 Corinthians ‏@Corinthians  17 de set
Corinthians 0x1 
 Corinthians ‏@Corinthians  17 de set
ROLA A BOLA!

VAMOS CORINTHIANS, ESTE JOGO TEREMOS QUE GANHAR! #VaiCorinthians 



17/09/2016 09h15

De novo titular, Cristian afirma que é capaz de render mais no Corinthians
Jogador culpa as lesões sofridas na temporada por sua irregularidade, mas projeta evolução para os próximos jogos do Timão e também para 2017: "Não cheguei à toa"


Por Renato Cury
Titular novamente do Corinthians neste sábado, o volante Cristian sabe que está devendo boas atuações. E quer mudar isso.

– Tenho consciência de que eu poderia estar ajudando muito mais, só que as lesões me prejudicaram bastante – disse o volante de 33 anos, que neste ano teve problemas na panturrilha direita e na coxa esquerda, passando longos períodos no departamento médico.

– Clássico é diferente, né? confronto direto. Estamos perto. Temos que fazer um bom jogo dentro de casa, como o apoio da nossa torcida, que sempre vai (ao estádio). Isso não precisa nem pedir.

Com contrato até o fim de 2017 com o Timão, o volante diz que ainda quer fazer muita coisa com a camisa alvinegra. Ídolo por integrar o Corinthians campeão paulista e copa do brasil 2009, antes da ida para a Turquia, onde jogou no Fenerbahce, ele confia na conquista de títulos ainda neste ano.

– Acho que posso ajudar muito o Corinthians. Tem mais um ano de contrato, tem mais esse (resto de) ano. Eu espero fazer o meu melhor, porque não cheguei aqui à toa. Quero estender essa história por muito mais tempo e fazer um bom campeonato até o final porque acho que temos chance de lutar pelo título ainda.