16 de set de 2016

CORINTHIANS 16/09/2016



CORINTHIANS JOGA DERBY EM CASA PARA ENCOSTAR NA LIDERANÇA

O Corinthians joga o derby neste sábado, às 16h (de Brasília), na Arena Corinthians, para encostar na liderança e seguir na briga pelo título.

No Corinthians, o clássico é crucial para manter chances de título

“Os jogadores têm um entendimento muito claro da situação. Eles são inteligentes, experimentados, com grandes currículos, e estão acostumados a essas coisas”, elogiou Cristóvão. A torcida vai lá para ver o Corinthians jogar bem e ganhar. É um desejo em comum, e temos que satisfazê-los.”

Para satisfazer os corinthianos, Cristóvão adotou cautela mais uma vez em relação à sua formação. O técnico deverá contar com o lateral esquerdo Uendel, que acusou dores musculares na coxa direita na rodada passada, porém perdeu o direito Fagner, suspenso. O prata da casa Léo Príncipe será o substituto.

Há a possibilidade de o Corinthians ter outras mudanças. Recuperado de uma contusão muscular na coxa direita, Giovanni Augusto foi relacionado para o jogo, embora não tenha treinado no campo. Se atuar, ocupará a vaga do volante Cristian. Já o zagueiro Yago vive a expectativa de ganhar a posição de Vilson ao lado do paraguaio Balbuena.

Seja como for, o Corinthians tentará ser ofensivo no Derby. “Respeitamos o adversário. Só que temos uma maneira de jogar que não mudamos na arena ou fora dela. Jogamos do mesmo jeito sempre. Uma equipe de nível tem que ser assim”, cobrou o ameaçado Cristóvão Borges, ciente de que o seu time vem oscilando até mesmo entre os tempos de um jogo
FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS X p
Brasileiro 2016- ª rodada
Arena Corinthians
Data: 17 de setembro de 2016, sábado
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil e Carlos Berkenbrock (ambos de SC)

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Yago (Vilson), Balbuena e Uendel; Cristian (Giovanni Augusto), Camacho, Rodriguinho, Lucca e Marlone; Gustavo Técnico: Cristóvão Borges

p: Jailson; Jean, Mina, E Dracena e Zé Roberto; Gabriel, Tchê Tchê, Moisés, Dudu e R Guedes; Barrios Técnico: Cuca



CORINTHIANO LATERAL DIREITO FAGNER CONVOCADO PARA SELEÇÃO BRASILEIRA
E JOGOS PELAS ELIMINATORIAS DA COPA DO MUNDO 2018 CONTRA BOLIVIA em Natal, no dia 6 de outubro, e VENEZUELA, 11 de outubro, fora de casa.FICA COMO DUVIDA NO CORINTHIANS PARA JOGOS DOS DIAS 5 E 12 DE OUTUBRO




Corinthians para o Dérbi
Lateral-esquerdo Uendel, recuperado de dores, treinou nesta sexta-feira, deve jogar. Vilson fez só fortalecimento muscular no CT




Uendel foi a campo e treinou ao lado de Lucca como titular. Ele, porém, não foi confirmado (Foto: Daniel Augusto Jr)
Gabriel Carneiro
16/09/2016
13:09
Diferentemente da maioria das vésperas de jogos, o Corinthians abriu os portões do CT Joaquim Grava para o treinamento desta sexta-feira, último dia de preparação antes do derby, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Cristóvão Borges, porém, mostrou ainda ter dúvidas para o Dérbi, e trabalhou com 12 jogadores no time titular. Nenhum deles, porém, era o zagueiro Vilson. O camisa 15 do Timão, que atuou nos dois últimos jogos, foi preservado do trabalho em campo e realizou fortalecimento muscular na academia. Ele não deve ser desfalque, mas o treinador preferiu não anunciar a escalação para o confronto.

- Como tivemos uma semana muito pesada e dura, nesse momento a prioridade é recuperação. Os jogadores são avaliados dia a dia, por isso ainda vamos esperar avaliação, porque nem todos puderam fazer o mesmo treinamento hoje (sexta-feira). Vamos aguardar amanhã - despistou Cristóvão.

Com Yago na vaga do poupado Vilson e dois laterais-esquerdos, pois Uendel ainda é dúvida, a escalação esboçada pelo Corinthians foi a seguinte: Cássio; Léo Príncipe, Yago, Balbuena e Uendel (Guilherme Arana); Cristian; Marlone, Camacho, Rodriguinho e Lucca; Gustavo.

Uendel deixou a partida de quarta, com dores musculares na coxa direita. Ele fez tratamento na quinta-feira e nesta sexta trabalhou sem restrições em uma atividade tática de bolas paradas que encerrou a preparação para o Dérbi. Bem fisicamente, ele foi abordado pela imprensa na saída do gramado, mas despistou: "Vamos ver". Rodriguinho, que caminhava a seu lado, sorriu e disse: "Mistério...". Apesar da cena, Uendel, único corintiano presente em todos os jogos do Brasileirão, deve mesmo atuar contra o Palmeiras.

Além do treino tático dos titulares sob o comando de Cristóvão, os reservas do Corinthians estiveram em um trabalho técnico e ainda completaram a carga de atividades com treino de finalização. Léo, Jean, Willians, Marciel, Marquinhos Gabriel, Romero e Isaac estiveram nesse trabalho, junto com os goleiros Walter, Matheus Vidotto e Caique.

Fagner, suspenso, além dos lesionados Pedro Henrique, Guilherme, Rildo, Bruno Paulo e Danilo não trabalharam em campo. Vilson e Giovanni Augusto também ficaram na parte interna, mas ao contrário dos outros seis foram relacionados para a partida. O Timão iniciou concentração na noite de quinta-feira e só deixa o CT horas antes da partida contra o Palmeiras.

VEJA A LISTA DE RELACIONADOS DO TIMÃO PARA AMANHÃ:
​Goleiros: Cássio, Walter e Matheus Vidotto
Laterais: Léo Príncipe, Uendel e Guilherme Arana
Zagueiros: Yago, Balbuena, Vilson e Léo Santos
Volantes: Cristian, Camacho, Willians e Jean
Meias: Marlone, Rodriguinho, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel
Atacantes: Gustavo, Romero, Lucca e Isaac











Marciel se reapresenta ao Timão sem ritmo, mas já recebe elogio: 'Será útil'

Volante de 21 anos treina pelo segundo dia consecutivo no CT Joaquim Grava, mas ainda não participará do jogo contra o Palmeiras, pois está abaixo dos companheiros fisicamente

Marciel disputa bola com Jean, volante com quem disputará posição no Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr)
Gabriel Carneiro
16/09/2016
14:15

Integrado ao elenco do Corinthians na quinta-feira, o meio campista Marciel participou das atividades no CT Joaquim Grava pela segunda vez nesta sexta, véspera do derbi, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante devolvido de empréstimo do Cruzeiro será utilizado na competição, mas ainda não foi relacionado para o Dérbi porque se reapresentou com nível físico abaixo dos demais jogadores do elenco. Os titulares Cristian e Camacho, além de Willians e Jean, estão concentrados para o duelo, e o jovem de 21 anos terá que esperar mais por sua chance.

- É um jogador da casa, conhece bem o clube, teve oportunidade de conhecer a maneira de jogar, isso já adianta. Pelas perdas que tivemos ele vem para recompor, dar mais opção no meio, e tem qualidade para isso. Logicamente vai precisar de mais alguns dias para melhorar a forma, porque não estava atuando, estava sem ritmo, mas será útil para nós - explicou Cristóvão.

O vínculo com o Corinthians será restabelecido nas próximas horas, e assim Marciel estará apto para defender a equipe no Brasileirão - o prazo de inscrições da Copa do Brasil já se encerrou. O garoto revelado na base do próprio clube atuou seis vezes como profissional e anotou um gol, no Brasileirão de 2015.








Cristóvão não confirma escalação do Corinthians



O Corinthians poderá ter mais de uma mudança – a entrada do lateral direito Léo Príncipe no lugar de Fagner, suspenso, já é certa – em sua escalação no derby, no sábado, na Arena Corinthians. Na manhã desta sexta-feira, o técnico Cristóvão Borges começou a esboçar a sua equipe em um rápido treinamento de bolas paradas, realizado com os portões do CT Joaquim Grava abertos à imprensa, mas não anunciou os titulares.

A principal novidade foi a presença do zagueiro Yago ao lado de Balbuena. Saiu Vilson. Já o lateral esquerdo Uendel, recuperado de dores na coxa, revezou-se com o jovem Guilherme Arana.

“Como tivemos uma semana muito pesada, dura, avaliaremos as condições dos jogadores, como será a recuperação deles. Eles são avaliados no dia a dia. Amanhã (sábado), vamos definir, até porque nem todos fizeram o mesmo treinamento hoje”, justificou Cristóvão.

Um dos jogadores que não participaram do treinamento no gramado, mas poderá aparecer na equipe, é Giovanni Augusto. O meia ficou fora da rodada passada do Campeonato Brasileiro por conta de uma contusão coxa direita e foi relacionado. Dispuata posição com o volante Cristian 

Já o meia Guilherme continuará como desfalque em função de uma contusão na panturrilha direita.

O Corinthians provável é o seguinte: Cássio; Léo Príncipe, Yago, Balbuena e Uendel (Guilherme Arana); Cristian (Giovanni Augusto), Camacho, Rodriguinho, 
Lucca e Marlone; Gustavo.

Confira os 22 relacionados do Corinthians para o clássico:

Goleiros: Cássio, Matheus Vidotto e Walter
Laterais direito: Léo Príncipe 
Laterais esquerdo: Uendel e Guilherme Arana
Zagueiros: Balbuena, Léo, Vilson e Yago
Volantes: Camacho, Cristian, Jean e Willians
Meias: Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel e Rodriguinho
Atacantes: Gustavo, Isaac, Lucca, Marlone e Romero






6/09/2016 12h31

Corinthians relaciona 22 jogadores para derby
Giovanni Augusto retorna ao grupo depois de ficar fora da partida contra o Coritiba


Por GloboEsporte.com


Giovanni Augusto durante treino do Timão no CT (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

O técnico Cristóvão Borges relacionou 22 jogadores do Corinthians para o derby, neste sábado, às 16h, na Arena Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. A novidade é o retorno do meia-atacante Giovanni Augusto.

O jogador reuperou-se de um problema muscular na coxa direita. Ele acabou liberado pelo departamento médico e começa o Dérbi como opção no banco de reservas. Cristian permanece na equipe.

O lateral-esquerdo Uendel, que saiu com cinco minutos de jogo no Paraná por conta de dores na coxa direita, está relacionado, mas ainda dependerá de uma nova avaliação médico no sábado pela manhã para saber se poderá atuar. Caso seja vetado, Guilherme Arana entra.


Veja a lista de relacionados do Corinthians:

Goleiros: Cássio, Matheus Vidotto e Walter
Lateral direito: Léo Príncipe 
Laterais esquerdo: Guilherme Arana e Uendel 
Zagueiros: Balbuena, Léo Santos, Vilson e Yago
volantes: Camacho, Cristian, Jean 
 e Willians 
meias: Giovanni AugustoMarquinhos Gabriel, Rodriguinho e Marlone
Atacantes: Romero, Gustavo, Isaac, Lucca







16/09/2016 12h32

Corinthians ainda não está escalado para Dérbi; só tem escalação especulada
Treinador espera aval médico para confirmar o Corinthians para o Derby neste sábado. Vilson não treina, e Uendel continua como dúvida na lateral esquerda


Por Marcelo Braga



Cristóvão Borges durante treino do Timão no CT Joaquim Grava (Foto: Marcelo Braga)

O técnico Cristóvão Borges não confirmou a escalação do Corinthians para o Derby, neste sábado, às 16h, NA ARENA CORINTHIANS, pelo Campeonato Brasileiro. O treinador quer aguardar uma avaliação do departamento médico no sábado pela manhã para decidir quem começa o Dérbi como titular.

No treino desta sexta-feira pela manhã, no CT Joaquim Grava, a ausência foi o zagueiro Vilson. O jogador ficou na academia fazendo fortalecimento muscular e sequer apareceu em campo. Cristóvão colocou Yago na vaga durante a atividade de posicionamento em bolas paradas.

O lateral-esquerdo Uendel foi a campo, mas também não está garantido. Ele sentiu dores na coxa direita logo aos cinco minutos quarta e foi substituído por Guilherme Arana. Ambos estiveram no trabalho tático e aguardam por uma definição do técnico.

– Como tivemos uma semana muito dura e pesada, neste momento é a recuperação e a condição dos jogadores. Por isso ainda vamos esperar a avaliação amanhã para definir, nem todos puderam fazer o mesmo tipo de treino hoje. Vamos aguardar, vai depender dessa avaliação – afirmou Cristóvão.

O lateral-direito Fagner cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O substituto dele já está confirmado. Depois de boas atuações contra Fluminense e Sport, o garoto Léo Príncipe retorna à posição.






Léo Príncipe está confirmado na vaga de Fagner no clássico deste sábado (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

O restante do time provavelmente não sofrerá mudanças. O meia-atacante Giovanni Augusto, em recuperação de uma lesão na coxa direita, foi relacionado, mas deve começar no banco. Assim, Cristian seguirá na função de primeiro volante, com Camacho um pouco mais adiantado.
Marquinhos Gabriel permanecerá no banco de reservas em recuperação de uma gripe. Lucca segue no time, ao lado de Marlone e Gustavo no ataque.

Escalação provável: Cássio, Léo Príncipe, Vilson (Yago), Balbuena e Uendel (Guilherme Arana); Cristian; Marlone, Camacho, Rodriguinho e Lucca; Gustavo

Pendurados: Vilson, Guilherme, Uendel, Pedro Henrique, Rodriguinho, Romero e Giovanni Augusto
Desfalques: Danilo, Rildo, Pedro Henrique, Bruno Paulo, Guilherme e Fagner
Transmissão: Premiere, Premiere HD e PFCI 




Cristóvão trabalha para Corinthians vencer confronto direto amanhã



Técnico Cristóvão (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

“A prova de fogo é desde que cheguei. Só tenho prova de fogo. Todo o meu trabalho tem sido assim. Não é diferente agora”, avisou Cristóvão, pouco depois de se posicionar para conceder uma entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava. “No jogo de amanhã, só continuará a pressão. Vivo sob pressão. Estou acostumado”, acrescentou, mais tarde.

O diretor de futebol Eduardo Ferreira fez questão de aparecer diante das câmeras de televisão na quinta-feira e assegurar a permanência de Cristóvão
Ainda assim, Cristóvão acha que está respaldado. “Não me sinto sozinho aqui. Já dirigi grandes clubes, com grandes dirigentes, interessantes, muito bons. No Corinthians, não só por ter passado pelo clube antes (como jogador, entre 1986 e 1987), tive e tenho uma acolhida muito boa. Sou respeitado. E é bom ressaltar que sou avaliado pelo meu trabalho, independentemente de qualquer coisa, de pressão, de redes sociais. Não é todo lugar que tem isso”, comparou o técnico

“É uma grande oportunidade. Sabemos disso. Necessitamos e desejamos nos aproximar da ponta. É uma chance muito boa, independentemente do momento que estamos passando. O time já deu uma melhorada, apresentando coisas boas nas últimas partidas. Estamos bastante confiantes”, animou-se Cristóvão Borges.








16/09/2016 12h44

Cristóvão vê pressão normal no Dérbi

Por Marcelo Braga


Cristóvão Borges ao lado do auxiliar Fábio Carille no treino (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)


– Não me sinto sozinho. Não só por já ter passado pelo Corinthians (como jogador), mas a recepção e a acolhida aqui foram boas. Só me preocupo com meu trabalho. Sei que ele vai mudar tudo, para o bem ou para o mal. Eu me sinto acolhido, respeitado e acho importante ressaltar que sou avaliado pelo meu trabalho. Não tem pressão nem redes sociais. Aqui no Corinthians tem isso (avaliação de trabalho) – deixou claro o técnico de 57 anos.


Os resultados dos próximos dois jogos, porém, serão fundamentais para a continuidade do treinador no Timão. Após enfrentar o derbi, podendo diminuir para quatro a diferença de pontos entre os clubes no Brasileirão, o Timão recebe o Fluminense na quarta-feira para decidir quem se classifica para as quartas de final da Copa do Brasil. No Rio, empate por 1 a 1.


– Prova de fogo está aqui desde que cheguei, só tive prova de fogo. Todo meu trabalho tem sido assim, cobrado, muito exigido. Para mim não é diferente. É só continuidade. Pelo comportamento da equipe, foi dando mais confiança. Começamos a apresentar muitas coisas boas, é importante confiança. E estamos mais confiantes – garantiu.


Um dia depois do empate com o Coritiba, a diretoria do Corinthians convocou uma entrevista coletiva para dizer que não pensa na contratação de Roger e assegurou que confia no trabalho de Cristóvão Borges.


– Pressionado eu estou desde que cheguei. Vivo na pressão. O jogo de amanhã não tem diferença nenhuma, só continua a pressão. Sei disso, quando aceitei vir para cá sabia o momento, a atmosfera. Não esperei o exagero, as coisas fora do normal, passou-se do ponto um pouco. Fora isso, normal, é pressão mesmo. É o momento que o clube vive, de transição.


Escalação provável: Cássio, Léo Príncipe, Vilson (Yago), Balbuena e Uendel (Guilherme Arana); Cristian (Giovanni Augusto), Camacho, Rodriguinho, Lucca e Marlone; Gustavo






Corinthiano técnico Cristovão sobre derby: “Uma grande oportunidade, necessitamos nos aproximar da ponta”

De acordo com o técnico do Corinthians, a equipe alvinegra está confiante para o Derby deste sábado (17) na Arena Corinthians, independentemente do momento que os times vivem







Cristóvão é o técnico do Corinthians

12h00 16/09/2016 - Agência Corinthians

Após o treino do Corinthians desta sexta-feira (16) no CT Dr. Joaquim Grava, o último antes do Derby na Arena Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, o técnico Cristóvão Borges conversou com a imprensa em entrevista coletiva. Ciente da importância da vitória para se aproximar seguir na briga pelo título, o treinador demonstrou confiança para o clássico deste sábado (17).

"Uma grande oportunidade, sabemos disso, necessitamos nos aproximar da ponta. Oportunidade boa e grande, independente do momento que passamos. Demos uma crescida, apresentamos boas coisas, principalmente na última partida. Estamos confiantes", analisou o treinador.

Invicto na Arena Corinthians há 34 jogos, o Timão tenta aumentar a sequência positiva em casa contra o maior rival. Perguntado sobre qual seria a postura alvinegra contra o líder do Brasileirão, Cristóvão foi contundente sobre buscar sempre a vitória, não importando o adversário ou o local do jogo.

“Respeito existe sempre ... por ser adversário. Vamos jogar da mesma forma, dentro ou fora de casa. Isso eu prego e acho que tem que ser assim. Equipe de nível como o Corinthians não pode mudar de comportamento dentro ou fora", completou Cristóvão.

Corinthians joga o derby amanhã às 16h pela 26ª rodada Brasileirão 2016. Com 41 pontos ganhos, a equipe do Parque São Jorge ocupa a quinta posição na tabela de classificação, a um ponto do G4 e a sete pontos da liderança











Ator falecido foi atleta de handebol do Corinthians na década de 1980

16/09/2016 11:24:34

Falecido na última quinta-feira após se afogar no Rio São Francisco, o ator Domingos Montagner já teve em seu passado uma passagem pelo Corinthians. Na década de 1980, o ator representou o Timão como atleta de handebol do clube. Domingos também assumia publicamente ser torcedor fanático do alvinegro.

Após a confirmação do falecimento no final da tarde da última quinta, o Corinthians usou as suas redes sociais para prestar homenagens ao ator e também lembrar a história construída por ele no clube através do handebol.

Domingos Montagner nasceu tinha 54 anos. Acabou morrendo após mergulhar para nadar no Rio São Francisco após as gravações da novela “Velho Chico”, da TV Globo, da qual era o protagonista.







Terceiro em pé da esquerda para direita, o falecido ator Domingos Montagner como jogador de handebol do Corinthians, no ano de 1983 (Foto: Acervo/Gazeta Press)


CORINTHIANS HOJE
16/09 - Sexta-feira
10h - Treino no CT Dr. Joaquim Grava