9 de set de 2016

CORINTHIANS 09/09/2016


Corinthians treina sem Fagner e Marquinhos Gabriel, mas eles devem voltar domingo
Jogadores que ficaram de fora da vitória do Corinthians por 3x0 sobre Sport ainda se recuperam, só que são esperados para ajudar Corinthians no jogo de domingo Cristóvão Borges espera contar com Fagner e Marquinhos Gabriel no Corinthians para domingo (Daniel Augusto Jr / Ag. Corinthians)

O Corinthians deve ter as voltas do lateral direito Fagner e do meia Marquinhos Gabriel, que ficaram fora da vitória do Corinthians sobre Sport por 3 a 0, apesar de novamente não puderam trabalhar com bola na tarde desta sexta-feira (9 de setembro). Ainda buscando a recuperação total de uma infecção intestinal e de uma gripe, respectivamente, os dois realizaram apenas trabalhos internos e vivem a expectativa de retornar domingo no jogo do Corinthians contra s7os, fora de casa.

O que tem mais chances de atuar é Fagner, já sem problemas gástricos. A avaliação da comissão técnica foi que ele necessitava de pelo menos mais um dia realizando trabalhos internamente para minimizar a perda de força ocasionada pela infecção, algo que o incomoda desde segunda-feira. Na manhã deste sábado, ele já deve ir a campo para trabalhar com os companheiros.

O caso de Marquinhos Gabriel será melhor avaliado, já que a gripe do armador se intensificou na quinta-feira e está em fase de evolução. O atleta será medicado, mas, se não conseguir recuperar-se a ponto de ir ao gramado na movimentação marcada para a véspera da partida, estará praticamente descartado por Cristóvão Borges.

Já o meia Guilherme, que sente dores musculares na coxa direita há dez dias, iniciou o trabalho de transição para o departamento físico e não vai jogar. Há uma pequena possibilidade de ele defender o Corinthians contra Coritiba, na quarta-feira, mas o mais provável é que esteja pronto apenas para o Derby, no sábado, dia 17.

Sem todos os titulares do triunfo ante o Leão, o treino desta tarde foi bastante tranquilo para os jogadores alvinegros. Foram a campo apenas os zagueiros Balbuena e Léo, o lateral esquerdo Guilherme Arana, o volante Jean e os atacantes Romero e Isaac, além dos goleiros Walter, Matheus Vidotto e Caíque França. Completaram a atividade alguns jogadores do time sub-17.

O atacante Gustavo e o volante Willians, que atuaram por mais de 15 minutos da vitória corinthiana na Arena Corinthians, participaram apenas da primeira metade do treinamento, um toque de bola em campo reduzido seguindo para os vestiários logo depois.

Na segunda parte, os atletas foram divididos em dois times, realizando um mini-coletivo. Na ocasião, o destaque ficou por conta do paraguaio Romero, treinando pela primeira vez desde que retornou da seleção paraguaia, autor de dois gols. O tento mais bonito, porém, saiu dos pés de Guilherme Arana, em forte chute de fora da área, no ângulo de Walter. “Muito boa, Araninha”, reconheceu o goleiro.

Além das ausências na movimentação, Cristóvão já sabe que não poderá contar com o zagueiro Pedro Henrique, o meia Danilo e o atacante Rildo, todos lesionados. Yago, suspenso, também não poderá ir a campo. Com 40 pontos conquistados, o time é o quarto colocado na tabela do Campeonato Brasileiro, a seis da liderança e com 15 rodadas para alcançá-la.










Corinthians é único cogitado como representante brasileiro em Super LigaMundial planejada por clubes europeus em 2021
Jornal: Clubes planejam Superliga Mundial com Corinthians como representante brasileiro
Competição, que aconteceria em 2021, reuniria as 22 marcas mais fortes do futebol mundia em cada continente e contaria com times da Europa, Brasil, China, EUA, Austrália e África do SulCorinthians seria o representante do Brasil na ainda hipotética Superliga Mundial (Getty Images)
9/09/2016 18h44
Por FOX Sports
Pressionados pelas principais emissoras de televisão do mundo que não lucram o mesmo que anos anteriores com a Uefa Champions League, os principais clubes europeus estariam se unindo para a criação de uma Superliga Mundial. De acordo com o jornal Mirror, da Inglaterra, já há o plano de criação de um torneio em 2021 que agregaria times da Europa, da China, Austrália, Estados Unidos, Brasil e África Do Sul. Segundo o periódico, as equipes inclusive já estão escolhidas e o Corinthians seria o representante de seu país.

A ideia teria vindo de clubes chineses e norte-americanos, que estão incomodados com a fragilidade de disputa em suas ligas nacionais. A proposta foi então encaminhada para alguns canais de televisão, que deram apoio à iniciativa e incluíram europeus na competição.


Defensores da Superliga Mundial acreditam que a competição ajudaria a ampliar a rivalidade esportiva entre países, por permitir que a Juventus, por exemplo, encare o Corinthians como um adversário de título em nível planetário.

“Veremos uma competição internacional em poucos anos. Será uma festa exclusiva para as principais marcas mundiais”, disse Jacco Swart, diretor da Associação de Ligas Profissionais Europeias (EPFL na sigla em inglês), um dos apoiadores do projeto.

O redator-chefe do Mirror, John Cross, se aventurou a citar os 22 clubes que participariam da competição: Real Madrid, Atlético de Madrid, Barcelona, Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Bayern München, Borussia Dortmund, Juventus, Inter de Milão, Milan, PSG, Lyon, Los Angeles Galaxy, New York City, Guangzhou Evergrande, Shanghai SIPG, Corinthians, Melbourne City e SuperSport United.





Corinthiano meia Rodriguinho faz apelo à Fiel e confia: 'Possibilidade de título é muito real'

Meia pede apoio da torcida do Corinthians e vê equipe na briga pelo hepta do Brasileirão. Ele destaca a importância de vencer o Santos, no domingo, mas não vê jogo como final

(Foto: Daniel Augusto Jr)



Rodriguinho está empolgado não só com o seu crescimento no Corinthians como também com a fase da equipe. O meia, antes coadjuvante e hoje um dos destaques do Timão, mostrou otimismo e confiança na busca pelo heptacampeonato brasileiro do clube.

Autor de um dos gols na vitória do Corinthians por 3 a 0 sobre o Sport, na última quinta-feira, ele fez um apelo à Fiel torcida para que o time arranque no Nacional:

- Pode haver uma desconfiança, porque saíram jogadores importantes, mas peço que a torcida compareça, venha nos apoiar o tempo todo, sempre foi uma característica do Corinthians a pressão sobre o adversário, mais do que nunca estamos precisando disso para que os resultados venham. Estamos lá em cima, no G4, com totais condições de disputar o título - declarou.

O meia disse não ver o jogo de domingo como uma final antecipada, mas destacou a importância de conquistar pelo menos um ponto fora de casa.
Segundo Rodriguinho, a boa fase vivida não o surpreende, já que ele diz que já acreditava que poderia ser um protagonista do Timão desde o ano passado, quando era reserva. Agora, ele quer confirmar a evolução com mais um título com a camisa alvinegra:

- Críticas sempre vão existir, a gente tem que aprender a conviver com isso, são coisas que se falam, mas a equipe tenta demonstrar o contrário. Estamos no G4, a seis pontos do líder, tendo confronto direto, a possibilidade de título é muito real, temos que trabalhar em cima disso!






CORINTHIANS
Suspensos: Yago (3º Amarelo)
Pendurados: Vilson, Romero, Rodriguinho, Uendel, Giovanni Augusto, Guilherme, Pedro Henrique.
Voltam de suspensão: Balbuena 





Fagner volta ao CT, e Corinthians pode ter novidades domingo, 16h, fora de casa

Lateral-direito apresenta melhora após infecção gastrointestinal e tem chance de voltar. Marquinhos Gabriel, gripado, é dúvida
Bruno Cassucci

9/9/2016
17h30

O Corinthians pode ter reforços para domingo. Desfalques na vitória do Corinthians sobre o Sport por 3 a 0, na última quinta-feira, Fagner e Marquinhos Gabriel podem retornar à equipe.

Recuperado de uma infecção gastrointestinal, o lateral-direito apresentou melhora e voltou ao CT Joaquim Grava nesta sexta-feira. O camisa 23 não foi a campo, mas deve treinar com bola neste sábado e, então, recuperar a posição de Léo Príncipe.

Já o meia, que não enfrentou a equipe pernambucana por conta de uma gripe, vem sendo observado pela comissão técnica e pelos médicos do Timão. Se treinar na véspera do clássico, Marquinhos Gabriel será relacionado e deve enfrentar atuar, possivelmente ocupando o lugar de Giovanni Augusto.

Por outro lado, Guilherme e Pedro Henrique estão vetados da partida. Ambos se recuperam de dores na coxa direita e seguem fora de combate.

Na defesa, o Corinthians não contará com Yago, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Ele será substituído por Balbuena, que retorna de suspensão.

Quarto colocado do Brasileirão, o Timão encerra a preparação neste sábado, quando já iniciará concentração para domingo










9/09/2016 16h49

Rodriguinho:" Corinthians tem possibilidade real de título"
Meia mostra confiança após vitória do Corinthians sobre o Sport, nesta quinta, e ressalta confrontos diretos com rivais que estão acima. Diferença para o líder é de seis pontos


Por Diego Ribeiro
Rodriguinho durante treino do Timão no CT Joaquim Grava (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

A boa atuação no segundo tempo da vitória do Corinthians por 3 a 0 sobre o Sport, nesta quinta-feira, na Arena Corinthians, dá confiança no Campeonato Brasileiro. Com 40 pontos, a seis da liderança, o elenco acredita que está mais vivo na briga pelo título.

Atual campeão nacional, o Corinthians ocupa a quarta posição na tabela e busca seu sétimo título do Brasileirão. O meia Rodriguinho, um dos poucos remanescentes da conquista de 2015, afirmou que o time superou as críticas recentes e se fechou ainda mais na busca por um objetivo maior.

– As críticas sempre vão existir, temos de aprender a conviver com isso. São coisas que falam, mas nossa equipe tenta demonstrar o contrário. Estamos no G-4, a seis pontos do líder, com confronto direto, a três pontos do segundo colocado, também com confronto direto. A possibilidade de título é muito real, e temos de trabalhar em cima disso – destacou Rodriguinho, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

O Corinthians ainda enfrenta os três rivais que estão à sua frente na tabela. Apesar da confiança, o meia preferiu jogar a responsabilidade para quem está acima do Timão na classificação.


– Deixem todo mundo falar dos outros, vamos correndo por fora, vamos ver no que vai dar – disse Rodriguinho.

Rodriguinho comemora o gol marcado na vitória do Corinthians sobre o Sport (Foto: Marcos Ribolli)

Antes, o Corinthians tem um duelo direto por vaga no G-4 – contra s7os, 16h fora de casa. Com quatro pontos de vantagem sobre o adversário, o Timão não quer encarar o duelo como uma final. A ideia é tirar o peso do jogo.

– A necessidade de vencer nós temos sempre, mas não acho que essa seja uma final de campeonato. Temos confrontos diretos. Somar pontos será importante, mas tem muita coisa para acontecer – ressaltou Rodriguinho.

Cristóvão Borges terá apenas um dia para preparar o time para o clássico. O técnico comanda um treino na manhã deste sábado, no CT Joaquim Grava.
16h s7os x Corinthians
Transmissão: TV Globo para estado paulista corinthiano (menos s7os), RS, SC, PR, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, RN, CE, MA, PA (menos Santarém) e Belo Horizonte, Premiere e PFCI











CORINTHIANS, HOJE, TEVE TREINO LEVE PARA QUEM NÃO ATUOU ONTEM


Fim de treino no CT Joaquim Grava. Corinthians volta ao trabalho na manhã deste sábado. #trsccp
16h45

Treino continua rolando, só com reservas. Romero em campo. #trsccp

Galera, ficamos por aqui! Voltaremos neste sábado com o último treino antes do clássico contra o Santos. Fiquem ligados porque o Cristóvão vai mexer na equipe.
16h30
Fim da entrevista coletiva do meia Rodriguinho.


Jogo de domingo define possibilidades de título? Rodriguinho responde: "A necessidade de vencer nós temos sempre, mas não acho que essa seja uma final de campeonato. . Somar pontos será importante, mas tem muita coisa para acontecer ainda. Vamos com o pensamento de se manter em cima na tabela".

O corinthiano é questionado sobre a mudança tática do Corinthians no segundo tempo: "Aí já vou entrar no mérito do Cristóvão, então não comento. Eu prefiro só jogar. Gosto de sair bastante, presente na área para criar e finalizar jogadas. Vamos fazer o que for melhor para o Corinthians, da forma que ele quiser, com as peças que ele tem".

Rodriguinho fala sobre sua sequência de jogos: "O primeiro pensamento sempre foi esse, de ter sequência. Soube esperar meu momento, às vezes temos de ficar quietos, trabalhar e esperar a chance. E estar bem preparado para aproveitar a chance, de ter me preparado e aproveitado. Agora é desfrutar dessas partidas, vou trabalhar para que continue assim".


O Corinthians deixa o favoritismo para os rivais? "Concordo, deixa todo mundo falar dos outros, vamos correndo aí por fora, vamos ver no que vai dar".


"As críticas sempre vão existir, temos de aprender a conviver com isso. São coisas que falam, mas nossa equipe tenta demonstrar o contrário. Estamos no G-4, a seis pontos do líder, com confronto direto, a três pontos do segundo colocado, também com confronto direto. A possibilidade de título é muito real, e temos de trabalhar em cima disso", avisa o meia.

"Meu irmão, minha cunhada estavam no jogo. Fiquei feliz com isso, eles viram um gol e uma boa atuação, dei esse presente a eles", diz Rodriguinho.


Rodriguinho fala sobre a conversa de intervalo com Cristóvão Borges: "Não vou revelar essa conversa, mas ele conseguiu ajeitar nossa equipe taticamente, falar conosco. O objetivo era fazer isso desde o primeiro tempo, mas no segundo fomos aquela equipe que queremos ser. É isso que a gente espera que aconteça nos 90 minutos".


"Temos total condição de disputar o título. Então pedimos que a torcida venha nos apoiar cada vez mais", completa o meia.


Rodriguinho fala sobre a torcida na Arena Corinthians: "Não sei explicar porque o público foi menor ontem. Pode haver uma desconfiança porque saíram vários jogadores, só o que posso pedir e realçar é que a torcida compareça, venha nos apoiar o tempo inteiro. Mais do que nunca, precisamos disso. Estamos brigando lá em cima, no G-4, com chance de disputar o campeonato".

O meia fala sobre a opção de fica no Corinthians e a sobre a proposta que recusou do Fenerbahçe, há poucos dias: "Fiquei feliz pela procura, feliz por estar aqui no Corinthians, gosto muito de representar essa camisa. Levei isso para o lado de um desafio maior ainda, de continuar aqui, manter um nível alto, para que as coisas possam acontecer lá na frente. Se for bom para todos, ótimo, se não, continuo focado no trabalho aqui".

"Dar sequência seria difícil, um desafio. Agora, com a remontagem da equipe e jogadores se conhecendo, fico feliz de poder fazer um bom trabalho, ajudando os companheiros, para que possamos chegar num nível muito bom", diz Rodriguinho.

Rodriguinho fala sobre sua trajetória no Corinthians. Agora ele é protagonista? "Realmente, a responsabilidade aumentou. Eu nunca duvidei do meu potencial, saberia que assim que tivesse uma oportunidade, poderia evoluir e buscar meu espaço. Felizmente, estou conseguindo. Claro que a equipe do ano passado já era formada, com jogadores entrosados, um futebol redondo. Agora é dar sequência".

O Cristóvão vai fechar o treino de amanhã

FOTO: DANIEL AUGUSTO JR./AGÊNCIA CORINTHIANS

Rodriguinho fala agora aqui no CT Joaquim Grava. Fique ligado nas respostas!


Rodriguinho na área. #trsccp




Marquinhos Gabriel teve uma gripe forte e ainda será reavaliado pelos médicos. Giovanni Augusto o substituiu na vitoria de ontem do Corinthians. #trsccp

Gustavo também tem boas chances de começar jogando. O time melhorou com um jogador referência na área.
Cristóvão Borges acompanha o treino dos reservas.

16h20

Gustavo estreou e também pode jogar domingo. #trsccp




Marquinhos Gabriel, gripado, e Guilherme, com dores na coxa, também não treinam em campo. #trsccp


CORINTHIANS SE REAPRESENTA PARA TREINO DE QUEM NÃO ATUOU ONTEM 16H





16h


Não para! Após a vitória sobre o Sport, o #Timão voltou aos treinamentos 

Esse é um baita aniversário, diga-se de passagem! Felicidades, @10neto! #VaiCorinthians #Neto #CraqueNeto


Já virou rotina para a #Fiel: vitória na @A_Corinthians! E já são 34 jogos de invencibilidade na casa alvinegra!





No Corinthians, Léo Príncipe fala em "aprender com Fagner" após primeiro gol
Tomás Rosolino

9 SET2016
08h21


O jovem lateral direito Léo Príncipe tem apenas 20 anos, mas não deixou a torcida com saudades do titular Fagner nas últimas duas vezes em que teve de entrar em campo para substituir o selecionável. Após dar passe para o gol de Rodriguinho, contra o Fluminense, e anotar seu primeiro gol com a camisa corintiana no triunfo sobre o Sport, o defensor não escondeu o sorriso ao comentar o bom momento.

"Batalhei muito para chegar ao profissional do Corinthians, fazer um gol pelo profissional é sensacional", afirmou o jogador, revelado nas categorias de base do clube e campeão da Copa São Paulo de 2015 com a camisa alvinegra. Desde então, foi emprestado para o Oeste de Itápolis para a disputa do último Paulista e só depois passou a integrar o plantel do time principal do Alvinegro.

Humilde ao tratar das suas qualidades, Léo fez questão de reconhecer que a posição já tem em Fagner o seu dono, principalmente por se tratar de uma referência remanescente do título do Campeonato Brasileiro do ano passado. Companheiro do atleta da Seleção Brasileira no dia a dia, ele tratou o camisa 23 praticamente como um ídolo ao falar sobre a chance de jogar com mais regularidade.

"Preciso manter meu foco, continuar trabalhando. Quero sempre fazer o melhor. Quando aparece uma oportunidade como essa, é aproveitar. Nos treinos, podem contar que vou ficar observando o Fagner, aprendendo o que puder com ele e depois vou aproveitar quando tiver a oportunidade", relatou o jogador.

O retorno de Fagner, por sinal, tem tudo para acontecer no clássico de domingo, do Corinthians contra s7os, fora de casa, 16h. O jogador sofreu uma infecção gastrointestinal quando ainda estava sob a batuta do técnico Tite, nas Eliminatórias, e apresentou-se sem condições de encarar uma partida. A previsão do departamento médico, no entanto, é que ele já treine normalmente nesta sexta-feira.

Com 40 pontos conquistados, o Timão está hoje a seis da liderança









No Corinthians, com zagueiro yago suspenso, Vilson desponta como novo titular da defesa

A vitória por 3 a 0 do Corinthians sobre o Sport trouxe um destaque e uma boa surpresa para o técnico Cristóvão Borges no setor defensivo. Elogioso a todas as suas opções para o miolo de zaga, o treinador não terá o zagueiro Yago para jogo do Corinthians de domingo contra s7os, fora de casa. Em contrapartida, viu em Vilson o seu melhor defensor no triunfo sobre os pernambucanos, cada vez mais forte na briga por uma vaga de titular.

Alçado ao time que iniciou a partida contra os pernambucanos, na quinta-feira, por causa da expulsão de Balbuena, Vilson já se destacava mesmo quando o placar apontava 0 a 0 e o time parecia muito distante de uma vitória diante dos seus torcedores. Depois, ainda conseguiu consagrar sua atuação com um gol que fechou o triunfo.

"Confiávamos muito nele, assim que recuperado. Fez uma grande partida e vai ser mantido, porque não temos o Yago", assegurou Cristóvão, que não deve ter o jovem Pedro Henrique, outra opção para o setor. Na avaliação da comissão técnica, o garoto ainda está longe da sua melhor forma após ter lesionado a coxa esquerda contra a Chapecoense, em julho.

Dessa forma, partindo rumo ao seu terceiro jogo sob o comando do treinador e mostrando um desempenho superior até que o dos titulares Yago e Balbuena, Vilson parece despontar no Alvinegro como um nome certo na retaguarda para os próximos duelos.

"É sempre bom ter uma sequência de jogos, não tenha dúvida. Posso dizer nesse momento apenas que eu fico à disposição se o Cristóvão quiser me usar na vaga do Yago", comentou o atleta. "Parabéns a todos que se esforçaram por essa vitória", concluiu.








Eterno xodó da Fiel, corinthiano, ex meia Neto completa 50 anos nesta sexta-feira


O ex-jogador foi um dos pilares importantes do Corinthians na primeira conquista do Brasileirão, vencido em 1990


10h00 09/09/2016 - Agência Corinthians






© Nelson Coelho


Eterno xodó da Fiel, José Ferreira Neto, ou simplesmente Neto, completa 50 anos de vida nesta sexta-feira (09). O ex-jogador será sempre lembrado pela Fiel pelos gols marcantes de falta e da importante participação individual na conquista do primeiro Campeonato Brasileiro da história do Timão, vencido em 1990.

Mais do que o título de 1990, Neto ganhou a Fiel Torcida por suas atuações decisivas e os inúmeros gols de falta que foram marcados durante a trajetória do xodó corinthiano com o manto do Timão.

Em duas passagens pelo Corinthians (1989/1993 e 1996/1997), o meia esteve presente em 228 partidas, marcou 80 gols, sendo muitos desses eternizados na história do clube e na cabeça do torcedor corinthiano, como o golaço de falta contra o Flamengo no Maracanã em 1991 e os dois gols contra o Atlético-MG no Pacaembu pelas quartas de final do Brasileirão 1990. Neto ainda conquistou o título paulista de 1997.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.





































Nono artilheiro da história do Corinthians, Flávio completa 72 anos nesta sexta-feira

Em 228 partidas com o manto alvinegro, Minuano, como era apelidado, marcou 172 gols


12h00 09/09/2016 - Agência Corinthians




O ex-jogador é um dos homenageados no Memorial Corinthians, localizado no Parque São Jorge

© Divulgação


Nesta sexta-feira (09), o ex-atacante do Timão Flávio completa 72 anos de vida. O ex-jogador foi um dos importantes pilares do Timão nos anos 60 e responsável por muitos gols com a camisa alvinegra.

Com 172 gols em 228 partidas, Flávio é o nono jogador com mais gols na história do Corinthians. Minuano, como era apelidado, pois costumava invadir a área do adversário do mesmo jeito que o vento com esse nome, frio e cortante, que acomete os estados do Sul do Brasil, onde o ex-atleta nasceu.

Além dos inúmeros gols, Flávio também foi importante para a Fiel Torcida no ano de 1968. Dos pés do ex-jogador saiu o segundo gol que pôs, enfim, o tabu de quase 11 anos sem vencer o Santos pelo Campeonato Paulista. Naquela oportunidade, o Corinthians superou a equipe praiana por 2 a 0, no Pacaembu.

Durante os cinco anos que jogou com a camisa do Corinthians, Flávio conquistou o Torneio Rio-5P no ano de 1966. No ano seguinte, o ex-atacante conseguiu ser artilheiro do Paulistão, com 21 gols marcados no torneio.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.








Corinthians terá nova zaga domingo
A vitória do Corinthians por 3 a 0 sobre o Sport, nesta quinta-feira, na Arena Corinthians, impressiona pelo placar elástico e pela arrancada dada pelo Corinthians no início do segundo tempo. Uma marca defensiva, porém, é maior motivo de comemoração no elenco. Depois de seis jogos seguidos sofrendo pelo menos um gol, o setor não foi vazado e voltou a ganhar confiança.

A marca aumenta a confiança para o jogo de domingo do Corinthians contra s7os, às 16h (horário de Brasília), fora de casa. O goleiro Cássio espera que o Corinthians saiba aproveitar a retomada do bom momento de sua defesa.

– O importante foi não ter tomado gol mesmo com um primeiro tempo ruim. As coisas não estavam acontecendo, mas soubemos nos defender – afirmou o goleiro.
A defesa corintiana terá mais uma mudança. Yago, suspenso, deve dar lugar a Balbuena, que cumpriu suspensão diante do Sport. Vilson, portanto, será mantido no time. Dessa maneira, Vilson e Balbuena formarão a nona dupla de zaga diferente do Corinthians em 24 jogos pelo Campeonato Brasileiro.

Nesta quinta, Vilson voltou a jogar depois de dois meses parado – com Yago, ele formou a oitava dupla diferente do Timão na competição.

– Eu me senti muito bem, espero jogar no domingo também e manter esse ritmo. Nossa defesa é segura, independentemente dos nomes que entrem em campo – disse Vilson.

Com 40 pontos, o Corinthians, segue na briga pelo título, a seis da liderança e se consolidou na quarta posição da tabela do Brasileiro e abriu quatro pontos para o quinto colocado e próximo rival.


A zaga do Corinthians no Brasileiro:


Balbuena e Yago - 9 jogos
Balbuena e Pedro Henrique - 5
Felipe e Vilson - 3
Felipe e Balbuena - 2
Vilson e Yago - 1
Felipe e Pedro Henrique - 1
Felipe e Yago - 1
Pedro Henrique e Vilson - 1

Vilson e Balbuena formarão dupla do Corinthians no domingo (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)









09/09/2016 11h30

Cristóvão busca repetir o aproveitamento que o Timão teve em vitória de ontem

Por Marcelo Braga

Cristóvão Borges ganhou 55,5% dos pontos no Corinthians (Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

O Corinthians jooga domingo contra s7os, fora de casa.

O Corinthians busca repetir o que fez ontem: 100% de aproveitamento contra uma equipe neste Brasileiro. Foram duas vitórias contra o Sport: 2 a 0 em Recife e 3 a 0 em casa. No primeiro turno o Corinthians venceu s7os por 1 a 0 na Arena Corinthians, com gol de Giovanni Augusto e busca nova vitória fora de casa.


– (O resultado foi) Importantíssimo para a manutenção dessa perseguição, não podemos distanciar. Nas próximas rodadas vai ter muitos confrontos diretos. Quem se sair melhor e aproveitar as vitórias, vai conseguir dar um salto na tabela – disse Cristóvão Borges.

Com sete vitórias, quatro empates em 15 jogos, Cristóvão hoje acumula 55,5% dos pontos disputados. O aproveitamento do Timão no Brasileirão é de 58%.









Cristóvão vê novo cenário no Timão: c
onforto no G4 e evolução individual

Exaltado após vitória corinthiana por goleada sobre o Sport, treinador do Corinthians celebra possibilidade de variações na escalação.

Cristóvão tem sete vitórias em 15 jogos
O Corinthians superou o Sport por 3 a 0 nesta quinta-feira, e abriu vantagem de quatro pontos no G4. Após a golear na Arena Corinthians, em Itaquera, o técnico Cristóvão Borges celebrou a possibilidade de não se distanciar dos ponteiros da tabela e disse que ainda é possível brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. Hoje, o Timão soma 40 pontos e está confortável entre os quatro primeiros, a seis da liderança, a quem enfrenta no próximo dia 17.

- Esse time até então não sabemos qual o limite, e estamos buscando o melhor. O jogo do Fluminense foi assim, segundo tempo contra o Sport assim, e eu vejo melhoras. Acredito nisso. Isso acontecendo, com a junção da melhora de alguns jogadores que estavam oscilantes, mantendo regularidade em termos de atuação e performance, ficamos mais fortes. Podemos brigar pelo título - avalia o treinador do Corinthians.

Duas novas peças foram integradas e estrearam nesta quinta-feira: Gustavo, acionado na vaga de Cristian logo no intervalo, e Jean, que substituiu Giovanni Augusto aos 39 minutos da etapa complementar. O atacante, especialmente, ganhou elogios do comandante. Além de celebrar a evolução individual de jogadores que já estavam no grupo, Cristóvão vê agora a possibilidade de variações graças à chegada de novas peças.

- Nós estamos precisando evoluir, e ter um atacante de referência é uma opção. No jogo contra o Sport o problema maior não foi ter referência, era na construção do jogo. Melhorou na construção com a entrada do Gustavo. Ele pressionou, deu trabalho na defesa, é um jogador alto, que disputa a bola no alto. Isso tudo é importante, conta, soma - admitiu o treinador, que terá apenas dois dias de trabalho antes da partida de domingo, fora de casa.

Cristóvão não terá o zagueiro Yago, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, mas Balbuena volta e Vilson será mantido. Há possibilidade dos retornos de Fagner, Marquinhos Gabriel e Guilherme, que se recuperam de diferentes problemas.












09/09/2016 09h13

Bancado por Cristóvão no Corinthians, Cássio aceita cobranças da torcida
Jogador afirma que, com a saída de jogadores importantes, pressão cai em quem está há mais tempo no clube. Aos 29 anos, goleiro não se abala com críticas


Por Diego Ribeiro

Com um currículo invejável no Corinthians, com cinco títulos conquistados e defesas históricas com a camisa alvinegra, Cássio não fica livre de criticas dos torcedores do Timão. Após a vitória do Corinthians por 3 a 0 diante do Sport, na arena Corinthians, o goleiro que vem sendo bancado por Cristóvão Borges apesar de algumas falhas em jogos recentes falou sobre as cobranças que recebe.


– Estou bem, me sentindo bem. Tem críticas, as pessoas cobram, mas tenho tranquilidade. Sei que por ter saído tantos jogadores a pressão aumenta em mim. É mais fácil cobrar de um jogador que está há mais tempo do que um que está há menos. Mas normal, jogo no Corinthians. Tenho que escutar quem vai agregar, não sou um cara que fica puto com críticas, isso já passou. Ao chegar ao clube em 2012 eu era acostumado com elogio e ao escutar uma crítica ficava um pouco chateado, mas hoje não. E tento me privar, não fico vendo tantas críticas. Muita gente pode se aproveitar do momento, da situação, então estou bem focado e concentrado – disse.
Aos 29 anos, o jogador diz compreender sua importância para o elenco neste momento de mudanças. Por isso, absorve as críticas e supera os erros que comete com bastante rapidez.

– Estou ajudando o Corinthians dentro e fora de campo, com os jogador novos. Normal, todo mundo tem uma opinião, uma maneira de falar. Faço meu trabalho com dedicação. Não queria ter tomado gols, errado em algum gol, mas é futebol, acontece. Tenho que ter maturidade para quando acontecer isso seguir com a cabeça tranquila e continuar trabalhando.Ontem, Cassio fez defesas importantes em cabeçada de Diego Souza e em chute de Rogério, mas mostrou dificuldade ao receber bola recuada e ter de jogar com os pés. O time voltou a não ser vazado após seis jogos.

Cássio fez defesa fundamental em cabeçada(Foto: Marcos Ribolli)


CORINTHIANS HOJE

09/09 - Sexta-feira

15h30 - Treino no CT Dr. Joaquim Grava