7 de set de 2016

CORINTHIANS 07/09/2016

Corinthians tem 22 atletas relacionados para enfrentar o Sport

O técnico Cristóvão Borges resolveu apostar no bom condicionamento físico do paraguaio Romero e relacionou o atacante para a partida desta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Arena Corinthians, quando o Corinthians enfrenta o Sport, mesmo com ele tendo atuado os 90 minutos da partida da sua seleção contra o Uruguai, na terça, em Montevidéu. Além dele, o treinador levará ao banco de reservas pela primeira vez o volante Jean e o centroavante Gustavo, últimos reforços da equipe para a temporada.

A surpresa da lista ficou por conta da ausência do zagueiro Pedro Henrique. Além de Vilson e Yago, que formarão a dupla titular contra os pernambucanos, o garoto Léo, de 18 anos, será a única opção para a zaga que Cristóvão terá entre os reservas.

Dessa forma, Pedro Henrique se junta aos meias Guilherme (estiramento muscular na coxa direita) e Danilo (fratura na fíbula da perna direita), e ao atacante Rildo (problema muscular na coxa direita) como desfalques da equipe no embate por questões físicas. Balbuena terá de cumprir suspensão. Na frente, outros nomes que ainda não estrearam e podem ter sua chance são os atacantes Isaac e Bruno Paulo.

Veja abaixo os 22 atletas relacionados do Corinthians para amanhã:

Goleiro: Cássio, Walter e Matheus Vidotto
Lateral direito: 
Léo Príncipe

Zagueiros: Vilson, Yago e Léo
Laterias esquerdo: Uendel e Guilherme Arana
Volantes: Cristian, Camacho, Willians e Jean
Meias: Marquinhos Gabriel, Rodriguinho, 
Marlone e Giovanni Augusto
Atacantes: Lucca, Romero, Bruno Paulo, Isaac e Gustavo








CORINTHIANS DEFINE NUMERAÇÃO FIXA PARA RESTANTE DA TEMPORADA:
1 – Matheus Vidotto
3 – Yago
4 – Balbuena
5 – Willians
6 – Uendel
8 – Marlone
9 – Gustavo
10 – Guilherme
11 – Romero
12 – Cássio
13 – Guilherme Arana
14 - Léo
15 – Vilson
16 – Cristian
17 – Giovanni Augusto
19 - Rildo
20 – Danilo
21 - Jean
23 - Fagner
26 – Rodriguinho
27 - Walter
28 - Isaac
29 – Camacho
30 – Lucca
31 – Marquinhos Gabriel
32 - Léo Príncipe
34 – Pedro Henrique
36 – Bruno Paulo
40 – Caíque França

















Torcedores terão a oportunidade de revelar em primeira mão a nova camisa 3 do Corinthians



Tem novidade na área sobre o lançamento da nova camisa 3 do Corinthians. Entre esta quarta-feira e sexta-feira, os *100 primeiros torcedores que adquirirem a “Camisa do Inexplicável” – novo terceiro uniforme do Timão – na pré-venda exclusiva disponível no app da Nike Futebol terão a oportunidade de revelar o manto em primeira mão e vesti-lo antes dos jogadores em campo.

O Corinthians estreia a nova terceira camisa no confronto diante do Coritiba, no Estádio Couto Pereira (PR), na próxima quarta-feira (14/09).

Para ficar por dentro de cada detalhe do lançamento da nova camisa 3 do Timão, baixe o App Nike Futebol e acompanhe nos próximos dias a hashtag #corinthiansnaoseexplica

Baixe o app da Nike:

Android: http://gonike.me/AppNikeFutebolA

IOS: http://gonike.me/AppNikeFutebolI

*A oportunidade de revelar a camisa em primeira mão, e recebê-la antes de o time estrear, só é válida para os compradores do município paulista






Corinthians conta com centroavantes Gustavo e Isaac no seu grupo

Gustavo Henrique da Silva Sousa, 22 anos – Atacante, descoberto em peneira do Taboão da Serra aos 20 anos e artilheiro da Copa de Juniores de 2014, com nove gols marcados. Passou por Criciúma, Resende-RJ (empréstimo), Tubarão-SC (empréstimo) e Nacional (POR) (empréstimo). Comprado pelo Corinthians, em agosto de 2016, por R$ 4 milhões. Novo camisa 9 do Timão.

Isaac Oliveira Prado, 21 anos – Atacante, descoberto após testes no time infantil do Botafogo-RP, aos 15 anos, e artilheiro da Copa de Juniores de 2015, com oito gols marcados. Emprestado pelo clube de Ribeirão Preto ao Corinthians em agosto de 2015, de forma gratuita e com direitos fixados em R$ 700 mil para janeiro de 2017. É o camisa 28 do Timão, nunca jogou.

Gustavo e Isaac foram os goleadores do principal torneio nacional de base nas últimas temporadas e são jogadores do Corinthians atualmente. Mesmo com tantas semelhanças, a diferença de status entre eles é imensa. O ex-jogador do Criciúma mal pisou no CT Joaquim Grava e já tem a estreia aguardada para o jogo de quinta-feira, contra o Sport. Enquanto isso, o segundo ficaria realizado se fosse pelo menos relacionado para a partida – seria sua terceira vez em mais de um ano de Corinthians.



Gustavo e Isaac, artilheiros recentes da Copinha, hoje no Timão (Foto: Daniel Augusto Jr)

Ambos tiveram diferentes concepções de condução da carreira. O Corinthians chegou a abrir negociação para contratar Gustavo ainda em 2014, mas as pessoas que trabalhavam com o atacante entendiam que seria pressão demais defender um clube grande tão cedo – sem contar que o jogador teria poucos meses de base, e precisaria logo ficar no time profissional. Ou então ser emprestado, liberado, negociado… Assim, o estafe de Gustavo preferiu mandá-lo primeiro a um clube sem tanta pressão, que foi o Criciúma, onde ele aprimorou fundamentos e se destacou.

Com Isaac foi diferente. O destaque do Botafogo-RP saiu de seu clube de origem direto para o Corinthians, e com poucos meses a mais de categorias de base. Ficou no profissional, sempre à espera de uma brecha que jamais apareceu. Ele foi relacionado duas vezes por falta de opção, mas mesmo diante de improvisações como centroavante, não jogou. Ainda assim, aprimorou-se e tem até certo destaque na rotina de treinamentos em certos dias.

O Corinthians não sabe explicar exatamente as razões pelas quais Isaac nunca jogou. O garoto é esforçado, não tem problemas disciplinares e taticamente se adapta bem às exigências. É que a chance nunca apareceu. Certo é que o garoto pode não ter se destacado no futebol profissional como Gustavo, mas também não “perdeu tempo” neste ano de trabalho. Isaac está pronto, basta precisarem dele.

O x da questão é que Isaac não é do Corinthians. Está emprestado. Colocar o garoto em campo e vê-lo se dar bem é criar a obrigatoriedade de compra dos direitos econômicos pertencentes ao Botafogo-RP. O Timão não pagou nada até agora, e se mantiver o atacante no limbo não precisará investir nada ao fim do empréstimo.

Com Gustavo é diferente. Depois de saídas de alguns jogadores era meio que “obrigatório” reforçar o setor ofensivo. O jogador do Criciúma era destaque, não custou muito caro, tinha boas credenciais e veio em bom momento para se firmar. Se der certo, a diretoria do Corinthians ganhará elogios pela excelente aposta. Se não der a culpa será do garoto, que não aproveitou sua chance.

Isaac foi uma aposta sem risco. Ou seja, não faz diferença para o Corinthians se ele jogar ou não. 









Cássio é bancado no Corinthians

Camisa 12 seguirá como titular da meta do Corinthians nesta quinta, em partida contra o Sport. Técnico do Timão explicou longa conversa que teve com preparador de goleiros

O goleiro Cássio está mantido como titular do Corinthians. O técnico da equipe, Cristóvão Borges, bancou o camisa 12 e disse nem sequer cogitar uma mudança no momento.

No entanto, o comandante do Timão não descartou fazer trocas no futuro. Este seria um dos motivos pelos quais ele teve longa conversa com o preparador de goleiros Mauri Lima no treinamento do último domingo.

- Isso de mudar goleiro não passou pela minha cabeça. Tenho falado para projetar coisa no futuro, isso sim, em algum momento a gente pode fazer alguma coisa. Mas hoje não tem nada disso, não tenho preocupação - declarou, em entrevista coletiva.


Pouco antes de Cristóvão Borges assumir o comando do Corinthians, Walter havia assumido a condição de titular. No entanto, um jogo antes da chegada do treinador ele se machucou e voltou para a reserva.

Além da dupla, o Timão conta com os jovens Matheus Vidotto e Caique França, revelados na base do clube.










Com dores, zagueiro desfalca Timão; Guilherme segue dúvida para clássico

Pedro Henrique sentiu desconforto na coxa esquerda e não foi relacionado para enfrentar o Sport. Já o camisa 10 fará exame na sexta-feira para saber se joga domingo






Pedro Henrique sentiu dores no treino desta quarta
(Foto: Rodrigo Gazzanel)







Guilherme não treina há uma semana devido a dores
(Foto: Ag. Corinthians)






Danilo só voltará aos gramados no ano que vem
(Foto: Daniel Augusto Jr)


Rildo mais uma vez voltou ao departamento médico
(Foto: Daniel Augusto Jr)



Fagner teve infecção gastrointestinal
(Foto: Daniel Augusto Jr)


O Corinthians tem 6 desfalques para amanhã
Além de Fagner, o Corinthians teve um outro desfalque nesta quarta-feira para a partida contra o Sport, às 19h30 de quinta. O zagueiro Pedro Henrique sentiu um desconforto no músculo posterior da coxa esquerda em treino e nem sequer foi relacionado para a partida.

Embora o titular Balbuena esteja suspenso, o jovem defensor, de 20 anos, seria reserva caso tivesse condições. Isso porque o técnico Cristóvão Borges optou por Vilson.

O departamento médico do Corinthians ainda conta com outros quatro jogadores. Confira abaixo a condição de cada um:

- Guilherme: sentiu dores musculares na coxa direita na partida contra o Fluminense, na última quarta-feira, e desde então realiza fisioterapia. Ele vai fazer novos exames na sexta-feira para saber se poderá voltar aos treinos. Camisa 10 segue como dúvida para o clássico contra o Santos, domingo.

- Fagner: Na Seleção Brasileira, lateral-direito contraiu uma infecção gastrointestinal. Jogador foi nesta quarta-feira ao Hospital São Luiz e não ficará nem sequer no banco de reservas do Timão contra o Sport. Jogador fará tratamento e pode voltar a treinar nos próximos dias.

- Rildo: Atacante sentiu dores na coxa direita e não treinou nos últimos dias. Expectativa do departamento médico do Corinthians é de que ele fique, pelo menos, mais uma semana fora de combate.

- Danilo: Jogador sofreu fratura na perna direita e recebeu alta nesta quarta-feira, quando voltou para casa. Ele seguirá em repouso por alguns dias até iniciar tratamento com o consultor médico do Corinthians, Joaquim Grava. Meia de 37 anos só voltará a jogar na próxima temporada.












Corinthiano técnico Cristóvão: 'Corro o risco de dar certo'

Treinador do Corinthians diz que comparações com Tite são como uma onda, aponta melhora da equipe e vê jogadores contratados no início do ano ainda podendo render mais


Com tom de voz baixo, fala pausada e até alguns pensamentos mais filosóficos, o técnico Cristóvão Borges mais uma vez deixou claro que as críticas recebidas não o abalam. Pelo contrário. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, véspera da partida do Corinthians contra sport na Arena Corinthians, o técnico do Corinthians demonstrou confiança e disse ver a equipe em evolução.

O comandante alvinegro disse que alguns jogadores contratados no começo da temporada ainda não rendem o que podem, mas estão próximos disso. Ele também declarou que correções foram feitas e que é momento do Timão se afirmar.

Quando indagado sobre as comparações com Tite, seu antecessor no cargo e que agora comanda a Seleção Brasileira, ele disse:

- A Seleção tem feito bem para todos nós, o ambiente de todo mundo melhorou, está todo mundo mais calmo, tranquilo, com menos mágoa. Não vou me livrar da comparação, estou tranquilo quanto a isso... Isso aí depende, é como uma onda. Quando (o time) estiver em cima, tranquilo, quando estiver em baixa, ela vem - opinou.

- Eu corro o risco de dar certo. E se der certo, vocês vão falar muito bem de mim.

Confira abaixo os principais trechos da entrevista do treinador:
Nunca fiquei chateado, o meu incômodo é pouco. Eu fui muito criticado, vinha para a entrevista e até achava vocês constrangidos. Era uma coisa desproporcional, fora da real, injusta. O treinador, se vai bem, tudo bem, se vai mal, é criticado. Vocês nunca viram e nem vão ver eu reclamar de críticas. É claro que houve momentos exagerados. Isso não me incomodou, porque era exagero, não posso ficar incomodado com exagero. Essa história de que vim substituir o Tite foi só no começo, hoje não tem mais isso. As críticas, algumas desnecessárias, vão além de estar substituindo o Tite. Para mim, é tranquilo. Estou focado no que tenho que fazer, um trabalho que todos os corintianos fiquem felizes e se sintam orgulhosos. É um processo natural do que está acontecendo.

O constrangimento que falei é que vocês estavam percebendo e sentindo que era exagero, eram demais (as críticas). Me perguntaram: "Cristóvão, está tudo bem? O que te tira do sério?" E eu continuo assim, apenhei lá e estou do mesmo jeito. Tenho consciência. Não acompanho e leio tudo, mas aquilo que me interessa e vai me ensinar, eu leio. Neste período, li algumas análises sobre o que estava acontecendo no Corinthians, o que acertei, errei... Isso eu li. Mas quando são aquelas coisas surreais, não acompanho, não.

O que me deixa confiante e motivado é que o grupo não colocou tudo o que pode, ainda tem muita coisa, e vejo isso começar a aparecer. Precisamos confirmar isso. A atmosfera é diferente, depois das saídas do Bruno Henrique e do Elias, o olhar das pessoas começou a mudar. Parece que está mais real, todo mundo começou a entender... o enfoque é outro, a maneira de criticar, também, é mais dentro da realidade. Nas ruas também, as pessoas me criticavam, cobravam, agora mudou. Vamos seguindo, focado e tranquilo.

Claro que contava com ele. Como o Daniel (Alves) é o titular, sabíamos que o desgaste dele seria só o deslocamento. Recebemos informação da CBF que ele estava com esse problema, estava desgastado, então por isso está fora do jogo.

- DEFESA
Todos eles têm nível bom, são de alto nível. É um setor que não me preocupa. Mas precisamos ter uma equipe que saiba defender bem, estávamos deixando isso a desejar no nosso período de instabilidade. Conversamos, treinamos, vimos vídeos e fizemos correções. As respostas foram boas, já no jogo contra o Fluminense isso foi positivo. Na semana trabalhamos bem, aproveitamos a semana (sem jogos). A tendência é que a resposta no jogo seja positiva amanhã (quinta-feira).

- SEMANA LIVRE
Trabalhamos bastante, aproveitamos bem, precisávamos consolidar algumas coisas do nosso jogo. Nem no que somos bons estávamos indo bem. Trabalhamos e fomos bom, retomamos o caminho que nos leva a bons resultados. Mas isso é preciso ser confirmado com vitória. Precisamos ganhar para ficar ali em cima, continuaremos na briga com os primeiros. Mas para isso é preciso confirmar nossa essência, característica de jogo que nós temos.Cristóvão comenta sobre duelo contra o Sport: “Estamos muito confiantes”










Treinador também comentou sobre a sequência de jogos do Timão no mês de Setembro


18h00 07/09/2016 - Agência Corinthians




Cristóvão Borges concedeu entrevista coletiva à imprensa no CT Dr. Joaquim Grava

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


O Corinthians fez nesta quarta-feira (07) o último treino para a partida de ida do duelo contra o Sport pelo Brasileirão 2016, que será disputado nesta quinta-feira (08), às 19h30, na Arena Corinthians. Após a atividade, o treinador Cristóvão Borges concedeu entrevista coletiva à imprensa no CT Dr. Joaquim Grava e falou sobre a importância da vitória no duelo contra os pernambucanos.

“Estávamos precisando consolidar a essência do nosso jogo, tem coisas em que somos muito bons, mas nem isso estávamos fazendo tão bem quanto no começo. Corrigimos, treinamos bem, a resposta foi boa. Fizemos um jogo que já demonstrou que é um caminho que nos leva a bons resultados. Tudo isso só se confirma com vitórias”, disse.

O técnico também comentou sobre o time que deve entrar em campo contra o Sport na Arena Corinthians. “Não temos surpresas, só vou decidir entre o Lucca e o Gustavo. Estão treinando, treinamos essa opção em termos de substituição. Sempre treinamos alternativas. As respostas foram boas, por isso estamos muito confiantes para o jogo de amanhã”, finalizou.

PUBLICIDADE












Corinthians x Sport: prováveis times, onde ver, desfalques e palpites

Enquanto Timão busca se manter no G4 e até chegar à segunda posição do Brasileirão, o Leão da Ilha do Retiro espera um bom resultado fora de casa para se afastar dos últimos

O Corinthians atua contra Sport pelo Campeonato Brasileiro, nesta quinta-feira, às 19h30, na Arena Corinthians, em busca do cumprimento de seus objetivos. O do time paulista é firmar seu lugar no G4, já que iniciou a 23ª rodada na quarta posição, e tentar se aproximar do líder Palmeiras. Já a meta dos pernambucanos é mais modesta, fugir da proximidade da zona de rebaixamento e ambicionar objetivos maiores na competição. Confira abaixo as informações mais importantes sobre o duelo.
Corinthians x sport
Local: Arena Corinthians
Data/Hora: 8 de setembro de 2016 (quinta-feira), às 19h30
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Auxiliares: Michael Correia e João Luiz Coelho de Albuquerque (ambos do RJ)

Desfalques do Corinthians: Guilherme, Danilo e Rildo (lesionados), Fagner (infecção gastrointestinal) e Balbuena (suspenso)
Pendurados: Romero, Rodriguinho, Uendel, Yago, Giovanni Augusto, Guilherme e Pedro Henrique

SPORT (técnico: Luiz Alberto)


Desfalques do Sport: Oswaldo de Oliveira (técnico, suspenso), Vinicius Araújo e Paulo Roberto (suspensos), Mark González e Serginho (lesionados)
Pendurados: Matheus Ferraz, Ronaldo Alves, Durval, Gabriel Xavier e Edmílson

PALPITÃO: Na redação do LANCE!, 40% das pessoas que votaram acham que o Corinthians conseguirá a vitória em seu estádio. Outros 40% apostam no empate como resultado mais provável, e os 20% restantes acham que dá Sport.







Lucca treina como titular do Timão, mas Cristóvão cogita escalar Gustavo

Sem Guilherme, ataque do Corinthians terá mudança para enfrentar o Sport, nesta quinta-feira. Balbuena e Fagner também são desfalques, e Romero deve ficar na reserva na Arena

Treino do Corinthians na tarde desta quarta
(Foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Treino do Corinthians na tarde desta quarta
(Foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Treino do Corinthians na tarde desta quarta
(Foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Treino do Corinthians na tarde desta quarta
(Foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Treino do Corinthians na tarde desta quarta
(Foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Treino do Corinthians na tarde desta quarta
(Foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Treino do Corinthians na tarde desta quarta
(Foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Treino do Corinthians na tarde desta quarta
(Foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Treino do Corinthians na tarde desta quarta
(Foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Treino do Corinthians na tarde desta quarta
(Foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)





O Corinthians terá desfalques e novidades para o duelo contra o Sport, nesta quinta-feira, às 19h30, na Arena. O técnico Cristóvão Borges não poderá contar com Balbuena, suspenso, e Fagner e Guilherme, no departamento médico. Por outro lado, o volante Jean e o atacante Gustavo, recém-contratados, ficarão na à disposição do treinador pela primeira vez. O novo camisa 9 tem até chances de começar a partida como titular.

Embora tenha treinado com Lucca, que entrou bem na última partida, contra o Fluminense, pela Copa do Brasil, o técnico Cristóvão Borges deixou aberta a disputa por vaga no comando do ataque alvinegro.

- Ele estava em atividade, estava jogando, não tem problema algum. Ele treinou, teve boa adaptação, tendo informações de como jogamos... Ele está animado. Mas no último jogo o Lucca entrou muito bem, então criamos mais opções. Viemos cheios de dificuldades, agora temos mais uma opção - declarou o treinador, em entrevista coletiva.

Assim, o Timão irá a campo pela 23ª rodada do Brasileirão com: Cássio, Léo Príncipe, Yago, Balbuena e Uendel; Cristian, Camacho, Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Marlone; Lucca (Gustavo).

De volta da Seleção, Fagner teve uma infecção gastrointestinal. Já Guilherme não trabalha com bola desde a última semana, quando sentiu dores no músculo posterior da coxa esquerda.

O atacante Romero, desgastado após defender a seleção do Paraguai ficará na reserva. Ele foi titular na derrota por 4 a 0 para o Uruguai, na última terça, não treinou, mas foi relacionado para o confronto.

- Confira os relacionados do Corinthians para a partida:

Goleiros: Cássio, Walter e Matheus Vidotto;
Laterais: Léo Príncipe, Uendel e Guilherme Arana;
Zagueiros: Vilson, Yago e Léo Príncipe;
Volantes: Camacho, Cristian, Jean e Willians.
Meias: Marquinhos Gabriel, Rodriguinho, Marlone e Giovanni Augusto.
Atacantes: Lucca, Gustavo, Romero, Bruno Paulo, e Isaac.














Ex zagueiro corinthiano Gil faz visita ao CT Joaquim Grava antes de retornar para a China

07/09/2016 18:17:30
Zagueiro Gil visitou seus ex companheiros do Corinthians hexacampeão Brasileiro 2015 (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O zagueiro Gil fez nesta quarta-feira uma visita aos ex-companheiros do Corinthians no CT Joaquim Grava, um dia depois de servir à Seleção Brasileira nas vitórias por 3 a 0 sobre o Equador e 2 a 1 sobre a Colômbia, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. O jogador marcou presença logo no início da tarde, pouco antes do início do treinamento dos atletas para a partida do Corinthians contra o sport, na Arena Corinthians, às 19h30 (de Brasília) da quinta-feira.

Bastante festejado, principalmente por aqueles com quem atuou no ano passado, como o garoto Guilherme Arana e o antigo parceiro de zaga Yago, ele nem foi ao campo para não tirar a atenção do trabalho realizado pelos atletas. Saudado rapidamente por alguns outros atletas, fez um aceno com a mão direita ao deixar o hotel fixado no local e logo se encaminhou para o seu carro.

O jogador, que já fez diversas declarações de amor ao clube e chegou a dizer que sentia saudades de vestir a camisa alvinegra em uma postagem nas suas redes sociais, deve pegar um avião entre quarta e quinta-feira para se reapresentar ao Shandong Luneng, seu clube na China.

Aos 29 anos, o defensor esteve no Corinthians campeão do Paulista e da Recopa Sul-Americana, em 2013, e montou a melhor dupla de zaga do Brasileiro na conquista do Corinthians hexacampeão, em 2015.








No Corinthians para amanhã, técnico Cristóvão tem dúvida entre Lucca e Gustavo
Lucca treina como titular do Timão, mas Cristóvão cogita escalar Gustavo

Sem Guilherme, ataque do Corinthians terá mudança para enfrentar o Sport, nesta quinta-feira. Balbuena e Fagner também são desfalques, e Romero deve ficar na reserva na Arena

O Corinthians terá desfalques e novidades para o duelo contra o Sport, nesta quinta-feira, às 19h30, na Arena. O técnico Cristóvão Borges não poderá contar com Balbuena, suspenso, e Fagner e Guilherme, no departamento médico. Por outro lado, o volante Jean e o atacante Gustavo, recém-contratados, ficarão na à disposição do treinador pela primeira vez. O novo camisa 9 tem até chances de começar a partida como titular.

Embora tenha treinado com Lucca, que entrou bem na última partida, contra o Fluminense, pela Copa do Brasil, o técnico Cristóvão Borges deixou aberta a disputa por vaga no comando do ataque alvinegro.

- Ele estava em atividade, estava jogando, não tem problema algum. Ele treinou, teve boa adaptação, tendo informações de como jogamos... Ele está animado. Mas no último jogo o Lucca entrou muito bem, então criamos mais opções. Viemos cheios de dificuldades, agora temos mais uma opção - declarou o treinador, em entrevista coletiva.

Assim, o Timão irá a campo pela 23ª rodada do Brasileirão com: Cássio, Léo Príncipe, Yago, Balbuena e Uendel; Cristian, Camacho, Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Marlone; Lucca (Gustavo).

De volta da Seleção, Fagner teve uma infecção gastrointestinal. Já Guilherme não trabalha com bola desde a última semana, quando sentiu dores no músculo posterior da coxa esquerda.

O atacante Romero, desgastado após defender a seleção do Paraguai ficará na reserva. Ele foi titular  na última terça, não treinou, mas foi relacionado para o confronto.

- Confira os relacionados do Corinthians para a partida:

Goleiros: Cássio, Walter e Matheus Vidotto;
Laterais: Léo Príncipe, Uendel e Guilherme Arana;
Zagueiros: Vilson, Yago e Léo Príncipe;
Volantes: Camacho, Cristian, Jean e Willians.
Meias: Marquinhos Gabriel, Rodriguinho, Marlone e Giovanni Augusto.
Atacantes: Lucca, Gustavo, Romero, Bruno Paulo, e Isaac.







Lucca é titular em treino, mas Cristóvão deixa vaga aberta para Gustavo

O atacante Lucca treinou novamente como titular na tarde desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, mas o técnico Cristóvão Borges se negou a assegurar a presença do atacante na partida de quinta, do Corinthians contra o Sport, às 19h30 (de Brasília), na Arena Corinthians. De acordo com o comandante, que fechou a atividade para a imprensa, tanto ele quanto o recém-chegado têm condições de iniciarem a partida contra os pernambucanos.

“O Gustavo treinou, já teve as informações de como a gente joga, se adaptou bem. Já está bem adaptado, tem muita vontade. Mas no último jogo, o Lucca entrou, foi bem. É uma outra opção que nós temos para iniciar o jogo também, está tranquilo nesse aspecto”, avaliou o treinador, assegurando que não está fazendo mistério

“Surpresa não tem muito como surpreender, vou decidir só isso, entre o Lucca e o Gustavo. Treinamos alternativas e as respostas foram boas, por isso estamos muito confiantes e motivados para o jogo”, observou o comandante. Na movimentação, no entanto, foi possível ver Lucca a todo momento com o restante dos titulares, enquanto o novo camisa 9 trabalhou finalizações com o resto do elenco.

Normalmente sincero ao tratar da equipe que vai atuar, Cristóvão frisou que a decisão só deve sair na data do jogo, principalmente pelo fato de Gustavo estar à disposição pela primeira vez. “Tem uma chance, sim, de o Gustavo jogar. Nós já olhamos juntos, mostramos o adversário, que tem também algumas modificações. É uma possibilidade, está aberto para os dois”, concluiu.

Dessa forma, o Corinthians terá Cássio; Léo Príncipe, Yago, Vilson e Uendel; Cristian, Camacho, Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Marlone; Lucca (Gustavo). Com 37 pontos, o Timão é atualmente o quarto colocado da competição, a seis da liderança.

Treino reforçado

No trabalho, o Corinthiansconseguiu reunir os garotos Guilherme Arana, que estava a serviço da Seleção Sub-20, e o garoto zagueiro Léo, que completou o grupo do time principal da Seleção a pedido do técnico Tite. Animados com a primeira experiência com a “amarelinha”, os dois não demoraram a bater um papo sobre a experiência que tiveram.

“Esse aí é da principal, tem que respeitar”, disse Arana, de 19 anos, um mais velho do que Léo. “Foi legal, foi legal”, respondeu o zagueiro, aos risos, emendando na sequência uma pergunta sobre como foi a experiência do lateral nos dois amistosos contra a Inglaterra, na casa do adversário.

“Nossa, muito bom o time dos caras. Toque rápido, já lançavam no corredor de primeira, o cara mandava na área e chegava um cara enorme para cabecear”, relatou o reserva de Uendel, dramatizando com passes e lançamentos. A Seleção sub-20 venceu nos pênaltis o primeiro jogo, após empate por 1 a 1, e saiu vencedora no segundo, por 2 a 1. 








Com volta aos treinos prevista para 2017 no Timão, Danilo deixa hospital

Meio-campista de 37 passou por cirurgia na última quarta-feira, após fraturar dois ossos da perna direita, e teve alta nesta quarta. Ele passará por um longo processo de recuperação


Uma semana após fraturar a tíbia e a fíbula da perna direita em um lance de treino e ser submetido à cirurgia, o meio-campista Danilo teve alta hospitalar e já voltou para casa na tarde desta quarta-feira. Aos 37 anos, o jogador do Corinthians passará por um longo processo de tratamento, que envolve a imobilização de sua perna direita pelo prazo mínimo de três meses. Danilo postou uma foto em suas redes sociais mostrando que já está em casa e animado, mesmo com a certeza de que só voltará à atividade em 2017.

Segundo o departamento médico do Corinthians, Danilo só estará apto para retomar as atividades em campo em fevereiro ou março do ano que vem. Por isso, o clube acertou a renovação do contrato de seu camisa 20 por mais uma temporada, até o fim de 2017. O acordo foi assinado e anunciado na semana passada, com o jogador ainda internado após a realização da cirurgia.
Danilo fraturou a tíbia e a fíbula da perna direita e passou por cirurgia na noite de terça-feira (dia 30). Após a alta, precisará ter a perna direita imobilizada por mais três meses, o que indica a chance de simplesmente caminhar normalmente apenas em dezembro, já no fim da temporada regular do futebol. A partir disso, o meia terá que passar por um processo de recondicionamento físico, ganho de força e potência muscular e massa óssea.

Neste ano, Danilo atuou 27 vezes e chegou a ser titular sob o comando de Cristóvão Borges. O meia está no Corinthians desde 2010 e soma 336 jogos pelo clube, com 33 gols marcados e participou de cinco títulos do Corinthians.




17:28
Está encerrada a entrevista coletiva de Cristóvão Borges.

17:28
Mais uma vez Cristóvão é perguntado sobre as comparações com Tite: "A Seleção tem feito bem para todos nós, o ambiente de todo mundo melhorou, tá todo mundo mais calmo, tranquilo, com menos mágoa. Não vou me livrar da comparação, estou tranquilo quanto a isso, mas isso aí depende, é uma onda. Quando estiver em cima, tranquilo, quando estiver em baixa, ela vem."
Teme novas comparações com Tite após os bons resultados da Seleção? "A Seleção tem feito bem para todos nós, o humor de todo mundo melhorou, está todo mundo mais calmo, tranquilo, com menos mágoa. Não temo isso, não. É uma onda, mas vai depender do que acontecer. Quando estiver por cima, tranquilo, quando estiver embaixo, ela vem. E assim vai"

Mais uma resposta sobre Gustavo, que joga fixo na área: "Essa coisa de ter preferências, você chega lá na frente e tem dúvidas. Com um ou com outro, tem de ter consistência e alto rendimento. Eu prefiro aquele que vai fazer o time andar bem, pode ser com um móvel ou um fixo. Minhas buscas eram para isso".
17:25
Por que Vilson substituirá Balbuena e não Pedro Henrique? "O Pedro Henrique saiu por contusão, então era a oportunidade dele voltar. Isso acontece quando o jogador fica uma semana ou dez dias, mas ele ficou muito mais, a condição é outra. Ele tem que ser preparado para isso. Coloquei ele no jogo para ver. O Vilson vem treinando há mais tempo e está à frente dele. (O Pedro) precisa de mais preparação pelo tempo de inatividade."

Por que Vilson, e não Pedro Henrique na zaga? "Pedro saiu por contusão, ficou muito mais tempo fora. Aí a condição dele é outra, tem de ser preparado para voltar. Ele foi preparado, coloquei ele no jogo para ver. Mas o Vilson ainda está acima porque vem treinando há mais tempo. O Pedro precisa de mais, por causa do tempo que ficou parado. Isso é natural".


17:24
"Eu olho tudo, faço comparações, olho números... mas tenho um privilégio que vocês não têm, estou todo dia no campo. Tendo um conhecimento maior, ele me projeta para o futuro uma coisa que vai evoluir, melhorar. Por isso estou esperançoso do que podemos fazer daqui para frente. Jogadores que foram contratados e são importantes estão passando por um processo de afirmação, alternância, afirmação. Tem um momento que dá um encaixe, estou percebendo que, se não for agora, estamos próximos disso", declara Cristóvão.

17:22
"O Gustavo tem chance, sim. Eu olhei, vimos o adversário, que tem algumas modificações... É uma possibilidade, está aberto", fala sobre a equipe titular.
Cristóvão diz que Gustavo tem chance, sim, de começar o jogo. O que vai pesar na escolha? "O Gustavo tem chance, sim, de começar. Já estudamos juntos a adaptação dele, o adversário, que também tem algumas modificações. Também vamos esperar a confirmação disso. É uma possibilidade, está aberta".

17:21
Você cogitou mudar o goleiro? "Tenho falado para projetar coisa no futuro, isso sim, em algum momento a gente pode fazer alguma coisa. Mas hoje não tem nada disso, não tenho preocupação. Hoje precisamos ser consistentes. A partir do momento que tiver isso, todas as outras coisas andam."
Cristóvão fala sobre Cássio: "Isso de mudar goleiro não passou pela minha cabeça. Tenho conversado com ele ou com o Mauri projetando qualquer coisa para o futuro. Em algum momento podemos fazer, mas hoje não tem nada em relação a isso. Não é preocupação hoje".

17:20
Cristóvão explica resposta dada há pouco: "O constrangimento que falei é que vocês (jornalistas) estavam percebendo e sentindo que era exagero, demais (as críticas). Me perguntaram: "Cristóvão, está tudo bem? O que te tira do sério?" E eu continuo assim, apenhei lá e estou do mesmo jeito. Tenho consciência. Não acompanho e leio tudo, mas aquilo que me interessa e vai me ensinar, eu leio. Neste período, li algumas análises sobre o que estava acontecendo no Corinthians, o que acertei, errei... Isso eu li. Mas quando são aquelas coisas surreais, não acompanho, não."
"O que me tira do sério... Eu continuo assim. Apanhei lá atrás e estou aqui do mesmo jeito. Não acompanho e nem leio tudo. O que vai me ensinar, eu leio. Durante esse período, li algumas análises sobre o Corinthians, sobre o que estava acontecendo, porque eu mudava, porque acertei, porque errei. A isso eu dou atenção. Quando são coisas surreais, não".

17:16
"Para mim, é tranquilo. Estou focado no que tenho que fazer, um trabalho que todos os corintianos fiquem felizes e se sintam orgulhosos. É um processo natural do que está acontecendo. O que me deixa confiante e motivado é que o grupo não colocou tudo o que pode, ainda tem muita coisa, e vejo isso começar a aparecer. Precisamos confirmar isso. A atmosfera é diferente, depois das saídas do Bruno e do Elias, o olhar das pessoas começou a mudar. Parece que está mais real, todo mundo começou a entender... o enfoque é outro, a maneira de criticar, também, é mais dentro da realidade. Nas ruas também, as pessoas me criticavam, cobravam, agora mudou. Vamos seguindo, focado e tranquilo", completa.

Cristóvão volta a falar sobre as críticas: "Até vocês estavam percebendo e sentindo que era exagero, era demais o que estava acontecendo comigo. Outro dia me perguntaram se estava tudo bem comigo
"Eu corro o risco de dar certo. E se der certo, vocês vão falar muito bem de mim", diz o técnico.
"Estamos numa colocação que ninguém acreditava e muita gente não acredita ainda. Se continuarmos ganhando, a confiança evolui. Precisamos disso, porque é um trabalho de remontagem. A confiança vem com vitórias", diz Cristóvão Borges.

17:16
Cristóvão fala sobre as comparações do trabalho dele com o de Tite no Corinthians: "Nunca fiquei chateado, o meu incômodo é pouco. Eu fui muito criticado, vinha para a entrevista e até achava vocês constrangidos. Era uma coisa desproporcional, fora da real, injusta. O treinador se vai bem, tudo bem, se vai mal, é criticado. Vocês nunca viram e nem vão ver eu reclamar de críticas. É claro que houve momentos exagerados. Isso não me incomodou, porque era exagero, não posso ficar incomodado com exagero. Essa história de que vim substituir o Tite foi só no começo, hoje não tem mais isso. As críticas, algumas desnecessárias, vão além de estar substituindo o Tite."

17:11
"Às vezes jogadores importantes, que são termômetro da equipe, foram contratados ano passado depois de jogarem muito bem, têm adaptação ao clube. Eles estão nesse processo de não conseguir manter performance em alto nível, mas vejo ele chegarem nesse alto nível, o que me motiva muito. Com isso daremos um salto de qualidade", opina Cristóvão.
"Estou focado no que tenho de fazer. Precisamos fazer um trabalho que deixe o corintiano com orgulho. As oscilações, mudanças, são normais e estão acontecendo. O que me deixa confiante é que, com tudo isso, com um grupo que ainda não colocou todo o potencial que pode, estamos bem. Mas precisamos confirmar isso".
17:10
Cristóvão fala sobre treinos fechados: " Fala-se muito sobre isso, mas é muito simples. É uma maneira de o adversário não se preparar antecipadamente para enfrentar a gente. Quero treinar algumas coisas que, se vocês estivesse ali, estariam olhando e falando. Isso não é decisivo, não ganha jogo, mas pode preparar o adversário, o que é ruim para mim."


"Que foram momentos exagerados, claro que sim! Mas não me incomoda justamente por isso, porque é exagero. Não posso ficar preocupado com exageros. Tenho uma responsabilidade aqui. Isso de substituir o Tite foi só no começo, agora não tem mais isso. As críticas, algumas desnecessárias, vão muito além de substituir o Tite. Tem coisas até desrespeitosas. Mas, para mim, tranquilo".


Cristóvão fala sobre o aproveitamento do time e as comparações com Tite: "Nunca fiquei chateado, e meu incômodo é pouco. Sempre fui muito criticado. Achava até vocês um pouco constrangidos. Era uma coisa desproporcional, fora da real. Se é fora da real, não é justa. O treinador, se vai bem, tudo bem, se vai mal, é criticado. Vocês nunca vão me ver reclamar de críticas".




O mês de setembro será decisivo, Cristóvão? "Vai ser, por causa dos jogos, que são confrontos diretos, e é um momento que estou sentindo do trabalho, das reações, acho que eles estão começando a ter mais confiança. O jogo do Fluminense me deixou mais assim, confirmou muito dessas coisas. No futebol, porém, você só confirma com vitórias".
"Depois das saídas do Bruno Henrique e do Elias, os exageros diminuíram, a coisa está mais real, todo mundo começou a entender o que aconteceu. O enfoque é outro, a maneira de criticar é outra, mais dentro da realidade. Isso eu sinto na rua também, as pessoas me criticam, cobram, conversam. Mas mudou. Antes era fora da realidade, fora de propósito. Vamos seguindo", completa o técnico.
17:08
Treinador do Timão fala sobre classificação do Brasileirão Mas o mais importante é que não dependemos de ninguém, nossa preocupação é no que temos que melhorar, em consolidar nosso jogo, ter sequência de vitória... Não temos preocupação com os outros. Conseguindo as vitórias, vamos estar na ponta sempre."


17:06
"Trabalhamos bastante, aproveitamos bem, precisávamos consolidar algumas coisas do nosso jogo. Nem no que somos bons estávamos indo bem. Trabalhamos e fomos bom, retomamos o caminho que nos leva a bons resultados. Mas isso é preciso ser confirmado com vitória. Precisamos ganhar para ficar ali em cima, continuaremos na briga com os primeiros. Mas para isso é preciso confirmar nossa essência, característica de jogo que nós temos", declara Cristóvão.


17:05
Técnico comenta desfalques na defesa: "Todos eles têm nível bom, são de alto nível. É um setor que não me preocupa. Mas precisamos ter uma equipe que saiba defender bem, estávamos deixando isso a desejar no nosso período de instabilidade. Conversamos, treinamos, vimos vídeos e fizemos correções. As respostas foram boas, já no jogo contra o Fluminense isso foi positivo. Na semana trabalhamos bem, aproveitamos a semana (sem jogos). A tendência é que a resposta no jogo seja positiva amanhã."


17:03
Qual será a escalação? "Não tem muita surpresa. Vou definir entre o Lucca e o Gustavo. Treinamos alternativas, formas de jogar... As respostas foram boas, por isso estamos confiantes e motivados para o jogo de amanhã."


17:03
Cristóvão fala sobre o desfalque de Fagner: "Claro que contava com ele. Como o Daniel (Alves) é o titular, sabíamos que o desgaste dele seria só o deslocamento. Recebemos informação da CBF que ele estava com esse problema, estava desgastado, então por isso está fora do jogo."

Cristóvão fala sobre treinos fechados: "Algumas coisas na nossa relação exigem uma certa distância. Fala-se muito sobre isso. É muito simples. Fazemos isso porque é uma maneira de o adversário não se preparar antecipadamente para jogar contra nós. Se eu quero treinar algumas coisas ali, se vocês estivessem lá, estariam falando. Se vocês falarem algumas coisas do adversário, sei tudo também".


"Isso não é decisivo, não ganha jogo, mas pode preparar o adversário. É só por causa disso", completa o comandante.
17:02
"Meu pensamento é uma coisa, realidade é outra. Ficar livre só depois do campeonato. Estou com muita esperança do que a gente pode fazer. Queremos que a equipe se afirme, mas para isso é importante é a participação de todos. Amanhã nossa torcida vai estar lá, vai apoiar, incentivar, estamos motivados por voltar a jogar em casa. Temos tido semanas boas de treinamentos, a última partida deu indicações positivas, acreditamos que isso seguirá numa crescente. Para isso se confirmar, é preciso vitórias. Se isso se confirmar, a equipe terá mais confiança ainda", comenta.
"Não temos muita preocupação com os outros, não. Sabemos que, conseguindo essas vitórias, estaremos sempre lá na ponta", completa o técnico.

Importância de uma vitória na quinta: "Estávamos precisando consolidar a essência do nosso jogo, tem coisas em que somos muito bons, mas nem isso estávamos fazendo tão bem quanto no começo. Corrigimos, treinamos bem, a resposta foi boa. Fizemos um jogo que já demonstrou que é um caminho que nos leva a bons resultados. Tudo isso só se confirma com vitórias".


Cristóvão fala sobre a entrada de Vilson na zaga: "Muitas mudanças foram por cartões, lesões, mas todos os jogadores têm um nível muito bom. Todos os zagueiros de alto nível. É um setor que não me preocupa. Temos de ter uma equipe que também saiba defender bem. Estávamos deixando a desejar nesse período de instabilidade. Conversamos, treinamos, vimos vídeos e fizemos correções".

O técnico fala sobre o time que enfrenta o Sport: "Não temos surpresas, só vou decidir entre o Lucca e o Gustavo. Estão treinando, treinamos essa opção em termos de substituição. Sempre treinamos alternativas. As respostas foram boas, por isso estamos muito confiantes para o jogo de amanhã".



17:01
Técnico fala sobre Lucca e Gustavo. Novo camisa 9 deve ficar na reserva: "Ele estava em atividade, estava jogando, não tem problema algum. Ele treinou, teve boa adaptação, tendo informações de como jogamos... Ele está animado. Mas no último jogo o Lucca entrou muito bem, então criamos mais opções. Viemos cheios de dificuldades, agora temos mais uma opção. Para iniciar o jogo, estamos tranquilos."
"Gustavo treinou bem, está animado, e ganhamos mais uma opção. Para iniciar o jogo estamos tranquilos com o Lucca também", diz Cristóvão.

"Durante o período de correções, as respostas foram boas. Aproveitamos bem a semana, a tendência é de que a resposta no jogo também seja positiva", completa o técnico.
"Eu contava com o Fagner, ele não tinha participado dos jogos da Seleção. Com isso, sabíamos que o desgaste dele seria só pelo deslocamento, mas aí recebemos a informação da CBF que ele tinha passado mal e estava um pouco debilitado. Chegou aqui assim. Uma pena ele ficar fora do jogo", afirma Cristóvão.
"Esperamos fazer um grande jogo. Estamos muito motivados, temos tido semanas boas de treinamento. A última partida teve indicações muito positivas, estamos acreditando que isso vai seguir numa crescente. Para isso se confirmar, precisa-se de vitórias para a equipe ganhar mais confiança ainda", diz o técnico.
Cristóvão fala sobre seu trabalho: "Meu pensamento é uma coisa, a vida real é outra. Só vou me livrar das críticas quando acabar o campeonato, enquanto isso vamos trabalhando. Estou com muita esperança do que podemos fazer. Esperamos fazer um bom campeonato, a equipe se afirmar. É importante o apoio de todos. Amanhã é jogo em casa, nossa torcida vai estar lá e jogar junto, empurrar".


17:00Cristóvão Borges chega para entrevista coletiva #trCOR



CORINTHIANS FUTEBOL FEMININO VENCE POR 3X0 s7os pelas oitavsa de final, jogo de ida da copa do brasil


16:50 Corinthians informa que Romero chega ao clube no fim da noite. Ele irá direto à concentração. Portanto, fica no banco amanhã #trCOR


Nova info sobre Romero: chega no fim da tarde e vai direto para a concentração. Será opção no banco de reservas. #trsccp

16:46

Vale lembrar que o zagueiro Balbuena, expulso, está suspenso para amanhã #trCOR

Boa notícia! Danilo recebeu alta e já está em casa!















16:43

De onde a imprensa está só é possível ver que reservas e titulares treinam cruzamentos e finalizações #trCOR
Neste momento, o treino está fechado para a imprensa. Na sequência, Cristóvão Borges fala com os jornalistas. 16h40

Além de Fagner,  Romero é outra ausência no CT. Ele ainda não voltou da seleção paraguaia e está fora do jogo de quinta. #trsccp

16:27
Romero, titular do Paraguai ontem, não está no CT. Atacante é mais um desfalque para amanhã #trCOR

16h25

Corinthians escalado para pegar o Sport nesta quinta-feira.






16:23
Provável Corinthians amanhã: Cássio, Léo Príncipe, Vilson, Yago e Uendel; Camacho, Cristian, Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Marlone; Lucca #trCOR
Gustavo treinou bem a semana toda e pode ficar no banco de reservas. Corinthians vai divulgar os relacionados daqui a pouco. #trsccp



16:21
Sem Fagner, Léo Príncipe fará o terceiro jogo como profissional do Corinthians.  #trCOR

16h20

Sem contar Danilo, que se recupera de uma fratura na perna direita, e Rildo, com desconforto na coxa direita. #trsccp


16:16 Rildo sentiu nova lesão, desta vez na coxa direita, e não treina de novo. Ele já havia sido desfalque ontem
Balbuena, suspenso, Guilherme, com dores musculares, e Fagner, com infecção gastrointestinal, são desfalques do Corinthians. #trsccp



Provável Corinthians: Cássio, Léo Príncipe, Yago, Vilson e Uendel; Cristian e Camacho; Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Marlone; Lucca. #trsccp



16:12  Imprensa não tem mais acesso ao treinamento. Cristóvão Borges definirá o time e treinará jogadas de bola parada

Fagner se apresenta ao Timão com infecção intestinal e não joga contra o Sport

Lateral-direito estava a serviço da Seleção Brasileira e voltou ao Corinthians nesta quarta, quando teve quadro de infecção gastrointestinal diagnosticado. Léo Príncipe o substituirá


Fagner será desfalque do Corinthians na partida desta quinta-feira (Foto: Daniel Augusto Jr)
LANCE!
07/09/2016
16:13
O Corinthians ainda não terá o lateral-direito Fagner nesta quinta-feira, data da partida contra o Sport, às 19h30, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena Corinthians. O jogador estava a serviço da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo e já se reapresentou ao CT Joaquim Grava. Entretanto, Fagner apresentou um quadro de infecção gastrointestinal e virou baixa

O Corinthians confirmou o desfalque em nota oficial na tarde desta quarta-feira: "Departamento médico do Corinthians informa que o atleta Fagner se apresentou com quadro de infecção gastrointestinal e foi encaminhado ao Hospital São Luis para tratamento clínico. O jogador não será relacionado para o jogo contra o Sport nesta quinta-feira", publicou o clube.

Sem Fagner, o Corinthians manterá o garoto Léo Príncipe na lateral direita no compromisso diante do Sport. O camisa 32 tem 20 anos e foi titular em duas partidas pela equipe profissional do Timão

- Consegui corresponder a ausência do Fagner, que é um dos melhores homens do time. Fui elogiado por todos, não faltou nada, e espero ter essa regularidade nas próximas oportunidades - disse Léo Príncipe.

Sem contar com Fagner, o Corinthians também não terá Guilherme à disposição contra o Sport, já que o camisa 10 se recupera de dores musculares na coxa direita. Balbuena está suspenso. Os substitutos dos outros dois serão Lucca e Vilson.






Corinthians sem o lateral direito Fagner

O Corinthians informou nesta quarta-feira que o lateral direito Fagner se apresentou com quadro de infecção gastrointestinal após servir à Seleção Brasileira e foi encaminhado ao Hospital São Luis,  para tratamento clínico. O jogador não será relacionado para o jogo contra o Sport nesta quinta feira, às 19h30 (de Brasília), na Arena Corinthians, abrindo espaço para a manutenção de Léo Príncipe na equipe.

O jogador já havia apresentado o problema quando estava com o Brasil, ficando fora da lista de relacionado para a vitória sobre a Colômbia por 2 a 1, na terça, na Arena da Amazônia. Mesmo sem estar em condições de entrar em campo, o defensor ficou no banco de reservas com o uniforme de jogo.

Com a sua ausência, a primeira por motivos físicos neste ano, Léo Príncipe ganhará mais uma chance de ser titular. O garoto de 20 anos atuou no último jogo do time, o duelo de ida contra o Fluminense, em Mesquita (RJ), pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Na ocasião, saiu de campo bastante elogiado pelo técnico Cristóvão Borges, além de ter sido o autor do passe para o gol de Rodriguinho no empate por 1 a 1.

Será a terrceira vez que Léo Príncipe atuará na Arena Corinthians pelo Corinthians. Na primeira, o Corinthians sub 20 foi campeão Paulista, na segunda vez, só que pelos profissionais, teve atuação razoável no 1 a 1 contra o Figueirense, ainda pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta, o provável Corinthians  tem Cássio; Léo Príncipe, Yago, Vilson e Uendel; Cristian, Camacho, Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Marlone; Lucca.



Sem Fagner, Léo Príncipe está confirmado como titular amanhã #trsccp


Fagner não atua amanhã e é dúvida para domingo. #trsccp

Fagner voltou da Seleção com um quadro de infecção gastrointestinal. Foi levado ao Hospital São Luiz para tratamento. #trsccp



16:05 Fagner ficou no banco da Seleção contra Equador e Colômbia, mas já vinha sentindo-se mal. É dúvida para domingo

16:00 Fagner foi ao Hospital São Luiz para já iniciar tratamento. Léo Príncipe seguirá como titular da lateral direita do Corinthians#trCOR

15:59 Importante! Apesar de ter voltado da Seleção, Fagner está fora do jogo contra o Sport, amanhã, devido a uma infecção gastrointestinal #trCOR


Confirmado. Fagner não atua nesta quinta. #trsccp

16h
Treino fechado a partir de agora. Cristóvão se reúne com titulares e reservas. #trsccp



15:55 Lateral-esquerdo Guilherme Arana está de volta após disputar amistoso na Inglaterra pela Seleção Sub-20 #trCOR


Guilherme Arana voltou da seleção brasileira sub-20 e também treina. Fica no banco contra o Sport. #trsccp 




Quem está no CT é o zagueiro Gil, campeão em 2015. Saudades? #trsccp


Fagner voltou da seleção brasileira, mas não está em campo. Clube não confirma nem se ele está no CT. #trsccp

Lucca deve ser o substituto de Guilherme. Tem treinado como centroavante nos últimos dias. #trsccp 



Jornalistas só têm acesso aos primeiros 15 minutos do treino. Depois da atividade, Cristóvão Borges concede entrevista. #trsccp

Guilherme desfalca o treino mais uma vez e não enfrenta o Sport. Tem dores musculares na coxa esquerda e não treina há cinco dias. #trsccp


15h50
Boa tarde! Corinthians treina nesta quarta, última atividade antes do jogo de quinta, contra o Sport. #trsccp 

15:49

Cristóvão Borges, que acompanha aquecimento de perto, dará entrevista logo mais. 




15:47 Meia Guilherme, com dores no músculo posterior da coxa esquerda, segue sem treinar e não pega o Sport amanhã #trCOR



15:45 Timão recebeu visita do zagueiro Gil #trCOR



15:43 Lateral-direito Fagner, que estava com a Seleção Brasileira, não treina em campo, mas deve ser relacionado para enfrentar o Sport #trCOR

15:40 Feriado não é sinônimo de folga por aqui. Jogadores do Corinthians treinam no CT Joaquim Grava #trCOR


15:35
O dia terá treino no CT Joaquim Grava, sendo apenas os primeiros 15 minutos abertos à imprensa, e logo depois entrevista coletiva do técnico Cristóvão Borges.

15:33
 Começa agora a transmissão em tempo real do dia do Corinthians, que amanhã enfrenta o Sport na Arena Corinthians, pela 23ª rodada do Brasileirão!





Boa tarde, amigos O Corinthians treina neste momento no CT. Se liga aí!




Corinthians sem Fagner na quinta
Fagner se apresenta ao Timão com infecção e não joga contra o Sport

Lateral-direito estava a serviço da Seleção Brasileira e voltou ao Corinthians nesta quarta, quando teve quadro de infecção gastrointestinal diagnosticado. Léo Príncipe o substituirá


LANCE!

7 SET2016
16h17

O Corinthians não terá o lateral-direito Fagner nesta quinta-feira, data da partida contra o Sport, às 19h30, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador estava a serviço da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo e já se reapresentou ao CT Joaquim Grava. Entretanto, Fagner apresentou um quadro de infecção gastrointestinal e virou baixa na partida na Arena Corinthians

O Corinthians confirmou o desfalque em nota oficial na tarde desta quarta-feira: "Departamento médico do Corinthians informa que o atleta Fagner se apresentou com quadro de infecção gastrointestinal e foi encaminhado ao Hospital São Luis para tratamento clínico. O jogador não será relacionado para o jogo contra o Sport nesta quinta-feira", publicou o Corinthians.


Fagner será desfalque do Corinthians na partida desta quinta-feira (Foto: Daniel Augusto Jr)Foto: LANCE!

Sem Fagner, o Corinthians manterá o garoto Léo Príncipe na lateral direita. O camisa 32 tem 20 anos e foi titular em duas partidas pela equipe profissional do Timão. Neste segundo confronto, aliás, o garoto foi considerado como o melhor em campo. Em entrevista coletiva na segunda-feira, o garoto comentou a possibilidade de substituir Fagner mais uma vez, já que o Timão contava com o titular na Arena Corinthians.

- Consegui corresponder a ausência do Fagner, que é um dos melhores homens do time. Fui elogiado por todos, não faltou nada, e espero ter essa regularidade nas próximas oportunidades - disse Léo Príncipe.

Sem contar com Fagner, o Corinthians também não terá Guilherme à disposição contra o Sport, já que o camisa 10 se recupera de dores musculares na coxa direita. Balbuena está suspenso pela expulsão. Os substitutos dos outros dois serão Lucca e Vilson.







Elenco avisa que não faltará vontade no Timão

Vontade não vai faltar. É isso que o elenco do Corinthians promete para a torcida para buscar o título. Depois de perder cinco atletas na janela de transferências, a queda no nível técnico do time foi inevitável. De qualquer forma, o zagueiro Vilson pede a confiança dos torcedores.

“Sabemos os problemas que o Corinthians tem neste ano, com a saída de jogadores e a mudança da comissão. Esperamos a confiança do torcedor, os atletas aqui estão muito empenhados. Conversamos diariamente para melhorarmos. Vontade neste grupo não vai faltar”, avisou o zagueiro.

O elenco do Timão, inclusive, já selou um pacto para unir ainda mais os jogadores e superar as adversidades. Um dos principais alvos de pressão da torcida tem sido o técnico Cristóvão. Substituto de Tite, o novo comandante ainda não conseguiu encontrar uma escalação ideal.

“Cristóvão está procurando os melhores meios para nos ajudar. Ele pegou o time no meio do campeonato e ainda está conhecendo o grupo, o que é melhor taticamente para cada atleta. É difícil para ele e para nós achar esse entrosamento. Saíram muitos jogadores e é complicado criar uma base de novo”, analisou Vilson.

Um sinal dessa busca do treinador por novas estratégias é a mudança constante nos defensores da equipe. Já foram sete duplas diferentes de zaga apenas em 22 jogos. Depois de um fraco mês de agosto, o Corinthians entra em um momento crucial na temporada.
 Vilson concorda que esses jogos podem definir o ano do clube. “Temos que ir com tudo para essas partidas. Elas vão dizer muito para nós sobre os nossos objetivos. ”

A primeira partida desse mês decisivo será na próxima quinta-feira, contra o Sport, na Arena Corinthians, às 19h30 (de Brasília), pela 23ª rodada do Brasileirão. Sem Balbuena, suspenso, e Guilherme, com dores na coxa, Cristóvão deve entrar em campo com Cássio; Fagner, Vilson, Yago e Uendel; Cristian, Camacho e Rodriguinho; Marlone, Marquinhos Gabriel e Lucca

Volante corinthiano Willians fala:


Sondado recentemente por adversários do Corinthians na Série A, Willians decidiu ficar. Ele tem mais quatro meses de contrato para provar sua utilidade. A grande chance pode aparecer a qualquer hora.

BATE-BOLA com WILLIANS
Volante do Timão, ao LANCE!

Willians tem contrato até 31/12 no Timão (Foto: Daniel Augusto Jr)

Depois de um mês, você voltou a atuar contra o Fluminense. Como se sentiu?
É claro que ficar sem jogar o ritmo de jogo não é o mesmo, mas tenho procurado trabalhar forte para compensar isso. Se o Cristóvão precisar de mim estou pronto para ajudar. Foi bom ter entrado no último jogo e isso me deixou muito motivado para essa reta final das competições que temos pela frente (Copa do Brasil e Brasileirão).

– É complicado ficar sem jogar e até mesmo ficar sem ser relacionado. Sou um jogador que, por onde passei, joguei e fui titular. Esperava que seria assim também no Corinthians, ainda mais chegando com a confiança do Tite, hoje técnico da Seleção. Mas prefiro deixar isso para trás e não ficar pensando nessas coisas. O que posso te dizer é que nunca desanimei. Claro que ficar sem ir para os jogos tira um pouco a motivação, mas nunca fiquei desanimado, pois sabia que em algum momento as chances poderiam aparecer – desabafa

Como foram suas últimas semanas? Você chegou a ficar abalado com a falta de oportunidades?
Foram normais. Não diria abalado, mas é difícil, nem sempre as coisas acontecem como a gente imagina. Acho que agora é esquecer tudo que possa me atrapalhar e focar no momento e na chance que recebi contra o Fluminense. Quero levar isso comigo e me apegar a isso. Tirar o que passou de lição e encarar as próximas oportunidades como se fossem as últimas da minha carreira.

Você teve chance de sair recentemente. Por que não quis deixar o Corinthians?
Fico feliz com este tipo de interesse, ainda mais de clubes grandes. Acompanhei pela imprensa e isso ajudou a me motivar. Se clubes grandes estavam interessados em mim é porque algo de bom eu tenho. Nós conversamos e decidimos que o melhor seria ficar. A decisão foi a correta e agora é trabalhar forte no dia a dia para ter oportunidades.

Você teve conversas com diretoria e com o Cristóvão sobre sua situação no time? Como foram? O que traz de lição desses diálogos?
Foram conversas normais do futebol, nada muito específico. Situações de jogo mesmo. Eles sempre me passaram que uma hora eu teria oportunidades e que eu teria que trabalhar para estar pronto. Estou com a cabeça boa e preparado para quando o Cristóvão precisar de mim.

Para você, profissionalmente, qual a importância de ter um segundo semestre em alto nível no Corinthians? Acha que jogar pouco pode "manchar" a imagem que você construiu nos últimos anos?
A importância é grande. O jogador de futebol tem que mostrar todos os dias o seu valor. O passado ajuda, claro, mas é preciso fazer valer este passado. Estou com a cabeça boa para fazer um grande semestre e ajudar o Corinthians da melhor maneira. Vim com o aval de um grande treinador, que é o Tite, então não posso decepcionar. Assim como não posso decepcionar os companheiros, torcedores, diretoria e a comissão técnica atual.

Que tipo de relação você tem com o Cristóvão? Acha que ele pode ajudar a recuperar seu futebol?
A relação é boa. Eu sou um cara muito na minha e que procuro trabalhar. Acho que só trabalhando é que dá pra mostrar o que a gente pode fazer. Ele com certeza pode me ajudar, pois tem qualidade e já mostrou isso por onde passou. Já tem me ajudado e tem me passado confiança.

O que planeja para o Corinthians ainda em 2016? É possível brigar pelos títulos do Brasileirão e da Copa do Brasil?
Com certeza dá para a gente brigar. Temos um elenco forte e com condições para isso. Apesar de termos perdido grandes jogadores, já mostramos o nosso valor. O último jogo mostrou isso. Sem jogadores que saíram e outros que não puderam atuar, conseguimos, em um jogo de mata-mata, buscar um empate fora de casa.









Próximo de meta financeira, Timão pode ter novo patrocínio no derby

Corinthians acredita que crise financeira do Brasil dificulta novas ações com empresas, mas já se aproxima de 80% do objetivo traçado no início do ano. Marca das costas estreia dia 17
O Corinthians anunciou nesta terça-feira um acordo de três anos de duração com a cervejaria espanhola Estrella Galicia, que estampará sua marca em propriedades no CT Joaquim Grava e nos uniformes de treino e viagem do clube. A camisa de jogo do Timão, porém, também deverá ter uma novidade no derbi, no próximo dia 17, na Arena Corinthians. Pelo menos é essa a expectativa atual do departamento de marketing do clube, que trabalha com uma meta anual de R$ 70 milhões com patrocínios e vê a realidade cada vez mais próxima.

- O que a gente preza e primou neste ano é atingir nossa meta financeira e estamos próximos disso. Estamos beirando 75%, 80%, e isso decorre da dificuldade econômica do país. Mas estamos próximos - confia Gustavo Herbetta, superintendente de marketing do Corinthians, que foi quem conduziu nos últimos meses um estudo detalhado para recolocar o clube no mercado.

Atualmente, o Corinthians recebe aproximadamente R$ 37 milhões com os patrocínios da Caixa (peito do uniforme), Tim (números) e Special Dog (calção). O novo acordo será nas costas, por R$ 10 milhões. O anúncio da nova empresa promoverá um rodízio de marcas a serem expostas na parte de trás do uniforme do Timão, deverá ser realizado na próxima semana. Assim, o clube chegará a um valor próximo de R$ 50 milhões anuais em patrocínios.

O clube pretende chegar a um faturamento de R$ 70 milhões, restando ainda negociar os espaços da manga, ombro e barra da camisa e do meião.

A ideia do Corinthians é anunciar um novo patrocínio já na próxima semana, em coletiva de imprensa, e estrear no clássico do fim de semana. O clube também já estuda ações para a estreia do terceiro uniforme.



Corinthians chega a 80% da meta de ganhos com sua camisa

O Corinthians já tem cerca de R$ 56 milhões assegurados com a exposição de marcas na sua camisa, mas ainda precisa negociar ao menos mais uma parte do uniforme para atingir a meta de R$ 70 mi estabelecida pela direção do marketing no começo do ano. O objetivo da diretoria de marketing do clube é negociar até o final do ano o espaço vago das costas, acima do número dos jogadores.

“Se considerarmos material esportivo, a meta supera R$ 70 milhões”, avisou o diretor de marketing do clube, Gustavo Herbetta, que também não inclui na lista o patrocínio firmado nesta terça-feira com a cervejaria Estrella Galicia. A marca espanhola estampará seu logo nas camisas de treino e viagem, além de placas de publicidade pelo CT, mas não entra na conta.

Mesmo sem estar no uniforme de jogo, porém, a cervejaria deve esfriar a busca de um patrocinador para a região da omoplata, pois ocupa o espaço em todas as outras ocasiões. Como é proibida a veiculação de marcas de bebida alcoólica nas camisas de times, por sinal, o logo em questão será da Estrella 0,0%, que não contém álcool.

Dessa forma, a parte das costas ganha ainda mais força nas buscas corintianas. Avaliada em R$ 15 milhões, ela ficou vaga após a renovação do acordo com a Caixa Econômica Federal, que manteve os R$ 30 milhões em patrocínio, mas só na parte frontal da camisa.

“O objetivo do Corinthians é obter receita maior, de receitas televisivas e patrocínio. O Corinthians cresce dois dígitos se comparado a 2014 e 2015, isso no cenário econômico do país que todos sabemos qual é. Conseguimos muito baseado no estudo que fizemos. Hoje, crescemos acima de 20% em patrocínio”, comentou Herbetta, realçando que o clube segue no Movimento Por Um Futebol Melhor, da Ambev, concorrente da nova patrocinadora.

“O acordo com a Ambev a gente rescindiu a parceria no segmento cerveja, mas permanecemos no Movimento por um Futebol Melhor. É uma grande iniciativa. O torcedor corinthiano segue com os mesmos benefícios”, disse, explicando possíveis ações para “ativar” a parceria.

“Estamos desenvolvendo uma plataforma para engajar o Fiel Torcedor. Em breve vamos anunciar essa ações. As no âmbito digital começam ainda nesta semana, depois vêm as outras. Queremos um engajamento rápido e próximo com o torcedor”, concluiu.



Atacante Lucca vira alternativa no Corinthians

Sem Guilherme, com dores musculares, atacante pode ser titular contra o Sport. Em sua segunda chance com novo técnico, ele tenta retomar fase artilheira
Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

Lucca é a nova opção do técnico Cristóvão Borges na tentativa de melhorar o desempenho do ataque do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Há dois meses sem gol, os jogadores do setor têm se revezado na função de comandar o ataque alvinegro. O desempenho abaixo da média tem custado pontos fundamentais ao time na competição.


Sem Guilherme, em recuperação de dores musculares na coxa direita, Lucca tem treinado entre os titulares para o jogo de quinta-feira contra o Sport, às 19h30 (horário de Brasília), na Arena Corinthians. Com oito gols, ele é vice-artilheiro do Timão em 2016.

Agora, porém, Lucca deve jogar em função diferente da qual está acostumado. Ele só jogou como centroavante uma vez com Cristóvão – No Brasileirão, tem dois gols em oito jogos.


– Vamos buscar aquilo que vá nos satisfazer, que nos dê uma resposta positiva. Esses jogadores podem dar essa resposta. Estamos bastante esperançosos – afirmou Cristóvão, em entrevista recente.

Contra o Sport, o técnico já deve ter o reforço de Gustavo. Como o centroavante está há cerca de um mês sem jogar, ele vai começar o confronto no banco de reservas e aguardar sua chance.
O elenco ainda tem Romero, voltando da Seleção Paraguaia e Isaac, que aguarda uma chance de estrear entre os profissionais.




Corinthians inicia mês decisivo pela liderança Timão encara série importante na busca pela primeira posição do Brasileirão


Por Diego Ribeiro e Marcelo BragaJr/Ag.Corinthians)


O Corinthians tem cinco jogos programados para setembro pelo campeonato nacional e tentará colar na ponta

– Setembro é um mês com jogos muito importantes. Temos de encarar, matar no peito e ir para cima. Temos de nos unir cada vez mais, colocar raça dentro de campo e buscar os resultados. Vai dizer muita coisa sobre nossos objetivos neste ano – disse o zagueiro Vilson.

Escalação provável: Cássio, Léo Príncipe (Fagner), Yago, Vilson e Uendel; Cristian e Camacho; Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Marlone; Lucca









Há 23 anos, Zé Elias estreava com o manto alvinegro contra o Cruzeiro


Filho do Terrão, o volante atuou 161 vezes pelo Corinthians e marcou dois gols



11h00 07/09/2016 - Agência Corinthians





© Nelson Coelho/Placar



Há 23 anos, um dos grandes ídolos da história alvinegra estreava pelo Corinthians. Filho do Terrão, Zé Elias estreou no Timão no dia 07 de setembro de 1993, na vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro.


O “Zé da Fiel”, como ficou conhecido, foi lançado com apenas 16 anos na época pelo técnico recém-chegado Mário Sérgio como titular do Corinthians contra o Cruzeiro. Uma curiosidade é que o primeiro jogo do atleta corinthiano foi fora de casa, no Mineirão, em Belo Horizonte, pela estreia do Brasileirão daquele ano. Um cenário que poderia ser assustador para qualquer um, mas foi encarado com naturalidade pelo jogador.


No Corinthians, Zé Elias entrou em campo 161 vezes e anotou dois gols, além de conquistar os títulos do Paulistão e Copa do Brasil em 1995. O ‘Zé da Fiel’ chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira e atuou nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996.


Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.








CORINTHIANS HOJE


07/09 - Quarta-feira 15h30 - Treino no CT Dr. Joaquim Grava