10 de jul de 2016

CORINTHIANS 10/07/2016


CORINTHIANS PROFISSIONAL
10/07 - Domingo
Folga

11/07 - Segunda-feira
Folga











Corinthians vence Desportivo Brasil na estreia da Taça BH de Futebol

Rafael Bilu, Lucas Minele e Vitinho anotaram os gols do primeiro passo para a defesa do título da competição Sub-17


15h40 10/07/2016 - Agência Corinthians



















© Divulgação


A equipe Sub-17 do Corinthians começou sua defesa de título na Taça BH de Futebol com o pé direito. Neste domingo (10), diante do Desportivo Brasil, os comandados do técnico Márcio Zanardi venceram por 3 a 1 e estão na segunda colocação do Grupo A, com três pontos – o Atlético Paranaense também tem três, mas venceu o Santa Cruz-MG por 3 a 0 e tem um a mais de saldo do que o Timãozinho.

Os gols da partida foram anotados por Rafael Bilu, Lucas Minele e Vitinho. A próxima partida acontece na terça-feira (12), às 19h, contra o Santa Cruz-MG, no Estádio Municipal de Ibirité. As baixas para a partida serão o lateral Lucas Minele e o volante Roni, que foram expulsos.




















Zagueiro sente dores, mas Timão esvazia departamento médico nesta semana

Pedro Henrique se machucou ainda no primeiro tempo da vitória do Corinthians por 2x0 sobre Chapecoense neste sábado, fora de casa. Semana deve ter retornos de jogadores a campo

Vindo de boa sequência como titular, o zagueiro Pedro Henrique, de 20 anos, se machucou ainda no primeiro tempo da partida entre Corinthians 2x0 Chapecoense e teve de ser substituído. O defensor será avaliado na terça-feira, quando o Timão se reapresenta, para saber a gravidade da lesão no seu músculo posterior da coxa esquerda.

O problema foi lamentado pelo técnico Cristóvão Borges, que destacou que o departamento médico alvinegro vinha sendo esvaziado. Nos últimos dias, André, Bruno Paulo e Elias começaram a treinar no campo, enquanto Danilo, Yago e Willians foram liberados para voltarem a atuar e começaram a partida do último sábado na reserva.

- O jogador (Pedro Henrique) sentiu um problema muscular e ficamos preocupados. Ainda não falei com o doutor para saber o grau da lesão. Foi uma pena, pois agora estamos começando a tirar todo mundo do DM - comentou.

Se Pedro Henrique não puder estar em campo na próxima partida, contra o São Paulo, na Arena, Yago deve reassumir a condição de titular. Isso porque Vilson, outro zagueiro que poderia ser opção, sentiu dores no tornozelo direito na última semana.

No momento, o departamento médico do Corinthians tem: Camacho e Vilson. André, Bruno Paulo, Cristian e Elias já trabalham no campo e devem ser integrados ao elenco em breve. 



















Com lesão na coxa esquerda, Pedro recebe “afagos” no Corinthians
Jovem zagueiro saiu de campo lesionado logo aos 25 minutos do primeiro tempo da partida contra a Chapeconese, e deverá ficar afastado entre duas e quatro semanas para se recuperarPedro Henrique sentiu lesão na coxa ainda no primeiro tempo da partida contra a Chapecoense (Rodrigo Gazzanel / Ag. Corinthians)
10/07/2016 10h19

O zagueiro Pedro Henrique foi o destaque na vitória corinthiana por goleada por 4 a 0 sobre o Flamengo e o assunto da última semana no Corinthians, mas se contundiu na vitória corinthiana de ontm por 2x0 sobre Chapecoense, no sábado (9 de julho), na Arena Condá. O jogador sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda logo aos 25 minutos da etapa inicial e teve de ser substituído por Yago. Ele será reavaliado pelo departamento médico nesta terça, mas deve ficar entre duas e quatro semanas longe dos gramados.

Bastante desapontado, ele saiu no carrinho de maca reclamando de dores e levando as mãos à cabeça, como se soubesse que perdeu a chance de emendar uma sequência ainda maior como titular.

“Qualquer lesão deixa a gente preocupado. Logicamente, a avaliação melhor vai ser depois. Foi uma pena porque estava todo mundo voltando do departamento médico, infelizmente ele acabou sentindo”, comentou o técnico Cristóvão Borges, que viu Elias, Willians, André e Bruno Paulo ficarem à disposição durante os últimos dias.

Além deles, Cristian também já corre no gramado do CT Joaquim Grava durante as atividades do elenco e está perto de um retorno. Antes, o meia Danilo e o zagueiro Yago já haviam se colocado em condições de atuar. Além de Pedro, ele também não terá nos próximos jogos o volante Camacho, com lesão semelhante à do jovem zagueiro.

“Ele teve essa lesão, sentimos muito, mas agora só tem que ter calma, curar bem, porque, se não estiver bem curado, bater e voltar no campo é pior”, aconselhou o meia Marquinhos Gabriel, um dos poucos do atual elenco que passou ileso por possíveis contusões.

Para o próximo domingo, dia 17, na Arena Corinthians, Cristóvão terá como opções para montar a zaga tanto Yago e Balbuena, que formaram a dupla no restante da partida contra a Chape, quanto Vilson, que não foi relacionado por conta de dores no tornozelo direito. Além deles, o garoto Leozão, de 17 anos, é a quarta opção dos alvinegros.

Com 28 pontos conquistados, o Corinthians é colíder do brasileirão 2016







Corinthians nega boato de que estaria acertado com veterano atacante peruano Farfán

Atrás de atacantes desde o início do ano, o Corinthians nega os boatos e que possa anunciar, a qualquer momento, mais um reforço para o setor. Mas, segundo o jornal peruano Todo Sport, o atacante Jefferson Farfán estaria acertado com o Timão, e anúncio poderia ser feito nas próximas horas.

Ainda de acordo com o veículo, o jogador deve viajar para os Emirados Árabes, onde tem contrato com o Al-Jazira, para se desvincular de seu clube, e vir sem custos para o time de Cristóvão Borges, que teria exigido sua contratação, já que busca há algumas semanas um jogador que possa atuar no setor ofensivo da equipe.

 O Corinthians é colíder do brasileirão 2016 e conta para seu ataque com Luciano, Romero, Lucca, André (contundido) e ainda pode contar com Alexandre Pato




10/07/2016 07h05

Análise: Corinthians não é brilhante, mas tem seu padrão na era Cristóvão
Time vence a quarta partida seguida nos 2 a 0 sobre a Chape. Com Fagner mais envolvido e posse de bola maior, técnico consegue aos poucos colocar seu estilo


Por Diego Ribeiro

São cinco jogos, quatro vitórias seguidas. Cristóvão Borges está há menos de um mês no comando do Corinthians, mas já tem seus méritos para deixar o time na cola da liderança do Campeonato Brasileiro. Se não é brilhante, o Timão se mostra eficiente. Numa competição por pontos corridos, a regularidade é fundamental.

Foi assim neste sábado, na vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre a Chapecoense. O padrão foi o mesmo dos últimos jogos. Um Corinthians seguro na defesa, sabendo suportar a pressão do adversário,mas se mostrando letal quando consegue trocar passes e armar contra-ataques.


A ideia de Cristóvão, a médio e longo prazo, é ter um Corinthians com controle maior dos jogos, posse de bola e veia ofensiva. No jogo contra o Flamengo, isso só aconteceu no segundo tempo.Contra a Chape, houve evolução: 56% de posse de bola, 277 passes certos trocados, contra 180 do rival, e 14 finalizações, contra oito da equipe de Chapecó.

Rodriguinho comemora gol do Corinthians; meia esteve mais presente no ataque (Foto: Jardel da Costa/Futura Press)


A vitória levou o Corinthians aos 28 pontos, e a coliderança. O Timão só volta a campo no próximo domingo, contra 5P, na Arena Corinthians.


O JOGO

O Corinthians tem demorado a entrar nos jogosporque erra muitos passes – algo que irrita o quase sempre sereno Cristóvão. Contra a Chape, foram 37: 22 deles no primeiro tempo.

Com semanas mais livres para treinar, o passe é a principal preocupação do técnico para os próximos jogos do Campeonato Brasileiro.

Para errar menos, é preciso maior aproximação. Por isso, as triangulações têm voltado aos poucos para o repertório corintiano. Cristóvão Borges começou sua passagem pelo clube com muita liberdade a Uendel, mas também era preciso envolver Fagner no jogo.
Na vitória corinthiana de ontem, o lateral-direito chegou mais perto das obrigações que tinha sob o comando de Tite: ele teve 26 passes certos, contra 27 de Uendel. O que mostra o equilíbrio entre as laterais que o novo técnico tem buscado.

Com eles, as triangulações sempre foram naturais.Uendel com Marquinhos Gabriel e Giovanni, Fagner com Romero e Rodriguinho. Este, aliás, também teve maior liberdade para atacar e, por vezes, ultrapassar a linha de três meias corintianos.


No primeiro tempo, a Chapecoense conseguiu bloquear essas trocas de passes, e o Corinthians, nos primeiros 40 minutos, só teve uma finalização a gol. Cristóvão corrigiu o problema aproximando ainda mais os setores. Correndo mais riscos na defesa, é verdade, mas conseguindo se fazer presente no ataque. Assim o Corinthians conseguiu sua quarta vitória seguida e é colíder do brasileirão com 28pontos





Assim, a segunda etapa começou diferente. O Corinthians ficou com a bola, finalizou mais e fez o gol ser questão de tempo. Aos 2 minutos, chegou a marcar com Balbuena, de cabeça – mas o gol foi mal anulado pelo auxiliar Pablo Almeida da Costa

Aos 14 minutos, Rodriguinho se lançou ao ataque, ultrapassou a linha dos meias e recebeu de Giovanni Augusto para fazer 1 a 0. Na hora do gol, quatro jogadores estão próximos na entrada da área: além de Rodriguinho, há Fagner, Romero e Marquinhos Gabriel. E Luciano, na área, em posição de impedimento, mas sem participar da jogada. Gol legal.

Rodriguinho aparece no ataque e dá vantagem numérica ao Corinthians;

A vantagem no placar deixou o Corinthians ainda mais confortável, jogando por um contra-ataque. Foi assim em Corinthians 4x0 Flamengo, foi assim em Corinthians 2x0 Chape.

Nos acréscimos, uma bola lançada por Fagner em profundidade encontrou Marquinhos Gabriel livre para fechar o jogo.


O QUE PODE MELHORAR?


O Corinthians vem evoluindo em seu momento ofensivo, mas uma peça ainda parece desconfortável. Giovanni Augusto deu a assistência para o gol de Rodriguinho, mas perdeu muitas bolas e mostrou que precisa de tempo para se adaptar à função de um armador central. Guilherme entrou em seu lugar e, mais uma vez, mostrou qualidade.

Na defesa, a bola aérea tem sido vulnerável. A saída de Pedro Henrique, lesionado, e a entrada de Yago não mudaram o panorama. A Chape criou suas melhores chances pelo alto.

Domingo que vem, a expectativa é de um Corinthians com novas evoluções, jogando em sua Arena Corinthians. Cristóvão Borges tem mais uma semana livre para dar sua cara ao time.

Uendel (em preto) cochila na marcação; Thiego (verde) quase marca. Bola aérea defensiva do Corinthians pode melhorar













10/07/2016 11h40 - Atualizado em 10/07/2016 11h40

Bancado por Cristóvão, Cássio dá boa resposta e atinge marca no Timão
Com a retomada da segurança, goleiro passa em branco contra a Chapecoense, em terceiro jogo consecutivo sem ser vazado. Goleiro alcança 236 jogos no Corinthians


Por GloboEsporte.com
O goleiro Cássio deu ao técnico Cristóvão Borges a resposta que ele queria ao bancá-lo como titular da equipe do Corinthians.


Intransponível há três jogos, o camisa 12 do Corinthians passou ileso outra vez na vitória corinthiana por 2 a 0 contra a Chapecoense, com uma boa defesa em chute de Ananias, no primeiro tempo 

Na semana passada, na vitória do Corinthians em goleada por 4 a 0 sobre Flamengo, foi fundamental ao garantir o zero no placar realizando defesas complicadas. Antes, havia saído de campo em branco na vitória corinthiana por 2 a 0 sobr América-MG, com menos trabalho.


Ídolo dos corinthianos, integrante do Corinthians campeão da América e bicampeão do mundo 2012, Cássio chegou a 236 jogos com a camisa do Timão, igualando-se a Bino (que jogou entre 1943 e 1951) como o quarto goleiro com o maior número de partidas pelo clube. À frente dele, estão apenas Cabeção, com 326 jogos, Gilmar, com 395, e Ronaldo, com 601.

Cássio e Balbuena no vestiário da Arena Condá, antes da vitória (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)
O Timão ostenta a melhor defesa da competição, com apenas 10 gols sofridos em 14 rodadas (média de 0,71 por jogo).








10/07/2016 11h50

Corinthians nega boato: Imprensa peruana coloca segundo “reforço” no Timão, que nega
Jefferson Farfán, de 31 anos, é notícia no Peru por causa de possível acordo com o Corinthians. No início da semana, meia também teve nome ligado ao clube


Por GloboEsporte.com

Pela segunda vez em uma semana, a imprensa do Peru noticiou o interesse do Corinthians em um jogador da seleção do país. Desta vez, o jornal Todo Sport publicou neste domingo o possível acerto do clube com o atacante Jefferson Farfán, de 31 anos, que defende o Al-Jazira, dos Emirados Árabes Unidos. A diretoria alvinegra nega qualquer chance de negócio.


No domingo passado, jornais peruanos também mostraram que o Corinthians queria a contratação do meio-campista Alejandro Hohberg, do Universidad Cesar Vallejo. A diretoria negou prontamente a possibilidade, que não se concretizou.


De acordo com o Todo Sport, Farfán está acertado com o Corinthians e vai ao Oriente Médio tentar a liberação de seu clube. Desta maneira, o jogador chegaria de graça ao Timão.







Corinthians tem acerto com atacante peruano Farfán, segundo jornal

Em busca de um atacante para o segundo semestre, Timão teria acordo com jogador de 31 anos, que deve pedir liberação do Al-Jazira, clube dos Emirados Árabes Unidos

Farfán tem acerto com o Corinthians, segundo jornal peruano 

O atacante peruano Jefferson Farfán pode ser reforço do Corinthians para a sequência da temporada. É o que afirma o jornal "Todo Sport" do Peru em sua edição deste domingo.

Segundo a publicação, o Timão já tem um acerto com o atleta de 31 anos, que tentaria ser liberado sem custos pelo Al-Jazira dos Emirados Árabes Unidos.
O Corinthians tem o ataque como prioridade na busca de reforços neste meio de ano. Mesmo com o retorno de Alexandre Pato, o clube segue procurando alternativas.

Formado no Alianza Lima, do Peru, Farnfán passou pelo PSV, da Holanda, e depois foi ao Schalke 04, da Alemanha, clube que defendeu por cerca de sete anos.














10/07/2016 13h26
Corinthians busca outro lateral direito para reserva de Fagner Sem liberação, Gilberto fica na Itália;
Lateral-direito não consegue convencer a Fiorentina para emprestá-lo ao Timão. Sem ele, time se concentra em negociação com Otálvaro, do Santa Fe


Por Diego Ribeiro

O lateral-direito Gilberto tentou, mas não conseguiu a liberação por empréstimo da Fiorentina para defender o Corinthians no segundo semestre de 2016. A diretoria alvinegra foi informada pelo jogador e seus representantes que não houve acordo com o clube italiano, que só aceitava negociá-lo com alguma compensação financeira.

O Corinthians não quer gastar para contratar um reserva para Fagner. Sem Gilberto, o clube concentra esforços no colombiano Sergio Otálvaro, do Independiente Santa Fe, que se tornou opção para o setor nos últimos dias.

Gilberto viajou à Itália no início da semana para tentar sua liberação. Ele passou o último semestre emprestado ao Hellas Verona, do mesmo país, e se reapresentou à Fiorentina para resolver seu futuro. O clube quer vê-lo jogando, e no Corinthians ele seria apenas alternativa na eventual ausência de Fagner. Com isso, o Timão também descartou o negócio.


A bola da vez passa a ser Otálvaro. Aos 29 anos, o jogador enfrentou o Corinthians duas vezes em 2016 durante a fase de grupos da Taça Libertadores e teve boas atuações. Ele passou a ser observado nos últimos dias por integrantes da comissão técnica e da diretoria de futebol.


Otálvaro se encaixa no perfil de custo reduzido que o Timão procura para suprir a carência do setor. Ele tem contrato com a equipe de Bogotá até o fim de 2016, o que facilitaria o acordo entre as partes. Além disso, os salários são baixos para o padrão brasileiro.

A reserva de Fagner ficou vaga desde a transferência de Edilson. O garoto Léo Príncipe voltou do empréstimo ao Oeste e passou a treinar com o elenco, mas ainda não recebeu oportunidades.

O Corinthians se movimenta no mercado de transferências para contratar ainda mais dois jogadores. A diretoria tenta encontrar um zagueiro e um centroavante. Os nomes estão sendo mantidos em sigilo.











Timão busca outra opção para lateral
Fiorentina não libera Gilberto Clube italiano não deseja emprestar jogador para ele ser reserva, como era tendência ocorrer no Corinthians, disputando posição com Fagner. Alvinegro procura alternativas

O lateral-direito Gilberto ficou mais distante do Corinthians. Embora tivesse um acerto verbal para defender o Timão, o jogador não conseguiu ser emprestado pela Fiorentina (ITA) e seguirá por enquanto no clube italiano.

Gilberto se reuniu com a diretoria da Viola nos últimos dias e pediu para ser liberado. Contudo, a Fiorentina entende que no Corinthians ele não teria tantas chances de jogar, já que Fagner é o titular absoluto da posição. Sendo assim, os italianos só aceitaram cedê-lo se houvesse uma compensação financeira, algo que o Timão não quis.

O Corinthians apostava no desejo do atleta, que insistiu nos pedidos para deixar a Itália. Ele já tinha um acerto salarial com o clube de Parque São Jorge.

Agora, o Timão terá de buscar novas opções para a lateral direita. O clube intensificou a procura por reforços no setor depois que Edílson pediu para ser liberado para o Grêmio. O clube chamou de volta o jovem Léo Príncipe, que estava emprestado ao Oeste Audax, mas diretoria e comissão técnica ainda não o veem preparado para assumir a condição de titular.