8 de jul de 2016

CORINTHIANS 08/07/2016









Corinthians futsal 2x3  Assoeva na 14ª rodada da Liga Nacional de Futsal

Timão volta a jogar pela LNF contra o Umuarama, no próximo sábado (16), às 21h30, no ginásio Amário Vieira, em Umuarama-PR, com transmissão ao vivo do SporTV


22h40 08/07/2016 - Agência Corinthians




Com 17 segundos para o fim da partida, o Timão teve a grande chance de empatar com Marcel

© Yuri Gomes


Nesta sexta-feira (08), o Corinthians/UNIP perdeu para Assoeva por 3 a 2 no Ginásio do Parque São Jorge, em jogo válido pela 14ª rodada da Liga Nacional de Futsal. Os gols do Alvinegro foram marcados por Pepita e Marcel. Com o resultado, o Timão mantém os 20 pontos, agora em sétimo na tabela de classificação.

A partida começou pegada e com bastante movimentação por ambas as equipes. Aos 13 minutos, a equipe de Venâncio Aires abriu o placar após cobrança de escanteio e chute de Bagatini. Sete minutos depois, mais um do adversário, Thiaguinho em cobrança de falta na frente da área.

O primeiro gol corinthiano veio 15 segundos depois do segundo da Assoeva. Pepita tabelou com Edgard, recebeu aberto na esquerda e chutou cruzado para diminuir a desvantagem. Restando 20 segundos para o fim do primeiro tempo, em contra-ataque, Valdin ampliou para o time gaúcho.

O segundo tempo foi todo do Corinthians. Após três minutos de bola rolando, em saída de bola com ótima troca de passes, Deives recebeu na esquerda e carregou a redonda até a linha de fundo. O camisa 10 tentou a cavada, a bola bateu no goleiro Quinzinho e sobrou para Marcel marcar o segundo do Timão.

O Coringão manteve a posse de bola e pressionou a equipe adversária. Restando cinco minutos para o apito final, o comandante André Bié optou pela tática do goleiro linha.

Com 17 segundos para o fim da partida, o Timão teve a grande chance de empatar. Após toque de bola envolvente na quadra de ataque, Marcel recebeu aberto na direita, dominou e chutou forte no ângulo oposto da meta gaúcha. Quinzinho, com a ponta dos dedos, espalmou para escanteio.

O Corinthians/UNIP volta a jogar pela LNF contra o Umuarama, no próximo sábado (16), às 21h30, no ginásio Amário Vieira, em Umuarama-PR, com transmissão ao vivo do SporTV.

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.





08/07/2016 22h52

Corinthians é superado pela Assoeva

Por SporTV.com



O Corinthians conheceu nesta sexta-feira a sua quinta derrota na Liga Nacional de Futsal (LNF) 2016. Jogando no ginásio do Parque São Jorge o Timão foi superado por 3 a 2 pela Assoeva. Com o resultado, o Alvinegro se distanciou ainda mais do topo da tabela, e é sétimo colocado, na zona de classificação


O Timão volta a jogar pela LNF apenas no dia 16. O adversário é o Umuarama no ginásio Amário Vieira, em Umuarama.







O Corinthians atua pelo Brasileirão nesta 14ª rodada e precisa vencer a Chapecoense,

Vindo de três vitórias consecutivas, o técnico Cristóvão Borges manterá a escalação do Corinthians para esta partida. Embora tenha voltado a treinar no Timão nesta semana, o atacante Alexandre Pato nem sequer foi relacionado para o confronto. 

chap x CORINTHIANS
Brasileiro 2016 13ª rodada
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG-FIFA)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa (MG) e (Celso Luiz da Silva)
Parcial de ingressos: Não divulgada.
Onde assistir: Globo, Premiere e tempo real no LANCE!

Chapecoense: Marcelo Boeck, Gimenez, Demerson, Thiego e Dener; Sérgio Manoel, Gil, Cleber Santana e Silvinho; Ananias e Bruno Rangel. Técnico: Caio Júnior.

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Romero, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Luciano. Técnico: Tite.

Desfalques da Chapecoense: Josimar (suspenso) e Rafael Lima, Marcelo, Neném e Neto (machucados).

Desfalques do Corinthians: André, Bruno Paulo, Camacho, Cristian, Elias e Vilson (machucados) e Pato (sem ritmo de jogo).







Corinthians fará arraial na Arena antes de majestoso

Evento é restrito a torcedores que já compraram ingresso para a partida e custa R$ 180. Haverá show sertanejo, comidas típicas e até bebidas alcoólicas em camarote do estádio


O Corinthians fará uma festa julina na Arena antes do clássico contra o São Paulo, no próximo domingo, dia 17. O arraial acontecerá a partir das 11h em um camarote de festa do estádio, com ingressos limitados e vendidos a R$ 180. Só podem participar do evento torcedores que já compraram entrada para o Majestoso.

Segundo o clube, o evento terá um show sertanejo, além de comidas e bebidas típicas à vontade. Cerveja, vinho quente e quentão serão oferecidos só até duas horas antes do jogo, por serem alcoólicos.

O torcedor que quiser marcar presença na festa precisa comprar o ingresso pelo site do programa Fiel Torcedor.

No mês passado, o Timão realizou uma roda de samba com churrasco no local, antes de jogo contra o Botafogo. O evento teve bom público e fez com que a diretoria planejasse mais ações do tipo.
















Corinthians põe demais ingressos para majestoso à venda pela internet
Compra online para a Fiel será feita até as 8h do próximo domingo (17), dia do clássico Majestoso na Arena Corinthians


15h00 08/07/2016 - Agência Corinthians
No próximo domingo (17), tem clássico Majestoso na Arena Corinthians. O Corinthians recebe 5P em casa pelo Campeonato Brasileiro 2016, às 16h. Os ingressos para essa partida estão à venda na internet – para sócios e não sócios do Fiel Torcedor – pelo www.fieltorcedor.com.br/ingressos.


As entradas estarão disponíveis para compra na internet até as 8h do dia do jogo.







Confira a equipe de arbitragem completa para jogo doCorinthians amanhã em chapecó:


Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro – MG (FIFA)


Árbitro assistente 1: Pablo Almeida da Costa – MG (ASP- FIFA)


Árbitro assistente 2: Celso Luiz da Silva – MG (CBF-1)


Quarto árbitro: Ronan Marques da Rosa – SC (CBF-2)






Cristóvão comemora manutenção da escalação do Corinthians e ganha reforços no banco

Helder Júnior -

08/07/2016 15:11:26





Danilo voltará a ser opção no banco de reservas do Corinthians (foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)


O Corinthians repetirá pela quarta vez a escalação vitoriosa diante de Santa Cruz, América-MG e Flamengo. Contra a Chapecoense, na tarde deste sábado, na Arena Condá, o técnico Cristóvão Borges ganhou alguns reforços, porém preferiu não mexer no time que está ganhando.

“A tendência é que a gente inicie com a equipe do último jogo. A não ser que aconteça alguma coisa no meio do caminho”, comentou o comandante corintiano após o treinamento da manhã desta sexta-feira, o último preparatório para a partida.

Cristóvão teria novas opções se quisesse mudar o Corinthians. Ele voltou a relacionar, por exemplo, o zagueiro Yago (livre de um edema ósseo no tornozelo esquerdo), o volante Willians (recuperado de lesão muscular na coxa direita) e o meia Danilo (que não reclama mais de contusão na panturrilha direita) nesse compromisso.

“A competição é longa, então há necessidade de termos um grupo maior. Agora, já recebemos os reforços de alguns jogadores que estavam lesionados. Três deles irão para o jogo contra a Chapecoense”, celebrou Cristóvão.

Enfim apresentado como novo jogador do Corinthians, o atacante Bruno Paulo também não sente mais dores no pé esquerdo operado, mas precisará esperar um pouco mais para atuar. Assim como os volantes Elias, que fraturou a costela, Cristian, com a coxa esquerda contundida, e Camacho, também com a coxa esquerda machucada, e o centroavante André, com uma hérnia inguinal corrigida recentemente.

As novidades na relação do Corinthians fizeram alguns garotos perder espaço. O goleiro Caique, o lateral direito Léo Príncipe e o centroavante Isaac não acompanharão o Corinthians de Cristóvão Borges em Chapecó.

Já o zagueiro Vilson chiou de dores no tornozelo direito e aumentou a lista de desfalques da equipe. A baixa permitirá que o prata da casa Léo tenha mais uma oportunidade no banco de reservas corintiano.

Confira os relacionados do Corinthians para a partida deste sábado:

Goleiros: Cássio e Walter
Laterais: Fagner, Guilherme Arana e Uendel
Zagueiros: Balbuena, Léo, Pedro Henrique e Yago
Volantes: Bruno Henrique, Maycon, Rodriguinho e Willians
Meias: Danilo, Giovanni Augusto, Guilherme, Marlone e Marquinhos Gabriel
Atacantes: Romero, Lucca, Luciano e Rildo






Cristovão Borges celebra boa sequência em início de trabalho no Corinthians: “Estamos caminhando bem”

Técnico do Corinthians adiantou que deve repetir escalação titular pela quarta vez seguida na partida contra a Chapecoense, fora de casa


13h55 08/07/2016 - Agência Corinthians




''É natural oscilar na remontagem de equipe. Conseguimos dar esse equilíbrio'', disse o técnico do Corinthians

© Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Na manhã desta sexta-feira (08), o Corinthians finalizou a preparação para o duelo contra a Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro 2016, que será realizado neste sábado (09), às 16h30, na Arena Condá, em Chapecó-SC. Após o trabalho, o técnico Cristóvão Borges concedeu entrevista coletiva e afirmou que provavelmente levará a campo a mesma equipe titular dos últimos três jogos do Alvinegro.

“Tendência que se inicie com a equipe do último jogo, salvo alguma coisinha, mas a tendência é essa”, disse Cristovão. Se nenhuma “coisinha” atrapalhar, o Corinthians deve entrar em campo com Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Romero e Luciano.

De acordo com o treinador, repetir a equipe por três jogos seguidos foi importante para o crescimento do Timão na competição, na vice-liderança e consolidado no G4, e o início de trabalho dele no clube.

“A equipe do primeiro jogo se defendia muito bem, mas a gente precisava equilibrar para ter o mesmo peso no ataque. Conseguimos isso nos jogos seguintes, pelo menos em alguns momentos, é natural oscilar na remontagem de equipe. Conseguimos dar esse equilíbrio. Estamos caminhando bem”, afirmou Cristovão.

O técnico ainda fez um balanço sobre as primeiras três semanas no comando do Corinthians. A partida em Santa Catarina será a quinta dele no Alvinegro, com três vitórias e uma derrota. “Essa facilidade de ter resolvido alguns ruídos que aconteceram desde a minha chegada. Jogador gosta das coisas claras e diretas. Problemas no futebol são diários, mas temos de resolver”, finalizou.





08/07/2016 12h41

Cristóvão banca a permanência de Marlone no Corinthians: "Quer ficar"
Técnico diz que dará oportunidades ao meia-atacante de 24 anos. Jogador recebeu uma sondagem do Sport e daria uma resposta sobre o futuro até segunda-feira


Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

Cristóvão Borges ouviu da boca de Marlone que o meia-atacante não pretende trocar o Corinthians pelo Sport. Ainda sem ter jogado com o treinador, que vai para o seu quinto jogo à frente do Corinthians neste sábado, às 16h30, contra a Chapecoense, o jogador foi sondado pelo clube pernambucano e ficou de pensar. A resposta, porém, será "não".

– Pretendo utilizá-lo, conversei com o jogador, nada disso é verdade. Ele me disse que o desejo dele é continuar no Corinthians. Todos terão oportunidade, foi o que eu disse para ele. Marlone disse que quer continuar, quer ficar aqui – garantiu o treinador.

Contratado no início do ano após boa passagem pelo clube rubro-negro, Marlone recebeu poucas oportunidades com Tite. Com a chegada de Cristóvão, com quem trabalhou no Vasco e Fluminense, o jogador dizia acreditar que poderia receber mais chances. Até o momento, porém, ficou nos últimos 4 jogos.

Cristóvão cumprimenta Marlone no Timão (Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians)


Nesta semana, o empresário Reginaldo Duarte deu entrevistas dizendo que o Sport havia pedido o empréstimo do jogador até o fim do ano e que Marlone daria uma resposta até segunda-feira. Com contrato até 31 de dezembro de 2019, o jogador custou R$ 4 milhões aos cofres do Timão, que adquiriu 50% dos seus direitos econômicos. Ele tem 14 jogos e dois gols.


Veja informações do Timão:

Próximo adversário: Chapecoense
Local: Arena Condá, Chapecó (SC)
Data e horário: sábado, às 16h30 (horário de Brasília)
Escalação: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Romero, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Luciano.
Desfalques: Vilson, André, Bruno Paulo, Elias, Camacho e Cristian
Pendurados: Guilherme, Pedro Henrique, André, Bruno Henrique e Fagner
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG), Pablo Almeida da Costa (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)






HÁ BOATOS DE QUE CORINTHIANS POSSA TENTAR VOLTA DE ZAGUEIRO GIL E VINDA DE ATACANTE DIEGO TARDELLI, QUE QUEREM DEIXAR O SHANDONG LUNENG CHINA














08/07/2016 13h23

Cristóvão conversa com Pato e fica animado: "Podemos contar com ele"
Técnico do Corinthians tem papo de dez minutos com jogador, que é o último a deixar treino pelo segundo dia seguido. Reestreia pelo Timão está próxima de acontecer


Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

Uma conversa de dez minutos depois do treino desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, deixou o técnico Cristóvão Borges mais confiante sobre a situação de Alexandre Pato no Corinthians. O atacante se mostrou disposto a reestrear logo com a camisa alvinegra e, pelo segundo dia seguido, foi o último a deixar o campo.


Alexandre Pato e Cristóvão Borges conversam durante treino do Corinthians (Foto: Diego Ribeiro)

Cristóvão e Pato conversaram sobre a preparação física do jogador, a possibilidade de ele deixar o clube e a disposição em voltar a defender o Corinthians.


– Não temos tido muito tempo para conversar, jogos, viagens, tinha tido só uma conversa com ele na chegada. Hoje batemos um papo, conversamos da situação, de treinamento, da preparação, como ele está, o que acha. Está motivado, com vontade, isso nos deixa contente – afirmou Cristóvão Borges.


Pato voltou ao Corinthians em boas condições físicas porque trabalhou em uma academia durante os 40 dias sem jogar. Ele começou a treinar com bola nesta quinta-feira. Na sexta, participou de uma atividade tática com os reservas do Timão. A tendência é de que ele possa estar à disposição do clássico contra o São Paulo, dia 17 de julho.


– Faltam uns dias para isso (reestreia), pelo tempo que ele ficou parado. Mas vamos contar com ele, isso que queremos, ele está com vontade de jogar. Disse que podemos contar com ele. Quando estiver pronto, vai participar – destacou o técnico.

Nem mesmo os possíveis problemas extracampo incomodam Cristóvão, que vê Pato motivado para mudar a relação que tem com parte da torcida.


– Pato tem noção das situações, de tudo que o rodeia, conversamos sobre isso. Essas coisas são resolvidas dentro de campo. Como ele é talentoso, será tudo resolvido, vamos ajudá-lo. Queremos ver o Corinthians na frente, e ele pode dar contribuição – disse o técnico.

Alexandre Pato durante o treino do Corinthians nesta sexta-feira no CT Joaquim Grava (Foto: Diego Ribeiro)




Pato aguarda a definição de seu futuro. O empresário Gilmar Veloz está na Itália, onde negocia com o Lazio e outros clubes – a saída do técnico Marcelo Bielsa da equipe italiana, por enquanto, não muda o panorama da negociação. A janela europeia de transferências fecha no próximo dia 31 de julho.

Ainda sem Pato, o Corinthians enfrenta a Chapecoense neste sábado, às 16h30 (horário de Brasília), em Santa Catarina.





8/07/2016 08h30

"Tem muito a contribuir", diz Cristóvão Borges sobre Pato no Corinthians
Mesmo sem saber se atacante permanecerá no Timão, treinador diz que não pode abdicar do jogador. Técnico ainda afirma não ter pressa de ver "time com sua cara"


Por SporTV.com

 Com pouco mais de duas semanas no cargo, o técnico se vê rodeado de desafios diários para lidar e o mais novo, Alexandre Pato, não chega a ser um problema. O chefe, inclusive, quer aproveitar a oportunidade de trabalhar com o atacante


- Ele (Alexandre Pato) ficando no Corinthians, a gente preparando ele, tem muito a contribuir. Então, imagina se eu iria abdicar de um negócio desses? Eu sei que ele tem potencial para ajudar e nós temos que ficar fortes. Estamos buscando isso. E, claro, com o talento dele, com toda a certeza tem contribuição a dar - comentou o técnico.

Depois de passagem pelo Chelsea, Alexandre Pato está de volta ao Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

Problema inerente a todos os treinadores de futebol, a gestão de um grupo grande de jogadores também não tira o sono de Cristóvão Borges. Alegando pensar exclusivamente no sucesso do time, o técnico mantém a serenidade ao falar da intensa disputa pela posição de goleiros.


- O Walter pode se sentir "penalizado" por sair, assim como o Cássio se sentiria se fosse o contrário, como o Guilherme se sentiu quando saiu. Agora, não tem como dirigir um grupo desses e ficar tudo redondo, tudo certinho. Tem que fazer aquilo que é importante para o clube. Nós estamos trabalho para o melhor para o clube - disse.


Consciente da dificuldade em substituir o treinador mais vitorioso da história do Corinthians, Cristóvão Borges afirma não ter pressa para deixar o "time com a sua cara". No entanto, o técnico afirma que já está implementando suas ideias de jogo em prática.


- Eu não posso chegar e, com uma semana aqui, querer ficar mudando as coisas. Até porque não vou mudar nada do que está funcionando bem. Gosto do futebol bem jogado, bonito, com trocas de passes, controle de jogo, mas são coisas que vou acrescentando na medida do possível. Não tenho a menor pressa em dizer que o Corinthians se parece comigo. Quero é que o Corinthians ganhe - concluiu.


No próximo sábado, às 16h30 (horário de Brasília), Cristóvão Borges estará mais uma vez no comando técnico do Corinthians, dessa vez, contra a Chapecoense, na Arena Condá. Com 25 pontos, o time alvinegro ocupa a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, três pontos atrás do rival Palmeiras.




Cristóvão tem papo reservado, elogia, mas não marca data da volta de Pato

Treinador recebeu 'reforço' na última terça-feira e teve conversas no mesmo dia e também nesta sexta, durante 'pré-temporada' do atacante. Ainda sem prazo para ficar à disposição


Cristóvão Borges está ansioso para contar com Alexandre Pato, mas decidiu não estabelecer uma data para o atacante de 26 anos ficar à sua disposição. De volta de empréstimo do Chelsea (ING), Pato se reapresentou ao CT Joaquim Grava na última terça-feira e teve duas conversas particulares com o treinador, sendo a última nesta sexta, após o fim do treinamento dos jogadores que serão titulares na partida de sábado, contra a Chapecoense, fora de casa. Apesar de o jogador ter mostrado disposição para defender o Corinthians em seus últimos seis meses de contrato, ele estava inativo há 40 dias e ainda não atuará.

- Não tem data exata, a data exata vai ser quando ele estiver em forma. Ele está há um tempo parado, existe necessidade de planejar treinamentos e estamos fazendo isso. Agora é esperar ele entrar em forma, participar com todos do grupo e estar apto a jogar. Faltam uns dias, ele ainda vai treinar bastante para jogar, pelo tempo que ficou parado. Mas ele está bastante motivado, me disse para contar com ele e está com vontade de jogar. Quando ele estiver pronto vai participar conosco - esclareceu o treinador corintiano.

Jogador do Corinthians desde 2013, quando foi comprado do Milan (ITA) por R$ 40 milhões, Alexandre Pato foi emprestado pelo clube duas vezes. Seu contrato no clube inglês terminou no último dia 30, mas ainda restam seis meses de vínculo a cumprir no Corinthians. A diretoria deu aval para o jogador ser utilizado enquanto o clube não recebe nenhuma proposta, mas Cristóvão queria uma conversa com o atacante para saber sua disposição de ajudar o Corinthians no Brasileirão e na Copa do Brasil. No comando do Timão há menos de um mês, Cristóvão gostou do que ouviu.

Assim, nas próximas semanas, caso o Corinthians não receba nenhuma oferta - a Lazio, da Itália, tem interesse, mas não formalizou proposta -, Pato segue à disposição e irá se condicionar fisicamente para defender seu clube. E nem as possíveis reações negativas da torcida pesam contra.

- Ele tem noção de tudo que o rodeia, e conversamos um pouco sobre torcida também. Essas coisas todas são resolvidas dentro do campo, e como ele é um jogador altamente talentoso vamos ajudá-lo a resolver. O que queremos é ver o Corinthians na frente e ganhando. Em isso acontecendo ele pode dar uma contribuição muito grande e as coisas seguem, e seguem bem - disse Cristóvão, antes de explicar o conteúdo de seu papo com Alexandre Pato.

- A gente não tem tido muito tempo para conversar, e eu só tive conversa na chegada dele. Hoje (sexta-feira) aproveitamos para bater um papo de treinamentos, preparação, como ele está se sentindo, o que ele acha. Ele está bastante motivado, com muita vontade, e isso nos deixa contentes.

Segundo o treinador, ainda, não há definição do setor do campo em que Pato pode atuar. "Depende da nossa necessidade", explicou Cristóvão.











08/07/2016 12h18

Cristóvão mantém Corinthians para enfrentar a Chape; veja escalação
Em treino fechado, técnico indica os mesmos 11 titulares do treino de quinta-feira. Ideia é repetir escalação das últimas partidas no duelo deste sábado, em Chapecó


Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

O técnico Cristóvão Borges quer dar o máximo de rodagem possível à atual formação do Corinthians. Por isso, ele vai repetir o time das últimas três partidas para o duelo deste sábado contra a Chapecoense, às 16h30 (horário de Brasília), no interior de Santa Catarina.



Em treino fechado na manhã desta sexta-feira, o técnico separou para um treino tático os mesmos 11 titulares que trabalharam no dia anterior.


Pouco depois, em entrevista coletiva, Cristóvão confirmou a intenção de manter a equipe.


– A tendência é de que se inicie com a equipe do último jogo, salvo alguma coisinha, mas a tendência é essa – disse o técnico.


Quando a imprensa teve acesso à atividade, os titulares trabalhavam posicionamento em bolas paradas. Cristóvão armou o Timão com Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Romero, Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto; Luciano. Com os mesmos 11,o Corinthians venceu Santa Cruz (2 a 1), América-MG (2 a 0) e Flamengo (4 a 0).

Opção no banco de reservas contra o time carioca, o goleiro Walter seguirá na reserva. O zagueiro Vilson, que também foi opção domingo, está fora. O zagueiro Yago, o volante Willians e o meia Danilo estão entre os relacionados.


Alexandre Pato, em seu quarto dia de treinos, trabalhou com bola ao lado dos reservas, mas ainda precisa de mais tempo para retomar a forma física. O clube não tem data certa para a reestreia do atacante, que tem proposta do Lazio e pode deixar o clube nos próximos dias.


Veja as informações do Corinthians para a próxima partida:
Próximo adversário: Chapecoense
Local: Arena Condá, Chapecó (SC)
Data e horário: sábado, às 16h30 (horário de Brasília)
Escalação: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Romero, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Luciano.
Desfalques: Vilson, André, Bruno Paulo, Elias, Camacho e Cristian
Pendurados: Guilherme, Pedro Henrique, André, Bruno Henrique e Fagner
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG), Pablo Almeida da Costa (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 15h30








Giovanni Augusto treina cobranças de falta. Time será o mesmo contra a Chapecoense (Fo







BATE-BOLA com PEDRO HENRIQUE
ZAGUEIRO DO CORINTHIANS, ao L!

Felipe vendido, Yago e Vilson lesionados, Balbuena na seleção do Paraguai... você fez alguma magia para virar titular no Corinthians?
(Risos) Não fiz nada, simplesmente comecei a trabalhar firme e forte, e acho que Deus ajuda a quem trabalha. Eu esperei o momento e quando apareceu a chance eu aproveitei da melhor maneira possível. A sequência está boa, recebendo a confiança de todos os companheiros e do professor Cristóvão. Eu nunca imaginava ser titular da zaga do Corinthians, mas também via que só precisava de uma oportunidade para mostrar que tinha potencial. Agora não quero sair mais.

Apesar de tudo isso de trabalho, que você falou, também se considera um cara sortudo?
Tem um pouco de sorte, mas também tem muito trabalho, as duas coisas. Vinha me dedicando ao máximo, focado nos treinos e os trabalhos que passavam, treinando complemento também, para executar meu trabalho bem feito e não sair mais.

Todos aqui dentro do Corinthians elogiam sua personalidade forte. Isso ajuda no dia a dia?
Ajuda sim. Se você não tiver personalidade não tem como jogar futebol. Eu fiquei três anos no profissional e nunca desanimei. Quando apareceu a brecha de jogar eu mostrei essa personalidade, é o que a torcida queria, a diretoria queria, e graças a Deus está dando certo.

Como foi quando você subiu para o profissional pela primeira vez?
Subi em 2014, com Mano Menezes. E quando cheguei tinha Paulo André, Cleber, Gil, Felipe e o Wanderson, e eu era o quinto. Depois com a saída do Paulo André chegou o Anderson Martins, o Wanderson saiu e ficamos nós cinco.

Mas desde quando está no Corinthians?
Vim no fim de 2011. Comecei com oito anos, porque meu irmão também foi jogador e eu me espelhei nele. Quando eu tinha cinco anos queria treinar com meu irmão, mas minha mãe não deixava. Aí quando completei oito anos ela deixou e fui para escolinha. Depois da escolinha fui para o Imbituba Futebol Clube, disputei um Catarinense na base. Aí teve um Campeonato Brasileiro sub-15 em que na nossa chave tinha Corinthians, Atlético-PR e mais um time que não lembro. Aí fui bem, surgiram propostas, mas preferi vir para o Corinthians e fiz minha base toda, do juvenil até o profissional.
'No começo ninguém acreditava em mim. O pessoal me chamava muito de chorão na cidade, porque eu chorava de saudade da minha mãe, da minha família, e todo mundo ria. Só quem era da minha família é que acreditava em mim', disse Pedro Henrique

Fale mais sobre seu irmão jogador...
Pois é, teve isso. Ele acabou desistindo quando ia para a Europa. Chama Luiz Antônio, hoje tem 27 anos, mas me inspirou para o restante da carreira. Ele desistiu por problemas pessoais mesmo. Ali eu vi que estava no caminho certo também e eu e minha mãe sentamos e decidimos que eu focaria na carreira. Ele é uma inspiração para mim, porque se não fosse ele eu não estaria aqui hoje. É por ele que estou aqui hoje.

E sua família é toda de Imbituba mesmo? O que seus entes queridos fazem hoje em dia?
Toda de Imbituba, em Santa Catarina. Tem alguns familiares que moram em Lauro Muller, onde eu nasci, mas fui criado em Imbituba. Minha mãe é assistente social, meu pai é motorista da Prefeitura da cidade, trabalha para a APAE de lá e meu irmão hoje trabalha no porto de Imbituba. Hoje meus pais (Renato e Denise) são separados, e meu pai teve mais dois filhos (Renato e Beatriz).

Você também é ligado neste lado social, como seus pais?
Meu pai ajuda muito essas pessoas, fiquei de passar lá, pretendo visitar o pessoal. Minha cidade é muito humilde, então pretendo fazer algo lá também, nesse lado social.

E como foi seu início de carreira?
No começo ninguém acreditava em mim. O pessoal me chamava muito de chorão na cidade, porque eu chorava de saudade da minha mãe, da minha família, e todo mundo ria. Só quem era da minha família é que acreditava em mim. Aí um dia surgiu o Imbituba, e meu técnico era o Arílson, meia que foi do Grêmio em 1995. Ele chegou para mim e disse: você tem potencial, vai estourar, tu vai dar certo no futebol. Desde ali eu me dediquei mais e mais.

Do lado financeiro, você teve dificuldades no começo também?
Tive algumas dificuldades, porque minha mãe recebia pouco para sustentar dois filhos com diferença de sete anos. Era difícil, faltava dinheiro para gasolina, para levar a gente nos treinos. Quem me ajudou muito nisso foi minha avó, Maria do Carmo, que hoje não está mais entre nós... mas graças a Deus ela ajudou a gente nesse momento (interrompe, chorando).

Entre outras coisas, é disso que você tira força?
Tiro bastante força disso, sim. Até me emociono um pouco de falar da minha avó, mas é dessas lições que tiro minha força para seguir em frente e me tornar um grande zagueiro.

Você falou em dificuldades financeiras no passado, e seu contrato foi renovado neste ano. O que fez com o primeiro salário?
Eu ajudei a minha mãe, morava aqui e mandava dinheiro para ajudar eles lá. Agora na renovação ajudei de novo, ela e meu irmão. Tudo o que estiver ao meu alcance eu ajudo, e pretendo continuar ajudando para o resto da minha carreira. Hoje já é mais tranquilo, porque antes passávamos um pouco de dificuldade, mas hoje tudo caminhando, graças a Deus.

Você é religioso?
Um pouco. Acredito muito em Deus, sou grato a Ele por tudo o que fez na minha vida. Sou católico, costumo ir na Igreja com meus amigos aqui, Yago, Marlone. Nós fazemos nós mesmos os cultos. Ontem fui à Igreja do Padre Roberto, ele me deu bênção e agradeci muito a Deus.

Sua trajetória aqui no Corinthians também teve percalços antes dessa sequência como titular, não é?
Cheguei aqui no fim de 2011 para o sub-17 e surgiu a oportunidade de ser emprestado ao Flamengo de Guarulhos, já que não seríamos aproveitados de imediato. Disputei a Taça São Paulo, aí veio férias, voltei e integrei o Corinthians de novo. Fiquei um tempo com o Émerson Ávila, depois ele saiu e assumiu o Osmar, onde tive maior aproveitamento e fomos para a final da Taça, perdemos para o Santos. Mas no ano seguinte ganhamos quase todos os torneios de base e as coisas deram certo.

Quem são seus melhores amigos no elenco hoje em dia?
Falo com todo mundo, mas próximos são Yago, Marlone, Léo Príncipe, Maycon, Arana, Caique França, todos meus amigos. Mas todos me dão força, me passam experiência, me dão conselhos nos treinos. Agradeço a eles por isso.

E o que faz no seu tempo livre? Curte música?
Curto alguns louvores, mas pagode e sertanejo. Eu sou mais caseiro, até disse que fui no Padre ontem. Mas quando tenho folga eu tento ir para a minha cidade, ou fico mesmo em casa com minha esposa. Estamos juntos há um ano e oito meses, vai fazer dois anos, casei jovem. Foi amor à primeira vista. Conheci ela na minha cidade e ela veio na mala também (risos).

E já está pensando em aumentar a família?
A gente pensa, porque eu gosto muito de criança. Estamos planejando para quem sabe ano que vem sair um craque, um jogador.

Tem muita criança na família?
Tenho primos pequenos, meus irmãozinhos, além das filhas do Yago e do Marlone. Já dá uma vontade de ter um filho, só falta eu.

O Cristóvão Borges nos disse que teve uma conversa reservada com você depois da falha. Qual foi o teor desse papo?
Cheguei no vestiário e todos me deram força, disseram que isso acontece. Professor Cristóvão disse que eu tenho um grande futuro e devia ficar focado, com cabeça boa e trabalhar, não deixar cair, porque um erro não iria apagar o jogo que fiz. Ele disse para eu continuar trabalhando e depois fui para o hotel. Estava arrasado. Aí só fui tranquilizar em casa, depois de sentar e conversar com minha esposa.

Teve alguma mensagem de força que te marcou mais?
Recebi mensagem de todo mundo, minha família, do Gil, mas o que mais me marcou foi o Chicão, que me mandou uma mensagem pelo Alessandro, uma mensagem bonita, de apoio, para eu não desanimar, porque o futebol era assim mesmo. O que mais me marcou foi aquela mensagem.

Depois daquele dia, como foram as suas reações, como se reanimou para seguir?
Tinha errado naquele jogo, mas falei comigo mesmo que a partir dali eu precisava mostrar algo diferente, a mais. Ai peguei Corinthians 2x1 Santa Cruz, Corinthians 2x1 América-MG e depois Corinthians 4x0 Flamengo, que acho que foi minha melhor partida aqui dentro. Então acredito que o erro tenha sido apagado, esquecido.

Já caiu a ficha de que você é zagueiro titular do Corinthians?
Para mim não caiu a ficha ainda. Mas todos nós trabalhamos e damos o melhor para conquistarmos vaga de titular. Todos têm condições, só temos zagueiros qualificados, mas o que eu preciso fazer é trabalhar forte, buscar oportunidade, trabalhar firme, forte e focado. Se eu perder a vaga não vou desanimar, vou continuar trabalhando. Mas espero que não aconteça, e que eu siga titular pelo resto da temporada.

O que te motiva?
Meu empresário é como um pai para mim, o Scheidt, me motiva muito, meus amigos da minha cidade mandam mensagem todo dia de apoio, mas o que mais motiva é minha família, para continuar trabalhando, buscar algo mais alto e melhor para minha carreira.

O Corinthians joga neste sábado em Chapecó. É perto da sua cidade?
Não, então dessa vez não vai dar para ir para lá, mas não tem problema. Vou curtir a folga com minha mulher e quem sabe semana que vem ir para lá.







Corinthians mantém escalação, mas terá novidades no banco em Chapecó

Yago, Willians e Danilo voltam a ficar à disposição do Corinthians, que terá Vilson como seu único desfalque imediato na partida deste sábado. Escalação será repetida pela quarta vez


Uendel e Fagner seguem como titulares das laterais do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr./Agencia Corinthians)
Gabriel Carneiro
08/07/2016
12:49


Depois de oito gols marcados e apenas um sofrido em três jogos que o Corinthians venceu consecutivamente no Campeonato Brasileiro, Cristóvão Borges decidiu manter a escalação pela quarta vez seguida para enfrentar a Chapecoense neste sábado, às 16h30. O técnico abriu os portões do CT Joaquim Grava para apenas dez minutos do treinamento desta sexta-feira, mas disse em entrevista coletiva que a tendência é realmente manter a equipe.

Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique e Rodriguinho; Romero, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Luciano será a escalação do Corinthians pela quarta vez seguida. Haverá novidades, porém, no banco de reservas: recuperados de lesão, Yago, Willians e Danilo voltam a ser opções e ficarão no banco de reservas contra a Chape. Em relação a quem ficou no banco contra o Flamengo, no fim de semana, perderam espaço o goleiro Caique, o lateral-direito Léo Príncipe e o atacante Isaac.

O Corinthians terá um desfalque de última hora para enfrentar a Chapecoense, que é o zagueiro Vilson. O jogador teve 50% de seus direitos econômicos comprados pelo Timão por R$ 500 mil nesta semana, mas o novo contrato, com validade até o fim de 2018, ainda não foi registrado no Boletim Diário (BID) da CBF. Além da questão contratual, o jogador ainda sentiu dores no tornozelo direito durante o treino desta quinta-feira e está em tratamento na academia do CT Joaquim Grava. No lugar dele, Léo foi relacionado.

Além de Vilson, Cristóvão Borges não conta com Elias, Cristian, Camacho, Bruno Paulo e Alexandre Pato para a partida deste fim de semana, quando tentará embalar a quarta vitória consecutiva em cinco jogos pelo Timão. Feliz, ele celebra a possibilidade de ter mais jogadores à disposição no elenco.

- Isso é importante, porque a primeira dificuldade que tínhamos é que a equipe se defende muito bem, mas precisa equilibrar, ter o mesmo peso de ataque. Estamos buscando maneiras e conseguimos em alguns momentos dos jogos anteriores, com algumas oscilações, que são normais. Já conseguimos dar equilíbrio, e nos dois últimos jogos fizemos seis gols e não tomamos nenhum, então está caminhando bem - relatou.

VEJA A LISTA DE RELACIONADOS DO TIMÃO :
Goleiros: Cássio e Walter
Lateral direito: Fagner,
Laterais esquerdo Uendel e Guilherme Arana
Zagueiros: Balbuena, Pedro Henrique, Yago e Léo
Volantes: Bruno Henrique, Rodriguinho, Maycon e Willians
Meias: Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Guilherme Marlone e Danilo
Atacantes: Luciano, Romero, Rildo e Lucca




08/07/2016 12h25
Timão tem três novidades no banco amanhã; veja os relacionados
Danilo, Yago e Willians voltam após problemas clínicos e ficam à disposição do técnico Cristóvão Borges. Vilson sente dores novamente e fica fora da partida


Por GloboEsporte.com

Yago e Danilo ficam no banco de reservas no sábado (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Cristóvão Borges ganhou três reforços para o banco de reservas para a partida contra a Chapecoense, sábado, às 16h30, na Arena Condá, pelo Campeonato Brasileiro. Recuperados de lesões diversas, o zagueiro Yago (edema ósseo no tornozelo direito), o meia Danilo (lesão muscular) e o volante Willians (dores no joelho direito) voltam a ser opções.


Por outro lado, Vilson, que havia ficado no banco contra o Flamengo, sentiu dores no tornozelo direito e foi vetado.

Em relação à lista de relacionados da vitória do Corinthians por 4 a 0 sobre o fla, saem o atacante Isaac, o lateral-direito Léo Príncipe, o goleiro Caíque, além do próprio Vilson. Com Yago retornando de lesão, o técnico contará também com o zagueiro Léo de 17 anos, como opção para a defesa.

Apresentado na quinta-feira quase 50 dias depois da cirurgia que fez nos ligamentos do pé direito, Bruno Paulo ainda não será reforço, assim como Alexandre Pato, que se recondiciona.


Elias (fratura na costela) e André (hérnia inguinal), que voltam de lesões, também estão no mesmo processo. Cristian (lesão muscular na coxa esquerda) correu pela primeira vez no campo nesta semana. Camacho (lesão muscular na coxa esquerda) segue em tratamento.

Willians também está à disposição do técnico Cristóvão Borges (Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians)



Veja a lista de relacionados do Timão:

GOLEIROS: Cássio e Walter
LATERAL DIREITO: Fagner
LATERAIS ESQUERDO: Uendel e Guilherme Arana
ZAGUEIROS: Balbuena, Pedro Henrique, Yago e Léo 
VOLANTES: Bruno Henrique, Willians e Maycon
MEIAS: Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho, Danilo, Guilherme e Marlone.
ATACANTES: Luciano, Romero, Rildo e Lucca


Veja as informações do Corinthians para a partida:

Próximo adversário: Chapecoense
Local: Arena Condá, Chapecó (SC)
Data e horário: sábado, às 16h30 (horário de Brasília)
Escalação: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Romero, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Luciano.
Desfalques: André, Vilson, Bruno Paulo, Elias, Camacho e Cristian
Pendurado: Guilherme, Pedro Henrique, André, Bruno Henrique e Fagner
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG), Pablo Almeida da Costa (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Corinthians está perto de fechar novo patrocínio: '99%', afirma dirigente

Empresa estampará marca nas costas do uniforme alvinegro por três anos. Apesar de crise, superintendente de marketing, Gustavo Herbetta, mantém meta de R$ 70 milhões/ano









Novo patrocínio ficará nas costas do uniforme
Clube quer faturar até R$ 70 mi/ano com patrocínios
Caixa, Winner Play e Tim já exibem suas marcas na camisa do Timão


Bruno Cassucci 08/07/2016 06:30

O Corinthians está próximo de anunciar mais um patrocínio para o uniforme. Segundo o superintendente de marketing do clube, Gustavo Herbetta, restam poucos detalhes para que seja divulgada a empresa que estampará a sua marca nas costas da camisa alvinegra.

Apesar de tratar esta negociação como próxima de um desfecho, o executivo não quis revelar o nome do novo parceiro e nem mesmo o segmento no qual atua esta empresa.

– Eu diria que a gente chegou a 99% de negociação. Não gosto de falar em período, nome, área de atuação, mas posso falar que está muito evoluído. As partes se entenderam e sabem o que precisa para fechar. Faltam detalhezinhos só – disse Herbetta, em entrevista ao LANCE!.

O Corinthians fatura cerca de R$ 44 milhões com quatro patrocinadores no uniforme: Caixa (master), Winner Play (ombro), Tim (número da camisa) e Special Dog (calção).

A diretoria alvinegra mantém a expectativa de arrecadar até R$ 70 milhões por ano com anunciantes.


– Estamos fazendo contratos de três anos, então esse é um valor médio. Pretendemos faturar R$ 210 milhões no período. A crise nos afeta, mas temos consultas constantes e abrimos negociações com frequência. Temos uma estratégia, na qual apostamos muito, que é não diminuir preço de tabela nem fazer acordos pontuais. Acreditamos em contratos a longo prazo e em valores que definimos após estudos. É mais demorado fechar parcerias assim, duradouras, valorizando a marca e trazendo resultado para os dois – explicou Herbetta, que fez uma ressalva:

- Embora a economia não esteja aquecida, para essa propriedade (costas da camisa) abrimos três frentes, recebemos boa propostas dessas três empresas e avaliamos qual está mais de acordo com o que buscamos.






Marcelinho Carioca atenderá torcedores em loja do Corinthians

Ele estará neste sábado na loja Poderoso Timão, do Ipiranga, para interagir com torcedores e colaborar com campanha de doação de agasalho


Marcelinho Carioca em evento na loja da Arena Corinthians (Foto: Divulgação)

LANCE!
08/07/2016
11:20

Após o lançamento de sua camisa retrô, na loja da Arena Corinthians, Marcelinho Carioca estará neste sábado atendendo a torcedores na loja Poderoso Timão, do Ipiranga. O pé de anjo, como é carinhosamente apelidado pelos corintianos, estará na unidade das 13h às 15h, distribuindo autógrafos e tirando fotos com os torcedores alvinegros.

Nos últimos eventos com jogadores do Corinthians (Felipe, Danilo, Romero e Walter), bastava chegar à loja para ter contato com o atleta convidado. Desta vez, a franquia pede que os torcedores doem um agasalho para que, posteriormente, possa ser destinado a moradores de rua da região. Aqueles que levarem os donativos na loja até às 19h desta sexta-feira (8), receberão um voucher para ter acesso ao evento no sábado.

Ainda, terão prioridade no acesso, torcedores que adquirirem o 'Kit Marcelinho', que contém caneca, relógio e chaveiro, além de uma camisa retrô do eterno camisa 7. Neste caso, o torcedor poderá escolher entre a listrada (Kalunga) ou a branca (Suvinil).

A loja Poderoso Timão está localizada na rua Silva Bueno, 1747.









Em casa, com portões fechados, Corinthians futsal encara Assoeva pela Liga Nacional de Futsal

Timão quer manter a boa performance do clássico paulista contra o Orlândia na rodada passada e tem retrospecto a favor


10h00 08/07/2016 - Agência Corinthians




Deives, camisa 10 do clube do Parque São Jorge, falou como deve ser a postura em quadra

© Yuri Gomes


Nesta sexta-feira (08), o Corinthians/UNIP tem mais um confronto pela Liga Nacional de Futsal. O Timão receberá o Assoeva no Parque São Jorge, às 20h15, pela 14ª rodada da LNF. O Coringão é, no momento, o quinto colocado na tabela de classificação, somando 20 pontos em 12 partidas.

O retrospecto no torneio nacional favorece o time alvinegro. Em oito confrontos entre as equipes desde a edição de 2010, foram quatro vitórias do Corinthians/UNIP, dois empates e duas derrotas.

No último dia 01 de julho, o Timão venceu o clássico paulista contra o Orlândia por 4 a 2, fora de casa. O time corinthiano busca repetir a boa performance no jogo contra o Assoeva. Deives, camisa 10 do clube do Parque São Jorge, falou como deve ser a postura em quadra e o objetivo da primeira fase.

“Estaremos jogando no nosso ginásio e queremos impor nosso ritmo de jogo. Eles têm um conjunto muito bom e rápido, o que exigirá bastante da nossa concentração em quadra. Faltam poucos jogos para acabar a primeira fase, e nosso objetivo é terminar entre os quatro primeiros colocados”, disse o ala/pivô.

Para esse jogo e os próximos compromissos da equipe principal (LNF e LPF) e Sub-20 de futsal, não haverá presença de público. Essa decisão é motivada pela impossibilidade de garantir a segurança do evento devido à ausência de policiamento do 2º Batalhão de Polícia, conforme ofício emitido pelo próprio 2º BPCH da Polícia Militar do Estado de São Paulo, em virtude da ausência do alvará de funcionamento. O clube está dentro do prazo de 180 dias, oferecido pela prefeitura, para obtenção da regularização.

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.












Pato diz a Cristóvão que está bastante motivado para defender o Corinthians

Helder Júnior -

08/07/2016 12:01:20

BRUNO BARBOSA

Cristóvão Borges conversou com Alexandre Pato, ainda no gramado do CT Joaquim Grava, por cerca de dez minutos após comandar o treinamento do Corinthians da manhã desta sexta-feira. Mais uma vez, o técnico ficou satisfeito com o que ouviu do atacante reintegrado ao elenco em meio ao Campeonato Brasileiro.

“A gente ainda não tinha tido muito tempo para conversar. Estávamos jogando de quarta e domingo, com viagens, então eu só havia falado uma vez com o Pato, na chegada dele. Aproveitei para bater um papo hoje sobre a preparação, sobre como ele está se sentindo, o que acha. E ele está bastante motivado, com muita vontade, o que deixa a gente contente”, contou Cristóvão.

O treinador tem externado a sua intenção de contar com Alexandre Pato desde que foi apresentado  no Corinthians. Segundo ele, o desejo é correspondido. “O Pato falou para eu contar com ele, e é isso o que queremos. Está com vontade de jogar”, insistiu.
“Ele tem noção exata da situação, de tudo o que o rodeia. Conversamos um pouco sobre isso também. Será tudo resolvido dentro de campo. Como ele é muito talentoso, poderá resolver isso com a nossa ajuda. O que queremos é ver o Corinthians na frente, ganhando, e o Pato poderá dar uma contribuição muito grande para isso”, confiou.

A diretoria do Corinthians ainda espera receber uma proposta pelo atacante que emprestou para o Chelsea, da Inglaterra, no primeiro semestre.

Enquanto ofertas não chegam, Cristóvão se anima para utilizar Alexandre Pato no Campeonato Brasileiro. O atacante já tem treinado com bola e até participa de brincadeiras com os demais jogadores. Nos últimos dois dias de movimentação, foi o último a deixar o gramado do CT Joaquim Grava.
“Não temos uma data exata para ele jogar. Será quando estiver em forma. O Pato estava há muito tempo parado, então existe a necessidade de um planejamento de treinos. Vamos ter paciência para esperar ele entrar em forma, participando com todos do grupo, e estar apto a jogar”, concluiu Cristóvão Borges.





















Corinthians manifesta confiança nos seus centroavantes

Helder Júnior -


08/07/2016 08:42:01

André voltou a treinar com bola e será opção para as próximas rodadas do Brasileiro (foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

O Corinthians busca mais um centroavante para reforçar o elenco do técnico Cristóvão Borges. Porém, o diretor de futebol Eduardo Ferreira manifestou total apoio a quem atualmente está à disposição.

“Confiamos no grupo, principalmente nos centroavantes Luciano e André”, afirmou o dirigente, quando falava sobre as dificuldades do Corinthians para encontrar um reforço para a posição.

Luciano, hoje titular, após readaptação física pós grave contusão, cirurgia e afastamento, marcou seu primeiro gol na temporada, na vitória do Corinthians por 2 a 1 sobre o Santa Cruz. Em fase final de recuperação de cirurgia para correção de uma hérnia inguinal, André fez seis.

Cristóvão leva para o banco de reservas o jovem Isaac, como alternativa para ser o homem de referência do seu ataque. O técnico não vê o meia Guilherme como um jogador com potencial para executar a mesma função. E Alexandre Pato, de volta, prefere atuar como um ponta.

O Corinthians não está disposto a gastar muito para trazer um reforço. “Tivemos as receitas balanceadas nos últimos meses. O clube está em uma situação tranquila agora, porém não fará loucuras. Sabemos que qualquer jogador de grande porte envolve valores altos”, justificou Edu Ferreira

Enquanto procura um centroavante barato, o Corinthians ainda fica atento a possíveis contratados que atuam em outras posições. Como o lateral direito Gilberto, da Fiorentina, da Itália, que chegaria para ser reserva de Fagner. A opção atual é Léo Príncipe, proveniente das categorias de base.

“O Gilberto é um dos jogadores observados. Existem outros nomes”, desconversou Eduardo Ferreira.















Bruno Paulo chega tímido

08/07/2016 09:02:30

Recuperado de cirurgia no pé, reforço já foi integrado aos treinos com os novos colegas (foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)


O atacante Bruno Paulo, 26 anos, chegou ao Corinthians disposto a fazer amizades. Tímido diante das câmeras de televisão.

Bruno Paulo procura se entrosar. O atleta se animou por ter dividido o gramado do CT Joaquim Grava com o atacante emprestável Alexandre Pato

“É um jogador que eu via pela televisão. Treinar com ele é outro sonho realizado. Se o Pato ficar no Corinthians, será melhor para todo o mundo”, apoiou.

Bruno Paulo acertou a sua transferência para o Corinthians logo após o paulista, mas foi oficialmente apresentado só nesta semana porque se recuperava de uma cirurgia no pé esquerdo. Além dele, o volante Camacho, hoje com a coxa esquerda lesionada, veio do osasco para o Corinthians.









Marlone decide ficar no Corinthians e ouve de Cristóvão que terá chances

Helder Júnior -

08/07/2016 12:18:22

Marlone permanecerá no Corinthians. O meia que ainda não foi utilizado pelo técnico Cristóvão Borges não se deixou levar pelo interesse do Sport no seu empréstimo e resolveu insistir na busca por espaço no Corinthians.

A decisão de Marlone foi anunciada nesta sexta-feira pelo técnico Cristóvão Borges, que tomou a iniciativa de falar com o atleta após tomar ciência da sondagem feita pelo Sport.

“Pretendo utilizar o Marlone. Conversei com o jogador, que é quem sabe das coisas. Nada do que saiu é verdade. O desejo dele é continuar no Corinthians. Assim como outros atletas que estão tendo poucas oportunidades, ele terá as chances dele. Todos terão”, prometeu Cristóvão.


Marlone está relacionado para a partida do Corinthians contra a Chapecoense, neste sábado, na Arena Condá, onde novamente ficará sentado no banco de reservas. “O mais importante é que ele disse que quer continuar aqui”, repetiu Cristóvão.

“Tive facilidade para resolver alguns ruídos que aconteceram desde a minha chegada. Jogador gosta das coisas claras e diretas, como devem ser. É assim que eu faço. Os problemas acontecem diariamente e procuramos resolvê-los, mas a relação sempre é clara e direta”, discursou Cristóvão.