30 de jun de 2016

CORINTHIANS 30/06/2016


Corinthians, rei do ibope, rende a Globo maior audiência de quarta-feira no ano

Por Duda Lopes - em 30 de Junho de 2016 às 17:43

Romero fez o primeiro gol do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

A Globo conseguiu a melhor audiência do Campeonato Brasileiro em uma quarta-feira. Apesar do jogo morno, a vitória do Corinthians sobre o América Mineiro gerou um dos melhores ibopes da atual edição do torneio.

O Corinthians venceu o jogo por 2 a 0, e a vitória rendeu 25 pontos de média para a Globo, com participação de 38% das televisões ligadas. A terceira maior audiência no ano também é do Corinthians, em jogo de quarta feira passada.

No geral, a maior audiência do Campeonato Brasileiro é a do Derby, quando corinthianos puderam ver o Corinthians apenas pela Tv (ministério público proibe presença de torcedores visitantes em classicos), quando a Globo registrou média de 29 pontos na audiência em um domingo.










CORINTHIANS LIBERA CENTROAVANTE GUSTAVO TOCANTINS PARA ACERTAR COM ESTORIL. TINHA CONTRATO COM CORINTHIANS ATÉ SETEMBRO



30/06/2016 12h37
Corinthians chega a capital paulista com volante reserva Camacho  mancando; Vilson pode voltar
Volante passará por exame na sexta-feira e é dúvida. Yago segue fora, mas defesa pode ganhar retorno


Por Marcelo Braga

Camacho chegou mancando ao aeroporto de Guarulhos (Foto: Marcelo Braga)

O Corinthians chegou a capital paulista no fim da manhã desta quinta-feira após a vitória por 2 a 0 contra o América-MG pela 12 rodada do Brasileirão.


Com suspeita de lesão muscular, o volante reserva Camacho passou mancando pelo saguão. Após atuar por só 16 minutos em Minas, ele passará por exames de imagem na sexta-feira.


Durante a passagem da delegação, o médico Ivan Grava abriu a possibilidade do retorno de Vilson ao Corinthians contra o Flamengo, domingo, às 16h.


O zagueiro se recupera de uma torção no tornozelo esquerdo. Yago, com edema ósseo no tornozelo direito, já está vetado.











Há dois anos, Messi conhecia a Arena Corinthians

Um dos melhores jogadores de todos os tempos, argentino ganhou um manto alvinegro personalizado


10h00 30/06/2016 - Agência Corinthians



A primeira vez de Messi na Arena Corinthians aconteceu no treino de preparação antes das oitavas de final contra a Suíça

© Divulgação


Durante a Copa do Mundo de 2014, a Arena Corinthians recebeu diversos craques do futebol mundial. Inclusive, o maior deles da atualidade e um dos maiores de todos os tempos: Lionel Messi. Houve uma espera grande até que o argentino entrasse pela primeira vez no estádio alvinegro: quase 20 dias do início da competição até 30 de junho, quando o ganhador de cinco prêmios como melhor jogador do mundo pela FIFA esteve na casa da Fiel para fazer o último treino da Argentina antes das oitavas de final, há dois anos.

Naquele 30 de junho, Argentina e Suíça finalizaram a preparação para a disputa das oitavas de final que aconteceria no dia seguinte, na Arena Corinthians. Maior estrela argentina, Messi trabalhou com o restante do elenco na atividade realizada pela manhã. Na saída do gramado, o camisa 10 recebeu um manto alvinegro personalizado com o texto “Messi, bem-vindo à Arena Corinthians”. Seria o primeiro contato dele com o estádio alvinegro, o que ainda aconteceria mais vezes durante a Copa.

Além de Messi, o volante Javier Mascherano e o técnico Alejandro Sabella, que trabalharam no Corinthians na década passada, também receberam camisas personalizadas com os respectivos nomes.











Ainda sem Yago, Corinthians deve ter Vilson na Arena; Camacho preocupa

Em desembarque do Corinthians após vitória diante do América-MG, volante que saiu com lesão na coxa esquerda deixa aeroporto mancando. Timão deve ter novidades só na zaga
Vilson deve ser a novidade do Corinthians
Gabriel Carneiro
30/06/2016
12:50

Cristóvão Borges deve contar com uma importante novidade no compromisso do Corinthians deste domingo, às 16h, contra o Flamengo, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileira. Fora de ação há dois jogos em razão de uma torção no tornozelo esquerdo, o zagueiro Vilson tem chances de atuar na rodada do fim de semana, e assim formaria dupla titular com Balbuena - quem tem jogado no período de ausência do camisa 15 é o garoto Pedro Henrique, que deve voltar ao banco de reservas. A presença de Yago, que trata um edema ósseo no tornozelo esquerdo, está descartada para a partida contra o Flamengo, de acordo com Ivan Grava, médico do clube.

A volta de Vilson, porém, coincide com o provável desfalque de outro jogador que vinha atuando pelo Timão. Acionado por Cristóvão aos 20 minutos do segundo tempo na vitória por 2 a 0 contra o América-MG, nesta quarta-feira, o volante Camacho deixou a partida apenas 14 minutos depois com fortes dores musculares na posterior da coxa esquerda, e será examinado nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava.

Apesar de ainda não haver diagnóstico, Camacho deve perder algumas semanas de trabalho em razão da lesão muscular. No desembarque da delegação no Aeroporto de Cumbica, no início da tarde desta quinta, o volante passou pelo saguão e se dirigiu ao ônibus do clube mancando, demonstrando forte incômodo na perna esquerda. Dessa forma, sua participação ao menos na partida contra o Flamengo, clube onde foi revelado, é improvável.

Atualmente, exceção feita a Vilson, que tem chances reais de atuar no fim de semana, o Corinthians segue com o departamento médico cheio: Walter, Matheus Vidotto e Yago, em transição para o campo, e Elias, Cristian, Danilo, Bruno Paulo e André, ainda sem previsão.













30/06/2016 11h11

Defesa do Timão tem a melhor marca do Brasileirão Média é de 0,83 gol por jogo

Por Marcelo Braga
Com dez gols sofridos em 12 partidas, o Corinthians tem a melhor defesa do Brasileirão, com média de 0,83 gols por rodada.

– Foi um resultado importantíssimo para o que a gente pretende para a temporada e para a competição, dá mais confiança ainda para o jogo Corinthians contra o Flamengo, que é briga direta pelo G4 – destacou corinthiano Marquinhos Gabriel, em Belo Horizonte.

Para manter os bons números, o Timão tem que superar problemas para manter sua segurança defensiva. Cristian, fora por uma lesão muscular na coxa esquerda, vinha jogando bem na função de primeiro homem à frente da zaga até se machucar. Bruno Henrique, jogador mais ofensivo, passou de segundo para primeiro volante. O esquema 4-2-3-1 ganhou ainda o meia Rodriguinho mais recuado. O esquema, mesmo mais ousado, tem conseguido se manter equilibrado.

Sem Felipe, negociado com o Porto, e com os zagueiros Vilson (torção no tornozelo esquerdo) e Yago (trauma ósseo no tornozelo) machucados, Balbuena e Pedro Henrique tem atuado atrás.




Cristóvão quer Pato

POR JANCA  30 DE JUNHO DE 2016 ÀS 10:56



Cristóvão Borges já avisou a diretoria do Timão que gostaria de contar com Alexandre Pato para o Brasileiro de 2016.



O empréstimo do atacante ao Chelsea, da Inglaterra, termina agora e ele deve se reapresentar ao Corinthians semana que vem.



O problema, porém, é que a direção do clube diz ser inviável pagar R$ 800 mil por mês ao jogador e já fala até em rescindir seu contrato.


Uma hipótese a ser discutida com o estafe de Pato é a redução do salário do atacante até o final do ano pela metade. Outra é tentar negocia-lo com o Internacional. Uma terceira é convencê-lo a aceitar proposta do futebol chinês, o que Pato não quis até agora.










Atacante Gilberto é oferecido ao Corinthians

30/06/16 - 06:30


Por Rodrigo Vessoni

Em busca de um reforço para o ataque, o Corinthians convive com ofertas de diversos jogadores para a posição. Um dos nomes sugeridos à direção alvinegra foi o de Gilberto, de 27 anos, que rescindiu na última quarta-feira o contrato com o Chicago Fire, equipe do MLS (liga norte-americana de futebol).

O atleta já esteve na mira do Timão no passado. Em 2011 ele tinha quase tudo certo para se transferir para o clube de Parque São Jorge, mas foi seduzido por uma proposta mais vantajosa financeiramente do Internacional e acabou indo para o Rio Grande do Sul.

A diretoria corintiana é cautelosa quanto a contratação de Gilberto. Até porque, segundo veículos de imprensa de Pernambuco, ele tem negociações com o Santa Cruz, equipe na qual foi revelado.

Do Santa e do Inter, Gilberto passou por Vera Cruz-RJ, Sport, Portuguesa, Toronto FC e Vasco, antes de fechar com o Chicago, ano passado.
Atualmente, o Corinthians, colider do Brasileiro, conta com André, Luciano, Romero, Lucca e Rildo para o ataque, além de Bruno Paulo, contratado do Osasco Audax, que ainda não estreou. Existe também a possibilidade de Alexandre Pato ser aproveitado, após retornar de empréstimo do Chelsea (ING).













Após vitória corinthiana em BH, com um dos gols dele, Marquinhos Gabriel crê que Corinthians possa jogar melhor
Tomás Rosolino -



30/06/2016 14:59:50

O meia avaliou como mediana a atuação da vitória corinthiana (Foto: Tomás Rosolino/Gazeta Press)

O Corinthians voltou de Belo Horizonte com três pontos na tabela de classificação e a segunda vitória fora de casa na campanha do Campeonato Brasileiro deste ano, mas os jogadores ressaltaram a todo momento a dificuldade demonstrada pela equipe no 2 a 0 sobre o América-MG. A avaliação foi externada pelo meia Marquinhos Gabriel, autor do segundo gol da partida.

“No intervalo, o professor nos passou que a gente não estava fazendo uma bua partida, no segundo tempo a gente recuou um pouco mais. O segundo gol deu tranquilidade. mas a gente espera melhorar mais ainda para jogar de igual para igual contra o Flamengo”, avaliou o armador, citando o duelo de domingo, contra os cariocas, ás 16h (de Brasília), na Arena Corinthians.

Nas palavras do jogador, a conversa no vestiário teve como assunto basicamente os erros cometidos pelos alvinegros. Assim como no segundo tempo contra o Santa Cruz, o técnico Cristóvão Borges acredita que os jogadores do meio para frente não conseguiram segurar a bola como deveriam, o que atrapalhou a equipe no controle do jogo.

“Sim, o primeiro tempo contra o Santa foi muito bom, agora contra o América a gente sabe que não fez um bom jogo. Mas a gente também sabe que tem condições de melhorar”, assegurou o atleta, citando possíveis atuações que sirvam de inspiração daqui para frente.

“Contra o Santa Cruz a gente conseguiu ser mais agressivo e manter uma intensidade. Temos que jogar como Santa Cruz e Fluminense, que, mesmo perdendo, foi um dos nossos melhores jogos nos últimos tempos”, explicou o camisa 31.

Com apenas um treino para os reservas na tarde desta quinta-feira, já que os titulares farão uma leve recuperação, os atletas voltam a trabalhar forte na tarde desta sexta-feira, quando começará a ser definida a equipe que encara os rubro-negros, no final de semana.









Marquinhos Gabriel vê mais confiança com vitória corinthiana e pede mais agressividade ao Timão

Meia que fez o segundo gol da vitória por 2 a 0 sobre o América-MG acredita que a equipe do Corinthians tem condições de melhorar nível apresentado em Belo Horizonte


14h00 30/06/2016 - Agência Corinthians



Próximo compromisso do Timão será contra o Flamengo, neste domingo (03), na Arena Corinthians

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


No início da tarde desta quinta-feira (30), a delegação do Corinthians desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos após a vitória fora de casa por 2 a 0 sobre o América-MG, em partida realizada no estádio Independência, em Belo Horizonte, na noite da última quarta-feira (29), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016. Autor do segundo gol do Timão no jogo, Marquinhos Gabriel admitiu que a equipe não teve uma grande atuação, mas que o resultado positivo pode ajudar a aumentar a força mental do grupo, já mirando o próximo jogo do Alvinegro na competição, contra o Flamengo, neste domingo (03), às 16h, na Arena Corinthians.

“Valeu pelos três pontos que a gente conquistou. Não foi uma boa participação, um jogo que a gente merecesse tanto assim a vitória, mas a gente está crescendo no campeonato. Essa posição nos dá mais confiança para um jogo decisivo, contra o Flamengo”, comentou o camisa 31.

Após duas vitórias consecutivas, Marquinhos Gabriel deu a receita para que o Corinthians siga com uma série favorável no Brasileirão. “Precisa mais agressividade. No primeiro tempo contra o Santa Cruz, conseguimos isso. Acho que é manter o nível contra o Santa Cruz, contra o Fluminense, que foram jogos melhores do que foi ontem. Manter o nível de concentração e agressividade. Vamos melhorar porque sabemos que temos condições”, finalizou.










Corinthiano atacante Romero: ''Quero fazer o meu melhor e continuar ajudando o time''

Mesmo feliz pelos gols que fez nas duas últimas partidas, o atacante paraguaio ressaltou que o mais importante é que o Corinthians saia sempre vencedor dos jogos


14h10 30/06/2016 - Agência Corinthians



Romero marcou o primeiro gol do Timão contra o América-MG

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Autor do primeiro gol do Corinthians na vitória por 2 a 0 contra o América-MG, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro 2016 no estádio Independência, em Belo Horizonte, na noite da última quarta-feira (29), Romero falou com a imprensa no desembarque do elenco alvinegro em São Paulo, no início da tarde desta quinta-feira (30). Na entrevista coletiva, o atacante afirmou que se sente confortável atuando pelos lados do campo, mas que a prioridade é dar o máximo, em qualquer setor, para levar o Timão às vitórias.

"A maioria dos gols que eu fiz foi jogando pelos lados, mas tem um treinador que vai decidir onde vou jogar. O Cristóvão me colocou pela direita, estou fazendo gols. Ele sabe que eu gosto dessa posição, mas se precisar de centroavante, não tem problema. Quero jogar, fazer o meu melhor e continuar ajudando o time", disse Romero.

O jogador paraguaio ainda falou sobre o bom momento que vive, após balançar as redes nos dois últimos jogos do Alvinegro do Parque São Jorge. Porém, destacando novamente o coletivo. “Estou contente por isso, por esse momento que estou vivendo, e mais contente porque o Corinthians é líder agora”, afirmou – o Corinthians tem o mesmo número de pontos do líder Palmeiras (22), mas ocupa a segunda posição pelos critérios de desempate.

"Desde o começo do ano estou trabalhando bem. Comecei muito bem o ano, fazendo gol nos amistosos e no Paulista. Mas não importa fazer gol. Importa que o Corinthians ganhe", completou.

No próximo compromisso, pela 13ª rodada do Brasileirão 2016, o Corinthians recebe o Flamengo na Arena Corinthians, neste domingo (03), às 16h.










30/06/2016 12h55

Corinthiano atacante Romero festeja boa fase
Artilheiro do time no ano com 11 gols, atacante tem tido sequência com Cristóvão Borges.

Por Marcelo Braga
Romero na chegada da delegação do Corinthians em Guarulhos (Foto: Marcelo Braga)

Ángel Romero é, hoje, o principal atacante do co-lider Corinthians. Com 11 gols na temporada (somando amistosos), o paraguaio tem conseguido, com Cristóvão Borges, a sequência de jogos que cobrava com Tite.

Titular nos últimos quatro jogos, o paraguaio marcou gol contra Santa Cruz e América-MG. O que, na sua visão, já muda seu status dentro do time.

– Desde o começo do ano estou trabalhando bem. Comecei muito bem o ano, fazendo gol nos amistosos e no Paulista, mas não estava tendo a sequência que eu queria. O jogador precisa de sequência, não vai mostrar seu futebol em um jogo. Agora estou tendo, então fico mais confiante no campo, mas não importa fazer gol. Importa que o Corinthians ganhe – disse, na chegada da delegação, em Guarulhos.

Nos próximos dias, o ataque corintiano pode receber um reforço. Alexandre Pato que terá seu vínculo encerrado com o Chelsea nesta quinta e deve ser integrado ao elenco até a diretoria definir como será seu futuro. Romero, que atuou por pouco tempo com ele em 2014, elogia o jogador.

– É um jogador que todo mundo conhece, com muita qualidade, mas eu não posso dizer se ele vai jogar no Corinthians ou não. Quem tem que decidir é a diretoria e ele também. Mas ele é um cara que tem muita qualidade e que pode ajudar o time e a gente vai ficar feliz se ele vier para somar – ressaltou.

Romero festeja o gol marcado na vitória do Corinthians sobre o América-MG 












Corinthiano atacante Romero detecta má vontade da imprensa: “Só quando faço gol”
30/06/2016 13:56:41

Paraguaio foi um dos escolhidos para falar com a imprensa na chegada da delegação após Corinthians vencer fora de casa(Foto: Tomás Rosolino/Gazeta Press)

Romero vive seu melhor momento desde que chegou ao Corinthians, em julho de 2014. O paraguaio, artilheiro da equipe na temporada com 11 gols marcados, desembarcou sorridente no começo da tarde desta quinta-feira, no Aeroporto de Guarulhos, após anotar o primeiro tento da vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o América-MG, no Independência, com o bom humor estampado a cada fala.

“Quando eu não faço gol ninguém quer falar comigo, né? (risos)”, brincou o avante, que se encaminhava para a porta de saída do local após conversar com alguns jornalistas e teve de ser chamado algumas vezes pela assessoria do clube para dar uma segunda sessão de entrevistas.

Titular nas três partidas em que Cristóvão Borges esteve à frente do clube, o camisa 11 aponta a chegada do novo treinador como uma das principais causas para a melhora do futebol. Além do Coelho, o Santa Cruz, no final de semana, também foi sua vítima.

“Agora eu estou mais confiante porque o Cristóvão deu a confiança para mim, algo muito importante, também estou fazendo gols, importante para o atacante. Mas o mais importante de tudo é que o Corinthians alcançou o líder agora”, avaliou o jogador, esbanjando humildade ao tratar da liderança na artilharia alvinegra.

“Desde o começo do ano que eu estou trabalhando bem, comecei muito bem fazendo gol no amistoso, no Paulista, mas eu não tinha sequência que queria. Jogador precisa de sequência, não dá para mostrar em um jogo. Agora eu tive essa sequência que queria e estou fazendo gol. O mais importante é que o Corinthians ganhou, pode ser eu, Luciano, André, Marlone, qualquer um que marque o gol”, assegurou.

Abalado pela condição de reserva que lhe foi imposta desde o ano passado, quando Tite o relegou a sétima opção ofensiva, o atleta de 23 anos ainda assegurou que não faz questão de atuar pelo lado direito da armação. Para ele, seja na posição que for, o principal é estar em campo.

“A maioria dos gols que eu fiz foi jogando pelos lados, mas é o treinador que vai decidir. Agora o Cristóvão está me colocando na direita, eu estou fazendo gols. Ele sabe que eu gosto. Mas se ele precisar de mim como centroavante, não tem problema. Eu só quero ser titular”, encerrou.













Cristóvão faz elogios e não se apega ao passado de Pato no Corinthians

30/06/2016 07:54:25
Cristóvão Borges é reticente ao falar sobre Alexandre Pato, atacante do Corinthians que estava emprestado ao Chelsea, da Inglaterra, até esta quinta-feira. Ainda assim, o técnico fez elogios ao atleta após a vitória por 2 a 0 sobre o América-MG, no Independência, e negou que irá se deixar influenciar pelo passado dele no clube.

“Acho o que todos acham. É um grande jogador, acima da média. Isso não se discute. Por aí, não passa nada. Tem uma qualidade incrível, alto nível, de Seleção Brasileira”, enalteceu Cristóvão, que atualmente tem Romero, Luciano, Lucca, André, Rildo e Isaac como atacantes em seu elenco.

O técnico também não mostrou se importar com o que torcedores do Corinthians – e alguns dos que dividiram o vestiário com Pato – ainda não perdoaram
“Essas coisas não têm problema. Estamos vivendo o Corinthians daqui para a frente”, avisou Cristóvão. Entre a maioria dos jogadores, o discurso tem sido o mesmo do comandante.

Apesar das palavras, o treinador sabe que não será fácil contar com Alexandre Pato ao menos até o final do ano, quando o contrato com o Corinthians vencerá. A intenção da diretoria era vendê-lo para um clube do exterior para recuperar parte dos R$ 40 milhões que investiu para tirá-lo do italiano Milan, além de economizar com os seus altos salários.

“Vamos conversar com a diretoria para definir. O Pato ainda não chegou também. Vamos tratar disso com tranquilidade. Quando ele voltar, conversaremos e chegaremos juntos a uma decisão”, desconversou Cristóvão Borges.

Alexandre Pato é aguardado na terça-feira no CT do Corinthians. O atacante já despertou interesse de clubes brasileiros, como o Internacional, que o formou, porém o presidente Roberto de Andrade não se anima em emprestá-lo novamente nem em negociá-lo no mercado nacional.












Cristóvão evita punição 'de colégio' a Guilherme e quer harmonia no Timão

Treinador releva as queixas do camisa 10 do Corinthians após virar reserva e diz que teve papo individual e depois com todo o grupo sobre o tema. Segundo ele, tudo está superado


Cristóvão Borges falou pela primeira vez sobre as queixas públicas do meia Guilherme por virar reserva do Corinthians. Sacado da equipe para a entrada de Luciano entre o primeiro e o segundo jogo do novo treinador, o camisa 10 reclamou da condição de suplente após a vitória do Corinthians sobre o Santa Cruz, no fim de semana, e ficou novamente no banco nesta quarta-feira, quando o Timão seguiu a boa fase ao vencer o América-MG por 2 a 0 e chegar a ser co-líder do Brasileirão. Sereno, como é costume, o treinador relevou as reclamações de Guilherme, mas admitiu ter conversado individualmente com o ex-titular, que contra os lanternas do torneio só entrou aos 12 minutos do segundo tempo.

Treinador do Corinthians em apenas três jogos desde que foi contratado para substituir Tite, que era reconhecido pelo bom relacionamento com o grupo, Cristóvão disse que teve uma conversa individual com Guilherme após as reclamações e também falou com todo o grupo na terça-feira, antes do treinamento da tarde. Segundo o técnico, todas as arestas foram aparadas.

- São todos profissionais, adultos, responsáveis pela opinião e por aquilo que fazem. Nós conversamos, e é assim que faço e lido com todos eles. Minha opinião vai ser respeitada e isso vai seguir para termos uma harmonia. Isso não é nada demais, são coisas que acontecem. Isso de repreender é coisa de colégio. Aqui falamos direto e claro para saber como as coisas vão ser - disse Cristóvão, que prometeu chances a todos em reunião com o grupo nesta semana.
O respeito à opinião de Cristóvão, como mencionado pelo próprio treinador, também foi valorizado pelo lateral Fagner, que foi capitão do Corinthians em um dos três jogos do treinador e é um dos líderes do atual elenco.

- (Cristóvão) É uma pessoa tranquila, competente, e por isso está no Corinthians. Temos de respeitar hierarquia e sabemos que todos são importantes no elenco, foi assim ano passado, é assim agora, não é porque ele está na reserva que não é importante - disse Fagner, pedindo a Guilherme respeito às decisões do novo comandante.

Guilherme atuou em 27 dos 37 jogos oficiais do Corinthians nesta temporada, sendo 23 como titular. Ele tem três gols feitos e quatro assistências anotadas







Cristóvão conversa com Guilherme e exige respeito à hierarquia
no Corinthians
30/06/2016 08:16:01
Guilherme foi o primeiro reserva a deixar o banco na vitória do Corinthians (foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

O técnico Cristóvão Borges agiu rapidamente para conter novos sinais de insatisfação no Corinthians. Após Guilherme se queixar por ter ido para a reserva, o sucessor de Tite fez questão de ter uma conversa isolada com o meia e outra com todo o seu elenco.

“É assim que lido com eles, procurando respeitá-los. E a hierarquia deve ser respeitada. É assim que deve ser”, exigiu Cristóvão, confiante de que alcançou o efeito desejado com as suas palavras. “Vamos seguir de forma harmônica, como sempre foi no Corinthians. Não houve nada de mais. São coisas que acontecem e a gente resolve”, completou.

Titular nos últimos jogos sob o comando de Tite, Guilherme perdeu espaço para o atacante Luciano a partir da vitória sobre o Santa Cruz e não gostou, reclamando publicamente que não havia entendido a decisão de Cristóvão. No mesmo jogo, o paraguaio Romero culpou as poucas chances que tinha até então pela ausência na seleção de seu país. Dias antes, o goleiro Cássio também chiou por ter se tornado suplente de Walter.

Segundo Cristóvão, no entanto, esses casos não são passíveis de bronca. “Não tem necessidade disso. Repreender é coisa de colégio. Temos um ambiente profissional aqui. A gente fala direta e claramente para eles saberem como as coisas devem ser”, afirmou.

A expectativa do treinador é não ter que explicar novamente a hierarquia do Corinthians aos seus comandados depois dos seus discursos no CT Joaquim Grava. Apesar de não ter impedido ninguém de se manifestar. “São todos profissionais, adultos e responsáveis por suas opiniões. Não tem problema algum”, garantiu Cristóvão Borges.

Na noite de quarta-feira, na vitória corinthiana por 2 a 0 sobre o América-MG, no Independência, Guilherme foi o primeiro reserva a deixar o banco. Ele substituiu Giovanni Augusto aos 12 minutos do segundo tempo.











Bruno Henrique valoriza vitória do Corinthians
  
30/06/2016 00:07:50 — 30/06/2016 00:52:49
O Corinthians venceu o lanterna América-MG, nesta quarta-feira, mas, por 2 a 0 e está na segunda colocação do Campeonato Brasileiro. Para o volante Bruno Henrique, o bom resultado obtido em uma noite de pouca inspiração deve ser valorizado.

“O time realmente não fez uma boa partida, principalmente no primeiro tempo, mas é importantíssimo pontuar em jogos como esse”, comentou o jogador, embora tenha ressalvado que o Corinthians melhorou (muito pouco) na segunda etapa. “O Cristóvão acertou a marcação, e voltamos mais compactos, criando mais oportunidades. Fizemos o segundo gol e saímos com uma vitória merecida”, convenceu-se.

Seja como for, os três pontos computados diante do lanterna deixaram o Corinthians, colider, com 22 na tabela de classificação do Brasileiro.
Bruno Henrique já está de olho no próximo compromisso do Corinthians. Será contra o Flamengo, no domingo, na Arena Corinthians.


“Teremos um jogo importantíssimo dentro de casa. O jogo de hoje também foi assim, para nos manter na parte de cima da tabela. Agora, vamos descansar porque temos tudo para fazer três pontos de novo”, projetou o volante corintiano.












Corinthiano volante Camacho vai esperar até sexta-feira para saber gravidade de contusão

30/06/2016 00:47:21

O volante Camacho teve pouco tempo para chamar a atenção de Cristóvão Borges na primeira vez em que foi utilizado pelo sucessor de Tite. Quinze minutos após substituir Rodriguinho no segundo tempo da vitória por 2 a 0 sobre o América-MG, nesta quarta-feira, no Independência, o jogador do Corinthians se machucou e precisou ceder lugar a Willians.

Camacho sofreu uma lesão muscular na parte posterior da coxa esquerda, mas ainda não sabe quanto tempo ficará afastado dos compromissos do Corinthians. O volante retornará com a delegação chefiada por Cristóvão na manhã desta quinta-feira e apenas no dia seguinte, no CT Joaquim Grava, passará por exames médicos.

Vindo do Grêmio Osasco Audax para o Corinthians após ser vice-campeão paulista, Camacho já havia conseguido despertar a curiosidade do seu novo técnico. “Tenho visto o Camacho nos treinos e queria vê-lo nos jogos”, disse Cristóvão, lamentando os desfalques com que precisa lidar. “É uma pena termos perdido alguns jogadores.”

Sem Camacho, o treinador fica com Rodriguinho e o jovem Maycon como alternativas de segundo homem de meio-campo. Existe também a possibilidade de deslocar Bruno Henrique para a função, deixando Willians como primeiro volante. O titular da posição seria Elias, que se recupera de uma fratura na costela.


Cristóvão curte ascensão do Corinthians na tabela do Brasileiro

30/06/2016 00:29:41 — 30/06/2016 00:55:03

Duas vitórias seguida alavancaram o Corinthians para a ponta da tabela de classificação. O técnico Cristóvão Borges, no entanto, é suficientemente consciente para não se deixar levar pelos 22 pontos ganhos por sua equipe.

“Não dá para garantir nada nesse campeonato, que é longo e muito duro”, ressalvou Cristóvão, quando instigado a dar uma resposta animada sobre a projeção que faz para o atual campeão brasileiro.

“Não sei se a tabela me surpreende. Talvez”, admitiu Cristóvão, embora saiba que a ascensão facilitará a aceitação do seu trabalho. “Normalmente, existem oscilações em termos de performance e resultado. Conseguimos uma regularidade de vitórias. Chegamos aonde estamos por isso. É algo muito importante porque dá confiança em meio a um trabalho de remontagem, em que estamos escolhendo jogadores”, completou.

Cristóvão acredita que o Corinthians conseguirá apresentar um desempenho mais consistente a partir da próxima semana, quando ganhará relativa folga na tabela. “Depois do jogo contra o Flamengo, passaremos da fase das partidas seguidas. A partir daí, teremos tempo para tudo”, vislumbrou.





CORINTHIANS VOLTA HOJE DE BH, APÓS TER VENCIDO AM MIN ONTEM POR 2X0 E ALCANÇAR CO-LIDERANÇA DO BRASILEIRO 2016