20 de jun de 2016

CORINTHIANS 20/06/2016



CORINTHIANS ARRECADA 8 MILHOES POR MES COM ARENA E PAGA 6 MI MES AO BNDES, LUIS ROBERTO, JORNAL DA GLOBO














Pela Liga Nacional de Futsal, Corinthians/UNIP perde para Carlos Barbosa fora de casa

O próximo compromisso do Timão pela LNF será na próxima segunda (27), às 20h15, contra o Joinville, no ginásio do Parque São Jorge



21h35 20/06/2016 - Agência Corinthians





Timão ocupa a sexta colocação na tabela de classificação


© Divulgação



Na noite desta segunda-feira (20), o Corinthians/UNIP perdeu para o Carlos Barbosa por 4 a 3 em duelo válido pela 11ª rodada da Liga Nacional de Futsal. Agora, o Timão ocupa a sexta colocação na tabela de classificação. Os gols do Alvinegro foram marcados por Pepita, Marcel e Nene.


O primeiro gol do Corinthians saiu aos 12 minutos, após erro na saída de bola do time gaúcho. Pepita aproveitou o erro de passe, chutou a bola de primeira, rasteira, no canto esquerdo do goleiro adversário e abriu o placar.


O segundo do Timão saiu da jogada de Pepita, que carregou a bola pela esquerda, lançou Marcel, que dentro da área, de carrinho, colocou a redonda para dentro. O Carlos Barbosa deixou tudo igual antes do intervalo em dois lances de bola parada.


Logo no início do segundo período, com um minuto e meio, o Corinthians tomou a frente mais uma vez. Marcel, em jogada individual, deixou o marcador para trás, puxou contra-ataque para o Timão e colocou Nene livre, de frente para o gol sem goleiro. O camisa 7 do Corinthians teve apenas o trabalho de empurrar a bola para dentro.


Mas mais uma vez o Carlos Barbosa deixou o placar igual. Restando dois minutos e meio para o fim da partida, o ACBF virou o jogo.


O próximo compromisso do Corinthians/UNIP pela Liga Nacional de Futsal será na próxima segunda-feira (27), às 20h15, contra o Joinville, no ginásio do Parque São Jorge.


A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista. 


CORINTHIANS 3x4 carlos barbosa, fora decasa, pela Liga nacional de Futsal. Corinthians é o 6º colocado com 16 pontos







20/06/2016 17h36


Goleiro, zaga e meio-campo: Cristóvão já tem dúvidas para montar o Corinthians

Cássio não vai para campo e pode dar lugar a jovem quarta. Técnico não terá Balbuena, suspenso, e reservas são dúvidas. Giovanni Augusto diz que joga


Por Carlos A. Ferrari e Marcelo Braga




Cristóvão Borges conversa com a comissão técnica do Corinthians (Foto: Marcelo Braga)


O primeiro desafio de Cristóvão Borges no Corinthians não será nada fácil. Para o jogo contra o Atlético-MG, quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, o técnico conta com oito desfalques certos e tem ainda algumas dúvidas.



Balbuena, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, é o único fora por cartão. Os outros sete são por lesão: Danilo (lesão na panturrilha direita), Cristian (lesão na coxa esquerda), Elias (fratura na costela), Walter (estiramento na perna direita), Bruno Paulo (cirurgia no pé esquerdo),Yago (trauma ósseo no tornozelo) e André, que passará por cirurgia de uma hérnia inguinal nesta segunda-feira.



A primeira indefinição será no gol. Cássio, substituído no intervalo da vitória contra o Botafogo por um mal-estar causado por uma suposta sinusite, não foi a campo nesta segunda-feira. Fez exames e é esperado em campo na terça. Foram a campo Caíque França, Luan e Matheus Vidotto, todos da base. Matheus fez o primeiro treino desde a cirurgia de hérnia lombar, realizada em maio. Há, portanto, uma indefinição para quarta


– Cheguei bem cedo aqui no clube, tive reunião com direção, comissão técnica e departamento médico, e ainda vamos avaliar. Temos problema, sim (no gol). Vamos aguardar a avaliação de amanhã para vermos como vamos para o próximo jogo – destacou Cristóvão, à imprensa.


Na defesa, sem Balbuena e Yago, Cristóvão tem os jovens Leozão, de 17 anos, e Pedro Henrique, de 21. Além deles, Vilson participou da última parte do treino técnico nesta quinta e pode retornar. Ele perdeu os últimos quatro jogos por uma lesão muscular.



No meio, Giovanni Augusto foi cortado do jogo contra o Botafogo duas horas antes da bola rolar por um desconforto muscular na coxa direita. Lucca jogou em seu lugar. Nesta segunda, ele só correu no campo. Perguntado pelo GloboEsporte.com se joga na quarta, ele disse que sim.



O Timão deve ter Cássio (Caíque França), Fagner, Vilson, Pedro Henrique e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Giovanni Augusto, Guilherme e Marquinhos Gabriel; Romero.




Caíque França, entre Matheus Vidotto e Luan, pode ser titular do Corinthians na quarta-feira (Foto: Marcelo Braga)










Corinthians futebol feminino

Corinthians Audax goleia Independente e se classifica no Paulista

Destaque da partida com seis gols, Gabi Nunes assumiu a artilharia do time com oito gols marcados


18h00 20/06/2016 - Agência Corinthians




© Divulgação


No último domingo (19), em Limeira, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista, o Corinthians Osasco Audax goleou o Independente por 13 a 0 e garantiu a classificação para a próxima fase. A atacante Gabi Nunes marcou seis gols na partida e assumiu a artilharia da equipe.

As comandadas de Arthur Elias abriram o placar com Gabi Nunes, após 10 minutos de bola rolando. Ainda no primeiro tempo, o Alvinegro teve vantagem ampliada por Byanca Brasil, Fran e Gabi, que voltou a marcar em mais três oportunidades.

O Corinthians Audax seguiu em busca de mais gols para se aproximar ainda mais do líder do Grupo 1, Rio Preto. A equipe chegou ao 7º gol com Gabi Nunes, em pênalti cobrado pela atacante aos sete minutos da etapa complementar. A camisa 11 anotou seu sexto gol no jogo, o oitavo do Coringão.

Nenê (2), Byanca Brasil, Grazi e Juliana completaram a goleada e deixaram a equipe do Corinthians Audax ainda mais próxima da liderança do grupo. Destaque da partida com seis gols, Gabi Nunes assumiu a artilharia do time com oito gols marcados.

A vitória garantiu a classificação do time à próxima fase e deixou a equipe na segunda colocação do Grupo 1, com 25 pontos e 32 gols de saldo, logo atrás do Rio Preto, que tem a mesma pontuação, porém 3 gols de vantagem.

O Corinthians Audax volta a jogar pelo estadual no próximo domingo (26), às 10h, pela penúltima rodada da primeira fase, contra o XV de Piracicaba, no Estádio do Rochdale.






















Corinthiano centroavante André passa por procedimento cirúrgico nesta segunda

O tempo de recuperação deste procedimento é de até 30 dias


16h35 20/06/2016 - Agência Corinthians



Em 2016, André disputou 25 jogos e marcou seis gols

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Na noite desta segunda-feira (20), o atacante André passará por cirurgia de hérnia inguinal direita.

O tempo de recuperação deste procedimento é de até 30 dias e será feito no hospital São Luiz pelo doutor Mário Gimenez.

















Goleiro corinthiano Walter aprova chegada de Cristóvão: 'É capaz de trabalhar no Corinthians'

Em visita à loja do Timão, goleiro fala sobre saída de Tite, expectativas com o novo treinador e tempo de recuperação para voltar aos gramados

LANCE!

20 JUN 2016 17h25

Nesta segunda-feira, o goleiro Walter atendeu dezenas de torcedores do Corinthians que estiveram na loja Poderoso Timão da Lapa. Depois de distribuir autógrafos e tirar fotos, o goleiro do Timão comentou sobre a chegada de Cristóvão Borges no comando da equipe paulista.

- O Cristóvão já trabalhou em grandes clubes do futebol brasileiro e mostrou ser capaz de trabalhar no Corinthians. O conhecimento e a tranquilidade dele (Cristóvão Borges) agregará bastante ao nosso trabalho junto com a comissão, que tem grande respaldo da diretoria. Acredito que podemos dar conta do recado e buscar novas conquistas para o clube - contou Walter.


Afastado com uma lesão na coxa direita, Walter também falou sobre a saída de Tite e como o elenco alvinegro lidou com a indefinição do ex-treinador corintiano antes do anúncio de sua transferência para a Seleção Brasileira.
- A gente chegava no treino e queria logo saber se ele havia aceitado ou não. Ficamos felizes por ele ter recebido o convite da Seleção e torcemos para que ele tenha o mesmo sucesso que teve aqui no Corinthians. O Tite é um cara muito correto e que mereceu cada conquista em sua carreira - afirmou, admitindo ainda ansiedade para retornar aos gramados:

- O Corinthians conta com bons goleiros. Estou me dedicando à recuperação para voltar o quanto antes e pode ajudar o clube quando precisar' - finalizou o goleiro, que deve retornar em 15 dias.

Após a vitória corinthiana por 3 a 1 sobre o Botafogo, no domingo, o Corinthians volta a se concentrar na sequência da competição. O próximo jogo, válido pela décima rodada do Brasileirão, será na quarta-feira (22), às 21h15, diante do Atl-MG, no Mineirão (pq o dno do Independencia é o América min). 







Corinthians sem zagueiro Yago, conundido, Léozão é opção
20/06/16 - 17:47



Leozão, durante treino do Corinthians. Ele pode estrear nesta quarta (Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians)


Por Gabriel Carneiro

O Corinthians pode ter uma zaga jovem e inexperiente na partida contra o Atlético-MG, quarta-feira, no Mineirão, pela décima rodada do Brasileirão. Além de Balbuena, suspenso, a equipe não poderá contar com Yago.



O jogador, que cumpriu suspensão diante do Botafogo, no último domingo, tem um edema ósseo no tornozelo direito e seguirá como desfalque.



Assim, se Vilson não se recuperar a tempo de edema muscular na coxa direita, o jovem Léo Santos, de 17 anos, deve fazer a sua estreia pelo Timão.





- O Yago não vai treinar até o fim da semana. Então, dificilmente ele terá condições de enfrentar o Santa Cruz, sábado - afirmou Julio Stancati, médico do Timão.



Vilson é desfalque há pouco mais de duas semanas. Ele vinha treinando com bola nos últimos dias, mas nesta segunda-feira só realizou treinamento físico no gramado. Ele ainda não participou de nenhuma atividade com impacto com os demais atletas.



Dessa forma, cresce ainda mais a lista de problemas do técnico Cristóvão Borges, que fará a sua estreia em Minas Gerais. Ele já tem oito desfalques certos (André, Bruno Paulo, Cristian, Danilo, Elias, Walter e Yago, lesionados, e Balbuena, suspenso) e quatro dúvidas (Cássio, Matheus Vidotto, Vilson e Giovanni Augusto) para seu jogo de estreia, quarta-feira.



O goleiro Cássio segue com suspeita de sinusite e ainda será avaliado nesta terça-feira para saber se tem condições de jogo. A expectativa é de que ele vá para o jogo. Contudo, se ele não puder, Caíque França, de 21 anos, irá substituí-lo.



Assim, a provável escalação do Corinthians para este jogo é: Cássio (Caique), Fagner, Pedro Henrique, Léo Santos (Vilson) e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Lucca (Marlone/Giovanni Augusto), Guilherme e Marquinhos Gabriel; Romero.







20/06/2016 17h20

Yago é mais um atleta do Corinthians com lesão; Cássio passa por exames
Livre de suspensão, zagueiro não retornará diante do Atlético-MG por conta de um edema ósseo. Sem Balbuena, Cristóvão fará mudanças na defesa. Goleiro deve jogar


Por Marcelo Braga

Yago tem lesão e desfalca o Corinthians
(Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)

A lista de desfalques no Corinthians para o jogo diante do Atlético-MG, quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, não para de crescer. Além de André, que passará por uma cirurgia de hérnia na noite desta segunda-feira, o zagueiro Yago é outro que não enfrentará a equipe mineira.
Após cumprir suspensão na vitória do Corinthians por 3x1 sobre Botafogo, o zagueiro se ausentou do treino desta manhã por causa de um trauma ósseo no tornozelo.


Segundo o médico Júlio Stancatti, o defensor passará por um tratamento durante toda a semana, e deve ser desfalque também contra o Santa Cruz, sábado, às 21h, na Arena Corinthians.


A situação torna a vida de Cristóvão Borges complicada às vésperas de sua estreia. Com Balbuena suspenso, as opções para a zaga são Pedro Henrique, de 21 anos, Léo Santos, de 17, e Vilson, que voltou aos treinos com bola nesta segunda. Ele foi desfalque nos últimos quatro jogos por conta de um edema muscular na coxa direita. A tendência é que ele acelere o retorno para o jogo de quarta.


Além de Yago e André, o departamento médico do Corinthians tem ainda Danilo (lesão na panturrilha direita), Cristian (lesão na coxa esquerda), Elias (fratura na costela), Walter (estiramento na perna direita) e Bruno Paulo (cirurgia no pé esquerdo).


CÁSSIO DEVE JOGAR!


Substituído no intervalo da vitória contra o Botafogo por um mal-estar causado por uma suspeita de sinusite, Cássio não foi a campo nesta segunda-feira.


Segundo o médico do Timão, ele realizou exames de sangue e de raio-X para que seja investigado o problema. A tendência, porém, é que ele atue diante do Atlético-MG.


Foram a campo nesta segunda-feira os goleiros Caíque França, Luan e Matheus Vidotto, todos da base. Matheus fez o primeiro treino desde a cirurgia de hérnia lombar, realizada em maio.


O Timão deve ter Cássio, Fagner, Vilson, Pedro Henrique e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Giovanni Augusto, Guilherme e Marquinhos Gabriel; Romero.










20/06/2016 16h53

André passará por cirurgia de hérnia e desfalca o Corinthians por 30 dias
Atacante vinha reclamando de dores há algum tempo e agora passará pela operação. Situação pode acelerar a chegada de um reforço para a função de centroavante


Por GloboEsporte.com

Com departamento médico lotado, o Corinthians ganhou novo desfalque nesta segunda-feira. O atacante André, ausência no treino da manhã, será submetido a uma cirurgia de hérnia inguinal direita no hospital São Luiz. O fato deve acelerar a busca pelos reforços, pedidos por Cristóvão Borges na entrevista de apresentação.

De acordo com a assessoria de imprensa do Timão, o tempo de recuperação deste procedimento de André é de até 30 dias.

No início do mês, o departamento médico do clube afirmou que a hérnia era pequena e que seria tratada com tratamento conservador, sem cirurgia. O médico Júlio Stancatti explicou a mudança de posição.

– Optamos por operá-lo, era um incômodo pequeno, mas para não deixá-lo evoluir optamos por fazer agora. Foi uma decisão nossa mesmo, não é um caso emergencial – explicou.

Sem André, Cristóvão tem apenas Luciano como centroavante de ofício nas mãos. Em Corinthians 3x1 Botafogo, Romero atuou na função. A situação pode abrir brecha para Isaac, que ainda não fez sua estreia com a camisa do Timão desde que chegou. Ele tem contrato até dezembro.




20/06/2016 16h04


Novidades no campo e instruções: o primeiro dia de treinos de Cristóvão

No primeiro contato com o elenco, técnico mostra novidades na metodologia e um perfil bem ativo dentro de campo; estreia será contra o Atlético-MG, quarta, em BH


Por Carlos A. Ferrari e Marcelo Braga



Um dia depois de visitar o CT Joaquim Grava para assinar contrato até dezembro de 2017 e conhecer a estrutura do clube, Cristóvão Borges pisou no gramado pela primeira vez como treinador do Corinthians na manhã desta segunda-feira.



Após uma primeira conversa com o elenco na parte interna, partiu para o campo ao lado de Marlone, jogador que atuou com ele no Vasco e Fluminense, para comandar duas atividades técnicas apenas com jogadores que não enfrentaram o Botafogo no domingo.


Cristóvão Borges conversou com todo o elenco na chegada ao Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)





Enquanto os atletas realizavam aquecimento com o preparador físico Fábio Mahseredjian, Cristóvão bateu papo com Fábio Carille e Fernando Lázaro, auxiliares fixos do clube, e com Cassiano de Jesus, fiel escudeiro que chega para a mesma função. Cassiano é a única novidade na comissão fora o técnico.



Coube a Fábio Carille, Lázaro e Cassiano, aliás, executar a principal novidade do treino em termos de metodologia. Enquanto Tite e seus auxiliares reduziam as dimensões do campo com cones para as atividades, Cristóvão adota uma fita branca, que simula a demarcação da linha. Um detalhe, mas que indica que ocorrerão mudanças nos treinos.


Cristóvão Borges cobrou movimentação dos jogadores (Foto: Carlos Augusto Ferrari)


– O Corinthians é um clube sólido, eles fazem bem esse trabalho de auxiliar ao treinador. Hoje foi meu primeiro treino, mas quando cheguei no campo já estava tudo pronto. Tudo o que precisamos, aqui tem. Agora a gente resolve em campo – comentou o técnico, sobre a nova comissão técnica.



Também diferentemente de Tite, que deixava o treino dos reservas com seus auxiliares e mais observava que falava, Cristóvão participou ativamente do treino dos suplentes, já que ainda precisa conhecer as características de todo o elenco. Durante o treino, deu instruções, rolou bolas, gritou e chamou alguns jogadores pelo nome.



A estreia será na quarta-feira, às 21h45, em jogo do Corinthians contra Atlético-MG, em Minas Gerais. Em entrevista coletiva, o novo treinador disse que ainda não teve tempo para tomar grandes decisões em relação ao time titular, mas que o elenco precisará de alguns reforços.












20/06/2016 13h14


Cristóvão pede reforços e evita falar sobre Pato; veja os planos do técnico

Técnico admite que Timão precisa aumentar o número de jogadores no elenco e desconversa sobre o atacante. Mudança de comando não mudará o panorama


Por Carlos A. Ferrari e Marcelo Braga

Cristóvão Borges admitiu em sua apresentação como novo técnico do Corinthians que pedirá reforços à diretoria. Apesar de ter tido contato com o grupo por apenas dois dias, o treinador disse que quer aumentar o número de jogadores no elenco para ter peças de reposição e conseguir disputar o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil simultaneamente.


– Provavelmente, vamos precisar aumentar o grupo por causa das exigências da temporada. Há problemas de lesão, suspensão, e tudo isso requer reforços para se manter a qualidade. Vamos ter mais uma competição simultânea, e precisamos ter um elenco forte – afirmou.



O treinador desconversou na entrevista coletiva ao ser questionado sobre se tem interesse no retorno de Alexandre Pato. O atacante está emprestado ao Chelsea até o fim de junho. O Timão vive a expectativa de vendê-lo



Em conversa com os jornalistas na Arena Corinthians, no domingo, o presidente Roberto de Andrade disse que a troca de técnico não mudará a situação de Pato. O clube dá prioridade para vendê-lo ou envolvê-lo em alguma negociação. A reintegração ao elenco, por enquanto, está fora de cogitação.



A diretoria do Corinthians observa o mercado há algumas semanas. A intenção do clube é encontrar um jogador para a vaga aberta por Felipe, negociado com o Porto. Vários nomes estão sendo avaliados pela comissão técnica, mas, segundo a direção, nenhuma conversa avançou. Naldo, do Sporting, dificilmente será contratado.


O Timão também procura alternativas para o setor ofensivo. Tite já havia pedido a contratação de um centroavante com mais mobilidade para atuar no novo esquema tático. Agora, porém, caberá a Cristóvão Borges decidir o perfil do jogador. André, Romero e Luciano são as opções no grupo neste momento. Nenhum deles conseguiu empolgar.



O novo técnico também participará das possíveis saídas do grupo. O Corinthians não descarta vender outros jogadores e até colocar no mercado alguns que não estão sendo muito aproveitados. Fagner, Elias, Cássio e Romero surgem como os nomes mais cotados a deixar o clube no meio do ano. O Timão garante que ainda não recebeu ofertas por eles.























Indefinições e trabalho pesado: o primeiro dia de Cristóvão no Timão

Novo treinador comanda quase duas horas de atividades no CT Joaquim Grava, cobra, elogia, orienta e já mostra sua marca. Ele terá problemas para armar o time em sua estreia


Gabriel Carneiro

20 JUN2016
13h25

Cristóvão Borges chegou ao Corinthians mostrando trabalho. Após se apresentar aos jogadores em reunião na parte interna do CT Joaquim Grava, o novo treinador foi a campo e dirigiu sua primeira atividade, de cerca de duas horas de duração. O trabalho desta segunda-feira foi dividido em três partes: treino físico, técnico e específico, e contou com apenas 12 jogadores em campo. O reduzido número de peças se explica facilmente: Cristóvão tem seis desfalques certos (Walter, Cristian, Elias, Danilo, Bruno Paulo e Balbuena) e quatro dúvidas (Cássio, Matheus Vidotto, Vilson e Giovanni Augusto) para seu jogo de estreia, na próxima quarta-feira, contra o Atl-MG.

A maior indefinição é no gol. Sem Walter, que trata uma lesão na perna direita e ficará um mês fora, o novo técnico do Timão tem dúvidas em relação a Matheus, em fase final de recuperação de uma cirurgia de hérnia, e Cássio, que apresentou um quadro infeccioso, com suspeita de sinusite, e não treinou em campo nesta segunda-feira. Os goleiros do treinamento foram Caique França, que jogou o segundo tempo contra o Botafogo, e Luan, da base - Matheus Vidotto participou só de uma parte da atividade. A expectativa do clube, porém, é contar com Cássio.


Treinador estreia no comando do Corinthians nesta quarta-feira (Foto: Daniel Augusto Jr)Foto: LANCE!



Na linha, Cristóvão espera ter Vilson e Giovanni Augusto, que entrariam nas vagas ocupadas por Pedro Henrique e Lucca, respectivamente, na vitória por 3 a 1 diante do Botafogo. O primeiro treinou com bola, mas sem contato com outros jogadores, e o outro só correu ao redor do gramado. Caso participem do treino desta terça-feira ambos reforçarão o Corinthians na décima rodada do Brasileirão. Quem não apareceu em campo nesta segunda foram o zagueiro Yago e o atacante André. Segundo o clube, eles participaram de trabalhos na parte interna e não são dúvidas para enfrentar o Galo.

Cristóvão e seu auxiliar, Cassiano de Jesus, se mostraram bem participativos no trabalho em campo. Além de conversarem repetidas vezes com Fabio Carille e Fernando Lázaro, os auxiliares da comissão técnica fixa do Corinthians, os dois estiveram no comando das duas horas do treinamento, e voltam aos trabalhos nesta terça-feira, às 15h30, para o treino que define quem joga

CONFIRA COMO FOI O TREINO DESTA SEGUNDA PASSO A PASSO

TRIANGULAÇÃO - Princípio trabalhado por Tite foi explorado por Cristóvão Borges em seu primeiro treino no Timão. Ele cobrou dinâmica, precisão nos passes e velocidade dos 12 jogadores que participaram divididos em grupos de quatro: Vilson, Marlone, Willians, Camacho, Leozão, Léo Príncipe, Matheus Pereira, Rildo, Arana, Isaac, Maycon e Luciano.

PASSE - Depois do trabalho de triangulação, Cristóvão dividiu os 12 jogadores em dois grupos de cinco, sendo que dos dois que restaram um foi curinga da atividade e outro, o zagueiro Vilson, fez trabalho separado por ainda não poder ter contado. "Toca e movimenta" foi uma instrução constante do treinador, que exigiu pressão na saída de bola e qualidade nos passes. "Tem que jogar mais rápido", "na saída de bola o jogo é simples, não tem que esperar marcação chegar", foram outras orientações ouvidas. Cristóvão fez elogios a diversos jogadores, especialmente Rildo, Marlone e Willians, e também cornetou os erros de outros, como Léo Santos e Luciano.

FINALIZAÇÃO - Encerrado o treino técnico de triangulações e passes, Cristóvão observou um trabalho de finalizações, apenas com os jogadores de ataque em campo. A atividade foi dirigida pelo auxiliar Cassiano de Jesus, que mostrou bom repertório ao dizer o nome de praticamente todos os jogadores, inclusive alguns que não costumam ter muitas chances, como Isaac e Léo Príncipe.

DESTAQUE DO DIA - Rildo foi um dos jogadores mais participativos do primeiro treino de Cristóvão Borges. O camisa 19 chegou a dar um susto ao receber uma entrada no tornozelo direito, o mesmo que acaba de recuperar de lesão, e ficou caído no gramado. Poucos segundos depois, levantou e seguiu treinando. Ele fez um golaço em determinado momento, com drible da vaca em Isaac e conclusão por cima do goleiro.





















CORINTHIANS AO VIVO QUARTA
21h45 Atl-MG x Corinthians
Transmissão: TV Globo para MG (menos Belo Horizonte), TODO ESTADO PAULISTA (menos stos), RS, SC, PR, ES, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PE, CE, MA, PA (menos Santarém) (com Cleber Machado, Casagrande e Leonardo Gaciba) e Premiere (com Rogério Corrêa e Bob Faria)






Corinthians apresenta novo técnico, Cristóvão Borges: “Maior desafio da carreira”


12h40 20/06/2016 - Agência Corinthians

O primeiro desafio de Cristóvão como treinador do Timão acontece nesta quarta-feira, contra o Atlético-MG, fora de casa


© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Após o primeiro treino como técnico do Corinthians na manhã desta segunda-feira (20), no CT Dr. Joaquim Grava, Cristóvão Borges foi apresentado à imprensa em entrevista coletiva no centro de treinamento da equipe alvinegra. Questionado sobre a herança encontrada, o novo técnico do Corinthians não poupou elogios ao trabalho que vinha sendo feito por Tite.


“Este é um clube vencedor. Já trabalhei em outros clubes, e já recebi outras heranças. A herança que eu recebo aqui é de um treinador vencedor. O Corinthians é o atual campeão brasileiro. É momento de se reformular o time", explicou Cristóvão.


Ansioso para iniciar o trabalho como técnico corinthiano, o treinador sabe da responsabilidade que tem ao assumir o cargo, e entende a oportunidade como o maior desafio da carreira até aqui.


"Estou dando um salto. Com responsabilidade muito grande... É um trabalho que não é fácil, que naturalmente já não seria fácil... ainda mais aqui. Ao mesmo tempo, estou num time grande, um time forte. Quero aproveitar, que dê tudo certo", completou Cristóvão.


O primeiro desafio de Cristóvão à frente do Corinthians já acontece nesta quarta-feira (22), contra o Atlético-MG, às 21h45, no Mineirão.










20/06/2016 09h08


Corinthians começa semana com baixa, retorno e dúvidas

Balbuena cumpre suspensão, mas Yago retorna. Cássio e Vilson ainda passarão por avaliação para saber se poderão atuar na quarta, em BH


Por Carlos Augusto Ferrari



Caíque estreou bem no segundo tempo de Corinthians 3x1 bot (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)


Cristóvão Borges inicia seu trabalho no Corinthians, nesta segunda-feira, com problemas para montar a equipe.



Com pouco tempo para treinar, o técnico vai depender do departamento médico para montar o Timão que enfrenta o Atlético-MG, quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro.



O zagueiro Balbuena recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Botafogo. Yago, expulso contra o Fluminense, retorna. A dúvida no setor é sobre quem vai ocupar a outra vaga. Vilson foi liberado pelos médicos após sofrer uma lesão na coxa direita, mas ainda depende de uma avaliação sobre seu condicionamento físico. Caso seja vetado novamente, o garoto Pedro Henrique permanecerá como titular.



– Vilson treinou bem, a evolução está boa. Agora, é responsabilidade da parte física coloca-lo em campo – afirmou o médico Julio Stancati.



O problema na defesa fez a diretoria do Corinthians pedir a liberação do zagueiro Léo Santos. Na semana passada, ele foi convocado para um período de treinos com a seleção brasileira sub-20. A apresentação estava marcada para segunda-feira, mas o jogador permanecerá em São Paulo e pode atuar ser relacionado para o jogo de quarta.



A maior incógnita é o goleiro Cássio. O jogador teve um mal-estar no primeiro tempo contra o Botafogo e foi substituído por Caíque no intervalo. No sábado, o goleiro também reclamou de uma indisposição no início do treino, no CT Joaquim Grava, e voltou para os vestiários. Mesmo assim, acabou utilizado como titular.



Agora, o departamento médico do Corinthians tenta encontrar os motivos do problema. É possível que Cássio seja submetido a exames nesta segunda-feira. Se ele não evoluir, Caíque terá de atuar em Belo Horizonte. Walter está afastado por um mês em virtude de uma lesão na coxa direita, e Matheus Vidotto voltou a treinar recentemente depois de operar a coluna.



– Ele está se sentindo enjoado, com muita tontura e não está conseguindo fazer as atividades normais. Ele sente o lado direito da face muito congestionado, pode ser uma sinusite. Vamos investigar para saber, mas não dá para falar que ele vai jogar – ressaltou o médico.







20/06/2016 12h40


Novo técnico do Corinthians, Cristóvão cita herança de Tite e coloca Timão como maior desafio da carreira

Técnico recebe camisa 8, a mesma que usou no clube como jogador, e vê Corinthians em um processo de reformulação. Estreia dele será quarta-feira


Por Carlos A. Ferrari e Marcelo Braga


O Corinthians apresentou nesta segunda-feira seu novo técnico. Cristóvão Borges, de 57 anos, dirige uma equipe pela primeira vez na carreira e com a dura missão de substituir ninguém menos que o ídolo Tite. Depois de assistir à vitória do Corinthians por 3x1 sobre o Botafogo de um camarote, na Arena Corinthians, ele comandou o primeiro treino nesta manhã. A estreia dele está marcada para quarta, quando o Corinthians atua contra o Atlético-MG, às 21h45, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro.


Cristóvão Borges durante a apresentação no CT Joaquim Grava nesta segunda (Foto: Marcelo Braga)


– A herança que recebo aqui é de um treinador vencedor e de um trabalho encaminhado. O Corinthians é o atual campeão brasileiro e está reformulando o time. Todos passamos dificuldades. A remontagem de um time requer tempo. Mesmo ele (Tite) estava tendo dificuldades. O time que todos nós aplaudimos ano passado passou pela mesma dificuldade no início do ano. Então, tudo é um processo natural. Agora está se repetindo, mas comigo no comando. Estou pegando uma boa herança de um trabalho competente. Vou trabalhar da mesma forma para criar um time como todo mundo espera – afirmou Cristóvão.


– Sempre quando não estamos trabalhando e existe possibilidade de mudança em qualquer clube, nós sempre temos esperança. Não quero dizer que estava esperando essa do Corinthians. Aconteceu. Fiquei muito contente. Eu me sinto privilegiado por ter sido escolhido – afirmou.


Cristóvão Borges jogou pelo Corinthians em meados dos anos 80. Meio-campista de origem, chegou ao Timão em 86 vindo do Atlético-PR e ficou até 87. Fez 58 partidas e marcou 13 gols. 


Cristóvão Borges conversa com a comissão técnica durante o treino desta segunda (Foto: Carlos Augusto Ferrari)


Veja como foi a entrevista coletiva de Cristóvão:


SURPRESA PELA ESCOLHA

Tem algumas abordagens que se repetem, já estou acostumado. Sempre que vai substituir um treinador, tem alguns nomes, tem uma lista, e meu nome não estava nessa lista, então causou surpresa pra alguns. Mas tudo bem, estou acostumado, estou preparado.


ESQUEMA TÁTICO

O time foi vitorioso no 4-1-4-1. O Tite tentou mudar, porque precisava, e não deu certo. Agora eu vou ter pouco tempo para treinar, para mudar. Se precisar, vou mudando aos poucos. O futuro vai dizer se é esse o caminho.


MAIOR DESAFIO DA CARREIRA

Sem dúvida. Estou dando um salto. Com responsabilidade muito grande... é um trabalho que não é fácil, que naturalmente já não seria fácil... ainda mais aqui. Ao mesmo tempo, estou num time grande, um time forte. Quero aproveitar, que dê tudo certo.


CONVERSA COM A DIREÇÃO

Não é o mesmo Corinthians em que eu joguei, mas as ideias me deixaram confiantes. Conversei com a direção e a comissão técnica, vi a preocupação deles com relações humanas, para deixar o ambiente saudável, e isso eu achei muito interessante.


PAPO COM TITE

Não tivemos muito tempo, mas ele sempre tem algo bom a dizer. Nós somos amigos, e nos encontros que tivemos sempre falamos sobre Corinthians. Ontem mesmo ele brincou dizendo que ele tinha me tirado a Libertadores, quando eu estava aqui com o Vasco, e agora ele está entregando o Corinthians.


ESTILO DE JOGO

Gosto do futebol bem jogado, gosto do toque de bola. Quero um time com organização, que jogue de forma ofensiva, mas que tenha compactação. São esses os princípios que eu sigo.


BUSCA PRIMEIRO TÍTULO COMO TÉCNICO

Se eu cheguei aqui sem título, é porque alguma qualidade eu tenho. Com tudo o que o Corinthians oferece de ferramentas, é uma grande chance, e eu quero aproveitar.


RECADO PARA A TORCIDA

Essa (torcida) pesa, essa joga junto, quero que continue assim, sei o significado dessa torcida, é um clube associado a uma torcida.


REFORÇOS

Provavelmente vamos precisar aumentar o grupo por causa das exigências da temporada. Há problemas de lesão, suspensão, e tudo isso requer reforços para se manter a qualidade. Vamos ter mais uma competição simultânea, e precisamos ter um elenco forte.


CONTUSÕES DE GOLEIROS

Cheguei bem cedo aqui no clube, tive reunião com direção, comissão técnica e departamento médico, e ainda vamos avaliar. Temos problema, sim. Vamos aguardar a avaliação de amanhã para vermos como vamos para o próximo jogo.











Há quatro anos, Corinthians se classificava para a final da Libertadores da América no Pacaembu


 Timão garantiu o empate em 1 a 1 com gol de Danilo no segundo tempo



10h00 20/06/2016 - Agência Corinthians


Danilo marcou o gol que selou a classificação do Corinthians à final da Libertadores da América 2012


© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Há quatro anos, a torcida do Corinthians vivia a sensação de ver a equipe alvinegra classificada para a final da Libertadores da América. No dia 20 de junho de 2012, o Timão passava pelo s7os com um empate em 1 a 1 no Pacaembu, após ter vencido fora de casa por 1x0 e garantia uma vaga inédita para a decisão do torneio continental.


O Corinthians vinha embalado por uma classificação heroica sobre Vasco e uma vitória importante no jogo de ida da semifinal fora de casa, quando o Corinthians superou s7os por 1 a 0, com um golaço de Emerson Sheik, a equipe comandada por Tite buscava na Fiel o apoio necessário para chegar pela primeira vez à final da Libertadores da América


Com o resultado a favor, o Corinthians buscou neutralizar a equipe do Santos, que precisava do resultado positivo para seguir adiante na competição. No entanto, foram os rivais que abriram o placar no fim do primeiro tempo com Neymar, que aproveitou bola sobrada. Mesmo com o gol e apreensão da torcida, a equipe corinthiana manteve-se firme no segundo tempo.


Não demorou para que o Corinthians mostrasse que o gol não havia abalado o elenco e que a final já estava à espera do Timão. No começo do segundo tempo, Alex cobrou falta em direção à área, passando pelos jogadores e sobrando para Danilo. Como poucos fariam, o camisa 20 dominou a bola com toda a tranquilidade do mundo e estufou a rede do Pacaembu para a explosão dos mais de 35 mil torcedores que acompanhavam o jogo.


Com o gol, o Corinthians precisou apenas administrar o resultado para que a vaga para a final da Libertadores da América fosse conquistada. Antes do fim, Paulinho ainda colocaria uma bola na trave, mas o placar seguiu em 1 a 1 e confirmou o Corinthians na final do torneio, cujo adversário seria o Boca Juniors (ARG).


Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.
















Há 17 anos, Corinthians conquistava o 23ª título do Paulistão


Marcelinho Carioca e Edílson marcaram os gols que garantiram o empate alvinegro e o título; No primeiro duelo, vitória alvinegra por 3 a 0






10h00 20/06/2016 - Agência Corinthians




O gol de Edilson decretou a conquista do 23º título paulista do Corinthians


© Alexandre Battibugli/Placar



Há 17 anos, o Corinthians conquistava mais um Campeonato Paulista. O título foi 23º do Timão na competição estadual. Porém, o sabor da vitória não ficou apenas nos números. O triunfo no torneio aconteceu no derby, recheado de fatos marcantes.


Antes de chegar à final, o Corinthians disputou 18 jogos. Foram nove vitórias, três empates e seis derrotas, com 40 gols marcados e 31 sofridos. O Corinthians passou sobre 5P na semi e venceu o derby nas finais.


No primeiro duelo entre as equipes, o Corinthians ganhou por 3 a 0 e ficou próximo da conquista. Os gols corinthianos foram marcados por Edílson, Marcelinho Carioca e Dinei.


No duelo de volta,  aos 34 minutos, o Timão abriu o placar. Marcelinho Carioca invadiu a área e após rebote colocou o Corinthians à frente no placar deixando a conquista mais próxima.

O Corinthians com grande vantagem de 4 gols (3x0 no primeiro jogo e 1x0 neste) relaxou e cedeu e virada.

No segundo tempo, aos 28 minutos, Edílson recebeu de Ricardinho e estufou as redes


Minutos depois, Edilson realizou o lance mais marcante da final: as famosas embaixadinhas. Com a confusão, o árbitro encerrou o duelo aos 38 minutos do segundo tempo decretando o 23º título paulista do Corinthians.


Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.







Corinthiano volante Bruno Henrique: "Fico contente por ter ajudado a equipe"


O volante foi o grande destaque corinthiano com dois gols marcados



19h00 19/06/2016 - Agência Corinthians







Bruno Henrique contribuiu com dois gols para a vitória do Timão por 3 a 1 contra o Botafogo

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Neste domingo (19), o Corinthians conquistou mais uma vitória no Campeonato Brasileiro 2016. Na Arena Corinthians, o Timão superou o Botafogo por 3 a 1 e voltou ao G-4 da competição. Bruno Henrique foi um dos destaques corinthianos com dois gols. Após o fim do duelo, o jogador falou sobre a atuação alvinegra.


"Nós estamos criando bem, bastantes oportunidades, mas talvez no último passe, na última finalização, a gente esteja pecando um pouco. Temos que trabalhar, porque o mais difícil é criar, e a gente está conseguindo. Falta ter um pouco mais de calma na hora de definir", disse Bruno Henrique, que também falou sobre os dois gols que marcou.


"Muito contente pela vitória. Nós jogadores queríamos homenagear o Tite com uma vitória, fazendo um bom jogo e demonstrando o que ele passou pra gente nesse tempo de trabalho. Fico contente por ter ajudado a equipe", finalizou.


O próximo duelo do Corinthians já acontece nesta quarta-feira (22). O Timão viaja a Belo Horizonte onde encara o Atlético-MG, às 21h45, no Mineirão.









]