13 de jun de 2016

CORINTHIANS 13/06/2016




13/06/2016 19h52
Corinthians libera Elias para resolver problemas particulares. Ele se reapresenta quarta e não tem volta definida para jogo de quinta
.

Por GloboEsporte.com
O volante Elias não estará na delegação da seleção brasileira que retorna dos Estados Unidos ao Brasil nesta segunda-feira após a eliminação na Copa América Centenário. Ele foi liberado pela CBF e pelo Corinthians para resolver problemas pessoais.

A promessa é de que o jogador se reapresentará ao técnico Tite na quarta-feira.

O Corinthians pode negociar Elias para  Shandong da china por € 10 milhões (R$ 39,3 milhões na cotação atual).









Corinthians sonda zagueiro Ronaldo Alves, do Náutico
O jogador está se recuperando de lesão

O Corinthians corre atrás para reforçar o sistema defensivo. O nome da vez é de Ronaldo Alves, 26 anos, um dos líderes do Náutico, clube que disputa a Série B do Brasileiro.

Ronaldo Alves está em fase final de recuperação de uma lesão. A negociação entre Corinthians e Náutico ainda está em fase inicial, mas deve ganhar força no decorrer da semana.

Ronaldo Alves tem contrato com o Timbu até o final do ano e já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube de sua preferência. O Corinthians, porém, tem pressa para contar com seu futebol e deve oferecer uma proposta financeira para que o Náutico acabe o liberando. Especula-se que o Timão pagará cerca de R$ 2 milhões pelo atleta.










Arbitragem definida para jogo do Corinthians contra fluminense, quinta, 20h: 
Ricardo Marques Ribeiro, Guilherme Dias Camilo e Pablo Almeida da Costa





Corinthians futsal vence Guarapuava e sobe para o 3º lugar
Com gols de Rocha e Marcel, Timão vence por 2 a 1 fora de casa e encosta no líder Orlândia.

Por SporTV.com

O Corinthians futsal conquistou um importante resultado nesta segunda-feira, saltando da nona para a terceira colocação na classificação da primeira fase da Liga Nacional de Futsal (LNF) 2016. Jogando no ginásio Joaquinzão, em Guarapuava (PR), o Timão venceu o Guarapuava por 2 a 1, gols de Rocha e Marcel, com Felipinho descontando para os donos da casa (assista aos gols no vídeo acima). O Alvinegro do Parque São Jorge soma agora 16 pontos, dois a menos que os líderes Orlândia e Marechal Rondon, que não entraram em quadra nesta segunda-feira.


Jogadores corinthianos comemoram o primeiro gol sobre o Guarapuava (Foto: Reprodução SporTV)
Torcedores corinthianos acenderam sinalizadores, obrigando a organização da partida a interromper o duelo por 15 minutos, até que os objetos fossem apagados e a fumaça se dissipasse . O Corinthians volta a jogar pela LNF na próxima sexta, contra o Floripa, no Parque São Jorge, às 20h15. Já o Guarapuava, que está em penúltimo lugar com cinco pontos, volta à quadra apenas no dia 21, quando pega a Assoeva, em Venâncio Aires (RS).

Corinthians venceu com Guitta, Nenê, Pepita, Marcel e Deives. Entraram: Douglas, Munin, Rocha, Arthur, Índio, Vander Carioca e Leandro Lino. Técnico: André Bié.





Fora de casa, Corinthians futsal vence Guarapuava pela LNF e termina rodada em terceiro

O próximo compromisso do Timão será nesta sexta-feira (17), às 20h15, contra o Floripa, no ginásio do Parque São Jorge


21h40 13/06/2016 - Agência Corinthians

O Corinthians/UNIP venceu o Guarapuava por 2 a 1, fora de casa, em jogo válido pela nona rodada da Liga Nacional de Futsal. Os gols alvinegros foram marcados por Rocha e Marcel. O duelo na noite desta segunda-feira (13), no ginásio Joaquinzão, em Guarapuava-PR, foi o oitavo do Timão na LNF e deixou o Coringão com 16 pontos, na terceira posição da tabela de classificação.

O primeiro gol do Timão saiu aos seis minutos do primeiro período, após uma bela troca de passes. Leandro Lino iniciou a jogada na quadra de defesa, abriu para Munim, que de primeira inverteu a jogada para Arthur, já na quadra de ataque. O camisa 12 dominou a redonda na esquerda, chutou rasteiro e serviu Rocha, que com um toque de letra mandou a bola entre as pernas do goleiro e contou com falha do camisa 1 adversário para abrir o placar.

Após cinco minutos do gol corinthiano, a equipe paranaense deixou tudo igual. Rocha, autor do gol do Coringão, teve boa oportunidade aos nove minutos e meio de jogo, quando recebeu no meio, avançou pela esquerda e tirou o goleiro, mas finalizou para fora. Deives, camisa 10 do Corinthians, teve ótima oportunidade em contra-ataque, mas ao tentar encobrir o goleiro, mandou a bola por cima do gol.

No início do segundo período, o Corinthians/UNIP ficou mais com a posse de bola e criou boas oportunidades, como aos quatro minutos, quando Pepita tabelou com Deives pela esquerda e chutou forte, de perna esquerda, para defesa do goleiro Marcão.

O segundo gol do Timão saiu faltando quatro minutos para o fim da partida. Marcel aproveitou falha do Guarapuava em jogada ensaiada, roubou a bola na quadra de defesa, carregou a redonda até o gol adversário e, com o goleiro Marcão já no chão, apenas tocou para o fundo da meta. O próximo compromisso do Corinthians/UNIP será nesta sexta-feira (17), às 20h15, contra o Floripa, no ginásio do Parque São Jorge.

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por UNIP-Universidade Paulista e Colégio Amorim.







CORINTHIANS FUTSAL VENCEU POR 2X1 o guarapuava fora de casa pela liga Nacional de Futsal. CORINTHIANS SOMA 16 PONTOS EM 8 JOGOS, 3º COLOCADO, TEM UM JOGO A MENOS QUE O 2º, VOLTA A QUADRA, 17/6/16, 20H15, PQ SAO JORGE, CONTRA floripa










Presidente do Corinthians não está preocupado com possível proposta ao técnico corinthiano Tite para Seleção e não sabe se Tite toparia convite

Presidente do Corinthians desde o início de 2015, Roberto de Andrade concedeu entrevista ao LANCE! ainda antes da eliminação da Seleção na Copa América, na semana passada. O mandatário, porém, foi questionado a respeito de uma possível queda de Dunga em caso de fracasso nos Estados Unidos, como ocorreu. Neste caso, Tite se tornaria um dos principais nomes no alvo, especialmente do clamor popular, para assumir a Seleção. E aí?

- Não tenho temor nenhum (de perder Tite para a Seleção). Mas também não posso responder por ele. Só ele pode responder, mais ninguém - disse Roberto de Andrade, que ainda reconheceu não saber se o treinador aceitaria o convite da CBF desta vez, ao contrário do que ocorreu em três oportunidades anteriores.

Tite já esteve na mira da Seleção antes da Copa América disputada no Chile, em 2015, após a eliminação da competição diante do Paraguai, nas quartas de final, e também em abril deste ano. Os convites partiram da cúpula da CBF, à revelia do coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi, e já com Dunga no cargo. Tite, que admitiu ao menos dois destes convites em um livro biográfico lançado no último mês de maio, não compareceu às reuniões convocadas a pedido de Marco Polo Del Nero, presidente da entidade, e que negou ter realizado a sondagem.

Atual campeão brasileiro pelo Corinthians, Tite ocupa o quarto lugar na edição de 2016 Segundo técnico que mais comandou o clube na história, ele soma 378 partidas, com 196 vitórias, 110 empates e 72 derrotas A terceira passagem participou do Corinthians campeão da Libertadores da América e bicampeão Mundial em 2012 agrada ao presidente Roberto de Andrade.

- Falam bastante coisa, mas acho até pouco. Quem conhece, convive com ele no dia a dia, sabe que é muito mais do que isso que vocês falam. As qualidades dele estão guardadas em alguns detalhes, não só dentro de campo, ou por conduzir, respeitar. O ser humano que tem essas qualidades é ímpar, e é o caso dele - explica o presidente corintiano.

!: Você vê a Copa América torcendo bastante pela Seleção Brasileira?
Roberto: Não. Torço para o Corinthians.


Pergunto isso por causa da ameaça de assédio ao Tite caso a Seleção vá mal...
Sou brasileiro, gosto, assisto e tudo, mas só assisto, como assisto qualquer outro jogo. Mas torcida é só o Corinthians. O resto eu assisto, não torço.


Mas em uma possível queda do Dunga o senhor acredita que o Tite aceitaria a Seleção?
Não posso responder por ele. São perguntas que não consigo responder. Posso falar sim, posso falar não, mas na realidade não sei.


É um temor que o senhor tem, de perder o Tite?
Temor nenhum. Mas também não posso responder por ele. Só ele pode responder, mais ninguém.


O que o Tite representa para o Corinthians hoje?
Falam bastante coisa, mas acho até pouco. Quem conhece, convive com ele no dia a dia, sabe que é muito mais do que isso que vocês falam. As qualidades dele estão guardadas em alguns detalhes, não só dentro de campo, ou por conduzir, respeitar. O ser humano que tem essas qualidades é ímpar, e é o caso dele.

Por que esse status foi atingido?
Apesar do Corinthians ter mudado sua filosofia, que era de mandar embora com duas ou três derrotas, isso se deve muito ao treinador que temos. Em 2011, só para você saber, o Tite havia chegado em outubro de 2010, eu fiquei respondendo que o Tite não ia embora até quase metade do segundo turno. Toda coletiva era se o Tite ia embora, se ia embora, se ia embora. Aí foi campeão, depois ganhamos Libertadores e Mundial e ninguém mais perguntou. Quem conquistou isso foi ele, não fomos nós. Um bom profissional, uma boa pessoa e um bom trabalho... vou dispensar por qual motivo?


Como vê quando os outros times mandam embora seus treinadores?
Além da multa rescisória, que faz parte, existem alguns motivos para demitir treinador. O motivo que não seria o mais normal seria resultado. Mas se você está enxergando que existe trabalho, existe seriedade, existe um monte de coisa, o resultado uma hora vai aparecer. Então o resultado não é o que move a atitude de mandar embora, existe às vezes atitude de respeito com a diretoria, um monte de situações que não são meu caso aqui com o Tite. A gente permanece com o treinador porque não há motivo para tirar.


















Marquinhos Gabriel espera evolução do Corinthians

O Corinthians se reapresentou hoje pela manhã para treinar, visando o jogo de quinta contra o fluminense, em Brasília e o meia Marquinhos Gabriel atendeu a imprensa e espera que time mostre evolução já neste jogo.
- A gente poderia ter jogado um pouquinho mais, porque a marcação deles incomodou e não conseguimos fazer o que estamos acostumados. Pelo desempenho e pelo resultado foi uma partida incômoda, mas na próxima rodada temos a oportunidade de voltar a vencer, então tentamos tirar coisas boas desse jogo, de preencher bastante a área, chegar na linha de fundo e fazer mais triangulações. Acredito que na sequência vamos fazer jogos melhores. Podíamos até ter empatado (o Dérbi), mas o gol foi invalidado. Agora tem, sim, situações que dá para tirar de lição e usar na sequência - argumentou Marquinhos Gabriel, titular do Timão na sequência de vitórias e também na derrota deste fim de semana, sem culpar a arbitragem pelo resultado negativo.


- Vi de novo e mantenho minha opinião de que não foi falta. Mas vida que segue. Se ele validasse o gol teríamos comemorado esse ponto, seria outro resultado. Mas como perdemos ficamos tristes. Mas na próxima rodada já tem um jogo dificílimo contra o Fluminense e esperamos fazer um grande jogo - disse.
A chance de recuperar a liderança será novamente fora de casa, nesta quinta-feira, às 20h, contra o Fluminense. No estádio Mané Garrincha, em Brasília, a ideia é aproveitar o campo "neutro" e somar mais três pontos no Brasileirão.


- Jogo difícil, será em campo neutro, em Brasília. Espero que possamos fazer um bom jogo, com mais posse de bola e mais triangulações - explicou Marquinhos Gabriel, que já projeta as voltas de Balbuena e Elias após as eliminações do Paraguai e do Brasil na Copa América.


- O Elias é um jogador importantíssimo para o grupo, dá uma dinâmica no meio-campo. Balbuena também vai ter uma sequência maior de jogos com a saída do Felipe. Nossa equipe encaixando será uma boa equipe, e espero que eles possam nos ajudar.





CORINTHIANS TREINO PELA MANHÃ FOTOS:



























Balbuena volta antes do esperado, e deve herdar vaga de Felipe no Timão

Zagueiro voltou dos Estados Unidos e já trabalhou na academia do CT Joaquim Grava nesta segunda-feira. Ele deve ser titular quinta

O Corinthians começou sua vida sem Felipe com uma boa notícia na manhã desta segunda-feira. A novidade no treino de hoje do Corinthians foi o zagueiro Balbuena, que se reapresentou ao CT Joaquim Grava, após servir a Seleção Paraguaia na Copa América e já iniciou a preparação para assumir a vaga de titular na quinta, quando o Timão enfrenta o Fluminense no estádio Mané Garrincha, às 20h, em Brasília, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O defensor paraguaio se antecipou às expectativas da comissão técnica do Corinthians, que esperava tê-lo à disposição apenas na terça-feira.

De volta dos Estados Unidos, o zagueiro se reapresentou ao CT Joaquim Grava para realizar trabalhos de reforço muscular nesta segunda-feira, sendo que o clube esperava recebê-lo somente no dia seguinte - a expectativa segue sendo esta para o retorno de Elias, apesar de não haver confirmação a respeito da data. Assim, a tendência é que Balbuena já participe do treinamento em campo na terça e seja escalado como titular ao lado de Yago na partida de qiunta
Liberado para acertar a negociação com o Porto, de Portugal, Felipe já não foi ao CT nesta segunda-feira, mas mandou o recado que irá passar pelo local nesta semana para se despedir dos companheiros e possivelmente conceder entrevista coletiva. Os outros titulares de ontem fizeram atividades regenerativas, e o experiente Danilo, apesar de acionado somente no segundo tempo, cumpriu o mesmo programa. Apenas Walter entre os titulares esteve em campo.

Auxiliar de Tite, Cléber Xavier comandou os trabalhos nesta segunda, e o treinamento se limitou a uma atividade técnica em campo reduzido. O atacante Isaac, que nem sequer estreou pelo clube, foi um dos destaques, atuando de forma mais isolada no ataque de uma das equipes. O volante Willians, um dos candidatos a substituir o suspenso Cristian, sofreu uma entrada forte em determinado momento do treino, ficou caído, mas não virou motivo de preocupação para a comissão técnica.

O zagueiro Vilson segue no departamento médico, em tratamento de um edema na coxa direita. Além dele, Matheus Vidotto e Bruno Paulo também tratam lesão na parte interna do CT.




















Corinthians promove churrasco antes de jogo contra o Botafogo na Arena

Duelo da nona rodada será realizado no domingo, a partir das 16h. Além de churrasco com samba de rodada, evento terá visita ao campo, exposição de taças e presença de ídolos

LANCE!
13/06/2016
17:35


O Corinthians promoverá um evento na Arena Corinthians antes do jogo contra o Botafogo, domingo, pela nona rodada do Brasileirão. A ação terá churrasco com samba de roda, visita ao campo do estádio, exposição de taças e presença de ídolos.

A venda é exclusiva para os torcedores que possuem ingresso para a partida e custa R$ 180 por pessoa. Os ingressos são limitados e podem ser adquiridos por meio do site do Fiel Torcedor.

O evento terá início às 11h, sendo que o jogo começa às 16h. Cerveja e caipirinhas, que estão inclusas, serão servidas apenas até as 14h.




13/06/2016 16h05

Cedido ao Corinthians até dezembro, Isaac culpa lesões por falta de chances
Problemas na coxa e no tornozelo impediram o atacante de 21 anos de jogar com Tite no início deste ano. Apesar de estar recuperado, ele não deve atuar pelo Brasileirão


Por Marcelo Braga

Isaac Prado treina, mas não deve ter chances (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

– É melhor estar preparado e não jogar do que jogar e não estar preparado.


É com essa frase motivacional na cabeça que o atacante Isaac Prado, de 21 anos, vai trabalhar todos os dias no CT do Corinthians. Prejudicado por duas lesões na temporada, o jogador não conseguiu ficar à disposição de Tite nos primeiros campeonatos do ano. Agora, bem fisicamente, completa treinos junto dos outros jogadores, mas sem grandes perspectivas de vestir a camisa em jogos oficiais.


– Por mais que amanhã ou depois eu não esteja mais no Corinthians, tenho de estar preparado. Não sei se vou continuar ou sair. Jogador tem de estar atuando. Pode ser que eu vá para outro clube onde alguém veja mais meu potencial e posso dar certo. Tenho de me preparar – destacou ele, que está emprestado ao Timão até dezembro.

O atacante foi cedido pelo Botafogo de Ribeirão Preto em agosto do ano passado. No sub-20, participou do título paulista, subindo ao elenco profissional em janeiro. Levado por Tite para o Torneio da Flórida, sofreu lesão muscular na coxa direita, perdendo a chance de estrear no amistoso contra o Strikers, quando só reservas jogaram.


– Fiquei chateado. Love tinha acabado de ir embora e só tinha Danilo e Romero de atacantes, e eles não são centroavantes de característica. Estava treinando bem, mas a lesão me prejudicou. Antes dela algumas pessoas me elogiavam, diziam que eu estava vindo bem – lembrou.


A primeira lesão tirou de Isaac a chance de ser inscrito no Paulistão e na Libertadores. Tão logo se recuperou, um novo problema médico o prejudicou novamente. Desta vez, rompeu os ligamentos do tornozelo direito durante um treino. No mês passado, voltou a realizar treinos no campo com a preparação física. Recuperado, agora integra os treinos principais com o grupo.


Mesmo se não receber chances de Tite, diz que está satisfeito com o aprendizado do dia a dia.


– Assinar com o Corinthians foi uma alegria muito grande, deixei meus pais realizados. Queria estar atuando, mas estou em um dos maiores clubes do Brasil, independe se joguei ou não. É uma experiência que me faz crescer muito como profissional e pessoa. Isso tudo vai acrescentar muito na minha carreira. Estou no meio de multicampeões, jogador de seleção brasileira, de seleção paraguaia, com o melhor treinador do Brasil. Chegar aqui foi um passo muito grande.


Com Luciano titular, Tite conta hoje com André como principal opção de referência no ataque. Além dele, tem Lucca, Marlone, Romero e Rildo como alternativas de jogadores de velocidade.


CORINTHIANS QUINTA-FEIRA, 16

20h Fluminense x Corinthians

Transmissão: Premiere, Premiere HD e PFCI (com Daniel Pereira e Edinho)






















Corinthians quer manter zagueiro Vilson após venda lucraiva de Felipe ao Porto

13 JUN 2016 15h03 atualizado às 16h58


A transferência de Felipe para o Porto, de Portugal, por 25 milhões voltou a atenção da diretoria do Corinthians para o zagueiro Vilson. O jogador emprestado por um grupo de empresários (tem vínculo com o Hortolândia, que jamais defendeu) até o final do ano terá parte dos seus direitos econômicos adquiridos pelo clube.

Vilson agradou nas oportunidades que recebeu no Campeonato Brasileiro e deverá ser mais útil a partir da grande venda de Felipe.



Além do zagueiro de 28 anos, que tem passagem pelo Palmeiras e já usou a estrutura corinthiana para se recuperar de contusões, o Corinthians conta também com o paraguaio Balbuena e com os pratas da casa Yago, Pedro Henrique e Leozão como alternativas para o setor.

Apesar de se preocupar em manter Vilson, o Corinthians ainda não desistiu de contratar outro zagueiro, de preferência com mais rodagem ou renomado. Naldo, do português Sporting, foi sondado, porém a negociação acabou considerada muito dispendiosa.
Corinthiano meia Marquinhos Gabriel aponta meta para próximas rodadas: “Voltar a brigar pela liderança”

Meia alvinegro mostrou otimismo ao avaliar a sequência do Timão na competição nacional
12h20 13/06/2016 - Agência Corinthians

Na manhã desta segunda-feira (13), o Corinthians voltou aos treinamentos no CT Dr. Joaquim Grava após a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras no último domingo (12). Após o trabalho, o meia Marquinhos Gabriel concedeu entrevista coletiva e afirmou que, apesar da derrota, o Timão seguirá na briga pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro 2016.

“Poderíamos ter jogado um pouquinho mais, marcação deles foi incômoda, não fizemos tantas triangulações. Mas na próxima rodada temos possibilidade de reverter e voltar a brigar pela liderança”, disse.

O camisa 31 do Timão declarou que a equipe tem condições de recuperar os pontos perdidos neste início de competição e mostrou otimismo para a sequência da temporada. “Temos situações na frente para reverter. Segundo jogo contra Palmeiras e contra o Grêmio. Temos muitas possibilidades de evolução. Vamos lutar muito para vencer”, comentou.

Sobre o próximo duelo pelo Brasileirão, contra o Fluminense no estádio Mané Garrincha, em Brasília, nesta quinta-feira (16) às 20h, Marquinhos espera um duelo complicado, mas acredita no potencial do Timão. “Jogo difícil em campo neutro, em Brasília, esperamos ter mais posse de bola, mais ataques e triangulações pelos lados do campo. Um adversário difícil, mas faremos um bom jogo”, finalizou.












13/06/2016 13h11

Corinthians conta com Tite para recusar de novo a Seleção; veja detalhes do caso
Técnico é nome mais comentado após eliminação do Brasil na Copa América, mas já recusou convites anteriores. CBF vai definir futuro de Dunga nos próximos dias


Por Diego Ribeiro

Tite em campo nesta segunda; Seleção volta a ser assunto (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Dois meses depois de dizer "não" à CBF, Tite voltou a causar preocupação no Corinthians por causa de um eventual novo convite para dirigir a seleção brasileira. A eliminação da equipe de Dunga na primeira fase da Copa América Centenário, no domingo, reforçou os holofotes sobre o comandante do Timão.


Segundo informações do repórter Andrei Kampff, da TV Globo, Tite aceitaria dirigir a Seleção se fosse convidado pela CBF novamente. O treinador, porém, só topa negociar depois que Dunga deixar o cargo. Ele também pretende ter autonomia para trabalhar, montando todo o departamento de futebol profissional. O auxiliar Cleber Xavier e o gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, são os nomes mais cotados para fazer parte do grupo do treinador.

A cúpula da CBF ainda vai definir o futuro de Dunga, mas até quem defendia o técnico em crises anteriores já jogou a toalha. Hoje , Tite comandou um treino na manhã desta segunda-feira e não comentou o assunto.


Dentro do Corinthians, porém, a apreensão voltou. Tite tem contrato com o Corinthians até o fim de 2017, mas um novo chamado da seleção brasileira pode causar indecisão no treinador. Em abril, não houve dúvida: por meio de intermediários, Tite disse que não tinha a intenção de trocar de emprego naquele momento. Dias depois, a CBF confirmou a permanência de Dunga.


– Acabou o boato agora – comemorou Tite, na ocasião.


A cúpula alvinegra aguarda os próximos passos da CBF. Afinal, o técnico ainda nutre o sonho de dirigir a equipe nacional em algum momento da carreira. Mesmo assim, a diretoria mantém confiança sobre a continuidade no trabalho e, por enquanto, não trabalha com a possibilidade de perda. Os jogadores mostram preocupação.


– O Corinthians perderia um grande treinador, não à toa se cogita o nome dele na Seleção, pelos títulos, pelo belo trabalho. Uma situação que vai se arrastar um pouquinho, mas é merecimento ao trabalho dele. Vamos ver o que vai acontecer nos próximos dias – afirmou Marquinhos Gabriel, em entrevista coletiva nesta segunda-feira.



Um motivo de alento à diretoria do Corinthians é a lealdade de Tite a Andrés Sanchez, ex-presidente e superintendente, hoje sem cargo no clube. O técnico não gostaria de comandar a Seleção neste momento em virtude das denúncias de corrupção na CBF. Mesmo afastado, Marco Polo Del Nero segue poderoso nos bastidores. Ele é desafeto de Andrés.


Também por meio de intermediários, Tite recusou duas conversas com a CBF no ano passado, durante a campanha que culminou no título brasileiro. A revelação foi feita em sua biografia, assinada pela jornalista Camila Mattoso.


No início de maio, Tite encontrou Dunga em uma reunião de técnicos no Rio de Janeiro. Os dois não conversaram sobre seleção brasileira.


– Não, não. Passou já. Passou. Estamos falando sobre o futebol em macro – destacou Tite.

O Corinthians aguarda os próximos capítulos, mas não quer se desfazer do treinador mais vencedor de sua história.

 Tite já recusou Seleção em convites anteriores (Foto: Daniel Augusto Jr/ Ag. Corinthians)










13/06/2016, às 12:19
 Timão treinou hoje, Felipe liberado, e Balbuena de volta:
Negociado com o Porto, de Portugal, zagueiro já não trabalha mais com o elenco. Tite ganha o reforço do paraguaio e ainda terá o volante Elias a partir de terça-feira



Jogadores do Corinthians treinaram agasalhados nesta segunda-feira (Foto: Marcelo Braga)

O Corinthians iniciou nesta segunda-feira uma nova semana de trabalho, em treino matinal no CT Joaquim Grava.Os reservas foram a campo para atividades técnicas.

Dos titulares, só Walter participou. A baixa temperatura obrigou os jogadores a usarem gorros e luvas durante o treino.

As novidades do dia foram no setor defensivo. Negociado com o Porto, Felipe foi liberado pela diretoria e não treina mais pelo Timão. A tendência é que ele apareça no CT durante a semana para se despedir dos funcionários e participe de uma entrevista coletiva.

Balbuena se reapresentou (Seleção Paraguaia saiu da Copa América) e iniciou trabalhos de fortalecimento muscular na parte interna do CT, sem ir a campo. Ele deve reforçar o time na quinta-feira, contra o Fluminense, às 20h, em Brasília.

Outro que deve retornar na partida é Elias, que defendeu a seleção brasileira na competição. Ele deve chegar ao Brasil na terça-feira. Tite não terá Cristian, suspenso, diante do clube carioca. Vilson, com um edema na coxa direita, segue como dúvida. Ele não atuou os últimos dois jogos.

O Timão deve atuar com Walter, Fagner, Balbuena, Yago e Uendel; Maycon (Willians) e Bruno Henrique; Giovanni Augusto, Guilherme e Marquinhos Gabriel; Luciano. Com 13 pontos, o time é quarto colocado na tabela de classificação.


Fonte: GloboEsporte









CORINTHIANS FARÁ NOVO CONTRATO COM ZAGUEIRO VILSON


Reprodução/Instagram
Publicado às 13:02 de 13/06/161 leituras


O Corinthians já se mexe após a confirmação da saída de Felipe. A primeira contratação será do zagueiro Vilson que já está no clube.

Após a confirmação da saída do zagueiro Felipe, feita pelo próprio jogador, ontem, o Timão já se movimenta para garantir a permanência de Vilson. O jogador chegou no começo do ano por empréstimo até dezembro, mas a diretoria Alvinegra agora irá comprar 50% dos seus direitos econômicos que estão fixados em R$ 500 mil.

O atual dono dos direitos econômicos de Vilson é clube SEV Hortolândia, do interior paulista.

Dessa forma, um novo contrato com o atleta será feito, mas as novas condições, como prazo de duração, ainda estão sendo tratadas.

Vilson, que atualmente se recupera de lesão, já atuou em oito partidas pelo Corinthians e está invicto.

O Corinthians monitora também outros nomes para a posição que, além de perder Felipe, frequentemente perde Balbuena em jogos da seleção paraguaia.











CORINTHIANS REI DO IBOPE
Com a fiel em casa devido a proibição do MP de presenciar o jogo de ontem no campo, o Corinthians deu adiência de 27,8 pontos em um horário em que 60% dos televisores estavam ligados.









13/06/2016 13:00
Corinthians: Felipe chora após jogar a despedida


O Dérbi de domingo foi a última apresentação do zagueiro Felipe com a camisa do Corinthians. Após o confronto, ele confirmou a transferência para o Porto, de Portugal, na próxima semana, para fazer exames e assinar contrato.

Ainda no campo, o zagueiro fez um balanço de sua passagem pelo clube de cinco anos.



Daniel Augusto/Ag.Corinthians

“Foi minha despedida, sim. Estou feliz pelo bom trabalho que fiz no Corinthians, pela minha evolução. O clube me acolheu, criei uma família. Vou continuar seguindo o Timão. Saio com aquele sentimento meio amargo, mas feliz também. Agora, é dar continuidade no próximo clube”, comentou o camisa 28

“Subi sozinho, eles se trombaram sozinhos. (O juiz) Estava bem, mas foi uma bola dividida normal. Estava olhando a bola, não olhei para o Prass nem para o zagueiro”, disse, reclamando erro da arbitragem ontem.
O defensor não conseguiu segurar a emoção. Foi às lágrimas.

“Ele chorou bastante. Torcemos por ele”, revelou o volante Bruno Henrique, que “marcou” o gol que garantiria o empate após choque de Felipe com a dupla palmeirense.

Digno de Corinthians/ Não foram só os jogadores que lamentaram a saída do zagueiro. O técnico Tite também falou sobre o último jogo do xerife.

“O Felipe é um cara que dignificou a camisa do Corinthians. Adora o seu trabalho, reverteu um grande ganho financeiro ao clube. Veio do Bragantino, além dos títulos, está dando grana ao clube. Ele foi digno de vestir a camisa do Corinthians”, destacou.

Com o gaúcho, Felipe virou titular, ganhando a disputa com Edu Dracena em 2015.





Felipe é liberado de treino, e Balbuena reaparece no CT do Corinthians
Acertado com o Porto, zagueiro se despediu do clube ontem; já o paraguaio voltou da Copa América

13/06/2016 11:02h


O Corinthians voltou a trabalhar na fria manhã desta segunda-feira. No CT Joaquim Grava, já não estava mais o zagueiro Felipe, que acerta os detalhes finais de sua transferência para o Porto, de Portugal. Balbuena, em compensação, reapareceu.

O defensor paraguaio se reapresentou hoje pós defender seleção paraguaia na Copa América e aproveitou para realizar exercícios de reforço muscular no Corinthians. O meio-campista Elias, também de volta do torneio, deverá ficar novamente à disposição do técnico Tite na terça-feira.

Com a venda milionária de Felipe (Corinthians recebe 25 milhões) e esses reforços, portanto, o Corinthians já se prepara para enfrentar o Fluminense na noite de quinta-feira, em Brasília. Nesta manhã, apenas os reservas treinaram com bola no gramado. Os titulares, assim como o meia Danilo, que participou do segundo tempo do clássico, fizeram somente um trabalho regenerativo.

O Corinthians terá mais um desfalque na próxima rodada do Campeonato Brasileiro. O volante Cristian, que deixou o Derby machucado, está suspenso e abrirá um espaço ao lado de Bruno Henrique no meio-campo. Ontem, o seu substituto foi o jovem Maycon.

Fonte: Esporte interativo











Corinthians descarta perder Tite para seleção

Presidente corinthiano havia afirmado que não teme saída do treinador, que tem sido cogitado para assumir vaga na amarelinha




No Corinthians, a possibilidade de perder Tite para seleção não assusta
PUBLICADO EM 13/06/16 - 12h49

O técnico Dunga, após mais um vexame da seleção brasileira, está com a corda no pescoço e vê novamente o fantasma de Tite assombrar a sua posição. No entanto, a troca de técnicos, cogitada com os maus resultados do gaúcho na amarelinha, não assusta nos corredores do Corinthians. Antes da derrota para o Peru, por 1 a 0, que eliminou a canarinho da disputa da Copa América Centenário, o presidente alvinegro, Roberto de Andrade, mostrou tranquilidade com o assunto.

“Não tenho temor nenhum (de perder Tite para a Seleção). Mas também não posso responder por ele. Só ele pode responder, mais ninguém", disse o dirigente ao jornal Lance!.

Outro fator que pesa contra a confederação uma mágoa do gaúcho com relação à convite para assumir a seleção. Depois da Copa do Mundo 2014, o treinador tinha a expectativa de ser chamado para o comando da canarinho, que colocaria fim ao período sabático que havia tirado para estudar, depois de deixar o Corinthians ao fim de 2013.

O interesse da CBF em contar com Tite no comando do combinado do Brasil, já levou a entidade a consultar o técnico em abril deste ano. Na época o Corinthians ainda na disputava a Libertadores e o treinador recusou o convite. Além disso, é grande o clamor popular para que comandante do atual campeão, que venceu também a Libertadores e o Mundial de 2012 com o time paulista, assuma a vaga de Dunga.








Marquinhos Gabriel espera evolução do Corinthians
Meia-atacante do Corinthians fala em melhorar para retomar vitórias contra o Fluminense, em confronto nesta quinta-feira, em cmpo neutro, em Brasília, mando adversario

Gabriel Carneiro

13 JUN2016
12h29


Marquinhos Gabriel além do erro da arbitragem em polêmico lance que anulou gol de Bruno Henrique já nos últimos segundos de bola rolando, o camisa 31 do Timão vê o mau desempenho da equipe alvinegra como o principal fator responsável pela quebra de uma sequência de quatro vitórias
- A gente poderia ter jogado um pouquinho mais, porque a marcação deles incomodou e não conseguimos fazer o que estamos acostumados. Pelo desempenho e pelo resultado foi uma partida incômoda, mas na próxima rodada temos a oportunidade de voltar a vencer, então tentamos tirar coisas boas desse jogo, de preencher bastante a área, chegar na linha de fundo e fazer mais triangulações. Acredito que na sequência vamos fazer jogos melhores. Podíamos até ter empatado (o Dérbi), mas o gol foi invalidado. Agora tem, sim, situações que dá para tirar de lição e usar na sequência - argumentou Marquinhos Gabriel, titular do Timão na sequência de vitórias e também na derrota deste fim de semana, sem culpar a arbitragem pelo resultado negativo.

- Vi de novo e mantenho minha opinião de que não foi falta. Mas vida que segue. Se ele validasse o gol teríamos comemorado esse ponto, seria outro resultado. Mas como perdemos ficamos tristes. Mas na próxima rodada já tem um jogo dificílimo contra o Fluminense e esperamos fazer um grande jogo - disse.
A chance de recuperar a liderança será novamente fora de casa, nesta quinta-feira, às 20h, quando o Corinthians atua contra o Fluminense. No estádio Mané Garrincha, em Brasília, a ideia é aproveitar o campo "neutro" e somar mais três pontos no Brasileirão.

- Jogo difícil, será em campo neutro, em Brasília. Espero que possamos fazer um bom jogo, com mais posse de bola e mais triangulações - explicou Marquinhos Gabriel, que já projeta as voltas de Balbuena e Elias após atuarem na Copa América.

- O Elias é um jogador importantíssimo para o grupo, dá uma dinâmica no meio-campo. Balbuena também vai ter uma sequência maior de jogos com a saída do Felipe. Nossa equipe encaixando será uma boa equipe, e espero que eles possam nos ajudar.








13/06/2016 13h11

Corinthians crê que Tite diga não, de novo, para a Seleção; veja detalhes do caso
Técnico é nome mais comentado após eliminação do Brasil na Copa América, mas já recusou convites anteriores. CBF vai definir futuro de Dunga nos próximos dias


Por Diego Ribeiro

Tite em campo nesta segunda; Seleção volta a ser assunto (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Dois meses depois de dizer "não" à CBF, Tite voltou a causar preocupação no Corinthians por causa de um eventual novo convite para dirigir a seleção brasileira. A eliminação da equipe de Dunga na primeira fase da Copa América Centenário, no domingo, reforçou os holofotes sobre o comandante do Timão.

Segundo informações do repórter Andrei Kampff, da TV Globo, Tite aceitaria dirigir a Seleção se fosse convidado pela CBF novamente. O treinador, porém, só topa negociar depois que Dunga deixar o cargo. Ele também pretende ter autonomia para trabalhar, montando todo o departamento de futebol profissional. O auxiliar Cleber Xavier e o gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, são os nomes mais cotados para fazer parte do grupo do treinador.


A cúpula da CBF ainda vai definir o futuro de Dunga, mas até quem defendia o técnico em crises anteriores já jogou a toalha. Tite comandou um treino na manhã desta segunda-feira e não comentou o assunto.


Dentro do Corinthians, porém, a apreensão voltou. Tite tem contrato com o Corinthians até o fim de 2017, mas um novo chamado da seleção brasileira pode causar indecisão no treinador. Em abril, não houve dúvida: por meio de intermediários, Tite disse que não tinha a intenção de trocar de emprego naquele momento. Dias depois, a CBF confirmou a permanência de Dunga.


– Acabou o boato agora – comemorou Tite, na ocasião.


A cúpula alvinegra aguarda os próximos passos da CBF. Afinal, o técnico ainda nutre o sonho de dirigir a equipe nacional em algum momento da carreira. Mesmo assim, a diretoria mantém confiança sobre a continuidade no trabalho e, por enquanto, não trabalha com a possibilidade de perda. Os jogadores mostram preocupação.


– O Corinthians perderia um grande treinador, não à toa se cogita o nome dele na Seleção, pelos títulos, pelo belo trabalho. Uma situação que vai se arrastar um pouquinho, mas é merecimento ao trabalho dele. Vamos ver o que vai acontecer nos próximos dias – afirmou Marquinhos Gabriel, em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

O Corinthians perderia um grande treinador, não à toa se cogita o nome dele na Seleção, pelos títulos, pelo belo trabalho. Vamos ver o que vai acontecer nos próximos dias

Marquinhos Gabriel, sobre Tite

Um motivo de alento à diretoria do Corinthians é a lealdade de Tite a Andrés Sanchez, ex-presidente e superintendente, hoje sem cargo no clube. O técnico não gostaria de comandar a Seleção neste momento em virtude das denúncias de corrupção na CBF. Mesmo afastado, Marco Polo Del Nero segue poderoso nos bastidores. Ele é desafeto de Andrés.

Também por meio de intermediários, Tite recusou duas conversas com a CBF no ano passado, durante a campanha que culminou no título brasileiro. A revelação foi feita em sua biografia, assinada pela jornalista Camila Mattoso.

No início de maio, Tite encontrou Dunga em uma reunião de técnicos no Rio de Janeiro. Os dois não conversaram sobre seleção brasileira.

– Não, não. Passou já. Passou. Estamos falando sobre o futebol em macro – destacou Tite.

Desta vez, teoricamente, o caminho está mais livre. Não há mais a disputa da Libertadores, apenas a briga pelo Campeonato Brasileiro. O Corinthians aguarda os próximos capítulos, mas não quer se desfazer do treinador mais vencedor de sua história.



















Vitória do Timã em 1º jogo da semi da Libertadores da América 2012 completa quatro anos

Timão conseguiu sair com uma importante vitória fora de casa contra rival paulista
12h00 13/06/2016 - Agência Corinthians


Outro dos grandes momentos da campanha do título inédito e invicto da Libertadores conquistado pelo Corinthians em 2012, a vitória do Corinthians sobre s7os, fora de casa, no jogo de ida das semifinais da competição continental completa quatro anos nesta segunda-feira (13).


Após a emocionante classificação do Corinthians sobre o V.asco quartas de final, a sequência do Corinthians não seria fácil na Copa Libertadores da América de 2012. No dia 13 de junho, o Timão fez o primeiro jogo da semifinal daquela edição do torneio contra s7os, Atuando fora de casa, a postura da equipe comandada por Tite se manteve intacta, e o Alvinegro saiu vitorioso: 1 a 0.


A primeira partida da semifinal teve um início bastante equilibrado. Aos oito minutos, a primeira chance de gol foi do rival. O meia Elano bateu falta e Cássio fez defesa tranquila. Aos 14, foi a vez do Corinthians ameaçar. Emerson arrancou e chutou de longe, mas a bola passou à esquerda da meta santista.


O jogo seguiu bastante disputado, sem chances claras para as duas equipes, até os 27 minutos do primeiro tempo, quando Alex recebeu a bola. O meia deu belo passe pra Paulinho, que arrancou e tocou para Emerson. O camisa 11 recebeu na entrada do lado esquerdo da grande área, ajeitou e bateu no ângulo direito sem chances para o goleiro santista. Com um golaço, o Corinthians saía na frente do duelo por uma vaga na decisão: 1 a 0.


Antes do fim do primeiro tempo, aos 42 minutos, a equipe rival atacou pela direita, Elano recebeu na marca do pênalti e bateu no canto direito do gol corinthiano. Bem posicionado, Fábio Santos salvou quase em cima da linha.


No segundo tempo, a estrela de Cássio brilhou. Logo aos cinco minutos, o goleiro começou a ser testado. Após batida de escanteio, a bola sobrou para o zagueiro Durval quase na pequena área, que bateu no canto esquerdo, mas o camisa 12 foi buscar.


Aos 10 minutos, pela esquerda, Juan cruzou, Alan Kardec preparou de cabeça e Borges finalizou tentando encobrir Cássio. O goleiro corinthiano fez mais uma brilhante defesa.


Após a pressão inicial, o Corinthians conseguiu neutralizar o adversário, que não chegava mais à meta alvinegra com qualidade. Aos 18 minutos, a única chance corinthiana criada em todo o segundo tempo. O zagueiro Chicão bateu falta na intermediária, mas não levou muito perigo. A bola chegou sem muita força para o goleiro santista, que fez a defesa.


O jogo estava controlado, mas aos 31, em lance duvidoso, o atacante Emerson foi expulso. Com um jogador a menos, o Corinthians voltou a sofrer pressão. Quatro minutos depois, novamente em um lance de escanteio, Cássio fez mais um milagre. Desta vez, a bola sobrou para Juan. O lateral-esquerdo bateu com capricho, mas o goleiro corinthiano fez uma grande defesa.


Aos 36, houve queda de energia. Sem iluminação, o jogo foi interrompido. Dez minutos depois, a partida foi retomada. Novamente no controle do jogo, o Corinthians conseguiu segurar o placar até o apito final. Com o resultado, o Timão iria para o jogo de volta, no Pacaembu, com a vantagem de poder empatar para chegar à final da Libertadores.


Você encontra mais informações sobre os números e jogos do Corinthians no Aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS e Android na Apple Store e Google Play.




San7os 0 X 1 CORINTHIANS
Local: Vilinha Belmiro
Data/Hora: 13/6/2012 -- 21h50
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Assistentes: Dibert Pedrosa e Roberto Braatz
GOL: Emerson, 27'/1ºT (0-1)(COR)
CARTÕES AMARELOS: Neymar (S); Alessandro, Cássio, Chicão, Leandro Castán (COR)
CARTÃO VERMELHO: Emerson (C) (31' 2ºT)
RENDA E PÚBLICO: R$ 969.701,00 e 14.788 pagantes
SANTOS: 1-Rafael, 7-Henrique, 2-Edu Dracena, 6-Durval e 16-Juan; 15-Adriano, 5-Arouca (17-Felipe Anderson, aos 37 2ºT), 8-Elano (9-Borges, no intervalo) e 10-P H Ganso; 11-Neymar e 19-Alan Kardec (25-Dimba, aos 45' 2ºT). Técnico: Muricy Ramalho. + 12-Aranha 14-Bruno Rodrigo 21-Maranhão 18-Gérson Magrão

CORINTHIANS: 24-Cássio, 2-Alessandro, 3-Chicão, 4-Leandro Castán e 6-Fábio Santos; 5-Ralf, 8-Paulinho, 20-Danilo e 12-Alex (25-Wallace, aos 37 2ºT); 23-Jorge Henrique e 11-Émerson. Técnico: Tite. + 1-Júlio César, 10-Marquinhos, 16-Ramón, 15-Douglas, 7-William 19-Élton










Corinthians futebol feminino vence Francana na Arena Barueri


Pardal e Nenê, que saíram do banco de reservas, marcaram os gols do Timão



09h30 13/06/2016 - Agência Corinthians







© Divulgação



Pela primeira vez jogando na Arena Barueri, o Corinthians feminino venceu a Francana, por 2 a 1, de virada, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Paulista. Depois de sair atrás no placar, o alvinegro se recuperou na segunda etapa com gols de Pardal e Nenê, que saíram do banco de reservas para dar a vitória ao time osasquense.


Como na primeira partida em que as duas equipes se enfrentaram no turno, o Corinthians Audax sabia que encontraria dificuldades mesmo jogando em casa. Assim, em um pênalti marcado pela arbitragem aos 24 minutos, a equipe adversária abriu o placar com Priscila, que venceu a goleira Monique na cobrança.


Com o placar contra, o Corinthians Audax encontrou ainda mais dificuldades para reverter a situação e buscar a virada em Barueri. Com a equipe visitante bem postada no campo de defesa, o Corinthians mantinha a posse de bola e trocava passes para buscar espaços e invadir a área adversária, chegando cada vez mais perto do gol de empate.


Aos 16 minutos da segunda etapa, a história do jogo começou a mudar em cobrança de escanteio de Byanca Brasil, com perfeição, na cabeça da zagueira Pardal, que subiu mais que a zaga para mandar para o fundo das redes e deixar tudo igual.


Com o marcador igualado, o Corinthians seguiu pressionando a Francana até os minutos finais, quando conseguiu chegar ao gol de empate com a atacante Nenê, que saiu do banco de reservas. Aos 42 minutos, a camisa 90 chutou e no rebote da goleira marcou o gol da virada.


A vitória do Corinthians Audax garantiu a liderança provisória do Grupo 1. No final da rodada do último domingo (12), a equipe deixou de ser líder e assumiu a segunda colocação, empatando em pontos (19) com o Rio Preto e ficando atrás apenas pelo saldo de gols.


A quatro jogos do fim da primeira fase, o Corinthians Audax volta a campo na próxima quarta-feira (15), para enfrentar a Ferroviária, às 15h, no Estádio Nicolau Alayon.