8 de jun de 2016

CORINTHIANS 08/06/2016




Fiel pode comprar ingressos para ver Corinthians em Brasília dia 16 de junho
A compra é feita pela internet, no site www.meubilhete.com, e nas bilheterias

20h00 08/06/2016 - Agência Corinthians


Os torcedores do Corinthians já podem garantir ingresso para a partida contra o Fluminense, válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. O duelo, que tem mando da equipe carioca, acontecerá no dia 16 de junho, às 20h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF.


Os interessados podem comprar pela internet, no site www.meubilhete.com, e nas bilheterias. Confira os valores e os pontos de venda:


Anel Superior (setor com divisão de torcida) - R$ 40 (meia-entrada*) / R$ 80

Hospitality (setor com divisão de torcida) - R$ 60 (meia-entrada*) / R$ 120

Anel Inferior (setor com torcida mista) - R$ 80 (meia-entrada*) / R$ 160

*Ao doar 1 kg, o torcedor que não possui carteirinha de estudante também pode comprar ingresso no valor de meia-entrada.

Pontos de Venda:

*Loja Grandes Torcidas

*Globo Esporte - Centro Taguatinga

*Lojas Sete Mares

- Taguatinga Shopping

- Shopping JK

- Alameda Shopping











































- Conjunto Nacional




CORINTHIANS RELEMBRA 7X1 QUE METEU NO s7os EM 2005 APÓS brasil, com CORINTHIANO ELIAS vencer haiti pelo mesmo placar




Já que o assunto é 7 X 1...












VOLANTE CORINTHIANO ELIAS ATUOU POR 70 MINUTOS EM SEGUNDO JOGO DO BRASIL 5X1 CONTRA HAITI NA COPA AMERICA 22H03










VOLANTE CORINTHIANO ELIAS EM CAMPO COMO TITULAR DA SELEÇÃO BRASILEIRA EM JOGO DA COPA AMÉRICA 2016 CONTRA HAITI, NOS EUA20H30


























Corinthians sub 20 vence Atl Cu e segue vivo no Brasileirão da categoria
Vitória por 1 a 0 deixa Timão jrs na terceira colocação do Grupo A, com quatro pontos, dois a menos do que o Figueirense, que já fez todas as partidas previstas na primeira fase


20h00 08/06/2016 - Agência Corinthians

A equipe Sub-20 do Corinthians se manteve viva no Campeonato Brasileiro da categoria. Com grande atuação coletiva, o Timãozinho venceu o Atl Cu por 1 a 0 na Arena Barueri, nesta quarta-feira (08). Os meninos do Alvinegro seguem com chances de classificação para a próxima fase da competição.

O Alvinegro abriu o placar aos 25 minutos da primeira etapa. Léo Jabá recebeu passe em profundidade pela direita e cruzou rasteiro. Moises teve tempo de dominar e bater no canto direito do goleiro.

Aos 32 minutos, os dois times ficaram com um a menos. Após cotovelada do atleticano Mosquito no zagueiro Vinicius em uma dividida, que resultou no vermelho ao rival, o jogador alvinegro se desentendeu com um dos adversários e também acabou sendo expulso. Osmar Loss deslocou o volante Dawhan para a zaga e recuou Rodrigo para atuar como um meia mais defensivo quando a equipe se defendia.

No segundo tempo, o Corinthians manteve a posse de bola, mas diminuiu as ações ofensivas. Mesmo assim, teve boas chances de gol com Léo Jabá e Lauder. O goleiro Filipe também fez grandes defesas, ajudando a equipe a conquistar os três pontos. No último minuto de partida, o Atlético-PR teve mais um expulso.

A vitória deixou o Alvinegro do Parque São Jorge na terceira colocação do Grupo A, com quatro pontos

Na última rodada da chave, o Corinthians encara a equipe do Vitória, no Barradão, em Salvador-BA, na terça-feira (14), às 17h. Só o triunfo classifica o Timão à próxima fase do Brasileirão Sub-20 .

Corinthians

Filipe; Mantuan, Thiagão, Vinicius e Guilherminho; Warian, Dawhan, Léo Jabá, Rodrigo e Lauder (Carlo); Moises (Miullen).
Técnico: Osmar Loss
















Cássio volta aos treinos; Corinthians não quer vendê-lo
Um dia depois de perder atividade por amigdalite, goleiro volta a trabalhar no campo ao lado dos companheiros e não deve ser negociado


Por Carlos A. Ferrari, Diego Ribeiro e Marcelo Braga

O Corinthians admite que passou a receber uma série de sondagens, principalmente de clubes brasileiros, desde que Cássio perdeu a condição de titular. O Grêmio, clube que revelou o goleiro, é um dos interessados. Mas um negócio no mercado interno dificilmente ocorrerá.


Nesta quarta-feira, um dia após desfalcar o treino por uma amigdalite, o goleiro voltou a trabalhar no campo. No início do treino, ele e os outros jogadores da posição treinaram com coletes de cinco quilos, que aumentaram a dificuldade das atividades. Vale lembrar que um dos motivos da saída do jogador do time titular foi que ele estava fora de forma no início do Brasileirão.

Cássio durante treino específico para os goleiros no Corinthians (Foto: Diego Ribeiro)

Com 229 jogos no Timão, cinco títulos conquistados e com um dos maiores salários do elenco, o jogador de 29 anos renovou contrato com o clube recentemente até dezembro de 2019. No início do ano, recusou uma proposta do Besiktas, da Turquia


Hoje, o pensamento é de que ele segue com bom mercado fora do Brasil, o que poderia render um bom dinheiro para o clube. Tecnicamente, ninguém duvida que ele possa retomar sua posição caso Walter perca prestígio. Até o momento, porém, o ex-suplente vem dando conta do recado.


Segundo pessoas próximas, Cássio está ciente da procura de alguns clubes, mas deixa tudo nas mãos do Timão e do empresário Carlos Leite, que ainda não recebeu nenhuma proposta oficial


























Fagner dá receita para êxito do Corinthians no Derby: “Buscar a vitória o tempo todo”

Lateral do Corinthians prevê clássico acirrado, em que o time alvinegro terá de chegar bem preparado para encarar qualquer dificuldade


18h20 08/06/2016 - Agência Corinthians







Após o trabalho no CT Dr. Joaquim Grava, o lateral Fagner falou com a imprensa

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Na tarde desta quarta-feira (08), o Corinthians realizou mais um dia de treinos com vista ao Derby , que será disputado neste domingo (12), às 16h, fora de casa, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro 2016. Após o trabalho no CT Dr. Joaquim Grava, o lateral Fagner falou com a imprensa e comentou as dificuldades ddo jogo, passando o que deve ser feito em um grande clássico como o deste fim de semana.

“Clássico é meio complicado, né? É um jogo em que as duas equipes se conhecem bem, mas vamos deixar isso de favoritismo. Vamos lá procurar fazer um bom trabalho, buscar a vitória o tempo todo. O pensamento tem de ser de se preparar bem para encarar todas as dificuldades que encararemos lá”, disse Fagner.

O camisa 23 do Timão previu um duelo acirrado, em que o Corinthians terá de trabalhar bastante para chegar afinado no clássico, mas sem mudar as características da equipe alvinegra.

“Será um jogo muito brigado, a equipe deles teve êxito quando jogou contra nós. A preparação será importante para fazermos um grande jogo. A equipe se forma, se readapta e vem tendo êxito. Leva tempo até você se estruturar de fato. Temos de manter e não mudar nada, o padrão deve ser repetido, em termos sem bola”, finalizou o lateral direito.











Timão faz trabalho tático
O defensor Felipe começou o treino separado do grupo para evitar uma sobrecarga muscular Guilherme fez academia. Os dois estão a disposição para domingo


Corinthians treina pensando no derbi (Daniel Augusto Jr/ Ag. Corinthians)
8/06/2016 18h53

Continuando a preparação do Corinthians para o derbi, no próximo domingo (12 de junho), teve treino nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava. Após uma rápida atividade física de aquecimento, os jogadores foram a campo para um trabalho tático. Tite dividiu o grupo em duas equipes e comandou um exercício de dois toques, com quatro gols à disposição dos jogadores.

Ausente na terça-feira, por causa de uma amigdalite, o goleiro Cássio treinou normalmente com o restante do elenco. O zagueiro Felipe não participou da atividade tática, treinando em separado com Léo Príncipe, Matheus Pereira, Rildo e Isaac, e aumentou os rumores sobre uma possível transferência para o Porto.

O defensor começou o treino separado do grupo para evitar uma sobrecarga muscular. Felipe se juntou aos demais jogadores na segunda parte dos trabalhos, fechada à imprensa, quando o elenco exercitou finalizações seguidas de cruzamentos.

Titular do meio-campo corintihano, Guilherme não participou do treino desta quarta. Desgastado, o jogador ficou fazendo reforço muscular para estar 100% para domingo. Outro atleta que não foi a campo foi o zagueiro Vilson, que se recupera de um edema na coxa direita.

Na atividade tática, Tite armou dois times, começando a esboçar a equipe que começará jogando no domingo. O técnico alvinegro não fará grandes mudanças no time que vinha atuando no Campeonato Brasileiro. Yago deve voltar a formar a dupla de zaga com Felipe. Com isso, o Timão deve iniciar o clássico com Walter no gol; Fagner, Felipe, Yago e Uendel na defesa; Cristian, Bruno Henrique, Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Guilherme no meio de campo e Luciano no ataque.












































CORINTHIANS JÁ SABE DATAS E HORÁRIOS DE MAIS 6 RODADAS DO BRASILEIRÃO 2016:

12ª RODADA
Quarta-feira, 29/06
21h45 América-MG x Corinthians, no Independência

13ª RODADA
Domingo, 03/07
16h Corinthians x Flamengo, na Arena Corinthians


14ª RODADA
Sábado, 09/07
16h30 Chapecoense x Corinthians, na Arena Condá



15ª RODADA
Domingo, 17/07
16h Corinthians x 5P, em local a definir (deve ser no Pacaembu, pois Arena Corinthians estará cedida a Olimpiadas)

16ª RODADA
Sábado, 23/07
16h Corinthians x Figueirense, em local a definir (deve ser no Pacaembu, pois Arena Corinthians estará cedida a Olimpiadas)


17ª RODADA
Domingo, 31/07
16h Intern x Corinthians, no DVD

18ª RODADA
Quarta-feira, 03/08
21h45 Atl CU x Corinthians, na Arena Curitiba


19ª RODADA
Sábado, 06/08
16h Corinthians x Cruzeiro, em local a definir (deve ser no Pacaembu, pois Arena Corinthians estará cedida a Olimpiadas)

20ª RODADA
Domingo, 14/08
11h Grêmio x Corinthians, na Arena gre

21ª RODADA
Sábado, 20/08
16h Corinthians x Vitória, (deve ser no Pacaembu, pois Arena Corinthians estará cedida a Olimpiadas)











Fagner quer Timão blindado para o Dérbi e pede responsabilidade a divulgadores da vida alheia em redes sociais como o caso de Felipe







Fagner, durante treino do Corinthians no CT (Foto: Daniel Augusto Jr)
LANCE! 08/06/2016
19:40

O Corinthians já "respira" o Dérbi de domingo. Nesta quarta-feira, o lateral-direito Fagner falou sobre ele e ressaltou a importância de não deixar assuntos extracampo interferirem na equipe.

- O mais importante é se blindar ao máximo. A maioria dos atletas tem suas assessorias, seus agentes, pessoas que podem blindá-los contra especulações. O mais importante é se preocupar com o jogo. Quando começa a se preocupar com coisas que podem tirar o foco, pode atrapalhar- declarou.

- O que acontece fora não pode interferir dentro. Acho que todo mundo está voltado para a preparação para que domingo a gente consiga fazer um trabalho bem feito - completou o ala.

Fagner ainda falou sobre o caso de Felipe, zagueiro pode ser vendido para o Porto, de Portugal, com lucro de 25 milhões ao Corinthians , e teve a sua vida invadida por funcionários do Poupatempo. Em suas redes sociais, o órgão público estadual noticiou a visita do defensor a uma de suas unidades e cravou a saída do atleta do Timão.



- Sacanearam ele pela roupa dele, não a habilitação. Cada um posta o que quer. Tem que analisar o que se posta. Está falando da vida de um atleta tem que tomar cuidado, apurar bem. Hoje, com Whatsapp, Facebook, passa muito a informação. Isso é coisa dele, só falamos para ele se vestir um pouco melhor (risos).









CORINTHIANS SUB 20 VENCEU POR 1x0 o atl cu na Arena Barueri e precisa de vitória na última rodada para se classificar




Na Arena Barueri, o Corinthians conquistou a primeira vitória na competição. Com gol marcado ainda na primeira etapa, o Timão superou o Atl de Cu por 1 a 0 e, com 4 pontos, alcançou a terceira colocação do Grupo A. Na última rodada, às 17h da próxima terça-feira (14), o Corinthians encara o Vitória, em Salvador






08/06/2016 19h10

Fagner defende Cássio

Por Carlos A. Ferrari, Diego Ribeiro e Marcelo Braga
Lateral Fagner segue titular do Corinthians no clássico de domingo
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Um dos principais líderes do elenco do Corinthians na temporada, Fagner concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira e falou sobre as movimentações no mercado. O Cointhians pode receber propostas milionárias e irrecusáveis pelo zagueiro Felipe e pelo goleiro reserva Cássio

– Todo atleta tem seu representante, tem a diretoria também que é competente para fazer o melhor para o clube. Não tem como ficarmos preocupados com algo que não aconteceu. Acho que o mais importante é ficar focado no futebol e no trabalho, porque se começar a se preocupar com coisa que não passou pode acarretar problemas – afirmou ele, tentando direcionar o foco para o derbi de domingo, às 16h, fora de casa.

Felipe, que visitou o Poupatempo de Mogi das Cruzes para tirar uma permissão internacional para dirigir e teve o segredo revelado pelo perfil oficial do órgão, está perto de ser vendido para o Porto. O zagueiro virou tema de piadas dentro do elenco.

– Sacanearam ele pela roupa, não pela habilitação. Cada um posta o que quer. Tem que analisar o que se posta. Está falando da vida de um atleta, tem que tomar cuidado. Hoje com WhatsApp, Facebook, passa muito a informação. É coisa dele, só falamos para ele se vestir melhor (risos).

Cássio, reserva desde o início do Brasileirão, interessa ao gremio. Na visão de Fagner, o goleiro mantém o comportamento comprometido nos treinos e jogos.

– Ele continua trabalhando igual, continua chegando cedo como sempre, dedicando-se. São coisas que se criam, mas a realidade é totalmente outra, ele procura ajudar como sempre. Ele está do nosso lado e isso é o mais importante – opinou.

Questionado, porém, se Cássio merece ter um tratamento diferente da diretoria em uma eventual negociação por conta do seu status de idolatria com a torcida, ele concordou:

– Jogador que tem a história que tem aqui dentro tem que ter um tratamento adequado. Difícil conquistar títulos como ele conquistou. Mas não cabe ao Fagner falar o que cabe ou não ser feito, é uma coisa muito complicada – esquivou-se.

Veja mais trechos da entrevista coletiva:

TEM PROPOSTAS PARA SAIR?
Não, não tem nada. Eu estou exclusivamente preocupado em trabalhar, em estar bem. Também não estou preocupado, só estou preocupado em ajudar o Corinthians, que é o que mais ajuda o clube.
Procuro pensar só no amanhã, trabalhar bem e deixar as coisas acontecerem. Ajudar o Corinthians e não pensar em coisas que não temos.

CLÁSSICO COM TORCIDA ÚNICA
Fora do estádio os corinthianos estarão torcendo por nós e isso nos dará uma energia significativa para fazermos um grande jogo também.

HÁ FAVORITO NO DÉRBI?
Clássico é meio complicado, não é? É um jogo em que as duas equipes se conhecem bem, mas vamos deixar isso de favoritismo. Vamos procurar fazer um bom trabalho, buscar a vitória o tempo todo. O pensamento é se preparar bem para encarar todas as dificuldades.


Escalação provável do Corinthians, domingo: Walter, Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Cristian e Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Guilherme e Giovanni Augusto; Luciano.
Pendurados: Bruno Henrique e Cristian
Desfalques: Matheus Vidotto, Bruno Paulo, Vilson, Balbuena, Elias






























Corinthiano Fagner defende Cássio



08/06/2016 19:19:39 — 08/06/2016 19:20:06Lateral direito corinthiano ve Cássio com mesma postura (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)
O Corinthians está perto de lucrar muito com proposta irrecusável pelo zagueiro Felipe, vinda do Porto, de Portugal (25 milhões) e pode receber proposta do gremio pelo goleiro reserva Cássio. Um dos jogadores mais experientes do Timão, Fagner evitou falar sobre as negociações envolvendo atletas alvinegros.

“Cada atleta tem seu representante, tem a diretoria também que é competente para fazer o melhor para o clube. Não tem como ficarmos preocupados com algo que ainda não aconteceu. Acho que o mais importante é focar no futebol e no trabalho, porque se começarmos a nos preocupar com coisas que não aconteceram isso pode gerar problemas”, disse o lateral direito.

Falando especificamente sobre Cássio, que foi peça importante nas conquistas da Copa Libertadores da América e do Mundial de Clubes em 2012 e se tornou um dos jogadores mais populares do atual elenco, Fagner disse:
“O jogador que tem história no clube tem que ter um tratamento adequado. É difícil conquistar os títulos como ele conquistou. Mas não cabe ao Fagner falar, deixo isso para as pessoas adequadas. É uma coisa muito complicada“, afirmou, evitando se alongar no assunto.

Ainda sobre Cássio, Fagner revelou que o comportamento do arqueiro no dia a dia não mudou com a perda da titularidade e com as especulações sobre uma possível uma saída do Corinthians.

“Ele continua trabalhando igual, chegando cedo como sempre chegou, se dedicando. São coisas que se criam, mas a realidade é totalmente outra, ele procura ajudar como sempre. Ele está do nosso lado e isso é o mais importante”, completou.



























































Em treino do Corinthians, Felipe faz parte do treino com jogadores não relacionados em jogos, mas jogará Dérbi. Yago volta à equipe. Vilson e Guilherme são poupados de atividade





Felipe treinou com bola, mas separado dos demais jogadores (Foto: Daniel Augusto Jr)

Bruno Cassucci, Gabriel Carneiro e Rodrigo Vessoni


08/06/2016


17:01

Prestes a ser vendido pelo Corinthians pelo Porto, de Portugal, por irrecusáveis 25 milhões o zagueiro Felipe ficou fora da primeira parte do treino da equipe nesta quarta-feira, mas está confirmado para o derbi, no próximo domingo. Ele deve formar dupla de Yago, livre de suspensão de doping, que trabalhou entre os titulares no treinamento.

O meia Guilherme não apareceu no gramado do CT Joaquim Grava e foi substituído por Danilo em atividade de bola parada. Segundo a assessoria de imprensa corinthiana, o camisa 10 ficou na academia realizando trabalho de reforço muscular e não preocupa para o Dérbi.

Outra baixa foi o zagueiro Vilson. Ele sofreu um edema muscular na coxa direita na última semana e foi desfalque na vitória do Corinthians sobre coritiba, no último sábado, quando foi substituído por Pedro Henrique.

Por outro lado, Cássio retornou aos treinos. Fora do trabalho de terça-feira por conta de uma inflamação na amígdala, o goleiro voltou aos trabalhos. Ao lado dos outros quatro arqueiros do elenco, ele ensaiou saídas de gol com um peso de cinco quilos junto ao corpo no início da atividade.

Nesta quarta, houve apenas um esboço de escalação, mas nenhum trabalho tático. Primeiro, Tite comandou uma atividade técnica, com quatro gols, sem divisão entre reservas e titulares. Enquanto isso, Felipe foi poupado por conta de desgaste muscular e treinou separadamente dos demais jogadores. Ao lado de atletas pouco aproveitados do elenco, Rildo, Isaac, Matheus Pereira e Léo Príncipe, ele fez atividades leves com bola. Depois, houve ensaio de posicionamento em cruzamentos.

O Corinthians volta a treinar na tarde desta quinta-feira, quando Tite deve esboçar a escalação
















Corinthiano atacante Romero atenderá fiéis torcedores em loja oficial do Corinthians, a poderoso Timão, do Ipiranga. Evento será nesta quinta-feira e tem início às 11h



Romero em jogo pelo Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr./AhenciaCorinthians)


08/06/2016


17:31
Após receber os jogadores Danilo e Felipe, do Corinthians, a loja Poderoso Timão, do Ipiranga, receberá o atacante Romero. O camisa 11 alvinegro atenderá aos fãs com fotos e autógrafos nesta quinta-feira (9), a partir das 11h (de Brasília).

Para conhecer o paraguaio, basta comparecer à loja. Clientes que adquirirem o 'kit Romero', composto por uma camisa oficial do jogador, além do livro da conquista do hexacampeonato Brasileiro, terão prioridade no acesso ao atleta.

Para o dono da franquia, Marcelo Quintero, a vinda do jogador fortalece ainda mais o relacionamento do Corinthians com o seu torcedor:

- É muito gratificante receber em minha loja os jogadores que honram a camisa do Corinthians. Ver a felicidade de cada torcedor ao tirar uma foto também é sensacional. Todos ganham com esse tipo de ação - disse.

O evento começará às 11h e irá até às 13h. A loja está localizada na rua Silva Bueno, 1747, no Ipiranga














08/06/2016 18h28

Tite começa a montar Corinthians para o Dérbi; veja time
Meia Guilherme não treina nesta quarta-feira e é preservado para jogar domingo. Em treino de bolas paradas, técnico indica retorno de Yago à defesa


Por Carlos A. Ferrari, Diego Ribeiro e Marcelo Braga


Tite começou a esboçar o time para o clássico
(Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Os primeiros sinais do Corinthians que deve entrar em campo no derbi, neste domingo, às 16h (horário de Brasília), fora de casa, foram dados pelo técnico Tite em um treino técnico realizado na tarde desta quarta-feira. Ainda que o principal armador da equipe não tenha participado da atividade.

O meia Guilherme foi ausência no treino porque fez trabalhos de reforço muscular na academia – desgastado, o camisa 10 do Timão está sendo preservado para o clássico. O zagueiro Vilson, em recuperação de edema na coxa direita, também não foi a campo.

Sem esboçar a formação em campo, apenas em um treino de bolas paradas, Tite mostrou que Yago deve voltar a ser titular na defesa ao lado de Felipe. Liberado de uma suspensão de 30 dias por doping, ele será novidade depois de seis jogos longe da equipe. Danilo foi o substituto de Guilherme quando ele reuniu os 11 titulares.

A zaga deve ser a única mudança em relação à formação que vinha atuando pelo Campeonato Brasileiro. O Corinthians deve começar o clássico com Walter, Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Cristian e Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Guilherme e Giovanni Augusto; Luciano.

Na primeira parte da atividade, um trabalho em campo reduzido com quatro traves e quatro goleiros, o zagueiro Felipe foi desfalque. Para evitar uma sobrecarga de trabalho, ele fez apenas um treino leve em outro campo com jogadores menos utilizados por Tite – Rildo, Isaac, Matheus Pereira e Léo Príncipe. Depois, porém, Felipe se juntou aos titulares.

Com 13 pontos, o Corinthians defende a liderança do Brasileirão no clássico. Tite tem mais três treinos marcados para confirmar a equipe que joga – a definição só sai na manhã de sábado.

Confira abaixo as informações do Corinthians para domingo:
Escalação provável: Walter, Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Cristian e Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Guilherme e Giovanni Augusto; Luciano.
Pendurados: Bruno Henrique e Cristian
Desfalques: Matheus Vidotto, Bruno Paulo e Vilson, no DM Elias e Balbuena com suas Seleções





























Felipe se juntará aos demais na próxima etapa do treino. Tite deve esboçar o time titular #trsccp
















Yago compõe a zaga de um dos times ao lado de Leozão, mas atua pelo lado direito. Sem "bater" com os titulares. #trsccp 16h50











Felipe se juntará aos demais na próxima etapa do treino. Tite deve esboçar o time titular #trsccp

O goleiro Matheus Vidotto ainda está se recuperando de cirurgia.


Sobre Felipe: ideia é evitar sobrecarga nos trabalhos. Vai participar da segunda parte do treino com bola. #trsccp

17h

Cássio treina bem nesta quarta. Fez defesa difícil, de reflexo, em chute de André. #trsccp











Titulares do lado esquerdo: Leozão, Uendel, Cristian e Marquinhos Gabriel. Guilherme não treina. #trsccp




Titulares do lado direito: Fagner, Pedro Henrique, Bruno Henrique, Giovanni Augusto e Luciano. #trsccp




Tite repete estratégia de outros treinos. Coloca titulares para se enfrentarem. #trsccp 16h48




Treino técnico tem três traves e três goleiros. Sem uma equipe titular formada. #trsccp



Bruno Henrique está com renovação com o Corinthians quase certa. Assinará nos próximos dias.



Felipe treina com Isaac, Rildo, Matheus Pereira e Léo Príncipe. #trsccp



16h45

Felipe treina com jogadores não aproveitados na atividade #trsccp






Tite reúne os jogadores para o treino com bola. Não há divisão entre titulares e reservas #trsccp16h33




Hora de treino técnico no CT. Ainda sem sinal da escalação









Camacho não estreia neste domingo. Não há data definida para o primeiro jogo dele pelo Timão.
Tite conversa com os auxiliares Cléber Xavier e Matheus Bacchi. #trsccp
Felipe: está quase fechado com o Porto. Sairá por R$ 24 milhões.

Cássio: diretor do Corinthians diz que o goleiro não sairá.

Naldo: Timão tem interesse, mas staff do jogador ainda não recebeu proposta.
Gustavo Bou, Marco Rubén e Nico López: estão sendo observados pela diretoria. Nada de novo por ora.

Guilherme, a princípio, não preocupa para o clássico. Vilson tinha edema na coxa e é dúvida. #trsccp



Vilson e Guilherme não estão em campo. Fazem reforço muscular na academia. #trsccp Fagner será o entrevistado do dia no CT. #trsccp

Goleiros treinam com coletes de cerca de 5kg. Ideia é dificultar a movimentação. #trsccp 16h18







Yago deve ser a única novidade no Corinthians de domingo #trsccp


Campo está sendo preparado para a segunda parte do treino #trsccp





Jogadores do Corinthians assistiram um vídeo com a comissão técnica e que presidente chegou no momento em que grupo deixava sala #trsccp


André Hernan @andrehernan

Um Dirigente do Corinthians me disse o seguinte sobre Cassio:"Podem procurar a vontade, ele não sai daqui". Mais infos no Tá na Área @SporTV


Outra novidade do dia é Bruno Paulo, que saiu no BID. O atacante, porém, recupera-se de cirurgia #trsccp


Corinthians avalia a contratação do zagueiro Naldo, do Sporting. Estafe dele, porém, diz que ainda não chegou proposta. Aguardemos #trsccp

Cássio volta a treinar nesta quarta. Goleiro reserva está recuperado de amigdalite. #trsccp









Jogadores já aquecem em outro gramado #trsccp 16h03











Houve uma reunião com todo o elenco e a comissão técnica. Presidente Roberto de Andrade também participou #trsccp












08/06/2016 16h38


Bruno Henrique: Corinthians ainda pode "encantar" como fez quando foi hexacampeão em 2015

Volante vê semelhanças entre o início do ano passado e a atual temporada e destaca que, mesmo com novos jogadores e esquema tático, Timão pode retomar qualidade



Por SporTV.


O Corinthians vem apresentando um time mais competitivo no Brasileirão – acumula quatro vitórias em seis jogos e é o líder, com 13 pontos. As semelhanças da atual temporada com 2015, quando o time foi campeão brasileiro, existem, segundo o volante Bruno Henrique. O jogador destacou que a equipe, mesmo com um novos jogadores e esquema tático, pode recuperar a eficiência que caracterizou aquela conquista.



Bruno Henrique em treino do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)


- Há uma semelhança, ano passado tivemos duas eliminações do mesmo jeito que tivemos esse ano. Ano passado, construímos aquele time fantástico ao decorrer do Campeonato Brasileiro. Foi ali que o nosso time encaixou, com cinco ou seis rodadas para acabar o primeiro turno. Foi aquele time que encantou todo mundo. Temos uma margem muito grande de crescimento e coisas que podemos alcançar dentro da equipe. Podemos alcançar a mesma qualidade do time do ano passado, podemos encantar o torcedor, estamos trabalhando para isso. As vezes não vai ser na mesma formação do ano passado, mas temos tudo para crescer e brigar lá em cima, com um time forte e competitivo.



Após um empate e uma derrota, o Timão acumula quatro vitórias seguidas no Brasileirão. Tite resolveu mudar o esquema tático da equipe para a competição e tem obtido resultados. Bruno Henrique, por exemplo, saiu de primeiro para segundo volante e diz satisfeito com a maior liberdade em campo.



- Joguei nessa função (primeiro volante) ao lado do Elias, em que me adaptei bem também. Não era minha de origem. No momento agora, que o Tite mudou, estou mais de segundo, mais adiantado, e está me ajudando bastante. Estou jogando com mais liberdade e com a mesma função de ajudar a marcar para fechar bem o meio junto com o Cristian. Mas estou tendo mais liberdade, chegando no meio, para estar mais perto das minhas características.



Após ter vencido o Coritiba por 2 a 1 no último final de semana, o Corinthians volta a campo apenas no próximo domingo, para o clássico contra o Palmeiras, na arena alviverde, às 16h (de Brasília), pela 7ª rodada do Brasileirão.







Timão busca soluções internas para iminente venda milionária de zagueiro Felipe por 25 milhões

Aos 20 anos, Pedro Henrique é visto como “novo Felipe” no Timão


Tomas Rosolino Amaral Do Valle

8 JUN2016
08h21

O Corinthians dá como certa a negociação do zagueiro Felipe, de 27 anos, para o Porto-POR e tenta confirmar ainda até quando poderá contar com o jogador, mas já de mexe para definir quem será o substituto do seu principal zagueiro. Além de sondar nomes no exterior, os corintianos acreditam ter no garoto Pedro Henrique um substituto com as características mais semelhantes à do camisa 28.

“Pedro Henrique fez uma partida muito boa contra o Coritiba, jogador rápido. Dá para ver que é um zagueiro de muita qualidade, bastante veloz”, apontou o lateral esquerdo Uendel, expondo opinião semelhante à da comissão técnica sobre o jogador. Ainda com 20 anos, ele é visto como um defensor de velocidade acima da média e boa impulsão, exatamente os predicados que motivaram a contratação do então jovem Felipe, em 2012.

“Felipe é um jogador de virtudes físicas excepcionais. Precisa acertar algumas coisas como a vivência do jogo, mas tem um potencial enorme”, comentou o técnico Tite, um ano após a contratação do zagueiro, quando o nome do comandado ainda provocava calafrios na torcida corintiana. Na cabeça do próprio treinador, Pedro deve ter a mesma paciência do torcedor para atingir o nível do hoje titular.

A ideia da comissão técnica era dar a Pedro mais chances de jogar já no Campeonato Paulista, mas as chegadas de Vilson, visto como uma “oportunidade de mercado”, e Balbuena, combinadas à saída de Gil, acabaram diminuindo o espaço para experiências.

Ciente da capacidade do garoto, a diretoria o coloca, no entanto, apenas como um plano B. A ideia é contratar um zagueiro de renome para não perder o embalo conquistado neste início de Campeonato Brasileiro. Apesar de todo o potencial, Pedro fez sua estreia em partidas oficiais pelo clube apenas no último sábado, contra o Coxa. Somada a sua passagem pelo Bragantino, em 2015, ainda não atingiu 10 jogos como profissional.

A ideia é aproveitar a abertura da janela de transferências deste meio do ano, no dia 21 de junho, para buscar reforços vindos do exterior. O departamento de futebol espera ouvir até essa data os desejos de Tite para sair em busca dos nomes desejados pelo treinador.

Já Felipe, que sairá por R$ 25 milhões de reais e terá 25% de seus direitos econômicos ainda ligados ao Timão, deve atuar por mais cinco jogos pelo Alvinegro. Sua despedida provável do Corinthians é contra o Santa Cruz, no dia 25 deste mês, na Arena Corinthians







































Timão sub20 encara Atlético-PR por sobrevivência no Brasileirão Sub-20

Corinthians precisa da vitória para seguir em busca de classificação para a próxima fase da competição nacional

12h00 08/06/2016 - Agência Corinthians

Nesta quarta-feira (08), às 17h, o Sub-20 do Corinthians enfrenta o Atlético-PR pela quarta rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da categoria. A partida será realizada na Arena Barueri, em Barueri.

O Timãozinho fez dois jogos pelo Grupo A da competição, com um empate e uma derrota. Com mais duas partidas por jogar, a equipe comandada pelo técnico Osmar Loss precisa da vitória diante dos paranaenses para seguir viva no Brasileirão Sub-20.

Além do duelo desta quarta-feira (08), o Alvinegro do Parque São Jorge ainda encara o Vitória, no Barradão, em Salvador-BA, na terça-feira (14), às 17h.


Confira a classificação do Grupo A

1. Botafogo: 7 pontos (3 jogos)
2. Figueirense: 3 pontos (3 jogos)
3. Atlético-PR: 2 pontos (2 jogos)
4. Vitória: 1 ponto (2 jogos)
5. Corinthians: 1 ponto (2 jogos)












ANDRES GARANTE PELA ENESIMA VEZ PAGAMENTO DA ARENA

Antes de mais nada, você ainda é superintendente de futebol?
Não, saí em dezembro de 2015.

Certo. Então não ocupa mais nenhum cargo no Corinthians?

Ex-presidente e conselheiro vitalício. E um dos coordenadores da Arena.



Sua influência ainda é grande...

Tirando ano passado, que eu era superintendente, faz quatro anos que não me meto nada. Se o presidente me liga ou algum diretor me telefona pedindo minha opinião, eu dou. E só.




E andam te ligando muito?

Não. Quando acham que devem ligar, ligam. Nego acha que eu mando no Corinthians, eu não mando no Corinthians. Pelo contrário. Tenho força, tenho influência, claro. Mas eu não participo (da gestão). Acho que as pessoas têm que ter autonomia para trabalhar do jeito que quiserem.




Já que você é coordenador do estádio, vamos falar dele. O clube tem enfrentado dificuldades para vender os CIDs, apenas a Odebrecht comprou até agora...

O estádio vale hoje R$ 1,2 bilhão. Temos quase R$ 500 milhões de CID para vender. Vamos vender o nome do estádio por R$ 300 milhões. Vai ter uns R$ 100 milhões de desconto do que a Odebrecht deixou de fazer em obra. Dá para pagar ou não? Vai tomar no c... Vai pagar em um um, dois, cinco anos? “Ah, mas não vendeu o CID.” Por muitos problemas. “Não vendeu o nome do estádio”. Mas vai vender.




Não acha que corre o risco de encalhar a venda dos CIDs?

Não. Podia vender em um ano, mas pode levar três anos. Já vendeu R$ 37 milhões (para a própria Odebrecht).




Por que não vendeu até agora?

Porque é uma coisa nova, o pessoal quer desconto grande, teve o promotor entrou com ação. A gente já ganhou em primeira instância, mas causa desconfiança, né? ISS, IPTU são poucas pessoas que pagam bastante. São bancos, shoppings... Leva tempo.


Bem, por sua conta, restarão R$ 300 milhões para o pagamento da Arena. Mesmo assim será preciso ampliar o prazo de pagamento, como o Corinthians tenta atualmente junto à Caixa?

Isso não é por questão de pagamento ou não, é porque todo mundo teve 36 meses e nós, não. Atrasou a obra. Pegamos uma crise financeira brava no mercado. Tudo isso faz prorrogar um pouco.



Falando um pouco sobre a venda dos naming rights. Você sempre afirma que está perto ou que pode ser anunciado nos próximos dias. Isso gera uma frustração no torcedor, pois nunca se concretiza. Esse discurso é uma estratégia para passar confiança ao mercado?

É uma verdade. Nos próximos dias pode sair. Pode ser em 10 ou 898. Eu nunca dei prazo e sempre admiti que estava atrasado. Não é fácil pegar R$ 300 milhões sem nem saber se vão falar o nome da empresa. Quem me garante que os órgãos de imprensa vão falar o nome do estádio? Se o cara está comprando o nome do estádio é para colocar.


Mas você mesmo falou que nessa negociação o nome não mudaria.

Estamos tentando outras maneiras. Quem garante que a Globo, a ESPN e o LANCE! vão falar o nome da arena?



'Eu nunca dei prazo e sempre admiti que estava atrasado. Não é fácil pegar R$ 300 milhões sem nem saber se vão falar o nome da empresa', afirmou

Esse é o maior entrave?

Sempre foi. Desde o começo. Posso garantir (ao parceiro)?




Diversos prazos foram dados para a venda do naming rights, ao contrário do que você disse.

Nunca dei prazo, foi o presidente, o Roberto. Eu falo que a cada dia que passa está mais próximo. E está!




Então não tem prazo?

Este ano.




Por que alguém pagará R$ 300 milhões e aceitará não batizar o estádio, como você comentou?

Porque o projeto é diferente. E se eu falar, você vai saber o que é. Se eu falar, você vai entender (o comprador).




Essa negociação envolve a Omni, empresa que cuida do programa Fiel Torcedor do Corinthians?

O estádio do Corinthians não funciona sem a Omni ou alguém parecido. Se eles entrarem, tem que comprar a Omni ou fazer sociedade. O Corinthians tem contrato com a Omni até 2019. Pode romper ou não.




Recentemente a “Folha” publicou que o advogado Paulo Molina, seu amigo, havia se tornado o principal responsável pelas negociações da Arena. Por que ele foi escolhido?

Ele tem um escritório que presta serviço à Arena. A parte jurídica da Arena e do naming rights passa por ele. Como o Sérgio Alvarenga é meu amigo, (Luiz Felipe) Santoro é meu amigo... Corinthians tem um monte de advogado. Só que não é especialidade deles. Quando saiu o (escritório) Machado Meyer, ele ficou ajudando.




Ele receberá para isso?

Lógico que vai, não tem nada de graça. De graça trabalho eu, que sou tonto, e um monte de dirigente.




Você falou que espera ter um abatimento de R$ 100 milhões nos valores da obra. Quando irá terminar a vistoria da Arena?

Está em andamento, deve levar uns 180 dias. Isso é uma cidade. Tem que ver a marca que comprou, mas vocês acham que cai do céu. A lâmpada era LS21. Você acha que eu sei? Ai vêm o cara e fala que é LS19, que custa 10% a menos. E aí vamos tocando...


Recentemente a Arena foi citada na operação Lava Jato...
[Interrompe] mentira.



O próprio procurador falou.
[Interrompe] E ele não mente?


Enfim, você procurou saber por que o nome do seu aliado e atual vice-presidente do clube, André Luiz Oliveira, aparece em uma planilha da Odebrecht com o valor de R$ 500 mil ao lado?

O tempo vai dizer. Falei com ele, ele me disse algumas coisas, vamos ver. Garanto que com a Arena não tem nada a ver. Nada. Ele não era diretor, não ficava na Arena, não vinha na Arena... Até eu to tentando entender. E se tiver propina, vai ser devolvido ao Corinthians, o clube é vítima.




Houve erro ou exagero nas projeções de receitas da Arena?

Quem fez a engenharia financeira não fui eu, foi Machado Meyer, Luis Paulo Rosenberg (ex-vice-presidente) e vários economistas. Não eu. Eu dei aval. E por que estou aqui? Acha que quero estar aqui toda sexta-feira? Porque ninguém quer vir aqui. Nego quer mandar de Higienópolis, da p... que pariu. Você acha que eu quero vir aqui ouvir que o camarote está caro? Se eu largar as contas e der errado, quem vai ser apontado como o culpado?




Mas houve erro ou não?
Não.. Foi uma crise que está passando o país, por isso que as coisas que custavam R$ 300 estão custando R$ 200. Empresas que vinham aqui para comprar, hoje estão pensando.


'Se o Corinthians não conseguir pagar, renegocia. Eu te fiz a conta, vai pagar. Deve hoje R$ 1,2 bi com juros. Só que também tem juros do CID, que está em R$ 500 milhões'

Tem perder a gestão da Arena?
Eu não tenho que temer nada. Quem quiser tomar conta do estádio vem aqui e pega a chave. Quando pagar, devolve. Se o sócio do clube está com medo, passa o estádio para os outros, quando pagar, devolve.




Essa chance é grande, não é?
Deus queira! Quem quer pegar isso aqui? É que nem uma casa. Você compra a casa, não pagou, vai renegociar. Vão tomar tua casa? Se você tiver uma só, não. Se você tem quatro casas, aí sim. Se tiver uma casa só, não tomam. Mas se o Corinthians não conseguir pagar, renegocia. Eu te fiz a conta, vai pagar. Deve hoje R$ 1,2 bi com juros. Só que também tem juros do CID, que está em R$ 500 milhões. Quando eu vender o CID e o nome a conta estará errada?



Mas isso é previsão apenas...
Só que se não realizar, renegocia.




Só que se o Corinthians não cumprir as metas em dois anos perderá a gestão da Arena, não?

Quem vai querer a gestão? Ninguém sabe operar melhor a Arena do que o Corinthians. Quem é o melhor operador para dar esse retorno à Caixa? É o Corinthians? Então vai continuar sendo o Corinthians. Mas o torcedor pode ficar tranquilo: em até doze anos o estádio se paga. É o prazo.



Você se arrepende de algo?
Não faria um estádio para a Copa do Mundo. Porque tem que ser um estádio enorme, que talvez o Corinthians não precise. O acabamento é de primeira linha, poderia ter sido mais simples. Disso me arrependo. De resto, de nada.Não há estádio no mundo como esse. O estádio do Corinthians custa 5.185 o m². Citando outros estadios pede para que se veja quanto custa.




Arena, CT, títulos... Você ainda tem algum sonho para o clube?
Acabar essas fofocaiadas, essas brigas políticas, porque é isso que faz mal para o Corinthians. A democracia é muito boa, mas às vezes ela prejudica. Hoje tem sete ou oito candidatos à presidência do Corinthians, a dois anos da eleição. Aí fica uma guerra lá dentro. Além de ser uma falta de respeito com o presidente. Todo mundo se acha no direito de ser candidato. Pô, tudo bem a seis meses da eleição, não dois anos antes. Isso atrapalha muito.


Afeta o futebol?
O Corinthians vai sofrer muito nos próximos anos por causa disso aí. Quando estava cheio de dívida, cheio de problema, ninguém queria ser presidente, agora está cheio, tem uma fila. Faturando R$ 400 milhões por ano? Tem uma fila.


E isso é de dentro para fora?
É de dentro para fora, gente de dentro do Corinthians que fica passando notícias, aumentando, passando mentira, as tais das fontes. Prejudica instituição, imagem, tudo.



Com objetivo político?

Tudo é com objetivo político. Todas as confusões nos clubes é por guerra política, guerra de poder.



Com frequência surgem notícias de aliados e amigos seus...
[Interrompe] Sempre ruim, nada bom, né?

Não pensa em se afastar dessas pessoas para acabar com isso?
Mais afastado do que estou? Só se parar de vir ao Corinthians. Então todos os jornalistas têm que ir embora. Quantos jornalistas têm processo? Quantos? 80%. Vamos esperar. Tem Justiça nesse país, tem que esperar as coisas, condenar, absolver... Os caras aqui têm mania de incriminar e condenar todo mundo antes de sair as coisas. Não tenho compromisso com ninguém.



O fim da chapa única para o Conselho Deliberativo, era uma promessa de campanha do seu grupo. Isso poderia ajudar a crise política?
Tem que votar este ano. O que acho melhor é: chapa de 200 conselheiros proporcional. Então: candidato à presidente teve 60% dos votos? Tem 60% da chapa dele no Conselho. A que perdeu, com 40%, põe 40% no Conselho. Como não vou ser mais presidente, o próximo que se vire quando acabar o chapão. Eu vou votar para acabar, não vou ser mais presidente... Só não pode ter chapinha de 20 conselheiros.



Mas, voltando: tem algum outro sonho?
Eu não tinha sonho nenhum no Corinthians, tinha a obrigação de fazer o melhor que podia. Errei e acertei. Agora... Corinthians tem 105 anos. Peguei no 98º ano. É só ver o que foi feito em quatro anos. Mas ninguém fala.


Como ninguém fala?

Ninguém fala. Corinthians ficou mais de 100 anos sem um CT. Infelizmente o brasileiro vai só para o lado ruim. Aqui se você faz sucesso e ele se tornou público, ou você é ladrão ou é viado. Atriz faz sucesso, dizem: "É prostituta, deitou não sei com quem". É tudo para o lado ruim. Ninguém fala: é uma boa atriz. Eu vou ser diferente disso aí?


Então se acha injustiçado?

Sou conhecido pelo bom presidente que fui pela grande maioria dos corinthianos, mas tem uma minoria que acha que não, o que é justo. Nem Jesus Cristo foi unânime. Acho que vou ser muito mais reconhecido quando morrer do que sou agora, vivo. Eu tinha obrigação de fazer o melhor possível pelo Corinthians e fiz o que eu pude. Errei? Errei, mas porra. Faz cinco anos que não sou mais presidente e tudo o que acontece de ruim sou eu.




Presidir a CBF é um sonho?

Sonho não. Não tenho isso como prioridade de vida. Eu posso ajudar muito, mas isso depende das federações e dos clubes quererem. Não vou me desgastar ou romper barreiras para ser presidente da CBF.



Por que quer ir para lá?

Acho que posso ajudar muito o futebol brasileiro na CBF. A mudança que todo mundo quer para o futebol brasileiro é mais política do que de atitudes. Tem que ter peito para tomar atitudes políticas, quebrar um ranço que ainda existe no futebol.




Quais mudanças?

Não posso falar. Se já é difícil ser candidato, imagina se eu falar.




São impopulares?
Para o eleitorado que tem na CBF, são impopulares. Mas todo mundo que milita no futebol sabe o que é preciso fazer




Mas dá para mudar?
Lógico que é, mas precisa ter vontade. E ficar dois anos sofrendo.



Que tipo de sofrimento?
Você vai contra a estrutura. Você acha que foram fáceis os dois primeiros anos de Corinthians para mim? Quebrar uma estrutura que existia... Você quebra barreiras e tem inimizade, problema, pessoas que vão sair do poder e não vão gostar. Tudo isso faz parte.



Isso em relação à clubes e federações, certo? Nada a ver com a Seleção.

Seleção é um clube de futebol, não muda nada. É o mesmo horário, mesmo jantar, mesma coisa, tudo igual. Só que, como a política reflete no futebol, a CBF reflete na Seleção. Tem que ter maior transparência, fazer mais organizado. Todo mundo quer que mude, mas ninguém faz nada para mudar. Ficar dando pedrada é fácil, para mim era fácil meter o pau na CBF, no Marco Polo (del Nero).




Você só entra na disputa porque já ouviu que tem chances de ganhar, não é?

Não comecei a mexer. É lógico que falo com bastante gente, mas faltam dois anos e pouco para a eleição. Tem que ter uma renovação geral, usando a experiência dos mais antigos, mas tem que mudar. Futebol brasileiro está passando por um momento delicado, por um lado bom, por outro ruim. Há grandes mudanças. Quem pensava há dois anos ter sócio-torcedor nos clubes? Quem pensava há dois anos ter 70% da torcida respeitando o lugar de sentar? Ou quem pensava há dois anos o Corinthians ser desclassificado da Libertadores dentro de casa, sem alambrado, e a torcida não invadir? Tem as coisas boas e tem as coisas ruins ainda. Acho que o futebol precisa de uma mudança drástica, senão vamos ficar para trás, como já estamos. Não é nada inventado, é copiado. Pega o inglês, americano... Não estou falando de técnica, mas de estrutura. Um jogo de futebol é um evento, um show, um espetáculo, e aqui é tratado como coisa de várzea.


O que é elitizar? O Corinthians tem mais de 30 milhões de torcedores, tem rico, milionário, pobre, classe média, média-alta. Tem de tudo. Você fatia o estádio. Aqui tem ingresso de R$ 30 e de R$ 1 mil.

Mas não é todo mundo que pode acompanhar o time com ingresso na média de R$ 50.
O que cara que ganha um salário mínimo pode ir num restaurante todo dia? Pode jantar fora todo dia? É normal, cara. No estádio cabe 40 mil pessoas, tem 1 milhão querendo vir.


Vê uma mudança no perfil da torcida corinthiana?
No perfil eu não vejo. Mas acho que o torcedor está mais exigente nos últimos anos. Hoje um jogador que não vem bem é muito mais cobrado. Agora, realmente, o que a torcida fez com o André nunca tinha sido visto, tanto é que no último jogo ele entrou e ninguém vaiou. Todo mundo tem o direito de errar. Ali foi uma coisa espontânea.


Você falava em 2015 que neste ano conseguiria fazer contratações de mais peso. A torcida pode esperar por isso?
Pagou 3 milhões de euros no Marquinhos Gabriel. Você acha pouco? Gastou 2 de euros no Balbuena. É pouco? 3 de euros no Giovanni Augusto. Acha pouco?

Do nível do Pato...
Espero que não, mesmo que tenha dinheiro. Nem sempre o melhor jogador vai dar certo. É um risco muito grande. O grande problema do Pato não foi o quanto pagamos, foi o quanto ele não rendeu. Aqui não é banco, não é empresa para ter lucro. É para ganhar título e pagar contas em dia.


O caso foi mal conduzido?
Não tinha mais jeito, ele ficou um ano e meio aqui. Quando o treinador não quer, não adianta. Por mais que seja de nome, valorizado, caro...


Então não foi um erro?
Contratar foi um erro? Não. Erro foi ele não ter jogado. Contratação boa é a que dá certo. Deu certo o Pato? Deu errado. Quando trouxe Ralf, Paulinho, Uendel, Castán, Elias, André Santos, Chicão com 28 anos, ninguém acreditava. Aí trouxe o Souza, o Adriano e o Pato que não deram certo.











CORINTHIANO TITE E SUA FÉ

Devoção
Tite é um fervoroso devoto de Nossa Senhora Aparecida. O treinador faz diariamente suas orações no altar montado no CT Joaquim Grava antes do início das atividades. A rotina segue nas partidas. Os roupeiros do clube se encarregam de levar a imagem da santa aos vestiários para que o comandante ore antes e depois dos jogos.


Pulseiras
Tite carrega também nos braços seus símbolos religiosos. O treinador usa pulseiras que representam vários santos e, claro, Nossa Senhora Aparecida. Funciona para ele como uma proteção extra para o trabalho do dia a dia. O técnico chegou a presentear jogadores em momentos complicados com o adereço. Renato Augusto foi um deles, logo depois de fraturar a face, em 2014. Coincidência ou não, o meia deslanchou na temporada passada e foi eleito o melhor jogador do Brasileiro. Quem vai duvidar do poder das pulseiras?


Visita a igrejas
Tite tem um ritual em cada viagem que o Corinthians faz dentro ou fora do Brasil. Mesmo sem muito tempo, o treinador faz questão de conhecer alguma igreja da cidade que visita. E viagens não faltaram nos últimos anos. Isso aconteceu até mesmo no Japão. Na companhia do ex-presidente Mário Gobbi Filho, o treinador visitou o Centro Católico Internacional Mikokoro, em Nagoya, e recebeu a benção do padre Keith Humphries. Dias depois, o Timão levantou a taça. Quando está em casa, vai semanalmente à missa. Ele gosta de frequentar as cerimônias celebradas pelo padre Marcelo Rossi, em São Paulo.


O pagador de promessas
Perto do Natal do ano passado, logo depois da conquista do título brasileiro, Tite aproveitou o período de férias para visitar o Santuário de Caravaggio, no Rio Grande do Sul. O detalhe é que o técnico dispensou o carro e fez todo o percurso a pé. Ele, o irmão Miro e dois amigos caminharam 22km de Caxias do Sul até a igreja para fazer orações e agradecer pelo trabalho na temporada.










Andrés garante gestão da Arena Corinthians ao Corinthians

Ex-presidente garante que conta da obra será paga em até 12 anos

Por GloboEsporte.com

O ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez disse, em entrevista ao jornal "Lance!", que o Corinthians sempre será egstor da Arena Corinthians, e voltou a garantir que a conta de R$ 1,2 bilhão da construção do estádio será paga em 12 anos.

– Quem vai querer a gestão? Ninguém sabe operar melhor a Arena do que o Corinthians. Quem é o melhor operador para dar esse retorno à Caixa (repassadora do financiamento)? É o Corinthians? Então vai continuar sendo o Corinthians – afirmou.

O contrato com a Caixa prevê que o clube possa perder o controle do estádio se não conseguir pagar as parcelas do financiamento. Apesar das dificuldades de gerar receita com a Arena, Andrés disse que a conta será paga.

– O torcedor pode ficar tranquilo: em até 12 anos o estádio se paga. É o prazo.

A venda dos naming rights, uma das principais fontes para bancar o custo da obra, sairá "neste ano", segundo o dirigente.





Corinthiano centroavante André diz que apoio de corinthiano o ajudou iniciar recuperação

– Foi engraçado. Um dia eu estava saindo de casa e dei de frente com um corinthiano. Falei: "Agora ele vai me xingar". Mas ele disse: "Não fica assim, a gente está contigo, te apoiando". Dali em diante aquilo me motivou mais ainda. Estava com um amigo e falei que estava esperando o cara me xingar, mas ele veio com uma atitude que me surpreendeu. Jogador é confiança. Parece clichê quando a gente pede para apoiar, mas isso motiva e dá confiança – disse o centroavante do Corinthians, em entrevista ao SporTV News.


o.


– Quando surgiu a proposta, fui conversar com Tite, perguntei se ele tinha liberado e ele disse que não: "Te botei no jogo passado, como não conto contigo?" Falei que queria ficar. Essa confiança dele ajudou muito. O Sport falou com o Corinthians e o Diego Souza me ligava (risos), porque é muito amigo meu. Dizia: "Você é feliz aqui, vem que eu cuido de você. Depois do Neymar eu que te ajudei" (risos). É bom ter o carinho da torcida do Sport – destacou ele.


Apesar do gol, André deve seguir como opção no derby de domingo, às 16h, no estádio do rival. O técnico Tite começará a escalar o Corinthians no treino de quarta, hoje.









08/06/2016 09h32

Corinthians quer, mas considera caro trazer o zagueiro Naldo, do Sporting de Portugal, em definitivo e pode tentar por empréstimo, diz jornal português

Alvinegro busca o reforço de Naldo para a vaga de Felipe, que está sendo vendido por 25 mi para o Porto. Presidente considera valor muito alto

Por GloboEsporte.com
Com a provável saída de Felipe, que deve ir para o Porto, o Corinthians busca um reforço para o setor defensivo.

Segundo o jornal português "A Bola", o nome em pauta é o do zagueiro Naldo, que está no Sporting, de Portugal. A negociação seria por empréstimo, com opção de valor fixado para compra após o período.

A opção por empréstimo, ainda de acordo com a publicação, também não seria sem custos para o Timão, mas pode tornar o negócio possível, já que o Sporting pede alto pela venda em definitivo: 5 milhões de euros (cerca de 19,5 milhões de reais na cotação atual).

O último clube brasileiro em que Naldo atuou foi o Grêmio, em 2012. Depois disso, partiu para a Europa, onde passou por Bolonha e Udinese, da Itália, e pelo Getafe, da Espanha, antes de se transferir para o Sporting.

O GloboEsporte.com apurou que o nome de Naldo foi um dos analisados para reforçar a equipe corintiana, mas o presidente Roberto de Andrade considera a negociação inviável por conta do alto valor.

















PODE CONFIAR NA NOTÍCIA?








08/06/2016 10h19
Corinthians pode ter propostas também para negociar reservas
Enquanto nomes como Felipe e Elias devem sair, clube recebe sondagens por quem não vem sendo tão utilizado por Tite. Ideia é manter elenco para o Brasileirão


Por Diego Ribeiro


André fica no Corinthians, fez gol sababo (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O elenco montado pelo Corinthians para a atual temporada é considerado homogêneo pela comissão técnica, com titulares e reservas em condições semelhantes de jogo. É por isso que o time não vê seu rendimento cair quando tem desfalques no Campeonato Brasileiro. Também é por isso que os suplentes do Timão também estão na mira do mercado brasileiro e internacional.


Tratado como exemplo de disputa de posição no elenco, o lateral-direito Edílson foi o primeiro a sair. Negociado com o Grêmio, ele virou titular rapidamente no clube gaúcho e tem feito boas partidas – como na derrota por 4 a 3 para o Palmeiras, no Pacaembu. No Timão, ele tinha pouco espaço diante da excelente fase de Fagner.


Outro caso recente é o de Alan Mineiro, titular nos jogos decisivos da Taça Libertadores, contra o Nacional, que perdeu espaço depois da eliminação na competição internacional. Ele foi emprestado ao América-MG até o fim desta temporada.
O Timão conviveu com sondagens recentes a jogadores menos utilizados por Tite, mas a ideia do clube é manter a maior parte do elenco para não perder fôlego no Brasileirão. Afinal, nomes como Elias e Felipe, titulares, já devem ser negociados por propostas milionárias.

Confira abaixo as principais sondagens aos reservas:


ANDRÉ
O atacante viveu dias de tensão no Corinthians e caiu em desgraça ao perder um pênalti contra o Nacional e ser apontado pela torcida como o culpado pela eliminação na Libertadores. Depois de uma conversa cara a cara com o técnico Tite, o jogador recusou uma proposta para voltar ao Sport e no jogo seguinte foi um dos heróis da heroica vitória do Corinthians em virada por 2 a 1 sobre o Coritiba, na Arena Corinthians. A comissão técnica ainda acredita que ele pode ser o artilheiro de que o time precisa.


CÁSSIO
Um dos mais novos reservas da equipe é também um dos líderes do atual elenco. Não pretende continuar na reserva de Walter e também tem boas chances de sair. No início do ano, chegou a estar muito próximo de acertar com o Besiktas, da Turquia, mas foi convencido pela diretoria a ficar. Uma nova oferta poderá tirá-lo do Timão. Principalmente da Europa.Também pode receber proposta do gremio




Cássio agora é reserva: ele pode deixar o Corinthians no meio do ano (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

MAYCON
Aos 18 anos, o volante virou titular em parte do Campeonato Paulista e foi chamado de "novo Elias" por Tite, em alusão ao volante dono da posição no Corinthians e na seleção brasileira. Sem espaço, foi alvo de sondagens de Ponte Preta e Coritiba, sem proposta oficial de empréstimo. O clube considera que não é o momento de liberar o jogador, já que deve perder Elias no meio do ano e ficará com menos opções no Brasileiro. Rodriguinho, Bruno Henrique e o recém-chegado Camacho são os maiores concorrentes de Maycon.


ROMERO
Ele é o artilheiro corintiano na temporada, com nove gols, mas não convence Tite e a comissão técnica. No fim do ano passado, recusou uma proposta do Rubin Kazan, da Rússia, em virtude do desejo de se firmar no Brasil. Agora, passando boa parte do tempo no banco de reservas, dificilmente seguira no Timão no segundo semestre. Mesmo assim, o técnico diz que conta com o paraguaio como parte importante do elenco no Brasileiro.


QUEM JÁ SAIU:
Alan Mineiro - América-MG
Edílson - Grêmio
Claudinho - Bragantino
Matheus Pereira - Juventus, da Itália
Cássio revela a companheiros de Corinthians sondagens de três rivais


Goleiro Cássio hoje é reserva do Corinthians

Na reserva do Corinthians desde o início do Brasileirão, Cássio assegurou aos companheiros de time, na manhã desta terça-feira, durante a reapresentação do elenco, que foi sondado por três clubes brasileiros: 5P, Grê e Flam.

Apesar do histórico vitorioso com a camisa alvinegra, o goleiro viu a permanência no Parque São Jorge ficar ameaçada depois das críticas públicas à comissão técnica pela forma como perdeu a posição de titular.

O camisa 12 nem treinou ontem ao lado dos demais reservas, sob a alegação de que sofre de amigdalite. O goleiro é dono do segundo salário mais alto do elenco: recebe R$ 420 mil mensais, assim como Cristian, depois de ter renovado o contrato no mês passado. O aumento teve a ver com a proposta que recebeu do Besiktas, da Turquia, em janeiro. Ele foi convencido pela diretoria a ficar.





Negócio frustrado:
Muita gente na diretoria corinthiana lamentou a demissão de Mano do Shandong Luneng por entender que os chineses desistirão de Elias. O negócio renderia R$ 30 milhões ao Timão.



















Lucro do Corinthians com Felipe é de R$ 24 milhões
8 JUN2016
08h15
atualizado às 11h17
Corinthians e Porto (POR) já têm um acordo por Felipe. O time alvinegro aceitou a oferta de R$ 24 milhões pelo defensor, com a condição de ainda seguir com 25% dos direitos do atleta em uma futura venda. A oferta inicial dos portugueses era de aproximadamente R$ 30 milhões por 100%.

A transferência será a segunda mais valiosa do clube de Parque São Jorge na temporada. Felipe ficará atrás apenas de Gil, ex-companheiro de zaga, que foi para o Shandong Luneng, da China, por R$ 40 milhões.




Felipe já anunciou ao time sua ida ao PortoFoto: aniel Augusto jr


Assim, o zagueiro renderá para os cofres do Corinthians o mesmo que Jadson e Renato Augusto juntos. Os destaques do Timão na conquista do hexacampeonato nacional no fim do ano passado foram negociados por R$ 22 milhões e R$ 35 milhões, respectivamente. Contudo, ambos tinham seus direitos econômicos fatiados. O clube ficou com R$ 6,5 milhões da negociação do camisa 10, e R$ 17,5 milhões da venda do craque do último Brasileiro.

Neste ano, além dos nomes citados o Corinthians já vendeu também o volante Ralf (R$ R$ 4,5 milhões) e os atacantes Vagner Love (R$ 5 milhões) e Malcom (R$ 5 milhões pela parte do time paulista).

Felipe já retirou alguns pertences do CT Joaquim Grava e comunicou a saída a alguns companheiros. Ainda não está definido se ele ficará até o fim de junho no Corinthians ou se viajará antes à Europa para realizar exames médicos e assinar contrato. O defensor está confirmado no clássico do próximo domingo, o Derbi, fora de casa, 16h

Líder do Brasileirão após a vitória sobre o Coritiba, o Corinthians voltou aos trabalhos no CT Dr. Joaquim Grava nesta terça-feira (07). Confira algumas imagens exclusivas do Youtube/Corinthians!