4 de jun de 2016

CORINTHIANS 04/06/2016






CORINTHIANS 2 X 1 coritiba
Brasileirão 2016- 6ª rodada
Local: Arena Corinthians
Data/horário: 4 de junho de 2016, às 20h30, sábado
Árb: Anderson Daronco, Carlos Berkenbrock e Rafael da Silva Alves 
Público total : 27.206 pagante (26.958 pag + 208 nao pag )/renda: R$ 1.312.962,00
Cartões amarelos: Fagner e Cristian (Corinthians); Luccas Claro, Rafael Marques, Negueba e Ruy (Ctba)
Gols: Negueba 46'1ºT (0-1); André 44'2ºT (1-1) e Uendel 49'2ºT (2-1)

CORINTHIANS: 27-Walter; 23-Fagner, 28-Felipe, 34-Pedro Henrique (9-André 32'2ºT) e 6-Uendel; 16-Cristian (20-Danilo 9'2ºT) e 25-Bruno Henrique; 31-Marquinhos Gabriel, 10-Guilherme e 8-Marlone (17-Giovanni Augusto 1'2ºT); 18-Luciano. Técnico: Tite + 12-Cassio, 14-Leozão, 13-Guilherme Arana, 5-Willians, 22-Maycon, 26-Rodriguinho 29-Camacho, 11-Romero 30-Lucca

ctba: 84-Wilson, 98-Dodô (15-César Benítez 33'2ºT), 3-Luccas Claro, 4-Rafael Marques e 28-Juninho; 31-João Paulo, 19-César González (25-Fábio Braga 25'2ºT), 26-Ruy (37-Thiago Lopes 16'2ºT) e 55-Juan; 7-Negueba e 83-Kleber. Técnico: Pachequinho+ 1-Elisson, 29-Nery Bareiro, 30-Carlinhos, 20-Raphael Veiga, 17-Evandro, 18-Jorge Ortega, 35-Ícaro, 8-Vinicius



















André vibra com gol em vitória do Timão: 'Precisava para dar confiança'
Corinthians venceu o Coritiba de virada

André comemora o gol marcado neste sábado (Foto: Eduardo Viana/Lancepress!)


LANCE! 04/06/2016 23:10

 André desencantou neste Campeonato Brasileiro na vitória do Corinthians por 2 a 1, na noite deste sábado. O centroavante entrou aos 32 minutos no segundo tempo e marcou o gol de empate.

Ele não balançava a rede adversária desde a eliminação do Corinthians na semifinal do Paulistão para o Grêmio Osasco Audax, no dia 23 de abril. Por isso, comemorou muito o gol marcado e disse que o dará mais confiança para o restante da competição.

– Acho que por tudo o que venho passando aqui, precisava desse gol para dar confiança, para continuar trabalhando. O grupo sempre me apoiou, o pessoal me chamava, para ter paciência. É isso, é o carinho que um tem pelo outro – afirmou.


– No momento mais difícil o grupo me apoiou – disse André, que desconversou após ser questionado se o gol marcado ontem o deixa mais perto de ser titular novamente.

– É o gol do André que quer ajudar!

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Tite também comemorou a vitória nos acréscimos e elogiou a postura de André.

– Ele é um cara que trabalha sério. Eu não estou aqui para esconder erros de atletas e justificar e fazê-los passar de bonzinhos. Eles têm cobrança, exigência alta. E se trabalha, tem o meu respaldo. Se for negligente, não terá. E tomara que o André se sinta acolhido, útil, com carinho. A possibilidade de fluir mais natural é grande assim. Quando recebo inquietação atrás do banco isso me tira do natural... Tenho 55 anos, muitos títulos no Corinthians e interfere comigo. Imagina com o atleta – analisou o treinador.

O Corinthians assume a liderança do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos, e espera o fechamento da sexta rodada neste domingo.































Corinthians 2x1 ctb

ATUAÇÕES: Com assistência e gol, Uendel brilha na vitória do Timão

Lateral foi o grande artífice do triunfo corintiano nos acréscimos contra o Corinthians; 


O Corinthians venceu por 2x1 o Coritiba na noite deste sábado. O triunfo veio em incrível virada, com dois gols nos instantes finais. E o grande responsável por isso foi o lateral Uendel, que cruzou para André fazer o primeiro e fez ele mesmo o segundo, de cabeçaConfira as notas:

CORINTHIANS

6,5

Walter
Sem culpa no gol, foi correto nas saídas pelo alto. Fez duas boas defesas, em cabeceada de Negueba e chute de Juan.


5,5

Fagner
Já com cartão amarelo, não conseguiu acompanhar Negueba na corrida. Chegou bem ao ataque no fim.

6,0

Felipe
Também foi pego de surpresa no contra-ataque do gol do Coritiba. Rebateu a maioria das bolas.

6,0

Pedro Henrique
Aos 20 anos, não comprometeu em seu primeiro jogo oficial e já como titular do Corinthians.


8,0

Uendel
Chegou ao ataque mais do que o costume e foi o melhor em campo: assistência para André e gol aos 49 minutos.

6,0

Bruno Henrique
Correto na transição ao ataque, cabeceou na trave, mas sofreu para acompanhar os contra-ataques do Coritiba.

6,0

Cristian
Buscou a bola com os zagueiros e ajudou na organização do time, com passes e lançamentos. Substituído na etapa final.

6,0

Marquinhos Gabriel
Começou pelo lado direito e pouco criou. Melhorou na etapa final, perdeu ótima chance, mas cruzou para Uendel marcar.


6,5

Guilherme
Impressiona a facilidade que tem para deixar companheiros em boas condições. Enfiou boa bola para Uendel no gol.

4,5

Marlone
Não acrescentou na frente e perdeu a bola no lance do gol do Coritiba. Nem voltou para o segundo tempo.


5,5

Luciano
Movimentou-se e achou espaços, mas perdeu boa chance na área. Atrás, não subiu com Negueba e viu Walter salvar.


6,5

Giovanni Augusto
Entrou bem pelo lado direito, participou da maioria das jogadas ofensivas e ainda voltou para fazer desarmes.


6,5

Danilo
Outro que entrou bem e deu mais dinâmica ao time, com bons passes para os companheiros.

7,0

André
Entrou no segundo tempo e foi oportunista para marcar o gol de empate.

7,0


Tite

Após sair atrás, não teve medo de colocar o time ao ataque e foi recompensado. Ficou só com um volante e um zagueiro.





Marquinhos Gabriel disputa jogada (Foto: Eduardo Viana/Lancepress!)





04/06/2016 23h50

Tite agradece o carinho da Fiel em vitória corinthiana na Arena Corinthians





Tite se protege da chuva na Arena Corinthians  em Corinthians 2x1 coritita




(Foto: Marcos Ribolli)
Neste sábado, após vitória de virada, do Corinthians por 2 a 1, sobre o Coritiba, o técnico agradeceu o apoio da Fiel, lembrando também o carinho no triunfo do Corinthians por 1x0 sobre o s7os, na rodada passada. O Timão tem quatro vitórias seguidas no Brasileirão.


– Falei um tempo atrás que a torcida do Corinthians estava sendo impaciente com o time. Aquele mesmo coração que disse isso lá atrás é o que agradece o apoio nesses últimos dois jogos. Isso é carinho. Obrigado, torcedor – declarou o técnico do Timão.


Tite foi questionado em seguida sobre André. O criticado atacante do Corinthians entrou no segundo tempo e deu o pontapé inicial para a reação alvinegra, ao marcar o gol de empate. Na última semana, ele esteve perto de sair para o Sport, mas vai seguir sob o comando do técnico.


– O André trabalha e trabalha sério. Não estou aqui para esconder erros de atleta. Os atletas têm uma exigência e alta cobrança minha. Toda pessoa que se sente acolhida, a possibilidade de receber é maior. Tenho certeza que o carinho também ajudou a fazer o gol – completou Tite.


O Corinthians terá a semana inteira livre para se preparar para o clássico do dia 12 de junho, no derbi, fora de casa, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.







4/06/2016 22h57


Atuações do Timão em vitória por 2x1 de virada e no fim

Por Carlos Augusto Ferrari




Corinthians 2x1 Coritiba (Foto: Marcos Ribolli)


Felipe sobe de cabeça para tirar bola contra o Timão

(Foto: Marcos Ribolli)


André


Entrou aos 32 minutos do segundo tempo e apareceu pouco até empatar o jogo. Mostrou oportunismo ao acreditar no chute cruzado para a área e empatou. Poderia ter feito outro logo em seguida, mas dominou errado a bola na área. Fez um gol que pode devolver a confiança e colocá-lo em paz com a torcida. Nota: 7,0


Marlone


Jogou 45 minutos muito ruins e foi substituído no intervalo. Perdeu boa parte das disputas individuais e foi pouco produtivo. Para piorar, ainda perdeu a bola na frente no lance que originou o gol de Negueba. Desperdiçou a chance de brigar por uma vaga na equipe titular. Nota: 4,5


Guilherme


Em uma noite irregular do Timão, mostrou os motivos de estar subindo de rendimento. É outro jogador atuando mais próximo da área. Mesmo muito marcado pelo Coritiba, se mexeu bastante no setor ofensivo e deu bons passes na criação dos lances. Nota: 6,5


AS NOTAS:


Walter [GOL]: 7,0


Fagner [LAD]: 5,5


Felipe [ZAG]: 6,0


Pedro Henrique[ZAG]: 6,0


(André [ATA]): 7,0


Uendel [LAE]: 7,0


Cristian [VOL]: 6,0


(Danilo [MEC]): 6,0


Bruno Henrique [VOL]: 5,5


Marquinhos Gabriel [MEC]: 5,5


Marlone [MEC]: 4,5


(Giovanni Augusto [MEC]): 6,5


Guilherme [MEC]: 6,5


Luciano [ATA]: 5,0









Corinthians bateu o recorde de posse de bola do Brasileirão 2016


Corinthians dominou a posse de bola contra o Coritiba (Foto: Eduardo Viana/Lancepress)

A vitória Corinthians veio aos 50 minutos do segundo tempo, mas o domínio do Corinthians foi durante toda a partida. No triunfo sobre o Coritiba, por 2 a 1, de virada, a equipe de Tite quebrou o recorde de posse de bola desta edição do Campeonato Brasileiro mas suou até o último segundo para ficar com os três pontos.

O Timão teve expressivos 74,7% de posse, acertando 673 passes, segundo dados do Footstats. 













Corinthians vence com gol fim, nocauteia o Coritiba e vira líder do Brasileirão

Timão alcança virada com gols de André e Uendel e assume a ponta do campeonato na sexta rodada. Golpes fatais na Arena Corinthians!

No dia em que a Arena Corinthians fez um minuto de silêncio em homenagem à memória do ex-boxeador Muhammad Ali, morto na última sexta-feira, o Timão nocauteou com socos no queixo o adversário no últimos rounds com gol de André e Uendel. O Corinthians venceu o Coritiba por 2 a 1 e chegou à liderança do Brasileirão na sexta rodada. Um nocaute dos maiores!
O primeiro round, ou primeiro tempo, deu toda mostra de que o Corinthians queria nocautear logo seu oponente. Com 75% de posse de bola, controle de ações e cinco finalizações, o Timão fez do Coxa seu sparring, como se fosse um treinamento, mas faltou um pouco de eficiência nos golpes fatais - ou, como Tite gosta de dizer, no último terço do gramado.



Guilherme era o maior golpeador. Deu passe para Uendel que Wilson defendeu, iniciou jogada com Marquinhos Gabriel em que Luciano parou naa zaga e tentou puxar mais uma série de jogadas. Gancho, cruzado, direto, nada dava resultado. Aos 41 minutos, um lance causou polêmica: Felipe subiu para cabecear dentro da área, desviou e caiu no chão. Na sobra, Rafael Marques tentou afastar, mas chutou a costela do corinthiano caído. Pênalti, certo? Nada disso! Anderson Daronco deu foi falta para o Coxa.

Apesar do domínio das ações do Corinthians, o Coritiba partiu para a "trocação" ainda no primeiro tempo, e fez bonito. Com um buraco na defesa pelo lado esquerdo, Dodô aplicou belo giro e lançou Negueba, que ganhou de Fagner na velocidade, observou a saída de Walter com "olhos de tigre" e bateu na saída do goleiro. Sem fazer gols desde novembro do ano passado, quando marcou justamente contra o Timão, o atacante do Coritiba subiu na imaginária escadaria de Rocky Balboa. Marcar contra o Corinthians é pra poucos.

 No segundo round, teve mais jogo: com Giovanni Augusto na vaga de Marlone, o Corinthians foi para cima. Bruno Henrique errou um chute na entrada da área, Marquinhos Gabriel não teve força suficiente para surpreender Wilson e o mesmo Bruno Henrique do lance anterior acertou a trave de cabeça após cruzamento de Uendel. Tinha mais! Danilo, que entrou no llugar de Cristian, concluiu após lindo lance, mas viu o goleiro defender.
O Corinthians seguiu na ofensiva, apesar de ter passado sustos em contra-ataques de Negueba, que obrigou Walter a realizar grande defesa, e Juan, que também fez o goleiro do Timão mostrar serviço. Marquinhos Gabriel, livre, teve chance aos 39, mas não aproveitou. Cinco minutos depois, a estrela de Tite brilhou. Acionado na vaga do zagueiro Pedro Henrique, André foi o primeiro herói da noite. Dentro da área do Coritiba, Uendel abriu espaço com um giro sobre a marcação e chute cruzado. André apareceu para empatar.
O ringue parecia pequeno para a emoção do torcedor corinthiano, que jogou junto daquele instante até o último soar do gongo. Aos 49 minutos de um jogo prometido até os 50, Uendel desarmou no meio-campo e serviu Marquinhos Gabriel antes de entrar na área. O camisa 31 cruzou e o lateral subiu para cabecear no cantinho de Wilson e virar o jogo. Épico.

O resultado faz o Timão virar líder do Brasileiro, à espera do complemento da rodada. Agora cabe ao Coritiba, que está na zona do rebaixamento, assimilar o golpe e tentar se recuperar no próximo domingo, contra o Sport, no Couto Pereira. Já o guerreiro alvinegro desafia o Palmeiras também no domingo, às 16h, no Allianz Parque. É Dérbi! Vem mais nocaute por aí?

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 coritiba

Brasileirão 2016- 6ª rodada
Local: Arena Corinthians
Data/horário: 4 de junho de 2016, às 20h30, sábado
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Rafael da Silva Alves (RS)
Público pagante/renda: 26.958 pessoas/ R$ 1.312.962,00
Cartões amarelos: Fagner e Cristian (Corinthians); Luccas Claro, Rafael Marques, Negueba e Ruy (Coritiba)
Gols: Negueba 46'1ºT (0-1); André 44'2ºT (1-1) e Uendel 49'2ºT (2-1)

CORINTHIANS: Walter; Fagner, Felipe, Pedro Henrique (André 32'2ºT) e Uendel; Cristian (Danilo 9'2ºT) e Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Guilherme e Marlone (Giovanni Augusto 1'2ºT); Luciano. Técnico: Tite

ctba: Wilson, Dodô (César Benítez 33'2ºT), Luccas Claro, Rafael Marques e Juninho; João Paulo, César González (Fábio Braga 25'2ºT), Ruy (Thiago Lopes 16'2ºT) e Juan; Negueba e Kleber. Técnico: Pachequinho








De virada e no fim, Corinthians bate Coritiba por 2 a 1 pelo Brasileirão 2016

Com dois gols nos minutos finais da partida, o Timão conseguiu a virada e chegou a quarta vitória seguida no Brasileirão 2016

23h00 04/06/2016 - Agência Corinthians



Guilherme em ação na vitória histórica do Corinthians sobre o Coritiba

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Na noite fria e chuvosa deste sábado (04), o Corinthians venceu o Coritiba por 2 a 1 na Arena Corinthians, pela sexta rodada do Brasileirão 2016. A quarta vitória consecutiva no campeonato veio como a tradição manda: com raça e sofrimento. Após sair atrás no marcador, o Alvinegro lutou e marcou dois gols no fim do jogo
Na primeira etapa, o Corinthians dominou as principais ações ofensivas e teve várias chances de abrir o placar. A melhor delas foi com Luciano, aos 32. Guilherme acertou ótimo passe para Marquinhos Gabriel, que avançou em ótimas condições. Ele parou a jogada e tocou para o camisa 18, que se infiltrou pela direita. O atacante bateu, mas a zaga do Coritiba bloqueou.



Já nos acréscimos do primeiro tempo, o Timão sofreu o gol, marcado pelo atacante Negueba, após contra-ataque da equipe paranaense.


Na etapa complementar, a equipe do técnico Tite voltou disposta a virar o jogo e se lançou para o ataque. Foram muitas chances, bola na trave e grandes defesas do goleiro Wilson, mas somente nos últimos cinco minutos o Timão conseguiu balançar as redes.



O primeiro gol veio com o atacante André. Aos 44 minutos, Uendel chutou cruzado, a bola passou por todo mundo e chegou para os pés do camisa nove, que empurrou para o fundos das redes.


Nos acréscimos, Marquinhos Gabriel recebeu na esquerda e cruzou com perfeição na cabeça de Uendel, que com muita tranquilidade empurrou de cabeça para o fundo das redes, explodindo os quase 27 mil torcedores presentes na Arena Corinthians.

Coma vitória, o Timão chegou a 13 pontos e dormirá na liderança do Brasileirão 2016. Com a semana livre para treinar, o Corinthians volta a campo no derbi, fora de casa, no próximo domingo (12), às 16h.












CORINTHIANS 2 X 1 coritiba
Brasileirão 2016- 6ª rodada
Local: Arena Corinthians
Data/horário: 4 de junho de 2016, às 20h30, sábado
Árb: Anderson Daronco, Carlos Berkenbrock e Rafael da Silva Alves 
Público total : 27.206 total (26.958 pag + 208 nao pag )/renda: R$ 1.312.962,00
Cartões amarelos: Fagner e Cristian (Corinthians); Luccas Claro, Rafael Marques, Negueba e Ruy (Ctba)
Gols: Negueba 46'1ºT (0-1); André 44'2ºT (1-1) e Uendel 49'2ºT (2-1)

CORINTHIANS: 27-Walter; 23-Fagner, 28-Felipe, 34-Pedro Henrique (9-André 32'2ºT) e 6-Uendel; 16-Cristian (20-Danilo 9'2ºT) e 25-Bruno Henrique; 31-Marquinhos Gabriel, 10-Guilherme e 8-Marlone (17-Giovanni Augusto 1'2ºT); 18-Luciano. Técnico: Tite + 12-Cassio, 14-Leozão, 13-Guilherme Arana, 5-Willians, 22-Maycon, 26-Rodriguinho 29-Camacho, 11-Romero 30-Lucca

ctba: 84-Wilson, 98-Dodô (15-César Benítez 33'2ºT), 3-Luccas Claro, 4-Rafael Marques e 28-Juninho; 31-João Paulo, 19-César González (25-Fábio Braga 25'2ºT), 26-Ruy (37-Thiago Lopes 16'2ºT) e 55-Juan; 7-Negueba e 83-Kleber. Técnico: Pachequinho+ 1-Elisson, 29-Nery Bareiro, 30-Carlinhos, 20-Raphael Veiga, 17-Evandro, 18-Jorge Ortega, 35-Ícaro, 8-Vinicius





















FICHA DE JOGO
CORINTHIANS   2




4-5-1

Walter  GOL
Fagner  LAD
Felipe  ZAD
Pedro Henrique  ZAE
(André ATA)
Uendel  LAE
Cristian  VOL
(Danilo MEC)
Bruno Henrique  VOL
Marlone  MEC
(Giovanni Augusto MEC)
Marquinhos Gabriel  MEC
Guilherme  MEC
Luciano  ATA
Tite TEC










ctb1
Wilson  GOL
Dodô  LAD
(César Benítez  LAE)
Luccas Claro  ZAD
Rafael Marques  ZAE
Juninho   LAE
João Paulo  VOL
César González  VOL
(Fábio Braga  VOL)
Ruy  MEC
(Thiago Lopes  MEC)
Juan  MEC
Negueba  ATA
Kleber  ATA
Pachequinho  TEC

RESERVAS
Cássio  GOL
Leozão ZAD
Guilherme Arana LAE
Willians  VOL
Maycon VOL
Camacho  VOL
Rodriguinho  MEC
Lucca  ATA
Romero  ATA

Elisson  GOL
Nery Bareiro  ZAE
Carlinhos  LAE
Raphael Veiga  MEC
Evandro  ATA
Jorge Ortega  ATA
Ícaro  VOL
Vinicius  ATA







CAMPEONATO BRASILEIRO RODADA 6
CORINTHIANS   André, Uendel  2x1 ctba Negueba

Corinthians reage, vence o Coritiba de virada e dorme líder do BrasileirãoCom gols de André e Uendel nos minutos finais da partida, Timão faz 2 a 1 no Coxa e evita fim da invencibilidade em casa. Time do Paraná segue na zona de rebaixamento



DESTAQUE











49' 2º TEMPOGol


46' 2º TEMPOLance


44' 2º TEMPOGol


39' 2º TEMPOLance









38' 2º TEMPOLance











11' 2º TEMPOLance


9' 2º TEMPOLance




3' 2º TEMPOLance


41' 1º TEMPOLance

 






32' 1º TEMPOLance


24' 1º TEMPOLance



18' 1º TEMPOLance


17' 1º TEMPOLance


4' 1º TEMPOLance




RESUMÃO
O JOGO

Quando Tite chamou André para entrar no lugar de Pedro Henrique, um torcedor do Corinthians falou: "É para jogar bola, hein!". E não é que o criticado atacante entendeu bem o recado e deu o pontapé inicial para a virada do Timão em cima do Coritiba. Aos 44 minutos do segundo tempo, quando os "antis" já faziam as contas para comemorar o fim da invencibilidade dos corintianos em casa (agora são 27 jogos), o atacante deu um carrinho cheio de raça para completar chute cruzado de Uendel, que aos 49, de cabeça, fez o gol da vitória por 2 a 1, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.



DESTAQUEOS 90 MINUTOS

Com apenas duas mudanças em relação ao time titular (Pedro Henrique no lugar de Vilson, e Marlone na vaga de Giovanni Augusto), o Corinthians manteve o padrão de suas atuações. Não deu espaço ao adversário e rodou a bola em busca de espaço. O Coritiba, por outro lado, não se arriscou muito. Adotou postura cauteloso e ficou à espera de um contra-ataque. Ele veio apenas aos 46 minutos, e Negueba não vacilou
O jogo se manteve quase igual no segundo tempo, mas com maior pressão alvinegra. O Coritiba se postou na defesa e lá ficou, à espera de mais um contra-ataque. Bruno Henrique acertou a trave, mas o empate só veio aos 44 minutos, com o criticado André. Com cinco minutos de acréscimo, o time de Tite continuou forçando. Deu certo aos 49, com Uendel dentro da área, como centroavante, pare virar de cabeça e manter a invencibilidade de 27 jogos do Corinthians em casa.




DESTAQUE CLASSIFICAÇÃO

A sofrida vitória corinthiana coloca o time de Tite na liderança do Brasileiro, com 13 pontos

DESTAQUE EMBALO
O Corinthians chega a sua quarta vitória consecutiva no Brasileiro. Bateu Ponte (3 a 0), Spo (0 a 2), s7os (1 a 0) e o Ctba (2a1).

DESTAQUE UFA!

Autor do gol de empate, André renasce no Corinthians.




DESTAQUE PRÓXIMA RODADA

Na próxima rodada o Corinthians joga o derbi, na casa do rival, no domingo


DESTAQUE ESTATÍSTICAS

Posse de bola
Corinthians 72% x 28% Coritiba

Finalizações
Corinthians 19 x 6 Coritiba

Passes certos
Corinthians 455 x 117 Coritiba

Faltas
Corinthians 13 x 12 Coritiba


DESTAQUE RENDA E PÚBLICO
Arena Corinthians recebeu 27.206  fieis neste sábado, com renda de R$ 1.312.962,00.













FIM DE JOGO

FALA, ANDRÉ

"Acho que por tudo o que venho passando aqui, precisava desse gol para dar confiança, para continuar trabalhando. O grupo sempre me apoiou, o pessoal me chamava, para ter paciência. É isso, é o carinho que um tem pelo outro", afirmou o autor do gol de empate do Corinthians.


FIM DE JOGO

Termina a partida, aos 50 minutos.

49'2º TEMPO CORINTHIANS 2X1,... GOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLL

UendelLATERAL

Gol de Uendel

Uendel briga pela bola no meio de campo e rouba. Toca para o meio e parte para área. Marquinhos Gabriel recebe e cruza. O lateral sobe e cabeceia no canto de Wilson para virar a partida!



48'2º TEMPO
Uendel cruza, André não consegue cabecear.

47'2º TEMPO
Luccas ClaroZAGUEIRO
Cartão amarelo para Luccas Claro
Falta em Guilherme.

47'2º TEMPO
Guilherme toca para André, livre dentro da área. O atacante deixa a bola escapar e o Coritiba se livra.

46'2º TEMPO
Kleber parte para cima da defesa e bate. Walter defende.


46'2º TEMPO
André volta para ajudar a defesa e rouba a bola de Juninho.

45'2º TEMPO
ATÉ OS 50
O jogo terá mais cinco minutos de acréscimo.



44'2º TEMPO CORINTHIANS GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLL



AndréATACANTE

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLL DO CORINTHIANS, de André

Na pressão! Uendel recebe dentro da área do Coritiba, gira sobre a marcação e bate cruzado. André, tão criticado, se atira na bola e empata a partida.



42'2º TEMPO
Luciano recebe na área e toca para o meia. Benítez chega e evita a conclusão de André.
40'2º TEMPO
André protege a bola e ela fica com Luciano, que bate mais uma vez em cima da marcação.


39'2º TEMPO
PERDEU OUTRO!
Boa jogada de Danilo e Fagner, pela direita. O lateral limpa a jogada e cruza bem para Marquinhos. Livre, o atacante bate para fora.





38'2º TEMPO
WALTER, MAIS UMA VEZ
Novo contra-ataque, Negueba avança e toca para Juan. Ela bate na saída de Walter, mas o goleiro salva mais uma.


37'2º TEMPO
Marquinhos Gabriel bate escanteio, Benítez afasta.

34'2º TEMPO
Em seu primeiro lance, André faz falta em Kleber na lateral direita do campo de defesa do Corinthians.

33'2º TEMPO
Cartão amarelo para Dodô, do ctba


33'2º TEMPO
SAI  DodôLATERAL
ENTRA  César BenítezLATERAL

32'2º TEMPO

SAIPedro HenriqueZAGUEIRO
ENTRAAndréATACANTE


31'2º TEMPO
Uendel cruza, Wilson afasta. Bruno Henrique bate em cima da zaga.


29'2º TEMPO
Negueba divide com Uendel e leva a pior. O atacante sente dores.

28'2º TEMPO
Giovanni Augusto recebe dentro da área, ajeita de peito e bate mal. Para fora.

26'2º TEMPO
Bruno Henrique pega a sobra e bate de fora da área. A bola sai, mais uma vez.

24'2º TEMPO
SAI   César GonzálezMEIO-CAMPO
ENTRA  Fábio BragaMEIO-CAMPO

24'2º TEMPO
Marquinhos Gabriel cruza rasteiro, a defesa tira mais uma.
183131



23'2º TEMPO



O Corinthians troca passes no campo de ataque, mas não consegue encontrar uma brecha na defesa do Coritiba.
213151



22'2º TEMPO



Guilherme tenta o toque de calcanhar, a defesa tira.
21'2º TEMPO
Uendel bate a falta, Rafael Marques chega antes de Danilo.
20'2º TEMPO
NeguebaATACANTE
Cartão amarelo para Negueba
Por reclamação.

19'2º TEMPO
Negueba rouba a bola de Marquinhos Gabriel e interrompe o ataque do Corinthians.
17'2º TEMPO
Fagner lança Giovanni Augusto, mas a bola corre mais do que o atacante do Corinthians.

17'2º TEMPO
Bruno Henrique toca para Marquinhos Gabriel, que escorrega dentro da área do Coxa e não alcança a bola.

16'2º TEMPO
Giovanni Augusto bate de fora da área, Luccas Claro tira.

15'2º TEMPO
SAI  RuyMEIO-CAMPO
ENTRA  Thiago LopesMEIO-CAMPO

15'2º TEMPO
Marquinhos Gabriel tabela com Guilherme e consegue um escanteio.

14'2º TEMPO
RuyMEIO-CAMPO
Cartão amarelo para Ruy
Falta dura em Guilherme.

13'2º TEMPO
WALTER!!
Juan bate falta da esquerda, Negueba sobe mais que a zaga do Corinthians e cabeceia. Walter faz grande defesa.

11'2º TEMPO
No rebote do escanteio, Marquinhos Gabriel tenta finaliza, mas a zaga do Coxa afasta.

11'2º TEMPO
Em seu primeiro lance, Danilo avança pela direita, corta a marcação e bate. Wilson defende.




10'2º TEMPO

SAI
 CristianMEIO-CAMPO
ENTRADaniloMEIO-CAMPO

09'2º TEMPO
NA TRAVE!
Luciano salva bola na linha de fundo e toca para Uendel. Bruno Henrique resvala de cabeça e a bola explode na trave!




08'2º TEMPO
Guilherme limpa a jogada e bate de fora da área. Wilson acompanha a bola sair.


Público total : 27.206 total 
07'2º TEMPO
Belo chapéu de Fagner em Ruy, na lateral direita.
06'2º TEMPO
No escanteio, Giovanni Augusto desvia de cabeça e a bola sai por cima do gol. O Corinthians pressiona.

05'2º TEMPO
Longo lançamento para Marquinhos Gabriel, que toca na bola. Ela sai sem força e Wilson defende.
05'2º TEMPO
Marquinhos Gabriel rola para Uendel, mas Ruy chega antes e tira para a linha de fundo.

04'2º TEMPO
Marquinhos Gabriel tenta o chute e fura. A bola sobra para Bruno Henrique, que bate torto.

03'2º TEMPO
Guilherme tenta encontrar Giovanni Augusto numa bola alta, mas a zaga do Coxa tira.



02'2º TEMPO
Mais chuva na Arena Corinthians!


01'2º TEMPO
MAIS 45 MINUTOS
Está valendo o segundo tempo na Arena Corinthians


00'2º TEMPO

SAIMarloneMEIO-CAMPO
ENTRAGiovanni AugustoMEIO-CAMPO
INTERVALO
VAI TER MUDANÇA
Giovanni Augusto pronto para entrar em campo, na vaga de Marlone.

INTERVALO
O Corinthians volta a campo.


INTERVALO
FALA, FAGNER
"Agora é ter serenidade e continuar martelando para empatar o jogo"

48'1º TEMPO
FIM DO PRIMEIRO TEMPO
Anderson Daronco encerra o primeiro tempo

46'1º TEMPO
Grande contra-ataque do Coritiba. Dodô lança Negueba, que ganha na velocidade de Fagner e bate na saída de Walter para abrir o placar.

45'1º TEMPO
Marlone cruza para ninguém, Wilson fica com ela.

44'1º TEMPO
MAIS 2
O primeiro tempo vai até os 47 minutos.

42'1º TEMPO
Rafael MarquesZAGUEIRO
Cartão amarelo para Rafael Marques
Falta em Luciano.


41'1º TEMPO
LANCE POLÊMICO
Felipe sobe para cabecear dentro da área do Corinthians, desvia de leve e cai. No rebote, Rafael Marques tenta afastar a bola mas acerta um chute no corinthiano. O juiz marca falta do zagueiro alvinegro.



40'1º TEMPO
Marlone cruza rasteiro, Luciano tenta finalizar de letra. A bola desvia na zaga e sai pela linha de fundo.

38'1º TEMPO
Uendel e João Paulo disputam bola na área do Coritiba, os dois caem, mas a arbitragem nada marca.
38'1º TEMPO
Bruno Herique rouba a bola perto da área do Coritiba e toca para Guilherme, que cruza, mas Rafael Marques bloqueia.

36'1º TEMPO
Marquinhos Gabriel cruza, Felipe não alcança. A arbitragem marca impedimento.

32'1º TEMPO
Guilherme acerta ótimo passe para Marquinhos Gabriel, que avança em ótimas condições. Ele para a jogada, e toca para Luciano, que se infiltra pela direita. O atacante bate, mas a zaga do Coritiba bloqueia!




32'1º TEMPO
Com espaço, Uendel recebe na ponta da área. O lateral cruza mal demais e frusta o ataque do Corinthians.

31'1º TEMPO
Negueba avança pela esquerda e cruza. Cristian tira da área.

28'1º TEMPO


FagnerLATERAL

Cartão amarelo para Fagner

Falta em Kleber, no meio de campo.


27'1º TEMPO
Marquinhos Gabriel bate para a frente, Rafael Marques tira.

24'1º TEMPO
Fagner lança Luciano dentro da área do Coritiba, mas Wilson chega primeiro.




23'1º TEMPO
O Corinthians pressiona. Guilherme bate de fora da área, a bola estoura em Luccas Claro.

21'1º TEMPO
Juan recupera a bola na intermediária e bate de longe. Walter só olha.
20'1º TEMPO
Juan bate a falta, Cristian toca para escanteio.

18'1º TEMPO

CristianMEIO-CAMPO

Cartão amarelo para Cristian

Falta em Juan, na lateral do campo.

18'1º TEMPO
João Paulo arrisca de longe, Walter só acompanha a bola sair.
17'1º TEMPO
Marlone cruza para a área, Pedro Henrique desvia de leve, e Wilson segura.

17'1º TEMPO
UHHH
Guilherme faz boa jogada pelo meio e deixa Uendel de cara para o gol. O lateral bate, e Wilson faz a defesa.




15'1º TEMPO
Marlone toca para Luciano, que não consegue dominar. Juninho tira a bola

13'1º TEMPO
Bruno Henrique levanta na área, mas direto nas mãos de Wilson.

11'1º TEMPO
No escanteio, Walter sobe e sofre falta
11'1º TEMPO
César González bate falta fechada, Cristian afasta.

10'1º TEMPO
Felipe disputa bola com César González, mas faz a falta no rival.

08'1º TEMPO
Guilherme tenta a tabela com Marlone, que não alcança a bola. Tiro de meta para Wilson bater.

06'1º TEMPO
Cristian lança, Fagner não consegue dominar. Mas a arbitragem marca impedimento.

04'1º TEMPO
Marquinhos Gabriel bate de longe, a bola sai sem assustar.



04'1º TEMPO
Uendel faz o cruzamento, Bruno Henrique quase alcança. O Coritiba afasta.
03'1º TEMPO
Dodô escorrega e atrapalha o ataque do Coritiba.
Tite avança Fagner para o ataque e faz Marquinhos Gabriel atuar mais pelo meio para ajudar na criação #trarenacor





02'1º TEMPO
Negueba tenta passar por Felipe, mas o zagueiro toca para lateral.

01'1º TEMPO
COMEÇOU
O árbitro apita!





PRÉ-JOGO
HOMENAGEM A ALI
Um minuto de silêncio em homenagem a Muhammad Ali, que morreu nesta sexta-feira.

PRÉ-JOGOEquipes perfiladas #trarenacor 

Sinalizadores #trarenacor



PRÉ-JOGO

EQUIPES EM CAMPO

Corinthians e Coritiba deixam os vestiários da Arena para a partida desta noite.


PRÉ-JOGO

NO TÚNEL

O trio de arbitragem já está pronto para entrar no campo. Os times ainda não apareceram.

PRÉ-JOGO

MUITA ÁGUA...

A chuva na Arena Corinthians... Foto: Marcos Ribolli.


Timão em campo para o aquecimento #trarenacor




PRÉ-JOGO

NO MEIO DA SEMANA...

Na rodada anterior, a quinta, o Corinthians venceu s7os na Arena Corinthians por 1 a 0.
Volta a chover forte  #trarenacor

Partida deste sábado é mais uma chance para Luciano. Ele foi titular nos últimos três jogos #trarenacor
Foram vendidos 22 mil ingressos antecipadamente para a partida #trarenacor


Garotos do Corinthians campeões da Copa do Brasil sub-17 exibem a taça aos torcedores na arena #trarenacor



PRÉ-JOGO

NA TABELA

O Corinthians é o terceiro colocado, com 10 pontos, e se vencer o Coritiba assume a liderança

Cássio e Walter fazem aquecimento no gramado #trarenacor




Jogadores do Corinthians foram avaliados neste sábado na hora do almoço. Giovanni Augusto relatou cansaço e por isso foi tirado #trarenacor


PRÉ-JOGO

DESFALQUES DO TIMÃO
Balbuena, Elias, Vilson, Matheus Vidotto, Yago e Rildo.

PRÉ-JOGO
DESFALQUES DO COXA
Alan Santos, Amaral, Ceará e Leandro.

PRÉ-JOGO
NO APITO
Anderson Daronco apita, auxiliado por Carlos Berkenbrock  e Rafael da Silva Alves

PRÉ-JOGO

Timão escalado #trarenacor




PRÉ-JOGO
A escalação do Coxa também já saiu: Wilson, Dodô, Luccas Claro, Rafael Marques e Juninho; João Paulo, César González, Ruy e Juan; Negueba e Kleber.

PRÉ-JOGO

Corinthians
✔@Corinthians


Timão escalado! #CORxCFC
19: 31 - 4 jun 2016

PRÉ-JOGO
DIRETO DA ARENA CORINTHIANS
Boa noite, torcedor! Iniciamos agora a transmissão de Corinthians x Coritiba, que se enfrentam a partir das 20h30 na ARENA CORINTHIANS















Corinthians Sub-20 busca empate em clássico

Após estar perdendo por 2 a 0 no primeiro tempo, Timão reage e chega aos 10 pontos no Paulistão


17h30 04/06/2016 - Agência Corinthians

Na tarde deste sábado (04), a equipe sub-20 mostrou poder de reação após buscar o empate em 2 a 2 no clássico contra 5P, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Paulista. A partida foi realizada  em Cotia – casa do adversário.

O Corinthians no segundo tempo buscou o empate com Claudinho, aos 18 minutos, e Léo Jabá, de pênalti, aos 27 minutos.

Agora com 10 pontos, o Timão é segundo colocado. Na próxima rodada, encara o Taubaté, no próximo sábado (11), às 15h, na Arena Barueri, pelo Estadual. Antes, o Alvinegro joga pelo Brasileirão Sub-20 diante do Atlético Paranaense, na quarta (08), às 17h, também na Arena Barueri.












04/06/2016 11h50

Corinthians x Coritiba: 22 mil ingressos vendidos; veja setores disponíveis
Neste sábado, venda de ingressos acontece só nas bilheterias da Arena, das 12h até o início do segundo tempo, e no site do fiel torcedor até 12h30


Por GloboEsporte.com


Arena Corinthians receberá jogo neste sábado (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O Corinthians vendeu 22 mil ingressos antecipadamente para o duelo com o Coritiba, neste sábado, às 20h30, na Arena Corinthians, pela sexta rodada do Brasileirão. A comercialização continua nas bilheterias do estádio, das 12h até o início do segundo tempo, e no site do fiel torcedor, até as 12h30.


Há ingressos para os setores Norte, Leste Inferior, Leste Superior e Oeste Inferior (veja os preços abaixo). O Timão é o terceiro colocado do Brasileirão, com 10 pontos.


O técnico Tite não definiu o time titular, por conta do desgaste dos últimos jogos. Vilson, com edema na coxa, está fora.

Arena Corinthians será palco do jogo contra o Coritiba, neste sábado (Foto: Mauro Horita)

SETORES DISPONÍVEIS:


Norte: R$ 50 (R$ 25 meia-entrada)
Leste Inferior: R$ 80 (R$ 40 meia-entrada)
Leste Superior: R$ 100 (R$ 50 meia-entrada)
Oeste Inferior: R$ 180 (R$ 90 meia-entrada)
*Visitante: R$ 100 (R$ 50 meia-entrada)


*Venda após a abertura dos portões nas bilheterias do credenciamento staff

















Corinthians fará últimas avaliações neste sábado; veja as opções de Tite
Timão define a escalação para o jogo contra o Coritiba, às 20h30, NA ARENA CORINTHIANS, após os últimos testes. Sequência de jogos preocupa e time pode ter algumas mudanças


Por Marcelo Braga
Tite (à dir.) e o auxiliar Cleber Xavier no treino do Corinthians (Daniel Augusto Jr/ Ag. Corinthians)

A comissão técnica do Corinthians inicia o sábado ainda sem ter a certeza da escalação da equipe para o jogo desta noite, às 20h30, contra o Coritiba, em Itaquera, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.


Diante do grande desgaste sofrido pelo time, que fez quatro jogos nos últimos 11 dias , sendo dois deles às 11h, a comissão técnica fará avaliações nesta manhã para saber quem iniciará a partida no banco de reservas.Vilson, com lesão muscular, foi o único titular completamente descartado.

Durante a semana, Giovanni Augusto chegou a dizer que não adiantava "querer abraçar o mundo", levando a campo jogadores desgastados, com risco de lesão. O meia lembrou que o Brasileirão é longo e que o elenco tem peças suficientes para que um rodízio seja feito sem grandes prejuízos.


Titular há quatro jogos, o goleiro Walter é uma das poucas certezas diante do Coxa. Sem problemas físicos e em início de trajetória como titular, será mantido entre os 11.


– Para mim, não (há desgaste). Até porque no último jogo eu não tive muito trabalho, então não tem muito cansaço. Conversaram lá dentro, fizeram exames, mas não sei quem vai jogar também – afirmou o jogador, em entrevista coletiva, na noite de sexta-feira.


Tite chamou 23 jogadores para o confronto, entre eles o novato Leozão. Aos 17 anos, o zagueiro  está relacionado pela primeira vez. Isso porque Pedro Henrique, de 20 anos, será titular ao lado de Felipe na defesa.


O resto do time, a princípio, seria o mesmo das vitórias sobre Ponte Preta, Sport e Santos, nas últimas três rodadas do Campeonato Brasileiro: Walter; Fagner, Felipe, Pedro Henrique e Uendel; Cristian, Bruno Henrique, Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto; Guilherme e Luciano. Nomes como Guilherme Arana, Maycon, Camacho, Marlone e Lucca, porém, podem aparecer.


Confira abaixo a lista dos 23 relacionados:


Goleiros: Walter e Cássio
Laterais: Fagner, Uendel e Guilherme Arana
Zagueiros: Felipe, Pedro Henrique e Leozão
Volantes: Cristian, Bruno Henrique, Willians, Maycon e Camacho
Meias: Giovanni Augusto, Guilherme, Marquinhos Gabriel, Danilo, Rodriguinho e MarloneAtacantes: Luciano, André, Romero e Lucca

Veja as informações do Corinthians para a partida contra Coritiba
Local: Arena Corinthians
Data e horário: sábado, às 20h30 (horário de Brasília)
Escalação provável: Walter, Fagner, Felipe, Pedro Henrique e Uendel (Guilherme Arana); Cristian, Bruno Henrique (Camacho ou Maycon), Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto (Marlone); Guilherme (Lucca) e Luciano.
Desfalques: Balbuena, Vilson, Elias, Matheus Vidotto, Yago e Rildo
Pendurado: Balbuena e Bruno Henrique
Arbitragem: Anderson Daronco (Fifa-RS), Carlos Berkenbrock (SC) e Rafael da Silva Alves (RS)
Transmissão: Premiere e PFCI (com Linhares Júnior e Wagner Vilaron)
Tempo real: GloboEsporte.com, com vídeos exclusivos, a partir das 19h30



























04/06/2016 11h15

Chimarrão, timidez, Tite... Marquinhos Gabriel está em casa no Corinthians
Bebida típica do Sul, personalidade observadora e auxílio do técnico ajudam em adaptação do meia em um mês: "Foi tão rápido que me surpreendeu", admite


Por Diego Ribeiro


Marquinhos Gabriel tem bom início no Timão em 2016 (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Acostumado a dribles, boas jogadas e belos gols desde que estreou pelo Corinthians, há um mês,Marquinhos Gabriel já está em casa. A fala mansa e o olhar tímido, porém, contrastam com o jogador que entra em campo e não tem medo de divididas. Ele é titular incontestável da equipe na partida deste sábado do Corinthians contra o Coritiba, às 20h30 (de Brasília), na Arena Corinthians


Aos 25 anos, mas com maturidade de quem rodou o Brasil e o mundo, Marquinhos nunca se adaptou com tanta rapidez a um clube como fez no Corinthians. A timidez que o atrapalhou no passado virou trunfo: na base da observação, sem falar muito, ele assimilou os pedidos de Tite e se tornou um dos jogadores mais perigosos da equipe assim que pisou no gramado.


– Eu sou muito observador. Nos treinos, eu não converso muito, mas gosto de observar todos os detalhes para aperfeiçoar meu trabalho. Gosto mais de ouvir, mesmo. Minha adaptação aqui está sendo muito rápida, tem me surpreendido nessa parte. Nas outras equipes demorei um pouco mais para me entrosar. Estou muito satisfeito – comemorou o meia.

Este é um lado que o corinhtiano ainda não conhece a respeito do novo candidato a ídolo. Gaúcho de Selbach, cidade no interior do Rio Grande do Sul, Marquinhos Gabriel não tem nada de marra. Gosta de ficar em casa, tomar um chimarrão, jogar videogame e curtir a presença da noiva, Diana – a quem chama de esposa por causa dos cinco anos de união.

Minha adaptação aqui está sendo muito rápida, tem me surpreendido nessa parte. Nas outras equipes demorei um pouco mais para me entrosar. Estou muito satisfeito

Marquinhos Gabriel

Para diversão dos amigos, gosta também de deixar os cabelos cuidadosamente arrumados. E nem tente uma foto quando a cabeleira não está do jeito que ele quer...


– Apesar de meus amigos me incomodarem com isso, gosto de arrumar o cabelo, sim, demoro para caramba, às vezes até mais do que minha esposa. Eu passo um laquê, agora aprendi, dou uma mexida para ele ficar enrolado. Meus amigos que não me incomodem por isso (risos) – brincou.


Nesta entrevista ao GloboEsporte.com, você pode entender melhor os motivos da rápida adaptação do meia. Um deles é Tite, que o conhece de longa data. Foi o técnico quem lhe promoveu à equipe profissional em 2009. A estreia com gol e o papo do comandante eram o prenúncio de uma carreira de sucesso.

Com a bola por perto, Marquinhos Gabriel deixa a timidez de lado (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)




Confira abaixo a íntegra do papo:


Você vai completar um mês de Corinthians, mas o entrosamento dá a entender que esse time joga junto há mais tempo. Como conseguiu essa adaptação tão rápida?
Eu sou muito observador, tenho observado muito o que o professor pede, o que os jogadores gostam. Nos treinos eu não converso muito, mas gosto de observar todos os detalhes para aperfeiçoar meu trabalho. O entrosamento vem dentro de campo e também nas brincadeiras, apesar de eu ser um cara mais tranquilo e na minha. Gosto mais de ouvir, mesmo. Minha adaptação aqui está sendo muito rápida, tem me surpreendido nessa parte. Nas outras equipes demorei um pouco mais para me entrosar. Estou muito satisfeito.


Você se considera um cara mais reservado, mais tímido?
Eu sou, sim. Minha esposa e meus amigos até brincam comigo, que às vezes sou quieto até demais. Tenho melhorado muito nisso, estou me soltando. Tem o lado bom e o ruim. Tem situações do dia a dia em que é melhor ficar calado, mas em outras é melhor ter intimidade para falar. Gosto desse meu jeito, conquisto as pessoas assim, pelo meu caráter. Não costumo falar muitas coisas, mas acho que meu caráter tem ajudado muito.


Como está o entrosamento com Guilherme e Giovanni Augusto no meio-campo?
Tem sido muito bom. Estamos nos completando a cada movimento, quando um vem buscar a bola, o outro dá um pouquinho de profundidade. É o que o Tite nos pede. A cada jogo isso vai melhorar, a evolução é diária. A cada partida vai acontecer. Esperamos ser uma equipe muito forte dentro desse campeonato.


Qual o papel do Tite no seu início no Corinthians?
Dentro de campo, ele nos passa tudo o que possa auxiliar. Cada detalhe dos jogos ele nos passa, para que a gente possa buscar a excelência. Nos treinamentos, ele cobra muito para acertar o que estamos fazendo. O nível de concentração é muito alto.

Nos treinamentos, ele (Tite) cobra muito para acertar o que estamos fazendo. O nível de concentração é muito alto

Marquinhos Gabriel

Hoje me sinto muito bem, tenho minhas ambições de carreira, mas a cabeça é no Corinthians.
Tenho de aproveitar cada minuto e desfrutar.
Aqui tive tempo para recuperar a forma, não era nem de peso, mais de força e ritmo de jogo.agora estou muito feliz.pensar no Campeonato Brasileiro. Temos nossas ambições.

Em um mês, você já sentiu o tamanho da pressão de jogar no Corinthians?
Vim para o Corinthians preparado para todas as situações. Aqui a cobrança é muito grande.  Todo mundo gosta de ganhar, mas tem algumas partes no futebol que não conseguimos controlar. Nosso amadurecimento já veio, assimilamos rapidamente, tanto que estamos fazendo belos jogos nessa sequência pelo Campeonato Brasileiro.
Como você tem visto sua função no esquema tático do Corinthians. Já se acostumou a voltar para marcar também?
No ano passado, eu fazia a mesma coisa, a parte defensiva é importantíssima, fechar os espaços, roubar bolas e explorar os contra-ataques. É uma função à qual me adaptei muito bem, espero crescer mais ainda.

Fora de campo, como está a adaptação?
Eu morava em um bairro diferente, agora estou pertinho do CT, é tranquilo para vir treinar. Tenho aproveitado bem os momentos em que estou em casa, com minha esposa. Faço minhas coisinhas, simples, mas que têm muito valor. Passo pouco tempo em casa, então tento aproveitar ao máximo com ela e meus amigos.


Quais são essas coisas simples?
Gosto de chimarrão. Antigamente não gostava muito, mas acabei acostumando. Gosto de jogar meu futebol no videogame, comer minha pipoca, e estar com minha companheira. Cada minuto aproveitado com ela é ótimo.

Marquinhos se prepara para entrar em campo, na arena (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)














Intransponível a 3 jogos, Walter agradece ajuda da defesa do Corinthians

Goleiro assumiu a vaga de titular e só foi vazado em uma partida desde então

Tomas Rosolino Amaral Do Valle

4 JUN 2016 08h43

O Corinthians entra em campo na noite deste sábado para derrotar o Coritiba e continuar na briga pelo G-4 do Campeonato Brasileiro, mas o goleiro Walter, mais uma vez confirmado como titular da equipe, tem uma outra marca a bater. Caso passe por mais esse jogo sem sofrer gols, ele vai chegar a quatro partidas sem ser vazado de forma consecutiva

O jogador iniciou essa sequência no triunfo do Corinthians por 3 a 0 sobre a Ponte, completando a série com um Corinthians 2 a 0 sobre o Sport e Corinthians 1 a 0 sobre s7os, no meio da semana. Antes, a melhor marca de seu concorrente se deu durante a disputa do Campeonato Paulista e da Libertadores, quando o ídolo da Fiel passou zerado nos confrontos contra Cerro Porteño, pelo torneio continental, Linense, São Bernardo e Ituano, pelo Estadual.

Contente pela sequência, Walter elogiou o trabalho defensivo dos seus companheiros para justificar o sucesso. “Você já entra com uma tranquilidade maior, principalmente goleiro. Tirando o Vitória foram jogos bons, consegui sair jogando quando dava, trabalhei bem com os pés, então acredito que está sendo bom”, analisou o camisa 27.


Caso queira alcançar a melhor marca de Cássio, no entanto, Walter terá de se desdobrar: em 2014, sob o comando de Mano Menezes, o Gigante chegou a ficar sete jogos sem levar gol. 

Sem projetar tanto o futuro, Walter acredita que a eficiência do setor defensivo, segundo melhor do torneio com três gols tomado, se deve também à participação dos jogadores de ataque. Na avaliação do arqueiro, mesmo os armadores Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Guilherme têm contribuído bastante na marcação.

“Nosso poder defensivo melhorou bastante. O Giovanni Augusto voltando com o lateral até o final, Marquinhos e Guilherme são os que mais roubam bola ali na frente. Mas é claro que o Cirstian, pela experiência, poder de marcação, ajuda ao máximo também a gente, o Vilson vem muito bem. Está dando certo”, avaliou, pedindo para que os companheiros não diminuam a intensidade contra os paranaenses.

“Não tem jogo fácil mais, até no Paulista deu para ver, Ferroviária, São Bento. Jogos que na imaginação do torcedor são fáceis, mas na hora complica. Tem que ter estabilidade. A gente pensa que eles vêm com uma linha defensiva mais forte, tem que trabalhar bem a bola, com paciência, e buscar o gol”, concluiu.









Timão pode confirmar arrancada melhor que a do time campeão brasileiro
Mesmo sob desconfiança da torcida, equipe de Tite tem números superiores aos do ano passado; em 2015, sexta rodada marcou o início de uma sequência de 20 jogos com apenas uma derrotaUm dos reforços mais 'badalados' do Timão para 2016, Giovanni Augusto marcou o gol da vitória do Corinthians sobre s7os, na última quarta (Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians)

O Corinthians pode confirmar neste sábado (4 de junho), uma arrancada melhor que a da equipe campeã nacional no ano passado. Para isso, precisa vencer o Coritiba para garantir o quarto triunfo consecutivo na competição.

Somando dez pontos nas cinco primeiras rodadas, o Timão já tem uma campanha superior em relação à de 2015. Agora, diante do Coxa, a equipe de Tite se vê diante do 17º colocado no Brasileirão, dentro da Arena Corinthians, para confirmar um início melhor que o Corinthians hexacampeão com Jadson, Renato Augusto e Vágner Love.
À época, eram apenas duas vitórias e um empate e dois reveses até o início da sexta rodada, somando sete pontos.

Naquela ocasião, Jadson marcou o gol solitário da vitória por 1 a 0 sobre o Joinville, em Santa Catarina, e ajudou a equipe a chegar aos dez pontos conquistados. A partir daí o Corinthians engatou uma série de 20 partidas com  14 triunfos, cinco empates e 1 reves.










Corinthians recebe Coritiba na Arena Corinthians em busca da liderança


Tite não deu nenhum indício da equipe titular que entrará em campo neste sábado (04) pela sexta rodada da competição



10h00 04/06/2016 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Em busca da quarta vitória seguida no Campeonato Brasileiro 2016, o Corinthians recebe o Coritiba na Arena Corinthians neste sábado (04), às 20h30, pela sexta rodada da competição. Após vencer o clássico contra o Santos na última quarta (01), também em casa, o Timão chegou à terceira colocação na tabela de classificação com 10 pontos ganhos, três atrás do líder Internacional.


No último treino do Alvinegro antes da partida, realizado na última sexta-feira (03), o técnico Tite não deu nenhuma pista da equipe titular que entrará em campo contra o Coritiba. Com o desgaste das últimas partidas – o Corinthians fez três jogos em um intervalo de sete dias, sendo dois no horário das 11h –, jogadores que têm sido titulares nem foram ao gramado do CT Dr. Joaquim Grava, trabalhando na academia.


Em coletiva de imprensa após a atividade, o goleiro Walter falou sobre a expectativa para o confronto deste sábado (04). "Não tem jogo fácil, que na imaginação do torcedor são fáceis, mas na hora complica. Tem de ter estabilidade. A gente pensa que eles vêm com uma linha defensiva mais forte, tem de trabalhar bem a bola, com paciência, e buscar o gol”, explicou o arqueiro alvinegro.


O retrospecto contra o Coritiba é bem favorável ao Corinthians. Em 52 partidas entre as equipes, foram 26 vitórias corinthianas, 10 empates e 16 derrotas. No último confronto, pelo Brasileirão 2015, o Timão venceu por 2 a 1 na Arena Corinthians, com gol decisivo de Lucca no fim da partida, deixando o Alvinegro mais perto do hexacampeonato brasileiro.


Confira a lista dos 23 relacionados para o jogo contra o Coritiba:


Goleiros: Cássio e Walter

Laterais: Fagner, Guilherme Arana e Uendel
Zagueiros: Felipe, Léo Santos e Pedro Henrique
Volantes: Bruno Henrique, Camacho, Cristian, Maycon e Willians
Meias: Danilo, Giovanni Augusto, Guilherme, Marlone, Marquinhos Gabriel e Rodriguinho
Atacantes: André, Lucca, Luciano e Romero




























Corinthians reencontra adversário que ano passado venceu e praticamente garantiu título de hexa brasileiro

Triunfo pelo Brasileirão 2015 foi sofrido: 2 a 1 com gol de Lucca aos 42 minutos do segundo tempo na Arena Corinthians

10h00 04/06/2016 - Agência Corinthians

O Corinthians volta a enfrentar o coritiba pelo Campeonato Brasileiro neste sábado (04), às 20h30, na Arena Corinthians, pela sexta rodada da edição 2016. No último duelo entre as equipes pela competição, também realizado no estádio alvinegro, o Timão venceu por 2 a 1 e praticamente garantiu a conquista do hexacampeonato brasileiro, no ano passado.

Pela 34ª rodada do Brasileirão 2015, o Alvinegro recebeu o Coritiba na Arena Corinthians com mais de 43 mil torcedores. Sabendo que a vitória deixaria a conquista do hexa ainda mais próxima, o Corinthians impôs o ritmo do jogo e conseguiu o primeiro gol logo aos 15 minutos da primeira etapa. O lateral Edílson foi para cima da marcação e sofreu pênalti. Na cobrança, Jadson bateu com tranquilidade e abriu o placar para o Timão.

Logo nos primeiros minutos do segundo tempo, o Corinthians sofreu o gol de empate e passou toda a etapa complementar em busca da vitória, que custou a chegar. Somente aos 42 minutos, o atacante Lucca marcou o gol de um triunfo sofrido, para explosão da Fiel na Arena Corinthians.

No lance, Edilson avançou pela direita e cruzou na área. Danilo deu uma casquinha, e a bola sobrou para Lucca, que soltou o pé e garantiu a vitória que seria essencial na conquista do sexto título nacional do Corinthians.