23 de dez de 2015

CORINTHIANS 23/12/2015

Corinthians ficaria com 12 milhões se vender Elias, pois tem diretio a 50 %, mas ainda tem que pagar 8 mi dem parcelas pelo jogador


Clube chinês pode pagar até R$ 40 milhões para tirar Elias do Timão

Hebei China Fortune faz proposta ao Corinthians para contratar o volante de 30 anos. Desejo do jogador e participação do Sporting são entraves para a transferência


Elias tem contrato com o Corinthians até o fim de 2017 (Foto: Nelson Almeida/AFP)

Bruno Cassucci
23/12/2015
21:18
O Corinthians agora negocia o volante Elias com o Hebei China Fortune.

No início da semana, com um representante no Brasil, o clube asiático iniciou as tratativas com o atleta, seus representantes e a diretoria do Timão.A oferta inicial foi de aproximadamente 7 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões), valor recusado pelo Corinthians. As cifras então foram elevadas e chegaram a quase 9 milhões de euros (aproximadamente R$ 38,6 milhões). Os asiáticos estão dispostos até a subir novamente a proposta e ultrapassar a marca de R$ 40 milhões.

O Corinthians prefere o valor à vista e sinaliza que pode liberá-lo até por menos desde que receba agora. No entanto, há entraves para a negociação. Um deles é o Sporting (POR), ex-clube de Elias, que detém 50% dos direitos econômicos do volante. Em contrato, há um valor mínimo para a venda do atleta.

Outro empecilho é o desejo do jogador, que não vê com bons olhos a transferência para a Ásia. Elias acredita que, se isso ocorrer, pode perder espaço na Seleção Brasileira. Entretanto, como a oferta é tentadora e ele já está com 30 anos, o dinheiro pode falar mais alto.

Elias, que tem contrato até o fim de 2017 O Timão recontratou Elias em 2014 por 4 milhões de euros, mas ainda tem de pagar metade (R$ 8,6 milhões), em duas parcelas, para o Sporting. Parte do valor de uma eventual venda agora seria utilizado para isso.

A negociação entre Corinthians, Elias e Hebei China Fortune está estacionada por conta do Natal e deve ser retomada na próxima semana.




Andrés diz que titulares do Corinthians hexacampeão ganharam opção de férias após título brasileiro


23 DEZ2015
21h26


Assegurado o título do Campeonato Brasileiro, em 19 de novembro, os jogadores titulares do Corinthians tiveram a opção de sair de férias a três rodadas do final. A oferta só foi parcialmente aceita por Renato Augusto, que permaneceu treinando levemente, sem entrar em campo.

“Estava todo o time titular de férias. Podiam ir embora, faltando essas três rodadas. Tínhamos avisado: ‘Foi campeão, pode ir’. O Renato falou: ‘Estou saturado e não vou jogar, mas vou treinar’”, contou o superintendente de futebol alvinegro, Andrés Sanchez, à Rádio Bandeirantes.

O meio-campista carioca, que acabou ganhando todos os prêmios de melhor do Brasileiro, havia se manifestado a favor das férias antes mesmo de a conquista ser matematicamente garantida. Sua justificativa era o desgaste de uma longa temporada.

Os demais não pararam de jogar, mas o time teve muitos reservas nas três rodadas derradeiras. Isso não impediu o Corinthians de fazer 6 a 1 sobre 5P, na Arena Corinthians, com Romero como melhor em campo. Ainda teve um 0x2 contra o sport, lá, e empatou por 1 a 1 com o Avaí, na Arena Corinthians





23/12/2015 20h47
Corinthiano Elias é procurado por clube da China
Volante é sondado pelo Hebei China Fortune, recém-promovido à primeira divisão, e oferece salário muito acima da média. Diretoria alvinegra ainda aguarda proposta. Em outro momento pai do jogador declarou não ser ineteresse do jogador ir para China


Por Diego Ribeiro e Fred Huber


Elias tem contrato com o Corinthians válido até dezembro de 2017  O volante Elias foi procurado pelo Hebei China Fortune, recém-promovido à primeira divisão do país, e recebeu oferta salarial muito acima da média do futebol brasileiro.


Por causa das festas de fim de ano, uma definição sobre o caso só deve sair em janeiro. O Corinthians diz não ter recebido proposta, apenas sondagens. O pai do volante, Eliseu Trindade, disse que Elias não tinha chances de jogar na China. A diretoria admite a possibilidade.


– O Corinthians não quer vender ninguém. Se alguém sair, é porque quer sair. A China tem muito dinheiro. Se chegar um caminhão de dinheiro por dois, três anos de contrato, até eu vou para a China. É impossível recusar – afirmou o superintendente de futebol Andrés Sanchez, à Rádio Bandeirantes.


Elias tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2017, o que deixa sua multa rescisória mais alta, aumentando também uma eventual compensação financeira.


O Corinthians ainda tem de pagar 2 milhões de euros (R$ 8,6 milhões na cotação desta quarta), em duas parcelas, para o Sporting, de Portugal. Outros 2 milhões já foram pagos. A ideia, portanto, seria receber ao menos um valor equivalente ao que gastou para adquirir o volante. Aos 30 anos, Elias acredita também que ainda tem mercado no futebol europeu.

A China tem muito dinheiro. Se chegar um caminhão por dois, três anos de contrato, até eu vou para a China. É impossível recusar

Andrés Sanchez, dirigente do Corinthians


O Timão não pretende negociar mais um titular para o futebol chinês – Jadson assinou na semana passada com o Tianjin Quanjian, da segunda divisão – mas admite que será difícil segurar qualquer jogador que receber proposta salarial muito alta.
Outro nome na mira dos chineses é Vagner Love. Ele tem contrato com o Timão até a metade de 2016, mas o Corinthians tem se preocupado com as frequentes consultas.



23/12/2015 20h22 -
Gerente da base vê jovens zagueiros com capacidade no Corinthians
Pedro Henrique e Rodrigo Sam, ambos de 20 anos, poderão ser opções para Felipe e Gil, titulares

Pedro Henrique pode ganhar maior espaço no elenco profissional corinthiano (Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)


O gerente de divisão de base do Corinthians, Fábio Barrozo, não surpreendeu ao dizer que não há necessidade de contratar um zagueiro para a vaga do reserva Edu Dracena, dispensado. Na visão dele, há no clube garotos com qualidade suficiente para conquistar a confiança do técnico Tite.

Já estão integrados oficialmente ao grupo profissional Pedro Henrique e Rodrigo Sam, ambos de 20 anos. Pedro, que já participou da Copa Flórida com a equipe principal no ano passado e viajará novamente para a pré-temporada nos Estados Unidos, é o primeiro na lista.

“A saída do Dracena abre as portas para o Pedro Henrique, um jogador em que aposto muito. Ele trilhou um caminho parecido com o do Yago, que foi para o Bragantino por empréstimo, voltou e agora está aí. Na ordem da categoria, o Pedro está à frente, mas depende muito do Tite”, afirmou Barrozo à Rádio Globo.
Não havendo surpresas, Felipe e Gil seguirão como a dupla de titular. O mencionado Yago, por enquanto, é a primeira opção reserva. A diretoria busca, sim, um beque com alguma experiência para o elenco, mas as opções são escassas e caras.

Fábio Barrozo se mostrou satisfeito com a maior integração entre a base e o profissional implementada pelo Corinthians. A equipe campeã brasileira tinha dois titulares de 18 anos, Guilherme Arana e Malcom. E há, segundo o gerente, outros prontos para contribuir, como o meia Matheus Pereira.

Ele aposta bastante também no centroavante Gabriel Vasconcelos, que se destacou no Corinthians eneacampeão da Copa  de juniores e em outras conquistas desta temporada. “Temos o nosso artilheiro, que vai dar muita alegria para o Corinthians ainda”, previu o dirigente.





23/12/2015 20h56

Vendidos 2 mil ingressos para jogo do Corinthians em Sorocaba contra são bento
Este é o resultado da comercialização antecipada para a partida do dia 24 de fevereiro pelo Paulistão-2016. Novo lote será disponibilizado na segunda quinzena de janeiro


Por GloboEsporte.com

A diretoria do São Bento encerrou nesta quarta-feira a primeira ação de venda antecipada de ingressos para o confronto diante do Corinthians, em Sorocaba, marcado para o dia 24 de fevereiro, pela sexta rodada do Paulistão-2016. Foram três dias de vendas e, nesse período, comercializados cerca de 2 mil ingressos, em sua maioria de meia-entrada – o clube sorocabano não divulgou a proporção entre inteiras e meias.


Serão dois espaços do estádio Walter Ribeiro destinados aos torcedores do Timão, enquanto os sorocabanos ficarão com uma arquibancada. A carga total disponibilizada será de 12 mil entradas e, segundo Marcos Eduardo de Souza, responsável pela logística do São Bento, 40% desse total, de acordo com a legislação vigente, serão de meia-entrada.


Souza adianta que um novo lote será disponibilizado para venda antecipada na segunda quinzena de janeiro, sempre em dois a três dias por semana até a data da partida. O dirigente também informa que em janeiro deve negociar com a diretoria corinthiana a quantidade de ingressos que deve ser enviada para atender os torcedores da capital.


– Como 40% é a quantidade máxima destinada para as meias-entradas, o estudante, idoso, professor da rede pública, pessoa com deficiência ou jovem cadastrado nos programas sociais do governo federal pode ficar sem ingresso de meia se deixar para comprar muito tarde. E com o Corinthians campeão brasileiro, a expectativa é de casa cheia – prevê Souza.


CONFIRA OS PREÇOS
Torcedores do Corinthians
- Arquibancada inferior – R$ 120 (R$ 60 meia-entrada)
- Arquibancada ferradura – R$ 90 (R$ 45 meia-entrada)






especulação nova:
CORINTHIANS SONDA ATACANTE ARGENTINO GUSTAVO BOU, DO RACING-ARG
domingo, outubro 11, 2015


Um dos destaques da Copa Libertadores desse ano o atacante Argentino de 25 anos está na mira do Timão para reforçar o ataque alve negro para próxima temporada.

Sem grandes alternativas no mercado nacional,América do Sul virou o mercado alternativo para busca de reforços para os clubes brasileiros,o Corinthians aposta nesse mercado para reforçar a equipe sem ter que gastar muito.

Gustavo Bou - atacante, 25 anos, Racing (Argentina) - é um centroavante que tem como principal atributo a potência física,além de ser rápido e ótimo finalizador.

Gustavo Bou tem contrato com o Racing-ARG até 2018 Segundo o portal de notícias Clarin da Argentina que o Corinthians teriaenviado representantes ao seu país, interessados em saber informações sobre o jogador e a situação contratual do atacante,para o caso de uma possível transferência,já no Corinthians, ninguém confirmou a informação .

Segundo o jornalista,o Racing não deve liberar o atacante por menos de R$ 8 milhões de reais,o que deve estar dentro das expectativas do Corinthians.






MAIS BOATOS?:
CORINTHIANS PODE RECEBER PROPOSTA POR JOVEM MEIA MATHEUS PEREIRA, 17 ANOS
Juve, offerta per Matheus Pereira del Corinthians

La Juventus resta sulle tracce diMatheus Pereira, trequartista 17enne del Corinthians. C'è già stata una proposta della Vecchia Signora per ingaggiare il brasiliano, ma il calciatore è extracomunitario e per questo i bianconeri dovrebbero 'parcheggiarlo' altrove prima di portarlo a Torino. A svelarlo è Alfredo Pedullà, esperto di mercato, attraverso gli studi diSportitalia.

















23/12/2015 13h05

Corinthians segura Felipe e busca outro zagueiro no mercado
Com dispensa de Edu Dracena, diretoria não fará venda por baixo preço e terá de ir ao mercado para achar reposição.

Por Marcelo Braga
Zaagueiro foi titular na conquista do Campeonato Brasileiro deste ano (Foto: Marcos Ribolli)

O Corinthians já vinha avaliando nomes de zagueiros no mercado, mas com a dispensa de Edu Dracena a diretoria passa a ver urgência na contratação de mais um jogador para a posição, que possa dividir a responsabilidade com Gil, Felipe e Yago, além do jovem Pedro Henrique. 

A saída de Felipe para o Monaco, da França, que a imprensa noticiava erroniamente como quase certa ao término do Brasileirão, não deve ocorrer. O Corinthians não recebeu nenhuma proposta oficial, mas sondagens de 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 15,2 milhões) foram negadas. O Timão pediu o dobro.

Assim, a tendência é que o zagueiro de 26 anos siga no elenco para a Taça Libertadores, assim como Gil. Com contrato até o fim de 2018, Felipe tem 50% dos direitos econômicos ligados ao Corinthians e a outra metade presos ao Banco BMG.









23/12/2015 14h53 -
Corinthians negocia transferência de Malcom ao Borussia Dortmund
Segundo o Tuttosport, aurinegros já iniciaram as conversas para contratar o jovem atacante de 18 anos, que chegaria à Alemanha em janeiro

Titular na campanha do hexacampeonato brasileiro do Cor
inthians, Malcom pode estar de saída para jogar pelo Borussia Dortmund (Getty Images)
Depois de Jadson, outro hexacampeão brasileiro pelo Corinthians pode estar de saída. De acordo com o TuttoMercato, site especializado em transferências na Europa, o Borussia Dortmund já iniciou conversas para tratar a transferência do jovem atacante Malcom na próxima janela, em janeiro de 2016.

Uma das revelações corintianas do ano, o atacante de 18 anos foi titular durante boa parte do Brasileirão. Em 31 jogos disputados, balançou as redes em cinco oportunidades.

Malcom chegaria ao Signal Iduna Park para somar poder ofensivo à equipe de Thomas Tuchel. Jogando pelo lado esquerdo do ataque, como atua no Corinthians, disputaria posição com nomes como Marco Reus, Shinji Kagawa e Adnan Januzaj.
Além do Borussia, outras equipes também observam a situação do atacante do Timão. Segundo especula a imprensa europeia, Chelsea, Benfica e Sevilla podem buscar a contratação de Malcom para a próxima temporada.

Junto a Vagner Love, o camisa 21 do Corinthians formou dupla de ataque que terminou o Campeonato Brasileiro jogando. A titularidade, porém, foi contestada durante uma queda de rendimento. Com isso, e a lesão de Rildo, Lucca foi contratado para compor o elenco, e fez gols e assistências importantes. Entrando bem e marcando gols imporntantes, o atacanre tem contrato até julho e Corinthians quer comprá-lo







Corinthians faz proposta por Marquinhos Gabriel

Por Rafael Alaby Martins Ferreira Publicado em 23 de dezembro de 2015 às 12:42

O Corinthians aguarda o meia Marquinhos gabriel ficar a disposição para ser contratado (
Al Nasr pede 4 milhões de dólares (R$ 15,9 milhões) e outro clube tem prioridade)
O Corinthians já tem as garantias bancárias que os árabes pedem,  e fez uma proposta superior pelo jogador em prazo menor do que os seis meses que um rival solicitou para quitar o negócio.







23/12/2015 12h55

"Agora é aproveitar", diz pai de Marlone sobre ida para o Corinthians
O jogador assinou com o Timão o contrato de quatro anos nesta segunda-feira (21). A apresentação será no dia 6 de janeiro, com o restante do elenco


Por Edson Reis*
Depois de altos e baixos na carreira, o meia-atacante Marlone encerrou bem a temporada. O jovem, de 23 anos, foi um dos destaques do Campeonato Brasileiro atuando pelo Sport. O bom desempenho rendeu um contrato de quatro anos com o Corinthians, que foi assinado na última segunda-feira (21), no Parque São Jorge. A apresentação do jogador está marcada para o dia 6 de janeiro, com restante do elenco. Para o pai do jogador, Jaldo Saraiva, que mora em Augustinópolis-TO, o sonho de chegar a um grande time é de toda a família e está se realizando.


- Meu filho está muito feliz com o acerto. Já me ligou e conversamos muito sobre isso. Agora imagina, se ele está feliz pensa como eu estou. É uma grande conquista. Agora é trabalhar, se dedicar e buscar sempre o melhor. Ele soube lidar com os momentos ruins e agora é aproveitar os bons que vêm por aí - disse o pai em entrevista por telefone ao GloboEsporte.com.


O Corinthians adquiriu 50% dos direitos econômicos do meia-atacante - o restante pertence ao empresário Fernando Garcia, que já foi conselheiro do Timão. Havia também a possibilidade de aquisição de 70%.

Marlone assina e veste camisa do Corinthians (Foto: Reprodução/Twitter)

Ainda de acordo com Jaldo, Marlone assinou e seguiu para o Rio de Janeiro para resolver algumas questões pessoais. Marlone é o terceiro tocantinese no elenco corinthiano. Além dele, estão na equipe o atacante Lucca e Gustavo Tocantins, do time sub-20.


*Estagiário, sob supervisão de Vilma Nascimento





23/12/2015 13h05

Corinthians segura Felipe e busca outro zagueiro no mercado
Com a saída de Edu Dracena, diretoria não fará venda por baixo preço e terá de ir ao mercado para achar reposição.

Por Marcelo Braga

Zaagueiro foi titular na conquista do Campeonato Brasileiro deste ano (Foto: Marcos Ribolli)

O Corinthians já vinha avaliando nomes de zagueiros no mercado, mas com a saída de Edu Dracena a diretoria passa a ver urgência na contratação de mais um jogador para a posição, que possa dividir a responsabilidade com Gil, Felipe e Yago, além do jovem Pedro Henrique.


Em paralelo a isso, a saída de Felipe para o Monaco, da França, que era considerada quase certa ao término do Brasileirão, esfriou pela alta pedida do Timão. O clube garante que não recebeu nenhuma proposta oficial, mas sondagens de 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 15,2 milhões) foram negadas. O Timão pediu o dobro.

Assim, a tendência é que o zagueiro de 26 anos siga no elenco para a Taça Libertadores, assim como Gil. Com contrato até o fim de 2018, Felipe tem 50% dos direitos econômicos ligados ao Corinthians e a outra metade presos ao Banco BMG.
– Por enquanto, é a nossa dupla (Felipe e Gil). Falo "por enquanto" porque a gente nunca sabe. O mercado chinês aberto é uma loucura. Mas não existe proposta pelo Gil nem pelo Felipe – disse o presidente Roberto de Andrade, no sorteio da Libertadores, no Paraguai.
















Corinthians pode receber proposta pelo atacante Malcom, vinda do Borussia da Alemanha

ESCLUSIVA TMW - Borussia Dortmund, contatti per Malcom del Corinthians

TUTTO mercato WEB-1 hora atrás

Un nuovo rinforzo per l'attacco del Borussia Dortmund. Trattativa in corso per Malcom, classe '97 del Corinthians.




















Pela Copa Libertadores, Timão já enfrentou Cerro Porteño quatro vezes

A história entre as equipes tem um capítulo inesquecível. Em 1999, no Pacaembu, Corinthians goleou a equipe paraguaia por 8 a 2 em noite inspirada de Fernando Baiano


10h30 23/12/2015 - Agência Corinthians



O adversário da chave que mais enfrentou o Corinthians na história foi o Cerro Porteño

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Na noite da última terça-feira (22), na sede da Conmebol em Assunção (PAR), foi realizado o sorteio das chaves da Copa Bridgestone Libertadores de 2016. O Corinthians ficou no grupo 8, ao lado de Cerro Porteño (PAR), Cobresal (CHI) e o vencedor do confronto entre Independiente Santa Fé (COL) e Oriente Petrolero (BOL).

O adversário da chave que mais enfrentou o Corinthians na história foi o Cerro Porteño. O Timão enfrentou a equipe paraguaia cinco vezes, sendo que quatro foram pela Copa Libertadores da América. O retrospecto geral do confronto é extremamente favorável ao Alvinegro, que soma quatro vitórias e apenas uma derrota.

O primeiro duelo entre Corinthians e Cerro Porteño aconteceu no dia 06 de março de 1974 e foi exatamente o único a não ser disputado pela Libertadores. Na Fazendinha, as equipes realizaram um amistoso e o Timão venceu por 1 a 0. O gol corinthiano foi marcado por Washington, aos 9 minutos do segundo tempo.

Corinthians e Cerro Porteño voltariam a se enfrentar apenas 25 depois. E o jogo foi histórico para o Timão. Pela fase de grupos da Libertadores de 1999, no Pacaembu, o Alvinegro goleou a equipe paraguaia pelo incrível placar de 8 a 2. O nome daquela noite de 10 de março foi o atacante corinthiano Fernando Baiano que anotou cinco gols.

Apenas duas semanas após a goleada, o Corinthians sofreu a única derrota da história para o Cerro Porteño. No dia 24 de março, no estádio General Pablo Rojas, em Assunção (PAR), o Timão perdeu por 3 a 0. A partida também válida pela fase de grupos da Libertadores daquela temporada.

Onze anos depois, Corinthians e Cerro Porteño voltaram a jogar pela fase de grupos da Libertadores. Em 2010, não teve goleada, mas também não teve derrota. Foram duas vitórias do Timão. Em 17 de março, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, 1 a 0 com gol de Ronaldo. No dia 1º de abril, no Pacaembu, 2 a 1 com mais um tento do Fenômeno e outro de Chicão.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.



CORINTHIANS ATUAL RECORDA CONFRONTOS DO CORINTHIANS CONTRA CERRO PORTEÑO, ÚNICO ADVERSÁRIO DO TIMÃO NA LIBERTADORES 2016 EM QUE UM CONFRONTO FOI REALIZADO



FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 8X2 cerro

Local: Estádio do Pacaembu 
Data: 10/03/1999
Árbitro: Oscar Sequeira (Argentina)
Público: 19.533
Renda: Não disponível

Gols: Edílson (5 – 1°), Fernando Baiano (9, 14 e 16 – 1º), Índio (32 – 1º), Mauro Caballero (36 – 1º) e Fernando Baiano (45 – 1º); Silvinho (9 – 2º), Toledo (41 – 2º) e Fernando Baiano (45 – 2º).

CORINTHIANS: Nei; Índio, Cris, Gamarra e Silvinho; Vampeta, Rincón, Ricardinho (Amaral) e Edílson; Fernando Baiano e Dinei (Edu). Téc.: Evaristo de Macedo.

CERRO PORTEÑO: Aceval, Villalba (Paulo Roberto), Dario Caballero, Juan Lopez e Toledo; Gomes, Recalde, Gavillan (Peralta) e Alvarenga; Gauchinho e Mauro Caballero (Aguilera). Téc.: Jair Pereira



CERRO PORTEÑO (PAR) 0 X 1 CORINTHIANS

Estádio: Defensores Del Chaco, Assunção (PAR)

Árbitro: Pablo Antônio Pozo (CHI)

Auxiliares: Patrício Antônio Basualto (CHI) e Julio Diaz Pardo (CHI)

Cartões amarelos: Jucilei, Moacir, Dentinho (COR) Nuñez, Torren, Ramírez (CER)

Cartões vermelhos:Brítez 37'/2°T

Gols: Ronaldo 40'/1°T;

CERRO PORTEÑO: 12-Barreto; 2-Irrazabal, 4-Herner (20-Cardozo 30'/2°T), 17-Torren, 5-Piris; 16-Nuñez, 8-Cáceres (18-Recalde 25'/ 2°T), 6-Britez, 10-Julio do Santos; 7-Ramirez (21-Ereros 20'/2°T) e 9-Zeballos. Técnico: Pedro Tuglio + 1-Medran 15-Luis Cardozo 24-Burgos 11-Cristaldo

CORINTHIANS: 1-Felipe; 24-Moacir, 3-Chicão, 4-William, 6-Roberto Carlos; 18-Jucilei, 5-Ralf, 7-Elias, 10-Danilo (8-Tcheco 30'/2°T); 9-Ronaldo (19-Souza 39'/2°T)e 17-Dentinho (23-Jorge Henrique 25'/ 2°T). Técnico: Mano Menezes + 22-Julio Cesar 14-Leandro Castan 15-Marcelo Mattos 21-Morais


FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 CERRO PORTEÑO (PAR)

Estádio: Pacaembu
Data/hora: 1/4/2010 - 19h15
Árbitro: Victor Hugo Carillo (Fifa-PER)
Auxiliares: Luis Ávila (Fifa-PER) e Luis A. Abadie (Fifa-PER)
Renda/público: R$ 1.976.805,00 - 30.321 pagantes
Cartões amarelos: Ralf (COR) Nuñez, Herner, Burgos (CER)
Cartões vermelhos: -
GOLS: Ronaldo 36'/1°T; Chicão 18'/2°T; Júlio dos Santos 36'/2°T

CORINTHIANS: 12-Rafael Santos; 24-Moacir, 3-Chicão, 4-William, 6-Roberto Carlos; 18-Jucilei, 5-Ralf, 7-Elias, 10-Danilo (8-Tcheco - 45'/2°T) ; 9-Ronaldo (11-Iarley - 41'/2°T) e 17-Dentinho (23-Jorge Henrique - 38'/2°T). Técnico: Mano Menezes + 22-Julio Cessar 13-Paulo André 15-Marcelo Mattos 25-Edu

CERRO PORTEÑO (PAR): 12-Barreto; 5-Piris, 4-Herner, 15-Luis Cardoso, 11-Cristaldo; 16-Nuñez (2-Irrazabál - 14'/2°T), 20-Vilarreal, 24-Burgos (8-Cacéres - 29'/2°T) e 10-Julio dos Santos; 9-Zeballos e 19-Nanni (21-Ereros - 24'/2°T). Técnico: Pedro Toglio.






















Retrospectiva
Na Arena Corinthians, Sub-20 é tetracampeão paulista

A equipe comandada por Osmar Loss também foi campeã da Copinha em 2015
10h00 23/12/2015 - Agência Corinthians

Share to FacebookShare to TwitterShare to email

Na final, o Timão superou o Santos e levantou a taça na Arena Corinthians

Em 2015, não foi só a categoria principal do futebol do Corinthians que conquistou títulos. O Sub-20 também mostrou força. Além da Copinha, o Timãozinho sagrou-se tetracampeão do Paulistão Sub-20. A grande decisão aconteceu na Arena Corinthians, contra o Santos e coroou a conquista da base alvinegra.

Antes de chegar à grande final, os jovens jogadores do Timão passaram pela fase de grupos e mata-mata. No Grupo 03, o Timão terminou a primeira etapa em terceiro lugar, com 46 pontos conquistados assegurando uma vaga nas oitavas de final.

Nas oitavas, o Corinthians não deu chances para a Penapolense. Com duas vitórias, dentro e fora de casa, o Timão jrs atropelou a equipe do interior e se garantiu nas quartas de final.

Na próxima fase da competição, novamente o Timãozinho jogou bem e se classificou. Contra 5P, o Corinthians venceu também os dois jogos e avançou para a semifinal. Com o placar de 3 a 1 no primeiro jogo, o Alvinegro tinha a vantagem, mas mesmo assim venceu os rivais novamente por 1 a 0.

Implacável no mata-mata, o Timão enfrentou o Flamengo-SP na semifinal. Com uma vitória por 1 a 0 e um empate em 1 a 1, o Corinthians classificou-se mais uma vez para a final do Paulistão Sub-20.

O Corinthians buscou o tetracampeonato diante do Santos. Fora de casa, o Timão mostrou que vivia grande fase e aplicou 4 a 0 nos adversários, encaminhando o título que seria decidido na Arena Corinthians. No placar agregado o Corinthians venceu por 6x3.











Corinthians e Independiente Santa Fé não se enfrentam há quase 53 anos

Os três jogos disputados entre as equipes foram realizados no estádio Nemesio Camacho (El Campin), em Bogotá (COL)


11h00 23/12/2015 - Agência Corinthians



Dos três jogos disputados entre Corinthians e Independiente Santa Fé, dois foram amistosos e um aconteceu pelo Torneio Internacional

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Na noite da última terça-feira (22), na sede da Conmebol em Assunção (PAR), foi realizado o sorteio das chaves da Copa Bridgestone Libertadores de 2016. O Corinthians ficou no grupo 8, ao lado de Cerro Porteño (PAR), Cobresal (CHI) e o vencedor do confronto entre Independiente Santa Fé (COL) e Oriente Petrolero (BOL).

O Independiente Santa Fé ainda não tem a classificação garantida para a chave, já que precisará enfrentar o Oriente Petrolero na fase preliminar da Libertadores. No entanto, a equipe colombiana já tem história pra contar quando o assunto é Corinthians. Na história, os times se enfrentaram em três oportunidades.

Dos três jogos disputados entre Corinthians e Independiente Santa Fé, dois foram amistosos e um aconteceu pelo Torneio Internacional – Troféu Maria Eugênia Rojas. O retrospecto é favorável ao Timão: duas vitórias, um empate, quatro gols marcados e dois sofridos.

O primeiro duelo entre Corinthians e Independiente Santa Fé aconteceu no dia 07 de março de 1954 e foi exatamente o único a não ser vencido pelo Timão. No estádio Nemesio Camacho (El Campin), em Bogotá (COL), as equipes empataram em 2 a 2 pelo Torneio Internacional – Troféu Maria Eugênia Rojas. Os gols corinthianos foram marcados por Paulo e Carbone.

Corinthians e Independiente Santa Fé voltaram a se encontrar nove anos mais tarde. No dia 13 de janeiro de 1963, novamente no estádio Nemesio Camacho, o Timão venceu por 1 a 0. Manoelzinho balançou as redes para o Alvinegro.

Exatamente duas semanas depois, Corinthians e Independiente Santa Fé disputaram outro amistoso. No dia 27 de janeiro e mais uma vez no Nemesio Camacho, o Timão repetiu o placar: 1 a 0, com gol de Silva.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.











Integrante do Corinthians campeão brasileiro 98, Marcelinho rejeita rótulo de herói e fala sobre gols nas finais: "É melhor do que ser artilheiro"

Pé de Anjo marcou gols em todos os três jogos da final


10h00 23/12/2015 - Agência Corinthians




A conquista do Corinthians em 1998 iniciou uma sequência de títulos que levou o clube ao topo do Brasil

© Pisco Del Gaiso/Placar

Um dos maiores nomes da história do Sport Club Corinthians Paulista, Marcelinho Carioca foi a principal estrela corinthiana na vitoriosa campanha do Campeonato Brasileiro de 1998. No retorno ao Timão após passagem pelo Valência, da Espanha, o primeiro título nacional conquistado pelo camisa 7 foi o Brasileirão em cima do Cruzeiro.

Autor de gols nas três partidas das finais do Campenato Brasileiro em 1998, Marcelinho Carioca rejeitou o título de herói na conquista do bicampeonato nacional: "Não sou herói, ninguém ganha nada sozinho. A qualidade e a sede de vitórias e de títulos era de todo o grupo, que fez por merecer", disse o Pé de Anjo, que descreveu a sensação de balançar a rede em uma partida decisiva: "Fazer um gol em final é tudo que um meia-atacante quer para entrar na história, ainda mais naquela situação. É melhor do que ser artilheiro."

O tento feito no primeiro confronto da decisão foi marcante: após sair perdendo por 2 a 0 no Mineirão, o Timão buscou o empate com gols de Dinei e do próprio Marcelinho, de cabeça, em apenas cinco minutos. "Nossa equipe vinha buscando o gol a todo momento e por isso fizemos dois gols tão rapidamente", analisou o eterno camisa 7.

As duas primeiras decisões terminaram com igualdades: 2 a 2 no Mineirão e 1 a 1 no Morumbi, criando expectativa para a partida decisiva. Porém, Marcelinho revela que o elenco seguia confiante mesmo após tropeços nas quartas e semifinal. "Em nenhum momento tivemos dúvidas. Desde o início do campeonato sabíamos que estávamos fadados ao título. Na quarta rodada goleamos o Atlético-MG por 5 a 1, nos olhamos no vestiário e falamos: 'Estamos traçando o caminho do título'. E assim fomos atrás da taça, treinando a cada dia e respeitando os adversários, mas com a consciência de que éramos melhores e podíamos vencer", contou.

A conquista de 1998 iniciou uma sequência de títulos que levou o Corinthians ao topo do Brasil: além do bicampeonato nacional (1998 e 1999), o Alvinegro conquistou o Mundial de Clubes da FIFA em 2000 com poucas mudanças na base. O Pé de Anjo revela as principais virtudes daquele elenco: "A sede, o comprometimento, o respeito de um com o outro e um comando excelente. Era maravilhoso conviver com aquele grupo, todos sabiam suas funções e se ajudavam dentro e fora de campo."

Há 17 anos, Corinthians conquistava segundo Brasileirão

10h00 23/12/2015 - Agência Corinthians



As finais contra o Cruzeiro seriam o confronto de maior equilíbrio naquela temporada

© Pisco Del Gaiso/Placar


Há exatos 17 anos, o Corinthians conquistava pela segunda vez na história o Campeonato Brasileiro. Oito anos após a primeira taça nacional, o Timão voltou a vencer a competição e iniciou uma série de títulos que colocaram de vez o Alvinegro no topo do Brasil.

O início do Corinthians no Brasileirão de 1998 foi avassalador. O Timão construiu uma série invicta de sete vitórias e dois empates nas nove primeiras rodadas. Alguns jogos daquela sequência são inesquecíveis, como as goleadas sobre sobre Juventude (4 a 0), no Pacaembu, e Atlético-MG (5 a 1), em pleno Mineirão.

A primeira derrota veio na décima rodada. No estádio Nabi Abi Chedid, o Corinthians perdeu para o Bragantino por 1 a 0. O Timão não conseguiu encaixar outra sequência tão positiva como a dos nove jogos iniciais, mas terminou a primeira fase na liderança. Em 23 jogos, conquistou 46 pontos, em 14 vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Em seus domínios, o Timão venceu oito dos 11 confrontos, atingindo 75% de aproveitamento.

Nas quartas de final o Alvinegro passou pelo Grêmio após três partidas. Na primeira, vitória em pleno estádio Olímpico, em Porto Alegre, por 1 a 0 com um golaço do volante Rincón. Na segunda, no Pacaembu, a expectativa da Fiel era de garantir a vaga com um novo resultado positivo. Os gaúchos, no entanto, ganharam por 2 a 0 e adiaram a decisão. No terceiro duelo, novamente no Paulo Machado de Carvalho, o Corinthians voltou a vencer, por 1 a 0 com gol de Edílson, e avançou à semifinal.

As semifinais contra o Santos foram do jeito que a Fiel gosta: sofridas. A derrota por 2 a 1 na Vila Belmiro no primeiro jogo colocou a pressão do lado corinthiano. O Corinthians, entretanto, não se abalou e ganhou o segundo duelo no Pacaembu: 2 a 0, com gols de Marcelinho e Edílson. No último e decisivo encontro, novamente no Estádio Municipal de São Paulo, o rival saiu na frente, mas o Capetinha apareceu mais uma vez no início do segundo tempo, igualou o marcador e confirmou o empate necessário para mais uma classificação do time do Parque São Jorge à decisão do Brasileirão.

As finais contra o Cruzeiro seriam o confronto de maior equilíbrio naquela temporada: empates em 2 a 2 (Mineirão) e 1 a 1 (Morumbi) nas duas primeiras partidas deixaram qualquer definição para a terceira decisão, também no estádio Cícero Pompeu de Toledo. Em duelo tenso, a bola teimava em não entrar e a Fiel só pôde soltar o grito de gol na segunda metade da etapa final. Com participação direta de Dinei, Edílson, aos 25 minutos, e Marcelinho Carioca, aos 36, fizeram os tentos que garantiram ao Corinthians a segunda taça das seis taças do Campeonato Brasileiro.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.











Timão disputa sexta Copa Libertadores em sete anos

A sequência de participações do Corinthians na Libertadores começou em 2010 e só foi interrompida em 2014


10h00 23/12/2015 - Agência Corinthians


Esta será a sexta vez que o Corinthians disputa a competição continental nos últimos sete anos

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Na noite da última terça-feira (22), na sede da Conmebol em Assunção (PAR), foi realizado o sorteio dos grupos da Copa Libertadores de 2016. O Corinthians está no grupo 8, ao lado de Cerro Porteño (PAR), Cobresal (CHI) e o vencedor do duelo entre Oriente Petrolero (BOL) e Independiente Santa Fe (COL). Esta será a sexta vez que o Corinthians disputa a competição continental nos últimos sete anos.

A sequência de participações do Corinthians na Libertadores começou em 2010 e só foi interrompida em 2014. Neste período, o Timão conquistou, de forma invicta, a competição pela primeira vez na história. Em 2012, a equipe comandada por Tite fez uma brilhante campanha e levantou a taça no estádio do Pacaembu após bater o Boca Juniors na grande final.








Conheça o estádio no meio do deserto onde o Corinthians deve estrear na Libertadores da América 2016


Por iG  23/12/2015 10:55
Casa do Cobresal fica em cidade de 8 mil habitantes a 2.600 metros de altura no meio do deserto do Atacama no Chile
Reprodução/Twitter
Estádio "El Cobre", em El Salvador, onde o Corinthians faz sua estreia na Libertadores 2016

O sorteio dos grupos da Libertadores na noite de terça-feira colocou no caminho do Corinthians logo na estreia do torneio um estádio nada tradicional. O adversário do time de Tite será o Cobresal, time da cidade El Salvador, no norte do Chile, que fica a 1000km de Santiago e 2.600m de altitude.

Mas não é só isso. El Salvador, cidade de 8 mil habitantes, fica no coração do deserto do Atacama. Um lugar que praticamente não conhece a chuva e que se sustenta pela extração de cobre. O clube, inclusive, é mantido pela Codelco, empresa estatal responsável pela mineração na cidade. A parceria deve acabar em 2016 com as cada vez mais escassas reservas de cobre e isso compromete a própria existência do clube.

O maior desafio do clube é manter o gramado natural no estádio. Ibar Rivera, o jardineiro do "El Cobre", conta que o clube precisou importar terra de Copiapó, a 200km de El Salvador, para plantar o gramado.

O clube foi fundado em 1979 e o estádio é de 1980. Em 1986, o clube jogou a Libertadores e aumentou a capacidade do estádio para 20 mil pessoas, mais que o dobro da população de El Salvador. "O jogo que teve mais gente aqui foi uma partida com o Colo-Colo, com umas 10 mil pessoas", disse Rivera.
O aeroporto da cidade fica a 21km do estádio.





CORINTHIANS IRÁ PEDIR AUMENTO NO INVESTIMENTO EM PATROCÍNIO DA CAIXA. ATUAL CONTRATO DE 31 MI, PODE CHEGAR A 35 MI








23/12/2015 11h50

Patrocinador principal tenta renovação, mas Corinthians ainda ouve propostas
Dona do patrocínio master da camisa, a Caixa Econômica Federal paga R$ 30 milhões pelo espaço. Timão tenta conseguir valor superior ao oferecido pelo banco

Por Marcelo Braga

Banco estatal estampa sua marca na faixa mais nobre da camisa do Corinthians (Foto: Agência Corinthians)

Com contrato com o Corinthians até fevereiro, a Caixa Econômica Federal já manifestou ao departamento de marketing do clube o seu desejo de renovar o vínculo por mais uma temporada.

Apesar disso, o Timão ainda conversa com outras empresas com o objetivo de receber mais do que os R$ 30 milhões que são pagos hoje e que, provavelmente, o banco estatal tentará manter como teto.

Para 2016, o Corinthians já anunciou a renovação por mais um ano do contrato com a Special Dog, marca de alimentação de animais que ocupa o calção, e apresentou a parceria com a Klar, empresa de produtos de limpeza, que tem acordo até o fim de 2017.

Há ainda patrocínios firmados com o plano de saúde Hapvida, para as mangas, e com o site Betmaster, que dá prognósticos para apostas esportivas, e que ocupará a omoplata. Os dois últimos ainda não foram oficializados. Já a marca de telefonia TIM, que ocupa os números e tem contrato até janeiro, será substituída.

Além disso, no Torneio da Flórida, em janeiro, o Timão deve ser o primeiro clube brasileiro a estampar um patrocínio nos meiões. Uma agência busca interessados no mercado.









CORINTHIANS TEM PRÉ CONTRATO COM CENTROAVANTE ANDRÉ, exsport, pertence até junho ao atlmin, PARA ELE VIR, SEM CUSTOS, NO MEIO DO ANO









23/12/2015 10h18 -
Por entrosamento, Vagner Love foca no Timão e pede manutenção do grupo
Atacante voltou a dizer que não pensa em deixar o futebol brasileiro e sonha em seguir conquistando títulos com o Corinthians

Vagner Love se tornou um dos destaques do Timão hexacampeão Brasileiro (Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Contrariando as versões recentes da imprensa que davam conta de um possível retorno ao futebol chinês, Vagner Love se mostrou inteiramente focado no propósito do Corinthians em se manter vitorioso em 2016. Prezando pela manutenção do elenco diante das investidas do mercado estrangeiro, o atacante não mede esforços para preservar o entrosamento que fez o Alvinegro chegar ao hexa.

De férias no Rio de Janeiro, sua terra natal, o atacante corintiano participou de um jogo entre amigos na Barra da Tijuca, na última segunda, para contribuir com o projeto “Craque do Amanhã”, iniciativa coordenada pelo jogador Ibson e pelo lutador José Aldo.

Sem comentar sobre os boatos relacionados ao mercado, que sugeriam a possibilidade de Love receber proposta em moldes semelhantes à que levou Jadson ao Tianjin Quanjian, um dos artilheiros do Timão na campanha do hexa não desviou a conversa de seu principal objetivo: seguir vencendo pelo Corinthians, e distante da China, por onde passou entre 2013 e 2014, quando defendeu o Shandong Luneng.

“Quem chegar vai ser bem vindo e vai buscar fazer o melhor para ajudar. Esperamos que o Corinthians mantenha boa parte do elenco, já será uma vitória importante. O entrosamento nessa hora conta muito. A Libertadores é um sonho de todo jogador, é um sonho do clube. Vamos trabalhar forte na pré-temporada para nos prepararmos bem”, falou à Fox Sports.
 Acostumado aos parceiros no comando de ataque, e às ideias de Tite, Vagner Love mostrou adaptação rápida ao estilo de jogo dinâmico do Corinthians e participou de forma ativa na maioria dos gols no ataque mais positivo do último Brasileiro.














Bom dia, Fiel!
Hoje a conquista do Campeonato Brasileiro de 1998 completa 17 anos. Inesquecível!


Fotos: Revista Placar

Fonte: Almanaque do Timão


‪#‎VaiCorinthians‬