5 de nov de 2015

CORINTHIANS 05/11/2015







05/11/2015 20h21 - Atualizado em 05/11/2015 20h21

Recuperado, Cássio volta em treino inovador para goleiros do Corinthians
Titular da meta corintiana teve mal estar na quarta-feira, mas trabalha na quinta. Mauri Lima usa canos e cordas para testar reflexos e agilidade dos goleiros


Por Diego Ribeiro
Cássio treina com canos posicionados na área: testes de reflexos no gol (Foto: Diego Ribeiro)

Recuperado de um mal estar que lhe tirou do treino de quarta-feira, o goleiro Cássio trabalhou nesta quinta e foi alvo de trabalhos inovadores comandados pelo preparador de goleiros Mauri Lima. Cássio havia passado mal porque consumiu frutos do mar – ele descobriu que é alérgico a esse tipo de alimento.


No treino desta quinta, Cássio e os reservas Walter, Matheus Vidotto e Caíque França tiveram seus reflexos testados. Mauri colocou pedaços de canos na entrada da área e mirou chutes de longe. A bola desviava nos objetos e mudava sua trajetória, exigindo reação rápida dos goleiros.


Pouco depois, outra inovação: Cássio teve de dar dez saltos em uma corda antes de precisar defender oito potentes chutes de fora da área. Tudo para aumentar a preparação do goleiro às vésperas de jogos que podem assegurar o título brasileiro ao Corinthians.


Os goleiros corintianos estão acostumados às inovações de Mauri Lima. Em outras oportunidades, o preparador usou bonecos para simular zagueiros e pequenas bolas presas às traves para também aprimorar os reflexos.


O Timão enfrenta o Coritiba neste sábado, às 19h30 (horário de Brasília), na arena. Se vencer, garante a conquista se o Atlético-MG empatar ou perder para o Figueirense neste domingo, em Florianópolis. O Corinthians tem 73 pontos na tabela, 11 a mais do que o rival.

O Corinthians joga no sábado com Cássio, Edilson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf, Elias, Renato Augusto e 
Jadson, Malcom; Vagner Love.








05/11/2015 12h46

Timão faz estudo e trabalha base em cima da "escola Tite/Mano"
Intenção do clube é fazer "Escola Corinthians" a partir de características dos times dos técnicos

André Rizek
Por SporTV.com


As recentes conquistas do Corinthians, com Tite e Mano Menezes, em que Tite está perto de conquistar mais um título com a camisa do Timão, fizeram o clube estabelecer o futebol implantado pela dupla como referência para as categorias de base. Segundo o jornalista André Rizek, o clube faz um estudo para que os jogadores surgidos no clube atendam as características exigidas pela "escola" dos dois treinadores


- A importância deles inegável e é tão grande no Corinthians que o clube que o Edu Gaspar, que é diretor de futebol, está fazendo um estudo desses últimos anos do Corinthians, com Mano e com Tite, para saber qual é a forma Corinthians de se jogar futebol, a "Escola Corinthians". Eles chegaram a uma série de estatísticas sobre como esse time joga nos últimos anos e toda a formação da base do Corinthians está direcionada para revelar jogadores que atuem nessas características, da "escola Mano e Tite" - explicou.


Para o jornalista, embora o técnico Tite tenha grande responsabilidade pelo retrospecto recente do clube, o trabalho desenvolvido anteriormente por Mano Menezes não pode ser esquecido. Mano estava à frente da equipe no ressurgimento do clube, em 2008 e, no ano seguinte, venceu o Paulista e a Copa do Brasil. Tite, posteriormente, conquistou o Brasileiro de 2011, a Libertadores da América e o Mundial de 2012, o Paulista e a Recopa de 2013, e está perto de levantar novamente a taça do Brasileiro.

Tite e Mano comandaram o clube nas recentes conquistas (Foto: Editoria de Arte / GLOBOESPORTE.COM)

- O Mano, que não é muito de ficar jogando confete em si mesmo, fala discretamente, e tem toda razão, da importância que ele tem nesse processo do Corinthians. Boa parte do elenco do Corinthians bicampeão do mundo (com Tite) foi formado pelo Mano Menezes - afirmou o jornalista.


Apesar de ver o trabalho dos dois como complementares, Rizek lembrou que a dupla não tem uma relação muito boa nos bastidores. Mano Menezes retornou ao clube no final de 2013, após a saída de Tite, que ficou fora do futebol em 2014 e retornou ao Timão para a atual temporada.

- O trabalho deles se complementam

Com 73 pontos no Campeonato Brasileiro, o Corinthians pode confirmar o título após a rodada do fim de semana se vencer o Coritiba no sábado, às 19h30, e o Atl-MG (vice-líder com 62) não derrotar o Figueirense, domingo, às 17h








Jogo do Corinthians dia 19 ainda não tem local definido

Vasco x Corinthians estava inicialmente marcado para o Maracanã e, segundo nota da CBF, ainda não tem local confirmado - será às 22h. O estádio estará reservado para um show no dia 22. Para o jogo ser em São Januário aguarda-se liberação dos Bombeiros, mas não há data para a vistoria.



























Laterais voltam, e Tite monta Timão para possível jogo do título

Recuperados de lesões musculares, Fagner e Uendel treinaram entre os reservas nesta quinta-feira. Elias retorna de suspensão e recupera vaga de Rodriguinho no meio


Tite esboçou o Corinthians que vai a campo no sábado (Foto: Mauro Horita/AGIF/Lancepress!)
COMPARTILHE51.1k
LANCE!
05/11/2015
18:10
Os laterais Fagner e Uendel voltaram a treinar com bola no Corinthians nesta quinta-feira. A dupla, porém, não deve ser titular na partida Corinthians x Coritiba, sábado, às 19h30, na Arena Corinthians. O duelo da 34ª rodada do Brasileirão pode decidir o título do campeonato a favor do Timão. Se a equipe vencer, e o Atl-MG não ganhar do Figueirense no domingo, o Corinthians será hexacampeão Brasileiro antecipadamente
O ala-esquerdo Uendel sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda dia 16 de setembro, em partida contra o Internacional. 11 dias depois Fagner teve um edema muscular diagnosticado na coxa direita. Desde então eles ficaram fora da equipe e não realizaram trabalhos com bola com o restante do elenco, o que só aconteceu nesta quinta, sob supervisão do fisioterapeuta Bruno Mazziotti e do preparador físico Fábio Mahseredjian, com quem conversaram nos intervalos do treinamento.

Na atividade, o técnico Tite esboçou a equipe para enfrentar o Coxa. A única novidade entre os titulares em relação a escalação da goleada que o Cointhians enfiou no atlmin por 3x0, no último domingo, foi a volta de Elias, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Ele recuperou a vaga de Rodriguinho no meio de campo alvinegro.
Assim, o Timão deve ir a campo no possível jogo do título com: Cássio, Edílson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf, Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love.

A única baixa da atividade foi o meia Danilo, que ficou na academia realizando reforço muscular. Rildo, que recupera-se de cirurgia no ombro esquerdo, correu no gramado, enquanto Luciano, que operou o joelho direito, fez sessão de fisioterapia.



05/11/2015 18h38

Fagner e Uendel participam de treino e podem ficar no banco do Corinthians, sábado, contra o Coxa
Dupla tem chances de ser relacionada para o jogo de sábado contra o Coritiba, na Arena Corinthians, mas Tite mantém cautela. Edilson e Arana estão garantidos na equipe


Por Diego Ribeiro

Recuperados de lesões musculares que lhes tiraram de combate na reta final do Campeonato Brasileiro, o lateral-direito Fagner e o lateral-esquerdo Uendel treinaram com bola e participaram do coletivo do Corinthians na tarde desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava. Os dois trabalharam entre os reservas.

Uendel e Fagner conversam com fisioterapeuta Bruno Mazziotti no treino Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)




A dupla tem chances de ser relacionada para o jogo deste sábado contra o Coritiba, às 19h30 (horário de Brasília), na arena, que pode valer o título brasileiro ao Corinthians com quatro rodadas de antecedência.


Fora do time desde a vitória por 3 a 1 contra o Figueirense, quando sofreu lesão na coxa direita, Fagner perdeu os últimos cinco jogos do Campeonato Brasileiro. Desde então, Edilson assumiu a condição de titular.


A lesão de Uendel, na coxa esquerda, foi sofrida um pouco antes, na derrota por 2 a 1 para o Internacional, em Porto Alegre. Ao todo, o lateral-esquerdo perdeu sete jogos. No período, Tite contou com Yago e com Guilherme Arana na função.


O atacante Rildo, que se recupera de lesão no ombro, também foi a campo e fez trabalhos físicos. O retorno dele não tem data definida.


O Corinthians deve atuar com com Cássio, Edilson, Yago, Edu Dracena e Guilherme Arana; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love.













05/11/2015 19h11

Com Elias, Tite define Corinthians para possível jogo do sexto título brasileiro
Volante é única novidade entre os titulares para duelo deste sábado, na Arena Corinthians. Em caso de vitória, para antecipar título, time deve secar Atl-MG

Por Diego Ribeiro

Elias é a única novidade para jogo de sábado (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

O retorno do volante Elias será a única novidade entre os titulares do Corinthians para o jogo deste sábado contra o Coritiba, às 19h30 (horário de Brasília), na arena alvinegra, que pode valer a conquista antecipada do Campeonato Brasileiro. Em treino coletivo realizado na tarde desta quinta-feira, o técnico Tite optou por manter a estrutura dos últimos jogos.


Elias cumpriu suspensão e vai substituir Rodriguinho, titular na vitória do Corinthians  por 3 a 0 sobre o Atl-MG, domingo passado. O Corinthians vai jogar com Cássio, Edilson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love.


Cássio se recuperou de um mal estar que o tirou do treino de quarta-feira e trabalhou com o grupo. Renato, Jadson e Love, poupados, participaram sem limitações.


O comandante também deve contar com os laterais Fagner e Uendel, recuperados de lesões, mas ambos ficam como opções para o segundo tempo por causa do longo período de inatividade. A dupla treinou entre os reservas e deve ser relacionada.


Os suplentes treinaram com Walter, Fagner, Yago, Edu Dracena e Uendel; Bruno Henrique, Cristian e Rodriguinho; Lucca, Romero e Lincom. O meia Danilo foi o único desfalque da atividade, já que fez apenas trabalho físico na academia do CT Joaquim Grava.


Com 73 pontos, o Corinthians tem 11 de vantagem sobre o vice-líder na tabela do Campeonato Brasileiro. Para ser hexa campeão antecipadamente neste fim de semana, o Corinthians tem que vencer o coritiba no sábado e contar com empate ou derrota do atlmin para o fig em florianopolis
Renato Augusto durante treino do Corinthians no CT Joaquim Grava (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)






Corinthians ‏@Corinthians

Olha quem voltou a aparecer hoje no gramado do CT Dr. Joaquim Grava! #Rildo #VaiCorinthians










Corinthians ‏@Corinthians

Única certeza que dá para ter é que o #RenatoAugusto não deu uma caneta nesse lance. Ou fez depois? #VaiCorinthians

Atenção, #Fiel! O jogo do #Timão contra o Vasco foi alterado para o dia 19/11, às 22h, ainda sem local definido. #VaiCorinthians



Novidades: #Fagner e #Uendel voltaram a treinar com bola hoje. #VaiCorinthians








Corinthiano Gil almeja 'título mais importante da carreira'

Zagueiro do Corinthians vai mudar rotina neste domingo e espera festejar título com a família. Para ele, Brasileirão será a principal conquista desde que começou a jogar


Gil chegou em 2013 ao Corinthians (Foto: Ari Ferreira/Agencia Lancepress!)
COMPARTILHE00
LANCE!
05/11/2015
18:45

Se o Corinthians vencer o Coritiba na noite deste sábado, na Arena Corinthians, poderá sagrar-se antecipadamente campeão brasileiro de 2015 caso o Atl-MG não vença o Figueirense na tarde de domingo, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O zagueiro Gil espera que o Timão faça sua parte para, então, poder secar o rival e festejar o título com a família.

- Vou ser sincero. Os jogos que jogamos domingo às 16h e o Atl-MG 18h30, não vi nenhum. Mas dessa vez vou ver, vou secar um pouquinho (risos). Temos de fazer a nossa parte no sábado, vai ser difícil, mas no domingo vou estar ligado na televisão - admitiu o camisa 4 do Timão, em entrevista coletiva nesta quinta-feira, no CT Joaquim Grava.

Com 73 pontos contra 62 do vice, o Corinthians não seria mais alcançado com a combinação descrita acima, uma vez que faltam apenas cinco rodadas para o término da competição.

Gil está no clube desde o início de 2013 e já conquistou os títulos do Paulistão e Recopa Sul-Americana. A chance de conquistar o Brasileirão, desta vez, seria o principal título de sua carreira, segundo o próprio defensor.

- Será o meu maior título. Eu falei esses dias que tinha vencido com o Atlético-GO a Série C do Brasileirão, mas agora nem tem comparação, né?! Está muito perto disso acontecer. Ao mesmo tempo que está perto, temos de ter humildade e pés no chão. Ficamos ansiosos, porque é um título muito importante para todos, vamos levar para a vida inteira - ressaltou o camisa 4 alvinegro.





05/11/2015 19h20

Perto de título "mais importante", corinthiano zagueiro Gil está ansioso
Zagueiro não esconde ansiedade por conquista mais significativa de sua carreira. Depois do jogo Corinthians x Coritiba, ele vai assistir ao duelo do vice pela televisão


Por Diego Ribeiro

A folga que o elenco do Corinthians terá depois da partida contra o Coritiba, sábado, na Arena Corinthians, vai servir para um propósito: secar o rival Atl-MG e ter a chance de antecipar a comemoração do título brasileiro com quatro rodadas de antecedência. É o que o zagueiro Gil pretende fazer.


Com 73 pontos, o Timão precisa vencer o Coxa e torcer por um tropeço do Atl-MG contra o Figueirense, no domingo, para garantir o Campeonato Brasileiro. Um título que pode ser comemorado do sofá.

Gil espera comemorar logo o sexto título brasileiro do Corinthians(Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

– Vou ser sincero. Esse jogo, até pela vantagem que construímos, vai me fazer estar na frente da televisão secando um pouquinho. Temos de fazer primeiro nossa parte no sábado. Domingo vamos ver, mas eu vou estar ligado na televisão sim – admitiu Gil, em entrevista coletiva..


Assistir ao jogo do vice é também uma forma de aliviar a ansiedade. O zagueiro reforçou a ideia de que o elenco quer logo comemorar o título e coroar uma temporada difícil, cheia de reviravoltas. Para Gil, inclusive, esta será a principal conquista de sua carreira profissional.


– Será o maior título da minha carreira. Venci a Série C com o Atlético-GO, mas não tem nem comparação vencer uma competição nacional com o Corinthians. Estamos muito perto disso aí, mas ao mesmo tempo é preciso humildade para se consolidar de uma vez. É um título muito importante para todos que aqui estão – disse o defensor.


Gil tem 179 jogos, sete gols e dois títulos desde que foi contratado pelo Corinthians, em janeiro de 2013. O zagueiro participou das conquistas do Campeonato Paulista e da Recopa Sul-Americana ainda em 2013.








Arbitragem definida para Corinthians x Coritiba pelo Campeonato Brasileiro
16h00 05/11/2015 - Agência Corinthians


Neste sábado (07), o Corinthians recebe o Coritiba na Arena Corinthians, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 19h30. Para a partida, o árbitro será Dewson Fernando Freitas da Silva.

Guilherme Dias Camilo e Jose Javel Silveira serão os assistentes, enquanto Igor Junior Benevenuto será o quarto árbitro e Daniel Paulo Ziolli, o quinto árbitro. Marcio Verri Brandão atuará como Delegado.
Confira a equipe de arbitragem completa:
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva - PA (FIFA)
Árbitro Assistente 1: Guilherme Dias Camilo - MG (FIFA)
Árbitro Assistente 2: Jose Javel Silveira - RS (ESP-2)
Quarto Árbitro: Igor Junio Benevenuto - MG (ASP-FIFA)
Delegado: Marcio Verri Brandao - SP (ASS)
Quinto Árbitro: Daniel Paulo Ziolli - SP (ASP-FIFA)





Gil fala sobre liderança isolada: “Provamos que nosso grupo é forte”

Zagueiro do Timão falou sobre a proximidade da conquista do hexacampeonato brasileiro e elogiou o técnico Tite


18h20 05/11/2015 - Agência Corinthians



Gil elogiou o elenco do Corinthians

© Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Nesta quinta-feira (05), o elenco do Corinthians seguiu a preparação para o duelo diante do Coritiba. Após as atividades, o zagueiro Gil concedeu entrevista coletiva no CT Dr. Joaquim Grava. No bate-papo, o camisa 4 comentou a liderança isolada do Timão e a união dos jogadores e comissão técnica.

"O mais importante é a força desse elenco. Todos se sentem importantes e trabalham da mesma maneira. As oportunidades aparecem para todos. Alguns torcedores colocaram que não iríamos brigar na parte de cima da tabela depois que perdemos alguns jogadores. Provamos que nosso grupo é forte", disse.

Questionado sobre a ansiedade para a definição do Brasileirão, Gil foi claro: "Ansiosos todos ficamos, meninos da base ou jogadores experientes como o Danilo. Estamos muito próximos daquilo que colocamos na cabeça. No começo do campeonato éramos uma equipe e fomos nos consolidando. Ficamos ansiosos, mas ao mesmo tempo sabemos que a tranquilidade vem com o nosso trabalho”, declarou, antes de ressaltar: "Sabemos que o título está muito próximo, mas temos de ter os pés no chão. Ralamos bastante para chegar onde chegamos.”

O defensor também elogiou a importância de Tite na campanha do Corinthians no Brasileirão 2015: "Desde o início do ano, Tite implantou sua filosofia de trabalho, conseguimos nos unir taticamente e tecnicamente. Hoje conseguimos nos defender muito bem e sair para o contra-ataque com cinco, seis jogadores. Mérito total do grupo. Para ter uma boa defesa, devemos contar com os jogadores da frente. Tem Malcom, Vagner Love, a marcação começa lá na frente. Vamos nos consolidando como melhor equipe", finalizou.Fagner e Uendel voltam a treinar com bola
Além dos laterais, o atacante Rildo fez trabalho físico no gramado do CT Dr. Joaquim Grava


18h40 05/11/2015 - Agência Corinthians




Fagner, Uendel e Rildo voltaram aos treinos; os dois laterais já partiparam da atividade com bola, enquanto o atacante fez trabalho físico

Daniel Augusto Jr.


Nesta quinta-feira (05), o Corinthians realizou mais uma etapa da preparação para o duelo diante do Coritiba com boas notícias: os laterais Fagner e Uendel treinaram com bola e o atacante Rildo realizou trabalho físico no gramado do CT Dr. Joaquim Grava.

Fagner não atua desde o último dia 27 de setembro, na partida contra o Figueirense, por conta de uma lesão na coxa direita. Já Uendel, entrou em campo pela última vez onze dias antes do camisa 23 e desde então esteve afastado por problema muscular na coxa esquerda.

Por fim, o atacante Rildo também reapareceu nos trabalhos. Afastado desde o último dia 13 de outubro, o camisa 31, que sofreu uma luxação no ombro esquerdo e passou por cirurgia, fez trabalho físico e correu em volta do campo.

O Corinthians volta a campo neste sábado (07), contra o Coritiba na Arena Corinthians, às 19h30, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, duelo que pode deixar o Timão ainda mais perto do hexacampeonato brasileiro.





Neste momento o #Timão faz mais um treino na preparação para o duelo contra o Coritiba. #VaiCorinthians

Corinthians joga semifinal do Paulista Sub-20 contra Flamengo de guarulhos em São José dos Campos

Primeiro jogo acontece neste sábado, com mando de campo da equipe de Guarulhos


16h00 05/11/2015 - Agência Corinthians



Corinthians disputará semifinais do Paulista Sub-20 no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos

Agência Corinthians


Após eliminar o São Paulo nas quartas de final com duas vitórias – 3 a 1 e 1 a 0 -, o Corinthians encara o Flamengo de Guarulhos nas semifinais do Campeonato Paulista Sub-20. As duas partidas serão realizadas no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos.

O primeiro duelo será realizado neste sábado (07), às 16h, com mando da equipe de Guarulhos. A partida decisiva acontecerá no próximo sábado (14), também às 16h, mas desta vez com mando alvinegro.

O Timão vem de uma serie de 13 jogos de invencibilidades, sendo 12 vitórias e apenas um empate. A equipe do técnico Osmar Loss é a atual campeã da competição estadual e está em busca do bicampeonato.








NOTÍCIAS RESPONSABILIDADE SOCIAL
“Corinthians é Preto e Branco, Outubro é Rosa” já atendeu mil mulheres

Desde o dia 26 de outubro, campanha realiza exames de mamografias em pessoas do grupo de risco


18h00 05/11/2015 - Agência Corinthians



Os exames de mamografia estão sendo realizados na Arena Corinthians

© Divulgação


A campanha “Corinthians é Preto e Branco, Outubro é Rosa”, organizada pelo Corinthians em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, os grupos Meninas de Peito e Américas Amigas e Hospital Santa Marcelina, chegou nesta quinta-feira (05) na marca de mil exames de mamografias realizados desde o início do projeto, no dia 26 de outubro.

Os exames, totalmente gratuitos, estão sendo realizados em mulheres do grupo prioritário (entre 40 e 59 anos que não fizeram mamografia nos últimos 12 meses e que constataram alteração nas mamas e/ou têm histórico familiar) que agendaram pelo site da campanha. Inicialmente marcado para ocorrerem entre os dias 26 e 31 de outubro, as avaliações acontecerão até o dia 14 de novembro devido ao grande número de interessadas - mais de nove mil mulheres se inscreveram no www.outubrorosasccp.com.br.

O horário de atendimento é das 8h às 20h e os casos que exigem maiores cuidados estão sendo encaminhados para o Hospital Santa Marcelina, o maior centro de atendimentos da região, apto a realizar o tratamento do câncer de mama.

“Mesmo dentro deste grupo identificado como prioritário, o número de mulheres interessas em realizar os exames foi superior à nossa capacidade inicial de atendimento. Isso sensibilizou o clube e a Secretaria Estadual de Saúde e em conjunto nós decidimos fazer um esforço para atender todas essas mulheres, ampliando o atendimento na Arena em mais duas semanas”, declarou Donato Votta, diretor de Cultura e Responsabilidade Social.

Além das inscritas no portal, a ação iniciará nesta semana o atendimento às mulheres policiais e esposas dos PMs do 39ª Batalhão da Polícia Militar que foram previamente cadastradas.








Corinthians tem jogo alterado do dia 18 para 19/11

A CBF atendeu as solicitação do Corinthians e alterou a data de jogo do Campeonato Brasileiro válidos pela 35ª rodada.

O clube terá atletas cedidos para a Seleção Brasileira Principal e pediram um intervalo maior entre a partida do Brasil contra o Peru, no dia 17 de novembro, e seus compromissos pelo Brasileirão.

A partida Vasco x Corinthians foi transferida para o dia 19 de novembro, às 22h, mas o local ainda está indefinido. 


CBF altera data de Vasco x Corinthians

Partida será realizada no próximo dia 19 de novembro, às 22h, sem local definido


19h00 05/11/2015 - Agência Corinthians




Timão e Vasco jogarão no próximo dia 19 de novembro, às 22h
© Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Nesta quinta-feira (05), a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou a alteração da data do duelo entre Corinthians e Vasco, válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro 2015. A partida será realizada no próximo dia 19 de novembro, às 22h, em local indefinido.

Dependendo da combinação de resultados, o Timão pode conquistar o título brasileiro de 2015 no confronto contra o time carioca.











18:00 (Não ser tão destacado como Renato e Jadson) "Mais importante é meu trabalho no dia a dia, independe de ser citado ou não. Vou continuar trabalhando da mesma maneira. Falo muito como Walter sobre isso. Temos de trabalhar para se sentir bem"

17:59 (Suporte da tecnlogia e números) "É muito importante. O pessoal do CIFUT, que passa os vídeos para nós. A gente recebe os vídeos um dia antes, para ficarmos ligados. Não só eles, mas a cozinha, todo mundo, estamos felizes, são todos importantes"

17:58 (Pato de volta em 2016. Aprova?) "Pato, como pessoa e jogador, não tem o que falar. Deixamos para a diretoria. O grupo que foi formado esse ano é totalmente fechado, a gente se doa pelo outro, corre. Se ele tem contrato com o Corinthians, se voltar, será muito bem recebido. A maioria conviveu com ele, estamos tranquilos"

17:57 (CBF não mudar a data) "É difícil, a gente sabe que o que vale é a volta olímpica no campo. Nosso grupo é experiente, já conversamos sobre isso. Temos de focar em fazer o melhor em campo. É esperar, fazer o nosso jogo, vencer, vencer bem e depois ver"

17:56 "Fico feliz com o interesse dos clubes, quem sabe um dia possa ter oportunidade de voltar para a Europa"

17:55 (Propostas, saída para a Europa) "A gente fica feliz com especulações, até porque a gente sabe do Felipe, está desde 2012, tem feito um grande campeonato. Para mim, é indiferente, não chegou proposta, acabei de renovar. Não sei o dia de amanhã, fico feliz com interesse, mas deixo para os empresários"

17:55 (Jadson ou Renato) "Não só os dois, mas tem o Elias, Malcom, Love... É difícil escolher um dos dois"

17:54 "A equipe se completa, contra o Atlético-MG o Jadson estava lá no fundo bloqueando cruzamento. Nossa marcação começa com o Love, Malcom, Jadson, Renato... A gente está numa batida muito boa de todo mundo se dedicando ao máximo para a gente se consolidar como melhor equipe, defesa e ataque"

17:54 "Ao mesmo tempo que a gente se defende com o Ralf, o pessoal do meio nos ajuda. A gente está tranquilo quanto ao esquema. Ele tem duas formas, a gente acatou bem"

17:52 (Esquema tático 4-1-4-1) "Tite, quando ele voltou para cá, ele falou que fez um curso na Europa e aprendeu muitas coisas. Ele aprendeu nova filosofia com jogadores que atuam de forma diferente. Jadson jogava por dentro, mas agora joga pela beirada"

17:52 "Vou ser sincero. Os jogos que jogamos domingo às 16h e o Atlético-MG 18h30, não vi. Mas dessa vez vou ver, vou secar um pouco. Temos de fazer a nossa parte no sábado, vai ser difícil, mas vou estar ligado na televisão"

17:50 (Mensagens de 'campeão') "Nenhuma (risos). É sério! Dos que eu falo, só o Dudu, do Palmeiras, mas ele sabe como eu sou. A gente se fala todo dia, ele parabeniza pelos jogos, temos feito grandes jogos. Mas pelo título ninguém parabenizou"

17:49 (Chance de vencer um time europeu) "Difícil de falar de jogar contra essas equipes. Desde o começo do ano, quando o Tite implantou essa filosofia, a gente se uniu tatica e tecnicamente. Todos têm feito grandes jogos. O que ele colocou é importante. A gente se defende muito bem e vamos para o contra-ataque com cinco, seis na frente. Isso é mérito do grupo"

17:48 (Quem vai erguer a taça?) "Acho que não tem isso. Tite faz o rodízio desde a última passagem, de 2011 a 2013, e ele coloca que o mais importante é o grupo. Tem o Ralf, Danilo, que estão há mais tempo, Cássio, que venceu o Mundial... A gente fica na expectativa, mas não tem vaidade de quem vai erguer. Vamos fazer o papel em campo, vai ser de todo mundo"

17:47 (Principal título da carreira) "Sim, é o maior título. Eu falei que tinha vencido com o Atlético-GO na Série C, mas agora nem tem comparação. Está muito perto disso. Ao mesmo tempo que está perto, temos de ter humildade e pés no chão. Ficamos ansiosos, porque é um título muito importante para todos, vamos levar para a vida inteira"

17:46 (Ansiedade) "Ansioso todos ficamos. Malcom, Danilo, todo mundo. Está muito próximo o que todo mundo sempre quis. A gente cresceu em cima dessa ansiedade. A gente se consolidou ao longo do campeonato. A gente está tranquilo em relação ao grupo, desde o começo do ano a amizade é o mais importante"

17:46 (Férias) "Não conversamos ainda sobre isso. Pensamos rodada a rodada. Quando pudermos acabar com essa agonia, depois vamos sentar e conversar. Temos relação aberta com a diretoria, depois vamos conversar"

17:45 "Para chegar com essa vantagem, a gente ralou bastante"

17:45 (Ansiedade) "Mesmo a gente na liderança, Coritiba vem para nos vencer, a situação deles não é boa. Temos de fazer o que fizemos o campeonato inteiro. Vencemos em casa e fora. Vamos continuar com a mesma humildade, pés no chão. Está próximo, mas não vencemos nada ainda"

17:44 "Domingo é aproveitar com a família. Lá pelas 16h a gente liga a televisão para assistir, não secar. Se Deus quiser, vamos comemorar"

17:42 (Fim de semana. Onde estará domingo?) "A gente está treinando bastante para poder enfrentar o Coritiba no sábado, vai ser um jogo muito difícil. A gente tem vantagem na liderança, mas sabemos da qualidade deles"

17:41 Gil já está na sala.

17:39 O zagueiro Gil vai atender a imprensa nesta quinta-feira. O jogador já se encaminha para a coletiva.

17:34 O meia Danilo não foi a campo no treinamento desta quinta-feira. O Corinthians ainda não afirmou o motivo de o jogador ter ficado na parte interna.

17:33 Ao que tudo indica, o coletivo não será reiniciado. Tite escalou os titulares com Cássio, Edilson, Felipe, Gil e Arana; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Love.

17:29 Ralf, Cristian, Yago e Marciel se juntam aos defensores para a atividade. Já os outros do elenco fazem um treino de cruzamentos e finalizações.

17:27 O auxiliar Fábio Carille treina rebatidas de bola com os zagueiros Felipe, Gil e Edu Dracena, além do volante Bruno Henrique.

17:25 No intervalo do coletivo, Fagner e Uendel conversam com o fisioterapeuta Bruno Mazziotti e o preparador físico Fábio Mahseredjian.

17:18 Por enquanto, nenhuma das equipes fez gols na atividade, que é equilibrada.

17:15 Fagner e Uendel são observados pelo fisioterapeuta Bruno Mazziotti. O profissional médico tenta colocá-los à disposição para o duelo contra o Coxa.

17:11 O Corinthians joga neste sábado, às 19h30, diante do Coritiba, na Arena Corinthians. Se vencer, pode sagrar-se campeão no domingo caso o Atl-MG não vença o Figueirense, em Florianópolis.

17:09 Os reservas estão escalados com: Walter, Fagner, Yago, Edu Dracena e Uendel; Bruno Henrique, Cristian e Rodriguinho; Lucca, Romero e Lincom.

17:05 O lateral-direito Fagner e o lateral-esquerdo Uendel, que se recuperam de lesões musculares, apareceram agora no campo e treinam na equipe reserva.

17:04 Em relação à vitória do Corinthians por 3 a 0 sobre o Atlético-MG, o volante Elias retorna de suspensão no lugar de Rodriguinho.

17:02 O técnico Tite esboça o time titular com: Cássio, Edilson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love.

17:02 Boa tarde, internautas! Nesta quinta, acompanharemos em tempo real o treino do Corinthians!







Corinthians fecha com agência para ter publicidade no meião

Clube acertou com TZK, que mantém patente no Brasil do formato escolhido para patrocínios

Por Duda Lopes


O Corinthians abriu uma nova propriedade em seu uniforme: o clube quer ter uma marca estampada no meião do uniforme. Para isso, recorreu a uma agência que detém uma patente para um formato específico dessa modalidade de patrocínio.

Trata-se da TZK, que possui a licença Sockatyes, agência de Hong Kong. A empresa possui um material específico para conseguir colocar marcas no meião de forma visível e confortável, e esse modelo só pode ser usado por ela.

Segundo o clube, o fechamento com a agência não é por acaso. Já há uma empresa com contrato encaminhado para ter essa propriedade no próximo ano; ela deverá ser apresentada nas próximas semanas. Pelo espaço, o preço é de R$ 1,5 milhão pela temporada.

Em conversa com a Máquina do Esporte, o diretor geral da TZK, Ronaldo Fernandes, a quantia deverá ser maior nos próximos anos, mas ainda há cautela nesse início. “Hoje, o valor é menor porque nós ainda não temos um estudo de impacto desse patrocínio. Então irá pagar menos quem apostar nesse novo modelo”, afirmou.

A única vez que essa publicidade foi usada de maneira mais notável foi no fim da temporada 2014/2015 do Campeonato Espanhol. A Liga do país fechou com a Sockatyes, que negociou com alguns clubes, entre eles o Atlético de Madrid; a equipe chegou a usar um anúncio da Konami no meião.

No mercado brasileiro, mais aberto a excessos no uniforme, a Sockatyes, via TZK, espera ter mais espaço. “O Corinthians é bem pioneiro no marketing e foi o primeiro a fechar. Mas nós temos conversa adiantada com mais dois times da Série A”, contou Fernandes.

Para o Corinthians, um novo contrato, mesmo com valor baixo, pode trazer algum alívio. Entre o fim de 2015 e o início de 2016, todos os patrocínios na camisa do time, com exceção da Nike, terão o contrato finalizado. Segundo o clube, existem outras conversas adiantadas, além daquela que resultará em uma marca no meião.




Corinthians fica no grupo D do Paulistão Itaipava 2016

Timão dividirá chave com Red Bull Brasil, Mogi Mirim, Rio Claro e mais um time oriundo da Série A2; sistema de disputa no Estadual segue o mesmo da atual temporada


13h30 05/11/2015 - Agência Corinthians



Tite conquistou o Paulistão em 2013 no comando do Timão

© Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Maior campeão paulista, o Corinthians conheceu na manhã desta quinta-feira (05) o grupo que integrará na primeira fase do Paulistão Itaipava 2016 – Série A1, em sorteio realizado no Congresso Técnico do campeonato, na sede da Federação Paulista de Futebol. O Timão fará parte do grupo D, ao lado de Red Bull Brasil, Mogi Mirim, Rio Claro e o quarto clube que virá da Série A2 (Água Santa ou Mirassol).

O sistema de disputa é o mesmo de 2015: os times enfrentam as equipes das outras três chaves, e os dois melhores colocados dos grupos se classificam para as quartas de final.

Nas quartas, que serão disputadas em jogo único, cada primeiro colocado enfrenta o segundo colocado do próprio grupo. As semifinais novamente acontecerão em uma partida. Já a decisão, em dois confrontos.

Confira os grupos do Paulistão Itaipava 2016 – Série A1

Grupo A: stos., Botafogo-SP, São Bento, Linense e Oeste;

Grupo B: 5P, Ponte Preta, Ituano, São Bernardo e Novorizontino;

Grupo C: palm., XV de Piracicaba, Audax, Capivariano e Ferroviária;

Grupo D: Corinthians, Red Bull Brasil, Mogi Mirim, Rio Claro e Água Santa ou Mirassol














Há 18 anos, Edílson marcava primeiro gol pelo Corinthians

Em jogo válido pelo Brasileirão, capetinha garantiu a vitória alvinegra sobre o Fla


11h30 05/11/2015 - Agência Corinthians




Edílson fez 55 gols com a camisa do Corinthians

© Pisco del Gaiso/Arquivo Placar


Nesta quinta-feira (05), o primeiro gol do atacante Edilson com a camisa do Corinthians completa 18 anos. Diante do Flamengo, na primeira fase do Campeonato Brasileiro 1997, o “capetinha” garantiu a vitória no placar de 1 a 0.

Em uma partida apertada, em que a bola parecia não querer entrar, o atacante aproveitou a sobra na entrada da grande área e mandou para o fundo da rede. A vitória significou o fim de um jejum do Corinthians de cinco jogos sem balançar a rede e marcou o início de grandes apresentações de Edílson.

Apelidado de “capetinha”, pela habilidade e irreverência, o atacante esteve no Timão de 1997 e 2000, tendo marcado 55 gols nas 164 partidas que participou. O jogador ainda teve conquistas inesquecíveis como o Campeonato Brasileiro (1998 e 1999), Campeonato Paulista (1999) e Mundial de Clubes da FIFA (2000).























CORINTHIANS NO GRUPO D DO PAULISTÁO 2015 AO LADO DE red bull, mogimirim, rio claro, um time a subir


MAS TERÁ COMO ADVERSÁRIOS DA PRIMEIRA FASE: s7os, 5P, palmeir2as, osasco audax, xv de piracicaba, sao bernardo, ituano, capivariano, ponte preta, botafogo, sao bento, linense, oeste, ferroviaria e novorizontino
















Corinthians ‏@Corinthians 5 minHá 5 minutos

O sistema de disputa é o mesmo: em 15 rodadas, o Timão enfrentará só as equipes dos outros grupos. Os dois melhores de cada chave passam.


Corinthians ‏@Corinthians

Após o sorteio, o #Timão conheceu os adversários no grupo D: Red Bull Brasil, Mogi Mirim, Rio Claro e o quarto clube que virá da Série A2.


Corinthians ‏@Corinthians

Em congresso técnico, a FPF definiu nesta manhã os grupos do Paulistão Itaipava 2016 - Série A1. #Paulistão2016 #VaiCorinthians




















05/11/2015 12h46

Timão faz estudo e trabalha base em cima da "escola Tite/Mano", diz Rizek
Jornalista destaca importância de ex-treinador no processo e diz que intenção do clube é fazer "Escola Corinthians" a partir de características dos times dos técnicos


Por SporTV.com
As recentes conquistas do Corinthians, com Mano Menezes e Tite, que está perto de conquistar mais um título com a camisa do Timão, fizeram o clube estabelecer o futebol implantado pela dupla como referência para as categorias de base. Segundo o jornalistaAndré Rizek, o clube faz um estudo para que os jogadores surgidos no clube atendam as características exigidas pela "escola" dos dois treinadores (assista ao vídeo).
- A importância deles inegável e é tão grande no Corinthians que o clube que o Edu Gaspar, que é diretor de futebol, está fazendo um estudo desses últimos anos do Corinthians, com Mano e com Tite, para saber qual é a forma Corinthians de se jogar futebol, a "Escola Corinthians". Eles chegaram a uma série de estatísticas sobre como esse time joga nos últimos anos e toda a formação da base do Corinthians está direcionada para revelar jogadores que atuem nessas características, da "escola Mano e Tite" - explicou.


Para o jornalista, embora o técnico Tite tenha grande responsabilidade pelo retrospecto recente do clube, o trabalho desenvolvido anteriormente por Mano Menezes não pode ser esquecido. Mano estava à frente da equipe no ressurgimento do clube, em 2008, quando retornou à elite após o rebaixamento e, no ano seguinte, venceu o Paulista e a Copa do Brasil. Tite, posteriormente, conquistou o Brasileiro de 2011, a Libertadores e o Mundial de 2012, o Paulista e a Recopa de 2013, e está perto de levantar novamente a taça do Brasileiro.

Tite e Mano comandaram o clube nas recentes conquistas (Foto: Editoria de Arte / GLOBOESPORTE.COM)

- O Mano, que não é muito de ficar jogando confete em si mesmo, fala discretamente, e tem toda razão, da importância que ele tem nesse processo do Corinthians. Boa parte do elenco campeão do mundo (com Tite) foi formado pelo Mano Menezes - afirmou o jornalista.


Apesar de ver o trabalho dos dois como complementares, Rizek lembrou que a dupla não tem uma relação muito boa nos bastidores. Mano Menezes, que está no Cruzeiro, retornou ao clube no final de 2013, após a saída de Tite, que ficou fora do futebol em 2014 e retornou ao Timão para a atual temporada.


- O trabalho deles se complementam, mas há uma rivalidade: o Tite foi demitido pelo ex-presidente Mário Gobbi para trazer de volta o Mano. O atual presidente, Roberto Andrade, prefere o Tite. São duas linhas distintas na vida corintiana. O Tite não gostou do fato de o Mano ter acertado com o Corinthians já com o Tite empregado. Embora tenham sido fundamentais e sejam complementares, eles não são exatamente grandes amigos no futebol - completou.


Com 73 pontos no Campeonato Brasileiro, o Corinthians pode confirmar o título ANTECIPADAMENTE após a rodada do fim de semana se vencer o Coritiba no sábado, às 19h30, e o Atlético-MG (vice-líder com 62) não derrotar o Figueirense, domingo, às 17h





05/11/2015 10h45
Corinthians campeão
Do penta ao hexa: Jadson deu tantas assistências como Danilo em 2011
Duas assistências contra o Atlético-MG, no domingo passado, fizeram o camisa 10 igualar o feito do meia, destaque na última conquista de Brasileiro, há quatro anos


Por Marcelo Braga

A participação de Jadson na iminente conquista corintiana no Campeonato Brasileiro é enorme. Com 12 gols, divide a vice-artilharia com Vagner Love . Além disso, é também nas assistências que o baixinho tem se destacado: foram 12 até agora.

Jadson tem 12 gols e 12 assistências neste Brasileirão (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

As duas últimas vieram em um dos jogos mais importantes do ano, na vitória do Corinthians por 3 a 0 contra o vice-líder AtlMG, fora de casa, quando cruzou para o gol de Malcom e deu o passe para o de Love.


O feito lembra o obtido por um outro meia, fundamental na conquista do penta, em 2011:Danilo. Com o mesmo número de assistências, foi o líder do quesito na competição. Naquela campanha, marcou ainda três gols, em seu primeiro título pelo Timão.


Depois, venceria ainda a Libertadores e o Mundial em 2012, além do Paulistão e da Recopa em 2013. Neste último foi capitão e ergueu a taça de campeão.


No Brasileirão de 2015, Danilo passou a ser um reserva de luxo. Aos 36 anos, participou de 25 das 33 partidas disputadas, sendo titular em uma. Não marcou nenhum gol nem deu assistência.

Danilo foi destaque do Timão no Brasileirão de 2011 (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Estado)

Com antigo vínculo até dezembro deste ano, Danilo assinou uma renovação em outubro, até o fim do próximo ano.


Restam cinco jogos para o Corinthians neste Brasileirão. Jadson pode melhorar seu desempenho, enquanto Danilo tem a chance de desencantar na competição.


Se vencer o Coritiba no sábado, o Corinthians garante o título no domingo se o Atl mimin não ganhar do Figu








05/11/2015 09h30

Vagner Love se transformou em vice-artilheiro do Brasileiro em arrancada pelo Corinthians

Vagner Love . O atacante do Corinthians, importante no título brasileiro que virá a qualquer momento, se transformou de perna de pau em craque.


Não é uma coisa nem outra.


Vagner Love comemora gol da vitória do Corinthians sobre o Flamengo: são 12 no campeonato (Foto: Marcos Ribolli)

Dito isso, era de se esperar, mesmo naqueles momentos em que Love pisava na bola enquanto o resto do Timão atuava em ritmo muito superior, que, num belo dia, ele conseguisse, pelo menos, estar no nível dos demais. Repare no verbo: esperar.


A sorte do atacante é que ele estava no Corinthians, um clube que aprendeu a esperar sem estardalhaços ou chiliques internos. Sem querer mudar tudo a cada fracasso e, principalmente, disposto a encontrar uma identidade. Tanto que, nos últimos oito anos, teve praticamente apenas dois técnicos, Tite e Mano Menezes, com exceção a dois meses e meio de Adilson Batista.


O Timão soube esperar e a explicação é simples. Tite se incomodava com as engrossadas de seu centroavante, mas jamais com sua seriedade, seu profissionalismo, essas palavrinhas que, vira e mexe, ouvimos do treinador (confira abaixo um dos elogios ao atacante). Pessoas próximas a ele dizem que chegavam a sentir pena a cada má atuação, tamanho era o esforço de Vagner Love em se aproximar do nível da equipe.


Se o atacante, um dos vice-artilheiros do Brasileirão com 12 gols, estivesse acomodado em sua ressaca da passagem pela China, certamente não estaria hoje entre os titulares, condição acelerada pela lesão de Luciano, que havia tomado dele a posição. E também não teria o apreço dos companheiros, demonstrado em cada comemoração de seus gols.

Se antes Love sobreviveu graças à dedicação, agora ele transforma essa característica num diferencial. No programa "Seleção SporTV" de quarta-feira, Renato Augusto, melhor jogador do Brasileirão na opinião deste jornalista, disse que jamais viu um atacante marcar tanto quanto Vagner Love. Destacou a forma como ele acompanha o adversário, cobre o volante... Por isso, não é difícil vermos os 10 jogadores de linha do Corinthians na mesma imagem de televisão.


Love, que nunca foi aquele grosso imprestável, entendeu as movimentações, as triangulações e a obrigação de fazer parte de um sistema coletivo. Ampliou seu repertório de gols. Na má fase, quase todos eram de primeira, com um toque só, fruto de uma articulação inteira da equipe. Agora, é capaz de ganhar na corrida do zagueiro, como fez contra Edcarlos no gol do último domingo (veja abaixo) que rendeu cumprimentos de Tite aos preparadores físicos do clube.

Algumas posições se beneficiam mais do que outras de uma equipe de futebol bem treinada e coletivamente forte. O centroavante é um exemplo. Se Vagner Love tem 12 gols no campeonato e também chama atenção pelos tantos que perdeu, é resultado de uma matemática óbvia: o Corinthians cria dezenas de oportunidades para seu principal finalizador. Ofensivamente, essa equipe é mais produtiva até do que aquela campeã da Libertadores e do mundo em 2012, histórica por suas conquistas e também por um pragmatismo baseado na eficiência defensiva.
No Corinthians, Vagner Love: Um ótimo centroavante, nem grosso e nem gênio, mas integrante do Corinthians campeão brasileiro de 2015.





05/11/2015 08h03

Renato Augusto exalta Love: "É o atacante que mais marca que eu já vi"
Meia do Corinthians elogia a recuperação do companheiro durante o Brasileirão e
destaca a sua dedicação também na defesa: "Ele cobre lateral, cobre volante"


Por SporTV.comS


Contratado no início do ano junto ao Shandong Luneng, da China, o atacante Vagner Love sofreu com as críticas e demorou a se destacar no Corinthians. Agora, o centroavante soma 12 gols e é um dos artilheiros do Timão no Brasileirão, ao lado de Jadson. Renato Augusto elogiou a recuperação do companheiro e destacou principalmente a dedicação do jogador na marcação.


– Ele veio da China, com 40 ou 50 dias de férias, e teve que ir para o jogo. Não teve pré-temporada, não teve uma base. Ele estava um pouco abaixo. Depois o Fabio Mahseredjian (preparador físico) e o Tite conversaram com ele, ele treinou mais, deu uma emagrecida. E ele agora está pronto. A gente ficou apoiando. A responsabilidade era muito grande.O torcedor tinha muita esperança. Ele tinha uma responsabilidade grande e não precisava, a gente dividiu. Por isso, nosso time é muito forte, por causa do grupo. Não é só individual. Acho que ele precisava de um carinho a mais do grupo, ele recebeu. Hoje, ele retribui com gols, marcando, ajudando. Talvez é o atacante que mais marca que eu vi até hoje. Ele cobre lateral, cobre volante. É legal ter um cara desse no grupo e ver que ele evoluiu bastante, para nos ajudar – disse o meio-campista.

Renato Augusto e Vagner Love, durante treino do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Renato Augusto também comentou a evolução do Corinthians na temporada.

– No primeiro turno, a gente teve um desmanche no início do campeonato. Foi difícil reencontrar a equipe. Você tem que reagrupar o time e voltar a jogar em alto nível. Das nossas quatro derrotas, três foram no início do campeonato. Depois que encaixou, a gente entrou em uma crescente muito boa, a gente conseguiu achar um esquema novo. O Love é um jogador de velocidade, é um jogador um pouco diferente. Essa adaptação demorou um pouco. Ele está ajudando bastante.

O meio-campista também comentou sobre sua versatilidade. O jogador afirmou que, no início, não gostava de treinar fora de sua posição. No entanto, mudou de ideia mais tarde.


– Um jogador que faz duas posições leva vantagem sobre os outros. No começo, eu não queria muito, queria jogar na minha posição. Ficava até chateado, achava que o treinador queria me ferrar. Depois eu vi que fui evoluindo, fui aprendendo a jogar em outras partes do campo. Hoje, talvez seja uma das virtudes que eu tenho. Faço quatro ou cinco posições. Isso me proporciona um jogo de alto nível em várias partes do campo. Na Alemanha, eu fiz bastante, foi onde eu mais aprendi taticamente. O jogador brasileiro já tem qualidade técnica, falta um pouco a tática. Estou tentando me tornar um jogador mais completo.


O Corinthians volta a campo no próximo sábado, para enfrentar o Coritiba, na Arena Corinthians. Se vencer, poderá ser hexacampeão no domingo, se o Atlmimin empatar ou perder






5/11/2015 8h35 - Corinthiano Renato Augusto espera que Seleção seja contagiada pela energia do Timão
Meio-campista do Corinthians foi um dos convocados e pede que os companheiros utilizem o Timão como exemplo

Renato Augusto que a Seleção Brasileira no ritmo do Corinthians (Agência Corinthians/Divulgação)

Líder disparado do Campeonato Brasileiro, o Corinthians cederá na próxima semana quatro jogadores à Seleção Brasileira. O clube também abrirá seu centro de treinamento e seu estádio para a equipe verde-amarela, que não vive a mesma fase do quase campeão nacional.

“Espero que a Seleção aproveite esse clima bom, essas alegrias. Que a gente possa chegar bem à Seleção e ter alegria com ela também”, afirmou Renato Augusto, um dos alvinegros convocados por Dunga. Também se apresentarão ao comandante Cássio, Gil e Elias.

Os quatro estarão bem habituados ao local dos trabalhos de segunda e terça-feira, o CT Joaquim Grava. Na quarta, antes de embarcar para o confronto com a Argentina, em Buenos Aires, eles pisarão em outro gramado no qual tem se dado bem, o da Arena Corinthians.

“Treinar em Itaquera não vai ser nenhuma novidade para mim. Mas quem ainda não foi lá vai se impressionar um pouco com a estrutura que temos”, gabou-se Renato Augusto, feliz também por permanecer no CT alvinegro. “É legal por ser o lugar onde a gente vive o dia a dia, como se fosse casa.”

Para a energia preta e branca ser ainda mais forte na recepção à Seleção, o meia torce para que o hexa seja assegurado no final de semana. “Chegar já campeão à Seleção é muito legal. Mas, de qualquer forma, vamos ter que trabalhar muito”, sorriu.lis.

Vagner Love fez um dos gols sobre o Atlético-MG, no domingo passa











05/11/2015 07h40

Líder do Corinthians penta campeão brasileiro 2011, Alessandro dá recado ao futuro capitão do Corinthians hexacapeão: "Desfrute"
Ex-lateral-direito admite estar curioso para saber quem será o escolhido por Tite para levantar o troféu do hexacampeonato. Danilo e Ralf são algumas das opções do grupo


Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

Alessandro ergue o troféu do Mundial de Clubes
(Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

O Corinthians está com as duas mãos na taça do Campeonato Brasileiro, como já disseram alguns jogadores depois do Corinthians 3 a 0 sobre o Atl-MG, no domingo passado, que abriu 11 pontos de diferença entre Timão e Galo. Mas de quem serão as mãos?


Em 2011, na conquista do penta, as mãos foram do lateral-direito Alessandro, hoje coordenador de futebol do clube. Na verdade foram quatro mãos: dele e de Chicão, com quem dividiu o gesto por amizade e solidariedade, já que o zagueiro havia sido capitão por muitos jogos até perder a titularidade.

Com Tite promovendo um rodízio da tarja desde 2012, o mistério está no ar: quem será o escolhido para erguer o troféu quando ele for entregue ao Timão caso o título se confirme?


– Confesso que até eu estou curioso para saber quem vai ser o autor deste gesto – disse o dirigente, que posteriormente levantou sozinho as taças da Copa Libertadores e do Mundial, em 2012, além do Paulistão, em 2013.

Alessandro hoje é dirigente do Corinthian (Foto: Marcos Ribolli)

Quando jogador, Alessandro mantinha o discurso de que não se importava em ser o escolhido para o momento mais importante da conquista, hoje ele admite: ser o capitão de uma decisão era algo muito marcante.


– Eu falava que não em respeito a cada atleta do grupo, tinha de dividir aquilo com todos. Mas hoje posso dizer: é muito especial. Não há palavras para traduzir o que é ser campeão como o capitão. Por mais que você divida com todos, o gesto é muito especial. O Pacaembu e o Japão ficaram mudos. Eu não consiga ouvir nada, pensava na família, na minha filha, em quem estava me olhando – destacou.


Em 2013, na Recopa Sul-Americana, o jogador escolhido por Tite para levantar a taça foi o meia Danilo, já que Alessandro estava machucado e foi substituído por Edenilson. Danilo, que segue no grupo, é um dos candidatos à honraria. Assim como Ralf, jogador com mais jogos pelo clube (348), além de Cássio, Gil, Jadson e Renato Augusto, estrelas da campanha.

Independentemente do escolhido, Alessandro tem um recado para o futuro capitão do hexa:


– Desfrute! Não seja egoísta a ponto de não dividir com seus companheiros, mas você terá alguns segundos únicos na carreira. Segure a taça por um bom tempo – disse.


Com 73 pontos, o Timão pode ser campeão já neste fim de semana caso vença o Coritiba no sábado, às 19h30, e o Atlético-MG não consiga derrotar o Figueirense no domingo, às 17h.

Alessandro com o troféu da Libertadores: Pacaembu ficou mudo para o lateral (Foto: Agência EFE


Com revezamento de capitães, Timão terá de definir o 'homem da taça'

Corinthians tem vários líderes no elenco e Tite promove revezamento da faixa de capitão. Afinal, quem levantará a taça do Hexa? Meia Renato Augusto dá seu voto...


Ralf foi 'eleito' pelo meia Renato Augusto (Foto: Ari Ferreira/Agencia Lancepress!)

Bruno Cassucci e Felipe Bolguese
05/11/2015
07:30

Dez em cada dez jogadores do Corinthians admitem que estão com as duas mãos na taça do Campeonato Brasileiro de 2015. Mas quais serão as mãos que, no fim, farão o gesto da conquista?

No Corinthians, desde sua passagem anterior, Tite promove o revezamento da braçadeira de capitão. Neste Brasileirão, 11 jogadores dividiram a responsabilidade em 33 rodadas. Cássio, Renato Augusto e Jadson, que estão entre os principais destaques da campanha, foram os que mais vestiram a tarja.

Questionado pelo LANCE! nesta quarta-feira, após entrevista coletiva, o meia Renato Augusto deu seu voto.

– O capitão é o Ralf. Pode haver um revezamento da faixa, mas ele é nosso capitão. Acho que, se a taça vier, ele merece levantar. É justo! – opinou o camisa 8 corintiano.

Ralf não está no topo dessa lista porque, em dado momento, amargou a reserva de Cristian e de Bruno Henrique. Depois, porém, aproveitou a brecha das lesões dos dois para retomar a vaga e sua liderança dentro e fora de campo. Até então, desde 2010, ele nunca ficara no banco.

Mesmo que Tite defina o responsável por simbolizar o título, o gesto não será feito neste fim de semana. Se vencer o Coritiba no sábado, o Corinthians poderá comemorar o Hexa “do sofá”, caso o Atlético-MG não vença o Figueirense no domingo. A oficialização, então, ocorrerá no duelo seguinte, contra o Vasco, no Rio de Janeiro. Para a torcida, a comemoração será no clássico contra o rival São Paulo, no dia 22 de novembro. É provavelmente nesse jogo que o escolhido do treinador fará as honras.

Apesar de Tite minimizar quem é o principal líder e destacar a importância de todos do elenco, o homem que levanta a taça tem sua lembrança especial em cada conquista. Em 1990, o ex-meia Neto foi o capitão do primeiro título brasileiro. Já no bi de 98/99, o ex-zagueiro paraguaio Carlos Gamarra e o ex-volante colombiano Freddy Rincón eram quem levavam a braçadeira. No Tetra de 2005, o atacante argentino Carlitos Tevez simbolizou mais um título.

Na última conquista, já sob o comando de Tite, em 2011, o mérito foi dividido entre o ex-lateral-direito Alessandro e o zagueiro Chicão, que hoje atua no futebol da Índia.

– Acho que agora todos vão levantar a taça. Pelo simples fato de no jogo passado ter sido o Jadson, mas no próximo já ser outro. Pode ser o Gil, Cássio, Elias, Renato Augusto... Acho que vai levantar todo mundo pela solidariedade do time – disse o jovem atacante Malcom.
TAÇA DIVIDIDA EM 2011

Depois da saída de Ronaldo e Roberto Carlos, o zagueiro Chicão havia assumido a braçadeira de capitão do Corinthians. No Brasileirão, porém, acabou virando reserva e Alessandro foi o escolhido. Os dois jogadores estavam no clube desde 2008 e eram os mais experientes do elenco na campanha que rendeu o Penta.

Como Corinthians e Vasco chegaram na última rodada com chances de título, o Timão não levantou a taça após o empate por 0 a 0 com o rival Palmeiras, no Pacaembu. No dia seguinte, na festa de premiação da CBF, Chicão e Alessandro levantaram a taça juntos. O lateral, depois, seria o capitão de outros títulos, como a Libertadores e o Mundial, em 2012...

BRAÇADEIRA NO TIMÃO: QUEM MAIS FOI CAPITÃO NO BR-15

Cássio - 5 JOGOS
Renato Augusto - 5 JOGOS
Jadson - 5 JOGOS

Gil - 4 JOGOS
Elias - 4 JOGOS

Ralf - 3 JOGOS
Fagner - 3 JOGOS

Danilo - 1 JOGO
Love - 1 JOGO
Edu Dracena - 1 JOGO
Fábio Santos - 1 JOGO

OS LÍDERES

Cássio
Herói dos títulos da Libertadores e do Mundial, em 2012, o goleiro virou voz ativa no elenco. Tem postura firme e se posiciona em questões com a diretoria e imprensa.

Gil
Desde 2013 no Timão, o camisa 4 é um dos líderes e virou ainda mais referência após convocações para a Seleção Brasileira.

Ralf
Mais antigo do elenco, volante tem o espírito de raça pra ser exemplo de todos no grupo. É um dos ídolos da torcida e tem peso forte no vestiário.

Elias
Desde que voltou, no ano passado, o camisa 7 admitiu que seria o líder do grupo, usando o exemplo de Ronaldo no passado. Sua postura é firme.

Renato Augusto
Craque do time, tem ideia esclarecida e virou referência de conversa sobre o jogo e também sobre o extracampo. Seu bom momento foi premiado com a convocação para a Seleção Brasileira.

Jadson
Camisa 10 é o grande destaque do Timão na temporada e tem status de principal astro da campanha do quase Hexa.