31 de mai de 2015

CORINTHIANS 31/05/2015

ATACANTE CORINTHIANO MALCOM EM CAMPO A PARTIR DOS 32'2ºT  PELA SELEÇÃO BRASILEIRA SUB 20 NA ESTRÉIA DO MUNDIAL final: BRASIL 4X2 NIGÉRIA






CORINTHIANO ATACANTE MALCOM ENTRE RESERVAS DA SELEÇÃO BRASILEIRA SUB 20 EM ESTRÉIA DO MUNDIAL DA CATEGORIA 22H


















CORINTHIANS A DOIS PONTOS DO LIDER NO BRASILEIRO 2015
8 Corinthians 7P 4J 2V 1E 1D 2GP 2GC 0






torcida organizada protesta na entrada do vestiário do Corinthians
Cerca de 150 torcedores, a grande maioria membros da torcida Gaviões da Fiel, principal organizada do Timão, se dirigiram até o local e entoaram gritos pressionando diretoria e time
LANCEPRESS! - 31/05/2015 - 18:52

Cerca de 150 corintianos realizaram protesto na Arena Corinthians (foto: Rodrigo Vessoni)

Logo após o jogo deste domingo, na Arena Corinthians, cerca de 150 torcedores Gaviões da Fiel, se dirigiram até a Radial Leste, local onde os ônibus das delegações que vão jogar no estádio têm acesso. Eles iniciaram protesto contra equipe.


Com batuques e gritos pressionando a diretoria e os jogadores alvinegros, os corintianos foram observados de perto pela Polícia Militar, que não interveio e apenas observou a cerca de 40 metros de distância, fazendo uma proteção nos portões para evitar invasão aos vestiários.


A torcida entoou cantos como: "Vontade, vontade, vontade... time sem vontade", "Ôôô, ou joga por amor ou joga por terror", "Andrés, aqui não tem burguês". "Cade a transparência, ôôô", "Não é mole não, diretoria está roubando o Coringão". "Pqp..., cade o planejamento, ninguém sabe niguém viu, sumiu" e "Honra a camisa... vagabundo o Corinthians não precisa".

A torcida do Corinthians volta a protestar nesta temporada. Antes, torcedores se dirigiram até o CT alvinegro e pressionaram os jogadores, com batuques, faixas e atirando dinheiro no local.


(Gaviões protestam - FOTO: Miguel Schincariol)







Renato Augusto lamenta erros e diz que Corinthians precisa de mudanças

O meia do Corinthians queixou das oportunidades desperdiçadas Jogador também lembrou de perdas importantes e quer alteração
LANCEPRESS! - 31/05/2015 - 19:06
O meia do Corinthians Renato Augusto saiu decepcionado da Arena. O corinthiano lamentou oportunidades desperdiçadas no decorrer do Dérbi e acredita que este foi um ponto fundametal para o tropeço alvinegro em casa.

- Nas oportunidades que tivemos não fizemos.  Começamos bem o jogo, criamos oportunidades, mas não fizemos. Isso não pode acontecer em clássico. Depois do primeiro gol do Palmeiras caímos muito, . No segundo tempo voltamos melhor, criamos oportunidades e não fizemos de novo. Pagamos o preço - disse.
Outro fator para a derrota corintiano, Renato Augusto acredita que seja as perdas no elenco O meia afirmou que equipe precisa passar por uma transformação tática.

- Perdemos jogadores importantes, jogadores da espinha dorsal e de qualidade. Precisamos adaptar a nova equipe e achar uma forma melhor de jogar - concluiu o corinthiano.







31/05/2015 18h18

Corinthians tricampeão Mundial sub 17, domina, faz golaço e  vence em Madri
Fabricio abre o placar logo aos seis minutos, Léo Jabá encobre goleiro no segundo tempo, e Antonio sela vitória no último lance contra Atlético Nacional, da Colômbia


Por GloboEsporte.com



Sem tomar conhecimento do adversário, o Corinthians conquistou seu terceiro título do Mundial de Clubes Sub-17 neste domingo. Diante do Atlético Nacional, da Colômbia, venceu por 3 a 0, em Madri, gols de Fabricio, Léo Jabá, numa linda finalização por cobertura, e Antonio. O meia Matheus Pereira ainda levou o prêmio de melhor jogador do campeonato.



O Corinthians não deixou o Atlético Nacional respirar no primeiro tempo. Logo aos cinco minutos, Fabricio arriscou de fora da área. O goleiro João Orosco fez a defesa e evitou o primeiro gol. O meia abriu o placar logo depois, aos seis, subindo sozinho na pequena área para aproveitar cruzamento da esquerda de Hurick. A intensidade do time comandado por Márcio Zanardi, não diminuiu e, ainda antes do intervalo, o Timão teve mais três chances de ampliar.

Base corintiana com o troféu de campeão do Mundial de Clubes Sub-17 (Foto: Cassio Barco)

Na volta do vestiário, o Corinthians manteve o ritmo. Mas o Atlético ao menos trocou a ineficiência por uma vontade maior de vencer. Sinisterra tentou criar jogadas pelas pontas e chegou a assustar a zaga corintiana por duas vezes.


Mas foi Orosco que trabalhou mais ainda no segundo tempo. O camisa 1 do time colombiano evitou o gol de Jabá duas vezes seguidas e ainda assistiu à bola bater no travessão em uma bomba de Matheus Pereira da entrada da área.


Aos 34, não teve jeito. Léo Jabá roubou a bola no ataque, avançou e tocou por cobertura, na saída desesperada do goleiro, ampliando a vantagem do Timão. No último lance, Antonio selou a vitória, garantindo o tri.Jogadores do Corinthians comemoram com a "Fiel Madrid" (Foto: Cassio Barco)







Confira a campanha do Timão tricampeão mundial Sub-17
O Timão juvenil venceu quatro jogos de cinco para conquistar novamente o Mundial de Clubes Sub-17, em Madrid (ESP)
17h50 31/05/2015 - Departamento de Formação de AtletasAgência Corinthians



© Divulgação
Timão é Tricampeão Mundial de Clubes Sub-17
Para ser tricampeão mundial Sub-17 neste domingo (31), o Corinthians jogou cinco vezes no Mundial de Clubes disputado na cidade de Madri (ESP). Foram quatro vitórias e uma derrota, com 10 gols marcados e quatro sofridos. Confira os jogos da campanha campeã dos meninos do Timão.

CORINTHIANS 0 X 3 ATLÉTICO DE MADRID (ESP) - Primeira fase

Tudo começou com uma derrota. A equipe comandada pelo técnico Marcio Zanardi perdeu para o Atlético de Madrid (ESP) na estreia. O Corinthians teve o goleiro Felipe expulso, o que fez a equipe alvinegra ter de jogar com um jogador a menos durante parte da partida, dificultando as ações ofensivas contra o time espanhol. Foi um tropeço que serviria de lição para uma grande conquista.

CORINTHIANS 3 X 1 ATLÉTICO NACIONAL (COL) - Primeira fase

A vitória que fez a equipe entrar de vez na competição. O Timãozinho teve amplo domínio da partida desde o início de jogo, e não demorou muito para abrir o placar, com o meia Pedrinho. Após tomar o empate ainda no primeiro tempo, o Timão conseguiu ampliar com Caio e Leo Jabá, já na segunda etapa.

CORINTHIANS 1 X 0 SANTOS LAGUNA (MEX) - Quartas de final

Tinha de ter uma vitória sofrida nessa trajetória. A equipe alvinegra começou muito bem a partida, com domínio da posse de bola e boas triangulações envolvendo a equipe mexicana. Melhor no jogo, o Timãozinho abriu o placar aos 15 minutos com o zagueiro Léo Santos de cabeça. Na segunda etapa, o Alvinegro suportou a pressão, arriscou alguns contra-ataques sem sucesso e segurou o resultado.

CORINTHIANS 3 X 0 BARCELONA (ESP) - Semifinal

A vitória da afirmação, que deu muita moral ao elenco, como falou o técnico Márcio Zanardi após a partida. Conhecido por ser um celeiro de craques mundiais, o Barcelona não teve qualquer chance contra a garotada do Timão, que teve ampla superioridade sobre a equipe espanhola desde os primeiros instantes da partida. Tanto que aos dois minutos, Léo Jabá abriu o placar, após bela jogada do meia Pedro. Consistente, incisivo e com belas triangulações, o Corinthians ampliou o marcador com o zagueiro Léo Santos, de cabeça, aos dois minutos da segunda etapa. Com a vantagem no placar, o Timão controlou a partida e conseguiu o terceiro gol em chute de fora da área do meia Matheus Pereira, liquidando a partida. Era o passaporte para a quarta final do Alvinegro na história do Mundial Sub-17. O tricampeonato estava próximo.

CORINTHIANS 3 X 0 ATLÉTICO NACIONAL (COL) - Final

Tricampeão mundial! O Corinthians novamente se impôs ante o Atlético Nacional, que já havia vencido na primeira fase. A equipe comandada pelo técnico Márcio Zanardi mostrou desde o início da partida que vinha forte para buscar o título. Aos sete minutos da primeira etapa, após bom cruzamento do lateral Hurick, o meia Fabrício completou de cabeça, abrindo o placar para a equipe alvinegra. Com muita confiança e mostrando um belo futebol, o Timãozinho seguiu dominando a equipe adversária. Aos 35 minutos do segundo tempo, Léo Jabá ampliou o marcador com um golaço, encobrindo o goleiro da equipe colombiana. No último lance da partida, o zagueiro Antônio deu números finais da partida garantindo o terceiro título mundial Sub-17 alvinegro.









Corinthians tricampeão do Mundo sub 17 e meia Matheus Pereira é eleito o melhor jogador da competição
Meia que integra o elenco profissional desde janeiro mostrou toda a sua habilidade durante o torneio
18h 31/05/2015 - Departamento de Formação de AtletasAgência Corinthians














© Divulgação
O camisa 10 do Timão foi eleito o melhor jogador da competição
O meia do Corinthians Matheus Pereira foi eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes Sub-17. Com apenas 16 anos, a revelação corinthiana já integra o elenco profissional desde janeiro de 2015. Reintegrado ao Sub-17 exclusivamente para esta competição, o jogador mostrou todo o seu talento.

Em cinco partidas no torneio internacional, Matheus anotou um gol, na goleada sobre o Barcelona (ESP), e fez três assistências ao longo da competição, além de ser o grande maestro da equipe comandada pelo técnico Márcio Zanardi.

Tricampeão

Neste domingo (31), em Madri (ESP), o Corinthians venceu o Atlético Nacional (COL) e conquistou o tricampeonato Mundial de Clubes Sub-17. O Timão já havia vencido o torneio em 2010 e em 2011. Na campanha, o Alvinegro venceu quatro jogos - incluindo uma goleada de 3 a 0 sobre o Barcelona - e perdeu apenas um.






Corinthians Tricampeão Mundial Sub-17
Com grandes atuações, o Timão conquista o título com goleada sobre a equipe colombiana, Atletico nacional
17h30 31/05/2015 - Departamento de Formação de AtletasAgência Corinthians


O Corinthians chegou ao topo do mundo mais uma vez. Neste domingo (31), o Timão venceu o Atlético Nacional (COL) por 3 a 0 na grande final e conquistou o terceiro título do Mundial de Clubes Sub-17, realizado em Madrid (ESP).
A equipe do técnico Márcio Zanardi mostrou desde o início da partida que vinha forte para buscar o título. Aos sete minutos da primeira etapa, após bom cruzamento do lateral Hurick, o meia Fabrício completou de cabeça, abrindo o placar para a equipe alvinegra.
Com muita confiança e mostrando um belo futebol, o Timãozinho seguiu dominando a equipe adversária. Aos 35 minutos do segundo tempo, Léo Jabá ampliou o marcador com um golaço, encobrindo o goleiro da equipe colombiana. No último lance da partida, o zagueiro Antônio deu números finais da partida garantindo o título alvinegro.

O Corinthians disputou cinco partidas no Mundial de Clubes Sub-17 e somou quatro vitórias e uma derrota. Na estreia, perdeu para o Atlético de Madrid (ESP) por 3 a 1. No jogo seguinte, bateu o Atlético Nacional (COL) por 3 a 1 e avançou no torneio. Nas quartas de final, o Timão venceu o Santos Laguna (MEX) por 1 a 0. Na semifinal, goleou o Barcelona por 3 a 0. Na decisão, mais uma goleada sobre o Atlético Nacional.

Antes do título neste ano, o Corinthians havia vencido o Mundial de Clubes Sub-17 em 2010 e em 2011.










LANCE A LANCE




ATUALIZANDO
FIM DE JOGO







Sem deixar o adversário respirar, o Corinthians dominou e garantiu facilmente o tricampeonato do Mundial de Clubes Sub-17, em Madri. Fabricio abriu o placar no primeiro tempo, Léo Jabá fez um golaço no segundo e Antonio selou a vitória por 3 a 0 no último lance da final contra o Atlético Nacional, da Colômbia.. E com a galera, que deu o maior apoio aqui em Madri #Mundialsub17


Corintianos celebram o tricampeonato no campo... #Mundialsub17





FIM DE JOGO

CORINTHIANS CAMPEÃO!

Juiz apita aos 43 minutos e termina a partida. O Corinhtians vence por 3 a 0 e é o campeão do Mundial de Clubes Sub-17! Timão tricampeão do torneio.


42'2º TEMPO

GOOOOOL DO CORINTHIANS!

Antonio recebe bola na entrada da área e faz o terceiro.


40'2º TEMPO

MAIS TRÊS!

O árbitro assinala três minutos de acréscimos.




37'2º TEMPO

ALTERAÇÃO NO TIMÃO

Depois de marcar o segundo gol do Corinthians, Jabá foi substituido. Caio entrou em seu lugar. Matheus Pereira também é substituido para a entrada de Matheus Santos.


34'2º TEMPO

GOOOOOL DO CORINTHIANS!

Léo Jabá rouba a bola do zagueiro, corre para dentro da área e manda de cobertura. Golaço do atacante. O Timão está mais perto de conquistar seu terceiro título do Mundial de Clubes Sub-17.

29'2º TEMPO

CORINTHIANSNA TRAVEEEEE!

Matheus Pereira recebe na ponta direita da área, domina no peito e arrisca o chute. A bola explode no travessão. Quase que o Timão faz o segundo gol.

26'2º TEMPO

Quintero cabeceia na segunda trave. Felipe sai mal e quase se complica, mas a bola vai por cima do gol. Essa é a primeira grande chance do time colombiano.


19'2º TEMPO

CORINTHIANSALTERAÇÃO NO TIMÃO!

Sai Fabricio, autor do gol corinthiano e entra César.


18'2º TEMPO

CORINTHIANSDESPERDIÇOU!

Léo Jabá faz bela jogada pela direita e cruza rasteiro para o meio da área. Renan bate pro gol sozinho e manda a bola por cima do travessão.

15'2º TEMPO

CORINTHIANSOUTRO CARTÃO!

O goleiro Felipe demora para cobrar falta na defesa e também leva cartão amarelo

14'2º TEMPO

CORINTHIANSAMARELO!

Samuel derruba Sinisterra e lateral também leva o cartão amarelo.

13'2º TEMPO

o goleiro do Atlético Nacional operou dois milagres. Antes o camisa um, evitou o gol de Jabá e colocou a bola para escanteio. Depois de cobrança, a bola sobrou na área e o goleiro precisou impedir novamente o gol de Jabá.

10'2º TEMPO

CORINTHIANSCARTÃO AMARELO!

Fabricio leva amarelo depois de parar jogada de contra-ataque de Sinisterra.

08'2º TEMPO

CORINTHIANSALTERAÇÃO!

O técnico Márcio Zanardi decidiu fazer sua primeira alteração. Pedro saiu e deu lugar a Guedes.

07'2º TEMPO

INTENSIDADE

O Corinthians voltou jogando da mesma maneira que terminou o primeiro tempo. A marcação continua intensa e adiantada. O Altético Nacional tem dificuldades para criar uma jogada ofensiva.

Começa o segundo tempo. Corinthians a 40 minutos do título #Mundialsub17







00'2º TEMPO

BOLA ROLANDO!

Começa o segundo tempo de Corinthians e Atlético Nacional.



INTERVALO

MEIO CAMINHO ANDADO

Com o gol de Fabricio, aos seis minutos do primeiro tempo, o Corinthians foi para o vestiário com a liderança. Apesar de ter marcado apenas uma vez, o Timão dominou todas as áreas do jogo. Com marcação adiantada e jogadas de ultrapassagem nas laterais, o time comandado por Márcio Zanardi poderia ter saído com um resultado mais elástico.


40'1º TEMPO

FIM DO PRIMEIRO TEMPO!

O árbitro apita o fim dos 40 minutos iniciais.



31'1º TEMPO
CORINTHIANSAMARELO!
Léo Jabá se joga dentro da área e juiz dá cartão ao atacante por simulação.
Corinthians já dá show em Madri. Lateral direito Samuel deu um chapéu humilhante no adversário agora e arrancou aplausos #Mundialsub17


29'1º TEMPO

DOMÍNIO ALVINEGRO

O Corinthians adianta a marcação, não deixando que o Atlético Nacional chegue na sua área. As jogadas pelas pontas e as bolas paradas seguem sendo a maior arma do Timão, que teve três oportunidades claras de gol até o momento.
Torcida da Corinthians já é maioria e tá feliz da vida aqui em Madri. Agora rola o "poropopó" #Mundialsub17


20'1º TEMPO
Uribe recebe cartão depois de usar o braço para proteger a bola.
Corinthians se aproveita da vantagem na estatura e investe nas bolas aéreas. Atlético se segura... #Mundialsub17





15'1º TEMPO

PANORAMA

Nesses 15 primeiros minutos o Corinthians dominou a partida. O Timão chegou com toques rápidos e jogadas pelos flancos, os dois laterais trabalharam muito até o momento.


06'1º TEMPO

GOOOOOL DO CORINTHIANS!

Fabricio faz de cabeça e deixa o Timão na frente! Meia recebe cruzamento de Hurick na pequena área e sobe mais que a zaga colombiana para fazer o primeiro gol da partida.



Corinthians começa pressionando o Atlético. Técnico Zanardi pediu Timão sufocando no ataque #Mundialsub17




00'1º TEMPO

BOLA ROLANDO!

O árbitrto autoriza o início da grande final.
Hino Nacional do Brasil  em Madri! #Mundialsub17





PRÉ-JOGO

QUEM É QUEM

O Timão tem como principal arma o atacante Jabá, com uma das melhores médias de chutes a gol do campeonato. Do lado colombiano, o ponta Sinisterra comanda o ataque e tem a habilidade para decidir uma partida.

Na preleção, técnico Márcio Zanardi lembra até 7 a 1 da Copa: "Vamos mostrar nosso valor" #Mundialsub17




 Corinthians no vestiário, dez minutos para a final #Mundialsub17

Chegou o bonde da "Fiel Madri" pra dar aquela força também pra molecada do Timão #Mundialsub17



PRÉ-JOGO

ESCALAÇÕES

























Se meten ambos equipos a vestuarios. Estas son las alineaciones para la final de @Corinthians y @nacionaloficial!! pic.twitter.com/9ylGAVO66i— Mundial Madrid Sub17 (@mundialmadrid) May 31, 2015


PRÉ-JOGO

AQUECIMENTO

Daqui a pouco começa a final do Mundial de Clubes Sub-17. O Corinthians busca o seu terceiro título na competição e vai enfrentar o Atlético Nacional-COL na decisão.




CORINTHIANS

6,0
Cássio
Esquisito nos dois gols. Porém, fez 2 grandes defesas

5,5
Fagner
Não acompanhou adversário no primeiro gol. Sem sucesso no apoio, mas fez muitos desarmes.

4,0
Edu Dracena
Falhou no segundo gol e poderia ter evitado o primeiro. Forçado a sair às vezes com chutões (errados).

5,0
Gil
Esteve abaixo de sua média, mas não comprometeu.

5,0
Fábio Santos
Começou bem, indo muito ao ataque, mas caiu depois. Dois gols nasceram em seu setor.

5,0
Ralf
Discreto nos 45 minutos em que ficou em campo. Poderia ter dado menos espaço. Passes só de lado.

4,5
Petros
Correu muito, tentou triangulações, mas cometeu erros bobos. Perdeu nada menos que 16 bolas.

4,5
Bruno Henrique
Não acompanhou adversa´rio no primeiro gol. Discreto no início, melhorou quando foi recuado.

4,0
Jadson
Apagadíssimo e sobrecarregado, errou quase tudo que tentou. Tinha de chamar mais o jogo.

6,0
Renato Augusto
O melhor do Timão. Buscou a bola, arriscou chutes e deu bons passes (um deles excelente a Mendoza).

4,5
Romero
Correu, tentou e... nada. Isolado na frente, foi preza fácil para a defesa rival. Não deu um chute sequer.

5,0
Mendoza
Entrou no intervalo e deu mais opção ao time na frente, mas não brilhou. Perdeu ótima chance.

4,5
Danilo
Estrela em clássicos não brilhou. Entrou apagado, pegou pouco na bola e simulou toscamente pênalti.

5,0
Edilson
Entrou no fim, correu bastante e se esforçou na marcação, mas não produziu nada diferente.

4,5
Técnico: Tite
Formação com Romero isolado na não deu certo. Mendoza depois não resolveu. Pouco ousado no fim.














Renato Augusto
Diante de um Corinthians sem intensidade, nem imaginação, todas as bolas tiveram de passar pelo meia. Melhor alvinegro em campo, foi responsável por criar as poucas chances que o time teve num dia para se esquecer. Nota: 6,5

Mendoza
Foi um sopro de esperança no segundo tempo, quando entrou com muita velocidade e quase fez um belo gol após passe de Renato. Na atual situação do Corinthians, tem mostrado bola para ser titular. Nota: 6,5

Edu Dracena
Bancado por Tite entre os titulares, mostrou não estar em seu melhor ritmo. Não passou segurança nas bolas aéreas e perdeu disputa em lance de gol.Nota: 4,0

AS NOTAS:

Cássio [GOL]: 6,0
Fagner [LAD]: 5,0
(Edílson [LAD]): 6,0
Edu Dracena [ZAG]: 4,0
Gil [ZAG]: 5,5
Fábio Santos [LAE]: 4,5
Ralf [VOL]: 5,0
(Mendoza [ATA]): 6,5
Bruno Henrique [VOL]: 5,5
Petros [MEC]: 5,5
(Danilo [MEC]): 5,5
Jadson [MEC]: 4,5
Renato Augusto [MEC]: 6,5
 Romero [ATA]: 6,0











O Timão, com sete pontos, é o oitavo colocado no Brasileiro 2015. mostrou muitas deficiências na defesa e na armação de jogadas e não teve forças para buscar a reação.Para o segundo tmepo, o técnico Tite tentou melhorar a produção do ataque de sua equipe colocando o atacante Mendoza no lugar do volante Ralf. A mudança surtiu pouco efeito. O Timão até se aproximou um pouco mais da área adversária, principalmente com o colombiano, que tentou alguns chutes. 


Corinthians tropeça em casa pelo Brasileirão
Equipe do Timão não conseguiu se impôr jogando na Arena Corinthians contra o rival; Alvinegro segue com sete pontos na competição nacional
18h 31/05/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansO próximo desafio do Timão será nesta quarta-feira (03), contra a equipe do Internacional-RS
O Corinthians tropeçou hoje na Arena

O Timão não teve muitas chances de gol no primeiro tempo. O melhor momento aconteceu aos cinco minutos, quando Renato Augusto avançou livre até a área e chutou. Fernando Prass defendeu com os pés.

A situação se complicou aos 24 minutos, quando o Palmeiras abriu o placar. Sem conseguir reagir, o Timão sofreu o segundo gol aos 45.

Para a segunda etapa, o Corinthians voltou com Mendoza no lugar de Ralf, para se lançar ao ataque. O colombiano apareceu com perigo aos 12 minutos, quando recebeu passe na entrada da área e tentou a finalização, que foi para fora. Depois, a equipe nada mais conseguiu fazer para ameaçar o rival.

O Corinthians permanece com sete pontos na tabela de classificação do Brasileirão. O próximo compromisso será fora de casa, contra o Grêmio, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS, nesta quarta-feira (03), às 22h.

CORINTHIANS  X p
Campeonato Brasileiro 2015, 4ª rodada

Data: 31/05/2015

Local: Arena Corinthians

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo 

Gols: Rafael Marques (p) aos 24 minutos e Zé Roberto (p) aos 45 do primeiro tempo

Cartões amarelos: Edílson, Gil, Ralf, Danilo, Renato Augusto (COR), Lucas, Egídio, Arouca e Valdívia (p)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Edílson), Gil, Edu Dracena e Fabio Santos; Ralf (Mendoza), Bruno Henrique, Petros (Danilo), Jadson e Renato Augusto; Romero. Técnico: Tite

p: Fernando Prass; Lucas (Ayrton), Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel, Arouca (Amaral), Zé Roberto e Valdívia; Kelvin (Leandro) e Rafael Marques. Técnico: Oswaldo de Oliveira








CORINTHIANS  X  p
Local: Arena Corinthians
Data/hora: 31 de maio de 2015, às 16h (de Brasília)
Juiz: Vinicius Gonçalves Dias Araújo 
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e Daniel Paulo Ziolli 
Público/Renda: 29.869 total sendo 29.479 pagantes 390np / R$ 1.784.531,76
Cartões amarelos: Ralf, Renato Augusto, Gil, Edílson e Danilo (COR); Arouca, Egídio, Lucas, Valdivia e Kelvin (p)
GOLS: Rafael Marques, 24’/1ºT (0-1) e Zé Roberto, 46'/1ºT (0-2).

CORINTHIANS: 12-Cássio; 23-Fagner (2-Edílson, 25'/2ºT), 17-Edu Dracena, 4-Gil e 6-Fábio Santos; 5-Ralf (30-Mendoza, intervalo), 40-Petros (20-Danilo, 20'/2ºT), 25-Bruno Henrique, 10-Jadson e 8-Renato Augusto; 33-Romero. Técnico: Tite + 27-Walter, 32-Matheus Vidotto 28-Felipe, 3-Yago, 13-Uendel, 16-Cristian,  22-Marciel, 7-Elias

p: 1-Fernando P; 32-Lucas (42-Ayrton, 30'/2ºT), 26-Jackson, 31-VHugo e 66-Egídio; 18-Gabriel, 5-Arouca (15-Amaral, 36'/2ºT), 11-Zé Roberto, 10-Valdivia e 29-Kelvin (17-Leandro, 42'/2ºT); 19-R Marques. Técnico: Oswaldo de Oliveira 25-Aranha 34-Welinton 6-JP 21-A Patric 38-leandro 9-Cristaldo, 8-C. Xavier







HOJE O CORINTHIANS JOGA NA ARENA CORINTHIANS A PARTIR DAS 16H PELO BRASILEIRÃO E A FINAL DO MUNDIAL SUB 17 NA ESPANHA A PARTIR DAS 15H30 E AQUI TERÃO CANAIS ON LINE COM A TRANSMISÃO DOS JOGOS





Total Corinthians adicionou 3 novas fotos.
12 h · 
RESTAURANTES!!!
Para apreciar qualquer tipo de evento, é importante que tenhamos opções de qualidade quando o assunto refere-se a comida.
Hoje descobrimos / conhecemos as 3 primeiras lojas de opções alimentícias.
PS: APARENTEMENTE funcionarão de IMEDIATO apenas no prédio OESTE.
São eles: Bob's, Dica do Chef e Vivenda do Camarão.
Vamos postar algumas fotos, mas não possuímos foto de onde ficará a Vivenda do Camarão, por isso, a publicação será da página oficial deles, beleza?







Pré jogo
Corinthians x p
Local : Arena Corinthians
Data : 31de maio de 2015,domingo
Horário : 16 horas (de Brasília)
Árbitro : Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Assistentes : Rogerio Pablos Zanardo e Daniel Paulo Ziolli

Corinthians : Cássio; Fagner, Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros e Jadson; Renato Augusto e Romero
p : F Prass, Lucas, Jackson, V Hugo e Egídio; Gabriel e Arouca; Kelvin, Valdivia e Zé Roberto; R Marques

Corinthians ‏@Corinthians

A partir das 15h30, o Corinthians disputa a final do Mundial de Clubes Sub-17, contra o Atlético Nacional (COL). #VaiCorinthians






Tite incentiva o reserva Felipe após promover Dracena: “Vá à luta!”




Helder Júnior

31 MAI2015
08h32
O técnico Tite se preocupou em conversar com o zagueiro Felipe após promover o experiente Edu Dracena à equipe titular do Corinthians. O antigo parceiro de Gil foi afastado logo após a eliminação na Copa Libertadores da América, sob a alegação de estar com "dor na musculatura intercostal", e não recuperou mais o seu espaço.

"O Felipe é um cara de níveis pessoal e profissional altíssimos. Neste ano, quando assumi o time, ninguém imaginava que ele jogaria. Ficavam falando: ‘É o Felipe? O Felipe? O Edu veio para jogar!’. Mas ele teve uma sequência. Sofreu uma pequena queda agora, e o Edu vai permanecer. Só que já falei: ‘Felipe, vá à luta! Não sei se vou precisar de ti hoje ou amanhã!’", comentou Tite.

De fato, Felipe sofreu bastante contestação no Corinthians. O jogador virou a principal opção de Tite para fazer companhia a Gil depois do inesperado retorno de Anderson Martins para o El Jaish, do Catar, aproveitando o fato de Edu Dracena ter vindo do Santos já depois da pré-temporada realizada nos Estados Unidos.Tite, no entanto, tinha confiança antiga em Felipe. "Ele foi levado para o Mundial em 2012 porque era um cara aplicadíssimo. Outros poderiam ter ido, mas estavam em um momento difícil de negociação ou de conduta. Podem ver que o primeiro jogador que eu abraço depois do gol do Guerrero é o Felipe", recordou o técnico, sorrindo.

Apesar de ter voltado a fazer companhia a Tite no banco de reservas, Felipe ainda poderá trazer lucros ao endividado Corinthians. O jogador que recentemente renovou o seu contrato até o final de 2018 virou notícia na Itália como possível reforço do Napoli.







31/05/2015 06h15
 Corinthians joga neste domingo, na Arena Corinthians, por vitória para ser líder

O Corinthians joga o derbi neste domingo, às 16h (horário de Brasília), na Arena Corinthians, pela quarta rodada do Brasileirão, para manter-se entre líderes

 Com sete pontos, a equipe de Tite está nas primeiras posições do Campeonato Brasileiro e joga em sua casa.

A arbitragem será de Vinícius Gonçalves Dias Araújo, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Daniel Paulo Ziolli. Premiere, PFC HD e PFCI transmitem pelo sistema pay per view para todo o Brasil (com Milton Leite e Mauricio Noriega). O GloboEsporte.com acompanha todos os lances em Tempo Real, com vídeos. a partir das 15h.

escalações:

Corinthians: as perdas recentes no elenco, principalmente Paolo Guerrero, fizeram Tite alterar o esquema para o Dérbi. Ángel Romero, última opção do ataque até pouco tempo atrás, será o responsável por substituir o peruano. Bruno Henrique e Petros continuam no time.


 O Timão entra em campo com Cássio; Fagner, Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Ralf e Bruno Henrique; Jadson, Renato Augusto e Petros; Romero.

rival Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel e Arouca; Rafael Marques, Valdivia e Zé Roberto; Kelvin (Cristaldo).






Corinthians: Malcom (na seleção brasileira sub-20), Vagner Love (em recuperação da melhor forma física) e Luciano (lesionado).








Corinthians: ninguém.





31/05/2015 09h35

Tite pede critério e evita falar em crise antes de Dérbi: "Depende da ótica"
Técnico descarta clima ruim : “É um campeonato à parte”, diz


Por Diego Ribei

Tite pede que se analise o trabalho feito (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians )

O Corinthians  enfrenta o rival neste domingo, às 16h (horário de Brasília), na Arena Corinthians, tentando não só evitar uma possível crise, mas também jogá-la para o maior rival. O técnicoTite prefere ser mais ponderado. Para ele, a pressão sobre os dois clubes não pode ser tão grande assim.

Tite exalta o trabalho que vem sendo realizado desde que reassumiu o comando do time, em janeiro.
– O clássico é um campeonato à parte. Por sensacionalismo, pode ter isso de crise. Para quem é criterioso, pode olhar o trabalho. Depende da ótica de cada um – afirmou o corintiano.


Tite, aliás, vê o Corinthians em boas condições para o clássico. São duas vitórias e um empate nos três jogos realizados no Campeonato Brasileiro.

Com desfalques, o Corinthians terá formação diferente no clássico. Sai o 4-1-4-1 adotado por Tite no início do ano, entra um esquema mais conservador, com dois volantes e três meio-campistas mais avançados. O Timão deve jogar com Cássio, Fagner, Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Ralf e Bruno Henrique; Jadson, Renato Augusto e Petros; Romero.



Fiel Torcedor, corinthiano passa paixão aos filhos por meio do Derby
O clássico entre Corinthians e Palmeiras foi palco para muitos momentos famíliares de Wagner Osorio de Azevedo com os filhos dele; tem história deles até no meio da torcida rival
12h 31/05/2015 - EspeciaisAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansWagner Osorio de Azevedo é mais um Fiel Torcedor


Wagner Osorio de Azevedo, de 65 anos, é Fiel Torcedor, assim como os dois filhos dele. Mas o veterano corinthiano frequenta estádios há muitos anos. Graças a clássicos como Corinthians e Palmeiras, Wagner pôde passar a paixão de pai para filho. Foi a muitos Derbys com eles e já passou por algumas situações incomuns.

Como no dia em que teve de dar uma camisa social de adulto para o filho -- na época, pequeno -- que vestia o manto do Corinthians quando os dois se viram no meio da torcida do Palmeiras. Foi em 1993, logo após uma clássico em que o Timão venceu de forma categórica o time estrelado do rival daquele ano, pelo placar de 3 a 0. Voltando do Morumbi, Wagner não perceu que o caminho que havia pegado era o dos torcedores alviverdes.

"Enquanto caminhávamos no entorno do estádio, após a vitória, um carro com torcedores do Corinthians se aproximou. Naquele momento, fomos alertados que o caminho que seguíamos para ir embora faria com que passássemos entre os torcedores rivais, que convenhamos, não estavam nem um pouco felizes com a goleada sofrida até porque viviam seu maior jejum de títulos", contou Wagner.

"O problema é que meu filho estava com a camisa do Timão, e isso certamente causaria um grande problema para nós. Rapidamente tirei a camisa dele, escondi na calça e dei a minha camisa para ele vestir. A questão é que ficou uma cena engraçada, afinal era uma criança de seis anos vestindo uma camisa social de um adulto de quase 1,90m de altura", brincou o torcedor.

Não houve nenhum problema. Segundo Wagner, a cena foi marcante porque via a torcida do Palmeiras desolada, com as bandeiras enroladas para todos embarcarem nos ônibus estacionados na Avenida Giovanni Gronchi. Essa é apenas uma das várias lembranças que o torcedor tem do tradicional Derby.

"A mais antiga de todas foi de um jogo quando eu era pequeno, que ouvi pelo rádio o Luizinho sentar na bola em pleno Pacaembu, isso ficou marcado pra mim. Já após os anos 90, os que me marcaram e que estive presente foram o do gol contra do Oséas, o do título paulista eternizado pelas embaixadinhas do Edílson e o que garantiu o último título do Campeonato Brasileiro do Corinthians, no mesmo dia da perda do ídolo Sócrates", relembrou Wagner.

Com essas lembranças marcantes de clássicos entre Corinthians e Palmeiras, a paixão pelo Timão atravessou gerações. Neste domingo (31), pai e filhos vão desfrutar de mais um Derby juntos na Arena Corinthians.



Memória Fiel: com três de Casagrande no fim, Timão goleia Palmeiras em 1982
Equipe da Democracia Corinthiana deu show em clássico válido pelo Campeonato Paulista de 1982; Casão fez três gols de oportunismo nos minutos finais da partida11h 31/05/2015 - EspeciaisAgência Corinthians


© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansCom três gols de Casagrande o Timão goleou o Palm por 5 a 1


Em fim de semana de Derby, é possível lembrar de vários clássicos que ficaram marcados na história do Corinthians. Assim foi o confronto no primeiro turno do Campeonato Paulista de 1982. Com a equipe da Democracia Corinthiana e muito oportunismo na área de Casagrande, o Timão goleou o rival por 5 a 1 no dia 1º de agosto de 1982.

O Alvinegro entrou no campo do Morumbi naquela tarde com vários dos craques que fizeram história no clube do Parque São Jorge e, inclusive, conquistaram o título paulista de 1982. Sócrates, Casagrande, Zenon, Biro-Biro, Wladimir Ataliba, entre outros, comandados pelo técnico Mário Travaglini. Naquele clássico contra o Palmeiras, o Timão dominou desde o primeiro minuto.

O Corinthians atacou mais durante todo o primeiro tempo, mas só foi abrir o placar aos 34 minutos, com Biro-Biro. O controle do Timão na partida ficou ainda maior após a expulsão de Gilmar, goleiro do Palmeiras, ainda na etapa inicial.

Porém, como clássico sempre reserva de tudo, o Palmeiras voltou para o segundo tempo e reagiu, empatando com o Jorginho aos cinco minutos. Mesmo assim, o Corinthians seguiu no ataque e teve um pênalti aos 23 minutos. Sócrates converteu e colocou novamente o Alvinegro na frente.

A partida continuou com o Timão no ataque, mas o placar elástico só se concretizou nos minutos finais do clássico, com um show de Casagrande dentro da área. O camisa 9 mostrou oportunismo em três lances.

Aos 37 minutos, o lateral direito Alfinete avançou livre dentro da área e cruzou rasteiro para o centro, encontrando Casão livre para apenas estufar as redes. Um minuto depois, Ataliba apareceu na área e chutou ao gol. O goleiro João Marcos espalmou para o lado, dando rebote. Novamente, Casagrande estava lá para concluir. E aos 40, Zenon invadiu a área pela direita e finalizou cruzado. A bola bateu na trave e sobrou para o camisa 9, em novo lance de centroavante matador, que só empurrou para fechar a goleada de 5 a 1.

CORINTHIANS 5 X 1 p
Campeonato Paulista 1982

Data: 01/08/1982
Local: Morumbi, São Paulo-SP
Árbitro: Ulysses Tavares da Silva Filho
Gols: Biro-Biro (COR) aos 34 minutos do primeiro tempo; Jorginho (PAL) aos cinco minutos, Sócrates (COR) aos 23 e Casagrande (COR) aos 37, 38 e 40 do segundo tempo
Cartão vermelho: Gilmar (PAL)

CORINTHIANS: Solito; Alfinete, Gomes, Mauro e Wladimir; Paulinho, Biro-Biro, Zenon e Ataliba; Sócrates (Eduardo) e Casagrande. Técnico: Mario Travaglini

p: Gilmar; Benazzi, Luís Pereira, Polozzi e Jaime Bôni; Rocha, Célio, Jorginho e Barbosa; Aragonés (João Marcos) e Baroninho. Técnico: Fedato

Você encontra mais informações sobre os números e jogos do Corinthians no Aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS e Android na Apple Store e Google Play.








Há 20 anos, Viola fazia o 100º gol pelo Corinthians
Na goleada por 5 a 0 sobre o Vasco, na semifinal da Copa do Brasil de 1995, o predestinado atacante balançou a rede três vezes e garantiu a classificação do Timão para a final
10h 31/05/2015 - EspeciaisAgência Corinthians


© Daniel Augusto JrViola balançou a rede três vezes, chegando a 102 gols pelo clube


Há exatamente duas décadas, Viola tinha uma noite inesquecível, na semifinal da Copa do Brasil de 1995. No estádio do Pacaembu, Corinthians e Vasco decidiam uma vaga na decisão do torneio nacional, e o atacante foi mais do que decisivo. Foi histórico.

Após vitória por 1 a 0 fora de casa, o Timão saiu na frente aos 24 minutos, quando Marcelinho Carioca chutou de longe e Ricardo Rocha desviou para dentro do próprio gol. Oito minutos depois, Viola se tornou o 16º jogador a marcar 100 gols pelo Corinthians.

Souza fez grande jogada pelo centro do campo e deixou Viola na cara de Carlos Germano. De perna esquerda, o camisa 9 chutou para entrar na história do Timão. “Foi um gol bonito. Um gol de ouro”, disse o atacante na época.

Aos 21 do segundo tempo, o Alvinegro colocou um pé na final quando Souza fez o terceiro. Mas para Viola, ainda faltava mais. Aos 42, Marcelinho Carioca cobrou escanteio com maestria e o atacante cabeceou sozinho para o fundo do gol.

Dois minutos depois, a defesa do Vasco vacilou, Marcelinho aproveitou e deixou Viola em ótima situação, para fazer o 102º gol pelo clube e o quinto do Timão no jogo.



FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 5 X 0 vasco

Semifinal da Copa do Brasil 1995



Data: 31/05/1995

Local: Pacaembu

Árbitro: Antônio Pereira da Silva

Gols: Ricardo Rocha (VAS) (contra) aos 24, Viola (COR) aos 32 minutos do 1º tempo; Souza (COR) aos 21 e Viola (COR) aos 42 e 44 minutos do 2º tempo



CORINTHIANS: Ronaldo; André Santos, Célio Silva, Henrique e Sylvinho; Bernardo, Marcelinho Paulista, Marcelinho Carioca e Souza (Elivélton); Fabinho e Viola. Técnico: Eduardo Amorim

vasco: Carlos Germano; Pimentel, Paulão, Ricaardo Rocha e Cássio; Leandro Ávila, França, Yan (Frazão) e Hernande; Brener (Émerson) e Valdir. Técnico: Abel Braga









Em busca da liderança do Brasileirão, Corinthians recebe o Palmeiras na Arena
Invicto no Nacional, Timão é o único time que não sofreu gols após três rodadas; Arena Corinthians estreia na competição em 201510h 31/05/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansTimão tem retrospecto de 77% na Arena Corinthians em 2015


A tarde deste domingo (31) será de clássico na Arena Corinthians. No primeiro jogo no estádio no Brasileirão 2015, o Corinthians recebe o Palmeiras a partir das 16 pela quarta rodada da competição.

O Timão vem na terceira colocação, com sete pontos – mesma pontuação de Goiás e Sport -, após bater Cruzeiro e Chapecoense – ambos por 1 a 0 – e empatar sem gols com o Fluminense no Maracanã. Após a realização de três rodadas, o Alvinegro é o único time que ainda não sofreu gol na edição de 2015 do nacional.

Em 346 clássicos entre Corinthians e Palmeiras, são 120 vitórias do Timão, 105 empates e 121 triunfos do rival, e o jogo deste sábado será o terceiro Derby na Arena Corinthians da história. Em 2014, o Corinthians venceu o Palmeiras por 2 a 0, com gols de Guerrero e Petros. Em 2015, as equipes empataram em 2 a 2 na semifinal do Paulistão. Atuando como mandante diante do rival, o Alvinegro tem 83 vitórias, 50 empates e 44 derrotas.

É a estreia do Timão na Arena Corinthians no Brasileirão 2015. Na última temporada, foram 15 jogos no estádio pela competição nacional, com nove vitórias, cinco empates e somente uma derrota.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.






Corinthians enfrenta Atlético Nacional (COL) na final do Mundial de Clubes Sub-17
Timão juvenil venceu o Barcelona (ESP) por 3 a 0 na semifinal e chega pela quarta vez na decisão do torneio internacional10h 31/05/2015 - Departamento de Formação de AtletasAgência Corinthians


© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansTimão juvenil vai em busca do título do Mundial de Clubes Sub-17


Neste domingo (31), às 15h30 (horário de Brasília), o Corinthians pode chegar ao topo do mundo mais uma vez. Diante do Atlético Nacional (COL), a equipe Sub-17 do Timão vai em busca do terceiro título do Mundial de Clubes Sub-17.

Na primeira fase da competição, o Corinthians obteve uma derrota e uma vitória. Na estreia, o Timão perdeu para o Atlético de Madrid (ESP) por 3 a 0 e se recuperou na segunda rodada, na vitória contra o Atlético Nacional (COL) por 3 a 1. O Alvinegro avançou na quinta colocação geral.

Já na fase decisiva, o Timão enfrentou o Santos Laguna (MEX) e venceu por 1 a 0, pelas quartas de final. Na semifinal a equipe alvinegra goleou o Barcelona (ESP) por 3 a 0, garantindo vaga na final.

Comandante da equipe, o técnico Marcio Zanardi acredita que a vitória sobre o Barcelona (ESP) deu moral para o grupo alvinegro e afirmou que a expectativa para a final é alta. "O time foi muito bem! Foi bom demais! Agora a expectativa é de ser campeão. Esse jogo dá moral, agora tem de conter a ansiedade e focar na final. Vai ser um baita jogo", afirmou Márcio.

A partida da final entre Corinthians e Atlético Nacional (COL) terá transmissão exclusiva do canal SporTV 2.






Em busca da liderança do Brasileirão, Corinthians recebe o Palmeiras na Arena
Invicto no Nacional, Timão é o único time que não sofreu gols após três rodadas; Arena Corinthians estreia na competição em 201510h 31/05/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansTimão tem retrospecto de 77% na Arena Corinthians em 2015


A tarde deste domingo (31) será de clássico na Arena Corinthians. No primeiro jogo no estádio no Brasileirão 2015, o Corinthians recebe o Palmeiras a partir das 16 pela quarta rodada da competição.

O Timão vem na terceira colocação, com sete pontos – mesma pontuação de Goiás e Sport -, após bater Cruzeiro e Chapecoense – ambos por 1 a 0 – e empatar sem gols com o Fluminense no Maracanã. Após a realização de três rodadas, o Alvinegro é o único time que ainda não sofreu gol na edição de 2015 do nacional.

Em 346 clássicos entre Corinthians e Palmeiras, são 120 vitórias do Timão, 105 empates e 121 triunfos do rival, e o jogo deste sábado será o terceiro Derby na Arena Corinthians da história. Em 2014, o Corinthians venceu o Palmeiras por 2 a 0, com gols de Guerrero e Petros. Em 2015, as equipes empataram em 2 a 2 na semifinal do Paulistão. Atuando como mandante diante do rival, o Alvinegro tem 83 vitórias, 50 empates e 44 derrotas.

É a estreia do Timão na Arena Corinthians no Brasileirão 2015. Na última temporada, foram 15 jogos no estádio pela competição nacional, com nove vitórias, cinco empates e somente uma derrota.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps

Futsal Corinthians/UNIP bate o CAD por 5 a 2 no Parque São Jorge 30/05/15 - 20h35 | Agência Corinthians Jogando no Parque São Jorge, ninguém para o Corinthians/UNIP na Liga Nacional de Futsal. Neste sábado (30), o Timão passou pelo CAD por 5 a 2, com gols de Leandro (2), Valdin, Deives e Caio, e alcançou a sexta vitória em sete jogos no local pela competição. Com o resultado, o Alvinegro passa a ser o quarto colocado da LNF com 23 pontos em Sport Club Corinthians Paulista