22 de mai de 2015

CORINTHIANS 22/05/2015


Especula-se que, Corinthians vá atrás de Marcelo Meli, meia do Boca Juniors
Fernando Hidalgo, empresário do jogador, afirmou a rádios argentinas que clube brasileiro está interessado em contratar Meli

22/05/2015por Agência Futebol Interior, 22 (AFI) – A imprensa argentina especula que o Corinthians  teria entrado em contato com o Boca Juniors para contratar o meia Marcelo Meli.

Meli começou a temporada como titular, mas perdeu essa condição nos últimos jogos. Jogador de boa marcação e com grande chegada ao ataque, o meia também está sendo cobiçado por clubes da Europa. O interesse do Corinthians em Meli foi confirmado por Fernando Hidalgo, empresário do jogador, em algumas rádios da Argentina.
Aos 22 anos, Meli fez 18 partidas pelo Boca e marcou um gol.











FOTOS TREINO CORINTHIANS 22/05/2015
http://www.corinthians.com.br/site/multimidia/fotos/ver/?c=Treinos&id=3580
DANIEL AUGUSTO JR







































































Corinthians @Corinthians

A estreia do Timão no Mundial Sub-17 acontece domingo (24), às 16h, contra o @Atleti. O jogo terá transmissão ao vivo do Sportv 2
Corinthians @Corinthians


Novidade! A @Suvinil_Tintas patrocinará o Corinthians no Mundial Sub-17, que acontecerá entre 24 e 31/05, em Madri.


CORINTHIANS DOMINGO NA GLOBO E NA BAND PELO BRASILEIRO E NO SPORTV 2 PELO MUNDIAL SUB 17, AMBOS AS 16H




16h Fluminense x Corinthians
Transmissão: TV Globo para todo o Brasil, menos MG (exceção das regiões de Ituiutaba, Juiz de Fora e Uberlândia) e RJ (com Cléber Machado, Casagrande e Paulo César de Oliveira), Premiere, PFC HD e PFCI (com Jader Rocha e Edinho)
CORINTHIANS PROVÁVEL PARA DOMINGO CÃSSIO, EDÍLSON, EDU DRACENA, GIL E FÁBIO SANTOS, RALF, ELIAS, PETROS E DANILO, MENDOZA E GUERRERO




Agentes de Ralf voltam a justiça contra Corinthians
GAZETA PRESS

Ralf está incomodado com imbróglio com o Corinthians

Os representantes de Ralf, após concederem 30 dias de trégua, visando um acordo amigável na ação que corre desde dezembro na Justiça por conta de uma dívida de R$ 2,8 milhões, avisaram que não chegaram a um acordo no período.

Agora, a GP Sports Management - firma dos empresários de Ralf - solicitou ao magistrado responsável pelo processo que a ação tenha prosseguimento, com o julgamento antecipado dos autos. Os agentes querem que o Corinthians quite uma dívida antiga, que vem do meio de 2012, após a conquista da Copa Libertadores da América


"Ocorre que, ultrapassados o trintídio, as partes não chegaram aos termos conciliatórios sobre o direito pleiteado na ação. Assim sendo, requer-se o seu prosseguimento, especialmente com o encerramento da instrução processual, julgando-se antecipadamente o feito", disseram os representantes de Ralf à Justiça.

Em março, os advogados da GP Sports tinham concedido ao Corinthians 30 dias para a realização de um acordo que poderia, enfim, encerrar a rusga. Mas nada aconteceu. O próprio jogador, que tem ainda mais de R$ 1 milhão a receber em direitos de imagem atrasados, também está insatisfeito com o entrevero.
Ralf tem contrato até o fim do ano com o Corinthians e ainda não foi procurado para uma renovação.











Timão anuncia patrocínio para disputa do Mundial Sub-17
A marca estampará o manto alvinegro na disputa do torneio internacional, em Madrid

15h 22/05/2015 - MarketingAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Suvinil estampará uniforme do Sub-17 na disputa do Mundial de Clubes Sub-17


O Sport Club Corinthians Paulista anuncia parceria com a Suvinil, que será patrocinadora da equipe Sub-17 no torneio Mundial de la Comunidad de Madrid. A disputa acontecerá entre os dias 24 e 31 de maio, em Madri, na Espanha.

A marca da Suvinil estará nas mangas das camisas de jogo e de treino, além das polos de passeio e uniforme da comissão técnica.

A estreia do Corinthians na competição será neste domingo (24), diante do Atlético de Madrid. Com início às 16h (horário de Brasília), o duelo será exibido ao vivo pelo Sportv 2.








Corinthians volta ao Maracanã, palco de jogos inesquecíveis
Em 1976 e 2000, a Fiel invadiu o estádio carioca para apoiar o Timão em partidas decisivas
15h 22/05/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Alexandre Battibugli/Placar
Timão conquistou o Mundial de 2000 no Maracanã


Neste domingo (24), o Corinthians encara o Fluminense pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2015, às 16h, no Maracanã, palco de duas finais de Copa do Mundo FIFA – em 1950 e 2014 – e de jogos históricos do Timão.

Em 1976, mais de 70 mil corinthianos foram ao Rio de Janeiro para apoiar o Alvinegro na semifinal do Campeonato Brasileiro, contra o mesmo Fluminense. Mesmo saindo atrás, o Timão não decepcionou a Fiel e empatou em gol de bicicleta de Ruço, para depois garantir nos pênaltis a vaga na decisão da competição nacional.

Cerca de 24 anos depois, em janeiro de 2000, o Bando de Loucos novamente invadiu o tradicional estádio carioca, dessa vez na decisão do Mundial de Clubes da FIFA. Mais uma vez, o Timão saiu vitorioso nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal, e se tornou o primeiro campeão do mundo reconhecido pela FIFA.









Diretor de futebol do Timão deixa o cargo
Sergio Janikian deixou o cargo na noite de quinta-feira.

Rodrigo Vessoni - 22/05/2015 - 14:14

Sérgio Janikian virou alvo da torcida do Corinthians (Foto: Ari Ferreira/ LANCE!Press)

Sergio Janikian não é mais diretor de futebol do Corinthians. A decisão foi tomada na noite de quinta-feira, mas o anúncio foi feito na manhã desta sexta pelo presidente Roberto de Andrade, em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava. De acordo com o mandatário do clube, "ele não está bem e pediu para sair". O presidente ainda lembrou que Sergio "é uma pessoa do bem, não quer trazer transtornos e, por isso, deixou o cargo".

Anunciado para ocupar o cargo mais importante de um diretor no clube, no último mês de fevereiro, Janikian se envolveu em diversas polêmicas em pouco tempo. A primeira delas foi com Emerson Sheik, que ficou irritado por ter um atraso de poucos minutos a um treinamento sendo confirmado pelo dirigente na chegada da delegação à Argentina, onde a equipe enfrentaria o San Lorenzo, pela Libertadores.

Mas foi outro jogo do torneio sul-americano que causou mais transtornos ao ex-direitor de futebol. Na beira do gramado do estádio Defensores del Chaco, em Assunção, a poucos minutos do início do jogo contra o Guaraní, Janikian comemorou o fato de não enfrentar nas oitavas de final adversários brasileiros ou argentinos, chamando os paraguaios de 'presente de Deus'.

Posteriormente, questionado pela reportagem do LANCE! sobre tal declaração, se irritou e tentou desmentir que tivesse falado. O vídeo com suas palavras, porém, foi reproduzido pela Fox Sports. Era a senha para uma pressão que se tornaria insustentável. Janikian virou alvo da própria torcida do Corinthians

A situação de Janikian era difícil e ficou pior na noite desta quinta-feira, quando o blog do jornalista Jorge Nicola publicou declarações do diretor confirmando a permanência de Matheus Cassini no Corinthians, inclusive, garantindo sua presença na viagem ao Rio de Janeiro no sábado. Posteriormente, as declarações do dirigente foram retiradas da matéria. Outros representantes do clube não gostaram de mais essa declaração de Janikian. Sua saída, então, foi inevitável.

De acordo com Roberto de Andrade, ainda não há um novo para ocupar a vaga de diretor de futebol do Corinthians.













O Corinthians não vai se enfraquecer. Precisamos ter uma folha menor para estar dentro do que podemos gastar, diz presidente Roberto Andrade


22/05/2015 13h25 - Atualizado em 22/05/2015 13h35

Presidente do Corinthians anuncia saídas de Emerson e diretor e diz que Guerrero "fará falta"
Roberto de Andrade confirma que não renovará com Emerson, fala em tom de despedida do peruano e comunica saída do diretor Sergio Janikian


Por Carlos Augusto Ferrari





O torcedor corinthiano recebeu duas péssimas notícias nesta sexta-feira. E de uma só vez. Durante entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, o técnico Tite e o presidente Roberto de Andrade praticamente deram adeus à dupla de ataque Emerson Sheik e Guerrero. Ambos, em fim de contrato, não terão seus vínculos renovados pelo Timão. Além disso, o dirigente máximo do clube também anunciou a saída do diretor de futebol, Sergio Janikian.


Confira os principais tópicos da coletiva de Roberto de Andrade


Mudança no departamento de futebol


– Quero dizer que tive uma conversa pela manhã com o Sergio Janikian, diretor de futebol. Pelos últimos acontecimentos, ele não está à vontade no cargo e pediu para sair. Ele é uma pessoa do bem, fico sentido. Ele não quer trazer transtornos ao grupo, para o futebol. Enfim, o Sergio não é mais diretor de futebol do Corinthians a partir de agora. Ainda não deu tempo de pensar em outro nome. Ele está incomodado com outras coisas e precisamos respeitar a decisão dele. Ele não quer atrapalhar nada. A partir de agora, vamos pensar em um outro nome.

Roberto de Andrade - coletiva - presidente do Corinthians (Foto: MAURO HORITA - Agência Estado)

Emerson de saída


– Em relação ao Sheik, nós, diretoria, comissão, conversamos com o atleta e achamos por bem não renovar. O contrato acaba em julho, e ele vai seguir a vida dele. O Corinthians agradece muito o que ele fez. Enquanto foi atleta do Corinthians, sempre fez o melhor, resolveu grandes jogos, que entraram para a história do Corinthians, como a final da Libertadores. É muito pouco falar que ele fez dois gols na final da Libertadores. Eu só tenho a agradecer.


E Guerrero?


– Estamos conversando com o Bruno (Paiva, agente do peruano). Aviso que está muito difícil chegar a um consenso. Não é por falta de vontade do empresário, do Corinthians e do atleta. Todos gostariam que ele ficasse. Se não acontecer, que é o mais provável, porque o Corinthians não tem condição de fazer o que ele está pedindo... é um lado comercial que todos temos. Existe um limite em todas as empresas, e o Corinthians tem o dele. O que eu tenho muito claro na minha mente é que o Corinthians não fará loucura ou irresponsabilidade. Chega de contratar, prometer e não cumprir. Não dá para fazer isso. É muito simples aceitar a proposta do Guerrero. Não seria à vista, poderia até ser dividido. Enquanto nós não arrumarmos as finanças, não tenho como assumir. Eu poderia fazer a renovação e no dia de pagar não vai ter. Enquanto eu estiver aqui, vou lutar com as minhas forças para que isso não aconteça. O Corinthians não deve salário a ninguém, nem ao mais simples funcionário. O que tem são luvas divididas e premiações. Estamos correndo para saldar.

O Corinthians é muito grande, com jogadores qualificados. Vamos sentir a falta dele, mas o Corinthians segue forte para o título brasileiro

Roberto de Andrade, sobre Guerrero


Mais sobre Guerrero


– Gostaria muito de poder fazer, mas a situação que se encontra hoje, pela economia, pelas receitas menores, não tem como assumir compromisso. Ele é um jogador de alta qualidade. O único motivo que não fará a renovação é a questão financeira. Conversamos muito ao longo desses meses. Converso com o Bruno (Paiva, agente do peruano) mais do que uma vez ao dia. Tentamos de todas as formas. Entendo o lado do atleta. Com 31 anos, podemos dizer que seria o último contrato dele, todo mundo quer fazer mais caprichado porque a aposentadoria vem em seguida. Eu sinto muito como torcedor e mais ainda como presidente. Seria um presente, mas o Corinthians não pode se comprometer com o valor que não vai ter como pagar. Achei melhor seguir assim. O Corinthians é muito grande, com jogadores qualificados. Vamos sentir a falta dele, mas o Corinthians segue forte para o título brasileiro.


Declarações de Andrés sobre Guerrero


– Ninguém paga a conta com carinho. O fato de ele ter dito isso é porque ele é um pouco mais claro do que eu. O que ele pensa, fala. Eu posso até falar o que penso, mas penso um pouco mais. Ele é mais objetivo. Mas não tem problema, não mudou nada.



A saída de Emerson é por questão financeira ou extracampo?


– Um pouco de tudo. Por isso que a decisão foi tomada por todos. Estamos em um momento de fazer o Corinthians dar um passo para trás. Não significa que vamos deixar o time mais fraco. Temos de enquadrar os números na nova realidade do Corinthians, mas sempre com um time forte.


É irreversível o assunto Guerrero?
– Acho um pouco difícil, porque o que eles poderiam fazer foi feito em termos de números. Tenho a agradecer o Bruno e o Guerrero. Pelo que estou sentindo...não vou afirmar porque é difícil pensar com a cabeça dos outros. O contrato vai até o meio de julho, ele é atleta do Corinthians até julho, mas acho difícil que mude os números. Por isso, estou falando isso como um fato concreto.


Matheus Cassini está de saída?
– A proposta chegou, mas não queríamos fazer. Estamos conversando com o atleta e seus representantes. O Corinthians tem vontade que ele fique. Não posso falar que ele vai embora ou vai ficar. Estamos conversando e fazendo muita força para que fique


Reação da torcida
– Não vai existir o Corinthians amanhã se não cuidarmos do hoje. O amanhã chega muito rápido. Em algum momento isso teria que acontecer. Se chegou na minha vez de consertar o clube, o meu compromisso é com o Corinthians e não com jogadores. Fiz uma promessa a mim mesmo que temos que consertar o Corinthians. Isso passa por algumas cicatrizes. Peço o apoio do torcedor, frequentando estádio, virando fiel-torcedor. Isso põe o clube em uma situação melhor. A maior dificuldade é 2015. A partir de 2016 vamos ter uma vida um pouco melhor e em 2017 melhor ainda. Mas temos de fazer alguns ajustes e vamos fazer.


Autocrítica aos gastos de diretorias anteriores (das quais Roberto fez parte)


– Na realidade, é uma soma. Não é uma autocrítica. Quando fizemos o negócio com o Pato, tínhamos dinheiro e tudo pronto. O que não deu certo foi jogar no Corinthians. Se eu soubesse isso, não teria trazido. Estamos em 2015. O que aconteceu de lá para cá foi que a receita diminuiu. Hoje, não podemos nem sonhar com um atleta como o Pato. Não foi irresponsabilidade. Perdemos a receita e temos de viver com o que existe no clube hoje.

Roberto de Andrade, durante coletiva nesta sexta (Foto: Carlos Augusto Ferrari/GloboEsporte.com)

Sheik pode ser liberado antes do fim do contrato


– Sem problema nenhum. O Corinthians não se opõe em nada. Ficaria muito contente em ajudá-lo.


Guerrero pode jogar em clube rival?


– Não sei. Cabe a ele achar se isso é conveniente ou não.


Redução na folha salarial com saídas de Guerrero e Emerson


– Não coloco como meta os valores. Sabemos que o futebol é dinâmico, você precisa repor. A reposição não será com o nível salarial dos que estão saindo. Talvez, o ganho não seja 100%, porque vamos atrás de outros para compor o grupo e deixar o Corinthians forte. O Corinthians não vai se enfraquecer. Precisamos ter uma folha menor para estar dentro do que podemos gastar.

Não gosto de falar o "se". São grandes jogadores e vão contribuir com o clube. Como eles estão aqui, não cabe falar

Roberto de Andrade, sobre Cristian e Love


Arrepende-se de ter contratado Cristian e Vagner Love?


– Não gosto de falar o "se". São grandes jogadores e vão contribuir com o clube. Como eles estão aqui, não cabe falar.


Petros de saída ?


– Não apareceu nada. Não apareceu nada para o Petros. Não existe nada para outro jogador que não seja o Matheus Cassini. O resto é comentário.


Rodriguinho pode voltar?


– Ainda não está definido.


Time vai ter mais jogadores da base ou reforços


– Queremos o melhor jogador do mundo gastando menos possível. Não só o Corinthians está pensando de forma diferente. Os atletas sabem também que o mercado mudou. Mudou no mundo inteiro. Fora uma meia dúzia, tudo se reduziu. A Europa passa por dificuldades também. Qualquer jogador valia dez milhões de euros. Hoje, não tem ofertas nem parecidas com essas. Se o atleta não sabe disso, vamos avisá-lo quando chegar aqui. Prefiro fazer uma realidade mais honesta comigo e com quem vem trabalhar.


Renovações de Ralf, Danilo e Fábio Santos


– Estamos em maio, tem muita coisa para acontecer. Temos grandes chances de sermos campeões brasileiros. Os contratos vencem no final de dezembro. Não vamos trazer problemas que não existem. Quando chegar para resolver, vamos nos reunir com a comissão e avaliar.





















Corinthians não deve renovar com Guerrero e liberará Emerson
Roberto de Andrade concede entrevista coletiva no CT 

Rodrigo Vessoni - 22/05/2015 - 13:27 

Roberto de Andrade falou sobre diversos assuntos na manhã desta sexta-feira (Foto: Eduardo Viana/LANCE!Press)
Presidente Roberto Andrade fala sobre difícil renovação com Guerrero e não interesse em manter o atacante Emerson e suas possíveis despedidas
- Está difícil chegar a um consenso com o atleta e com o agente. Todos nós queríamos que o Guerrero ficasse, mas o mais provável é que ele não fique, ele não é mercenário, ele está no direito dele de pedir o que quer, temos um limite, como todas as empresas têm limite. O Corinthians não fará loucura, nenhuma irresponsabilidade, chega de contratar, prometer e não cumprir. É simples aceitar a proposta do Guerrero, não seria uma proposta que não seria à vista, mas não temos como assumir enquanto não arrumar a situação financeira. Enquanto eu estiver aqui vou lutar para isso não acontecer de novo - afirmou o dirigente.

- O único motivo de não fazer a renovação é questão financeira, só isso. Falamos muito nos últimos meses, a negociação nunca ficou parada, falo com o Bruno (Paiva, agente de Guerrero) várias vezes durante a semana. Eu entendo o lado do atleta, que tem 31 anos. É o último contrato da vida, todo mundo quer fazer esse último contrato mais caprichado. Sinto como torcedor, como presidente, mas não podemos combinar algo e não pagar - completou.

- É pelo que estou sentindo, mas eu não vou afirmar... é difícil pensar com a cabeça dos outros, o contrato vai até o meio de julho, é bem difícil que ele mude os números até lá, por isso eu acho difícil que ele mude. Sentiremos a falta dele (Guerrero), mas o Corinthians é muito grande, continuará muito forte e na busca pelo título brasileiro - afirmou o mandatário do Timão, que agradeceu o apoio da torcida pela decisão de não pagar os milhões pedidos pelos agentes.

- Eu agradeço ao torcedor que está entendo...não vai existir o Corinthians amanhã se não cuidar do Corinthians do hoje, em algum momento isso teria de acontecer. O meu compromisso é com o Corinthians, é com a torcida, fiz uma promessa, modo de dizer...temos de consertar o Corinthians, isso passa por cicatrizes, peço o apoio do torcedor - completou.


- Agradecemos ao Sheik por tudo que ele fez, resolveu grandes jogos, jogos que entraram para a história, mas enfim... É pouco falar que ele fez apenas dois gols, ele representou muito ao grupo, ao Corinthians, só tenho de agradecer. Ele (Sheik) não nos procurou, o Corinthians não se opõe, sempre o ajudará. Se pintar alguma oferta antes, ele seria liberado normalmente - avisou.













22/05/2015 12h44
No Corinthians, Tite aguarda recuperação física de Vagner Love, dará despedida a Emerson e revela papo com Guerrero

Por Carlos Augusto Ferrari


Tite explica por que não vai mais usar Emerson como titular
VÁRIOS ASSUNTOSTite fala sobre Vagner Love, Matheus Cassini e muito mais
QUEM JOGA?Tite fala sobre a escalação contra o Fluminense



No Corinthians, coube ao técnico Tite dar explicações, nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava.  Em uma longa entrevista coletiva, o treinador disse que dará uma partida de despedida para Emerson (que não terá o contrato renovado), pediu comprometimento ao peruano  Guerrero e revelou queVagner Love ficará fora dos dois próximos jogos para melhorar o condicionamento físico.


Emerson tem contrato com o clube até o fim de julho, mas não ficará. Com o aval de Tite, a diretoria decidiu que o ciclo do jogador está encerrado. Ele já virou reserva e será preservado para não estourar o limite de seis partidas e conseguir se transferir. No entanto, ganhará de presente um jogo como titular para dar adeus à torcida.


Tite contou também que conversou com o atacante Guerrero, que vive um impasse sobre seu futuro. O atacante está vinculado ao clube até o dia 15 de julho e dificilmente terá o contrato renovado por pedir R$ 18 milhões para renovar. O treinador pediu empenho total dele neste período de indefinição.

Tite, em coletiva no CT do Corinthians (Foto: Carlos Augusto Ferrari)

Confira os principais tópicos da coletiva de Tite:


Edu Dracena ou Felipe


– É preciso atenção ao nosso trabalho desde o início da semana. Eu defino a escalação amanhã. Em relação a Edu Dracena e Felipe, chamei os dois na sala. Não busco quem é melhor ou pior. Felipe caiu um pouco, machucou, Edu manteve alto desempenho técnico. É o momento do Edu dar continuidade.

Sobre renovações de contrato de Ralf e Danilo, dentre outros


– O presidente deve vir aqui e falar. Mas isso me isenta porque é algo superior. Não protejo ninguém, nem os meus filhos. Sou leal, sincero, franco. Posso até ter errado, mas não vou pecar pela falta de lealdade. São jogadores que construíram história. Todos sempre vão ter respeito como a grandeza do Corinthians.


Vagner Love fora do time?


– Conversei com Fábio (Mahseredjian, preparador físico) antes. Conversamos eu, Fábio, Vagner Love, Edu e Alessandro. Ele não teve pré-temporada e está em nível físico abaixo dos demais. Nesses 15 dias, vou trazê-lo próximo ao grupo para ter condição técnica melhor. Por isso, esse aproveitamento.


Matheus Cassini está de saída?


– Conversei com uma série de pessoas, entre elas o Cassini. É um assunto diretivo. Não é da minha área. Sinceramente, é injusto fazer comparações com Marquinhos. Marquinhos jogou clássico de volante. Cada um tem sua história.


E a situação de Emerson Sheik


– Vai ser direcionado pelo presidente. Foi de uma forma consensual. Foi externado de frente, como eu gosto de fazer, falando com o atleta. Com respeito e por tudo o que ele merece


É consultado sobre saídas de jogadores?


– Já tenho que reestruturar a equipe taticamente. Tenho de encontrar mecânica para essas variáveis. Sempre externei que não sou manager. Participo. Acima de mim existe executivo de futebol, diretor e presidente. Fazemos reunião e cada um dá o seu aval. Ter certas situações que fogem, como aspecto financeiro. Na nossa reunião, eu coloquei para Guerrero. Não sei se você vai ficar, mas preciso de você comprometido com a equipe. Isso o Corinthians precisa, assim como Emerson enquanto permanecer.


Mais sobre Matheus Cassini


– Vou falar a mesma coisa que falei para Paulinho e Castán. O Castán eu coloquei para jogar com 17 anos no Atlético-MG para marcar Fred: "Dentro de todas as opções, te guia por onde pode desenvolver melhor o trabalho. Pega o coração e a cabeça. Não te guia por dinheiro. Toda vez que se decide por dinheiro é o inverso".


Como manter a equipe em alta?


– A cada seis meses há reestruturações nas equipes, por um fator ou outro. Tomara que consiga aquele mesmo futebol que teve no primeiro semestre.


Como reformular o elenco?


– É desafiador, é a oportunidade, adaptação à realidade. É do jogo.


Mais sobre Vagner Love


– Possivelmente, perde dois jogos. Inicialmente. Definitivamente, para domingo, não. Planejamento é nesses 15 dias colocá-lo no mesmo nível dos outros.


Renato Augusto


– Não inicia o jogo por não ter condição. No máximo, 45 minutos. Sobre Jadson fico com a expectativa clínica de ser liberado, mas confirmo amanhã.


Vai usar o Emerson?


– Sim, até o último dia. Com uma ressalva. De não iniciar os jogos, porque projeta-se uma equipe para a sequência. Mas, se tem necessidade, não vou ter dúvida nenhuma para colocar. No último jogo dele, abro para iniciar desde o primeiro minuto. Essa carta na manga eu guardo para mim.


Sheik merecia uma renovação de contrato?


– Emerson tem toda história no Corinthians. Não se parcializa as situações. Talvez, pode ser representado no último jogo dele.


E Ralf e Danilo?


– Não pode colocar para o técnico falar sobre isso. Tem de ser com atletas. Tenho respeito pelos atletas e pela entidade. Não conheço cara honesto por dez reais e por mil, não. Ou é ou não é. Todos nós vivemos essa situação, inclusive eu, que tenho contrato até o fim do ano. Os jogadores podem responder.


Já repensou na formação da equipe?


– Sim. E mais do que palavras, treinamentos e jogos.


Parte física


– Quando falei da parte tática, assumo, porque é o meu papel. É do aspecto físico também. É técnico e individual também. Ideia de futebol do Tite não muda, independentemente do sistema. É posse de bola, com passe e marcação. Essa ideia não muda. Não vamos ficar com a bunda lá atrás.


Quando Vagner Love volta?


– Não tenho a data ou situação, a necessidade do momento. Foi pela necessidade de jogos. Agora, não. Vamos ter o Guerrero por dois jogos e depois vai para a Copa América e abre essa vaga. Quero ter Love na plenitude e na real condição. Se não foi pela necessidade, foi por termos errado.


Por que não usa mais os garotos da base?


– A exigência técnica e emocional do Brasileiro é muito grande. Isso quer dizer que vamos ter cuidado. Uma coisa é colocar em um jogo contra o Fluminense e outra é jogar em casa contra qualquer equipe do Paulista, que não seja clássico.


Como foi a conversa com o Guerrero?


– Coloquei na frente de todos os atletas. Assim como coloquei do Emerson, do Felipe, do Dracena, do Fagner, do Edilson. Do bom momento do Bruno Henrique...


Rodriguinho vai voltar?


– Não tenho essa afirmação. Um técnico trabalha com os atletas do clube e tenta potencializar todos eles. Essa é minha atribuição.


Limite de jogos do Emerson Sheik no Brasileirão


– Coerentemente, verdadeiramente, claro, limpo, sim (não vai estourar). Não tem que ficar escondendo. Eu vejo de frente. Dá a oportunidade de fazer o último jogo e o torcedor demonstrar o carinho que tem. Dá para ser claro e honesto nas relações


Sem Emerson e Guerrero, dá para brigar pelo título?


– Equipe campeã é aquela que se monta ao longo da competição. Vai depender de quantos e estruturar e se fortalecer durante o campeonato".











No Corinthians, Tite confirma adeus de Emerson, papo com Guerrero, Vagner Love fora e novo esquema
Treinador diz que  Emerson terá um jogo de despedida diante da torcida e pediu comprometimento do peruano com ou sem renovação de contrato


Rodrigo Vessoni - 22/05/2015 - 12:24

Tite concedeu coletiva na manhã desta sexta (Foto: Alan Morici/LANCE!Press)

Tite concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, minutos antes do presidente Roberto de Andrade falar aos jornalistas. O treinador do Corinthians comentou diversos assuntos e, de maneira franca, sem frases feitas ou pré-elaboradas, esclareceu alguns pontos importantes em relação ao presente e futuro do Timão, dentro e fora dos gramados.

Apesar de ter se esquivado do assunto Cassini, que está perto de se transferir para o Palermo (ITA), o treinador confirmou o adeus de Emerson Sheik, inclusive revelando que haverá um jogo oficial de despedida para autor dos gols na final do Corinthians campeão da Libertadores da América de 2012, além de contar um papo direto que teve com Paolo Guerrero, na frente dos outros jogadores, no qual lembrou que conta com seu futebol e sua concentração enquanto ele estiver no clube.


Tite ainda deixou claro que o esquema 4-1-4-1 tem os dias contados, já que busca alternativas táticas para deixar a equipe menos previsível diante dos adversários. O comandante do Timão confirmou ainda que Vagner Love estará 15 dias fora da equipe, sendo preparado para ocupar a vaga de Guerrero durante a ausência na Copa América e/ou o término do seu vínculo contratual. Confira os principais trechos da coletiva do comandante:

VAGNER LOVE

"Falamos eu, Vagner Love, direção e Fábio. Love não teve pré-temporada, está abaixo dos demais. Nos próximos 15 dias, ele estará trabalhando para ter uma condição melhor"

"Quando a gente fala em planejamento, presume uma resposta que pode ser boa e volte antes, mas seriam os 15 dias dele fora, contra Fluminense, sim. Vamos aguardar, mas o planejamento é para os 15 dias, aí daria a volta contra o Grêmio. Mas é algo que pode mudar com a resposta dele"

"Eu não tenho exatamente a data (que poderia ter iniciado esses treinos anteriormente), a situação, a necessidade do momento de buscarmos, a necessidade dos jogos, agora vamos ter o Guerrero por dois jogos, depois ele vai para a Copa América e quero ter Vagner Love em sua plenitude"

MATHEUS CASSINI

"Eu falei com várias pessoas, inclusive com o Cassini. Está fora da minha alçada. Sinceramente, é injusto comparar com Marquinhos, ele jogou de volante, só por comparação. Emerson será falado pelo presidente, foi falado diretamente com o atleta, de forma respeitosa, como ele merece"

"Falei com Paulinho e o Castán... (sobre conselho a Cassini). Dentro de todas as opções, te guia, pega o coração e a cabeça, não te guia por dinheiro. Toda vez que se decide por dinheiro, é o inverso, isso é sempre o inverso ao aspecto profissional"

"O grande momento dos atletas (jovens) é o Paulista, não estou sendo oportunista, sempre falei isso no início. A exigência técnica e emocional no Brasileiro são fortes. Isso quer dizer que eu não posso colocar os meninos? Não, não é isso. Mas é diferente colocar no Estadual e no Brasileiro"

EMERSON SHEIK

"Aspecto financeiro foge do treinador, é buscar opções, remontagem de equipe, reestruturações. Emerson e Guerrero estão terminando contrato, eu reuni com Guerrero e disse: 'Não sei se você ficará ou não, mas precisamos de você comprometido com a gente, com a equipe e com o grupo'. Assim como o Emerson, enquanto tiver com a gente"

"Me parece que a inscrição no Brasileirão é inserida com o contrato, já é feita. Emerson, sim. A utilização até o último dia, com a ressalva de ele não iniciar os jogos, mas colocar durante os jogos? Sim, eu não tenho dúvida de fazer. No último jogo dele? Sim, de colocar ele desde o início, se for importante para ele e para o Corinthians, eu guardo essa carta na manga"

"Emerson tem uma grande história no clube, o torcedor saberá responder isso (sobre a percepção que fica) no último jogo"

"Sim, isso é grandeza (sobre o acordo para não estourar os sete jogos), encaramos ela de frente. Ele (Emerson) fará o último jogo diante do torcedor, dá para ser claro. Equipe campeã que chega na frente e é campeã é aquela que se estrutura e fortalece dentro do campeonato"

GUERRERO:

"Coloquei ao Guerrero na frente dos demais atletas, é a minha verdade, coloquei a do Emerson, coloquei a do Edilson e a do Fagner, mas como é bom ter dois nesse nível, o bom momento do Bruno Henrique... O que eu falo aqui eu falo aos atletas, com palavrões, como ex-boleiro o papo é diferente lá, não é formal como aqui, não (risos)"

NOVO ESQUEMA TÁTICO

"Oportunidades, desafios... a gente sempre fala.... a cada seis meses, há reestruturações nas equipes, é uma oportunidade de reestruturar o esquema tático, de uma possível volta do 4-3-3, tomara a gente consiga o mesmo futebol do início, avaliação do trabalho, não do resultado. É desafiador reestruturar, é do jogo"

"É recondicionar os atletas, é o aspecto técnico dos atletas, falei para os atletas? Sim. Aspecto emocional? Sim. É uma reconstrução"

"Quando eu falei da parte tática, eu assumo, é da minha competência. É da parte tática e técnica do atleta, domínio é dos atletas. Eu falo para eles isso, deixo claro. A parte física também está inserida, a ideia de futebol não muda, a marcação pode ser agressiva alta ou baixa, essa ideia não muda. A equipe não ficará com a bunda lá atrás"

RODRIGUINHO VOLTA?

"Não sei, o que eu posso dizer é que o treinador tenta potencializar todos os atletas"

EDU DRACENA X FELIPE

"Atenção ao nosso trabalho, desde o início da semana. Eu defino a escalação amanhã. Edu Dracena e Felipe, eu chamei eles na minha sala. Eu busco o melhor momento de cada um, Felipe machucou, Edu manteve o dele e o momento é dele"

DECLARAÇÕES DE DANILO E CÁSSIO

"É difícil, para pontuar as situações com eles (jogadores) ou com a direção, ela me foge, ver projeções e situações... O presidente falará sobre isso, tem uma alçada superior. Eu não protejo ninguém, nem meus filhos. Sou leal, sou franco, posso até estar errado. Mas não peco por falta de lealdade"

AVAL DEFINITIVO NAS SAÍDAS

"Está louco? (sobre todos os jogadores que saem do clube). Já tenho de reestruturar a equipe taticamente, tenho de dar atenções para dentro de campo, não sou manager, não sou esse cara. Minha hierarquia não permite, tem gente acima de mim, todo mundo tem sua parcela e dá seu aval. Eu nunca falo quem merece ganhar mais ou menos"










 Corinthians sub 17 viaja para a disputa do Mundial de Clubes, em Madrid
Timão juvenil se prepara para mais uma edição do torneio, no qual já saiu vitorioso em duas oportunidades, em 2010 e 2011
12h30 22/05/2015 - Departamento de Formação de AtletasAgência Corinthians



© DivulgaçãoCorinthians Sub-17 no último treino antes da viagem para Madrid


Na tarde desta sexta-feira (22), a equipe Sub-17 do Corinthians viaja rumo a Madrid (ESP) para a disputa da 11ª edição do Mundial de Clubes Sub-17 de la Comunidad de Madrid.

A equipe comandada pelo técnico Márcio Zanardi está no grupo 2 da competição, ao lado de Atlético de Madrid (ESP) e Atlético Nacional (COL). O Timão já foi campeão do Mundial Sub-17 em duas ocasiões: em 2010 e 2011. Na última temporada, o Alvinegro ficou com a segunda colocação.

O técnico alvinegro falou sobre a expectativa para a disputa do Mundial, e disse acreditar que o Timão tem condições de enfrentar qualquer equipe.

“A expectativa é muito boa. Estamos todos ansiosos para a disputa desse torneio tão importante, dessa dimensão. Nós temos atletas experientes, rodados e estamos bem confiantes para fazer uma boa competição. Se tudo der certo vamos trazer esse caneco, sabemos que é difícil mas estamos no mesmo nível de todas as equipes”, afirmou Marcio.

O Timão sub 17 estreia neste domingo (24) contra o Atlético de Madrid (ESP), às 16h (horário de Brasília), com transmissão exclusiva da SporTV.







22/5/2015 13h24 -
Timão não renovará contratos de Emerson e Guerrero. Ambos não baixam pedida salarial

Guerrero tem contrato com o Corinthians até 30 de junho, mas não acertou prorrogação do vínculo (Ag. Corinthians)

A novela envolvendo a renovação contratual de Guerrero chegou ao fim com um desfecho triste para a torcida corintiana. O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, anunciou nesta quinta-feira (22 de maio) que o centroavante não renovará seu vínculo com o clube. O peruano tem contrato com o time do Parque São Jorge até 30 de junho.

“Está difícil de chegar a um consenso com o atleta e com o agente, todos queriam que o Guerrero ficasse. Ele está no direito de pedir o que quiser. Temos um limite, como todas as empresas têm”, disse Roberto de Andrade, em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, afirmando que a questão financeira é o principal motivo para que as partes não chegassem a um acordo.

“O único motivo de não fazer a renovação é questão financeira, é só isso. Falamos muito nos últimos meses, a negociação nunca ficou parada, falo com o Bruno (Paiva, empresário) várias vezes durante a semana. Eu entendo o lado do atleta, que tem 31 anos. É o último contrato da vida, todo mundo quer fazer mais caprichado. Sinto como torcedor, como presidente, mas não podemos pagar”, afirmou.

Mesmo com a saída do principal homem do setor ofensivo, Roberto de Andrade disse que o time seguirá na briga por títulos na temporada. Líder do Campeonato Brasileiro, o clube deverá passar por uma reformulação em seu elenco no decorrer do torneio. Para o presidente do Timão, no entanto, este fator não deve abalar a equipe.
orte e continuará na busca pelo título brasileiro. Vamos dar um passo para trás, mas o time não ficará mais fraco, o Corinthians vai sim se fortalecer, mas precisamos enquadrar os números na nossa realidade”, garantiu.

O empecilho para um novo acordo com Paolo Guerrero foi a questão financeira. O jogador de 31 anos, que chegou em 2012, exigia salários de R$ 500 mil mensais e cerca de 7 milhões de dólares (aproximadamente R$ 22 milhões), além do pagamento de vencimentos atrasados para formalizar a prorrogação do contrato.

Além de Guerrero, Roberto de Andrade confirmou também a não renovação de contrato de Emerson Sheik, o atacante de 36 anos deixará o clube após o fim do vínculo atual, em 31 de julho.

“Agradecemos ao Sheik por tudo que fez, resolveu grandes jogos, jogos que entraram para a história. Foi pouco falar que ele fez apenas dois gols. Representou muito ao grupo, ao Corinthians, só tenho de agradecer”, disse o presidente do clube.











Corinthians trabalhará Vagner Love fisicamente por 15 dias para tê-lo 100%. Fica 2 jogos afastado

22 MAI2015
12h31
atualizado às 12h45


O Corinthians põe centroavante Vagner Love para fortalecimento e recuperação física nos próximos 15 dias.

A informação foi confirmada pelo técnico Tite, em entrevista coletiva, nesta sexta-feira: "nos próximos 15 dias queremos trazer o Love para o mesmo físico do grupo, para que ele tenha um desempenho melhor tecnicamente. Ele não teve pré-temporada e está abaixo dos demais fisicamente", afirmou o técnico, lembrando que o atacante saiu do Shandong Luneng em fevereiro.

Vagner Love até cuidou da parte física separadamente quando chegou, mas não foi o suficiente. Tite explicou por que resolveu repetir isso agora: "antes eu o tinha (em campo) por menos tempo, mas havia a necessidade. Agora, o Guerrero vai jogar mais duas partidas e, depois, segue para a Copa América. Vai abrir a vaga e quero ter o Vagner Love em sua plenitude".

A princípio, Vagner Love ficará fora de dois jogos do Corinthians,"Vamos aguardar, mas o planejamento é para os 15 dias e aí daria a volta no dia 3 de junho. Mas é algo que pode mudar com a resposta dele", esclareceu Tite.









Corinthians fará trabalho de recuperação física em Vagner Love e ele fica fora de 2 jogos



Luiz Ricardo Fini

22 MAI2015
12h36
atualizado às 12h49

O atacante Vagner Love não será relacionado pelo Corinthians para a partida contra o FluminenC e deve ficar fora também contra o Palmeir2as, por opção da comissão técnica. Nesta sexta-feira, Tite explicou que o jogador precisa de um tempo de trabalhos especiais, para atingir a "plenitude" no momento em que Guerrero for para a Copa América.

"Vou direto ao assunto. Ele não teve pré-temporada e está em um nível físico abaixo dos demais. Vamos usar os próximos 15 dias para trazê-lo a um nível físico igual ao dos outros atletas", explicou o treinador.

"Não foi feito antes pela necessidade dos jogos. Eu o tinha (em campo) por menos tempo, mas havia a necessidade. Agora, o Guerrero vai jogar mais duas partidas e, depois, segue para a Copa América. Vai abrir a vaga e quero ter o Vagner Love em sua plenitude. Se não foi pela necessidade (que adiou o trabalho especial), foi porque erramos, mas não poso responder especificamente", comentou.

Tite explicou que o jogador já está fora dos relacionados para o compromisso do Corinthians contra o Fluminense, domingo, no Maracanã. A ideia é deixá-lo afastado também da partida

 Corinthians x Palmeir2as, no fim de semana seguinte, para colocá-lo em campo dia 3 de junho.

Porém, o prazo pode ser mudado dependendo da forma como o jogador corresponder. "Vamos direcionar alguma situação e ele pode dar a resposta. Mas, para este domingo, não dá", completou
.


13:06 Fim da coletiva de Roberto de Andrade! Obrigado pela audiência de todos vocês!!!

13:01 "É difícil quando se passa por dificuldade financeira sozinho, se você oferece pouco e outros pagam muito é complicado. Não precisamos pagar menos do que ninguém, mas também não podemos pagar mais do que ninguém e não conseguir cumprir"

12:59 "Não existe nada para Petros nem para ninguém, apenas para o Cassini, que é uma proposta oficial. São comentários apenas, oficialmente não tem nada para ninguém. Rodriguinho não tem nada decidido também"

12:58 "Futebol é dinâmico, tem de repôr (Guerrero e Sheik). A reposição não será do mesmo nível salarial, mas não vamos nos enfraquecer, virão outros, é assim... o que temos de ter é um valor de folha melhor, num todo de um clube"

12:56 "Também isso (sem bilheteria do estádio), ela representa 35 milhões por ano. Outros valores não compõe mais, a economia está complicada, temos de enquadrar à realidade para cumprir nossas obrigações"

12:56 "Ele (Sheik) não nos procurou, o Corinthians não se opõe, sempre o ajudará. Se pintar alguma oferta antes, ele seria liberado normalmente"

12:54 "É uma soma...tem um emprego de 30 mil reais e tem uma vida compatível aos 30 mil. Depois, com 10 mil reais, você não pode conviver com a mesma vida de 30 mil. Quando trouxemos o Pato, a gente tinha condição. O que aconteceu de 2013 para cá, foi o que nossa receita encolheu. Irresponsabilidade não foi, perdemos receita. Temos de viver com a realidade"

12:53 "Isso não compete nem interessa a mim, não envolve valores nem tem de colher assinaturas nossas"

12:53 O meu compromisso é com o Corinthians, é com a torcida, fiz uma promessa, modo de dizer...temos de consertar o Corinthians, isso passa por cicatrizes, peço o apoio do torcedor"

12:52 "(torcida apoiando diretoria a não renovar com Guerrero) Eu agradeço ao torcedor que está entendo...não vai existir o Corinthians amanhã se não cuidar do Corinthians do hoje, em algum momento isso teria de acontecer."

12:52 "(Guerrero) Pelo que estou sentindo, eu não vou afirmar que é difícil pensar com a cabeça dos outros, o contrato vai até o meio de julho, é bem difícil que ele mude os números até lá, por isso eu acho difícil que ele mude"

12:49 "(Matheus Cassini) A proposta chegou, mas não queremos fazer. Estamos falando com o atleta, com os agentes. A proposta do Palermo existe, não posso falar que vai ou que fica"

12:47 "Corinthians vai dar um passo para trás, mas não ficará mais fraco, Corinthians vai sim se fortalecer, mas precisamos enquadrar os números na nossa realidade"

12:46 "Carinho ele sempre teve aqui, mas carinho não paga conta. Andrés é mais claro do que eu sou, ele fala o que pensa, ele é mais objetivo, não mudou nada o que ele falou. Quando ele falou aquilo, a situação estava praticamente estava decidida"

12:46 "Sentiremos a falta dele (Guerrero), mas o Corinthians é muito grande e continuará muito forte e continuará na busca pelo título brasileiro"

12:44 "O único motivo de não fazer a renovação é questão financeira, é só isso. Falamos muito nos últimos meses, a negociação nunca ficou parada, falo com o Bruno várias vezes durante a semana, eu entendo o lado do atleta, que tem 31 anos. É o último contrato da vida, todo mundo quer fazer mais caprichado. Sinto como torcedor, como presidente, mas não podemos não pagar"

12:43 "Não demos salário para ninguém, devemos parte do direitos e algumas premiações. Não estou certo em dizer que o Corinthians não está certo de ficar atrasado com os direitos, mas não é salário"

12:43 "O Corinthians não fará loucura, nenhuma irresponsabilidade, chega de contratar, prometer e não cumprir. É simples aceitar a proposta do Guerrero, não seria uma proposta que não seria à vista, mas não temos como assumir enquanto não arrumar a situação financeira. Enquanto eu estiver aqui vou lutar para isso não acontecer de novo"

12:42 "(sobre a renovação de Guerrero) Está difícil de chegar a um consenso com o atleta e com o agente, todos queriam que o Guerrero ficasse. O mais provável é que ele não fique, ele não é mercenário, ele está no direito dele de pedir o que querer, temos um limite, como todas as empresas têm limite"

12:38 "Agradecemos ao Sheik por tudo que ele fez, resolveu grandes jogos, jogos que entraram para a história, mas enfim...foi pouco falar que ele fez apenas dois gols, ele representou muito ao grupo, ao Corinthians, só tenho de agradecer"

12:36 Roberto de Andrade: "Falei com o Sergio Janikian, ele não está bem e pediu para sair, é uma pessoa do bem, não quer trazer transtorno. Ele não é mais diretor de futebol do Corinthians"

12:25 Presidente Roberto de Andrade está a caminho da sala de imprensa. Em instantes, começará a coletiva...


12:10 Assessoria de imprensa do Corinthians ainda não confirmou quando iniciará a coletiva do presidente Roberto de Andrade. Jornalistas seguem no aguardo (rsrs chá de cadeira)...





coletiva de Tite, no Corinthians:
12:09 Fim da entrevista coletiva de Tite! Daqui a pouco, Roberto de Andrade falará na sala de imprensa. Aguardem!!!
12:07 Tite: "Sim, isso é grandeza (sobre o acordo para não estourar os sete jogos), encaramos ela de frente. Ele (Emerson) fará o último jogo diante do torcedor, dá para ser claro. Equipe campeã que chega na frente e é campeã é aquela que se estrutura e fortalecer dentro do campeonato"
12:07 Tite: (Rodriguinho volta?) "Não sei, o que eu posso dizer é que o treinador tenta potencializar todos os atletas"
12:05 Tite: "Coloquei ao Guerrero na frente dos demais atletas, é a minha verdade, coloquei a do Emerson, coloquei a do Edilson e a do Fagner, mas como é bom ter dois nesse nível, o bom momento do Bruno Henrique... o que eu falo aqui eu falo aos atletas, com palavrões, como ex-boleiro o papo é diferente lá, não é formal como aqui, não (risos)"
12:04 Tite "O grande momento dos atletas (jovens) é o Paulista, não estou sendo oportunista, sempre falei isso no início. A exigência técnica e emocional no Brasileiro são fortes. Isso quer dizer que eu não posso colocar os meninos? Não, não é isso. Mas é diferente colocar no Estadual e no Brasileiro"
12:02 Tite: "Eu não tenho exatamente a data, a situação, a necessidade do momento de buscarmos, a necessidade dos jogos, agora vamos ter o Guerrero por dois jogos, depois ele vai para a Copa América e quero ter Vagner Love em sua plenitude"
11:58 Tite: "Quando eu falei da parte tática, eu assumo, é da minha competência. É da parte tática e técnica do atleta, domínio é dos atletas. Eu falo para eles isso, deixo claro. A parte física também está inserida, a ideia de futebol não muda, a marcação pode ser agressiva alta ou baixa, essa ideia não muda. A equipe não ficará com a bunda lá atrás"
11:56 Tite: "Emerson tem uma grande história no clube, o torcedor saberá responder isso (sobre a percepção que fica) no último jogo"
11:55 Tite: "Me parece que a inscrição no Brasileirão é inserida com o contrato, já é feita. Emerson, sim. A utilização até o último dia, com a ressalva de ele não iniciar os jogos, mas colocar durante os jogos? Sim, eu não tenho dúvida de fazer. No último jogo dele? Sim, de colocar ele desde o início, se for importante para ele e para o Corinthians, eu guardo essa carta na manga"
11:53 Tite: "É recondicionar os atletas, é o aspecto técnico dos atletas, falei para os atletas? Sim. Aspecto emocional? Sim. É uma reconstrução"
11:52 Tite: "Quando a gente fala em planejamento, presume uma resposta que pode ser boa e volte antes, mas seriam os 15 dias dele fora, contra Fluminense, sim. Vamos aguardar, mas o planejamento é para os 15 dias, aí daria a volta contra o Grêmio. Mas é algo que pode mudar com a resposta dele"
11:50 Tite: "Oportunidades, desafios... a gente sempre fala.... a cada seis meses há reestruturações nas equipes, é uma oportunidade de reestruturar o esquema tático, de uma possível volta do 4-3-3, tomara a gente consiga o mesmo futebol do início, avaliação do trabalho, não do resultado. É desafiador reestruturar, é do jogo"
11:49 Tite: "Falei com Paulinho e o Castán... (sobre conselho a Cassini). Dentro de todas as opções te guia, pega o coração e a cabeça, não te guia por dinheiro. Toda vez que se decide por dinheiro é o inverso, isso é sempre o inverso ao aspecto profissional
11:47 Tite: "Aspecto financeiro foge do treinador, é buscar opções, remontagem de equipe, reestruturações. Emerson e Guerrero estão terminando contrato, eu reuni com Guerrero e disse: 'Não sei se você ficará ou não, mas precisamos de você comprometido com a gente, com a equipe e com o grupo'. Assim como o Emerson, enquanto tiver com a gente"
11:46 Tite: "Tá louco? (sobre todos os jogadores que podem ser negociados ou não renovar). Já tenho de reestruturar a equipe taticamente, tenho de dar atenções para dentro de campo, não sou manager, não sou esse cara. Minha hierarquia não permite, tem gente acima de mim, todo mundo tem sua parcela e dá seu aval. Eu nunca falo quem merece ganhar mais ou menos"

11:44 Tite: "Eu falei com várias pessoas, inclusive com o Cassini. Está fora da minha alçada. Sinceramente é injusto comparar com Marquinhos, ele jogou contra o Palmeiras de volante, só por comparação. Emerson será falado pelo presidente, foi falado diretamente com o atleta, de forma respeitosa, como ele merece"
11:44 Tite: "É difícil, para pontuar as situações com eles (jogadores) ou com a direção, ela me foge, ver projeções e situações...o presidente falará sobre isso, tem uma alçada superior. Eu não protejo ninguém, nem meus filhos. Sou leal, sou franco, posso até estar errado. Mas não peco por falta de lealdade."
11:41 Tite: "Falamos eu, Vagner Love, direção e Fábio. Love não teve pré-temporada, está abaixo dos demais. Nos próximos 15 dias, ele estará trabalhando para ter uma condição melhor"
11:39 Tite: "Atenção ao nosso trabalho, desde o início da semana. Eu defino a escalação amanhã. Edu Dracena e Felipe, eu chamei eles na minha sala. Eu busco o melhor momento de cada um, Felipe machucou, Edu manteve o dele e o momento é dele"
11:39 Bom dia! Tite está na sala de imprensa. Treinador falará antes do presidente Roberto de Andrade.












Corinthians obteve 500ª vitória em Campeonatos Brasileiro no sábado
Com gol de Fábio Santos, o Timão bateu chapecoense por 1 a 0 na Fonte Luminosa, em Araraquara-SP, no último sábado (16)
12h 22/05/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Timão venceu o jogo de número 500 no Brasileirão


A vitória sobre o Chapecoense, no último sábado (16), ficará marcada na história do Corinthians. O triunfo por 1 a 0 na Fonte Luminosa, em Araraquara-SP, foi o 500º do Timão em todas as edições do Campeonato Brasileiro.

A primeira vitória no Brasileirão aconteceu na primeira edição, em 1971. No dia 07 de agosto, o Alvinegro superou o Santa Cruz por 4 a 1 na Ilha do Retiro, no Recife-PE, com gols de Rivellino, Tião, Vaguinho e Mirandinha.

No total, o Corinthians jogou 1.183 partidas em todas as edições da competição nacional. Além das 500 vitórias, são 351 empates e 332 derrotas, com 1.558 gols feitos e 1.259 sofridos.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.

Arbitragem definida para jogo do Corinthians no Rj, pelo Brasileirão, contra o flu
10h 22/05/2015 - FutebolAgência Corinthians


Neste domingo (24), o Corinthians visita o Fluminense no Maracanã, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2015, às 16h. O árbitro da partida será Héber Roberto Lopes. A última vez em que o juiz trabalhou em uma partida do Timão foi em julho de 2014, no empate sem gols com o Vitória-BA, em Salvador.

Alessandro Rocha de Matos e Fabrício Vilarinho da Silva serão os auxiliares, enquanto João Batista de Arruda atuará como quarto árbitro e Sérgio Cristiano Nascimento, como delegado.

Confira a arbitragem de Fluminense x Corinthians

Árbitro: Héber Roberto Lopes - SC (FIFA)
Árbitro Assistente 1: Alessandro Rocha de Matos - BA (FIFA)
Árbitro Assistente 2: Fabrício Vilarinho da Silva - GO (FIFA)
Quarto árbitro: João Batista de Arruda - RJ (CBF-1)
Delegado: Sérgio Cristiano Nascimento - RJ (ASS)


CORINTHIANS TREINA SEM FAGNER GRIPADO LUCIANO CONTUSÃO COXA E VAGNER LOVE EM RECUPERAÇÃO FISICA, TRABALHO ESPECIFICO NA ACADEMIA , VOLTARÁ PÓS 2 JOGOS 








RETROSPECTO CORINTHIANS X fluminense todos os jogos da história: 28v 23e 23d 91gp 83 gc
segundo futpédia http://futpedia.globo.com/confronto/fluminense-x-corinthians#/anoInicio=1933/anoFim=2014/campeonato=-1/agregador=-1


Filtro escolhido: 
Corinthians contra fluminenc em brasileiros:

47j 17v 16e 14d 50gp 46gc 4sg

http://www.todopoderosotimao.com/











Corinthians @Corinthians


Alô, Rio de Janeiro! Domingo chegaremos mais uma vez! #VaiCorinthians



Presidente do Corinthians concederá entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava. 
LANCEPRESS! - 22/05/2015 - 09:00

Roberto de Andrade dará coletiva nesta sexta

O presidente Roberto de Andrade falará em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, o mandatário do Corinthians assumirá as responsabilidades para explicar as situações de Guerrero e Emerson Sheik, cujos contratos acabam no meio deste ano.

O dirigente assumiu sozinho as negociações pela renovação do peruano e deve sair da sua boca a proposta a ser feita. Em discursos passados, já ficou claro que ele não vai oferecer os R$ 18 milhões de luvas pedidos. 








Treino do Timão tem papo de Tite com meia Matheus Cassini e ausências de lateral direito Fagner e meia Jadson
Treinador do Corinthians conversa com garoto da base, que está perto de fechar com o Palermo (ITA), após o aquecimento. Lateral e meia não vão ao campo e viram dúvida

Rodrigo Vessoni - 22/05/2015 - 10:52

Guerrero viajará com Corinthians (Foto: Miguel Schincariol/LANCE!Press)

Na manhã desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, o elenco do Corinthians realizou o penúltimo treinamento antes do duelo com o Fluminense, que acontecerá neste domingo, às 16h, no Maracanã, pela terceira do Brasileirão. E com duas baixas. O lateral-direito Fagner, com forte gripe, e o meia Jadson, que sente dores no músculo adutor da coxa esquerda, não foram a campo e são dúvida para o confronto no Rio de Janeiro - primeiro tem mais chance.

O técnico Tite comandou um trabalho descontraído com os jogadores, que fizeram o popular rachão, sem a divisão de titulares e reservas. Emerson Sheik e Vagner Love, que não foram a campo no trabalho de quinta-feira, participaram normalmente com seus companheiros. Ambos podem não ser relacionados para o jogo

O goleiro Cássio deu um susto no início do treinamento dos goleiros. Ele deixou o gramado, foi para a parte interna do CT e, minutos depois, retornou para a atividade com seus companheiros e o preparador Mauri Lima. De acordo com a assessoria de imprensa, a ausência foi consequência de um incômodo que o camisa 12 ainda sente no quadril. O arqueiro não deve ser problema para o duelo com os cariocas.

O Corinthians que iniciará domingo deverá ter a seguinte formação: Cássio; Fagner (Edilson), Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros e Renato Augusto (Danilo); Mendoza e Guerrero. O confronto no Maracaná, aliás, poderá ser um dos últimos do peruano com a camisa do Timão, já a renovação de seu contrato é difícil de ser concluída.

RESENHA COM MATHEUS CASSINI
Após o aquecimento, o técnico Tite conversou com alguns minutos com Cassini, jovem da base que negocia sua transferência para o Palermo, da Itália. O bate-papo foi realizado reservadamente, certamente, sobre qual foi a decisão tomada na noite anterior. Um jantar com familiares e empresários seria decisivo para a transferência de Cassini para o futebol italiano. O Corinthians tenta reverter a situação após a revolta dos torcedores nas redes sociais, mas seus empresários pedem um salário compatível ao que o jovem ganhará na Europa, de cerca de R$ 100 mil. O clube não dará todo esse valor a ele por mês.







CORINTHIANS MUDARÁ DE ATITUDE E APROVEITARÁ CAMPEÕES DA COPINHA JRS: CONFIRA O S CAMPEÕES E SEUS APROVEITAMENTOS NO CLUBE
Campeões da Copinha têm sido pouco aproveitados no time profissional do Corinthians (Foto: GloboEsporte.com)


O Corinthians fará neste sábado, 23, uma assembleia geral para votar mudanças em seu Estatuto para que possa captar verba através da Lei de Incentivo ao Esporte e de loterias via Confederação Brasileira de Clubes (CBC). Entre as alterações estão o acompanhamento da apuração dos votos nas eleições por candidatos e imprensa, e a proibição de parentes de até 2 grau de sucederem o presidente do clube.







CORINTHIANS PREPARA PROPOSTA FINAL PELO CENTROAVANTE GUERRERO E CRÊ QUE 40% DAS PROPOSTAS MOSTRADAS PELOS SEUS PROCURADORES É BLEFE. ANDRÉ HERNAN SPORTV

Centroavante Vagner Love, trabalha na academia para melhoria física, não foi a campo no treino de quinta-feira e pode não viajar ao Rio para defender o Corinthians



Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni - 22/05/2015 - 07:15 

Vagner Love pode não viajar ao Rio de Janeiro (Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians)

O Corinthians treinou na tarde de quinta-feira no CT Joaquim Grava com ausência de 3 jogadores: Luciano, que se recupera de uma lesão muscular, Emerson Sheik, que aguarda uma definição do seu futuro, e Vagner Love. Este último, de acordo com a assessoria de imprensa do clube, devido à realização de trabalhos específicos de reforço muscular.

A ausência do camisa 31 chama atenção, já que desde que foi substituído contra o Cruzeiro, a 28 minutos do término da partida, em Cuiabá, ele não entrou mais em campo. Na partida contra o Guaraní (PAR), na Arena, foi preterido pelo técnico Tite, que optou por levar Romero para a reserva. No último sábado, contra a Chapecoense, permaneceu entre as opções no banco e viu Bruno Henrique, Petros e Sheik serem colocados na segunda etapa.


Caso ele não seja relacionado contra o Fluminense, algo que pode acontecer devido à ausência no treinamento tático com bola na tarde de quinta, Vagner Love chegará a 300 minutos fora de campo. O que chama atenção é exatamente todo esse período de ausência. Para um jogador que é visto por alguns como ainda longe da forma ideal, tanto tempo de trabalho físico e técnico já não foi suficiente? Por que não colocá-lo em campo para que, com a sequência de jogos, essa falta de ritmo de jogo seja minimizada? São perguntas que poderão ser respondidas no treino desta sexta-feira, pela manhã.

Em tempo: O Corinthians está com dificuldade para a renovação do contrato do centroavante Guerrero. Com isso, Vagner Love será a principal opção para a posição de centroavante no elenco de Tite deverá utilizá-lo com mais frequência.














Fiel elege os cinco gols mais bonitos do Timão na Arena Corinthians pelo Facebook
Os mais votados serão exibidos no telão do estádio no dia do jogo Corinthians x palmeir2as, pelo Brasileirão 2015, na comemoração de um ano da inauguração
- Redes SociaisAgência Corinthians
© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansGol de Elias em Corinthians 2x0 5P pela Libertadores da América 2015 está na lista

A Arena Corinthians vai celebrar o primeiro aniversário no telão antes e durante o próximo jogo do Corinthians em casa, contra o Palmeiras, no próximo domingo (31), pelo Campeonato Brasileiro 2015. Serão exibidos os cinco gols mais bonitos do Timão marcados no estádio, eleitos pela Fiel no Facebook.

Para participar da enquete, basta entrar naconta oficial do Alvinegro no Facebook e escolher o gol preferido entre os 10 citadosneste post.

Na lista, estão os seguintes gols:

Elias em Corinthians 4x0 Once Caldas-COL (Libertadores da América 2015)

Elias em Corinthians 2x0 5P (Libertadores da América 2015)

Emerson em Corinthians 5x3 Penapolense (Paulistão 2015)

Fabio Santos em Corinthians 2x1 Criciúma (Brasileirão 2014)

Guerrero em Corinthians 3x2 5P (Brasileirão 2014)

Guerrero em Corinthians 4x0 Danubio-URU (Libertadores 2015)

Jadson em Corinthians 1x1 Botafogo (Brasileirão 2014)

Jadson em Corinthians 3x0 Mogi Mirim (Paulistão 2015)

Mendoza em Corinthians 2x2 palm (Paulistão 2015)

Renato Augusto em Corinthians 3x1 Bragantino (Copa do Brasil 2014)

Curta a página oficial do Corinthians no Facebook e participe!

https://www.facebook.com/corinthians?fref=ts




#EnqueteDaFiel

No jogo do próximo dia 31, em Corinthians x palmeir2as, a Arena Corinthians vai celebrar o primeiro aniversário no telão. A Fiel Torcida poderá escolher cinco dos 10 gols da enquete. Os vídeos serão exibidos no telão do estádio.

Os torcedores podem votar até às 12h de segunda-feira (25).

https://www.facebook.com/questions/916942115011648/?qa_ref=pp







IMPRENSA ITALIANA SEGUE ESPECULANDO QUE CORINTHIANS POSSA TER PROPOSTA DA INTERNAZIONALE DE MILÃO PELO ATACANTE ALEXANDRE PATO 
Alexandre Pato Inter ? A missão do diretor esportivo brasileiro Piero A ajuda pode ter reacendido as ambições da Inter de Milão para o primeiro, atualmente de propriedade do Corinthians , mas emprestado

O ' pato ' , como se mostra na ' Gazzetta dello Sport " , a alternativa seria a de perder Dybala para dar Mancini segundo avançado capaz de qualidade . O nó é a cláusula de rescisão de 10 milhões, mas não desembrulhou acordo 7 .



Alexandre Pato all'Inter? La missione brasiliana del direttore sportivo Piero Ausilio potrebbe aver riacceso le mire dei nerazzurri per l'ex Milan, attualmente di proprietà del Corinthians ma in prestito

Il 'Papero', come evidenzia la 'Gazzetta dello Sport', rappresenterebbe l'alternativa al colpo mancato Dybala per regalare a Mancini una seconda punta in grado di qualità. Il nodo è la clausola rescissoria da 10 milioni, ma non è da scartare un'intesa a 7.









CORINTHIANS HOJE
22/05 - Sexta-feira

9h30 - Treino no CT Dr. Joaquim Grava