13 de mai de 2015

CORINTHIANS 13/05/2015



Tite se diz frustrado com tantas expulsões e descarta mudanças drásticas no Corinthians
Treinador do Timão reconheceu erros da equipe, mas rechaçou qualquer tipo de reformulação forçada diante do revés para os paraguaios nas oitavas de final


LANCEPRESS! - 14/05/2015 - 01:18

Tite reconhece erros da equipe e garante que não houve menosprezo (Foto: Nelson Almeida/AFP)

O técnico Tite admite que o Guaraní (PAR) foi superior e mereceu a vaga às quartas de final, segundo o próprio treinador do Timão. O comandante do Timão, porém, lamentou o excesso de expulsões no torneio sul-americano - foram seis vermelhos em oito jogos.

– O Guaraní foi melhor, mereceu se classificar, Tem um quê de frustração minha, sim. Tenho muito orgulho (de ver sua equipe jogando com fair play), não é o nosso normal, não é o meu normal, não é o normal da equipe – declarou o comandante em entrevista concedida na Arena Corinthians, sobre tantas expulsões na Libertadores.

O comandante do Timão garantiu que não houve menosprezo ao Guaraní. Mesmo diante das declarações do diretor de futebol Sérgio Janikian e do atacante Vagner Love, Tite rechaçou qualquer tipo de situação nesse sentido.

- Soberba não teve e não tem porque não conquistamos títulos. A gente nunca se alto proclamou o melhor, cresceu muito rápido, baixou e agora é ter maturidade, não vejo ostentação. Outros erros pode ser, mas ostentação, não - garantiu.

-  não tem jogo fácil, uma informação quando eu falo é verdade, não minto. Eu falei que achava que era o Atlético, quero estar com meu travesseiro leve, nisso está em não menosprezar o adversário. Pegamos um dia errado,0. E depois acaba o que aconteceu, margem de erro tem de ser mínima - completou.
Tite descartou mudanças drásticas. Na opinião do treinador, agora é hora de aprender com os erros.

– Reformulação? Temos de ter cuidado, futebol não é assim, tem estruturação, maturação, construção da equipe é de erros e acertos, o que deixa mais chateado é que a gente queria dar ao torcedor essa alegria, mas é saber tomar as pancadas, gemer e suportar as críticas – explicou.

Ao Corinthians de Tite, resta o Campeonato Brasileiro e, a partir das oitavas de final, a Copa do Brasil. Neste sábado, a equipe vai até Araraquara (SP) enfrentar a Chapecoense pela segunda rodada do Nacional.















Renato Augusto cita expulsões para explicar situação
 Timão chega a oito cartões vermelhos na atual temporada e já supera marca do ano passado inteiro



LANCEPRESS! - 14/05/2015 - 00:29
Os  jogadores do Timão creditaram o excessivo número de expulsões como um dos responsáveis pela queda de desempenho da equipe.

No fatídico duelo contra o Guaraní, a equipe de Tite teve dois jogadores expulsos: Fábio Santos e Jadson (ambos por entradas violentas). O fato vai de encontro à filosofia pregada pelo próprio treinador: o jogo limpo.
– A gente vem sofrendo muito com expulsões. Isso é uma coisa que o Tite costuma cobrar muito, jogar limpo e terminar com 11 em campo. Foram várias expulsões na competição – destacou o meia Renato Augusto, ainda na saída do gramado.

Ao todo, o Corinthians já soma oito cartões vermelhos na atual temporada (no ano passado inteiro, foram sete). Pelo Campeonato Paulista, os advertidos foram Gil e Cássio; pela Libertadores, Fábio Santos (2), Emerson Sheik, Jadson, Mendoza e Guerrero.

Em tempo: expulsões significaram mais do que um jogo de suspensão, em alguns casos, para o Corinthians. Na Libertadores, por exemplo, Guerrero (por expulsão na primeira partida, contra o Once Caldas) pegou três jogos de gancho da Conmebol. Emerson Sheik (por cartão vermelho tomado na última rodada da fase de grupos, contra o São Paulo), foi penalizado com a mesma punição.


– Fomos muito mal no primeiro jogo. Ficamos sem dois jogadores agora, perdemos e fomos eliminados. Não adianta colocar culpa em outro. Todos têm as suas parcelas de culpa. Vamos pensar daqui para frente – completou o goleiro Cássio.

A próxima partida do Corinthians está marcada para a noite deste sábado, contra a Chapecoense, em Araraquara (SP), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.











Danilo espera “assimilar o golpe” e culpa atuação no Paraguai por adeus


14 MAI2015
01h11

Um dos jogadores mais experientes do elenco do Corinthians, o meia Danilo tentou manter a cabeça erguida  na noite desta quarta-feira. Com a experiência de quem já venceu a Libertadores pelo próprio Alvinegro, o jogador culpou a atuação no primeiro jogo como determinante para o adeus no torneio.

"É difícil de falar, mas Libertadores é assim. Para chegar às finais, você tem que jogar muito bem fora de casa. No primeiro jogo, nossa equipe não foi bem e acabou tomando os gols. Na partida de hoje (quarta) aqui, quando o gol não sai no início, acaba complicando, porque eles se fecham mais e vem a pressão, criando mais dificuldades", afirmou.

"Vamos continuar trabalhando, porque não adianta lamentar mais. Temos de assimilar o golpe e voltar bem ao Brasileiro", declarou o meio-campista, que entrou no intervalo da partida, no lugar de Malcom.

O Corinthians já volta ao Brasileirão no sábado, às 21 horas (de Brasília), para enfrentar a Chapecoense. O jogo está agendado para a Fonte Luminosa, em Araraquara, já que o Alvinegro foi punido pelo STJD por conta de problemas no ano passado.




Corinthianos ve que mal futebol foi motivo do resultado
Cássio não vê 'vexame' no tropeço diante do Guaraní dentro da Arena Corinthians, enquanto Renato Augusto relembra boa campanha na primeira fase do torneio
LANCEPRESS! - 14/05/2015 - 00:15
Cássio e Renato Augusto, líderes do Timão dentro e fora de campo, rechaçaram que atrasos atrapalharam o time na competição.
- Não é vexame. Perdemos para uma equipe que jogou bem e soube se comportar dentro e fora de casa. Não fomos arrogantes, ninguém aqui achou que ia ganhar fácil do Guaraní. Jogamos mal e fomos eliminados - explicou Cássio.
- A questão financeira não influenciou, até porque isso (atrasos no pagamento de direitos de imagem) vem acontecendo desde o ano passado. Fomos bem na primeira fase e classificamos em primeiro no grupo da morte - completou Renato Augusto.
A dívida do Corinthians com parte do elenco é de aproximadamente R$ 20 milhões. A diretoria alvinegra obteve a pré-aprovação de um empréstimo para sanar as pendências com o elenco até quinta-feira.. O clube também deve premiações








Corinthians sai da Libertadores da América 2015
LANCEPRESS! - 14/05/2015 - 00:01

 Na noite desta quarta-feira, na volta, faltaram cabeça e tranquilidade para  o Corinthians tirar a diferença. Com raça, mas pouca inspiração e dois atletas a menos – Fábio Santos e Jadson foram expulsos no segundo tempo –, a equipe de Tite perdeu para o Guaraní (PAR) por 1 a 0, na Arena Corinthians, vendo o oponente alcançar assim uma histórica vaga nas quartas da Libertadores. Fim da invencibilidade do Timão no estádio (32 jogos) e no torneio sul-americano como mandante (20 partidas).

  • Um resultado conquistado de forma relativamente tranquila pelos paraguaios. Os primeiros 45 minutos foram de um Corinthians no ataque e de um Guaraní na defensiva, sabedor de que tinha a vantagem de dois gols a seu favor. A equipe de Tite partiu para cima logo de cara, na tentativa de sufocar o adversário, para tirar espaço e a calma na saída de bola do adversário.










Corinthians sai da Libertadores (Fotos: Ari Ferreira, Fernando Roberto e Reginaldo Castro)



As chances de gols foram criadas. A equipe de Fernando Jubero se limitava a marcar, não tinha saída para o contra-ataque nem com Benítez nem com Santander, responsável por alguns pivôs, mas sem criar nada que causasse preocupação ao Timão. O ritmo frenético da equipe de Tite, como não poderia ser diferente, caiu. O Corinthians passou a tocar a bola. Na melhor chance, Guerrero saiu cara a cara com Aguilar, mas chutou mal e facilitou. O peruano ainda não está 100% fisicamente. A mente pensa, mas o corpo não executa com eficiência.

No intervalo, Tite tirou Felipe e Malcom e colocou Danilo e Mendoza. Não dava para esperar mais, A equipe começou bem, mas Fábio Santos resolveu levantar demais a perna em dividida e deu motivo para o árbitro expulsá-lo. Com dez em campo, as coisas que já estavam complicadas, ficaram piores.

Mas a situação do Corinthians conseguiria ficar ainda mais difícil com outro cartão vermelho. Jadson deixou a equipe com nove. O panorama ficou impossível de ser revertido.E o Corinthians ainda levou gol no fim



FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 0 X 1 guarani

Local: Arena Corinthians
Data/hora: 13/5/15, quarta-feira, às 22h
Árbitro: Enrique Osses (Chile)
Assistentes: Marcelo Barraza e Christian Schiemann (ambos do Chile)
Renda/público: R$ 3.327.731,50 / 39.806 pagantes
Cartões amarelos: Guerrero, Jadson, Gil, Elias, Fagner (Corinthians); Mendoza, De La Cruz (Guaraní-PAR)
Cartões vermelho: Fábio Santos, aos 7'/2ºT; Jadson, aos 27'/2ºT (Corinthians)

GOL: Fernández, aos 46'/2ºT (0-1)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe (Danilo - intervalo), Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias (Bruno Henrique - 33'/2ºT), Jadson, Renato Augusto e Malcom (Mendoza - intervalo); Guerrero. Técnico: Tite.

guarani par: Aguilar; Maldonado, Cáceres e Patiño; Bartomeus, Palau, Mendoza, Juan Aguilar (Darío Ocampo - 33'/2ºT), De La Cruz e Benítez (González - 39'/2ºT; Santander (Fernández - 42'/2ºT). Técnico: Fernando Jubero.







ATUAÇÕES: Expulsos prejudicam o Corinthians


LANCEPRESS! - 14/05/2015 - 00:30

Expulso, Jadson foi um dos piores em campo (Foto: Reginaldo Castro/LANCE!Press)



CORINTHIANS

6,0
Cássio
Praticamente não tocou na bola. Não teve culpa no lance do gol. No outro chute perigoso do Guaraní, fez boa defesa.


6,0
Fagner
Conseguiu defender com eficiência e subir bastante ao ataque. Arriscou alguns bons dribles, mas faltou definir quando pôde.

6,5
Felipe
Defensor alvinegro cumpriu muito bem seu papel e anulou o artilheiro Santander. Quando foi ao ataque, quase fez um gol.

5,5
Gil
Também mostrou-se seguro atrás, não cometendo erros. No fim, acabou prejudicado pelas expulsões dos companheiros.

3,0
Fábio Santos
Fazia partida regular até ser expulso. O cartão vermelho é discutível, mas o jogador exagerou e deu motivo para tal.

6,0
Ralf
Fez o que sabe fazer: marcar e impedir contra-ataques. O rival, por outro lado, pouco atacou. Assim, ele não se destacou.

3,0
Jadson
Meia começou bem o jogo. Mas foi sumindo, sumindo e sumindo. No fim, perdeu a cabeça e deu baita prejuízo ao time.

5,0
Elias
Foi peça importante para anular as tentativas de subida do Guaraní. Deveria ter ousado mais como elemento surpresa.

6,5
Renato Augusto
Mostrou-se diferenciado. Inteligente, soube driblar, assistir colegas... Mas nenhum corintiano acompanhou seu raciocínio.

5,5
Malcom
Jovem começou elétrico pela esquerda, abrindo espaços e finalizando. Trocou de lado com Jadson e aí caiu de produção.

4,0
Guerrero
Cadê o homem-gol do Corinthians? Posicionou-se mal em diversos lances e, quando teve chance, "recuou" ao goleiro.

5,5
Danilo
Deu um toque de qualidade ao meio de campo, mas não conseguiu ser decisivo como de costume. Travou na retranca.

5,0
Mendoza
Começou parecido com Malcom, correndo e procurando jogo. Após expulsão de Fábio, recuou. E aí passou a jogar mal.


Bruno Henrique
Entrou no lugar de Elias já no fim do jogo. É volante. O time queria gols. O que poderia fazer? Não seria justo dar nota.

5,5
Tite
Fez substituições boas. Mas perdeu o controle do time. Dois atletas experientes expulsos por imaturidade é inadmissível.




14/05/2015 00h42

Atuações do Corinthians


Por Carlos Augusto Ferrari


CÁSSIO – GOLEIRO
Foi um mero espectador na maior parte do jogo. Sem culpa do gol no fim. Nota: 6


FAGNER – LATERAL-DIREITO
Liberado por Tite para atacar, foi bastante acionado na frente nos dois tempos. Até acertou bons cruzamentos, mas faltou qualidade técnica para se infiltrar pela defesa rival. Nota: 6,5


FELIPE – ZAGUEIRO
Recebeu a missão de marcar o centroavante  e conseguiu sem precisar de muito esforço. Saiu no intervalo para Tite avançar a equipe. Nota: 6


GIL – ZAGUEIRO
Não teve ninguém para marcar no primeiro tempo. Com a saída de Felipe no intervalo, passou a seguir o centrovante e não cometeu falhas na marcação. Nota: 6


FÁBIO SANTOS – LATERAL-ESQUERDO
Assim como Fagner, também teve liberdade para atacar. No entanto, quase não criou. No segundo tempo, deu uma entrada desnecessária em Santander e acabou expulso. Nota: 3,5


RALF – VOLANTE
Como de costume, correu muito, mas mostrou enorme dificuldade para acertar passes na saída de bola no primeiro tempo. Virou zagueiro na etapa final e não comprometeu. Nota: 5,5


ELIAS – VOLANTE
Nem de longe foi o jogador que a torcida se acostumou a ver, e o Timão sentiu falta disso. Teve chegadas discretas ao ataque e poucas vezes entrou na área como homem-surpresa. Nota: 5


JADSON – MEIA
Movimentou-se bem pelos lados para tentar criar, mas ficou muito longe da entrada da área, onde atua melhor. Um dos mais experientes do grupo, foi expulso ao acertar um tapa no rosto de Benítez. Nota: 3


RENATO AUGUSTO – MEIA
Foi o melhor do Corinthians no primeiro tempo, com muita disposição para fugir da marcação e qualidade na articulação das jogadas. Caiu um pouco de produção na parte final. Nota: 6,5


MALCOM – ATACANTE
Razoável nos 45 minutos em que esteve em campo. Pela esquerda, foi facilmente parado pela defesa paraguaia. Cresceu quando passou a jogar pela direita do ataque. Saiu no intervalo. Nota: 5,5


GUERRERO – ATACANTE
Não foi a noite do peruano, talvez uma de suas piores partidas com a camisa alvinegra. Perdeu uma chance clara no primeiro tempo, desperdiçou jogadas fáceis e esbarrou em uma defesa bastante sólida. Nota: 4,5


DANILO – MEIA
Foi a campo na vaga de Felipe após o intervalo para ajudar a equipe a colocar a bola por mais tempo no chão. Virou centroavante em alguns momentos e pouco produziu. Nota: 6


MENDOZA – ATACANTE
Entrou em substituição a Malcom para correr pelo lado esquerdo, mas foi prejudicado pelas expulsões. Nota: 6


BRUNO HENRIQUE – VOLANTE
Ocupou o lugar de Elias a dez minutos do fim numa última tentativa de Tite. Em nada alterou a partida. Nota: 6.










CORINTHIANS 0 X 1 guarani
Copa Libertadores da América- oitavas de final- jogo de volta
Local: Arena Corinthians
Data/hora: 13/5/15, quarta-feira, às 22h
Árbitro: Enrique Osses (Chile)
Assistentes: Marcelo Barraza e Christian Schiemann (ambos do Chile)
público40.239 presentes (39.806 pagantes e 433 não pag) Renda: R$ 3.327.731,50 /

Cartões amarelos: Guerrero, Jadson, Gil, Elias, Fagner (Corinthians); Mendoza, De La Cruz (Guaraní-PAR)
Cartões vermelho: Fábio Santos, aos 7'/2ºT; Jadson, aos 27'/2ºT (Corinthians)

GOL: Fernández, aos 46'/2ºT (0-1)

CORINTHIANS: 12-Cássio; 23-Fagner, 22-Felipe (20-Danilo - intervalo), 4-Gil e 6-Fábio Santos; 5-Ralf, 7-Elias (25-Bruno Henrique - 33'/2ºT), 10-Jadson, 8-Renato Augusto e 21-Malcom (15-Mendoza - intervalo); 9-Guerrero. Técnico: Tite. +1-Walter, 17-Edu Dracena, 2-Edilson, 14-Romero


guarani par: 12-Aguilar; 2-Maldonado, 5-Cáceres e 24-Patiño; 14-Bartomeus, 8-Marcelo Palau, 6-Mendoza, 20-Juan Aguilar (15-Darío Ocampo - 33'/2ºT), 17-De La Cruz e 7-Benítez (10-González - 39'/2ºT), 9-Santander (11-Fernández - 42'/2ºT). Técnico: Fernando Jubero. +  1Arza 22-Lezcano, 16-Contrera, 19-Gamarra



14/05/2015 00h12

Corinthians sai da Libertadores
Timão até que tenta pressionar o Guaraní, do Paraguai, mas perde força com as expulsões de Fábio Santos e Jadson no segundo tempo e toma gol nos acréscimos


Por GloboEsporte.com


O Corinthians saiu nesta quarta-feira da Libertadores-2015. Em um 0x1 para o Guaraní, do Paraguai , e saiu nas oitavas de final da competição.

O Corinthians teve a bola durante o tempo inteiro, mas errou todas as finalizações que tentou. O Guaraní manteve-se na defesa, mas sem afobação: não fez cera nem deu chutão. No segundo tempo, por causa de entradas bobas no meio de campo, Fábio Santos e Jadson foram expulsos, tornando a tarefa do time paraguaio ainda mais fácil. Fernández fez aos 46 do segundo tempo

Guerrero se prepara para tentar finalização cercado por jogadores do Guaraní na Arena Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)




O jogo


Empurrado pela torcida que lotou a aArena Corinthians (39.806 pagantes, com renda de R$ 3.327.731,50), o Corinthians entrou pilhado no primeiro tempo. Tanto que, logo no primeiro minuto, Guerrero tomou um cartão amarelo por causa de uma entrada de sola. Nos 20 primeiros minutos, a pressão foi consistente, com seguidas chances de gol, mas Jadson, Elias e Malcom pecaram nas finalizações.


Depois disso, o Timão continuou jogando na metade de ataque do campo, só que num ritmo mais lento. Como o Guaraní continuava fechado na frente de sua área, os corintihanos passaram a avançar pelas laterais, tentando cruzamentos em quase todas as jogadas. Perigo de novo só aos 36 minutos, quando Guerrero soltou uma bomba para Aguilar espalmar.


Tite voltou para o segundo tempo com duas mudanças ofensivas: Danilo no lugar de Felipe e Mendoza na vaga de Malcom. E o Timão partiu novamente para a pressão. Danilo jogava avançado, como parceiro de ataque de Guerrero. Mas essa formação durou pouco, pois Fábio Santos foi expulso logo aos sete minutos. O lateral-esquerdo corintiano levantou a perna em uma dividida com Santander, atingindo a barriga do atacante da equipe paraguaio, mas não em cheio. Vermelho polêmico...


A primeira chegada perigosa do Guaraní aconteceu somente aos 15 da etapa final, quando Santander cabeceou uma bola por cima do gol de Cássio. Aos 24, Jadson acertou um tapa no rosto de Benítez e também foi expulso. A partir daí, com dois jogadores a menos, o Corinthians não teve mais força para atacar, e o rival, classificado para as quartas da Libertadores, deu-se ao luxo de trocar passes no meio de campo. Nos acréscimos, Fernández fez o gol paraguaio.




Corinthians se despede da Libertadores
Timão agora se concentra no Campeonato Brasileiro, em que enfrenta a Chapecoense neste fim de semana

00h 14/05/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansTimão encara a Chapecoense no sábado
O Corinthians está fora da Copa Bridgestone Libertadores da América 2015. Precisando reverter uma desvantagem de dois gols, o Timão foi derrotado pelo Guaraní (PAR) por 1 a 0, na Arena Corinthians, nesta quarta-feira (13), na segunda partida do confronto válido pelas oitavas de final da competição continental.

O gol da vitória do time paraguaio aconteceu no fim do jogo, após o Corinthians ter martelado bastante no primeiro tempo, sem conseguir vencer a barreira montada pelo adversário. No segundo tempo, com dois jogadores expulsos, o Timão não conseguiu criar perigo ao gol do Guaraní (PAR).

Com o fim da campanha na Libertadores da América, o Corinthians volta todas as atenções ao Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso na competição nacional do Corinthians é contra a Chapecoense, no estádio Fonte Luminosa, em Araraquara-SP, neste sábado (16), às 16h.







Corinthians @Corinthians · 2 hHá 2 horas


O #Timão volta a campo neste sábado (16), contra o Chapecoense, pelo #Brasileirão, em Araraquara-SP, às 21h.
Corinthians @Corinthians · 2 hHá 2 horas


Fim de jogo, Corinthians 0 x 1 Guaraní (PAR). O Timão se despede da Libertadores 2015
Corinthians @Corinthians


Substituição no #Timão: sai Elias, entra Bruno Henrique. #CORxGUA
Corinthians @Corinthians

Cartão vermelho para Jadson. #CORxGUA
Arena Corinthians @A_Corinthians


Público pagante: 39.806 Público total: 40.239 Renda: 3.327.731,50 #CORxGUA #ArenaCorinthians #Libertadores
Corinthians @Corinthians ·


Cartão vermelho para Fabio Santos. #CORxGUA
Corinthians @Corinthians

O #Timão voltou com Danilo e Mendoza nos lugares de Felipe e Malcom. #CORxGUA #EuSouCorinthians
Corinthians @Corinthians


Bola rolando no segundo tempo! #CORxGUA #EuSouCorinthians #VaiCorinthians
Corinthians @Corinthians · 

Fim de primeiro tempo na @A_Corinthians. #Timão e Guaraní empatam em 0 a 0. #CORxGUA #EuSouCorinthians #Libertadores #VaiCorinthians
Corinthians @Corinthians · 3 hHá 3 horas


Jadson chuta de fora da área, e goleiro volta a defender. Pressão do #Timão. #CORxGUA #EuSouCorinthians

Corinthians @Corinthians ·
A sequência de ataques faz a Fiel cantar alto na @A_Corinthians! #CORxGUA #EuSouCorinthians
Corinthians @Corinthians


UHHHHHH! Guerrero invade a área, chuta. Goleiro espalma de forma esquisita para fora. #CORxGUA #EuSouCorinthians
Corinthians @Corinthians

Felipe sobe de cabeça após escanteio, mas a bola vai para fora. 0 a 0 na @A_Corinthians. #CORxGUA #EuSouCorinthians
Corinthians @Corinthians


#Timão tenta furar a barreira formada pelo Guaraní, que joga com uma linha de 5 defensores. #CORxGUA #EuSouCorinthians
Corinthians @Corinthians

Malcom aparece na área, mas o chute sai sem direção. 0 a 0 na @A_Corinthians! #CORxGUA #EuSouCorinthians
Corinthians @Corinthians

UHHHHHHHH! O #Timão chega ao ataque. Malcom bate cruzado. A bola passa por toda a área e Elias não chega para concluir. #CORxGUA
Corinthians @Corinthians

Bola rolando na @A_Corinthians! É hora de decisão!!! #CORxGUA #VaiCorinthians #EuSouCorinthians #Libertadores
Corinthians @Corinthians

Times em campo. Em instantes, tem oitavas de final da #Libertadores na @A_Corinthians! #CORxGUA #EuSouCorinthians
Corinthians @Corinthians
Timão se prepara pra entrar em campo! Daqui a pouco tem Corinthians e Guaraní! #EuSouCorinthians


Corinthians @Corinthians ·

O Corinthians está escalado para enfrentar o Guaraní (PAR) pela #CopaBridgestoneLibertadores

Tocar

Corinthians @Corinthians
O Corinthians já está na @A_Corinthians! Às 22h, o Timão decide o duelo contra o Guaraní. #EuSouCorinthians





















13/05/2015 20h57

Timão: empréstimo "pré-aprovado" deve pagar elenco nos próximos dias
Corinthians prevê assinatura de acordo com banco nesta quinta-feira para receber cerca de 40% do dinheiro que precisa para quitar débito com jogadores


Por Carlos A. Ferrari e Diego Ribeiro
Roberto de Andrade, presidente do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Depois de quase três meses de negociações, o Corinthians conseguiu nesta quarta-feira a pré-aprovação de um empréstimo bancário para quitar parte da dívida que tem com alguns de seus principais jogadores. A quantia não foi revelada pelo clube.


A diretoria financeira do Timão espera assinar nesta quinta o acordo para que o dinheiro seja liberado e, assim, transferir aos atletas os valores referentes aos direitos de imagem. A operação pode se arrastar por mais dois dias até que seja totalmente finalizada.


O montante, porém, ainda não colocará fim ao problema e será suficiente para cobrir cerca de R$ 40% da dívida. O clube acredita que uma segunda parte pode ser liberada nos próximos dias.


Seis jogadores estão sem receber os direitos de imagem: Ralf, Elias, Danilo, Renato Augusto, Emerson e Guerrero

Além dos direitos de imagem, o Corinthians não paga as premiações aos jogadores desde o Campeonato Paulista de 2013. O pagamento desta dívida, contudo, ficará para depois. O dinheiro que entrar nos cofres alvinegros será liberado depois de uma análise caso a caso.









13/05/2015 15h31

Corinthians x Chapecoense: 18 mil ingressos à venda em Araraquara
Com valores entre R$ 50 e R$ 100, bilhetes para partida entre Timão e Chape no interior já estão disponíveis. Jogo será no sábado, pelo Brasileirão


Por GloboEsporte.com

Arena da Fonte, em Araquarara, sediará partida entre Corinthians x Chapecoense (Foto: Diego Ribeiro)

Os ingressos para o jogo entre Corinthians e Chapecoense foram colocados à venda nesta terça-feira, em Araraquara. A cidade do interior paulista será sede do jogo, que acontecerá neste sábado, às 21h, na Arena da Fonte Luminosa, e é válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.


Ao todo, além da venda pela internet, são cinco pontos de comercialização de ingressos na cidade, incluindo a bilheteria da Arena da Fonte, localizada na rua Mauro Pinheiro, 150, na Vila Ferroviária. A organização da partida disponibilizou 18 mil entradas aos torcedores.


Os preços dos bilhetes variam de R$ 50 para os setores 1 e 3, R$ 60 para o setor 4, R$ 80 para o setor 2 e R$ 100 para o torcedor que optar pela cadeira VIP.




Pagamento a Guerrero

por janca em 13.mai.2015 às 8:45h


O Corinthians sinalizou a Guerrero que deve acertar uma parte do que deve ao atacante até 29 de maio.

O clube tenta renovar contrato com o peruano, mas as negociações estão emperradas pela difícil situação econômico-financeira do Timão, que também deve a Ralf, Elias, Renato Augusto, Jadson e Emerson Sheik.

Aos outros cinco a ideia é quitar os atrasados até o fim de junho, quando o restante da dívida a Guerrero também seria quitado.

O Corinthians está tentando empréstimos bancários, adiantamento de cotas de TV com a Globo e venda de espaços publicitários para acertar com os atletas, que estão descontentes com o atraso.

No caso de Guerrero outra novidade é que, em caso de renovação de contrato, o novo não teria uma parte em direitos de imagem, mas seria todo feito pela CLT, como acontece com outros jogadores, caso do goleiro Cássio. Os contratos, segundo o clube, estão em dia, ao contrário dos direitos de imagem.

CORINTHIANS DESENHA SIMBOLO NA ARENA:





(As imagens foram cedidas pelo jornalista Felipe Abreu, da Fox sports)








13/05/2015 08h35

Tite confia nos atacantes Malcom, titular e Romero, hoje, entre reservas do Corinthians
Técnico adota "merecimento" para dar chance ao paraguaio, autor de gol no domingo passado.
Por Diego Ribeiro, Carlos A. Ferrari e Yan Resende

Romero foi relacionado para seu primeiro jogo de Libertadores pelo Timão (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Renovado e atualizado após um ano de estudos, viagens e conversas com grandes técnicos do futebol europeu, Tite agregou novidades a seu método de trabalho no retorno ao Corinthians. Algumas coisas, porém, não mudam. Adepto do “merecimento”, ele repetiu uma atitude de três anos atrás para apostar no esquecido  Romero e deixar Vagner Love fora do banco de reservas contra o Guaraní, do Paraguai, nesta quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), na Arena, pelas oitavas de final da Taça Libertadores da América

Autor do gol da vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, domingo, em Cuiabá, Romero ganhou um espaço que não teve desde o início do ano. Relacionado pela primeira vez para um jogo da Libertadores, o atacante paraguaio está em momento mais confiante do que Vagner Love.


O Romero comeu uma massa danada, não tinha dado chance alguma a ele. Ele persistiu, é a característica de um vencedor

Tite resolveu confiar mais uma vez no momento de seus jogadores. Malcom será titular por ter feito sua melhor partida em 2015 justamente no domingo passado. Romero também ganha moral aos poucos.


– O Romero comeu uma massa danada, não tinha dado chance alguma a ele. Ele persistiu, é a característica de um vencedor. O Malcom fez sua melhor partida. Não conheço ainda a realidade deles, do Petros, do Bruno Henrique, do Luciano. Ainda estou descobrindo as virtudes deles. Essa relação entre jogador e técnico vai crescendo – disse Tite, em entrevista coletiva na segunda-feira.


No domingo, Romero fez apenas seu segundo gol com a camisa do Corinthians – mesmo número de Vagner Love. No entanto, tem sido elogiado pela postura fora de campo. Sem chances durante boa parte da temporada, evitou reclamar e procurou membros da comissão técnica para perguntar onde deveria melhorar.


Com treinos específicos na maior parte do tempo, Romero evoluiu e, aos poucos, chamou a atenção de Tite. O gol pelo Corinthianscontra o Cruzeiro premiou o esforço do paraguaio, que não teve a chance de voltar ao seu país na quarta-feira passada, quando o Timão perdeu por 2 a 0 para o Guaraní.



13/05/2015 06h40

Timão joga pela vaga contra Guaraní Com a Arena Corinthians lotada, equipe tem de vencer por três gols


Por GloboEsporte.com

Torcida do Timão marcou presença até no treino (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

O Corinthians terá de superar, contra o Guaraní, do Paraguai, nesta quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), na Arena Corinthians, o maior desafio da era Titeem mata-matas para continuar na Taça Libertadores. da América


Sob o comando do treinador mais vencedor de sua história, o Timão nunca precisou inverter uma desvantagem tão grande em confrontos eliminatórios.

O Corinthians é obrigado a vencer por três gols de diferença. Se devolver os 2 a 0, leva a disputa da vaga às quartas de final para os pênaltis.

O clima é de final. A diretoria abriu os portões da Arena Corinthians para a torcida no último treino como forma de incentivar os jogadores e espera as arquibancadas com mais de 40 mil alvinegros nesta quarta. Mais do que apoio, porém, o Timão necessita voltar a jogar bem. Nas últimas sete partidas, conquistou apenas uma vitória.


O chileno Enrique Osses apita a partida. Marcelo Barraza e Christian Schiemann são os assistentes.

ESCALAÇÕES:


Corinthians: Tite vai dar uma chance à maior promessa da base do Timão dos últimos anos. Depois da boa atuação no primeiro tempo contra o Cruzeiro, o garoto Malcom venceu a disputa com Mendoza e está escalado. Já Vagner Love não foi sequer relacionado: Tite resolveu levar Romero em seu lugar. O esquema segue o 4-1-4-1.

 A escalação DO CORINTHIANS é: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf; Elias, Jadson, Renato Augusto e Malcom; Guerrero.


Guaraní: o técnico Fernando Jubero A formação pode ter: Aguilar; Bartomeus, Maldonado, Cáceres e Edgar Aranda; Palau, De la Cruz, Juan Aguilar, Mendoza e Benítez; Santander.






Corinthians: Luciano, com uma lesão na coxa direita, não atua. Cristian, Vagner Love e Petros não foram relacionados.

Guaraní: todos os jogadores estão à disposição.

Tite PELO Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)


13/05/2015 10h20 - Atualizado em 13/05/2015 10h20
Corinthiano Fábio Santos dá receita: "Não é todo mundo querer dar uma de herói"
Lateral-esquerdo garante Timão preparado para "decisão" na Libertadores

Por Carlos A. Ferrari, Diego Ribeiro e Yan Resende

Fábio Santos pede paciência aos companheiros para passar pelo Guaraní nesta quarta (Foto: Diego Ribeiro)

O Corinthians precisa vencer o Guaraní, do Paraguai, por três gols de diferença para se classificar de forma direta às quartas de final da Libertadores nesta quarta-feira. Fábio Santos, no entanto, pede tranquilidade aos seus companheiros a partir das 22h (horário de Brasília).


O lateral acredita que a vaga só será conquistada se prevalecer o jogo coletivo do Timão.

– Temos de saber jogar o jogo. Não é todo mundo querer dar uma de herói. Temos 90 minutos para decidir. É ter paciência – alertou o experiente lateral-esquerdo, dizendo que o elenco alvinegro está preparado para encarar o complicado desafio na Arena Corinthians.


Temos de saber jogar o jogo. Não é todo mundo querer dar uma de herói. Temos 90 minutos para decidir. É ter paciência

Fábio Santos, lateral do Corinthians
Fábio Santos também foi questionado se o Corinthians menosprezou a equipe paraguaia no primeiro jogo das oitavas de final. Além de negar, o lateral se limitou a dizer que o adversário mereceu o resultado.

– Acredito que não (menosprezou). A equipe é madura o suficiente. A equipe deles jogou melhor que a nossa lá. Não jogou para ganhar por 2 a 0, mas foi mais efetiva, soube marcar a nossa equipe. Não menosprezamos. Eles foram melhores. Agora é ser melhor que eles – completo






13/05/2015 11h35

Presidente promete fortalecer elenco do Timão em caso de classificação
Roberto de Andrade também diz que planejamento até o final do ano está feito; 

Por Carlos A. Ferrari, Diego Ribeiro e Yan Resende







O Corinthians tem uma difícil missão nesta quarta-feira: precisa superar uma desvantagem de dois gols, mas a diretoria alvinegra se mostra tranquilo em relação à sequência da temporada. De acordo com o presidente Roberto de Andrade nada altera o planejamento feito anteriormente.


– Não muda nada. O planejamento está feito. Isso no sentido de atletas em renovação – explicou o presidente do Timão, que luta para amenizar a crise financeira vivida pelo clube.

A tendência é que fortaleça mais o time, se seguir
Roberto de Andrade


A permanência na Libertadores, aliás, seria um dos trunfos usados pela diretoria alvinegra para obter recursos. A competição continental aumentaria a visibilidade da marca corinthiana. Além disso, a Conmebol paga R$ 1,9 milhão aos times que chegam às quartas de final.


O dinheiro da Libertadores serviria para pagar dívidas.. A classificação também permitiria planos mais otimistas da diretoria, que admite a necessidade de aumentar o elenco para o Campeonato Brasileiro.


– A tendência é que fortaleça mais o time, se seguir – resumiu Roberto de Andrade.


Se tudo der certo, e o presidente confirmar a chegada de reforços para o Corinthians, quem deve ter dor de cabeça é Tite. O treinador já vem tendo trabalho para lidar com um elenco grande.

Elenco do Corinthians treina para o jogo desta quarta-feira (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)


– Você não traz com a obrigação de ser titular. Só jogam 11. Não existe marketing maior do que o time ganhar. Quem sabe qual o melhor time é a comissão técnica. Começamos o Brasileiro, temos de ter um elenco maior. Todos são titulares – respondeu o presidente, analisando seu mandato até o momento.


– Na realidade, tínhamos conhecimento da dificuldade, mas não precisava ser tanta. Isso nos faz levantar mais cedo e trabalhar mais. Todo mundo empenhado procurando o melhor. Cortando custos, reduzindo despesas, e correndo atrás de receitas... Cada ano será melhor, mas temos de passar 2015, estamos em maio. Temos de trabalhar e trabalhar – finalizou.








Há 14 anos, Corinthians rumava para título paulista com gol em último minuto na semifinal
Na semifinal do Paulistão de 2001, Ricardinho fez um gol aos 47 do segundo tempo e garantiu o Timão na final

00h01 13/05/2015 - EspeciaisAgência Corinthians


© Ricardo Corrêa/PlacarNos acréscimos, Ricardinho faz o gol da classificação


Há exatos 14 anos, a Fiel vivia uma tarde histórica. Na semifinal do Campeonato Paulista de 2001, em clássico alvinegro no Morumbi, o meia Ricardinho decidiu nos minutos finais a classificação do Corinthians para a decisão. Ao fim da partida, os corinthianos festejaram e entoaram o tradicional “Corinthiano, Maloqueiro e Sofredor, Graças a Deus”.

O clássico não deixou a desejar e trouxe a campo duas equipes muito qualificadas, que transformaram o jogo em um verdadeiro espetáculo. Após o empate em 1 a 1 na partida de ida, a vantagem de nova igualdade no segundo duelo era do Santos. Para avançar à final, o Corinthians precisava vencer a qualquer custo. E, empurrado pela Fiel, lutou até o fim.

Após algumas chances para ambas as equipes, aos 16 do primeiro tempo o meia santista Robert foi derrubado dentro da área e o juiz apitou pênalti. No entanto, o atacante Dodô desperdiçou, mandando a bola na trave. Cinco minutos depois, o atacante corinthiano Ewerthon tentou jogada na linha de fundo e sofreu pênalti, mas Marcelinho Carioca também desperdiçou.

Aos 34, Renato, de cabeça, abriu o placar para o Santos. Porém, a preocupação da Fiel não durou muito. No minuto seguinte, Marcelinho Carioca dominou dentro da área, girou e chutou no canto do gol santista, vendo a bola bater nas duas traves antes de entrar.

Durante todo o segundo tempo, o Corinthians foi ao ataque e passou a pressionar o adversário, mas a bola custava a entrar. Já nos acréscimos, o atacante Gil recebeu lançamento de Andrezinho, partiu em disparada até a linha de fundo, deixou o zagueiro santista André Luiz no chão e cruzou em diagonal para trás. Com inteligência, Marcelinho Carioca fez o corta-luz e deixou para Ricardinho, na entrada da grande área, bater a meia altura no canto direito para o fundo das redes, explodindo a Fiel presente no Morumbi e classificando o Corinthians para a final.

Na decisão, o Corinthians enfrentou o Botafogo-SP. Em Ribeirão Preto-SP, na primeira partida, 3 a 0 com gols de Marcelinho (2) e João Carlos. Na segunda, no estádio do Morumbi, o Timão administrou o 0 a 0 e conquistou o título do Paulistão de 2001.

Ficha técnica:

san7os 1 X 2 CORINTHIANS

Campeonato Paulista 2001, Semifinal

Data: 13/05/2001

Local: Morumbi, São Paulo-SP

Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho e Alfredo dos Santos Loebeling

Gols: Renato (SAN) aos 34 minutos, Marcelinho Carioca (COR) aos 35 minutos do primeiro tempo, Ricardinho (COR) aos 47 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Claudiomiro, Deivid, Rincón, Robert e Galvan (SAN); Otacílio, Marcos Senna e Rogério (COR)

CORINTHIANS: Maurício, Rogério, João Carlos, Fábio Luciano e Kléber (Andrezinho); Otacílio (Marcos Senna), André Luís, Ricardinho e Marcelinho; Ewerthon e Paulo Nunes. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

san7os: Fábio Costa, Russo, Galván, Claudiomiro e Léo; Paulo Almeida, Rincón, Renato e Robert; Dodô (Caio) e Deivid (André Luís). Técnico: Geninho

Corinthians enfrenta o Guaraní na partida de volta das oitavas de final da Libertadores
Timão recebe a equipe paraguaia na Arena Corinthians em busca da classificação para as quartas de final da competição continental

10h 13/05/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansTimão encara o Guaraní na Arena Corinthians em busca da classificação para a próxima fase


Na noite desta quarta-feira (13), o Corinthians define o futuro na Copa Bridgestone Libertadores de 2015. Às 22h, o Timão recebe o Guaraní (PAR), na Arena Corinthians, em busca de uma vaga entre os oito melhores da América.

O Alvinegro encerrou a primeira fase na liderança do grupo 2, com 13 pontos conquistados em quatro vitórias, um empate e uma derrota. O rival paraguaio ficou em segundo no grupo 8, com nove pontos somados em duas vitórias, três empates e uma derrota.

Antes desta etapa, o Corinthians ainda disputou a fase preliminar da Libertadores. O Timão passou pelo Once Caldas (COL), com uma goleada de 4 a 0, na Arena Corinthians, e um empate em 1 a 1, na Colômbia.

Este será o segundo encontro entre Corinthians e Guaraní na história. O primeiro duelo foi justamente na partida de ida, quando o Timão perdeu por 2 a 0, na última quarta-feira (06), no estádio Defensores del Chaco.

Em 2015, o Corinthians entrou em campo 30 vezes e tem aproveitamento superior a 74%, com 20 vitórias, sete empates e três derrotas, além de 51 gols marcados e 20 sofridos.

Na Arena Corinthians, o Timão tem ótimo retrospecto. Em 33 partidas disputadas na nova casa, o Corinthians venceu 23 vezes, além de nove empates e apenas uma derrota. Os ingressos para o duelo decisivo estão esgotados.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.