11 de abr de 2015

CORINTHIANS 11/04/2015







CORINTHIANS 1 X 0 pontepreta

Local: Arena Corinthians

Data/Hora: 11 de abril de 2015, às 16h20 (de Brasília)
Juiz: Flávio Rodrigues de Souza 
Auxiliares: Vicente Romano Neto e Carlos Augusto Nogueira Júnior
Público/Renda: 32.869 total 33.438 pagantes 431 não pag/ R$ 2.283.546.
Catões Amarelos: Elias, Jadson e Emerson Sheik (COR); Pablo e Biro Biro (p)

GOL: Renato Augusto, aos 10'/2ºT (1-0).


CORINTHIANS: 12-Cássio; 23-Fagner, 28-Felipe, 4-Gil e 13-Uendel; 5-Ralf, 7-Elias (25-Bruno Henrique, 43'/2ºT), 8-Renato Augusto, 10-Jadson e 11-Emerson Sheik (30-Mendoza, 40'/2ºT); 29-Vagner Love (20-Danilo, aos 25'/2ºT). Técnico: Tite + 27-Wálter, 17-Edu Dracena, 2-Edílson, 40-Petros


ponte preta 1-Matheus; 2-Rodinei, 3-Tiago Alves, 4-Pablo e 6-Juninho; 11-Josimar (18-Wellington, aos 27'/2ºT), 5-Fernando Bob, 8-Bruno Silva e 10-Renato Cajá; 7-Rildo e 9-Biro Biro (17-Roni, aos 27'/2ºT). Técnico: Guto Ferreira. 12-Reynaldo  13-Renato Chaves, , 14-Rodrigo Biro, 15-Paulinho, 16-Adrianinho







CORINTHIANS CLASSIFICADO 1X0 ponte













































Com 22 medalhas, Corinthians é terceiro colocado no Maria Lenk
Foram 8 medalhas de ouro, 5 de prata e 9 de bronze; dois recordes foram quebrados, por Leonardo de Deus e Brandonn Pierry.



21h33 11/04/2015 - NataçãoAgência Corinthians


© Satiro Sodré/SS PressFelipe França foi ouro nos 50m peito no último dia de torneio
Neste sábado (11), o Corinthians encerrou a participação no Troféu Maria Lenk, realizado nas piscinas do Fluminense, no Rio de Janeiro. O Timão manteve a terceira colocação do ranking geral com 1732,00 pontos. O EC Pinheiros sagrou-se campeão, com 2138,50 pontos.

Além da terceira colocação, os atletas alvinegros conseguiram boas marcas individuais nesta edição do Troféu Maria Lenk. Os três nadadores mais eficientes do torneio, Leonardo de Deus, Brandonn Pierry e Thiago Simon, foram do Corinthians. O nadador com maior índice técnico foi Felipe França, que também é do Timão.

Neste Troféu Maria Lenk, dois recordes foram quebrados por atletas do Corinthians. Nos 1500m nado livre, Brandonn Pierry, revelado nas piscinas alvinegras, quebrou o recorde brasileiro com o tempo de 15min12s20. Leonardo de Deus, nos 400m livre, quebrou o recorde sul-americano da modalidade ao fechar a prova com a marca de 3min49s62.

No total, a equipe de natação do Corinthians conquistou 22 medalhas, sendo 8 ouros, 5 pratas e 9 bronzes.

Confira os resultados do Timão no último dia:

100m livre masculino
7º - Ricardo Machado - 49s83
14º - Arthur Mendes - 50s57
50m peito feminino
14º - Pamela Alencar - 33s59

50m peito masculino
1º - Felipe França - 27s07
10º - Andreas Mickosz - 28s82
12º - Felipe Ramos - 29s42
14º - Arthur Pedroso - 29s67
15º - Matheus Louro Neto - 29s74

200m costas feminino
3º - Natalia de Luccas - 2min17s26
5º - Beatriz Lima - 2min18s20
9º - Isabela Silva - 2min21s18
12º - Gabriela Mello - 2min23s15

200m costas masculino
1º - Leonardo de Deus - 1min58s89
5º - Rodrigo Berti - 2min02s77
6º - Fernando Ernesto - 2min02s85
7º - Brandonn Pierry - 2min03s03
12º - André dos Santos - 2min06s09
13º - Iago Amaral - 2min06s31

4x100m revezamento medley feminino
4º - Isabela Silva - 4min12s54
Pamela Alencar
Bruna Rocha
Bruna Berni

4x100m revezamento medley masculino
3º - Lucas Salatta - 3min38s68
Felipe França
Arthur Mendes
Ricardo Machado












Sem participar da vitória do Corinthians de hoje, centroavante
Guerrero segue internado







11/04/2015 19h58
Corinthiano Renato Augusto pede atenção a erros antes de pensar em rival da semifinal
Meia, autor do gol da vitória do Corinthians  sobre a Ponte Preta neste sábado, admite dificuldades do Corinthians nas quartas e diz que time precisa melhorar para duelo da próxima fase


Por Carlos Augusto Ferrari




Autor do gol da vitória sobre a Ponte Preta, nas quartas de final do Paulista, neste sábado, na arena, o meia Renato Augusto evitou projetar o adversário ideal do Corinthians na semifinal do estadual.

– A gente não pode se preocupar com adversário, você esquece de você mesmo. Temos coisas a melhorar, erramos em algumas coisas. É preciso arrumar para não acontecer novamente – disse ele, que aproveitou boa jogada com Vagner Love para fazer o 1 a 0 que colocou o Timão na próxima fase do torneio.

O adversário do Corinthians só será conhecido após a disputa de todas as partidas das quartas final. Com a melhor campanha do Paulista, a equipe agora pegará o time com a menor pontuação entre os classificados.
O Corinthians teve muita dificuldade contra a Ponte Preta, especialmente no primeiro tempo. Renato Augusto admitiu que o time não repetiu atuações que mereceram elogios recentemente, mas elogiou a concentração dos companheiros.

- Tem dias que a gente não vai fazer uma grande partida, mas tem que estar concentrado para poder vencer. Melhoramos no segundo tempo e conseguimos vencer.


Antes de decidir um lugar na final do Paulista, o Corinthians defende a invencibilidade San Lorenzo, quinta-feira, em casa, na Arena Corinthians, pela Libertadores da América. Um empate garante a equipe, antecipadamente, nas oitavas de final da competição.

Renato Augusto comemora gol da vitória do Corinthians e classificação a semifinal do Paulistão neste sábado (Foto: Marcos Ribolli)



Corinthians garante melhor campanha geral e decisão na Arena Corinthians se for à final
Publicado em 11/04/2015,
GAZETA PRESS

Torcedores do Corinthians poderão ver o segundo jogo da final em casa

Com a vitória por 1 a 0 contra a Ponte Preta, o Corinthians, além de ter se classificado às semifinais do Campeonato Paulista, também já garantiu o mando de campo da decisão, se avançar à final.


Isso porque o time soma 40 pontos, melhor campanha no geral, contra 34 pontos do segundo melhor. Se o Corinthians avançar à decisão, vai conseguir isso ou vencendo (o que levaria aos 43 pontos) ou nos pênaltis depois de empatar nos 90 minutos, somando mais um ponto e chegando aos 41.

Desta forma, o segundo e decisivo jogo da final do Paulistão seria na Arena Corinthians, o que poderia garantir ao clube o seu primeiro título no novo estádio.

Antes de sonhar com tudo isso, porém, o Corinthians tem que passar para as semifinais. Para este jogo, ainda sem adversário definido, o time alvinegro não contará com o atacante Emerson Sheik, já que ele levou o cartão amarelo contra a Ponte, o seu terceiro na competição, o que rende punição automática.


11/04/2015 20h48

 Tite  valoriza reação do Timão: "Estou contente" Ele destaca melhora do Corinthians para buscar a vitória no segundo tempo na Arena Corinthians


Por Carlos Augusto Ferrari






Depois de passar sufoco com a Ponte Preta no primeiro tempo, o Corinthians chegou à vitória por 1 a 0 na etapa final e avançou à semifinal do Campeonato Paulista. Após a partida, o técnico Tite destacou a forma de atuar do adversário e exaltou o poder de reação do Timão na segunda parte do jogo para buscar o resultado.

Tite admitiu que a Ponte foi melhor no primeiro tempo da partida (Foto: Marcos Ribolli)

– Eu estou contente pelo grande segundo tempo que fizemos. A Ponte foi melhor no primeiro, o Guto (Ferreira) foi melhor. Isso é notório, não tenho problema em reconhecer. É um jogo só, muito pesado, o componente emocional fica muito aflorado – afirmou.


Tite até brincou com a rivalidade entre os clubes de Campinas. O treinador vestiu a camisa do Guarani como jogador nos anos 1980, mas fez questão de elogiar o rendimento da Macaca. O Corinthians sofreu com a boa marcação e só não ficou em desvantagem graças ao goleiro Cássio e a um gol mal anulado pela arbitragem.


– A Ponte tinha Renato Cajá pelo meio e dois de velocidade pelos lados. Não tínhamos jogado com adversário assim. No segundo, exploramos o lado direito e fizemos o contraponto. Era o enfrentamento mais difícil, técnico, mental. Sou bugrino, poderia falar contra a Ponte (risos), mas foi o enfrentamento mais alto – disse.






O Corinthians evoluiu ao mudar taticamente. Tite trocou o esquema 4-1-4-1 pelo 4-2-3-1. Elias deixou a linha mais avançada e passou a atuar como segundo volante para ajudar na saída de bola. Com isso, o Timão ganhou liberdade pelo lado direito, com as descidas do lateral Fagner.


– No segundo tempo, com o ajuste das peças, Elias voltando mais, Renato mais liberado e com a saída de Fagner, a equipe cresceu muito, marcou e jogou. O treinador evitou falar sobre o desempenho do trio de arbitragem, mas pediu que os melhores sejam escalados nas partidas finais do estadual. - Em jogos decisivos tem de ter um padrão altíssimo, os melhores, os mais experientes. É uma questão lógica. Para todos – ressaltou.









Ex centroavante Ronaldo acompanha de camarote a classificação do Corinthians



A vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre a Ponte Preta contou com presença ilustre neste sábado. o ex centroavante do Corinthians, Ronaldo esteve nos camarotes da Arena para ver o Corinthians garantir lugar entre os semifinalistas do Campeonato Paulista.

Fenômeno tem histórico com o novo estádio corintihano. Ele foi um dos maiores defensores da ideia de levar jogos da Copa do Mundo a Arena Corinthians visto que foi diretor do Comitê Organizador Local do Mundial disputado no Brasil em 2014. Fez de tudo para promover o estádio, inclusive viajou de metrô em comitiva da Fifa meses antes da abertura do torneio.






Ex presidente Andres Sanchez e ex centroavante Ronaldo curtem de camarote vitória e  classificação do Corinthians


11 ABR2015
19h32
atualizado às 19h32


A vitória do Cornithians por 1 a 0 sobre a Ponte Preta contou com presença ilustre neste sábado. Ídolo alvinegro, Ronaldo Fenômeno esteve nos camarotes da Arena para ver o Corinthians garantir lugar entre os semifinalistas do Campeonato Paulista.

Fenômeno tem histórico com o novo estádio corintiano. Ele foi um dos maiores defensores da ideia de levar jogos da Copa do Mundo a Arena Corinthians , visto que foi diretor do Comitê Organizador Local do Mundial disputado no Brasil em 2014. Fez de tudo para promover o estádio, inclusive viajou de metrô em comitiva da Fifa meses antes da abertura do torneio.






Tite elogia humildade do Corinthians em dar passo atrás em momentos de dificuldade
Técnico do Corinthians reconheceu que a Ponte Preta neutralizou o Timão no primeiro tempo e pediu para jogadores marcarem melhor para depois jogarem na etapa final da vitória por 1 a 0


19h49 11/04/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansTite elogiou o Timão pelo segundo tempo: "A equipe cresceu muito"
Na vitória do Corinthians sobre a Ponte Preta por 1 a 0, neste sábado (11), na Arena Corinthians, Tite elogiou a humildade da equipe do Timão. O técnico reconheceu que o time campineiro neutralizou as jogadas do Alvinegro do Parque São Jorge e que pediu para os jogadores "darem um passo atrás" para poderem se impôr em campo depois e garantirem o triunfo que valeu a vaga nas semifinais do Paulistão Itaipava 2015 - Série A1.

"Tivemos muitas dificuldades no primeiro tempo. Quando você não está bem, tem de dar um passo atrás. Eu disse a eles no intervalo, e a equipe entendeu. Tinha de marcar melhor para depois jogar. Essa maturidade e compreensão da equipe nesses jogos é necessária", afirmou o técnico do Corinthians em entrevista coletiva após o jogo único válido pelas quartas de final da competição estadual.

A atuação no segundo tempo rendeu elogios de Tite. "Tivemos ajustes das nossas peças. A equipe cresceu muito. Estou contente pelo grande segundo tempo que a gente fez, não pelo primeiro", declarou.

Por fim, o treinador do Timão comentou a ausência de Guerrero, que ficou fora por um quadro de febre. Sem o artilheiro, Tite destacou o coletivo, que supera desfalques como esse. "Por isso falo em preparação. A equipe não tem de lastimar quem está fora. Isso é do jogo", finalizou.






Corinthians  recorre ao 4-2-3-1 para vencer

Tite resolveu agir no segundo tempo: aproximou Renato Augusto de Vagner Love num 4-2-3-1 - algo que ele já fizera contra o San Lorenzo - e buscou acionar mais o camisa 8. Na parede que Vagner Love fez, Renato Augusto atacou o espaço e marcou o gol que fez o Corinthians vencer.
Tite lançou Danilo na referência, depois colocou Mendoza e manteve o esquema com 5 no meio-campo, uma alternativa quando o Corinthians enfrenta seus dublês.

Tite tem o 4-2-3-1 como alternativa, tem 8 analistas de desempenho fazendo diagnósticos bem pautados e uma direção que respeita seu trabalho. Não é todo técnico que tem isso no Brasil. 







Corinthians classificado a semi do Paulista
Time de 'Guerreros'! Timão vence Ponte e passa para semi do Paulistão
Sem o artilheiro, mas com muita garra, Corinthians venceu de forma sofrida com gol de Renato Augusto em casa; agora, espera a definição das quartas de final para conhecer próximo adversário
18h21 11/04/2015 - FutebolAgência Corinthians

© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansRenato Augusto marcou o gol da vitória do Timão sobre a Ponte Preta
Corinthians, um time de guerre(i)ros. Mesmo sem o atacante Guerrero, fora por conta de um quadro de febre apresentado pela manhã, o Timão mostrou força e garra. De forma sofrida, venceu a Ponte Preta por 1 a 0, na Arena Corinthians, no jogo único válido pelas quartas de final do Paulistão Itaipava 2015 - Série A1, neste sábado (11). O Alvinegro do Parque São Jorge se classificou para as semifinais, em que jogará novamente em casa. O adversário será conhecido após a conclusão dos outros três confrontos das quartas.

Ninguém espera qualquer tipo de facilidade em jogo decisivo. O primeiro tempo do jogo contra a Ponte Preta na Arena Corinthians mostrou que o Timão teria uma tarde muito difícil pela frente. A equipe do Parque São Jorge manteve o estilo apresentado durante todo o campeonato, de toques rápidos de bola. Mas o time adversário fechava muitos os espaços próximos à área.

O Timão pouco envolveu a Ponte Preta com os passes curtos de bola para invadir a área. Só aos 10 minutos, quando Fagner e Jadson tabelaram pela direita, passaram para Vagner Love, que deu um leve toque para Elias invadir a área do time campineiro. Porém, o goleiro Matheus Inácio espalmou para escanteio.

Depois, as melhores chances do Corinthians foram de chutes de fora da área, ambos de Jadson. O meia chegou a cobrar uma falta que passou por cima do gol, encostando na rede por fora.

Por outro lado, a Ponte Preta assustou bastante o Timão quando ia ao ataque. Chegou a ter um gol anulado, em rebote dado por uma defesa de Cássio à queima-roupa. O goleiro do Corinthians voltou a trabalhar após uma cabeçada, espalmando para fora. As dificuldades eram grandes. Mas havia o intervalo para tentar acertar as coisas.

Na volta para o segundo tempo, o Corinthians foi a campo para dominar a partida e garantir a vitória. Os passes já envolviam mais o adversário, o caminho para dentro da área ficava mais claro.

No começo, as chances ainda vinham de chutes para fora, como uma finalização de Renato Augusto, que saiu torta e foi para fora. Mas aos 10 minutos, o Timão chegou ao gol do jeito que sabe fazer: muita troca rápida de bola.

Jadson tocou de peito para Renato Augusto, que partiu para tabela com Vagner Love. O centroavante fez o pivô dentro da área e ajeitou para o camisa 8, que chutou ao gol. O goleiro da Ponte Preta ainda conseguiu encostar na bola, que morreu lentamente no fundo da rede.

Com o 1 a 0 no placar, o Timão se soltou. Logo em seguida, Vagner Love invadiu novamente a área e bateu ao gol, mas a zaga do time campineiro conseguiu bloquear.

Sem melhores chances no restante do jogo, e apesar da pressão da Ponte Preta no fim, o Alvinegro do Parque São Jorge soube administrar a partida e terminar com a vitória em casa.

Com a vaga assegurada entre os quatro melhores times do Paulistão Itaipava, o Corinthians agora vira a chave e se concentra na Copa Bridgestone Libertadores. Podendo valer a classificação para as oitavas de final, o Timão enfrenta o San Lorenzo nesta quinta-feira (16), na Arena Corinthians, às 22h.

CORINTHIANS 1 X 0 ponte preta
Paulistão Itaipava 2015 - Série A1, quartas de final, jogo único

Data: 11/04/2015
Local: Arena Corinthians, São Paulo-SP
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza
Gol: Renato Augusto (COR) aos 10 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Elias, Jadson, Emerson (COR), Pablo e Biro Biro (PON)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf, Elias (Bruno Henrique), Jadson e Renato Augusto; Emerson (Mendoza) e Vagner Love (Danilo). Técnico: Tite.

ponte preta Matheus Inácio; Rodinei, Pablo, Tiago Alves e Juninho; Fernando Bob, Josimar, Bruno Silva (Wellington) e Renato Cajá; Biro Biro (Roni) e Rildo. Técnico: Guto Ferreira.
















Em vitória e classificação do Corinthians, Tite não condena Emerson, que está suspenso para a semifinal
Após tentar driblar goleiro, atacante do Corinthians caiu e foi punido


LANCEPRESS! - 11/04/2015 - 19:50

Emerson Sheik em duelo contra a Ponte Preta (Foto: Reginaldo Castro/ LANCE!Press)

O atacante do Corinthians Emerson Sheik levou o terceiro cartão amarelo no duelo deste sábado, na vitória do Corinthians por 1x0 sobre a Ponte Preta, e está suspenso para a semifinal do Paulistão, que ocorrerá no próximo fim de semana - o adversário só estará definido após o fechamento das quartas de final.

Aos 32 minutos do segundo tempo, o camisa 11 do Timão puxou um contra-ataque, passou pelo lateral-direito Rodinei e tentou driblar o goleiro Matheus. No entanto, caiu e acabou punido pelo árbitro Flávio Rodrigues de Souza.

Em entrevista coletiva, o técnico Tite analisou que seu jogador não tentou simular o lance e que não haverá punição da diretoria corintiana.

– Aquilo ali é lance que pega de velocidade , não tem condição nenhuma de estabelecer (simulação). Ele chega primeiro na bola, há o contato, não preciso nem ver na televisão. É lance de velocidade. A bola tomou uma velocidade maior, há o contato, mas não de simulação. Ele toca na bola e ela sai para a linha de fundo. Não teve (simulação) – disse o treinador.






11/04/2015 19h51

Emerson tenta cavar pênalti em vitória do Corinthians, leva terceiro amarelo e está fora da semifinal
Atacante se joga na área e é advertido pelo árbitro Flavio Rodrigues de Souza. Tite absolve o jogador: "Há contato, mas não de simulação"


Por GloboEsporte.com






O Corinthians já vencia a Ponte Preta por 1 a 0 quando Emerson Sheik, em jogada individual pela esquerda, invadiu a área e caiu no chão pedindo pênalti. Na jogada, o atacante retarda a passagem, dobra os joelhos e fica à espera do toque do goleiro Matheus Inácio, da Macaca. O árbitro Flavio Rodrigues de Souza não teve dúvidas: deu cartão amarelo para o corintiano, por simulação.

Sheik, em lance de Corinthians x Ponte Preta (Foto: Marcos Ribolli)

A advertência, porém, custou caro. Como estava pendurado, Sheik está fora das semifinais do Paulistão - o adversário, a data e o local ainda serão confirmados pela Federação Paulista de Futebol.


– Aquilo é lance de velocidade. Não tem condição de estabelecer. Há contato, mas não de simulação – disse Tite, ao analisar a jogada.


Na saída de campo, Sheik evitou falar sobre o cartão. Ele elogiou o time da Ponte Preta:








Jogadores citam correções de Tite como fundamentais para vitória do Timão
Após primeiro tempo complicado contra a Macaca, atletas do Timão afirmam que conversa com o técnico Tite no intervalo foi fundamental para a vitória

LANCEPRESS! - 11/04/2015 - 19:25

Tite mudou a postura do time no intervalo (Foto: Ari Ferreira/ LANCE!Press)

Após vencer a Ponte Preta por 1 a 0 e se garantir nas semifinais do Paulistão, os jogadores do Corinthians reconheceram que o treinador Tite teve um papel fundamental na vitória. O gol salvador de Renato Augusto saiu só na segunda etapa da partida e o primeiro tempo não foi dos melhores para o Timão.

- Melhoramos no segundo tempo, o Tite acertou os detalhes e conseguimos fazer o gol. A equipe da Ponte veio muito fechada e dificultou muito. Mas o Tite arrumou isso e depois da conversa no intervalo melhoramos bastante - analisou o lateral-esquerdo Uendel.


O autor do único gol da partida fez a mesma análise. Após a vitória, o meia Renato Augusto também elogiou as mudanças táticas feitas pelo técnico corintiano no intervalo e ressaltou o comprometimento da equipe.

- Não fizemos uma grande partida tecnicamente, mas taticamente acho que fomos muito bem. Teve mérito do Tite, no intervalo ele ajustou o que estava errado e a equipe entendeu e correu mais - afirmou o meia.








ATUAÇÕES: Corinthians na semifinal do Paulista 1x0 ponte


LANCEPRESS! - 11/04/2015 - 19:00 



Renato Augusto tenta roubar a bola de rival (FOTO: Reginaldo Castro)

No triunfo sofrido do Corinthians sobre a Ponte Preta, na tarde desta sábado, Jadson foi quem mais criou pelo Timão. Mas o gol que deu a classificação para a semifinal foi de Renato Augusto, e o meia acabou ficando com a maior nota atribuída pelo LANCE! O goleiro Cassio, que fez importantes defesa, também recebeu 7,0, enquanto. O volante Elias foi outro bem avaliado. Confira o desempenho de cada atleta que atuou na partida na Arena Corinthians:



CORINTHIANS

7,0
Cássio
Salvou o time em cabeçada perigosa de Renato Cajá e em chute de Biro Biro. Muito seguro em todas as bolas aéreas.

5,0
Fagner
Iniciou o jogo bem no ataque, mas deixou muito espaço nas costas. Corrigiu depois, mas deixou de aparecer na frente.

5,0
Felipe
Na cobertura, sofreu para marcar Rildo. Perdeu as divididas com o atacante e se posicionou mal nas bolas aéreas.

5,5
Gil
Pelo lado esquerdo da zaga, fez duelo interessante com Biro Biro e levou a melhor. Errou passes bobos na defesa.

5,0
Uendel
Praticamente não apareceu no campo de ataque e não conseguiu conter os avanços de Rodinei pelo lado direito.

5,5
Ralf
Fez um primeiro tempo muito ruim, deu espaço para os meias da Ponte. Na etapa final foi melhor e marcou bem.

6,5
Elias
Começou o jogo nervoso, faltoso e levou cartão amarelo. Depois se acalmou e apareceu bem no ataque, além de ajudar bem na defesa.

6,5
Jadson
Foi quem mais levou perigo ao gol da Ponte. Bateu uma falta quase no ângulo e assustou em chute de longa distância.

7,0
Renato Augusto
Foi buscar a bola na zaga e deu bons passes no meio de campo. Abriu o placar com chute de direita dentro da área.

6,0
Emerson Sheik
Chamou bastante o jogo, mas estava errando muito. Abusou das jogadas individuais e prendeu muito a bola.

6,5
Vagner Love
No lugar de Guerrero, participou das jogadas no ataque e deu bela assistência para o gol de Renato Augusto.

5,5
Danilo
Entrou na metade do segunto tempo para cadenciar mais o jogo. Pegou poucas vezes na bola e não apareceu muito.

-
Mendoza
Substituiu Sheik nos minutos finais do jogo. Fica sem nota.

-
Bruno Henrique
Entrou aos 43 da etapa final. Jogou pouco e fica sem nota.

6,5
Tite
Primeiro tempo foi ruim. Time marcou mal e não assustou a Ponte. Depois acertou a marcação e o ataque melhorou








11/04/2015 18h25

Atuações do Corinthians em vitória e classificação a semifinal do Paulista: Cássio salva, Renato Augusto marca e garante vaga
Goleiro faz duas grandes defesas no primeiro tempo e segura a Ponte Preta. Meia faz gol após tabela com Love, mas também tem dia discreto, assim como toda a equipe


Por GloboEsporte.com










Elenco do Timão comemora a vaga na semifinal
(Foto: Marcos Ribolli)


CÁSSIO – GOLEIRO
Fez duas grandes defesas no primeiro tempo e impediu que o Timão fosse para os vestiários em desvantagem. Foi muito seguro nos momentos em que a Macaca pressionou.
Nota: 8

FAGNER – LATERAL-DIREITO
Sofreu um bocado com a chegada do atacante Rildo por aquele lado. Mesmo assim, conseguiu ir ao ataque, sobretudo no segundo tempo, quando a Macaca perdeu ritmo.
Nota: 6

FELIPE – ZAGUEIRO
Sem um centroavante para marcar, cometeu algumas falhas ao tentar sair à caça dos jogadores da Ponte. Em um descuido, Renato Cajá quase fez de cabeça. Cresceu na etapa final.
Nota: 6

GIL – ZAGUEIRO
Firme nas disputas pelo chão, mas envolvido em algumas trocas rápidas de passes do rival. Também melhorou quando o Timão jogou mais posicionado após abrir vantagem no placar.
Nota: 6

UENDEL – LATERAL-ESQUERDO
Assim como Fagner, teve problemas com a velocidade de Biro-Biro e ficou preso na defesa. Nada criou nas investidas no ataque.
Nota: 5,5

RALF – VOLANTE
Ficou sobrecarregado no primeiro tempo com as chegadas da Ponte, mas deu conta do recado com muita disposição na marcação e sem enfeitar os lances.
Nota: 6,5

ELIAS – VOLANTE
Bem marcado, fez apenas um avanço em velocidade no início, porém, finalizou fraco. Melhorou na segunda parte ao atuar mais recuado e dar qualidade à saída de bola alvinegra.
Nota: 6

RENATO AUGUSTO – MEIA
Viveu um dia de contrastes. Errou muitos passes, foi facilmente marcado e pouco colaborou no setor de criação do Corinthians. Até mostrou certa irritação com os erros. Acordou apenas para tabelar com Vagner Love e abrir o placar na arena.
Nota: 6,5

JADSON – MEIA
O mais lúcido dos corintianos neste sábado. Foi quem mais se apresentou para jogo, com movimentação pela direita e chegadas rápidas ao ataque.
Nota: 6,5

EMERSON – ATACANTE
Lutou pela bola, se empenhou nos lances, mas não teve uma boa atuação tecnicamente. Levou terceiro cartão amarelo por simulação e está fora da semifinal.
Nota: 5,5

VAGNER LOVE – ATACANTE
Pouco acionado, ficou apagado no primeiro tempo. Cresceu no segundo em virtude da maior movimentação. Funcionou como uma parede para devolver a bola e Renato Augusto marcar.
Nota: 6

DANILO – MEIA
Entrou na vaga de Love para prender a bola no campo de ataque e jogou dentro da média.
Nota: 6

MENDOZA – ATACANTE
Foi a campo em substituição a Emerson perto do fim para tentar puxar algum contra-ataque. Foi pouco acionado.
Nota: 6

BRUNO HENRIQUE - VOLANTE
Ocupou o lugar de Elias nos minutos finais para reforçar a marcação.
Sem nota




Timão chega à semi após sofrimento
Corinthians teve de suar para superar a Ponte Preta neste sábado, na Arena Corinthians, pelas quartas de final. Renato Augusto fez o gol da vitória


LANCEPRESS! - 11/04/2015 - 18:20

O Corinthians com Tite e seus comandados parecem ter tantos recursos e qualidades que uma hora vai dar certo. E deu. O Timão venceu a Ponte Preta por 1 a 0, neste sábado, na Arena Corinthians, e passou para a semi final do Paulistão. Sõ saberá o adversário amanhã

A ausência de Guerrero deu a Vagner Love a incumbência de ser a referência ofensiva. Mas Vagner Love e os companheiros pareciam não se entender. Fernando Bob, Josimar e Bruno Silva povoaram o meio, dando raras brechas a Jadson, Renato Augusto e Elias. O camisa 7 só conseguiu se desprender uma vez, logo aos 10 minutos, quando chegou após triangulação com Fagner e  Vagner Love, mas bateu sem forças.

Rildo, aberto pela esquerda, e Biro Biro, pela direita, atormentavam a zaga alvinegra. O cerebral Renato Cajá sempre tinha opções para iniciar as jogadas. E tinha tempo para pensar e criar.

Aos 37 minutos, Biro Biro deu lindo passe e encontrou Juninho, livre, na cara de Cássio. O lateral bateu e o Paredão do Timão fez bela defesa. No rebote, Renato Cajá abriu o placar, em posição legal, menos para o auxiliar, que errou ao levantar a bandeira. Minutos mais tarde, mais uma vez Cajá apareceu sem marcação e cabeceou após cruzamento de Rodinei. Outro milagre de Cássio, que espalmou para escanteio.

A volta do intervalo transformou a equipe de Tite. Em 10 minutos, a Macaca não conseguiu ver a bola. Elias, Love e Renato Augusto já havia desperdiçado chances até o gol, enfim, sair da garganta do corintiano. Renato Augusto apareceu na entrada da área, contou com belo pivô de  Vagner Love para receber de volta e, já dentro da área, bater. Matheus não conseguiu espalmar e a bola morreu devagar, sem forças, no fundo das redes.

Como mostrou na hora do gol, Love teve seus melhores minutos em campo. Ainda deu tempo de fazer outras boas jogadas antes de sair para a entrada de Danilo. Guto Ferreira demorou quase 30 minutos para trocar Biro Biro e Bruno Silva por Roni e Wellington, respectivamente.

O fato é que Cássio, após os milagres do primeiro tempo, não fez defesas nos últimos 45 minutos - apenas uma após jogada aérea, em jogada que o assistente marcou impedimento. O Corinthians venceu mais uma, chegou a 24 jogos invicto em 2015 e a 30 jogos sem perder na Arena Corinthians. E segue firme na luta pelo 28º título estadual.


FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 0 pontepreta

Local: Arena Corinthians,
Data/Hora: 11 de abril de 2015, às 16h20 (de Brasília)
Juiz: Flávio Rodrigues de Souza 
Auxiliares: Vicente Romano Neto e Carlos Augusto Nogueira Júnior
Público/Renda: 33.438 pagantes / R$ 2.283.546.
Catões Amarelos: Elias, Jadson e Emerson Sheik (COR); Pablo e Biro Biro (PON)

GOL: Renato Augusto, aos 10'/2ºT (1-0).

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf, Elias (Bruno Henrique, 43'/2ºT), Jadson, Renato Augusto e Emerson Sheik (Mendoza, 40'/2ºT); Vagner Love (Danilo, aos 25'/2ºT). Técnico: Tite

ponte preta Matheus; Rodinei, Tiago Alves, Pablo e Juninho; Josimar (Wellington, aos 27'/2ºT), Fernando Bob, Bruno Silva e Renato Cajá; Rildo e Biro Biro (Roni, aos 27'/2ºT). Técnico: Guto Ferreira.




Corinthians vence a Ponte e está na semifinal do Paulistão



















Corinthians vence a Ponte e está na semifinal do Paulistão (Foto: Reginaldo Castro/ LANCE!Press)





11/04/2015 18h12 - Atualizado em 11/04/2015 19h35

Timão melhora na etapa final, vence e avança
 Corinthians acorda, ganha com gol de Renato Augusto e vai às semifinais do Paulista


Por GloboEsporte.com





O Corinthians ganhou Ponte Preta, por 1 a 0, na Arena Corinthians, na tarde deste sábado, garantindo vaga nas semifinais do Paulistão. 


Dono da melhor campanha na primeira fase do Paulistão, o Corinthians enfrentará nas semifinais o quarto melhor dentre os quatro classificados às semifinais - a definição sai neste domingo, após os jogos que restam. A Federação Paulista divulga na segunda-feira local e data das semifinais, que serão definidas em jogo único, na casa dos dois times de melhor campanha no geral.

Emersonsofre falta de Bruno Silva em vitória do Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)

O público total foi de 32.869 pessoas. A renda, de R$ 2.283.546,00, será dividida entre os dois clubes, como manda o regulamento do Paulistão para esta fase de mata-mata.


O jogo


O primeiro tempo, surpreendentemente, foi da Ponte Preta. Com um sistema defensivo bem montado, que incluiu um volante (Juninho) como lateral-esquerdo, o time de Campinas praticamente anulou o do Corinthians. Só Emerson Sheik tinha alguma liberdade, pela direita da defesa da Macaca. Mas como Vagner Love não é Paolo Guerrero e não cai tanto pela esquerda quanto o peruano, faltava entrosamento. A Ponte chegou a marcar aos 37, com Renato Cajá - mas o auxiliar Vicente Romano Neto marcou impedimento, de forma equivocada, segundo o comentarista de arbitragem Paulo César de Oliveira, e o gol foi mal anulado.

Renato Augusto comemora gol do Corinthians, após tabela com Vagner Love (Foto: Marcos Ribolli)

Na etapa final, o Corinthians voltou melhor. Encontrando uma rara brecha na defesa da Ponte, Renato Augusto chamou Vagner Love para a tabela como pivô, recebeu na frente e marcou, aos 10 minutos.  Emerson Sheik - por tentar cavar um pênalti, recebeu o terceiro cartão amarelo e desfalca o Corinthians nas semifinais.








CORINTHIANS 1
4-4-2Corinthians
Cássio            GOL
Fagner           LAD
Felipe           ZAD
Gil                 ZAE
Uendel          LAE
Ralf                   VOL
Elias               VOL
(Bruno Henrique VOL)
Renato Augusto  MECJadson                MEC
Emerson             ATA
(Mendoza       ATA)
Vagner Love   ATA
(Danilo      MEC)
 Tite              TEC
RESERVAS
Walter            GOL
Edílson           LAD
Edu Dracena  ZAD
PetrosMEC



Ponte Preta    0
4-4-2
Matheus Inácio  GOL
Rodinei                LAD
Pablo                  ZAD
Tiago Alves       ZAE
Juninho            VOL
Fernando Bob   VOL
Josimar            VOL
(Wellington        ATA)
Bruno Silva      VOL
Renato Cajá      MEC
Biro Biro          ATA
(Roni                  MEC)
Rildo                  ATA
Guto Ferreira    TEC
reservas:
Reynaldo          GOL
Renato Chaves  ZAD
Paulinho          VOL
Adrianinho      MEC
Rodrigo Biro    LAE
RESUMÃO
O JOGO

O Corinthians venceu a  Ponte Preta, por 1 a 0, na Arena Corinthians, na tarde deste sábado, garantindo vaga nas semifinais do Paulistão.




DESTAQUE E AGORA?

Classificado para a semifinal, o Corinthians terá que esperar as partidas de domingo para descobrir quem será seu rival na briga por um lugar na decisão. Com a melhor campanha garantida, o time de Tite pegará aquele, entre os sobreviventes, com a menor pontuação acumulada em todas as fase.


DESTAQUE FINAL EM CASA, SE CHEGAR

A vitória levou aos 40 pontos no Paulista, o que já garante ao clube a possibilidade de, se chegar à final, atuar na Arena Corinthians no jogo de volta da decisão.

DESTAQUE ATUAÇÕES DO TIMÃO

Cássio salva e Renato Augusto marca



DESTAQUE EMERSON SUSPENSO

O atacante do Corinthians recebeu cartão amarelo no segundo tempo contra a Ponte Preta ao simular uma penalidade. Foi o terceiro dele, que não joga a semifinal.


DESTAQUE ANTES, LIBERTADORES

Antes de definir um lugar na final do Paulista, o Corinthians joga contra o San Lorenzo, quinta-feira, em casa, pela Libertadores. O Alvinegro precisa apenas de um empate para se classificar antecipadamente para as oitavas de final da competição

LANCE A LANCE
FIM DE JOGO




FIM DE JOGO

FALA, VAGNER LOVE

"Primeiro tempo a Ponte jogou melhor, mas acertamos no intervalo. A gente sabia que podia melhorar e foi o que aconteceu. O Corinthians começou a jogar com a bola no pé".




FIM DE JOGO

FALA, EMERSON

"A Ponte foi a que deu mais trabalho, time muito organizado, competitivo. Bacana quando o campeonato tem equipes consideradas pequenas que demonstram esse grau de dificuldade. Valeu por tudo o que fizemos ao longo da competição"


49'2º TEMPO

ACABOU!

Apita o juiz. O Corinthians vence a Ponte Preta e se classifica para a semifinal do Campeonato Paulista.
48'2º TEMPO
Rildo toca para Juninho dentro da área. Ela tenta girar, mas a zaga do Corinthians tira. Na cobrança de escanteio, Rildo pega a sobra, mas isola.

46'2º TEMPO
Renato Cajá levanta bola na área, Renato Augusto e Pablo dividem, mas o juiz marca escanteio. Na cobrança, Gil afasta.

45'2º TEMPO
ATÉ OS 49 MINUTOS
Serão quatro minutos de acréscimo no segundo tempo.

43'2º TEMPO

SAIEliasMEIO-CAMPO
ENTRABruno HenriqueMEIO-CAMPO


43'2º TEMPO
Renato Cajá bate falta dentro da área, o ataque da Ponte cabeceia e Cássio salva. O árbitro já parava o lance, marcando impedimento. Lance duvidoso.

42'2º TEMPO
Roni faz fila na entrada da área do Corinthians e bate rasteiro. Cássio segura.

41'2º TEMPO
Elias avança para o ataque, mas bate em cima do marcador.

40'2º TEMPO
SAIEmersonATACANTE
ENTRAMendozaATACANTE


38'2º TEMPO
Renato Augusto toca na direção de Elias, que deixa a bola passa para Emerson. A defesa da Ponte corta e evita e o ataque corintiano.

35'2º TEMPO
EMERSON FORA DA SEMI
Emerson levou seu terceiro cartão amarelo e, se o Corinthians confirmar vaga na semifinal, o atacante não joga.

32'2º TEMPO
EmersonATACANTE

Cartão amarelo para Emerson


31'2º TEMPO
A Ponte parte para cima do Corinthians em busca do empate.

29'2º TEMPO
TORCIDA FENOMENAL

Ronaldo está na Arena Corinthians para torcer pelo clube em que foi campeão paulista em 2009.




27'2º TEMPO

SAI  Josimar  MEIO-CAMPO
ENTRA   Wellington  ATACANTE

27'2º TEMPO

SAI      Biro Biro    ATACANTE
ENTRA  Roni   MEIO-CAMPO

26'2º TEMPO
PÚBLICO E RENDA NA ARENA CORINTHIANS


Público: 32.869 TOTAL sendo 32.438 pagantes 431 não pag

Renda: R$ 2.283.546.
27687



25'2º TEMPO

SAIVagner LoveATACANTE
ENTRADaniloMEIO-CAMPO
410103


24'2º TEMPO
Uendel busca a triangulação com Jadson e Sheik, mas Emerson fica parado. O Corinthians desperdiça o ataque.
21'2º TEMPO
Vagner Love dá lindo drible em Pablo, invade a área e toca para Emerson. A defesa da Ponte chega e tira a bola.

20'2º TEMPO

JadsonMEIO-CAMPO

Cartão amarelo para Jadson

17'2º TEMPO
Jadson cobra a falta, Gil cabeceia, mas sem perigo.
16'2º TEMPO
Fagner e Love tabelam na direita, mas Pablo derruba o lateral.

15'2º TEMPO
Cartão amarelo para Biro Biro

15'2º TEMPO

O Corinthians voltou melhor no segundo tempo, adiantou o time"
13'2º TEMPO
Vagner Love sai na cara de Mathues, bate, mas a zaga da Ponte se recupera.

10'2º TEMPO CORINTHIANS GOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLL

Renato Augusto  MEIO-CAMPO  TÁ LÁ!

Gol de Renato Augusto

Bela troca de passes do Corinthians. Jadson toca de peito para Renato Augusto, que passa para Love. O atacante faz o papel de pivô e devolve para Renato, que bate. Matheus toca nela, mas não evita o gol.




09'2º TEMPO
Jadson recebe de Fagner de costas para o gol e rola para Elias. O volante de fora da área, mas a bola explode na defesa da Ponte.

7'2º TEMPO
Torcedores atrás do banco do Corinthians começam a pedir para Tite colocar Danilo no time.

07'2º TEMPO
Uendel rola para a meia-lua, onde Renato Augusto bate mal.

04'2º TEMPO
GUERRERO
Segundo o repórter Mauro Naves, os primeiros exames de Guerrero não apontaram infecção pelo vírus da dengue. Outros testes serão feitos nos próximos dias.

03'2º TEMPO
Elias dá boa bola a Fagner, que cruza para a pequena área. Rodinei, na dúvida manda para escanteio.



01'2º TEMPO
Elias rouba a bola perto da área da Ponte e toca para Renato Augusto, que bate em cima de Vagner Love.
01'2º TEMPO
MAIS 45 MINUTOS

Começam os 45 minutos finais do duelo entre Corinthians e Ponte Preta. Se terminar empatado, teremos pênaltis na arena.

INTERVALO



Os times já estão de volta ao gramado para o segundo tempo da partida.
8321

INTERVALO
.


INTERVALO
As duas equipes, pouco antes do início da partida.



INTERVALO

FALA, ELIAS

"A gente esperava a qualidade deles. Tem que acertar a marcação, a gente não está roubando a bola".


46'1º TEMPO

FIM DO PRIMEIRO TEMPO

O juiz apita e encerra a primeira etapa.

45'1º TEMPO
Um minuto de acréscimo no primeiro tempo.
43'1º TEMPO
Rodinei chute de longe, a bola passa à direita de Cássio.

41'1º TEMPO
OUTRA DEFESA DE CÁSSIO
Cajá completa de cabeça bom cruzamento da direita, mas o goleiro do Corinthians faz grande defesa .
39'1º TEMPO
Renato Cajá bate falta na área do Corinthians, Pablo sobe mais, mas cabeceia para fora.


37'1º TEMPO
Juninho recebe ótimo passe dentro da área e, sozinho, bate o gol. Cássio defende e, no rebote, Renato Cajá, bate para o gol. O juiz marca impedimento do meia da Ponte. Segundo o comentarista Paulo César de Oliveira, a arbitragem errou. A marcação foi do auxiliar Vicente Romano Neto.
34'1º TEMPO
Renato Augusto limpa a marcação e bate de fora da área, mas a bola sobe demais. Longe do gol da Ponte...
32'1º TEMPO
Rildo vai até a linha de fundo e cruza para trás. Alta, a bola fica com Cássio outra vez.
29'1º TEMPO
Jadson bate de longe e assusta Matheus. No escanteio, Emerson não consegue aproveitaar a cobrança de Renato Augusto.



28'1º TEMPO
Rildo e Fagner disputam bola na lateral, mas o juiz não marca a falta.

26'1º TEMPO
Cajá toca de cavadinha para Juninho, mas Ralf chega na área e acaba com a festa.

24'1º TEMPO
Vagner Love recebe na linha da grande área, mas é desarmado pela defesa da Ponte.

23'1º TEMPO
Jadson bate direto, por cima do gol de Matheus.


22'1º TEMPO
PabloZAGUEIRO

Cartão amarelo para Pablo

Jadson toca para Elias, que passava por Pablo. O ponte-pretano derruba Elias e recebe o cartão.

20'1º TEMPO
Emerson faz jogada individual e toca para Love, que devolve para o companheiro. Sheik bate de fora da área, mas para fora.

19'1º TEMPO
Agora é Josimar que arrisca, de longe. Bem posicionado, Cássio faz a defesa.

18'1º TEMPO
Juninho recebeu dentro da área, girou e bateu fraco, sem dificuldade para Cássio.

17'1º TEMPO
Renato Augusto dá boa bola a Vagner Love, que vai até a linha de fundo e cruza. Matheus sai bem e fica com ela.

17'1º TEMPO
Emerson tenta lançar Uendel, mas a zaga da Ponte corta.

14'1º TEMPO
Cajá bate no segundo pau, Cássio não sai, mas a defesa do Corinthians afasta.
13'1º TEMPO
Felipe derruba Rildo na lateral-esquerda da Ponte Preta. Falta para os campineiros baterem.


12'1º TEMPO
Renato Cajá dribla Gil e serve Biro Biro, que bate no canto de Cássio, mas para fora.

10'1º TEMPO

UHHH

Bela jogada do Corinthians! Fagner e Jadson tabelam na direita, Love toca suave para Elias, que invade a área. O volante, porém, bate fraco, na mão de Matheus.


08'1º TEMPO
Renato Cajá bate falta na área, Cássio sobe e tromba com o atacante. A bola vai para o gol do Corinthians, mas a arbitragem já apontava impedimento.

07'1º TEMPO

EliasMEIO-CAMPO

Cartão amarelo para Elias



06'1º TEMPO
Jadson levanta na área e Matheus tira de lá.

06'1º TEMPO
Jadson lança Renato Augusto, que divide com o marcador na linha de fundo. Escanteio para o Corinthians.

05'1º TEMPO
Jadson e Emerson tabelam na direita, mas Pablo dá o carrinho e manda a bola para lateral.
04'1º TEMPO
Biro Biro recebe em velocidade, mas Ralf chega e corta

02'1º TEMPO
Emerson rouba a bola de Bruno Silva e parte com ela dominada. Bruno faz falta no corintiano.



01'1º TEMPO
No primeiro lance de ataque do Corinthians, Fagner arrisca do lado direito da área, mas bate longe!

01'1º TEMPO
ESTÁ VALENDO!

PRÉ-JOGO
JÁ VAI COMEÇAR!
As equipes só aguardam a autorização da arbitragem para iniciar a partida!

PRÉ-JOGO
FALA, TITE

"A gente só torce para o Guerrero recuperar. Mas temos um Corinthians todo para pensar. Oportunidade não avisa, caiu no colo do Love. Como caiu no colo do Jadson, vocês lembram?", diz o técnico alvinegro, que não terá seu camisa 9 nesta tarde. O peruano foi vetado após apresentar sintomas de dengue.

PRÉ-JOGO

NO GRAMADO!

As equipes deixam o túnel da Arena Corinthians e surgem no campo para a partida das quartas de final do Paulistão.

PRÉ-JOGO

DONOS DA CASA

Os corintianos também aguardam o início da disputa das quartas de final.


PRÉ-JOGO

As duas equipes fazem aquecimento no gramado da arena #trarenacor
Um dos telões da arena já está montado. Inauguração será na quinta, em Corinthians contra o San Lorenzo #trarenacor

Goleiros batem bola no gramado #trarenacor
Ponte Preta também está pronta #trarenacor


PRÉ-JOGO

JOGO DURO

O duelo desta tarde é entre o time de melhor campanha no Paulista - o Corinthians, com 37 pontos -, contra o melhor segundo colocado da fase de grupos - a Ponte, que marcou 27 pontos. Vale lembrar que a pontuação da partida desta tarde ainda conta para a definição dos confrontos da semifinal. Entre os sobreviventes, o de campanha mais positiva pega o 4º colocado; o 2º enfrenta o 3º. A vantagem dos melhores colocados é jogar em casa.



Vagner Love é o favorito para a vaga de Guerrero. Escalação sai daqui a pouco na Arena Corinthians #trarenacor
"A recuperação vai depender do quadro evolutivo. Provavelmente, vai precisar de uns dez dias de repouso", diz o médico do Timão #trarenacor
"Ele passou mal, foi medicado e chegou a piorar hoje. São sintomas de dengue, mas ainda não está certo" #trarenacor

NO APITO

Flávio Rodrigues de Souza será o árbitro do jogo. Vicente Romano Neto e Carlos Augusto Nogueira Júnior são os assistentes

Júlio Stancati, médico do Timão, diz que Guerrero tem sintomas de dengue #trarenacor

PRÉ-JOGO

VAGNER LOVE JOGA?!
 principal candidato a atuar no ataque do Corinthians é Vagner Love, para substituir Guerrero. Será que Tite confirma a presença do jogador?


PRÉ-JOGO

BAIXA IMPORTANTE

O atacante Guerrero foi cortado da partida desta tarde. do Corinthians, com febre. Ele fez exames e os resultados devem ser divulgados ainda neste sábado. O departamento médico do Corinthians já informou que o camisa 9 ficará internado por três dias, ao menos.


É MATA!

Boa tarde, amigo internauta! Iniciamos agora a transmissão de Corinthians x Ponte Preta, que se enfrentam às 16h20, na Arena Corinthians, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, em jogo único de mata.











11/04/2015 16h22

"Em 1º lugar está o ser humano", diz diretor, sobre desfalque de Guerrero
Janikian admite preocupação com o quadro do jogador, internado com suspeitade dengue. Se doença for confirmada, peruano pode ficar mais de 20 dias fora


Por SporTV.com








Com suspeita de dengue, o atacanteGuerrero está hospitalizado e vai desfalcar a equipe na partida deste sábado, e pelo menos no próximo duelo da Libertadores da América quinta-feira, pela Libertadores. Questionado sobre a baixa, o diretor de futebol Sergio Janikian afirmou que a grande preocupação agora é com a saúde do jogador, que está bastante debilitado e preocupa (assista ao vídeo acima).


- Em primeiro lugar está o ser humano, a gente está preocupado com a pessoa do Guerrero, especialmente uma doença crítica como essa, mas não temos nada confirmado ainda. Pode ser uma simples virose ou um quadro mais grave. Ele está no hospital fazendo todos os exames - informou.

Guerrero está hospitalizado com suspeita de dengue (Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Internado na manhã deste sábado, o jogador apresenta dores articulares generalizadas, dor nos olhos, febre acima de 38 graus e dor de cabeça, todos sintomas da dengue. Mesmo que não seja diagnosticado com a doença, o peruano deve ficar pelo menos três dias no hospital. O resultado de um exame, que deve sair no final da tarde, será importante para definir como será o tratamento e a recuperação. Se der negativo, ele ainda terá de fazer outro exame, que demora até cinco dias, para confirmar que não está infectado. Caso dê positivo, o período fora deve ser superior a 25 dias.


A internação pegou todos de surpresa, mas o diretor garante que o grupo está concentrado para as quartas de final do Campeonato Paulista, apesar da preocupação.


- O grupo está como sempre esteve nos últimos dias, todo mundo focado no jogo, unido, feliz. Emocionalmente é lógico que as pessoas se preocupam, mas não abala o contexto, o Corinthians vai ao jogo para ganhar - disse.

Questionado sobre o contrato de Guerrero e as tratativas para acertar a renovação, Janikian explicou que essa não é a prioridade do clube no momento e que o mesmo vale para Emerson Sheik, cujo contrato termina antes do fim da Libertadores.

- Estamos trabalhando em etapas, a etapa que estamos vivendo nesse momento é conseguir fazer com que a gente coloque todas as contas em dia, temos alguns jogadores com direito de imagens atrasados. O Guerrero e todos os outros são importantes para nós. A gente não está falando em renovação com ninguém, nem com Guerrero, nem com Sheik. Temos conversado com eles, eles estão aguardando pacientemente, e acreditamos - nós do Corinthians e os próprios atletas - em um desfecho feliz. Vai dar tudo certo - afirmou.





1/04/2015 15h24

Com sintomas de dengue, Guerrero está fora do jogo contra a Ponte Preta
Peruano amanhece com febre está fora da partida contra o time de Campinas


Por Carlos Augusto Ferrari


Julio Stancati, médico do Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)

O atacante Guerrero amanheceu com febre e foi cortado da partida Corinthians x Ponte Preta, neste sábado, às 16h20, na Arena Corinthians, válida pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Com sintomas de dengue, o peruano foi encaminhado para o Hospital São Luiz, em São Paulo, onde passará por exames.


Um primeiro boletim médico será divulgado ainda neste sábado, no fim da tarde. Joaquim Grava, chefe do departamento médico do Corinthians, já adiantou que Guerrero deverá ficar pelo menos três dias internado.


De acordo com Julio Stancati, médico do Corinthians, Guerrero também já não jogará contra o San Lorenzo, quinta-feira, pela Libertadores da América


– Ele passou mal ontem (sexta-feira) à noite, foi medicado e chegou a piorar hoje (sábado) pela manhã. Os sintomas são muito semelhantes a dengue, mas ainda não está confirmado – disse o médico.


– A recuperação vai depender do quadro evolutivo. Provavelmente, vai precisar de uns dez dias de repouso – completou Stancati.


Para a vaga do peruano, Tite tem como opções Vagner Love e Danilo, que chegou a atuar na função durante o período de três partidas que o peruano ficou fora por suspensão na Taça Libertadores da América. Petros, que não estava na lista dos suplentes, foi relacionado e fica no banco de reservas.


O departamento médico do clube vai dar mais detalhes da situação do jogador na chegada da delegação à Arena Corinthians.


Sem o peruano, o Corinthians vai para o jogo com: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf, Elias, Jadson, Renato Augusto e Emerson Sheik; Vagner Love (Danilo).
Guerrero está com sintomas de dengue (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)















Com febre, Guerrero está fora do duelo contra a Ponte Preta
Centroavante peruano amanheceu com febre e foi encaminhado para hospital. Para confronto deste sábado, pelas quartas de final do Paulistão, Love e Danilo são as opções
11:51

Guerrero não enfrentará a Ponte neste sábado (Foto: Miguel Schincariol/LANCE!Press)

O atacante Paolo Guerrero é desfalque de última hora do Corinthians para o duelo deste sábado, às 16h20, diante da Ponte Preta, na Arena Corinthians, pelas quartas de final do Paulistão. O peruano acordou com quadro de febre e deixou o CT Joaquim Grava para fazer exame no Hospital São Luís.

Sem o camisa 9, peça fundamental de sua equipe, o técnico Tite tem duas opções para o duelo contra a Macaca: Vagner Love, que é o jogador da posição, ou o meia Danilo, que está recuperado de lesão e teve ótimas atuações quando foi improvisado de centroavante, em duelos pela Libertadores da América

O Corinthians que deve entrar em campo neste sábado terá: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf, Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson Sheik; Vagner Love (Danilo).

Guerrero é o artilheiro do Timão no estadual, com seis gols, e também o artilheiro da equipe na temporada, com 12 gols. Assim como diversos titulares, ele foi poupado no duelo da última quarta-feira, diante do XV de Piracicaba, e retornaria neste sábado, contra a Ponte Preta. O departamento médico alvinegro dará esclarecimentos na chegada da delegação na Arena Corinthians
















Corinthians tem desfalque de última hora: o centroavante Guerrero, com febre
Com quadro de febre, atacante não estará em campo na partida válida pelas quartas de final do Paulistão Itaipava 2015 - Série A1, na Arena Corinthians
11h50 11/04/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansO Timão enfrenta a Ponte Preta na Arena Corinthians, às 16h20



Guerrero está fora da partida entre Corinthians e Ponte Preta, pelas quartas de final do Paulistão Itaipava 2015 - Série A1. O atacante amanheceu neste sábado (11) com quadro de febre e foi encaminhado para exames no Hospital São Luís.


Mais detalhes serão esclarecidos pelo Departamento Médico do Corinthians durante o dia.


O Timão enfrenta a Ponte Preta na Arena Corinthians, às 16h20.



Edilson elogia performance do Corinthians e gradece confiança de Tite
Lateral-direito afirma que time corinthiano, que neste sábado enfrentará a Ponte Preta, em casa, pelas quartas de final do Paulistão, atingiu um bom nível durante o torneio, graças a trabalho do técnico


RADAR/LANCEPRESS! - 11/04/2015 - 12:22

Edilson tem sido constantemente escalado por Tite (Foto: Alan Morici/LANCE!Press)

Neste sábado, às 16h20, na Arena Corinthians, o Corinthians enfrentará a Ponte Preta, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Além de buscar uma vaga na semifinal da competição, o time comandado por Tite defenderá mais uma vez uma invencibilidade de 23 jogos.

Mesmo não sendo titular do Timão, o lateral-direito Edilson tem sido muito utilizado pelo treinador, que tem procurado dar oportunidades a todos do elenco. O jogador elogia o trabalho de Tite e afirma ser grato pelo estimulo que tem recebido do comandante.


- Ficar 21 jogos sem perder não é para qualquer time não. Ainda mais jogando os campeonatos equilibrados e disputados que estamos jogando. Você sai de uma guerra na Libertadoresda América e já tem um compromisso dificílimo pelo Paulista. Mas estamos dando conta do recado, felizmente. Atingimos um padrão de excelência muito bom. Isso é fruto do trabalho de todo o grupo e principalmente do Tite, que nos passa muita confiança. Com ele, realmente não tem titular ou reserva. Somos todos importantes para o trabalho - disse Edilson.

Na primeira fase do Campeonato Paulista, o Corinthians foi o primeiro colocado na classificação geral.











11/04/2015 07h00

Em "tira-teima", invicto Corinthians enfrenta a Ponte, melhor do interior
Líder geral na primeira fase, Timão tenta comprovar favoritismo diante de adversário que fez boa campanha nos grupos. Macaca tenta surpreender como em 2012


Por GloboEsporte.com


Tite não fez mistério e manteve o 4-1-4-1
(Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Quis o regulamento que dois dos melhores times da primeira fase se encontrassem logo nas quartas de final do Campeonato Paulista. Invicto e primeiro colocado na classificação geral, o Corinthians enfrenta a Ponte Preta, quinta colocada. A partida, marcada para as 16h20, deste sábado, em Itaquera, é quase um "tira-teima" entre os clubes.


Em 2012, nesta mesma fase, a Macaca surpreendeu ao eliminar o Timão no Pacaembu com uma vitória por 3 a 2, jogo marcado por duas falhas claras do goleiro Julio Cesar. O troco veio no ano seguinte, também nas quartas, com uma goleada corintiana por 4 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Guto Ferreira tem a missão de eliminar o Timão
(Foto: Carlos Velardi/ EPTV)

Agora, o Corinthians chega amparado pela grande campanha em que somou dez pontos a mais que a Ponte no Grupo 2: 37 a 27. Mais que isso, o Timão ainda não perdeu depois de 21 jogos oficiais – foi batido pelo Colônia em amistoso – e acumula 29 duelos de invencibilidade em sua nova casa. A única derrota em Itaquera aconteceu na abertura, diante do Figueirense, dirigido justamente por Guto Ferreira no ano passado.

Flávio Rodrigues de Souza apita a partida. Vicente Romano Neto e Carlos Augusto Nogueira Júnior são os assistentes. A TV Globo transmite ao vivo para todo o estado de São Paulo, e você acompanha também, em Tempo Real com vídeos, no GloboEsporte.com









Corinthians: o técnico Tite não fez mudanças na equipe titular que foi a campo nas últimas partidas da Taça Libertadores. Como Fábio Santos ainda aprimora a parte física, Uendel permanece na lateral esquerda. O Timão segue no esquema 4-1-4-1, um de seus pilares neste início de temporada. A formação do Corinthians é a seguinte: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson; Guerrero.

Ponte Preta: adepto do mistério, Guto Ferreira ampliou o suspense para as quartas de final. Além de não divulgar a escalação, fechou os treinos de quinta e de sexta-feira. Sem a presença da imprensa, testou alternativas. A principal dúvida é entre Josimar e Roni. Com o primeiro, o time entra com três volantes, formação que mais agradou o treinador na primeira fase. Com Roni, a equipe fica no 4-3-3, com três atacantes de velocidade na frente.


A provável Ponte tem João Carlos, Rodinei, Tiago Alves, Pablo e Rodrigo Biro; Josimar, Fernando Bob, Bruno Silva e Renato Cajá; Biro Biro e Rildo.














Corinthians: Fábio Santos aprimora o condicionamento físico após operar o joelho direito e Luciano se recupera de uma lesão na coxa direita. Cristian, Petros e Malcom não foram relacionados por opção de Tite.




Corinthians: Edu Dracena, Cristian, Bruno Henrique e Emerson.





Corinthians enfrenta Ponte Preta pelas quartas de final do Paulistão Itaipava
A equipe comandada pelo técnico Tite enfrenta sua primeira decisão pelo estadual
10h 11/04/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansTimão encara a Ponte Preta pelas quartas de final do Paulistão Itaipava


Neste sábado (11), o Corinthians recebe a Ponte Preta, às 16h20, na Arena Corinthians, pelas quartas de final do Paulistão Itaipava Série-A1. Após garantir a primeira colocação geral na competição estadual, o Timão encara a equipe de Campinas em busca da classificação para a próxima fase.

Em 15 partidas no Paulistão, o Corinthians tem 11 vitórias e quatro empates, além de 28 gols pró e 10 contra. Atuando em casa, o aproveitamento é ainda melhor: seis vitórias e dois empates, com 17 gols feitos e cinco sofridos.

O retrospecto contra a Ponte Preta é favorável para o Timão. Em 135 confrontos, o Timão conquistou 76 vitórias contra 27 da equipe de Campinas, além de 31 empates. Este será o primeiro duelo entre as duas equipes na Arena Corinthians.

Em 2013, Corinthians e Ponte se enfrentaram na mesma fase do Paulistão. Em Campinas-SP, o Timão venceu por 4 a 0, com gols de Romarinho, Emerson Sheik, Paolo Guerrero e Alexandre Pato.

O provável time titular do Timão para este duelo é formado por Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson Sheik; Guerrero. Se entrar em campo contra a Ponte Preta, Elias completará 200 jogos com pelo alvinegro.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.





 Timão aposta em quarteto acostumado a decidir
Neste sábado, às 16h20, na Arena Corinthians, campeões Cássio, Elias, Emerson e Guerrero têm jogo ideal para brilhar e colocar o Corinthians na semifinal do Campeonato Paulista



Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni - 11/04/2015 - 08:00

Elias vibra com Guerrero após gol do Timão (Foto: Nelson Almeida/AFP)

Momentos decisivos são feitos para jogadores com poder de decisão. E, para o torcedor do Corinthians, nada melhor do que saber que quatro dos 11 jogadores que iniciarão contra a Ponte Preta, pelas quartas de final do Estadual, são decisivos.

Cássio, Elias, Emerson Sheik e Guerrero já passaram por momentos como este que se apresentará nese sábado, a partir das 16h20, na Arena Corinthians. Multicampeões com a camisa alvinegra, os quatro sabem como poucos como se comportar diante dessa situação, que no meio do futebol é resumida da seguinte forma: a bola não queima no pé.

Diante de um regulamento que obriga uma decisão de vaga em jogo único, com margem de erro pequena devido ao pouco tempo de recuperação (90 minutos e mais nada), ter um quarteto tão experiente e vencedor pode fazer a diferença a favor do Timão, considerado favorito no duelo.

– Grau de dificuldade grande. A mobilização tem de ser total, ainda mais para um jogo só. A margem de erro defensiva é mínima, e temos de ser efetivos na frente – disse Tite.

Cássio chegou em janeiro de 2012 e, meses depois, acabou sendo fundamental para a conquista inédita e invicta da Libertadores. Caso o jogo termine empatado, a vaga será decidida nos pênaltis, elevando ainda mais sua importância – na semifinal de 2013, ele fez uma defesa

Já Elias, foi um dos destaques daquele Corinthians campeão paulista (invicto) e da Copa do Brasil, em 2009. O volante já demonstrou ser decisivo também em clássicos,como em Corinthians 2x0 5P pela Libertadores da América

Emerson Sheik, por sua vez, chegou em meados de 2011 e foi fundamental na maioria dos cinco canecos que levantou no Parque São Jorge...

Guerrero? Bem, fez o gol do bicampeonato mundial do Corinthians. E dispensa comentários.

Também decisivo, meia Danilo volta ao banco

Um dos jogadores mais representativos das conquistas da última passagem de Tite no Timão, Danilo estará no banco de reservas no duelo deste sábado à tarde, diante da Ponte Preta. O jogador recuperou-se de uma tendinite no calcanhar esquerdo, que o fez ser desfalque nos duelos contra Danubio, Santos e XV de Piracicaba.

A confiança do treinador no camisa 20 é tamanha que ele foi o escolhido para ser o centroavante da equipe em jogos da Libertadores, quando Guerrero estava suspenso. Neste ano, a estrela de Danilo já brilhou em alguns jogos, como nos clássicos contra Palmeiras e São Paulo, em que fez os gols de ambas as vitórias.

Na passagem anterior de Tite, o meia foi decisivo em todos os títulos: foi o líder de assistências no Brasileirão-2011, fez gols decisivos na Libertadores-2012 e participou do gol de Emerson, na decisão contra o Boca Juniors (ARG), participou da jogada do gol sobre o Chelsea (ING), na decisão do Mundial-2012, e também fez gols nas finais do Paulistão-2013 e Recopa Sul-Americana-2013,