2 de abr de 2015

CORINTHIANS 02/04/2015




Corinthians x San7os – 24 mil ingressos vendidos
19h10 02/04/2015 - IngressosAgência Corinthians

Neste domingo (05), às 16h, Corinthians e Sant7os se enfrentam por mais uma rodada do Paulistão Itaipava 2015 – Série A-1. Para este duelo, que acontece na Arena Corinthians, 24 mil ingressos foram vendidos até o fim da tarde desta quinta (02). Nesta sexta (03), a venda continua nas bilheterias e também pelo site www.fieltorcedor.com.br/ingressos.

Confira os setores ainda disponíveis:

Leste Superior – R$ 150 (R$ 75 meia-entrada)

Oeste Inferior – R$ 250 (R$ 125 meia-entrada)

*Oeste VIP – R$ 450 (R$ 225 meia-entrada)

*Incluso serviço de buffet

A venda para a torcida visitante será feita pelo Santos Futebol Clube.

OBS: A compra de ingressos nas bilheterias é somente com dinheiro.

Pontos de venda:

1. Parque São Jorge (10h às 17h)

Lojas Poderoso Timão:

Shopping Santana Parque (10h às 17h)

Rua Conselheiro Moreira de Barros, 2780, loja 3062 - Santana

São Mateus (10h às 14h)

Av. Mateo Bei 2029 - São Mateus

Rua Augusta (10h às 17h)

Rua Augusta, 1948 - Cerqueira César

Tietê Plaza (11h às 17h)

Raimundo Pereira de Magalhães, 1465, loja 1056 - Pirituba

TEM DIREITO À CATEGORIA MEIA-ENTRADA:

Estudantes:

Lei n◦. 13.933, de 26/12/2013

· §2o.: ... mediante a apresentação, no momento da aquisição do ingresso e na portaria do local de realização do evento, da Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), pelas entidades estaduais e municipais filiadas àquelas, pelos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e pelos Centros e Diretórios Acadêmicos, com prazo de validade renovável a cada ano, conforme modelo único nacionalmente padronizado e publicamente disponibilizado pelas entidades nacionais antes referidas e pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), com certificação digital deste...

· § 6o A Carteira de Identificação Estudantil (CIE) será válida da data de sua expedição até o dia 31 de março do ano subsequente.

Apresentar RG Original

Idosos maiores de sessenta (60) anos:

Lei n◦. 13.933, de 26/12/2013

· Apresentar RG Original

Professores do Estado e dos Municípios Paulistas

Lei 14729/12

· Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerith) do mês vigente.

Diretores, Coordenadores pedagógicos, Supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas da rede pública estadual e municipal de ensino.

Lei 15298/14

· Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerith) do mês vigente.

Não dão direito a compra de ingressos na categoria meia entrada:

· Aposentadorias

· Conselhos de classe tais como OAB, CRC ou CREA








TIMÃO QUASE CLASSIFICADO AS OITAVAS DA LIBERTADORES DA AMERICA

Líder, 100%, com 12 pontos em quatro partidas no Grupo 2, o Corinthians precisa apenas de um empate contra o San Lorenzo, na Arena Corinthians, dia 16 de abril, ou contra 5P,  fora de casa, em 22 de abril. 









02/04/2015 18h34
Corinthiano Jadson: "Faltou espírito esportivo ao Danubio"
Meia diz que o Corinthians estava preparado para enfrentar o Danubio:
"Nossa equipe não fez graça, só colocou a bola no chão e trabalhou"


Por Diogo Venturelli e SporTV.com



Jadson brilhou pelo Corinthians, marcando um gol na goleada por 4 a 0 contra o Danubio, pela Taça Libertadores da América 2015



No programa, o meia criticou a postura da equipe uruguaia no duelo contra o Timão. Além de fazerem muitas faltas, principalmente em Emerson Sheik, um dos jogadores - Cristian González - cometeu insultos racistas contra Elias.


- Tite já tinha alertado nossa equipe, sabemos que uruguaios e argentinos têm a característica de querer desestabilizar na porrada, de querer xingar, como foi com Elias, estávamos preparados e concentrados. Fomos para jogar bola, a gente queria vencer, por isso jogamos bem. Tite ficou transtornado (com uma das faltas em Sheik). Faltou espírito esportivo. Nossa equipe não fez graça, só jogou, colocou a bola no chão e começou a trabalhar. Só faltava a faísca para eles explodirem. Nossa equipe jogando bem agitou a deles, que foi para o lado da pancadaria.


Líder do Grupo 2 da Libertadores, o Timão volta a campo diante do San Lorenzo, na Arena Corinthians, no dia 16. Já pelo Paulistão, o COrinthians enfrenta san7os no domingo, também na Arena Corinthians, às 16h.

Jadson, do Corinthians(Foto: Diogo Venturelli)









No Corinthians, elogiado, Uendel destaca: 'Tite não quer o jogador como uma ovelhinha'
Lateral-esquerdo do Corinthians, que assumiu a posição de titular, é destacado pela inteligência e troca de ideias com o treinador. Ele destaca evolução com treinos extras

LANCEPRESS! - 02/04/2015 - 17:37

Uendel em duelo pelo Paulistão (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)

Depois da vitória do Corinthians por 2 a 0 5P pela Libertadores d América, na Arena Corinthians, no dia 18 de fevereiro, o lateral-esquerdo Fábio Santos passou por uma artroscopia no joelho direito. Desde então, Uendel assumiu a posição na equipe titular do Corinthians e tem sido elogiado, não apenas pelas boas atuações, mas também por sua inteligência "incomum".

No início da semana, o técnico Tite afirmou que Fábio não tem volta garantida e que o então reserva, agora entre os 11 principais, tem as mesmas condições de brigar pela vaga. E ainda rasgou elogios.
- Quem determina a volta é o campo. Eu não considero melhor e pior, eu julgo o melhor momento. Uendel é um jogador muito inteligente, o nível de inteligência dele é acima do normal. Eu disse que gosto que atleta raciocione. Uma vez, em uma palestra, ele citou um autor, dizendo fulano de tal pensa de tal forma. Ele tem inteligência apurada. E em termos de qualidade técnica, é construtor, o passe dele tem muita qualidade - disse o treinador.


Após a vitória por 4 a 0 sobre o Danubio, na Arena Corinthians, pela Libertadores, nesta quarta-feira, Uendel confirmou que o treinador gosta de jogadores que pensem e vê a troca de ideias como algo positivo dentro do vestiário.


- Eu procuro ver bastante jogos, ler bastante sobre esportes... Mas nada muito especial. O Tite dá essa abertura para o jogador, ele gosta de jogador que pense, que tenha diálogo, que não seja só uma "ovelhinha". A gente tem de ter nossa opinião. Ele dá essa abertura e está funcionando. Todos se sentem confiantes de expor as ideias dentro do vestiário e isso é muito bom - ressaltou o jogador.

Criticado pela parte defensiva no ano passado, com Mano Menezes, o lateral-esquerdo demonstra boa evolução e mantém o setor defensivo com um dos pontos fortes da equipe corintiana. Trabalhos especiais pós-treinos contribuíram para o seu crescimento.


- A evolução tem sido muito grande. É bom para reconhecer o meu trabalho, da comissão técnica... Quando acaba os treinos, o Fábio Carille (auxiliar-técnico) me pega para fazer trabalhos de marcação, de cabeceio, que era um defeito meu. Isso está sendo muito bom, isso está refletindo dentro de campo - disse.












Corinthians empata com Monterrey e se despede da Dallas Cup
O Timão teve duas vitórias e dois empates na competição internacional
17h 02/04/2015 - Departamento de Formação de AtletasAgência Corinthians

© Marcio BarbosaDurante o torneio, o Timão enfrentou Dallas-USA, Monterrey-MEX e Hoffenheim-ALE


Na última rodada da fase de grupos da Dallas Cup, a equipe Sub-20 do Corinthians empatou em 2 a 2 com a equipe do Monterrey-MEX, e se despediu da competição.

O Timão encerra sua participação com dois empates, contra o Dallas-USA e Monterrey-MEX, e uma vitória sobre o Hoffenheim-ALE, por 2 a 1.














02/04/2015 16h32

Em nota, corinthiano Elias repudia ofensa racial de rival do Danubio: "Sinto pena"






O volante Elias, do Corinthians, divulgou nota oficial nesta quinta-feira na qual repudia o comportamento de Cristian González, atleta do Danubio. Segundo o jogador, o uruguaio o chamou de “macaco” pouco antes da cobrança de falta que resultou no primeiro gol da vitória alvinegra por 4 a 0 na última quarta-feira, na arena, em Itaquera.


– Antes da cobrança da falta, fui chamado de macaco pelo González. Após o gol, durante a comemoração, ele repetiu o insulto, desta vez com gestos imitando um macaco – afirma o corintiano no comunicado.


Durante discussão após a marcação da infração, Elias demonstrou muita irritação com o adversário e precisou ser contido por seus companheiros. Na saída para o intervalo, o volante não quis se manifestar, assim como ao final da partida.


– Lamentável que episódios como este ainda aconteçam. E me revolta ainda mais por ter acontecido dentro do meu país, dentro da minha casa. Ele é muito novo ainda e espero que, com o tempo, mais maduro, perceba que o racismo é repugnante – diz o alvinegro, na nota.
 Depois do confronto, o corinthiano cogitou ir a uma delegacia para prestar queixa, mas desistiu e apenas informou o episódio aos responsáveis da Conmebol.


– Hoje, com a cabeça mais fria, não consigo sentir raiva, só pena – concluiu o volante.
Elias foi vítima de racismo (Foto: Marcos Ribolli)






Corinthiano Elias repudia comportamento racista de uruguaio: 'Sinto pena'
Na tarde desta quinta-feira, por meio de sua assessoria de imprensa, o camisa 7 voltou a repudiar a ação do uruguaio na Arena Corinthians

LANCEPRESS! - 02/04/2015 - 16:03

Jogador uruguaio irritou Elias e seus companheiros de Corinthians (Foto: Nelson Almeida/AFP)

O ato racista cometido por Cristian González, do Danubio (URU), revoltou Elias dentro de campo, que partiu em direção ao jogador para tirar satisfações. Na tarde desta quinta-feira, por meio de sua assessoria de imprensa, o camisa 7 voltou a repudiar a ação do uruguaio na Arena Corinthians.

- Antes da cobrança da falta, fui chamado de macaco pelo González. Após o gol, durante a comemoração, ele repetiu o insulto, desta vez com gestos imitando um macaco. Lamentável que episódios como este ainda aconteçam. E me revolta ainda mais por ter acontecido dentro do meu país, dentro da minha casa - afirmou.

- Ele é muito novo ainda e espero que, com o tempo, mais maduro, perceba que o racismo é repugnante. Hoje, com a cabeça mais fria, não consigo sentir raiva, só pena - completou o volante, um dos principais destaques do Timão na competição internacional.

O ato racista de Cristian González causou revolta em outros jogadores do Corinthians. O goleiro Cassio foi um dos que falaram sobre o episódio.







02/04/2015 16h30
Corinthiano Campeão mundial em 2013, skatista Rony Gomes renova com o Corinthians
Desde 2013 no clube, skatista assinou novo compromisso na última terça-feira


Por GloboEsporte.com


Campeão mundial de skate vertical em 2013, Rony Gomes esteve na sede social do Corinthians na última terça-feira, reunido com o Diretor de Esportes Terrestres Adilson Mendes Ferreira, para acertar sua renovação de contrato por mais uma temporada. Desde 2013 defendendo o clube, Rony conquistou também a Copa do Brasil de Skate Vertical em 2013 e o Brasileiro de Skate Vertical em 2014. Torcedor do Timão, o skatista não escondeu a felicidade em estender o vínculo.


- Para mim, como skatista e torcedor, é muito importante manter uma parceria duradoura com o Corinthians. É o time que eu torço, é o time do meu pai, do meu avô e de grande parte da minha família. Quero continuar fazendo o máximo para essa parceria dar certo e sempre tentar levar o nome do clube para o mundo - comentou Rony Gomes.

Rony Gomes renova com o Corinthians (Foto: Divulgação)

O contrato com Rony faz parte de uma estratégia do Corinthians para atingir crianças e adolescentes praticantes do skate.


- Essa parceria feita entre Corinthians e Rony Gomes é muito importante em virtude do crescimento da modalidade. O skate está crescendo paralelamente ao futebol, sendo muito procurada por garotos e adolescentes. Então acredito que essa junção da marca Corinthians com Rony Gomes será muito boa não só para o Corinthians, mas também para a modalidade seguir crescendo no Brasil e no mundo - disse Adilson Ferreira.

Em 2015, Rony já representou o clube durante a primeira etapa do mundial de bowl no Rio de Janeiro, em janeiro, e no festival Vert Attack, na Suécia. O skatista ainda disputará eventos na China, em abril e maio, e em junho nos EUA.









Corinthiano Cássio sobre racismo com Elias: 'Respondemos jogando e fazendo gols'
Goleiro do Corinthians espera punição mais severa após episódio em duelo contra o Danubio, nesta quarta-feira. Zagueiro Gonzalez fez gestos e proferiu palavras racistas


LANCEPRESS! - 02/04/2015 - 15:48

Cássio espera punição por racismo a Elias (Foto: Eduardo Viana/LANCE!Press)

Apesar da facilidade na vitória por 4 a 0 sobre o Danubio (URU) nesta quarta-feira, na Arena Corinthians, pela Libertadores da AMérica, uma situação poderia ter abalado o Corinthians durante o duelo. No fim do primeiro tempo, o zagueiro Cristian Gonzalez fez gestos racistas e chamou o volante Elias de "macaco". No intervalo, o grupo foi reunido e o preparador físico Fábio Mahseredjian destacou que os jogadores não deveriam cair na provocação e, sim, dar a resposta com gols.

- O Elias ficou chateado, mas no segundo tempo a gente conseguiu manter o padrão de jogo. O Fábio preparador até falou, a gente conversou que a nossa resposta era jogar, fazer um monte de gols, e conseguimos. Fizemos uma partida sem riscos, dominamos desde o início e saímos vitoriosos com muito mérito - disse o goleiro Cássio, na zona mista na Arena Corinthians
No momento do episódio, o camisa 7 do Timão chegou a trocar algumas ofensas com o adversário, mas foi contido e depois não procurou mais confusão. Após o jogo, dirigentes do clube perguntaram se ele gostaria de fazer um Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima ao estádio, mas ele não quis. Cássio espera que a Conmebol tome uma atitude.

- Eu não ouvi, o Felipe me falou que o cara tinha ofendido o Elias. Eu vi o jogador fazendo o gesto. Acho que isso já cansou. As pessoas têm de ser mais severas, para que isso mude um pouco no futebol - afirmou o camisa 12 alvinegro.


Sem entrar na pilha do racismo, dos xingamentos ou da violência dos uruguaios, o Corinthians saiu de campo vitorioso sem sustos. A maturidade e a força psicológica da equipe foi elogiada.


- Isso (provocação), no futebol, é normal. Pegava muitos times brasileiros. Os estrangeiros vinham aqui, batiam muito, xingavam, cuspiam... Esse tipo de coisa que faziam equipes brasileiras perder classificações. Até o Corinthians é um exemplo. Outros times vinham, batiam e nós revidávamos. Hoje você vê um time bem maduro, consciente. Apanhamos bastante, o Paolo apanhou muito, o Sheik também, mas todos mostraram maturidade. É uma marca do nosso time. Às vezes tem falta não marcada, ou algumas violentes, mas nos mantemos focados e não é à toa que ainda estamos invictos nesse ano - ressaltou Cássio, destacando a invencibilidade de 21 jogos da equipe de Tite na atual temporada.




















02/04/2015 15h17

Jadson diz que influência de Tite em sua permanência no Timão foi de 80%
meia do Corinthians diz que técnico foi decisivo para sua permanência


Por SporTV.com





Convidado do "Seleção SporTV" desta quinta-feira, Jadson disse que Tite teve grande parcela em sua decisão de permanência no clube em fevereiro, quando o meia recusou uma proposta milionária do Jiangsu Sainty, da China.


- De 0% a 100%, acho que uns 80% - definiu o meia, que marcou o primeiro gol do Timão na goleada por 4 a 0 contra o Danubio, do Uruguai.


Reserva com Mano Menezes no segundo semestre de 2014, o meia também iniciaria o ano como opção, mas a venda de Lodeiro para o Boca Juniors abriu uma vaga entre os 11 titulares. A conversa com o treinador, que lhe passou confiança, foi motivadora para o camisa 10.


- A confiança que Tite passou para mim e para o grupo foi fundamental. No ano passado, não terminei bem a temporada, sei disso, mas no começo deste, nos EUA, me preparei bem e ele teve uma conversa comigo, dizendo que estava contando com meu futebol e eu corri atrás, não veio de bandeja. Tive que trabalhar muito para ganhar confiança e meu espaço - disse.

Jadson recusou proposta da China em fevereiro (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Ao contrário do que muitos pensam, Jadson não se mostrou magoado com Mano Menezes. O jogador, inclusive, admitiu que não era uma tarefa fácil para o técnico achar um vaga para ele.


- Com Mano...É difícil para o treinador, tem 30 jogador e ele tem de escalar 11. A equipe estava bem também no final do ano, com jogadores de qualidade, não tem como tirar um se a equipe está bem. Estava esperando minha oportunidade e surgiu neste ano. Quando Lodeiro foi negociado, Tite me chamou e falou: "Chegou sua hora". Estou a cada jogo tentando ganhar meu espaço.


Sobre o papo em fevereiro, na semana que o jogador decidiu descartar a proposta chinesa, Jadson diz apenas que o treinador mostrou interesse em contar com ele na equipe.


- Não é convencer, ele não impôs que eu ficasse, teve só uma conversa falando que contava com meu futebol, que na parte técnica ele contava comigo. Só que chegar e falar sim ou não, ele disse que não ia interferir - lembra.


Líder do Grupo 2 da Libertadores, o Timão volta a campo diante do San Lorenzo, na Arena Corinthians, no dia 16. Já pelo Paulistão, a equipe faz clássico com o Santos no domingo, também em Arena, às 16h.






Petros no Instagram







Corinthians pode ter proposta de R$ 30 milhões por atacante Malcom. Sua multa é de 75 milhoes. Pertence 30% ao Corinthians

BRASILIANISCHES U20-TALENT 
Bericht: RB Leipzig mit Stürmer Malcom einig – Ablöse 9 Mio.
Nach dem 8-Millionen-Wechsel von Davie Selke (20, Werder) soll RB Leipzig erneut auf dem Transfermarkt zugeschlagen haben. Nach Informationen des italienischen Sportjournalisten Alfredo Pedulla haben sich die „Roten Bullen“ die Dienste des Offensiv-Talents Malcom (18, Foto) von Corinthians Sao Paulo gesichert.


Der Vertrag sei bereits unterschrieben – es stehe lediglich noch die offizielle Bekanntgabe aus. Die Ablöse für den Angreifer soll bei 9 Mio. Euro liegen und im Erfolgsfall auf bis zu 11 Mio. Euro ansteigen.


razilian Talent U20
Relatório: RB Leipzig com o atacante Malcolm concordar - Override 9000000
Após a 8 milhões de câmbio Davie Selke (20, Werder ) RB Leipzig é dito ter atingido novamente no mercado de transferências . De acordo com as informações do jornalista esportivo italiano Alfredo Pedulla os " Red Bulls " os serviços de talento ofensivo Malcom (18, foto ) Corinthians  têm garantido .

O contrato já está assinado up - ele only'm ainda o anúncio oficial da . A taxa para o atacante deve ser de 9.000.000 € , subindo para até 11 milhões de euros em caso de sucesso.














Guerrero faz seu primeiro hat-trick pelo Corinthians
Peruano chegou a 57 gols com a camisa alvinegra

Por: Redação PLACAR02/04/2015
Guerrero é, ao lado de Elias, o artilheiro do Corinthians nesta Libertadores, com quatro gols |Crédito: Reuters
 Nesta quarta-feira, em Corinthians 4x0 Danubio-URU, Guerrero anotou o seu primeiro hat-trick com a camisa do Corinthians.

Desde que chegou ao Timão, em 2012, Guerrero foi às redes em 57 oportunidades, cifra que o coloca como o estrangeiro com mais gols pelo clube alvinegro.

Com a vitória por 4 x 0 ante o Danubio, o Corinthians foi a 12 pontos no Grupo 2 e garantiu virtualmente sua vaga nas oitavas da Libertadores da América 2015.



Fonte: PLACAR
























Ralf completa 300 jogos oficiais pelo Corinthians
Volante nunca foi expulso nos tempos de Corinthians

Por: Redação PLACAR02/04/2015 às 09:45
Ralf completou 300 jogos pelo clube | Crédito: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O volante Ralf atingiu uma marca histórica com a camisa do Corinthians. Jogador a mais tempo no elenco, Ralf completou 300 jogos oficiais pelo time na goleada do Corinthians por 4 x 0 sobre do Danúbio, na Arena Corinthians.

Nesses 300 jogos oficiais pelo clube, foram 160 vitórias, 86 empates e apenas 54 derrotas, além de nenhuma expulsão.

No período, Ralf recebeu 42 cartões amarelos e marcou sete gols no clube. Nos jogos om ele em campo, o clube marcou 428 gols e sofreu 225.

Das 300 partidas, o importante Ralf foi titular em 294 e entrou como reserva em apenas seis, sendo que cinco foram no Campeonato Paulista e uma no Brasileiro.



Fonte: PLACAR












Após pedido, Guerrero garante 'paciência' por demora em renovação com Corinthians
Renovação de contrato do peruano será discutida depois que as dívidas com os jogadores do elenco sejam sanadas. Jogador garantiu compreensão: 'Senão, não estaríamos jogando assim'

LANCEPRESS! - 02/04/2015 -

Guerrero brilhou em vitória sobre o Danubio (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

No início de março, Guerrero chegou a se dizer intranquilo e incomodado pela demora na renovação ou não de seu contrato. Após uma conversa com o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, ele aceitou ter paciência. O Timão tem cerca de R$ 20 milhões em dívidas com jogadores e afirmou que vai resolver esta situação para, então, conversar com o peruano sobre o seu contrato, que acaba em 15 de julho.

- Eu já falei com Roberto (Andrade, presidente do Corinthians). Estou tendo paciência para resolver. Estou tranquilo, esperando isso (pagamento das dívidas) para começar a falar da renovação. Ele já falou que não vamos falar da renovação até resolver o outro lado. Ele me pediu paciência e estou tranquilo - disse o camisa 9 alvinegro, na zona mista da Arena Corinthians, após vitória do Corinthians por 4 a 0 sobre o Danubio (URU), pela Libertadores da America

- A vontade é muito grande de ficar aqui, eu já falei. Ainda não podemos conversar de renovação porque o Corinthians tem pendências, não só comigo, mas com vários outros jogadores. O Roberto me pediu paciência, para depois falar de renovação - completou.

O presidente Roberto de Andrade confirmou que chamará Guerrero, e também Emerson Sheik, cujo contrato acaba em 31 de julho, para conversar depois que as dívidas forem sanadas. O clube espera um empréstimo milionário e receitas com patrocínios para quitar tudo até a metade de abril.

- Estamos tentando arrumar receita para quitar as pendências que temos com jogadores no futebol. Depois que isso acontecer, vamos chamar Guerrero, Sheik, todos para tratar de renovação - disse mandatário.

Guerrero garantiu que os jogadores têm sido compreensivos com a crise financeira do clube.

- Pelo menos eu estou entendendo, eu trabalho normalmente. Se a gente não entendesse, não estaríamos jogando assim como jogamos hoje (quarta-feira). Estamos entendendo a situação do clube, temos de focar dentro do campo e seguir jogando assim - ressaltou o camisa 9.









Corinthiano Guerrero faz três em Corinthians 4x0 e ganha capa dos jornais peruanos


LANCEPRESS! - 02/04/2015 - 10:42

Guerrero fez três pelo Corinthians e virou capa de todos os jornais peruanos

Guerrero é notícia no Peru diariamente, independentemente de entrar em campo pelo Corinthians ou não. Quando entra e faz três gols, então... é o que se viu nesta quinta-feira nas capas dos jornais do país. Após marcar três gols contra o Danubio (URU), pela Copa Libertadores, o centroavante do Timão virou a manchete principal dos veículos impressos do Peru. Um deles chegou a mancheter "Nosso pai", tamanha a idolatria com o jogador, que se tornou o maior ídolo da torcida.




















Corinthianos criticam violência uruguaia
Os atacantes Emerson Sheik e Guerrero, além do técnico Tite, reclamaram da postura do Danubio no triunfo do Timão por 4 a 0. O peruano quer que FIFA e Conmebol tomem atitudes


LANCEPRESS! - 02/04/2015 - 09:00

Corintianos não gostaram das chegadas uruguaias na partida (Fotos: Alan Morici)

Segundo os jogadores do Corinthians, Emerson e Guerrero, e o técnico Tite, o Danubio (URU) não soube perder na Arena alvinegra. Após a vitória do Timão por 4 a 0, pela Copa Libertadores, os corinthianos repudiaram as entradas dos jogadores uruguaios. Apesar de ter deixado o duelo com a canela esquerda sangrando, Emerson Sheik foi sarcástico ao explicar comportamento uruguaio.

- Hoje no Danubio o pessoal estava meio nervoso né?!. Mas concentrado no que a gente quer, o atleta supera tudo isso. entramos com pensamento hoje de estar ligado, esquecer arbitragem e provocações, uma vez que a competição tem muito disso. Time foi bem, porque entrou focado, sabendo o que queria desde o início da partida - disse o camisa 11, que foi defendido pelo treinador alvinegro.

- Tem de passar por cima, mas os dois últimos lances foi absurdo. Eu falei para o bandeirinha: 'Está de sacanagem?' no do Emerson. Ainda bem que eles pularam, seria lesão de tornozelo! - repudiou Tite.

Já Guerrero, que marcou três vezes no jogo e se tornou o maior artilheiro pós-rebaixamento do Corinthians, quer atitudes das autoridades do futebol internacional.


- Os uruguaios são conhecidos por dar pancada toda hora. Tem que ter mão forte da comissão de justiça, FIFA, Conmebol, para punir esse tipo de atitude. Não se pode jogar assim. Tomei muita pancada hoje, no campo tem que se jogar futebol, ser feliz, mostrar tática, habilidade - disse o peruano. O técnico alviengro também ficou abismado com o que viu.














02/04/2015 08h35

Com quatro vitórias, Corinthians tem seu melhor início na Taça Libertadores da América
Time de Tite supera campanha da equipe de 2003 após bater o Danubio, em casa. Série invicta na arena vai a 28 partidas, mas técnico diz que Timão não é imbatível


Por GloboEsporte.com

Tite pediu calma e disse que Corinthians não é imbatível (Foto: Marcos Ribolli)

Após a vitória do Corinthians, por goleada sobre o Danubio, em casa, pela quarta rodada da fase de grupos. A goleada por 4 a 0, com três gols de Guerrero, fez com que o clube, sob comando de Tite, alcançasse seu melhor início na competição – excluídos os jogos da primeira fase, quando o time enfrentou o Once Caldas, com um vitória e um empate.


Invicto na temporada, a equipe cravou sua quarta vitória em quatro jogos no Grupo 2, superando a campanha de 2003. Naquele ano, o Corinthians venceu as três primeiras partidas


Em 2012, quando foi campeão da Libertadores da América, também com Tite no banco, o início foi com dois empates e duas vitórias. O Alvinegro embalaria e conquistaria a taça pela primeira vez invicto.


O resultado desta quarta-feira também ampliou a série invicta do Timão em seu novo estádio. São 28jogos invicto, com 22 vitórias, seis empates e um aproveitamento de quase 83% em casa.


– Não é imbatível, um dia vai acontecer (de ser derrotado). Sempre nos preparamos para as coisas não acontecerem. Sempre jogo uma casca de banana para eles, digo que vão sair atrás e aí eles querem me dizer: “Vá tomar banho”. Quero alertar para situações diferentes, o cara tem de estar preparado emocionalmente – disse o técnico Tite, após a vitória sobre o Danubio.


A goleada ainda não garantiu a classificação do Corinthians às oitavas de final da Libertadores. Com 12 pontos, o time lidera o Grupo 2  A ida ao mata-mata pode ser sacramentada no próximo dia 16, quando o Timão recebe os argentinos na Arena Corinthians.

Torcedor celebra mais um vitória corintiana na Arena Corinthians















02/04/2015 09h40

Após 100% em maratona, Tite dá folga geral no Timão: "Vamos curtir um dia"
Depois de sequência de cinco jogos em 11 dias, corintianos terão dia de descanso nesta quinta-feira. Na volta ao trabalho, cabeça estará no clássico, Corinthians contra o Santos


Por Diego Ribeiro

Tite durante a vitória do Corinthians sobre o Danubio, na arena (Foto: Marcos Ribolli)

A vitória do Corinthians por 4 a 0 sobre o Danubio, nesta quarta-feira, foi o último ato de uma maratona de cinco jogos em 11 dias para o Corinthians. Com 100% de aproveitamento no período e classificação praticamente garantida à segunda fase da Taça Libertadores da América, o elenco alvinegro ganhou folga nesta quinta-feira. Uma espécie de recompensa após o desgaste de tantas partidas em tão pouco tempo.


O Timão se reapresenta na manhã desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, sem tempo para relaxar. Domingo é dia de clássico contra o Santos, na arena, pelo Campeonato Paulista. Antes, porém, o técnico Tite ressaltou a importância de um dia livre depois de tanta exigência sobre os jogadores.


– Vamos conseguir curtir um dia de folga. Folga na quinta-feira. Faz não sei quanto tempo que não fico em casa. Eu vou ficar em casa, minha filha vem do Sul para cá. Vamos passar um dia legal – disse o técnico.


Durante a maratona, Tite usou praticamente todo o elenco que teve à disposição. Mesmo assim, os titulares admitiram o desgaste causado pelo trabalho intenso.


– Apesar de não termos jogado todas as partidas, a maratona pesou muito. É um prêmio. Vamos poder ficar com a família, descansar um pouco. É importante ter esse momento para dar uma relaxada – afirmou o meia Jadson.


Com 12 pontos, o Corinthians precisa de apenas mais um ponto nos próximos dois jogos da Libertadores  da América– . No Paulistão, o time assegurou a primeira posição do Grupo 2 e apenas aguarda o fim da primeira fase para conhecer seu adversário nas quartas de final.







2/04/2015 01h53

Tite elogia Timão contra o Danubio: "Matou no peito uma série de coisas"
Após goleada por 4 a 0, técnico diz que Corinthians jogou muito, mas enaltece ainda mais a postura após provocações dos uruguaios. Elias teria sido chamado de macaco


Por Diego Ribeiro e Yan Resende*



O técnico Tite não é de se empolgar tanto – ele prefere manter os pés no chão, a intensidade, a concentração. Mesmo assim, ele teve seus 15 minutos de tranquilidade durante a vitória do Corinthians por 4 a 0 sobre o Danubio, nesta quarta-feira, pela Taça Libertadores. Mais do que o bom futebol exibido na arena, o comandante elogiou a postura de seus jogadores diante das pancadas do rival e de uma acusação de injúria racial.


Sem citar especificamente o xingamento de Cristian González, que teria chamado o volante Elias de “macaco”, Tite fez muitos elogios à parte psicológica do time.


– Tenho de enaltecer uma atuação muito boa para mais, para lá de muito boa. Fiquei orgulhoso de uma coisa: a equipe de trabalho cresceu muito comigo no conceito, pela dignidade, pela conduta, pelo caráter, por matar no peito uma série de coisas que sabemos que aconteceram dentro de campo. Fez um baita de um jogo, teve um baita de um resultado, e se não fosse o goleiro seria um baita maior ainda – disse o técnico.


Acostumado a ficar pilhado durante as partidas, Tite admitiu que se desligou um pouco e resolveu curtir a partida nos minutos finais, com placar definido, sobre um adversário que abusou das provocações.

Tite exaltou a partida do Corinthians na vitória sobre o Danubio por 4 a 0 (Foto: Marcos Ribolli)




– Não sei quem foi um técnico que ficou na beira do campo num determinado jogo, acho que foi o Jurgen Klopp, do Borussia Dortmund... Em algum momento ele ficou curtindo. Eu nunca consegui curtir. Nos últimos 15 minutos eu curti. Fiquei assistindo, fiquei deliciando a qualidade do grupo – admitiu Tite.


Com 12 pontos, o Corinthians manteve os 100% de aproveitamento no Grupo 2 da Taça Libertadores e está praticamente classificado às oitavas de final. O Timão volta a campo no domingo, novamente na arena, contra o Santos, pelo Campeonato Paulista.


Confira a entrevista coletiva de Tite:


Atuação de Emerson
– Sem guardar a qualidade, mas olha o Robben. O que faz um, dá para o outro fazer. O 4-1-4-1 dá essa possibilidade. Do outro lado, Jadson é a mesma coisa. Mais do que isso, não é só saber, é fazer. Ir para dentro do campo e se comprometer com a função que tem de exercer.


Postura do Danubio
– O Fornaroli número 7, não falo com ele. E nem ele vai se dirigir a mim no final do jogo. Não vai ter não. Não teve. Eu sei o que os atletas passaram dentro do campo. Esse é um fato à parte. Por isso digo que os atletas todos merecem reconhecimento maior. Transformaram isso em futebol. Não triangulava para tirar onda, tirar sarro, mas sim para infiltrar, buscar. Por isso eles têm esse conceito comigo.


Renovações de Guerrero e Sheik
– Fala do jogo, pô! Como vou falar de coisas da direção? São dois jogadores integrados e identificados. A coisa vai seguir no caminho do bom senso.


Possível expulsão de Sheik
– Eles estavam provocando e simulando faltas desde o início do jogo... Foi um show de coisas extra futebol. Simulação... Tudo o que vocês quiserem. Mas jogou muito, jogou muita bola. Infiltrou, finalizou, nível altíssimo de precisão, de mais de 20 finalizações, 14 foram no gol. Isso é o mais importante.


Reunião pós-jogo
– Todos os atletas se manifestaram, no final coloquei que eles cresceram muito no meu conceito. Vamos convivendo, vendo as reações, e eles se voltaram exclusivamente para jogar futebol. Senti muito orgulho. Alegria para jogar, fazer, triangular. É um time alegre para jogar bola.


Algo ainda te surpreende no Corinthians?
– Ainda é uma equipe em formação, que vai crescendo e se consolidando. Crescendo em bolas paradas, em saída de bola... O time ficou mais forte nas bolas paradas, teve um nível de concentração mais alto. Ontem eles estavam se cobrando dos gols que nós tomamos. Eu usei uma frase do Tostão, numa crônica dele: “O erro humaniza”. Digo a eles que errar é humano, mas que vamos trabalhar para melhorar.


Arbitragem
– Os últimos 15 minutos foram absurdos. Dois lances de carrinho que poderiam quebrar tornozelos. Estavam de sacanagem (os árbitros e assistentes).


Situação do grupo na Libertadores
– O grupo está aberto, todos podem chegar a 12 pontos. Nós não estamos classificados.


Time a ser batido?
– Todos que jogam contra todos vão querer ganhar. Pela campanha que está fazendo, pelo desempenho, por jogar bem... Chama atenção o número de gols que faz. Cria muito volume. É isso.


Futebol de campeão da Libertadores?
– Time campeão se forma durante a competição e passando por adversidades. Tem um percurso muito grande no ano. Vamos pegar a média. O time se forma durante a competição.


*Colaborou sob a supervisão de Leandro Canônico





















02/04/2015 07h05

Pacotão tático: Tite usa triangulações e "Guerrero móvel" para furar bloqueio
Aproximação dos jogadores em lances de ataque faz Corinthians confundir marcação rival. Avanços de Uendel e mobilidade do peruano são fundamentais na goleada


Por Carlos Augusto FerrariSão Paulo
FACEBOOK
TWITTER




Tite encontrou uma fórmula para romper as retrancas adversárias na Arena Corinthians. Mais do que avançar a marcação para pressionar a saída de bola, o Timão usa as triangulações como uma de suas principais armas para manter a ótima sequência de resultados em 2015. Foi assim que o Alvinegro abriu caminho para golear o Danubio por 4 a 0, quarta-feira, e ficar muito perto da vaga nas oitavas de final.

Triangulação em velocidade pela esquerda resulta em falta cobrada por maestria por Jadson no primeiro gol do Timão




Os uruguaios ainda tentaram sufocar o Corinthians nos primeiros minutos, mas não suportaram. Quando colocou a bola no chão, o Timão atropelou, começando pelo lado esquerdo. Muito elogiado na véspera, Uendel foi decisivo ao avançar constantemente e reforçar o setor com Emerson e Renato Augusto. Em uma arrancada seguida de troca de passes, Guerrero sofreu a falta que Jadson bateu com perfeição.


Os treinos táticos à exaustão feitos por Tite desde 5 de janeiro viraram regra na cabeça do elenco. O Timão sabe exatamente o que fazer em campo com movimentos sincronizados no ataque e na defesa. Quando Jadson recebe a bola pela direita, Elias se aproxima em velocidade ou dispara até a área. Dessa maneira, o volante escapou da marcação e cruzou com perfeição para Guerrero fazer o segundo.


O futebol moderno que Tite tanto prega em seu retorno ao Corinthians também tem um aliado importante: Guerrero. O peruano pode ser o centroavante típico para brigar por cada centímetro na área com os zagueiros, como fez ao escapar da marcação após ser agarrado e marcar duas vezes no segundo tempo.

Uendel atuando avançado no primeiro tempo da vitória do Corinthians (Foto: GloboEsporte.com)

Pode também ser um "camisa 9" moderno, com habilidade para atuar fora da área e abrir espaços. Muitos espaços. Com Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson próximos, o Corinthians criou uma enormidade de oportunidades e só não construiu um placar ainda mais favorável graças à boa atuação do goleiro Torgnascioli.


Tite manteve durante praticamente todo o tempo sete jogadores no campo de ataque. Só Ralf, Gil e Felipe tinham funções apenas defensivas com a bola rolando. O Danubio, muito inferior tecnicamente, mal conseguiu deixar a defesa. Aos 47 minutos, já com 4 a 0 no placar, o Corinthians ainda tocava a bola dentro da área adversária. Quem vai parar o Timão?
2/04/2015 10h30
Corinthians invicto em casa há quase 1 ano faz Tite alertar: "Não é imbatível"
Elogiado pelos jogadores, treinador tenta manter elenco estimulado e coloca marca à prova diante do Corinthians x Santos, domingo, na Arena Corinthians, pelo Campeonato Paulista


Por Diego Ribeiro e Yan Resende*

Tite está cada dia mais em alta no Corinthians
(Foto: Marcos Ribolli)


Com a goleada do Corinthians sobre o Danubio, por 4 a 0, na quarta-feira, o Timão chegou a 28 jogos invicto na sua casa, Arena Corinthians, mas a marca significativa não é motivo de euforia para o humilde Tite. O técnico, aliás, está preocupado em manter o elenco embalado, buscando atuações ainda melhores.

– Não é imbatível, um dia vai acontecer. Sempre nos preparamos para as coisas não acontecerem. Sempre jogo uma casca de banana para eles, digo que vão sair atrás e aí eles querem me dizer: "Vá tomar banho" – explicou o comandante, que deseja ter seu grupo preparado para possíveis derrotas na sequência.

– Quero alertar para situações diferentes, o cara tem de estar preparado emocionalmente. Vai chegar o momento de tudo, mas queremos sempre continuar fazendo essa equipe forte. A equipe toda está muito coesa – completou o treinador corintiano, bastante elogiado por seus jogadores.


De acordo com  Guerrero, autor de três gols na goleada, o técnico buscou se atualizar enquanto esteve ausente, voltando ainda melhor para comandar o Corinthians nesta temporada. O centroavante não tem dúvidas sobre quem é o responsável pelo futebol bem jogado.

– Ele (Tite) ficou um tempo na Europa, se renovou, e agora que voltou conseguiu mudar o estilo do time jogar. Acho que dentro de campo a gente vem conseguindo responder do melhor jeito, temos um bom toque de bola e um entrosamento muito bom – explicou o atacante.

Quero alertar para situações diferentes, o cara tem de estar preparado emocionalmente. Vai chegar o momento de tudo, mas queremos sempre continuar fazendo essa equipe forte


Tite


Para o zagueiro Gil, o planejamento adotado pela comissão técnica é fundamental neste caso. Na véspera de partidas decisivas, Tite vem trazendo o elenco para treinar na Arena Corinthians, deixando os jogadores mais ambientados com o estádio e, principalmente, com o gramado.

– Estamos gostando cada vez mais da Arena. Esse planejamento de vir um dia antes aqui tem nos ajudado bastante, pois a gente sabe que a bola fica um pouco mais rápida. Estamos felizes com essa sequência – destacou o defensor, valorizando ainda a presença da Fiel.




– É bom jogar sempre ao lado do torcedor, tem colaborado bastante. Dentro de campo, estamos tentando fazer o melhor. Precisamos continuar vencendo, manter o mesmo foco – finalizou o zagueiro do Timão.




Após a vitória desta quarta, o elenco corintiano volta a colocar a significativa marca na Arena em um clássico. Neste domingo, os comandados de Tite recebem o Santos, às 16h (de Brasília).


*Colaborou sob a supervisão de Leandro Canônico.Público pagante de Timão 4x0 Danubio foi segundo maior da história da Arena Corinthians
A partida com mais torcedores pagantes segue sendo o jogo Corinthians 2x0 5P, pela competição continental
10h 02/04/2015 - Arena CorinthiansAgência Corinthians



© Rodrigo Coca/Ag. CorinthiansFiel marca presença em peso a cada partida na Arena Corinthians


Como de costume, na noite da última quarta-feira (01), a Fiel demonstrou o amor incondicional pelo Timão. No duelo contra o Danubio (URU), pela Copa Bridgestone Libertadores  da América 2015, 38.471 corinthianos compareceram à Arena Corinthians e empurraram o Alvinegro na goleada por 4 a 0.

O público pagante registrado na vitória sobre a equipe uruguaia foi o segundo maior da história da Arena Corinthians em jogos do Timão. O recorde ficou muito próximo de ser batido, pois o primeiro jogo da lista – Corinthians 2 x 0 5P, também pela Copa Bridgestone Libertadores da América2015 –, tem apenas 16 torcedores a mais.



Confira a lista dos cinco maiores públicos da Arena Corinthians em jogos do Timão:

Confira a lista dos cinco maiores públicos da Arena Corinthians em jogos do Timão:

Corinthians 2 x 0 5P– Copa Bridgestone Libertadores da América 2015 (38.487 pagantes)

Corinthians 4 x 0 Danubio – Copa Bridgestone Libertadores  da AMérica 2015 (38.471 pagantes)

Corinthians 2 x 1 Criciúma – Campeonato Brasileiro 2014 (38.044 pagantes)

Corinthians 1 x 1 Botafogo – Campeonato Brasileiro 2014 (37.119 pagantes)

Corinthians 0 x 1 Figueirense – Campeonato Brasileiro 2014 (36.694 pagantes)


Corinthians se revolta, mas não fará BO por racismo a Elias
Rodrigo Gazzanel / Futura Press

Gabriel Francisco Ribeiro

2 ABR2015
00h39
atualizado às 01h02

Na goleada do Corinthians por 4 a 0 sobre o Danubio nesta quarta-feira, na Arena CORINTHINS, os atletas deixaram o gramado revoltados com um suposto racismo contra Elias, ainda no primeiro tempo da partida. O time alvinegro, no entanto, decidiu que não irá fazer um boletim de ocorrência contra o uruguaio Gonzalez em uma delegacia, apenas pedirá que o fato seja relatado na súmula. Na zona mista, o zagueiro Gil também assumiu ter sido ofendido pelo mesmo adversário durante o confronto.

"A decisão não é nossa, é do atleta. Assim como o Elias, entendemos que o que acontece dentro do campo é melhor deixar dentro do campo. Ele ficou muito chateado, infelizmente é uma coisa comum. Só podemos ter dó do jogador que fez isso", falou Roberto de Andrade, presidente do Corinthians à ESPN Brasil.

“É um fato lamentável. (Estamos em) 2015 e ainda tem isso”, disse Renato Augusto após o jogo, em entrevista à TV Globo. “Fala que não é legal, fala que é desnecessário. Ainda assim, fazem. Tem que ter uma solução, usar uma imagem de vocês para identificar os responsáveis e a federação punir o atleta e o clube. Já deu. Já passou. A gente não tem nem argumentos mais para dar. Não pode diante de uma derrota o atleta ter um ato tão feio, tão pequeno. A palavra foi macaco”, afirmou Emerson.


Elias acusa adversário de ter lhe chamado de "macaco" durante partidaFoto: Sérgio Barzaghi / Gazeta Press

O lance ocorreu pouco antes da abertura do placar. Após falta em Guerrero, um jogado uruguaio caiu no gramado e uma discussão se iniciou em campo. Elias era o mais revoltado – depois, soube-se que González havia supostamente chamado o meio-campista de “macaco”. Na cobrança de falta, o golaço de Jadson acalmou os ânimos e impediu discussão maior.

“Fez gesto de macaco, ofendeu o Elias. É lamentável isso, mas respondemos dentro de campo. É chato isso, tem que ser mais severas as punições. O Elias é um cara que tem que parabenizar, de Seleção. já teve casos que agride e a pessoa que foi ofendida que é culpada. Então a punição tem que ser mais severa”, opinou Cássio.

Elias deixou a Arena Corinthians sem falar com os jornalistas sobre o caso. Tite, durante entrevista após o jogo, mostrou grande revolta, mas exaltou a dignidade dos jogadores.

"Eu não falo com ele. E nem ele vai se dirigir comigo no fim do jogo para dar a mão porque não vou dar. Sei o que os atletas passaram dentro de campo e vocês ouviram. A equipe transformou em futebol dentro de campo. E não tirou onda, não tirou sarro. Passava a bola e logo depois infiltrava. Cresceram muito em respeito comigo por matarem no peito estas coisas e terem jogado bola", contou.



Corinthians não deu chances ao Danubio nesta quarta-feira
Foto: Sérgio Barzaghi / Gazeta Press












Jogadores elogiam, mas freiam empolgação no Timão: 'Está no começo'
Atletas do Corinthians não se deixam levar pela badalação vinda das arquibancadas e mantêm os pés no chão. Goleada sobre o Danubio ainda não garante a classificação

LANCEPRESS! - 02/04/2015 - 00:35

Jadson marcou um belo gol na Arena (Fotos: Alan Morici/LANCE!Press)

A goleada por 4 a 0 sobre sobre o Danubio (URU), nesta quarta-feira, na Arena Corinthians, ainda não garantiu a classificação do Timão para as oitavas de final da Libertadores, mas deixou a situação muito bem encaminhada. Com o time sustentando os 100% de aproveitamento no Grupo 2, os jogadores do Alvinegro elogiaram o desempenho da equipe.

Autor do primeiro gol da noite, em uma linda cobrança de falta, Jadson ressaltou a grande atuação da equipe como um todo e afirmou que o time ainda tem muito a crescer na competição.



- Nossa equipe veio com a obrigação de ganhar. Graças a Deus, conseguimos alcançar nossa meta, o que tínhamos planejado. A equipe está de parabéns, fez mais um jogo bom. A equipe toda conseguiu se destacar. Agora é continuar trabalhando dessa maneira para crescer na competição - disse o camisa 10 alvinegro.

O goleiro Cássio, mero espectador durante os 90 minutos, rechaçou a tese de que o Corinthians tem a melhor equipe da América do Sul e pediu pés no chão à equipe.

- A gente não pode se iludir. O time está bem, está crescendo, mas estamos ainda apenas no começo e temos que manter uma regularidade, o que já vem acontecendo. Estamos no caminho certo - ponderou o camisa 12.

Agora, o Corinthians volta suas atenções ao Campeonato Paulista. Domingo, também na Arena, o Timão recebe o Santos para tentar garantir a primeira colocação geral da competição.



Guerrero exalta atuação em vitória do Corinthians Após balançar as redes três vezes na goleada  do Corinthians sobre o Danubio, centroavante disse que quer renovar, mas faz alerta


LANCEPRESS! - 02/04/2015 - 00:

Guerrero fez seu primeiro hat trick pelo Timão (Fotos: Alan Morici/LANCE!Press)

Ninguém consegue parar Guerrero. Após se tornar o maior artilheiro estrangeiro com a camisa do Corinthians, ultrapassando o argentino Carlitos Tévez, o peruano, autor de três gols sobre o Danubio (URU), nesta quarta-feira, na vitória por 4 a 0,  marcou pela primeira vez três gols em uma única partida pelo clube do Parque São Jorge. Após a partida, o centroavante comemorou feito.



Corinthians atropela o Danubio com show de Guerrero (Fotos: Ari Ferreira)

- Foi minha primeira vez, né?. Então estou muito feliz. Graças a Deus fiz três gols hoje, ajudei meu time a ganhar. Nós jogamos um jogo bom, a gente gosta de jogar aqui na Arena. Mas o mais importante é somar mais três pontos. Estamos quase classificados. Fico feliz por marcar pela primeira vez três gols, mas estou mais feliz pelas atuações dos meus companheiros - disse.

Ainda sem acertar sua renovação com o clube, Guerrero novamente falou sobre o assunto. Mais uma vez, o corintiano não escondeu a vontade de permanecer no Corinthians, mas citou o fim de carreira como ponto relevante na hora de assinar.

- A minha vontade é ficar aqui no Corinthians. Mas tenho que pensar também que pode ser o fim da minha carreira. Tenho que pensar no que eu vou fazer. O corintiano tem que colocar a mão no coração. Gostaria de ficar aqui, estou muito à vontade. Gosto do time,  de todos do Corinthians. Eu gostaria de fechar o contrato e ficar com a cabeça fria - argumentou.










Elias teria sido alvo de racismo; atletas do Corinthians pedem punição
Durante Corinthians 4x0 Danubio, Elias acusou González de lhe chamar de macaco; após a partida, o camisa 7 evitou falar sobre o episódio, mas colegas descreveram xingamento

LANCEPRESS! - 02/04/2015 - 00:15

Elias foi chamado de macaco pelo zagueiro González (Foto: Nelson Almeida/AFP)

Um possível caso de racismo marcou o jogo entre Corinthians e Danubio. Aos 24 minutos do primeiro tempo, no lance que antecedeu o primeiro gol, Elias discutiu veementemente com o zagueiro Cristian González. As imagens da televisão mostram o volante acusando o uruguaio de ter lhe chamado de macaco.

Na saída do gramado, ainda no intervalo da partida, Elias preferiu não comentar sobre o assunto. Questionado se foi ofendido de maneira racista, o camisa 7 apenas confirmou, sem dar maiores informações.

– Ele disse (macaco). Mas estou focado no futebol. Temos que nos concentrar na partida – comentou.




Depois, Cássio detalhou o ocorrido.

– Eu vi o jogador do time adversário, quando fizemos o primeiro gol, ali na entrada da grande área, fazendo gestos de macaco, e chamou o Elias de macaco. Isso é uma pena para o futebol, já passamos disso. Espero que o pessoal tome uma providência, puna o jogador, faça alguma coisa. Se não, vai sempre continuar a mesma coisa – disse o camisa 12 do Corinthians.

- É lamentável isso, mas conseguimos dar uma resposta, e a resposta correta, que é dentro de campo, fazendo um grande jogo e ganhando a partida como a gente ganhou. É chato, já aconteceram muitas coisas chatas sobre isso (racismo). Acho que de repente tem que ser mais severas as punições, tem que ser mais forte - acrescentou.


Ao término da partida, Elias voltou a se esquivar do assunto. Seu colega de equipe Emerson Sheik, no entanto, afirmou ter visto González chamar o camisa 7 de macaco. O atacante do Corinthians mostrou-se bastante abatido com o episódio.

– Toda hora a gente vem aqui para vocês (imprensa) e fala que não é legal. Ainda assim fazem isso. Tem de ter uma solução. Talvez usem as imagens de vocês para identificar, e aí a federação responsável pela competição punir o atleta, o clube. Já deu isso. Não temos nem mais argumentos para ficar colocando – opinou Emerson

– Chamou de macaco. Tive um sentimento de extrema tristeza. Me senti envergonhado por ser ser humano. Eu (no lugar de Elias, durante o jogo) teria a grandeza de colocar essa agressão de lado e focar no meu trabalho para depois tomar as providências cabíveis junto à diretoria do clube – completou.


  • Corinthians atropela o Danubio 

Corinthians atropela o Danubio com show de Guerrero (Fotos: Ari Ferreira)




CORINTHIANS 4 X 0 danubio
Local: Arena Corinthians,
Data/Hora: 1/4/2015 – 22h
Árbitro: Diego Haro (PER)
Auxiliares: César Escano (PER) e Braulio Cornejo (PER)
Público: 38.928 total (38.471 pagantes e 457 nao pag) Renda/R$ 3.283.955,50 / 
Cartões Amarelos: Emerson (COR); Sosa, Gonzáles, Graví (DAN)
Cartão Vermelho: De Los Santos, 38'/2ºT (DAN)

GOLS: Jadson, 26'/1ºT (1-0), Guerrero, 33'/1ºT (2-0), Guerrero, 1'/2ºT (3-0) e Guerrero, 22'/2ºT (4-0)

CORINTHIANS: 12-Cássio; 23-Fagner, 22-Felipe (17-Edu Dracena, 28'/2ºT), 4-Gil e 13-Uendel; 5-Ralf, 7-Elias (19-Petros, 34'/2ºT), 8-Renato Augusto, 10-Jadson e 11-Emerson Sheik (29-Vagner Love 42'2ºT) ; 9-Guerrero. Técnico: Tite. + 1-Walter, 2-Edilson 16-Cristian 21-Malcom 


danubio 1-Torgnascioli; 2-Velázquez (30-Graví, 18'/2ºT) 17-González, 24-De Los Santos e 4-Ricca; 15-Formiliano, 8-Milesi (10-Ignácio González, intervalo), 6-Sosa e 27-Viana (26-Schirone, 5'/2ºT); 7-Fornaroli e 19-Castro. Técnico: Leonardo Ramos. + 12-Silva 3-Pereyra 14-Silvera 25-Balboa






CORINTHIANS 4 X 0 danubio
Local: Arena Corinthians,
Data/Hora: 1/4/2015 – 22h
Árbitro: Diego Haro (PER)
Auxiliares: César Escano (PER) e Braulio Cornejo (PER)
Público: 38.928 total (38.471 pagantes e 457 nao pag) Renda/R$ 3.283.955,50 /
Cartões Amarelos: Emerson (COR); Sosa, Gonzáles, Graví (DAN)
Cartão Vermelho: De Los Santos, 38'/2ºT (DAN)

GOLS: Jadson, 26'/1ºT (1-0), Guerrero, 33'/1ºT (2-0), Guerrero, 1'/2ºT (3-0) e Guerrero, 22'/2ºT (4-0)

CORINTHIANS: 12-Cássio; 23-Fagner, 22-Felipe (17-Edu Dracena, 28'/2ºT), 4-Gil e 13-Uendel; 5-Ralf, 7-Elias (19-Petros, 34'/2ºT), 8-Renato Augusto, 10-Jadson e 11-Emerson Sheik (29-Vagner Love 42'2ºT) ; 9-Guerrero. Técnico: Tite. + 1-Walter, 2-Edilson 16-Cristian 21-Malcom


danubio 1-Torgnascioli; 2-Velázquez (30-Graví, 18'/2ºT) 17-González, 24-De Los Santos e 4-Ricca; 15-Formiliano, 8-Milesi (10-Ignácio González, intervalo), 6-Sosa e 27-Viana (26-Schirone, 5'/2ºT); 7-Fornaroli e 19-Castro. Técnico: Leonardo Ramos. + 12-Silva 3-Pereyra 14-Silvera 25-Balboa