23 de mar de 2015

CORINTHIANS 23/03/2015


pré jogo- equipes prováveis
CORINTHIANS X portuguesa

Local: ARENA CORINTHIANS
Data: 24 de março de 2015, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira 
Assistentes: Emerson Augusto e Carvalho e Carlos Augusto Nogueira Júnior 

CORINTHIANS: Walter, Edílson, Yago, Rodrigo Sam (Felipe) e Petros; Cristian e Bruno Henrique; Malcom, Danilo e Luciano; Vagner Love. Técnico: Tite

portuguesa: Rafael; Fillipi Souza, Alex Lima, Valdomiro e Paulo Henrique; Ferdinando, Bruno Piñatares, Edno e Léo Costa; Popó e Matheus Ortigoza
Técnico: Aílton Silva









video









23/03/2015 - 20:36
Reservas do Corinthians dão sequência à maratona diante da Portuguesa

Dois dias após o Corinthians vencer o Capivariano por 3 a 2, o time já voltará a campo pelo Campeonato Paulista. O técnico Tite recorrerá aos seus jogadores considerados reservas para o compromisso contra a Portuguesa, a partir das 19h30 (de Brasília) desta terça-feira, em Itaquera.

Na condição de "ex-boleiro e professor de Educação Física", conforme enfatizou, o comandante do Corinthians afirmou que sofreria baixas por contusão em seu elenco caso utilizasse os titulares novamente. Garantiu que não se tratava de uma reclamação contra o calendário do futebol nacional, embora tenha definido a situação como ilegal. "Você não pode voltar a jogar em menos de 72 horas."

A situação irá se repetir ainda nesta semana, já que o Corinthians receberá o Penapolense dois dias após o jogo com a Portuguesa. No domingo, antes de se preocupar com a Copa Libertadores da América outra vez, visitará o Bragantino.Seja como for, a maratona estadual poderá assegurar matematicamente o Corinthians na próxima fase. A situação já é bem tranquila, visto que que a campanha invicta levou o time aos 26 pontos ganhos, na liderança isolada do grupo B, 10  a frente do terceiro (se classificam 2)


FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X portuguesa

Local:Arena Corinthians
Data: 24 de março de 2015, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Emerson Augusto e Carvalho e Carlos Augusto Nogueira Júnior (ambos de SP)

CORINTHIANS: Walter; Edílson, Yago, Rodrigo Sam (Felipe) e Petros; Cristian, Bruno Henrique, Malcom, Danilo e Luciano; Vagner Love
Técnico: Tite

portuguesa: Rafael; Fillipi Souza, Alex Lima, Valdomiro e Paulo Henrique; Ferdinando, Bruno Piñatares, Edno e Léo Costa; Popó e Matheus Ortigoza
Técnico: Aílton Silva






23/03/2015 19h48

 Timão tem 18 relacionados contra a Portuguesa
Tite terá time inteiro reserva em campo nesta terça-feira, na arena, e preserva maioria dos titulares para sequência de jogos. Titulares, Fagner, Ralf, Jadson e Guerrero, porém, são opções entre os suplentes


Por GloboEsporte.com


Cornithiano Guerrero fica no banco contra a Lusa (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

O time inteiro formado por reservas vai fazer o Corinthians ter alguns figurões da formação titular no banco da partida contra a Portuguesa, nesta quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), na arena em Itaquera. Nomes como  Guerrero, Ralf e Jadson serão opções de Tite para a partida adiada da segunda rodada do torneio estadual.


O técnico relacionou apenas 18 nomes para o confronto, pensando na dura sequência que o Corinthians terá até o fim da semana. Contra o Penapolense, quinta-feira, também na arena, os titulares devem voltar. Os suplentes jogariam novamente no domingo, contra o Bragantino, fora.


O Timão deve enfrentar a Lusa com a seguinte equipe: Walter, Edílson, Yago, Rodrigo Sam (Felipe) e Petros; Cristian e Bruno Henrique; Malcom, Danilo e Luciano; Vagner Love.


Confira abaixo os 18 relacionados para a partida:


Goleiros: Walter e Matheus Vidotto
Laterais: Edílson e Fagner
Zagueiros: Felipe, Yago e Rodrigo Sam
Volantes: Cristian, Bruno Henrique e Ralf
Meias: Petros, Danilo e Jadson
Atacantes: Vagner Love, Guerrero, Malcom, Luciano e Ángel Romero

















Maior garçom do elenco, meia Jadson analisa bom momento do Corinthians
Com assistência para o gol de Guerrero na vitória do Corinthian sobre o Capivariano, meia chega a seis passes para gol na temporada e lidera o quesito na equipe
RADAR/LANCEPRESS! - 23/03/2015 - 18:39

Jadson vem se destacando na temporada atual do Timão (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)

Após 15 partidas oficiais do Corinthians em 2015, nenhum adversário foi capaz de vencer o Timão. Até agora, o clube soma 12 vitórias e três empates. Um dos principais responsáveis pela boa fase da equipe é o meia Jadson. O camisa 10 entrou em campo 12 vezes, deus seis passes para gol e balançou as redes em duas oportunidades. Além de ser o maior assistente do elenco até o momento, com média de uma assistência a cada duas partidas, o jogador também é quem mais deixa os companheiros em condições de finalizar, com 31 passes.

Feliz pela ótima fase do Corinthians e pelo bom momento pessoal, Jadson acredita que a equipe está no caminho certo, mas alerta que há muito o que trabalhar.

- Esses primeiros meses de trabalho foram excelentes e todo mundo está de parabéns. Nos dedicamos demais na pré-temporada e, graças a Deus, os resultados estão aparecendo, mas sabemos que ainda há muito o que evoluir. Precisamos manter a mesma pegada e seguir jogando com muita força. Sorte que temos um treinador diferenciado, um cara correto, que nos ajuda demais no dia a dia - analisou o camisa 10.

O meia também falou a respeito da maratona que o Corinthians enfrentará nesta semana. A equipe jogou contra o Capivariano, no último domingo, fora de casa, vai encarar a Portuguesa, nesta terça-feira, na Arena Corinthians, dois dias depois receberá o Penapolense e, no próximo domingo, viajará até Bragança para duelar com o Bragantino.

- É complicado, né. Nós temos que tomar cuidado para não forçar demais, não machucar. Teremos jogos decisivos pela frente e precisamos estar bem. O que nos deixa mais tranquilos é que o pessoal da comissão técnica é muito capacitado e já está fazendo o monitoramento para saber quais jogadores estão em melhores condições. Além disso, o elenco é muito forte e qualquer um tem condição de ser titular. Quem entrar, dará conta do recado - disse o meia, que, desde que chegou ao clube, jogou 54 partidas oficiais, marcou nove gols e deu 19 assistências.









Sem concentração, Tite tenta amenizar efeitos da sequência de 4 jogos em 8 dias no Corinthians

Helder Júnior

23 MAR 2015 19h36 atualizado às 19h36


O sistema tático "4-1-4-1", que tanto gosta de ressaltar em suas entrevistas coletivas, não foi a única novidade que o técnico Tite trouxe do seu ano sabático. O Corinthians também tem se concentrado menos em vésperas de jogospara evitar maior desgaste.

Para a comissão técnica, a estratégia se tornou ainda mais importante em meio à exaustiva sequência de jogos que o elenco enfrenta no Campeonato Paulista. Nesta terça-feira, apenas dois dias após a vitória por 3 a 2 sobre o Capivariano, haverá compromisso diante da Portuguesa. Já o adversário de quinta-feira será o Penapolense. No domingo, o Corinthians visitará o Bragantino.

"A comissão está conseguindo levar bem essa situação. Faz algum tempo que eles estão tirando as concentrações, então as nossas famílias agradecem. Os jogadores ficam mais felizes assim", sorriu o volante Bruno Henrique, que se recuperou de uma luxação no cotovelo esquerdo e reforçará um time repleto de reservas diante da Portuguesa.Assim como os demais relacionados para a partida, Bruno Henrique passará a noite desta segunda-feira em casa. "A reapresentação só será às 11 horas. É algo que ameniza um pouco", comentou Cléber Xavier, auxiliar de Tite.












Corinthians definido para amanhã com reservas e improvisações
23 MAR 2015 17h36 atualizado às 18h10


O Corinthians enfrentará a Portuguesa com uma equipe composta inteiramente por jogadores considerados reservas. Na manhã desta segunda-feira, um dia após a vitória por 3 a 2 sobre o Capivariano e um dia antes do próximo compromisso pelo Campeonato Paulista, o técnico Tite confirmou a intenção de poupar os seus titulares em treinamento realizado no CT Joaquim Grava.

Na tradicional atividade sem a presença de uma equipe adversária, o Corinthians trabalhou com a seguinte formação: Walter; Edílson, Yago, Rodrigo Sam e Petros; Marciel, Bruno Henrique, Malcom, Danilo e Luciano; Vagner Love.

Com tantos desfalques, Tite foi obrigado a fazer uma improvisação na lateral esquerda, já que Fábio Santos segue contundido e Uendel passou a integrar o time titular. O meio-campista Petros acabou escolhido para preencher o setor que já foi ocupado também pelo zagueiro Yago.

Haverá uma mudança na escalação que treinou para aquela que estará em campo contra a Portuguesa. Como não pôde ser inscrito no Campeonato Paulista em função da limitação imposta pela Federação Paulista de Futebol (FPF), o jovem volante Marciel dará lugar a Cristian (titular contra o Mogi Mirim) na partida.
Ao seu lado, Cristian terá a companhia de Bruno Henrique, recuperado de uma luxação no cotovelo esquerdo. Outra novidade ficará por conta da estreia de Rodrigo Sam, capitão do Corinthians eneacampeão da úlitima copinha jrs.













Corinthiano Bruno Henrique supera medo de voltar a jogar com aulas de judô
Helder Júnior
23 MAR 2015 19h11 atualizado às 19h12

Bruno Henrique lutou bastante para superar o receio de voltar a jogar futebol. Literalmente. Após sofrer uma chocante luxação no cotovelo esquerdo em 22 de fevereiro, no decorrer do empate por 1 a 1 com o Ituano, o volante passou a praticar judô até se sentir seguro para reforçar o Corinthians contra a Portuguesa, nesta terça-feira, na Arena Corinthians.

"Trabalhamos muito nos últimos dez dias em relação ao meu receio de trombar, cair ou ter um choque mais forte. São situações normais de jogo, mas dão muito medo depois que você se machuca daquele jeito. Então, fiz um trabalho de quedas com o Bruno ( Mazziotti, fisioterapeuta ) para ter força no braço e confiança", contou o jogador.

Além dos golpes do fisioterapeuta corintiano, Bruno Henrique procurou se jogar em um colchão e colocar o peso do corpo em cima do braço recuperado. A estratégia também deu resultado. "Já perdi o medo totalmente. Estou 100% recuperado e ansioso para voltar a jogar", disse.A expectativa será encerrada contra o seu ex-clube, a Portuguesa, e no momento em que o Corinthians enfrenta uma maratona de jogos. O técnico Tite comemorou o retorno de Bruno Henrique também porque resolveu poupar os seus titulares, utilizados dois dias antes da próxima rodada do Campeonato Paulista, na vitória por 3 a 2 sobre o Capivariano.

"Se o Tite precisar, estarei em todas as próximas partidas, com certeza", sorriu Bruno Henrique, dando um ippon na desconfiança. "É muito ruim ficar fora, chateia. Eu estava com bastante dor de cotovelo, mas de ver todo o mundo jogar", brincou o volante.


 Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva














Corinthiano volante 
Bruno Henrique: ''Estou feliz pela volta''
O jogador se recuperou de uma luxação no cotovelo esquerdo, sofrida no dia 22 de fevereiro
18h58 23/03/2015 - FutebolAgência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansBruno Henrique e Vagner Love durante o treinamento desta segunda-feira


Após vencer o Capivariano por 3 a 2, o Corinthians voltou a treinar na tarde desta segunda-feira (23) no CT Dr. Joaquim Grava. Em meio a maratona de jogos que enfrenta num curto período – quatro em oito dias –, o Timão recebeu uma boa notícia. Recuperado de uma luxação no cotovelo esquerdo, sofrida no dia 22 de fevereiro, o volante Bruno Henrique estará à disposição do técnico Tite para a sequência das competições.

“Estou feliz pela volta, os companheiros também. É muito ruim ficar fora, a gente fica chateado de não poder trabalhar, representar, mas o pior já passou. E agora estou contente pela volta”, comentou Bruno Henrique.

Até domingo (29), o Timão tem mais três partidas. A primeira será realizada já nesta terça (24), na Arena Corinthians, contra a Portuguesa. Em seguida, o Corinthians enfrenta a Penapolense na quinta (26), novamente em casa; e o Bragantino no próprio domingo, em Bragança Paulista-SP.

“Estou muito ansioso. Fique de fora muito tempo, vendo os jogos de casa, torcendo muito, querendo estar com os companheiros. Mas eu não podia. Se ele (Tite) precisar, jogo os três (jogos da maratona desta semana) com certeza”, completou o volante.







Volante do Timão usa quedas de judô para ganhar confiança após lesão
Com receio após ter sofrido luxação no cotovelo esquerdo, Bruno Henrique fez exercícios de queda com o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, que é faixa preta de judô


LANCEPRESS! - 23/03/2015 - 19:01
O volante Bruno Henrique voltará a atuar pelo Corinthians nesta terça-feira, em duelo contra Portuguesa, às 19h30, na Arena Corinthians, pelo Paulistão. Recuperado de uma luxação no cotovelo esquerdo, ele superou o medo de uma forma diferente para voltar a campo. O fisioterapeuta alvinegro, Bruno Mazziotti, é faixa preta de judô e usou algumas quedas da modalidade para que o jogador ganhasse confiança.


- Fiz trabalho de queda com o Bruno, ele é faixa preta de judô. Foi bom para pegar força no braço. Durante a fisioterapia, ele também colocava um colchão para cair de tudo quanto é jeito em cima do braço e pegar confiança - revelou o camisa 25 do Timão, que diante da Lusa será titular ao lado de Cristian no meio de campo.

Bruno sofreu a lesão no dia 22 de fevereiro, no empate por 1 a 1 com o Ituano, em Itu, pelo Paulistão. Desde então, foi desfalque por oito jogos.


Ele já estava liberado para voltar a atuar no último domingo, no duelo diante do Capivariano, mas seu receio de ter algum choque durante o jogo fez com que Tite segurasse seu retorno.


- Eu nunca tive uma lesão igual a essa. Desde a semana passada, trabalhamos muito essa questão do receio de trombada, de ter um choque mais forte. Isso dá medo. Mas os trabalhos com os fisioterapeutas, que são muito competentes, ajudaram nisso. Já estou trabalhando há mais de dez dias essa questão do medo. Já perdi o medo totalmente, estou 100% recuperado e ansioso para poder jogar - garantiu o volante alvinegro em entrevista coletiva no CT.









23/03/2015 19h42

Bruno Henrique usa judô e acelera recuperação para reforçar Corinthians
Volante é submetido a técnicas de artes marciais para retomar força no braço esquerdo, lesionado há mais de um mês. Ele volta ao time amanhã


Por Diego Ribeiro


Bruno Henrique será titular do Corinthians amanhã (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Em uma semana com quatro jogos em oito dias pelo Campeonato Paulista, o técnico Tite ganhou um reforço importante para compor o elenco na dura sequência que o Corinthians terá. Recuperado de uma luxação no cotovelo esquerdo, Bruno Henrique será titular nesta terça-feira, em Corinthians x portuguesa, na Arena Corinthians, porque teve tratamento mais rápido graças a movimentos de um outro esporte.

Ainda sem confiança para forçar o braço esquerdo, Bruno foi submetido a aulas básicas de judô com o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, um entusiasta da arte marcial. Com golpes e quedas, o volante ganhou força para voltar aos treinos com bola.

– O Bruno (Mazziotti) fez trabalhos de judô comigo, ele é faixa preta, aprendi golpes para ganhar força no braço, sair da marcação. Ele também colocava um colchão e pulava de tudo quanto é jeito para eu cair no braço, sentir e ganhar confiança para voltar ao campo – afirmou Bruno Henrique.

O volante se lesionou no dia 22 de fevereiro, em jogo contra o Ituano, e desde então teve recuperação satisfatória. O principal problema era mesmo a confiança, abalada pela queda feia que causou a luxação em seu cotovelo.

– Nunca tive uma lesão igual a essa. Desde a semana passada, trabalhamos choques mais fortes, trombadas, deu certo medo. Estou trabalhando há mais de dez dias nessa questão do medo. Agora estou 100% recuperado e pronto para jogar – disse Bruno.

Com o volante em campo, o Corinthians vai enfrentar a Portuguesa com um time cheio de reservas. A formação do Corinthians deve ser a seguinte: Walter, Edílson, Yago, Rodrigo Sam (Felipe) e Petros; Cristian e Bruno Henrique; Luciano, Danilo e Malcom; Vagner Love.







Atacante Mendoza corre no campo e deve voltar ao Corinthians na próxima semana
Ele se recupera de uma lesão muscular na coxa esquerda e deve voltar em abril
LANCEPRESS! - 23/03/2015

Stiven Mendoza voltou a correr nesta terça (Foto: Alan Morici/ LANCE!Press)

Tite deve ganhar na próxima semana mais um reforço do departamento médico. Na tarde desta terça-feira, o atacante colombiano Stiven Mendoza realizou um trabalho físico no gramado e poderá voltar aos treinos com o grupo até o fim desta semana. A expectativa é que ele seja aproveitado para o duelo contra o Danubio (URU), no dia 1º de abril, pela Libertadores, ou diante do Santos, 5 de abril, pelo Paulistão - ambos serão na Arena Corinthians.


Mendoza sofreu uma lesão no músculo adutor da coxa esquerdo no duelo contra o San Lorenzo, em Buenos Aires, no dia 4 de março. Ele já foi desfalque por cinco jogos e deve se ausentar dos próximos três (Portuguesa, Penapolense e Bragantino).

O colombiano vinha de uma boa sequência de jogos e, inclusive, havia marcado seu primeiro gol com a camisa alvinegra na vitória por 2 a 0 sobre o Linense. Depois, chegou a ser usado na lateral esquerda e certamente seria opção para o duelo desta terça-feira contra a Portuguesa, caso já estivesse liberado.


Com a recuperação de Mendoza, o último que falta para deixar o DM é o lateral-esquerdo Fábio Santos. O camisa 6 do Timão é outro que deve ter condições de jogo apenas contra o Danubio, pela Libertadores.
















23/03/2015 19h20

Atacante Mendoza avança em recuperação e deve reforçar Timão na Libertadores da América
Atacante colombiano corre em volta do gramado durante treino desta terça-feira, no CT, e começa a trabalhar com bola após se recuperar de lesão na coxa esquerda


Por Diego Ribeiro
Mendoza corre pelo gramado nesta terça-feira (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Recuperado de uma lesão muscular no adutor da coxa esquerda, o atacante Stiven Mendoza deve reforçar o Corinthians até o jogo do dia 1º de abril contra o Danubio, na arena em Itaquera, pela Taça Libertadores. Liberado pelo departamento médico, o colombiano fez seu primeiro trabalho em campo nesta segunda-feira, sob supervisão do fisioterapeuta Caio Mello.


Mendoza correu em volta do gramado, deu piques e depois participou de um leve trabalho com bola. Como tem condição física privilegiada, o atacante deve começar a treinar com os companheiros nos próximos dias.


– O Mendoza deve estar pronto para o jogo contra o Danubio, talvez esteja à disposição, no máximo, para o jogo seguinte. Essa semana ele deve começar a treinar com o grupo – afirmou o auxiliar técnico Cleber Xavier.


O retorno do colombiano dá uma opção de velocidade à equipe treinada por Tite. Stiven Mendoza vinha sendo um dos jogadores mais utilizados pelo técnico, que o vê como válvula de escape em jogos mais fechados.


Pensando na Taça Libertadores, Tite também deve contar com a volta do lateral-esquerdo Fábio Santos. Recuperado de uma cirurgia no joelho, ele tem treinado com bola e está sendo preparado para enfrentar o Danubio.














Corinthiano Bruno Henrique: ''Estou feliz pela volta''
O jogador se recuperou de uma luxação no cotovelo esquerdo, sofrida no dia 22 de fevereiro

18h58 23/03/2015 - FutebolAgência Corinthians

© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansBruno Henrique e Vagner Love durante o treinamento desta segunda-feira


Após vencer o Capivariano por 3 a 2, o Corinthians voltou a treinar na tarde desta segunda-feira (23) no CT Dr. Joaquim Grava. Em meio a maratona de jogos que enfrenta num curto período – quatro em oito dias –, o Timão recebeu uma boa notícia. Recuperado de uma luxação no cotovelo esquerdo, sofrida no dia 22 de fevereiro, o volante Bruno Henrique estará à disposição do técnico Tite para a sequência das competições.

“Estou feliz pela volta, os companheiros também. É muito ruim ficar fora, a gente fica chateado de não poder trabalhar, representar, mas o pior já passou. E agora estou contente pela volta”, comentou Bruno Henrique.

Até domingo (29), o Timão tem mais três partidas. A primeira será realizada já nesta terça (24), na Arena Corinthians, contra a Portuguesa. Em seguida, o Corinthians enfrenta a Penapolense na quinta (26), novamente em casa; e o Bragantino no próprio domingo, em Bragança Paulista-SP.

“Estou muito ansioso. Fique de fora muito tempo, vendo os jogos de casa, torcendo muito, querendo estar com os companheiros. Mas eu não podia. Se ele (Tite) precisar, jogo os três (jogos da maratona desta semana) com certeza”, completou o volante.









23/03/2015 18h54

 Timão troca quase tudo para enfrentar a Lusa na Arena Corinthians
Técnico Tite cumpre planejamento de mudar a equipe para a partida desta terça-feira. Zagueiro Felipe pode ser o único titular a começar o duelo diante da Portuguesa. Petros vai na lateral esquerda


Por Diego Ribeiro



Vagner Love durante treino do Timão (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

O Corinthians terá um time bastante modificação na partida contra a Portuguesa, nesta terça-feira, às 19h30, na arena, pelo Campeonato Paulista. Conforme o técnico Tite anunciou após a vitória de domingo sobre o Capivariano, os titulares serão preservados para não correrem risco de se lesionarem.

O zagueiro Felipe será avaliado pela comissão técnica na terça-feira pela manhã e deve ser o único titular a atuar. Ele sequer foi a campo no treino desta segunda e deu lugar ao garoto Rodrigo Sam, campeão da última edição da Copa São Paulo de Juniores.


- Vamos fazer uma avaliação no Felipe, é um jogador de força, temos de ter cuidado. Vamos confirmar na terça - explicou o auxiliar técnico Cleber Xavier.


Até mesmo o goleiro Cássio vai ganhar descanso. Ele abre espaço para a entrada do reserva imediato Walter. Sem Fábio Santos e Mendoza, lesionados, Tite improvisou o meia Petros na lateral esquerda.


Bruno Henrique retorna após se recuperar de uma luxação no cotovelo esquerdo. O outro volante, provavelmente, será Cristian, titular em Capivari. Ele não foi a campo no treino desta segunda, no CT Joaquim Grava, mas deve atuar. A vaga dele na atividade foi ocupada pelo garoto Marciel, outro campeão na base, mas que não está inscrito no torneio. Danilo é o armador.


Tite montou a equipe com três atacantes: Malcom, pela esquerda, e Luciano, pela direita, terão a missão de abrir a defesa da Portuguesa. Vagner Love, que ainda não fez gols desde que foi contratado pelo Timão, entra na vaga de Paolo Guerrero como centroavante.


Como apenas 28 jogadores foram inscritos no estadual por determinação da Federação Paulista de Futebol, Tite sofre com os desfalques. Além de dois lesionados, o treinador perdeu Elias e Gil para a seleção brasileira e não conta com Lodeiro, negociado com o Boca Juniors na véspera da estreia. Por conta disso, muitos titulares serão levados para o banco de reservas.


O Corinthians vive uma maratona de jogos nesta semana. Depois da Lusa, a equipe enfrenta o Penapolense, quinta-feira, também em casa. No domingo, visita o Bragantino, no interior. Uma boa série de resultados colocará o Timão na segunda fase.


O Corinthians deve começar o jogo com a seguinte formação: Walter, Edílson, Yago, Felipe (Rodrigo Sam) e Petros; Cristian, Bruno Henrique e Danilo; Malcom, Luciano e Vagner Love.







Corte de custos: Corinthians fecha escritório em Portugal

Bruno Andrade - 23/03/2015 - 18:10

Roberto de Andrade está trabalhando forte para diminuir gastos do Corinthians (Foto: Eduardo Viana/ LANCE!Press)

O escritório do Corinthians em Portugal durou pouco mais de um ano. Criado em janeiro de 2014 para facilitar as negociações de jogadores do clube na Europa, o local foi fechado no fim da semana passada a pedido do presidente Roberto de Andrade. A iniciativa faz parte do projeto de redução de gastos, que, aliás, foi o assunto principal da primeira reunião da nova diretoria alvinegra, realizada na última quarta-feira.

O Timão gastava cerca de 4 mil euros (aproximadamente R$ 14 mil reais) por mês com a manutenção do escritório, além do salário de Afonso Luiz Armonia, gerente geral do departamento de futebol da base, que era responsável por administrar o estabelecimento. De volta ao Brasil, ele não deverá ser mantido no clube.

O Corinthians calcula uma dívida de cerca de R$ 20 milhões que incluem direito de imagem atrasado com jogadores e valores a serem pagos a alguns empresários. Estes pagamentos são prioritários e foram prometidos serem quitados até o fim deste mês por Andrade e o ex-presidente e atual superintendente Andrés Sanchez.














Corinthians x Portuguesa – 17 mil ingressos vendidos
18h10 23/03/2015 - IngressosAgência Corinthians





Nesta terça-feira (24), às 19h30, Corinthians e Portuguesa se enfrentam em mais uma rodada do Paulistão Itaipava 2015 – Série A-1. Para o duelo, que será realizado na Arena Corinthians, 17 mil ingressos foram vendidos até o fim da tarde desta segunda (23).

Nesta terça, a venda das entradas restantes acontece apenas na Arena Corinthians, das 10h às 19h30. Para a torcida visitante, haverá bilheteria expressa (compra e entra direto no estádio) a partir das 17h30 no portão de entrada dos torcedores da Portuguesa.

Confira os setores ainda disponíveis:

Leste Superior – R$ 150 (R$ 75 meia-entrada)

Oeste Inferior – R$ 250 (R$ 125 meia-entrada)

*Oeste VIP – R$ 450 (R$ 225 meia-entrada)

**Visitante – R$ 50 (R$ 25 meia-entrada)

*Incluso serviço de buffet

** Venda por bilheteria expressa, a partir das 17h30, no portão da torcida visitante

TEM DIREITO À CATEGORIA MEIA-ENTRADA:

Estudantes:

Lei n◦. 13.933, de 26/12/2013

· §2o.: ... mediante a apresentação, no momento da aquisição do ingresso e na portaria do local de realização do evento, da Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), pelas entidades estaduais e municipais filiadas àquelas, pelos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e pelos Centros e Diretórios Acadêmicos, com prazo de validade renovável a cada ano, conforme modelo único nacionalmente padronizado e publicamente disponibilizado pelas entidades nacionais antes referidas e pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), com certificação digital deste...

· § 6o A Carteira de Identificação Estudantil (CIE) será válida da data de sua expedição até o dia 31 de março do ano subsequente.

Apresentar RG Original

Idosos maiores de sessenta (60) anos:

Lei n◦. 13.933, de 26/12/2013

· Apresentar RG Original

Professores do Estado  e dos Municípios Paulistas

Lei 14729/12

· Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerith) do mês vigente.

Diretores, Coordenadores pedagógicos, Supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas da rede pública estadual e municipal de ensino.

Lei 15298/14

· Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerith) do mês vigente.

Não dão direito a compra de ingressos na categoria meia entrada:

· Aposentadorias

· Conselhos de classe tais como OAB, CRC ou CREA










23/03/2015 17h22min37)

Arena Corinthians deverá sediar jogos das Olimpíadas



Anunciada como subsede do futebol nos Jogos Olímpicos de 2016 na segunda-feira passada, a Arena Corinthians correu o risco de ficar fora do evento por problemas entre o clube e a prefeitura. Contudo, após uma reunião na Federação Paulista de Futebol (FPF), nesta tarde, Celso Jatene, secretário de esportes da capital paulista, garantiu que o Alvinegro cedeu o estádio para a realização da competição.

A situação do estádio estava indefinida por causa de um impasse com os Certificados de Incentivos ao Desenvolvimento (CIDs), nos quais o Corinthians queria a liberação da prefeitura para diminuir a dívida da construção da Arena Corinthiansa.

Assim, a diretoria do time exigiu que o clube não pague nada pelas reformas que serão necessárias para adequar a Arena para os Jogos Olímpicos, que está estimada em R$ 30 milhões para a construção de estruturas móveis para as transmissões dos jogos.

O COI, juntamente com a Fifa, planeja divulgar a tabela das competições masculina e feminina até o final desta semana e a cidade estaria confirmada como subsede. A cidade receberia entre 10 e 12 partidas em nove datas diferentes.


Djalma Vassão/Gazeta Press

Arena Corinthians está praticamente garantida como subsede dos Jogos Olímpicos










Corinthians salva mais uma vez a cidade com a Arena Corinthians para sediar grandes eventos
Corinthians libera, e Arena Corinthians deverá sediar jogos de futebol da Olimpíada

23 MAR 2015 17h26 atualizado às 17h39

Anunciada como subsede do futebol nos Jogos Olímpicos de 2016 na segunda-feira passada, a Arena Corinthians correu o risco de ficar fora do evento por problemas entre o clube e a prefeitura de São Paulo. Contudo, após uma reunião na Federação Paulista de Futebol (FPF), nesta tarde, Celso Jatene, secretário de esportes da capital paulista, garantiu que o Alvinegro cedeu o estádio para a realização da competição.

A situação do estádio estava indefinida por causa de um impasse com os Certificados de Incentivos ao Desenvolvimento (CIDs), nos quais o Corinthians queria a liberação da prefeitura para diminuir a dívida da construção do estádio em Itaquera.

Assim, a diretoria do time exigiu que o Corinthians não pague nada pelas reformas que serão necessárias para adequar a Arena para os Jogos Olímpicos, que está estimada em R$ 30 milhões para a construção de estruturas móveis para as transmissões dos jogos.
O COI, juntamente com a Fifa, planeja divulgar a tabela das competições masculina e feminina até o final desta semana e o local estaria confirmado como subsede. A cidade receberia entre 10 e 12 partidas em nove datas diferentes.









23/03/2015 17h34

Timão terá equipe toda reserva contra lusa. Petros vira lateral esquerdo
Técnico Tite cumpre planejamento de dar descanso aos titulares na partida desta quarta-feira, na arena. Rodrigo Sam tem primeira chance, e Vagner Love volta ao ataque


Por Diego Ribeiro


Vagner Love durante treino do Timão (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

O Corinthians terá um time completo de reservas na partida contra a Portuguesa, nesta terça-feira, às 19h30, na arena, pelo Campeonato Paulista. Conforme o técnico Tite anunciou após a vitória de domingo sobre o Capivariano, os titulares serão preservados para não correrem risco de se lesionarem.


Até mesmo o goleiro Cássio vai ganhar descanso. Ele abre espaço para a entrada do reserva imediato Walter. Sem Fábio Santos e Mendoza, lesionados, Tite improvisou o meia Petros na lateral esquerda. Rodrigo Sam, participou do Corinthians eneacampeão da Copinha jrs este ano, ganha a primeira chance ao lado de Yago. Edilson fecha o setor pela direita.


Bruno Henrique retorna após se recuperar de uma luxação no cotovelo esquerdo. O outro volante, provavelmente, será Cristian, titular em Capivari. Ele não foi a campo no treino desta segunda, no CT Joaquim Grava, mas deve atuar. A vaga dele na atividade foi ocupada pelo garoto Marciel, outro campeão na base, mas que não está inscrito no torneio. Danilo é o armador.


Tite montou a equipe com três atacantes: Malcom, pela esquerda, e Luciano, pela direita, terão a missão de abrir a defesa da Portuguesa. Vagner Love, que ainda não fez gols desde que foi contratado pelo Timão, entra na vaga de Paolo Guerrero como centroavante.


Como apenas 28 jogadores foram inscritos no estadual por determinação da Federação Paulista de Futebol, Tite sofre com os desfalques. Além de dois lesionados, o treinador perdeu Elias e Gil para a seleção brasileira e não conta com Lodeiro, negociado com o Boca Juniors na véspera da estreia. Por conta disso, muitos titulares serão levados para o banco de reservas.


O Corinthians vive uma maratona de jogos nesta semana. Depois da Lusa, a equipe enfrenta o Penapolense, quinta-feira, também em casa. No domingo, visita o Bragantino, no interior. Uma boa série de resultados colocará o Timão na segunda fase.


O Corinthians treinou nesta segunda-feira com a seguinte formação: Walter, Edílson, Yago, Rodrigo Sam e Petros; Bruno Henrique, Marciel e Danilo; Malcom, Luciano e Vagner Love.

Petros vira lateral durante treino do Timão no CT Joaquim Grava (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)










Tite escala Corinthians com formação repleta de reservas


elder Júnior

23 MAR2015
17h41
atualizado às 17h41

O Corinthians enfrentará a Portuguesa com uma equipe composta inteiramente por jogadores considerados reservas. Nesta segunda-feira, um dia após a vitória por 3 a 2 sobre o Capivariano e um dia antes do próximo compromisso pelo Campeonato Paulista, o técnico Tite confirmou a intenção de poupar os seus titulares em treinamento realizado no CT Joaquim Grava.

Na tradicional atividade sem a presença de uma equipe adversária, o Corinthians trabalhou com a seguinte formação: Walter; Edílson, Yago, Rodrigo Sam e Petros; Marciel, Bruno Henrique, Malcom, Danilo e Luciano; Vagner Love.

Com tantos desfalques, Tite foi obrigado a fazer uma improvisação na lateral esquerda, já que Fábio Santos segue contundido e Uendel passou a integrar o time titular. O meio-campista Petros acabou escolhido para preencher o setor que já foi ocupado também pelo zagueiro Yago.Haverá uma mudança na escalação que treinou para aquela que estará em campo contra a Portuguesa. Como não pôde ser inscrito no Campeonato Paulista em função da limitação imposta pela Federação Paulista de Futebol (FPF), o jovem volante Marciel dará lugar a Cristian (titular contra o Mogi Mirim) na partida.

Ao seu lado, Cristian terá a companhia de Bruno Henrique, recuperado de uma luxação no cotovelo esquerdo. Outra novidade ficará por conta da estreia de Rodrigo Sam, capitão do Corinthians eneacampeão da copinha jrs neste ano.

Recuperação rápida
O velocista Stiven Mendoza já voltou a fazer o que mais sabe - correr. Em fase final de recuperação de uma lesão muscular na coxa esquerda, o atacante colombiano realizou exercícios físicos no gramado do CT nesta tarde e deverá estar à disposição de Tite já nas próximas rodadas do Campeonato Paulista.

Enquanto Mendoza corria, Vagner Love deu um pequeno susto na comissão técnica corintiana. O atacante vindo do futebol chinês caiu em campo ao receber uma bolada no rosto. Depois de um rápido atendimento médico, no entanto, levantou-se e continuou a treinar.








Tite esboça time titular do Corinthians contra a Portuguesa em treino no CT Joaquim Grava
Walter, Edilson, Rodrigo Sam, Yago e Petros; Cristian, Bruno Henrique e Danilo; Malcom, Luciano e Vagner Love. Esse deve ser o Corinthians para encarar a Lusa

LANCEPRESS! - 23/03/2015 - 17:12

Vagner Love será titular nesta terça (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Um dia depois da vitória do Corinthians por 3 a 2 sobre o Capivariano, o Corinthians se reapresentou no CT Joaquim Grava de olho no duelo desta terça-feira, contra a Portuguesa, às 19h30, na Arena Corinthians, pelo Paulistão. Em trabalho tático, Tite esboçou a seguinte equipe do Corinthians: Walter, Edilson, Rodrigo Sam, Yago e Petros; Marciel, Bruno Henrique e Danilo; Malcom, Luciano e Vagner Love.

Vale lembrar que Marciel foi colocado na equipe devido à ausência de Cristian, que saiu mais cedo da atividade, mas deverá atuar normalmente diante da Lusa - jovem da base sequer está inscrito no Estadual, já que a Federação Paulista de Futebol limitou em 28 jogadores.

No último domingo, o Timão iniciou a maratona de quatro partidas em oito dias: Capivariano (22), Portuguesa (24), Penapolense - os dois na Arena Corinthians - e, por fim, Bragantino (29), em Bragança Paulista. A comissão técnica corintiana planejou trocar todos os jogadores para enfrentar a Lusa, pois não houve tempo de recuperação necessária.

Pela programação, os titulares voltam a atuar na quinta e descansam novamente domingo, já de olho no duelo da próxima quarta-feira, contra o Danubio (URU), na Arena Corinthians, pela Libertadores.






Reservas do Corinthians dão sequência à maratona diante da Portuguesa

Helder Júnior

23 MAR2015
16h42
Dois dias após o Corinthians vencer o Capivariano por 3 a 2, o time voltará a campo pelo Campeonato Paulista. O técnico Tite recorrerá aos seus jogadores considerados reservas para o compromisso contra a Portuguesa, a partir das 19h30 (de Brasília) desta terça-feira, na Arena Corinthians.

Na condição de "ex-boleiro e professor de Educação Física", conforme enfatizou, o comandante do Corinthians afirmou que sofreria baixas por contusão em seu elenco caso utilizasse os titulares novamente. Garantiu que não se tratava de uma reclamação contra o calendário do futebol nacional, embora tenha definido a situação como ilegal. "Você não pode voltar a jogar em menos de 72 horas."

A situação irá se repetir ainda nesta semana, já que o Corinthians receberá o Penapolense dois dias após o jogo com a Portuguesa. No domingo, antes de se preocupar com a Copa Libertadores da América outra vez, visitará o Bragantino.Seja como for, a maratona estadual poderá assegurar matematicamente o Corinthians na próxima fase. A situação já é bem tranquila, visto que que a campanha invicta levou o time aos 26 pontos ganhos, na liderança isolada do grupo B.
FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X portuguesa

Local: ARENA CORINTHIANS
Data: 24 de março de 2015, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Emerson Augusto e Carvalho e Carlos Augusto Nogueira Júnior (ambos de SP)

CORINTHIANS: Walter; Edílson, Felipe, Rodrigo Sam e Yago; Cristian, Petros, Luciano, Danilo e Malcom; Vagner Love
Técnico: Tite

portuguesa: Rafael Santos; Fillipi Souza, Alex Lima, Valdomiro e Paulo Henrique; Ferdinando, Bruno Piñatares, Edno e Léo Costa; Popó e Matheus Ortigoza
Técnico: Aílton Silva







Representante do Corinthian-Casuals é recebido por Joseph Blatter na sede da FIFA
Galeria de fotos da excursão dos ingleses para o Brasil também ganhou no site da maior entidade do futebol mundial
17h16 23/03/2015 - InstitucionalAgência Corinthians



© Reprodução/Site Oficial da FIFACorinthian-Casuals realizou sua excursão ao Brasil em janeiro de 2015


Esta segunda-feira (23) foi um dia especial para a história do Corinthian-Casuals e também do Sport Club Corinthians Paulista. Na sede da FIFA, na Suíça, Chris Watney, representante da equipe inglesa que inspirou a fundação do Timão, foi recebido por Joseph Blatter, presidente da maior entidade do futebol mundial.
Com as camisas do Corinthians e do Corinthian-Casuals, os dois posaram pra foto que, mais tarde, foi publicada no site da FIFA. Além desta imagem, a página da maior entidade do futebol mundial publicou uma galeria completa sobre a excursão dos ingleses ao Brasil, no último mês de janeiro, quando enfrentaram o Timão na Arena Corinthians. Confira: http://www.fifa.com/world-match-centre/photos/galleries/gallery/257/786/1/#2577924











Volante jovem PC, do Corinthians, rescinde contrato com velo clube, onde estava emprestado e acerta ida ao Cazaquistão

Agência Futebol Interior Publicado em 23/03/2015

por Agência Futebol Interior

Na manhã desta segunda-feira a diretoriao volante PC, que pertence ao Corinthians,, e esava empretdo ao Velo Clube, está de saída para defender o Kairat Almaty, do Cazaquistão.


PC chegou ao Velo para a disputa da Série A2 emprestado pelo Corinthians. O contrato de empréstimo, porém, tinha uma cláusula que diz que o jogador poderia sair do Velo Clube caso recebesse uma proposta da Europa, fato que acabou ocorrendo
O contrato de empréstimo de PC com o clube do Cazaquistão tem validade de um ano.







Corinthians faz ação especial para celebrar Dia Internacional da Síndrome de Down
Atletas do JR/Corinthians, time de futsal do Timão formado por portadores da Síndrome de Down, trabalharão na Arena Corinthians e entrarão em campo com os jogadores
16h41 23/03/2015 - MarketingAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansEm 2014, um dos atletas do JR/Corinthians deu pontapé inicial entre Timão e Atlético de Sorocaba


A partir das 19h30 desta terça-feira (24), na Arena Corinthians, Corinthians e Portuguesa se enfrentam pelo Paulistão Itaipava – Série A-1 2015. Antes da bola rolar, corinthianos especiais serão homenageados pelo Timão. Para celebrar mais um Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorado no último sábado (21), o Alvinegro preparou uma ação.

Jogadores do JR/Corinthians, equipe de futsal do Timão formada por portadores da Síndrome de Down, foram convidados para exercer algumas funções na Arena Corinthians antes do jogo e trabalharão para auxiliar a orientação dos torcedores e a assessoria de imprensa do Alvinegro.

Trinta minutos antes do jogo, os atletas do JR/Corinthians deixarão as respectivas funções para se dirigir à zona mista. Por lá, aguardarão os jogadores e, em seguida, se tornarão os únicos mascotes do Timão no duelo contra a Portuguesa.

Após a entrada em campo, jogadores e comissão técnica do JR/Corinthians acompanharão o jogo na Arena Corinthians.







Guerrero marcou em todos os campeonatos que disputou pelo Corinthians
Atacante peruano é o artilheiro do Timão na temporada com cinco gols marcados16h30 23/03/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansGuerrero é o artilheiro do Timão na atual temporada






Maior artilheiro estrangeiro da história do Corinthians, Paolo Guerrero não sabe o que é passar em branco, seja qual for o campeonato que disputa. O camisa nove balançou as redes em todas as competições disputadas com o manto alvinegro.

O primeiro gol de Guerrero pelo Corinthians foi pelo Campeonato Brasileiro, competição com mais tentos do peruano, que balançou as redes 23 vezes na competição nacional. Pelo Paulistão Itaipava Série-A1, Paolo anotou 13, quatro na atual temporada, e na Copa Bridgestone Libertadores o camisa nove fez cinco - apenas um em 2015.

Os dois gols mais importantes de Guerrero pelo Timão foram os únicos do Corinthians no Mundial de Clubes da FIFA de 2012, contra Al-Ahly-EGI, na semifinal, e Chelsea-ING, na grande final. Além disso, o atacante ainda marcou três na Copa do Brasil, um pela Recopa Sul-americana e dois pela Florida Cup.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.






Corinthians conta com 5 jogadores para 3 posiçoes da defesa nos próximos 3 jogos em 6 dias: Felipe, Edu Dracena, Yago, Rodrigo Sam e Uendel
Corinthians desfalcado de zagueiro Gil, com Seleção Brasileira (volante Elias também) e lateral esquerdo Fãbio Santos, em recuperação física e sem poder inscrever Guilherme Arana, preocupa

LANCEPRESS! - 23/03/2015 - 07:05

Corinthians terá quatro jogos em oito dias pelo Paulistão (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

Sem o zagueiro Gil, o técnico Tite ganhou uma dor de cabeça para montar o sistema defensivo do Corinthians durante a maratona do Paulistão. O problema envolve a dupla de zaga e o lateral-esquerdo, uma vez que Uendel é o único do setor à disposição - Fábio Santos segue lesionado, Guiherme Arana não está inscrito e Mendoza, que atua improvisado, também se recupera de lesão.

Antes da convocação de Gil, o cenário era o seguinte: diante do Capivariano, Felipe e Gil formariam a dupla de zaga com Uendel na esquerda. Para o duelo contra a Portuguesa, haveria Edu Dracena e Rodrigo Sam para comporem a zaga e Yago para ser o lateral improvisado, como atuou diante do São Bernardo. Mas a ida do camisa 4 à Seleção Brasileira complicou...

O Timão que deve entrar em campo nesta terça terá: Walter, Edilson, Felipe (Edu Dracena), Rodrigo Sam e Yago; Bruno Henrique, Petros e Danilo; Malcom, Luciano e Vagner Love.

Contra o Capivariano, a equipe alvinegra usou os seguintes jogadores: Cássio, Fagner, Felipe, Edu Dracena e Uendel; Ralf, Cristian (Petros - entrou aos 8 do 2º tempo), Jadson (Vagner Love - entrou aos 24 do 2º tempo), Renato Augusto (Danilo, entrou aos 16 do 2º tempo) e Emerson Sheik; Guerrero.






Tite crê na reação da zaga corinthiana e volta do padrão, mesmo com reservas, por diversos desfalques

LANCEPRESS! - 23/03/2015 - 09:02

Edu Dracena atuou no domingo em vitória do Corinthians (Foto: Reginaldo Castro/LANCE!Press)

Tite elogia, enaltece e confia na melhor zaga do Paulistão 2015 que é a do Corinthians:

- Antes da bronca vem o enaltecimento. Antes da bronca vem o reconhecimento de mudança mantendo o padrão tático. Antes da bronca vem a recuperação dos atletas. Antes da bronca vem o reconhecimento pela resposta em campo. Depois de tudo isso, vem a bronca - afirmou Tite, ainda na Arena Capivari após a vitória que o manteve na liderança do grupo do Campeonato Paulista.

Melhor defesa do Paulistão o Corinthians volta aos trabalhos nesta segunda, no CT Joaquim Grava, preparando-se enfrentar a Portuguesa na terça-feira, na Arena Corinthians. Os jogadores que participaram da vitória sobre o Capivariano não deverão atuar, segundo o treinador. Assim, o Corinthians fica sem suas três principais opções da zaga, já que Edu Dracena e Felipe foram titulares no interior e Gil está com a Seleção Brasileira para amistosos contra França e Chile.

Restaram no elenco, para enfrentar a Portuguesa, os jovens Yago e Rodrigo Sam como opções. Mas, ao mesmo tempo, não há outro lateral-esquerdo inscrito no Paulistão além de Fábio Santos (lesionado) e Uendel, o que pode forçar a improvisação de Yago na ala e a entrada de um dos zagueiros que encararam o Capivariano na terça-feira.







Veja os dez maiores artilheiros estrangeiros do Corinthians
Guerrero se isola como maior goleador com 49 gols contra 46 gols de Carlitos Tévez (que tem melho média)

LANCEPRESS! - 23/03/2015 - 09:51

O peruano Guerrero já fazia parte da história do Corinthians ao fazer os gols decisivos do Corinthians bicampeão Mundial de Clubes em 2012. Atacante de gols decisivos, Guerrero vive uma novela no clube por causa da renovação de contrato, mas segue fazendo gols importantes. Na vitória do Corinthians por 2x1 sobre o Danubio, no uruguai, ele fez seu 47º gol e se isolou como maior goleador estrangeiro da história do clube. Na vitória de ontem do Corinthians por 3x2, fora de casa, sobre o Capivariano, o peruano aumentou a vantagem e tem agora 49 gols.


Guerrero tem 47 gols pelo cCorinthians, um a mais que Carlitos Tévez, que marcou 46 gols em 78 jogos entre 2005 e 2006, e tem melhor média. Na lista dos 10x Mais entram ainda o colombiano Rincón e o paraguaio Gamarra, ídolos dos anos 1990 e 2000.

GUERRERO

O peruano Guerrero tem 49 gols em 123 jogos no clube

TÉVEZ

Carlitos Tévez fez 46 gols em 78 partidas

HERRERA

O argentino Herrera marcou 22 gols em 59 jogos

RINCÓN

O colombiano Rincón fez 11 gols em 158 partidas

ESPANHOL

José Armando Ufarte, o Espanhol, marcou 9 gols em 38 jogos

ACOSTA

O uruguaio Acosta fez 9 gols em 39 partidas

GAMARRA

O paraguaio Gamarra fez 7 gols em 80 jogos

ADNAN
O libanês Adnan fez 6 gols em 49 partidas

ARCE

O boliviano Arce fez 5 gols em 34 jogos

RAMÍREZ

Outro peruano, Luis 'Cachito' Ramírez fez 5 gols em 54 partidas










Prefeitura tem cinco possibilidades para pagar obras da Olimpíada na Arena Corinthians
Na tarde desta segunda, secretário municipal de esportes garantiu que Timão não terá ônus com as estruturas temporários necessárias para a competição

LANCEPRESS! - 23/03/2015 - 15:36

Se houver futebol nas Olimpíadas em São Paulo, Arena Corinthians será o palco (Foto: Divulgação)

A capital paulista ainda corre risco de não ser uma das subsedes das Olimpíadas em 2016. Porém, na tarde desta segunda-feira, tal possibilidade ficou um pouco menor. Após uma reunião na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), o secretário de esportes da capital paulista, Celso Jatene, confirmou que o Corinthians aceitou ceder sua arena para a realização dos torneios olímpicos de futebol.

- Se tiver Olimpíadas na capital paulista, será um estádio só, que é a Arena do Corinthians. Isso já está confirmado. Está definido que o Corinthians não pagará nada. Quando falei com o Andrés Sanchez (superintendente de futebol do Alvinegro) sobre a possibilidade de o Corinthians ceder o estádio, e ficou claro que ele poderia falar em nome do Corinthians, ele deixou claro que o Corinthians cede com muito prazer e honra, mas que não gastaria um centavo sequer com overlay - disse Celso Jatene, em entrevista reproduzida pelo Globoesporte.com.


- Quando soubermos o tamanho do overlay, vamos seguir um caminho natural. Primeiro: buscar patrocinadores. Segundo: saber se o COI pode se responsabilizar por algum custo. Terceiro: recorrer a recursos do Ministério do Esporte. Quarto: do Governo do Estado. Quinto: da Prefeitura. Espero que não sobre um tostão para a Prefeitura pagar. Tenho dito sempre que São Paulo foi parceiro do Rio desde o momento que decidiu se candidatar, mas não temos recursos para tirar dos problemas da nossa cidade, dos compromissos sociais que temos para investir nas Olimpíadas. Estamos buscando os melhores caminhos para viabilizar os Jogos sem custos - finalizou Jatene.

O Corinthians sempre foi reticente de liberar o estádio diante da possibilidade de ter de pagar o overlay (estruturas temporários necessárias para a competição), como ocorreu durante a Copa do Mundo. Além disso, ao fazer jogo duro, o Corinthians ainda pressionava a Prefeitura  para liberar os CIDs (Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento), fundamentais para diminuir a dívida da construção da arena.

- Ainda existe essa chance (da capital paulista ficar fora), mas estamos trabalhando para diminui-la e para que isso não aconteça. Tivemos um avanço com relação ao compromisso do Comitê Olímpico de fazer o overlay mais enxuto possível, o objetivo é baratear ao máximo. Nós devemos nos próximos dias colocar essa demanda no trilho, vamos saber por parte do Comitê qual é o tamanho da estrutura temporária e quanto vai custar isso. Mas já imaginamos o que tem de ser feito, e a ideia é um overlay muito menor do que o da Copa do Mundo - lembrou o secretário municipal de esportes.

O Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016 ainda não definiu o valor exato do overlay. Para a Copa de 2014, o custo das estruturas temporárias foi de R$ 90 milhões. Para as Olimpíadas, Celso Jatene estima que esse valor seja de R$ 30 milhões.









23/03/2015 09h39

Tite teme lesões e diz que vai usar reservas do Corinthians contra a Lusa, na Arena Corinthians, amanhã
Jogadores que atuaram na vitória sobre o Capivariano devem ser preservados no duelo desta terça-feira. Bruno Henrique, Malcom, Luciano e outro ganharão chance


Por GloboEsporte.com

Tite, durante treino do Timão no CT
(Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

O técnico Tite planeja dar folga aos principais jogadores do Corinthians na partida contra a Portuguesa, nesta terça-feira, às 19h30, na Arena, pelo Campeonato Paulista. O treinador não quer correr riscos de perder atletas por lesão durante a complicada sequência de partidas que o Timão tem pela frente.


– Não há tempo de recuperação. Falo como professor de educação física, antes de ser treinador. Se jogarem todos, vão estourar joelho, posterior, etc... É só olhar na lei que diz pelas 72h de um jogo para o outro. Os que atuaram contra o Capivariano não devem jogar na terça-feira – afirmou.


A série de jogos não será simples. Depois da Portuguesa, o Corinthians volta a jogar já na quinta-feira, diante do Penapolense, na Arena Corinthians. No domingo, o Timão visita o Bragantino, em Bragança Paulista, e na quarta seguinte recebe o Danubio, pela Taça Libertadores da América.


– Falei para os jogadores que teremos um desafio grande em relação ao calendário. Não estou reclamando, pois podíamos jogar mais pra frente. Não é crítica, mas desafio. Precisei fazer as três substituições (contra o Capivariano) por conta de questões clínicas e físicas. Não mudei por ordem técnica ou tática. Foi para preservar o elenco – ressaltou.


Uma das novidades para amanhã deve ser o volante Bruno Henrique. O jogador se recuperou de uma luxação no cotovelo esquerdo e tem boas chances de ganhar uma oportunidade. Outros reservas, como Petros, Malcom e Luciano, também devem ser titulares.


O Corinthians pode ficar muito perto da classificação se conseguir bons resultados pelo estadual. O Timão tem um jogo a menos, mas lidera o Grupo 2, com 26 pontos, cinco acima do segundo. Três vitórias deixarão a equipe comanda por Tite praticamente na segunda fase do Paulistão.

Bruno Henrique está de volta aos treinos do Timão após problema no cotovelo (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)








Corinthians@corinthians


Parceria! #Corinthians #Timão #Treino #Trabalho #CTDrJoaquimGrava #Malcom #Luciano #Parceria #VaiCorinthians
há 2 horas

Corinthians@corinthians


Paredão! #Corinthians #Timão #Treino #Trabalho #Paredão #Goleiros #VaiCorinthians
há 3 horas

Corinthians@Corinthians


Sem descanso! Depois de vencer o Capivariano por 3 a 2, o Timão voltou a treinar nesta tarde.#VaiCorinthians

Corinthians@corinthians


Sem descanso! No período que marca quatro jogos em oito dias, o Timão na para. Após vencer o Capivariano, o Corinthians voltou a treinar na tarde de hoje no CT Dr. Joaquim Grava. #Corinthians #Timão #Treino #Trabalho #CTDrJoaquimGrava #VaiCorinthians
há 4 horas

Corinthians@Corinthians


Corinthians X Portuguesa - 17 mil ingressos vendidos. Venda amanhã acontece só nas bilheterias da @A_Corinthians, das 10h às 19h30.

Corinthians





CORINTHIANO TITE FALA:

 23/03/2015 13h10


Por Carlos Augusto Ferrari




– Tomara que eu não ouça mais nenhuma vez das pessoas que o importante é vencer. Isso uma criança de três anos sabe. Que fiquem atentas ao processo, à construção. Que elas fiquem atentas a tudo que se possa fazer para que possamos vencer – afirmou.


QUASE LÁTite diz que Timão ainda não está pronto.
ESTUDIOSOTite revela o que aprendeu com estrangeiros.
OPINIÃOTite diz que técnicos são supervalorizados.

Você faz treinamentos para a tomada de decisões rápidas, porque o jogo está cada vez mais rápido. Se não fizer, não adianta projetar algo para o jogo

Tite, técnico do Corinthians

– É uma ideia, um conceito, que eu trago comigo. Você faz treinamentos para a tomada de decisões rápidas, porque o jogo está cada vez mais rápido. Se não fizer, não adianta projetar algo para o jogo – cravou.
Tite sabe que o time ainda não está pronto:
– Se eu dissesse que sim, quem lesse a entrevista diria que o treinador é muito burro.
Tite não fala em Seleção Brasileira:
– Tomara que seja quando terminar a Copa do Mundo. Antes, não falo por demagogia, deem todo o trabalho (ao Dunga), direcionem.

Tite concede entrevista no CT do Corinthians (Foto: Diogo Venturelli)

GloboEsporte.com: Treinador ganha jogo?
Tite: Não. Contribui. Mas não ganha.

Foi em um momento assim que você decidiu estudar mais o futebol?
Isso está ligado a algumas frases feitas que eu não comungo e luto. Tipo assim: “a derrota nos ensina”. O que nos ensina é a derrota, o empate e a vitória, desde que tenhamos conhecimento para tirar lições boas, correções ou coisas positivas. Tudo nos ensina.

O que essa busca pelo conhecimento acrescentou ao seu trabalho?
Você só vai ter necessidade de algo que conhece. Se não conhece, como vai ter necessidade? Opinião eu só tenho quando conheço. A busca de conhecimento é fundamental. Ela reafirmou conceitos e me fez rever outros. Tenho domínio do 4-1-4-1, coisa que não tinha. Qual a função dos meias abertos? O que fazem? Quer dois (jogadores) de velocidade? Um de articulação? Eu e o Cleber (Xavier, auxiliar) estudamos as imagens a respeito da França e da Alemanha no 4-1-4-1, além da metodologia de treinamento. Não adianta conhecer sistema se não souber empregar. Aí vai ser bom para a entrevista, para um gráfico. Se eu não trouxer para o atleta no campo, não vai ter sentido.


Técnico é supervalorizado?
Sim. É próprio da cultura do “se ganhou é o cara, se perdeu é o culpado”. Futebol não é assim. Técnico tem parcela importante? Tem. Precisa se atualizar cada vez mais? Precisa. Mas ele é, sim, supervalorizado. O valor tem de ser do conjunto da equipe.


SONHOTite espera ser chamado para comandar a Seleção.
OPINIÃO"7 a 1 da Copa do Mundo não foi um fato isolado".
ANÁLISETite fala sobre o trabalho de revelação de jogadores.

Você foi conhecer a rotina de técnicos e clubes na Europa. Qual a diferença que mais impressionou em relação ao Brasil?
Eles têm um poderio econômico muito forte. A média dos técnicos no Campeonato Inglês é de 16 meses (no cargo). Isso é utopia no Brasil. Quando passa um ano, estoura foguete. Por quê? Porque é um processo de organização diretiva, de mentalidade, de formação, para dar tempo ao trabalho. Isso tudo é um processo evolutivo que precisamos também.


Os técnicos brasileiros estão atrasados na comparação com os europeus?
Eu não conheço muito os outros técnicos, mas posso dar indícios ao meu respeito. Carlo Ancelotti (técnico do Real Madrid) fazia um treinamento, e eu não queria ir à beira do campo, não gosto de ocupar espaço. Ele me disse para ficar no banco. Pegando os principais jogadores, como Sergio Ramos, Toni Kroos e Cristiano Ronaldo, um nível de concentração altíssimo, competitivo, não tira o pé...e eu observando. Depois, Ancelotti colocou que ele não abre mão do trabalho com uma intensidade alta, com o cara concentrado. É uma ideia, um conceito, que eu trago comigo. Você faz treinamentos para a tomada de decisões rápidas, porque o jogo está cada vez mais rápido. Se não fizer, não adianta projetar algo para o jogo.


Você acredita, então, que os técnicos brasileiros precisam dessa atualização?
Os técnicos, os dirigentes, os atletas, a imprensa, o conjunto da obra precisa evoluir. Vejo que é muito fácil pegar um placar dilatado e ficar colocando que (a culpa) foi isso ou aquilo. Se nós não contextualizarmos, é muita ingenuidade ou fuga da responsabilidade. Eu não preciso ficar dando treino privativo. Em alguns momentos, não quero vídeo ou áudio, interajo com o cara, falo “porra, que merda”...Pego esse exemplo porque foi surpreendente: Felipão dando treino na véspera do jogo contra a Alemanha pedindo silêncio para um cara na cerca porque precisava dar treino. Isso é inconcebível em alto nível.

Eu estava no meu apartamento com a minha esposa assistindo. Quando deu o quarto gol, minha esposa levantou e começou chorar. Ela projetou a exposição do técnico. Eu também me emocionei, pensando “não pode ser, não pode ser, não pode ser”... A emoção ficou aflorada com o quarto gol em tão pouco tempo

Tite, sobre os 7 a 1

A derrota do Brasil para a Alemanha na Copa do Mundo foi um caso isolado?
Não. O 7 a 1 foi reflexo de um contexto de uma equipe num momento extraordinário. Meu sentimento com a Alemanha campeã foi de que o futebol venceu. Não queria a Argentina, não pela rivalidade, mas pelo melhor futebol ser da Alemanha. Não vamos pensar no jogo, mas no Mundial todo.

Treinador brasileiro ainda é um pouco arrogante em admitir que precisa estudar ou que outros são melhores?
Difícil essa resposta, tchê. Em contrapartida, como o Abel Braga disse, depois do 7 a 1 se um pingo de água cai aqui a culpa é nossa. É o oposto da coisa. O treinador é uma peça integrante. Não sei quantificar em percentual. Técnico não é nem "o cara" e nem o culpado.

Tite admite que sonha dirigir a seleção brasileira (Foto: Diogo Venturelli)

 Você acha que Guardiola e os mais renomados na Europa dariam certo aqui?
. Eu gostaria de ver esses profissionais trabalhando aqui para formatar minha ideia. Aqui existem particularidades importantes. Uma delas é a mudança de equipe a cada seis meses. Todos dariam certo, mas teriam um tempo. Os dirigentes teriam mais paciência? Depende das pessoas, de quanto churrasco e quantas pizzas os dirigentes comerem com o técnico antes de contratá-lo.

Por que há tão poucos técnicos brasileiros no exterior?
Não uso como desculpa, mas enquanto não tiver fluência na língua, não vai. Como eu vou falar para o Lampard retardar a jogada, para ele deixar a primeira opção acontecer, a segunda, a terceira... não consigo, não adianta! Eu fui para os Emirados Árabes Unidos para ficar com minha família e ganhar dinheiro, mas não atingiria o top. Fluência é pré-requisito.


Então, você não vai dirigir um grande clube europeu?
Só se for da Itália ou de Portugal. Da Espanha, só eu fizer um intensivão, porque é fácil (risos).


Quem é o melhor técnico do Brasil na atualidade?
Não existe o melhor. Existe quem está melhor ou um grupo de profissionais que está em bom momento. Eu estou entre eles. Pega cinco, seis, sete....os que estão em atividade. Escolhe você. Gosto de colocar um patamar, e estou inserido nele.


Essa busca por referência na Europa não atrapalha a formação do jogador talentoso no Brasil? Hoje, encontramos muito menos atletas de habilidade do que há algumas décadas.
Se as pessoas perguntarem onde eu nasci, vou falar Rio Grande do Sul e vão dizer que não sou gaúcho. Gaúcho tem muito essa situação de que precisa ter acima de 1,80m e ser forte. Para mim, não tem de ser forte, tem de ser bom. Mas existem profissionais que trabalham dessa forma. Eu gostaria muito de saber (porque há menos jogadores talentosos). Sinto falta de Zico, Cerezo, Sócrates, Clodoaldo. Talvez, seja um contexto, um deles a metodologia, talvez a entressafra de ter jogadores com essa luz, um Lampard da vida. No Mundial, ele meteu uma bola para o Fernando Torres que, no banco, eu falei: “Filho da puta!” Ele pegou de costas, girou e lançou. O que ele fez? Isso é luz. Danilo, Jadson, Renato Augusto, Douglas, têm isso...

Tite analisa o atual momento do futebol brasileiro (Foto: Diogo Venturelli)

A recuperação do futebol brasileiro passa também por uma reestruturação da CBF?
Também. Mas precisamos começar comigo e a classe dos técnicos, todos procurarem uma atualização maior, um nível de conhecimento maior. Bota cursos padrão UEFA para formandos em educação física e ex-atletas. Que bom que estão surgindo os executivos do futebol que podem fazer essa ligação (com a diretoria) e não ficar a critério do técnico indicar a contratação ou venda de jogador. Isso faz elevar nível e padrão.


Qual avaliação você faz até agora da Libertadores?
 Falei com Edgardo Bauza (técnico do San Lorenzo) e ele tem a mesma opinião. No nosso grupo, qualquer um que saísse, classificaria em outro. São três campeões da Libertadores.


O Corinthians vem com uma grande campanha e já desponta como um dos favoritos ao título. Está pronto para ser campeão?
Não. Se eu dissesse que sim, quem lesse a entrevista diria que o treinador é muito burro de afirmar isso com 18 jogos. O time cresce, aprende, erra e vai ter de reagir a situações adversas, do tipo sair perdendo. Só saímos perdendo os dois primeiros jogos contra Colônia e Bayer (amistosos). Temos de aprender em cima da adversidade, esse é outro desafio.

Retornar para o Corinthians aconteceu antes do que eu imaginava. E não pensava. Não era uma boa, né? Era fácil dizer não, manteria minha imagem. Se o cara que viesse depois ganhasse, não seria mais do que eu fiz. Aliás, nada do que fizermos agora vai ser mais do que antes

Tite

O clube admite que tem alguns meses de direitos de imagem atrasados. Você também seria um deles. Isso preocupa?
A maior riqueza que um clube tem é a credibilidade das pessoas que dirigem. O clube está muito rico na credibilidade de quem comanda. Roberto de Andrade (presidente) tem credibilidade suficiente para dizer as coisas e as pessoas confiarem. Eu sinto isso. E sei que os atletas também sentem.


Você era o mais cotado a assumir a seleção brasileira. Aquilo foi uma frustração?
Tive dez dias de elaboração. Depois, seguiu. Até porque meu objetivo é o crescimento profissional. Esse é o desafio que eu trago: ser melhor. De Fábio Santos e Renato Augusto pensarem que vou vir com os mesmos treinos ou vou trazer algo novo? As oportunidades vão ser inevitáveis. Retornar para o Corinthians aconteceu antes do que eu imaginava. E não pensava. Não era uma boa, né? Era fácil dizer não, manteria minha imagem. Se o cara que viesse depois ganhasse, não seria mais do que eu fiz. Aliás, nada do que fizermos agora vai ser mais do que antes.


Mas dirigir a seleção brasileira ainda é um desejo?
Tomara que seja quando terminar a Copa do Mundo. Antes, não falo por demagogia, deem todo o trabalho, direcionem. Tomara que eu não ouça mais nenhuma vez das pessoas que o importante é vencer. Isso uma criança de três anos sabe. Que fiquem atentas ao processo, à construção, que elas fiquem atentas a tudo que se possa fazer para que possamos vencer.






Corinthiano campeão, Emerson Sheik, não pretende paz com vice Caruzzo: 'Ele está f...'
Camisa 11, que reencontrará zagueiro no jogo contra o San Lorenzo na Arena Corinthians, diz que não tem intenção de fazer as pazes após mordida em 2012



LANCEPRESS! - 23/03/2015 - 15:15

Sheik fez os dois gols contra o Boca na final da Libertadores 2012 (Foto: Arquivo LANCE!)

Emerson Sheik e Matias Caruzzo, zagueiro do San Lorenzo, têm encontro marcado: dia 16 de abril, pela Copa Libertadores, na Arena Corinthians. No que depender do atacante, um reencontro sem qualquer tipo de fair play. Foi isso que ele declarou nesta segunda-feira, em entrevista ao SporTV.

De acordo com o camisa 11, o episódio da mordida no dedo na final da Libertadores de 2012, quando o defensor ainda vestia a camisa do Boca Juniors, ficou no passado. E não é motivo de qualquer arrependimento de sua parte. Nem desperta vontade de pedir desculpa ao argentino.

- Não tenho intenção nenhuma em discutir nada com ele, nenhuma. Não tenho amizade com ele e não pretendo ter amizade. Antes do jogo contra San Lorenzo temos outras partidas importantes e quando chegar a vez deles, não vão encontrar amigos, pelo menos da minha parte. Nada de amizade. Ele tá f... - disse o jogador, evitando um palavrão.

No primeiro encontro entre San Lorenzo e Corinthians, em Buenos Aires, Emerson Sheik foi poupado por conta de um problema no joelho.










NÚMERO DE CORINTHIANOS FIÉIS TORCEDORES CADASTRADOS NO PROGRAMA DE PROMOÇÃO EM COMPRAS
O Corinthians em 2015 aumentou seus incritos no programa em 18.006 pessoas
No total, o Corinthians tem 84.725 fiéis torcedores inscritos no programa








23/03/2015 15h23

Corinthiano Emerson descarta selar a paz com Caruzzo, do San Lorenzo: "Ele está f..."
Zagueiro argentino foi mordido pelo atacante na final do Corinthians campeão da Taça Libertadores de 2012


Por SporTV.
Um dos principais nomes do Corinthians na Taça Libertadores da América, Emerson Sheik tem encontro marcado com Caruzzo, do San Lorenzo, no dia 16 de abril, na Arena Corinthians Ex-jogador do Boca Juniors, o argentino foi mordido pelo atacante do Timão na final do torneio sul-americano de 2012, no Pacaembu, quando o Corinthians venceu por 2 a 0 e garantiu o título.


Questionado no "Seleção SporTV" desta segunda-feira sobre o clima do reencontro, Sheik disse que não pretende fazer amizade com o atleta.


- Não tenho intenção nenhuma de discutir nada com ele, nenhuma. Não tenho amizade com ele e não pretendo ter amizade. Antes do jogo contra San Lorenzo temos outras partidas importantes e quando chegar a vez deles, não vão encontrar amigos, pelo menos da minha parte. Nada de amizade. Ele tá F... - disse o jogador, evitando um palavrão.
 Líder do Grupo 02 com nove pontos, o Corinthians enfrenta antes o Danubio, também em casa, no dia 1º de abril.

Emerson Sheik marcou um dos gols do Corinthians contra o Capivariano (Foto: Rodrigo Coca /Ag. Corinthians)






23/03/2015 15h12

Prefeitura confirma cessão da Arena Corinthians para as Olimpíadas
Secretário municipal de esportes afirma que Timão não terá ônus ao ceder estádio e vê avanços para garantir a capital paulista ficar fora dos Jogos


Por Marcos Guerra

Mais um ponto foi definido para que a capital paulista seja uma das subsedes das Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. Após uma reunião na Federação Paulista de Futebol (FPF), nesta segunda-feira, o secretário de esportes da capital paulista, Celso Jatene, confirmou que o Corinthians cedeu sua arena para a realização dos torneios olímpicos de futebol.

- Se tiver Olimpíadas na capital paulista, será um estádio só, que é a Arena do Corinthians. Isso já está confirmado. Está definido que o Corinthians não pagará nada. Quando falei com o Andrés Sanchez (superintendente de futebol do Alvinegro) sobre a possibilidade de o Corinthians ceder o estádio, e ficou claro que ele poderia falar em nome do Corinthians, ele deixou claro que o Corinthians cede com muito prazer e honra, mas que não gastaria um centavo sequer com overlay - disse Celso Jatene.

O custo do overlay (estruturas temporários necessárias para a competição) é o principal ponto de indefinição com relação a subsede das Olimpíadas. O secretário municipal de esportes ressaltou que ainda há a possibilidade de a cidade ficar fora da competição, mas que houve avanços no sentido de minimizar o custo do overlay durante a reunião desta segunda-feira, que contou com a presença de representantes do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, do Ministério do Esporte, da CBF, da FPF, do Governo do Estado  e da Prefeitura.

Arena Corinthians deve receber pelo menos 10 jogos das Olimpíadas (Foto: Marcos Ribolli)

- Ainda existe essa chance da capital paulista ficar de fora, mas estamos trabalhando para diminui-la e para que isso não aconteça. Tivemos um avanço com relação ao compromisso do Comitê Olímpico de fazer o overlay mais enxuto possível, o objetivo é baratear ao máximo. Nós devemos nos próximos dias colocar essa demanda no trilho, vamos saber por parte do Comitê qual é o tamanho da estrutura temporária e quanto vai custar isso. Mas já imaginamos o que tem de ser feito, e a ideia é um overlay muito menor do que o da Copa do Mundo - disse o secretário municipal de esportes.


O Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016 ainda não definiu o tamanho exato do overlay porque não recebeu todas as plantas do estádio por parte do Corinthians. Para a Copa do Mundo de 2014, o custo das estruturas temporárias foi de R$ 90 milhões. Para as Olimpíadas, Celso Jatene estima que esse valor seja de R$ 30 milhões, que a Prefeitura pretende cobrir sem comprometer o orçamento anual.


- Quando soubermos o tamanho do overlay, vamos seguir um caminho natural. Primeiro: buscar patrocinadores. Segundo: saber se o COI pode se responsabilizar por algum custo. Terceiro: recorrer a recursos do Ministério do Esporte. Quarto: do Governo do Estado Quinto: da Prefeitura. Espero que não sobre um tostão para a Prefeitura pagar. Tenho dito sempre que a cidade paulista foi parceira do Rio desde o momento que decidiu se candidatar, mas não temos recursos para tirar dos problemas da nossa cidade, dos compromissos sociais que temos para investir nas Olimpíadas. Estamos buscando os melhores caminhos para viabilizar os Jogos sem custos - disse Jatene.

O secretário municipal de esportes tenta se aproximar primeiro dos patrocinadores oficiais das Olimpíadas para contar com o apoio, apostando na importância política e econômica da cidade para o país. A CBF também não quer ver a capital paulista fora dos Jogos, por isso a indefinição com relação à cidade irritou a cúpula da entidade.


A Fifa e o COI pretendem divulgar a tabela dos Jogos ainda nesta semana, provavelmente na quinta-feira, e contam com a Arena Corinthians como subsede. A Arena Corinthians a princípio receberá 10 jogos em sete datas, mas pode ser palco também de uma semifinal masculina e da final feminina segundo Jatene, o que aumentaria o número de jogos na cidade para 12 em nove datas.














apita Corinthians X Portuguesa, pelo Paulistão Itaipava
Partida válida pela 4ª rodada do Paulistão Itaipava Série-A1 foi adiada devido à disputa da fase preliminar da Copa Bridgestone Libertadores da América


14h52 23/03/2015 - FutebolAgência Corinthians





Nesta terça-feira (24), o Corinthians enfrenta a Portuguesa na Arena Corinthians, pela 4ª rodada do Paulistão Itaipava Série-A1. O jogo foi adiado devido à partida de volta contra o Once Caldas (COL), pela Copa Bridgestone Libertadores. O árbitro da partida será Luiz Flavio de Oliveira.

O paulista será auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho e Carlos Augusto Nogueira Junior. A última vez que Leandro trabalhou em uma partida do Timão, foi pelo Brasileirão 2014, no empate por 1 a 1 contra o Palmeiras, o Pacaembu.

Confira a equipe completa de arbitragem:

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira

Árbitro Assistente 1: Emerson Augusto de Carvalho

Árbitro Assistente 2: Carlos Augusto Nogueira Junior

Quarto Árbitro: Demetrius Pinto Candançan




















Instituto Akatu lança campanha A Voz da Seca com apoio do Corinthians
Campanha acontece no Twitter com ação especial do Dia Mundial da Água no jogo do Corinthians no último domingo


11h40 23/03/2015 - InstitucionalAgência Corinthians


© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthiansjogadores do Timão tiveram seus nomes estampados também com a tipografia lançada pela campanha.


No último domingo (22), o mundo inteiro se reuniu em torno de um assunto que, mais do que nunca, impacta milhões de cidadãos brasileiros: o Dia Mundial da Água. Para marcar a data e sensibilizar a população sobre o cuidado permanente que devemos ter com este recurso tão imprescindível para a vida no planeta, o Instituto Akatu lançou a campanha A Voz da Seca com uma ação no Twitter. A ação pelas redes sociais reforça a importância do consumo consciente de água e nasce com o apoio do Corinthians.

A Voz da Seca é uma campanha que criou uma tipografia única para dar voz à terra e espalhar o pedido da natureza por mais respeito e mais cuidado. A voz é escutada no Twitter e outras redes sociais, e também no campo de futebol, no jogo do Corinthians contra o Capivariano, pelo Campeonato Paulista que aconteceu no domingo na Arena Capivari, às 16h. Nas redes sociais, o objetivo é engajar a população que, por meio do site www.avozdaseca.org.br, poderá escrever uma mensagem que será imediatamente publicada em seus perfis no Twitter com a tipologia criada, acompanha da hashtag #avozdaseca. No campo de futebol, A Voz da Seca esteve nas camisetas dos jogadores do Corinthians que tiveram seus nomes estampados também com a tipografia lançada pela campanha.

“Com a campanha A Voz da Seca, o Instituto Akatu alerta toda a sociedade que a mobilização para agirmos nas soluções do colapso hídrico deve permanecer prioritária. Não podemos deixar que a equivocada sensação de tranquilidade por conta do período de chuvas desmobilize a população, as empresas e todas as instâncias governamentais para a necessidade de uma gestão compartilhada da crise e do consumo consciente da água. Existem muitas causas para o colapso que estamos vivendo, e a ideia é que a ‘voz da seca’ se torne a voz da mudança”, afirma Gabriela Yamaguchi, gerente de comunicação e campanhas do Instituto Akatu.

Os participantes da campanha A Voz da Seca também serão convidados a acessar as dicas práticas para reduzir o desperdício que já estão sendo disseminadas desde o ano passado na plataforma Água Pede Água, do Instituto Akatu.

Sobre o Instituto Akatu

Criado em 15 de março de 2001 (Dia Mundial do Consumidor), o Instituto Akatu é uma organização não governamental sem fins lucrativos que trabalha pela conscientização e mobilização da sociedade para o consumo consciente. As atividades do Instituto estão focadas na mudança de comportamento do consumidor em duas frentes de atuação: Educação e Comunicação, com o desenvolvimento de campanhas, conteúdos, pesquisas, jogos e metodologias. O Akatu defende o ato de consumo consciente como um instrumento fundamental de transformação do mundo, já que qualquer consumidor pode contribuir para a sustentabilidade da vida no planeta: por meio do consumo de recursos naturais, de produtos e de serviços e pela valorização da responsabilidade social das empresas.



































































Em 2009, Corinthians saiu invicto de maratona de jogos
No ano do 26º título paulista, o Timão saiu invicto da maratona de quatro jogos em nove dias


11h20 23/03/2015 - FutebolAgência Corinthians


© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansTimão terá quatro jogos em oito dias





O Corinthians enfrenta uma semana corrida com quatro jogos em oito dias, todos pelo Paulistão Itaipava Série-A1. Após vencer o Capivariano por 3 a 2, na Arena Capivari, o Timão terá duas partidas no meio da semana, ambas na Arena Corinthians.

Nesta terça-feira (24) o Alvinegro enfrenta a Portuguesa, às 19h30, e na quinta-feira (26), a Penapolense, no mesmo horário. O Corinthians encerra a maratona de jogos neste domingo (29), contra o Bragantino, às 16h, no estádio Nabi Abi Chedid.

A última vez que o Timão enfrentou uma maratona de jogos foi em 2009, ano do 26º título paulista, quando disputou quatro jogos em nove dias. O início da maratona foi na vitória contra o Santos por 1 a 0, no dia 22 de março. Em seguida, nos dias 25 e 28 de março, enfrentou Ponte Preta e Guarani, com dois empates, e encerrou a série com vitória sobre o Ituano por 3 a 0.

O início de temporada do Timão é ainda melhor do que no ano do título conquistado por Ronaldo, Elias e cia. Naquele ano, nas dez primeiras partidas, o Corinthians conquistou sete vitórias e três empates. Já neste ano, a equipe comandada pelo técnico Tite já somou oito vitórias além de dois empates na competição estadual.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.







.... Corinthians .... na Copa Libertadores

Corinthians 'Elias comemora seu gol na vitória por 2-0 sobre o compatriota brasileiros na Copa Libertadores.POR TIM VICKERY espn internacional
Após cinco semanas frenéticas de ação fase de grupos, a Copa Libertadores agora faz uma pausa. Há um par de jogos em 01 de abril, mas o serviço normal só será retomado na semana seguinte. Em três dos grupos, as equipes jogaram três de seus seis jogos em grupo. Nos outros cinco grupos, eles jogaram quatro.

Somos mais do que a meio da fase. É um momento apropriado e, em seguida, para refletir sobre o que aconteceu até agora.

A competição pode não ter a qualidade da Liga dos Campeões da Europa, mas a Libertadores é sempre muito competitivo. Do campo de 32, apenas seis ainda estão invictos. Outros seis ainda estão à espera de sua primeira vitória (Huracan da Argentina, após três empates, tem um pé em ambos os campos).

Isso é normal, mas muito incomum é a quantidade de vitórias fora. Todas as dificuldades habituais para a equipa da casa estão presentes -, longas viagens difíceis, altitude, diferenças de temperatura, ambientes intimidante. Talvez esta seja apenas uma peculiaridade estatística. Talvez o triunfo de uma equipa visitante inspira a próxima a adotar uma abordagem mais ousada. Seja qual for o motivo, ele tem feito para um início de entretenimento para a versão 56 da principal competição de clubes da América do Sul.
Quem veio voando para fora dos blocos?

Duas equipes tem 100 registros por cento - Boca Juniors da Argentina e do Corinthians, do Brasil, embora o primeiro já jogou quatro jogos a esta última de três. Com 14 gols, o Boca também são artilheiros do torneio, apesar de terem claramente beneficiado com a entrada de um dos grupos mais fracos. Eles já reservou seu lugar na fase de mata-mata, e Corinthians, que estão em, talvez, o grupo mais difícil, certamente irá seguir.

Em teoria, há uma vantagem concreta para ser adquirida a partir acumulando os pontos na fase de grupos. As partidas eliminatórias não são desenhadas de forma aleatória. O vencedor do grupo com o melhor registo se encontra com o grupo vice-campeão com o pior registo, o segundo melhor vencedor do grupo se encontra com o segundo pior segundo colocado, e assim por diante. O vencedor do grupo também tem a vantagem teórica de jogar a segunda mão em casa.

Na prática, no entanto, essas vantagens, muitas vezes acabam por ser falso.Com os gols fora de casa, agora em funcionamento, o time da casa na primeira mão pode administrar esta situação em seu benefício - como, por exemplo, Paris Saint-Germain foram capazes de fazer para eliminar o Chelsea na Liga dos Campeões. Além disso, não há garantia de um empate simples contra um time que só raspou completamente nos oitavos - que poderia ter sido em um grupo difícil ou ter sido azar ou ter descansado jogadores para alguns de seus jogos.






























Corinthians é maior que todos, diz diretor


Em entrevista à Transamérica, o diretor de futebol Sergio Janikian afirmou: “ será uma perda enorme de qualidade (caso não renove com Guerrero) ... Mas temos normas e, se não puder continuar com ele economicamente, será uma pena. A responsabilidade com o Corinthians é muito maior, o Corinthians é maior do que qualquer atleta. Essa é uma regra, e isso não podemos desrespeitar.”



O presidente Roberto de Andrade e o superintendente Andrés Sanchez tentarão nos próximos dias um empréstimo para o clube saldar as dívidas com os diversos atletas do elenco, entre os quais o próprio Guerrero. Só depois de quitar estas dívidas, o presidente do clube vai se reunir com os representantes do peruano.



A ideia é tentar convencê-lo pelo lado emocional, lembrando da idolatria da torcida, do carinho do elenco, do profissionalismo do técnico Tite e também da maior proximidade do Brasil com o Peru, sua terra natal.



Caso aceite a nova e última oferta do Timão, Guerrero teria um contrato até os 34 anos de idade, o maior salário do elenco e uma tranquilidade maior para trabalhar.



por maco bello






23/03/2015, às 10:47
Corinthians quita divida que tinha com o volante Paulinho
Corinthians pagou R$ 4 milhões em quatro parcelas ao investidor, pela venda do atleta ao futebol inglês

Por Carlos Augusto Matos
O Corinthians quitou uma divida que tinha com um investidos, dono de 50% dos direitos econômicos do volante Paulinho, que foi vendido ao Tottenham, da Inglaterra, por R$ 59 milhões, em junho do ano passado.

O pagamento ocorreu em quatro parcelas de R$ 1 milhão, pagas nos meses de agosto, setembro, outubro e novembro..

Paulinho, volante, atuou em 161 partidas e marcou 34 gols, onde ficou no Corinthians por três temporadas. Participou dos times do Corinthians campeões do Brasileirão de 2011, da Libertadores da América de 2012 e o Mundial de Clubes no mesmo ano, do paulistão e da Recopa Sul Americana 2013.


















Corinthians líder em ibope mesmo com futebol em baixa e queda geral da audiência


A média dos jogos do Corinthians na Globo em 2010 foi de 23,8 pontos; em 2011, 22,6 pontos; em 2012, 21,9 pontos; em 2013, 19,9 pontos; 2014, 17,5 pontos.



A Globo paga ao Corinthians, só pelo Brasileiro, R$ 110 milhões. a partir do ano que vem, o Corinthians passará a receber R$ 170 milhões






23/03/2015 09h39

Tite poupa titulares do Corinthians e vai usar reservas contra a Lusa, na Arena Corinthians
Jogadores que atuaram na vitória sobre o Capivariano devem ser preservados no duelo desta terça-feira. Bruno Henrique, Malcom, Luciano e outro ganharão chance


Por GloboEsporte.com
Tite, durante treino do Timão no CT
(Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

O técnico Tite planeja dar folga aos principais jogadores do Corinthians na partida contra a Portuguesa, nesta terça-feira, às 19h30, na Arena, pelo Campeonato Paulista. O treinador não quer correr riscos de perder atletas por lesão durante a complicada sequência de partidas que o Timão tem pela frente.


– Não há tempo de recuperação. Falo como professor de educação física, antes de ser treinador. Se jogarem todos, vão estourar joelho, posterior, etc... É só olhar na lei que diz pelas 72h de um jogo para o outro. Os que atuaram contra o Capivariano não devem jogar na terça-feira – afirmou.


A série de jogos não será simples. Depois da Portuguesa, o Corinthians volta a jogar já na quinta-feira, diante do Penapolense, também em Itaquera. No domingo, o Timão visita o Bragantino, em Bragança Paulista, e na quarta seguinte recebe o Danubio, pela Taça Libertadores.


– Falei para os jogadores que teremos um desafio grande em relação ao calendário. Não estou reclamando, pois podíamos jogar mais pra frente. Não é crítica, mas desafio. Precisei fazer as três substituições (contra o Capivariano) por conta de questões clínicas e físicas. Não mudei por ordem técnica ou tática. Foi para preservar o elenco – ressaltou.


Uma das novidades para encarar a Lusa deve ser o volante Bruno Henrique. O jogador se recuperou de uma luxação no cotovelo esquerdo, sofrida diante do Ituano, e tem boas chances de ganhar uma oportunidade. Outros reservas, como Petros, Malcom e Luciano, também devem ser titulares.


O Corinthians pode ficar muito perto da classificação se conseguir bons resultados pelo estadual. O Timão tem um jogo a menos, mas lidera o Grupo 2, com 26 pontos, cinco acima da Ponte Preta. Três vitórias deixarão a equipe comanda por Tite praticamente na segunda fase do Paulistão.

Bruno Henrique está de volta aos treinos do Timão após problema no cotovelo (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)










23/03/2015 07h05

Pacotão de Corinthians 3x2 capivariano: lambança, belos gols e vitória com "plateia VIP"
Com torcedores em barranco, Timão se aproveita da expulsão do goleiro do Capivariano após vacilo incrível de defensor e vence com gols de Guerrero e Sheik


Por GloboEsporte.com

O gramado da Arena Capivari deixou a desejar, mas o estádio chamou a atenção por sua "plateia VIP": instalados num barranco atrás de uma das arquibancadas, cerca de 50 torcedores viram o Corinthians vencer o time da casa por 3 a 2, na tarde deste domingo, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista.


O Timão se aproveitou da expulsão do goleiro Douglas Friedrich, que colocou a mão na bola fora da área ao tentar corrigir uma lambança incrível do lateral Oliveira. Com um homem a mais em campo, o Corinthians tocou bem a bola e venceu com gols de Emerson Sheik e Paolo Guerrero (dois).


A zaga, porém, cometeu dois vacilos - um com Felipe e outro com Edu Dracena -, gerando os dois gols do Capivariano. Apesar disso, o Timão segue com a defesa menos vazada do Paulistão

Guerrero (à dir) comemora um de seus dois gols em Capivari (Foto: Mauro Horita / Agência Estado)

Confira um resumo do jogo:






QUE FEIO












Logo aos 2 minutos, o Corinthians percebeu que não teria vida fácil em Capivari. Em disputa de bola no meio-campo, o atacante Guerrero levou uma forte entrada por trás do zagueiro Fernando Lombardi. O jogador do Capivariano recebeu cartão amarelo.



NO VÁCUO



Emerson Sheik, aos 23, tentou uma jogada característica do palmeirense Valdivia e se deu mal. O corintiano tentou um "chute no vácuo", mas perdeu a bola e se viu obrigado a sair em disparada atrás de Wigor. Acabou fazendo falta no adversário.



LAMBANÇA




Aos 24, uma lambança de Oliveira resultou na expulsão do goleiro Douglas Friedrich. O camisa 2, que era o último homem da linha defensiva do Capivariano, perdeu a bola para Renato Augusto e ficou pedindo falta. O meia saiu em disparada e, ao tentar um drible da vaca em Friedrich, viu o goleiro usar o braço para cortar o lance, fora da área. Falta e expulsão!



PRA FORA




Na cobrança de falta, Jadson nem chegou a dar trabalho para o novo goleiro do Capivariano, André Luis, e mandou para fora.



PELA LATERAL



O Timão pressionava, principalmente com os avanços dos laterais. Numa dessas jogadas, Uendel apareceu bem pela esquerda e tentou o cruzamento rasteiro. O corte veio na hora H.



1º GOL









O gol saiu aos 42. Renato Augusto, aberto na esquerda, puxou para dentro e fez a enfiada rasteira para Emerson Sheik. Entrando por trás da zaga, o atacante concluiu sem chance para o goleiro.



2º GOL



Aí abriu a porteira. Aos 44, Guerrero recebeu de Sheik na entrada da área, tabelou com Uendel e bateu forte. A bola ainda desviou antes de entrar.



IH, RAPAZ!
O Capivariano reagiu no segundo tempo. Aos 12, Vinícius abriu na esquerda para Rodolfo, que cruzou rasteiro para Kleiton Domingues marcar.



PLATEIA VIP



O jogo era bom e ninguém queria perder um lance. Até quem não pagou ingresso não desgrudava os olhos do que rolava em campo. Cerca de 50 pessoas assistiram à partida de um barranco, localizado atrás da arquibancada da Arena Capivari.



3º GOL



O terceiro gol do Corinthians saiu aos 20, e novamente com Guerrero. O peruano recebeu de bandeja de Jadson e não perdoou.



OLHA O LOVE



Vagner Love entrou com fome de bola. Aos 30, ele fez jogada individual e quase marcou um golaço.



OUTRO VACILO
Capivariano voltou a diminuir. Aos 38, em bola alçada na área, Fernando Lombardi subiu mais do que Edu Dracena e fez o segundo gol do time de Capivari.



NÃO VALEU!



Já nos acréscimos, o Timão fez o quarto gol, mas ele foi anulado. Fagner bateu a falta para dentro da área, Dracena desviou de peito e Vagner Love, em posição irregular, desviou para o gol. Lance bem anulado.









Arena Corinthians recebe postes de luz


fotos Total Corinthians





























CORINTHIANS PROGRAMAÇÃO

23/03 - Segunda-feira 15h30 - Treino no CT Dr. Joaquim Grava