5 de jun de 2014

Na Arena Corinthians, símbolos da paz, pombas brancas representarão abertura do Mundial




05/06/2014 17h45
Na 
 Arena Corinthians, símbolos da paz, pombas brancas representarão abertura do Mundial
Jovens vão entrar no campo da Arena Corinthians antes do apito inicial do jogo entre Brasil e Croácia e soltarão as aves em gesto que indicará o começo oficial da Copa do Mundo 2014



Por GloboEsporte.com
A Fifa revelou nesta quinta-feira que a abertura da Copa do Mundo será declarada através de um gesto que simboliza a paz. Segundo nota divulgada pela entidade, antes do apito inicial, quando jogadores de Brasil e Croácia já estiverem em campo prontos para o primeiro duelo do Mundial, no próximo dia 12, na Arena Corinthians, três jovens irão carregar pombas brancas até o centro do gramado, de onde as aves serão soltadas "em direção ao céu", indicando o início da competição.


Além da paz, os organizadores querem usar a Copa para promover a luta contra o racismo. A Fifa lançou nesta quinta uma campanha nas redes sociais chamada "Diga não ao racismo". A instituição ressalta que o Mundial do Brasil deverá ser marcado por "cordialidade, alegria e paixão".


- Graças à sua enorme popularidade, o futebol é uma ferramenta poderosa para espalhar a mensagem de que o racismo não tem lugar no esporte ou na sociedade de uma maneira geral. A campanha "Diga Não ao Racismo" é o nosso compromisso para expulsar o racismo do futebol e dar à sociedade um exemplo de igualdade para todos - disse o presidente da Fifa, Joseph Blatter.

Arena Corinthians vai receber a abertura da Copa do Mundo (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)


Arena Corinthians recebe laudo final nesta sexta-feira
Estádio da Copa
Expectativa é que arquibancadas provisórias do setor Norte sejam liberadas após vistoria do Corpo de Bombeiros



por Portal BrasilPublicado: 05/06/2014 13:13
Portal Brasil

Ainda em ajustes finais, a arquibancada provisória Norte será avaliada pelo Corpo de Bombeiros
Itens relacionados
A Arena Corinthians, palco da abertura da Copa do Mundo no Brasil, deve receber o último laudo para seu funcionamento completo nesta sexta-feira (6). A previsão é do gerente geral de operações de estádios do Comitê Organizador Local (COL), Tiago Paes. Ainda em ajustes finais, a arquibancada provisória Norte será avaliada pelo Corpo de Bombeiros para receber a liberação.
 A estrutura poderá acomodar até 10 mil torcedores durante o Mundial. Nessa quarta-feira, funcionários aplicavam um teste de carga no local. “Não temos preocupação com a segurança da arquibancada”, declarou Paes. “Fazemos testes com carga até cinco vezes superior à que teremos."

Segundo ele, os bombeiros acompanham diariamente a rotina de trabalho no setor, sugerindo ajustes quando necessário. “(O laudo) sairá em breve. Isso não nos preocupa mais, até sexta-feira teremos tudo concluído”, afirmou Paes.

O setor provisório Norte foi o único que ainda não foi testado na Arena Corinthians. No último domingo (1º), a arquibancada provisória Sul foi aberta ao público durante a partida entre Corinthians e Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro. As duas estruturas temporárias foram erguidas para ampliar a capacidade do estádio de 48 mil para 68 mil espectadores. “Estará pronto para a abertura, podem confiar. Todos terão uma experiência inesquecível, sem dúvida”, concluiu Paes.

Tour na arena
Nesta quarta-feira (4), o COL organizou uma visita de jornalistas à arena onde o Brasil enfrentará a Croácia no dia 12 de junho, na primeira partida da Copa. A imprensa pôde conhecer o percurso que será feito pelos torcedores que forem ao estádio nos seis jogos que ele receberá no Mundial.

Foram feitas simulações na entrada – voluntários representando o público passaram pelos detectores de metal, máquinas de raios X e catracas – e nas arquibancadas, onde pôde ser visto como será a atuação de stewards (profissionais que trabalham na segurança interna dos estádios) para que as pessoas sentem nos lugares demarcados no ingresso.

O pedido dos organizadores é para que os torcedores se informem com antecedência sobre as entradas que deverão utilizar para acessar o estádio. Na Arena Corinthians, o público com ingressos para os setores Leste e Norte deve utilizar a entrada Leste. Quem for aos setores Sul e Oeste, deve entrar pela ala Oeste. No dia 12, a entrada será liberada a partir das 13h.

Os jornalistas também puderam conhecer a estrutura que terão à disposição na arena. O Centro de Mídia do local, quase finalizado, será aberto nesta sexta-feira (6).

Jogos
Além da abertura, o novo estádio ainda será palco de mais cinco partidas. Em 19 de junho, quarta-feira, às 17h, o bicampeão (1930 e 1950) Uruguai, cabeça de chave do Grupo D, enfrentará a Inglaterra, campeã de 1966.

O próximo jogo da Arena Corinthians está agendado para 23 de junho, uma segunda-feira, às 13h. Estarão em campo, a sempre forte Holanda e o Chile, em confronto válido pelo Grupo B.

Na última rodada da fase inicial, pelo Grupo H, a Bélgica, cabeça de chave, enfrentará a Coreia do Sul, em 26 de junho, quinta-feira, às 17h.

A Arena Corinthians vai sediar também a disputa entre o primeiro colocado do Grupo F e o segundo lugar do Grupo E, pelas oitavas de final da competição, em 1º de julho, terça-feira, às 13h. Por fim, a Arena Corinthians receberá dois dos quatro melhores times do mundo em uma das semifinais da Copa, marcada para 9 de julho, quarta-feira, às 17h.


04/06/2014 | 23h01
Arena Corinthians está 99,9% pronta para a Copa
Ainda faltam alguns detalhes a serem finalizados no estádio da abertura do mundial; operários, comitês e voluntários correm para acertar o que resta


Ao chegar à abertura da Copa do Mundo, na Arena Corinthians, no próximo dia 12, o torcedor será recebido por uma fileira de homens e mulheres de camisetas coloridas, sorrisos largos e duas mãos ocupadas — uma delas coberta por uma luva gigante para apontar a direção correta; outra presa a um megafone, por onde vozes e idiomas se misturarão para lembrar que, embora bem-vindos, todos devem ter o ingresso em mãos. A cena se repetirá — não é exagero — por dez vezes num trajeto de 500 metros.

Não é exercício de futurologia. O Comitê Organizador Local organizou nesta quarta-feira, dia 4, uma simulação de como será a experiência do torcedor na sede paulista, com destaque para as atuações dos voluntários, que estarão presentes em todas as áreas, do lazer à arquibancada. Serão, de acordo com a FIFA, cerca de 450 nos arredores do estádio. Coordenados por 23 gestores assalariados, eles indicarão os assentos corretos, os caminhos, os centros de alimentação e compras, bem como auxiliarão pessoas com deficiência, checarão ingressos e guiarão turistas.

Na tarde em que o tour ocorreu, alguns até se arriscaram como atores para mostrar aos jornalistas como tudo funcionará. A parte cômica ocorreu na demonstração de que, como consta no estatuto da FIFA, todos os seres humanos, inclusive crianças de colo, deverão portar seus próprios ingressos. O ato durou um minuto. Uma mulher entrou com uma boneca enrolado no cobertor e, de mão direita erguida, mostrou os dois ingressos a todos. A cara de interrogação foi geral.

Humores à parte, o evento serviu para mostrar que a mobilidade, grande preocupação do paulistano para a Copa, parece ter sido bem solucionada. Nos dias de jogo, o metrô contará com operações especiais que encurtam a viagem ao estádio, alocado numa área isolada dos centros comerciais. Serão duas entradas na Arena Corinthians: a Oeste e a Leste. Quem desembarcar numa estação da Oeste (Artur Alvim), não conseguirá adentrar a parte Leste (Corinthians Itaquera), e vice-versa.

Todos os membros do COL frisaram a extrema importância do torcedor se orientar antes de sair de casa. O entorno do estádio fechará seis horas antes da partida. Depois disso, apenas quem tem o ingresso ou credencial poderá trafegar por lá. Por mais que o número seja controlado, o tráfego de pessoas e comerciantes autorizados será enorme. Um erro de entrada pode significar um atraso considerável.


Quase pronto

O evento serviu, também, para mostrar que o estádio está pronto Faltam alguns detalhes, como a arquibancada provisória. Parte menos bem acabada do estádio, a estrutura contava, na mesma tarde, com diversos operários realizando testes de peso e acertando o apoio para copos. Em entrevista coletiva no fim do evento, Tiago Paes, gerente de operações do COL, afirmou que em mais dois dias de trabalho de "quase 24 horas" dos funcionários tudo estará pronto. É o mesmo prazo para terminar a área de imprensa. Tá tudo no caminho certo, disse.

 Segundo Paes, depois da rotina de testes, não há nenhum perigo de acidentes.

— Bombeiros têm feito trabalhos diários aqui no estádio. Não há risco de imprevistos. Está tudo certo. Até sexta terminamos tudo. — declarou.