5 de jun de 2014

Arena Corinthians terá 61.606 assentos disponíveis para a Copa do Mundo



5/06/2014 20h30

Arena Corinthians terá 61.606 assentos disponíveis para a Copa do Mundo
Por GloboEsporte.com

A Arena Corinthians terá, oficialmente, 61.606 assentos disponíveis para a disputa da Copa do Mundo.

Atraso nas obras da Arena Corinthians atrapalhou a contagem de assentos da Fifa (Foto: Reuters)

Segundo a assessoria da Fifa, não houve uma “diminuição” da Arena e nem um erro de cálculo. Inicialmente, eram 66.200, mas essa conta foi feita com o estádio ainda em obras. O número final refere-se à capacidade líquida, descontados os assentos que têm visão obstruída por câmeras, por exemplo, ou por alguma coluna da construção civil.


A Fifa, de acordo com a assessoria, determina que todos as cadeiras que têm visão obstruída não são vendidas - cada câmera encobre, em média, quatro assentos. Como Arena Corinthians demorou a ser concluída, a entidade teve de aguardar para calcular o número final. Por isso, houve diferença entre o divulgado no guia e novo número oficial.


A Arena corinthiana, em Itaquera, Zona Leste, receberá seis jogos da Copa, inclusive a abertura, entre Brasil e Croácia, na próxima quinta-feira, às 17h (horário de Brasília). Os outros cinco serão Uruguai x Inglaterra (19/6), Holanda x Chile (23/6), Coreia do Sul x Bélgica (26/6), um jogo das oitavas de final (1/7) e a semifinal de 9 de julho.










Fifa define: Arena Corinthians terá 61,6 mil pessoas na abertura da Copa
Número engloba não apenas torcedores, mas também jornalistas, autoridades e demais convidados para a partida. Marcelo Damato - 05/06/2014 - 20:19

Arena será palco da abertura do Mundial (Foto: Miguel Schincariol/Arquivo LANCE!)

A Fifa definiu que a Arena Corinthians receberá 61,6 mil pessoas na abertura da Copa do Mundo, quinta-feira, quando a Seleção Brasileira enfrentará a Croácia.

A informação foi dada por Thierry Weil, diretor de marketing da entidade máxima do futebol. A quantia envolve, além de ingressos vendidos, jornalistas, chefes de estado, dirigentes e outros convidados da entidade.

- Há que se considerar que capacidade bruta e líquida são diferentes - disse Weil.

O Comitê Organizador do Mundial se reuniu nesta quinta-feira. Apesar de reconhecerem problemas, as entidades demonstram otimismo e fazem a ressalva de que a primeira semana da Copa será a mais difícil, já que muitos estádios terão lotação máxima pela primeira vez.