3 de jun de 2014

Arena pode dar ao Corinthians hegemonia na média de público Arena pode render hegemonia na média de público ao Corinthians


03 de junho de 2014 • 10h32 • atualizado às 13h30

Arena pode dar ao Corinthians hegemonia na média de público

Nas últimas quatro edições, a lista de médias de público do Campeonato Brasileiro teve sempre o Corinthians entre os dois primeiros colocados. O time liderou com folga entre 2010 e 2012 Nesta temporada, o clube tem a Arena Corinthians como reforço de peso para atrair mais torcedores, e o novo estádio já deu resultado - numérico e financeiro - logo nas duas primeiras partidas que recebeu.

Na inauguração oficial diante do time catarinense, no último dia 18, aproximadamente 36,7 mil pessoas foram a Itaquera conhecer a Arena Corinthians. Duas semanas depois, contra o adversário carioca, o número cresceu para cerca de 37,1 mil pagantes. Somando as partidas, o Corinthians teve mais de 5,6 milhões de renda bruta.

Os dois jogos fizeram o Corinthians subir bastante no ranking de público do Campeonato Brasileiro, compensando inclusive as partidas disputadas no Canindé - que tem capacidade menor. Com média de 28.095 torcedores por partida, o alvinegro apresenta os melhores números nestas primeiras nove rodadas do torneio nacional.

Analisando apenas os compromissos disputados na Arena Corinthians, os corintianos ocuparam mais de 90% da carga de ingresso que teve à disposição. O número é 2,5 vezes maior do que a ocupação média geral do Campeonato Brasileiro. A dupla de jogos ainda aparece entre os cinco maiores públicos do torneio.

O maior fator da presença em massa da torcida alvinegra deve ser mesmo a novidade de conhecer o novo estádio. Assim como aconteceu na despedida do Pacaembu, o corinthiano encara os primeiros compromissos oficiais na Arena como históricos e permitem-se inclusive pagar um preço salgado para estar presente. Os preços praticados até aqui foram de R$ 35 a R$ 400, levando em conta os descontos do plano de fiéis torcedores para os ingressos mais baratos.


O preço das entradas reflete o aumento do interesse dos corinthianos, e o resultado vai para a conta do Corinthians. O preço médio para estar na Arena na partida contra o Figueirense foi R$ 83, o mais caro da história do Campeonato Brasileiro. Para efeito de comparação, no domingo anterior o Corinthians venceu o Flamengo no Pacaembu com preço médio de R$ 42. Responsável pelas obras, o ex-presidente Andrés Sanchez recentemente chegou até a cogitar o aumento dos valores para o segundo semestre.








3/06/201412h02
Arena pode render hegemonia na média de público ao Corinthians

Por ESPN.com.br com agência Gazeta Press

Ramiro Garcia/ESPN.com.br

Torcida do Corinthians praticamente esgotou os espaços disponíveis nos dois jogos

Nas últimas quatro edições, a lista de médias de público do Campeonato Brasileiro teve sempre o Corinthians entre os dois primeiros colocados. O Alvinegro liderou com folga entre 2010 e 2012, mas perdeu a liderança para o campeão Cruzeiro no último ano. Nesta temporada, o clube tem a Arena como reforço de peso para atrair mais torcedores, e o novo estádio já deu resultado - numérico e financeiro - logo nas duas primeiras partidas que recebeu.




Dentro de campo, os dois tropeços contra Figueirense e Botafogo atrapalharam o projeto corintiano no Brasileiro, mas não faltou apoio vindo das arquibancadas. Na inauguração oficial diante do time catarinense, no último dia 18 de maio, aproximadamente 36,7 mil pessoas foram a Itaquera conhecer a nova casa. Duas semanas depois, contra o adversário carioca, o número cresceu para cerca de 37,1 mil pagantes. Somando as partidas, o clube teve mais de 5,6 milhões de renda bruta.

Os dois jogos fizeram o Corinthians subir bastante no ranking de público do Campeonato Brasileiro, compensando inclusive as partidas disputadas no Canindé - que tem capacidade menor. Com média de 28.095 torcedores por partida, o alvinegro apresenta os melhores números nestas primeiras nove rodadas do torneio nacional.

Analisando apenas os compromissos disputados na Arena, os corintianos ocuparam mais de 90% da carga de ingresso que teve à disposição. O número é 2,5 vezes maior do que a ocupação média geral do Campeonato Brasileiro. A dupla de jogos ainda aparece entre os cinco maiores públicos do torneio.

Tudo novo... e caro - O corinthiano encara os primeiros compromissos oficiais na Arena como históricos e permitem-se pagar um preço salgado para estar presente. Os preços praticados até aqui foram de R$ 35 a R$ 400, levando em conta os descontos do plano de sócios para os ingressos mais baratos.

O preço das entradas reflete o aumento do interesse dos corintianos, e o resultado vai para a conta do clube. O preço médio para estar na Arena na partida contra o Figueirense foi R$ 83, o mais caro da história do Campeonato Brasileiro. Para efeito de comparação, no domingo anterior o Timão venceu o Flamengo no Pacaembu com preço médio de R$ 42