26 de mai de 2014

Contra rival aberto, Jadson espera recuperação do Timão em casa



26/05/2014 18h02

Contra rival aberto, Jadson espera recuperação do Timão em casa
Meia prevê jogo mais favorável contra o Cruzeiro, líder e time de melhor ataque do Campeonato Brasileiro. Após goleada fora, ânimo aumenta para duelo no Canindé


Por Diego Ribeiro
Jadson no treino do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)

Animado com a goleada do Corinthians por 4 a 1 sobre o Sport, neste domingo, no Recife, Jadson espera que o Corinthians tenha um bom desempenho também dentro de casa no Campeonato Brasileiro. O Timão recebe o líder Cruzeiro, nesta quarta-feira, no Canindé. Com uma proposta diferente dos rivais anteriores, o time mineiro vai deixar o Corinthians jogar mais, na visão do meia.


- Às vezes, fica mais fácil jogar quando você enfrenta uma equipe mais qualificada. Contra o Cruzeiro, acredito em um jogo mais aberto do que contra Figueirense e Atlético. Temos muito mais para aproveitar do que nos últimos jogos – disse ele, em entrevista coletiva nesta segunda-feira.


Mais ofensivo e com o melhor ataque do campeonato (15 gols), o Cruzeiro pode mesmo deixar espaços na defesa para o Timão. Jadson, porém, não só conta com isso. O meia quer que a equipe adote a paciência necessária para deslanchar no Brasileirão. Com 12 pontos, o Corinthians está a quatro do rival mineiro.


- A conversa com o Mano Menezes é para que consigamos ter mais paciência nos jogos em casa. Dentro de casa, você costuma pegar equipes totalmente fechadas, e tem de ter essa paciência para esperar surgir um espaço e fazer a jogada. Não conseguimos fazer isso nos dois jogos passados, mas tomara que contra o Cruzeiro seja diferente – analisou.


Com o meia no comando das ações ofensivas, Mano deve manter a escalação da goleada sobre o Sport. A exceção será o goleiro Cássio, que deixou a partida de domingo nos primeiros minutos por causa de uma lesão no joelho esquerdo – ele só volta a jogar depois da Copa do Mundo.
O provável Corinthians terá Walter, Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros e Jadson; Romarinho e Guerrero.